Você está na página 1de 1

D-me uma alegria leve

quando o mundo pesar demais.


D-me um sorriso suave
quando l fora s houver horror
e a frieza dos vizinhos
que olham de canto de olho
e pensam com alvio que
no, isto no comigo.

Diga-me qualquer coisa boba


e tente fazer-me rir.
Conte-me uma histria quente
que vai me fazer sair
deste grosso cobertor.
O mundo anda doente, eu sei,
e voc sabe tambm.
s vezes ele nos abate um pouco,
e no sobra quase ningum
para nos levantar.

Eu no quero esta depresso,


eu no quero desistir,
voc no quer esta solido,
nem quer pensar em partir
para um bunker seguro
se no h mais seguro,
todo mal pode nos alcanar.
Mas no podemos nos esquecer
o bem que podemos fazer
uns aos outros.