Você está na página 1de 3

Uma confecção vai fabricar três tipos de roupa utilizando materiais

diferentes. Considere a matriz A=(ij) abaixo em que aij representa quantas


unidades do material j serão empregadas para fabricar uma roupa do tipo i.

a) quantas unidades do material 3 serão empregadas na confecção de uma


roupa do ,tipo 2?

b) calcule o total de unidades do material 1 que será empregado para


fabricar cinco roupoas do tipo
1, quatro roupas do tipo 2 e duas roupas do tipo 3.

respostas

|a₁₁..a₁₂..a₁₃|
|a₂₁..a₂₂..a₂₃|=
|a₃₁..a₃₂..a₃₃|

|5..0..2|
|0..1..3|
|4..2..1|

Por exemplo a₃₁ =4, indica que 4 unidades do material 1 serão empregadas
para fabricar uma roupa do tipo 3.
Já a₂₂=1, indica que 1 unidade do material 2 será empregada para fabricar
uma roupa do tipo 2.
Desse modo:
a) j=3 e i=2, a₂₃ =3, portanto são necessárias 3 unidades.

b)
Roupas do tipo 1 => i =1 , material 1 => j=1
Roupas do tipo 2 => i =2, material 1 => j=1
Roupas do tipo 3 => i =3 , material 1 =>j=1
5a₁₁+4a₂₁+2a₃₁ =5(5)+4(0)+2(4) = 25+8 = 33 unidades do material 1.

Em uma excursão, um grupo de pessoas viaja em tres onibus. Os onibus sao


numerados com os numeros 1, 2 e 3 . Em uma parada, algumas pessoas
sairam dos onibus e, ao retornarem, nem sempre entraram no mesmo
onibus que estavam. Na matriz abaixo, cada elemento i j, representa o
numero de pessoaas que sairam do onibus i e entraram no no onibus j.

[3..2..1]
[0..2..1]
[2..2..3]
|a₁₁..a₁₂..a₁₃|
|a₂₁..a₂₂..a₂₃|=
|a₃₁..a₃₂..a₃₃|
Sendo assim, pode-se afirmar que:

gabarito = o onibus 2 ganhou 3 passageiros

Vamos lá.
Pelo que estamos entendendo, a notação que você colocou é log de x na
base 9 mais log de x na base 27 é igual a 1. Bem, vamos resolver
entendendo dessa forma:

logx(9) + logx(27) = 1 ----(aqui estamos representando log de x na base 9 +


log de x na base 27 = 1).

logx(3²) + logx(3³) = 1----(veja que transformamos 9 em 3 ao quadrado e 27


em 3 ao cubo).

A partir da situação acima, vamos deixar de colocar a base, porque já


sabemos que se trata da base 3.

1/2logx + 1/3logx = 1 ----(veja que o inverso do expoente da base passou a


multiplicar o log):

logx¹/² + logx¹/³ = 1 ---(aqui o que estava multiplicando o log passou a


expoente do logaritmando).

logx¹/².x¹/³ = 1 ------(aqui transformamos a soma em produto)

logx(¹/² + ¹/³) = 1 -----(como se trata de multiplicação de fatores da mesma


base, deu-se a base comum e somaram-se os expoentes).

logx^(5/6) = log3 ----(veja que 1, que estava no 2º membro até agora, é a


mesma coisa que log de 3 na base 3. Apenas se representou o 1 de outra
forma).

Como as bases são iguais (tudo é base 3), igualam-se os logaritmandos:

x^(5/6) = 3
.....5/6__
x = V3 ou x = 3^[1/(5/6)] ou x = 3^(6/5) <----Pronto. É essa a resposta.

OK?
Adjemir.

Dentre todos os retângulos que estão inscritos em um círculo de raio r,


determinar aquele que tem a área máxima.

Solução: Construímos um retângulo genérico com comprimento 2x e largura


2y. Assim, a área será A(x,y)=4xy. Acontece que o ponto (x,y) pertence à
circunferência x²+y²=r² e podemos extrair o valor de y nesta relação e
obter a função não negativa:

A(x)=4x.R[r²-x²]

A primeira derivada desta função nos dá

A'(x) = 4r²-8x² : R[r²-x²]