Você está na página 1de 51

Contabilidade Geral Página 2 de 51

E

Q

U

I

P

E

Diretor Geral

Cleide Thieves Inglês, Francês, Espanhol, Italiano, Alemão, Japonês (EAD)

Luiz Alberto Tinoco Cidade

 

Maristella Mattos Silva Espanhol (EAD)

Diretora Executiva

Monike Cidade Espanhol (EAD) Genildo da Silva Espanhol

Clara Marisa May

Leonardo dos Santos Espanhol

Diretor de Artes

Diego Fernandes Espanhol João Jorge Gonçalves Inglês, Francês Espanhol e

Fabiano Rangel Cidade

Português

Coordenação Geral dos Cursos Preparatórios

 

Whang Pontes Teixeira Espanhol Simone Tostes Drª em Inglês (EAD)

Luiz Alberto Tinoco Cidade

 

Mariana Ramos Inglês (EAD)

Coordenação dos Cursos de Idiomas EAD

 

Anna Carolina da Silva Santos Márcia Mattos da Silva Francês (EAD)

Prof Dr. Daniel Soares Filho

 

Marcos Henrique Francês

Secretaria

Concursos

Mariana Fernandes Ramos

 

Edson da Costa Rodrigues Contabilidade

Suporte

Uilton Luiz - Economia Moreira Contabilidade de Custos

Luan Maciel Cruz

Sormany Fernandes História do Brasil

Editoração Gráfica

Ivanaldo Silva de Carvalho História do Brasil Djalma Augusto História do Brasil

Edilva de Lima

Ronaldo de Castros Soares História do Brasil

Fonoaudióloga e Psicopedagoga Mariana Fernandes Ramos CRFa 12482-RJ/T-DF

 

Leandro da Silva - História do Brasil (EAD) Thiago Godoi História do Brasil Gustavo Porto História Geral

Assessoria Jurídica Luiza May Schmitz OAB/DF 24.164

 

André Luis Gonçalves Daniel Castro de Faria Gramática, Redação e Literatura Sandra Nascimento da Hora - Gramática, Redação e

Assessoria de Línguas Estrangeiras

Literatura Albert Iglésias Língua Portuguesa e Literatura

Cleide Thieves (Poliglota-EEUU) João Jorge Gonçalves (Poliglota-Europa)

Valber Freitas Santos - Gramática, Redação e Literatura Geraldo Severino - Geografia do Brasil

Equipe de Professores

 

Francisco Roger - Geografia do Brasil Rafael Maia Geografia do Brasil

Idiomas Luiz Cidade Espanhol Daniel Soares Filho Drº em Espanhol (EAD)

 

Luiz Felipe - Geografia do Brasil Murilo Roballo Matemática Luís Kleber Neves Física

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 2/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 3 de 51

CONTABILIDADE geral

CONTABILIDADE geral

CONTABILIDADE geral

Conteúdo

EDITAL DO EXAME DE SUFICIÊNCIA Nº 01/2015

3

Exame Contabilidade Geral 2011

4

12

13

18

19

28

29

36

37

43

44

51

EDITAL DO EXAME DE SUFICIÊNCIA Nº 01/2015 EXAME DE SUFICIÊNCIA COMO REQUISITO PARA OBTENÇÃO OU RESTABELECIMENTO DE REGISTRO PROFISSIONAL EM CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE (CRC) 1. CONTABILIDADE GERAL

  • a) Patrimônio e Variações Patrimoniais: Conceituação, ativos, passivos, patrimônio líquido, aspecto qualitativo

e quantitativo do patrimônio, representação gráfica do patrimônio, equação básica da contabilidade. Atos e fatos contábeis (permutativos, modificativos e mistos), formação, subscrição e integralização de capital, registros de mutações patrimoniais e apuração do resultado (receitas e despesas).

  • b) Plano de contas e procedimentos de escrituração: Conceito, classificação (patrimoniais, resultado e

compensação) e natureza das contas (devedoras e credoras). Método das partidas dobradas, mecanismos de débito e

crédito, teoria das origens e aplicação de recursos, lançamento (elementos essenciais, fórmulas), regime de caixa x regime competência, balancete de verificação, livros utilizados na escrituração.

  • c) Mensuração e reconhecimento de operações: Mensuração e reconhecimento das transações das

sociedades empresárias, tais como: transações de compras e vendas, transações de mercadorias, fretes e seguros, apuração do custo das mercadorias, produtos e serviços vendidos (inventário periódico e inventário permanente), receitas, despesas, apuração e destinação do resultado, tributos, aplicações financeiras, empréstimos e financiamentos bancários, duplicatas descontadas, receitas e despesas financeiras, folha de pagamento, estoques, ativo imobilizado, ativos biológicos

e ativos intangíveis, métodos de depreciação, de amortização e de exaustão, vendas de ativos diversos (ganhos e perdas), constituição de provisões e demais operações necessárias à atividade das sociedades empresárias.

  • d) Avaliação de Ativos e Passivos: Custo histórico. Custo Corrente. Valor realizável. Valor presente. Valor

justo. Valor recuperável de ativos. Atualização monetária. Método da equivalência patrimonial.

Provisões,

  • e) Ativos

e

Passivos

Contingentes:

Conceito,

critérios

de

avaliação de contingências,

contingências ativas, contingências passivas.

 
  • f) Balanço

Patrimonial:

Apresentação,

aspectos

conceituais,

finalidades

e normatização, critérios de

classificação e avaliação, Ativo Circulante, Ativo Não Circulante, Passivo Circulante, Passivo Não Circulante, Patrimônio Líquido.

  • g) Demonstração do Resultado e Demonstração do Resultado Abrangente: Apresentação, aspectos

conceituais, finalidades e normatização, forma de elaboração e seus elementos.

  • h) Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados: Apresentação, aspectos conceituais, finalidades e

normatização, forma de elaboração e seus elementos.

  • i) Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido: Apresentação, aspectos conceituais, finalidades e

normatização, forma de elaboração e seus elementos.

  • j) Demonstração dos Fluxos de Caixa: Apresentação, aspectos conceituais, finalidades e normatização, forma

de elaboração e seus elementos. Método direto e indireto, Fluxo operacional, de investimento e de financiamento.

  • k) Demonstração do Valor Adicionado: Apresentação, aspectos conceituais, finalidades e normatização, forma

de elaboração e seus elementos.

  • l) Notas explicativas: Aspectos conceituais, finalidades, normatização e conteúdos.

  • m) Combinação de Negócios: Cisão, Fusão, Incorporação, Extinção, reconhecimento e mensuração de ativo

identificável adquirido, de passivo assumido e de participação de não controlador na adquirida, ágio por expectativa de rentabilidade futura (goodwill) e compra vantajosa.

  • n) Consolidação das Demonstrações Contábeis: Conceito, fundamentos e procedimentos de consolidação,

tais como, eliminação de resultados não realizados das transações intragrupo, eliminação der ativos e passivos decorrentes de transação intragrupo e identificação da participação dos não controladores no patrimônio e resultado, consolidação proporcional de investimento em empreendimento controlado em conjunto (Joint venture).

  • o) Conversão das Demonstrações Contábeis para Moeda Estrangeira: Técnicas e taxas de conversão, Itens

monetários e não monetários, ganhos e perdas. 01. p) Lei n.º 6.404/1976 e suas alterações e as disposições do Conselho Federal de Contabilidade relativas aos Princípios de Contabilidade bem como as Normas Brasileiras de Contabilidade.

.

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 3/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Exame Contabilidade Geral 2011

1. CFC/Bacharel/2011.2 - 1. Acerca das demonstrações contábeis, julgue os itens abaixo e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

I. O recebimento de caixa resultante da venda de Ativo Imobilizado e Intangível é apresentado na Demonstração dos Fluxos de Caixa como atividade operacional. II. No Balanço Patrimonial, os ativos mantidos com o propósito de serem negociados classificam-se no grupo do Ativo Circulante. III. Uma empresa que realize uma operação de venda do seu estoque por R$21.000,00, que foi adquirido por R$11.000,00 e que, ainda, tenha incorrido em comissões sobre venda no valor total de R$2.000,00 apresentará na Demonstração do Resultado um Lucro Bruto de R$8.000,00.

Está(ão) certo(s) apenas o(s) item(ns):

  • a) I e II.

  • b) II e III.

  • c) II.

  • d) III.

2. CFC/2011.2 02. Uma indústria de alimentos pagou em 1º de dezembro de 2010 o valor de R$4.800,00 pela contratação de prêmio de seguro dos veículos utilizados para entrega dos produtos vendidos,vigente de dezembro de 2010 a novembro de 2011.

Em janeiro de 2011, o registro contábil correspondente ao gasto com seguros gerou um aumento de:

  • a) R$ 400,00 em Despesa.

  • b) R$ 400,00 em Custo de Produção.

  • c) R$ 4.400,00 em Despesa.

  • d) R$ 4.400,00 em Custo de Produção.

3. CFC/Bacharel/2011.2 - 3. Uma sociedade empresária que tem como atividade operacional a prestação de serviços registrou as seguintes transações no mês de agosto de 2011.

Aquisição de peças para reposição no valor de R$10.000,00 para serem utilizadas na prestação de serviços do mês de setembro de 2011.

Prestação de serviços no valor total de R$80.000,00 para diversos clientes. Para a execução desses serviços, a sociedade utilizou-se de peças que haviam custado R$5.000,00 e o custo total com pessoal totalizou

R$25.000,00.

Pagamento do valor de R$100,00 referente à comissão sobre as vendas do mês de julho de 2011.

Obtenção de empréstimo bancário no início do mês de agosto de 2011, no valor de R$40.000,00, a ser pago no fim do mês de agosto de 2011 acrescidos de juros de 3% para o período.

Despesa com o pessoal administrativo no valor de R$1.000,00 a ser pago em setembro de 2011. Recebimento do valor de R$60.000,00 referente aos serviços prestados no mês de maio de 2011.

Pagamento de salários referente à folha do mês de julho de 2011 no valor de R$20.000,00.

Considerando as transações do mês de agosto de 2011, o Resultado do Período apurado é:

  • a) R$78.900,00.

  • b) R$49.000,00.

  • c) R$47.800,00.

  • d) R$37.800,00.

Contabilidade Geral Página 5 de 51

4. CFC/Bacharel/2011.2 - 4. Uma sociedade empresária apresenta no seu Ativo Não Circulante investimento em uma Subsidiária Integral. Em 31 de dezembro de 2010, foi apresentado o seguinte papel de trabalho para que fossem identificados os registros de eliminações e os saldos consolidados. Não existem lucros não realizados decorrentes de transações entre as companhias.

     

Eliminação de

 

Saldos

     

Consolidação

Contas

Controladora

subsidiária

Consolidados

     

Débito

Crédito

 

ATIVO CIRCULANTE

525.000,00

225.000,00

     

Caixa

75.000,00

85.000,00

Clientes terceiros

150.000,00

40.000,00

Clientes Subsidiária

100.000,00

-

Estoques

200.000,00

100.000,00

ATIVO NÃO CIRCULANTE

475.000,00

0

Investimento em Subsidiária

125.000,00

-

Imobilizado

350.000,00

-

TOTAL DO ATIVO

1.000.000,00

225.000,00

PASSIVO

450.000,00

100.000,00

Fornecedores terceiros

450.000,00

Fornecedores Controladora

-

100.000,00

PASSIVO NÃO CIRCULANTE

0

0

PATRIMÔNIO LÍQUIDO

550.000,00

125.000,00

Capital Social

500.000,00

125.000,00

Reserva de Lucro

50.000,00

-

TOTAL DO ATIVO E PL

1.000.000,00

225.000,00

A partir da elaboração do Balanço Patrimonial Consolidado, assinale a opção INCORRETA.

a)

O Ativo Circulante consolidado é de R$650.000,00.

 

b)

O Ativo Não Circulante consolidado é de R$350.000,00.

c)

O Patrimônio Líquido consolidado é de R$550.000,00.

d)

O Ativo consolidado é de R$1.100.000,00.

5. CFC/2011.2 5. Uma empresa industrial possui um Ativo Imobilizado cujo custo histórico é igual a R$50.000,00 e cuja depreciação acumulada equivale a R$12.000,00. A empresa apurou, para esse ativo, um valor justo líquido de despesas de venda de R$10.000,00 e um valor em uso de R$20.000,00.

Com base nos dados informados, considerando a NBC TG 01 Redução ao Valor Recuperável de Ativos , o valor a ser registrado como perda por desvalorização do Ativo Imobilizado será de:

a)

R$18.000,00.

b)

R$28.000,00.

c)

R$30.000,00.

d)

R$40.000,00.

6. CFC/2011.2 6. Uma sociedade empresária apresentou o seguinte quadro, construído a partir da identificação de diversas obrigações presentes decorrentes de eventos passados, cujas probabilidades de saída de recurso foram classificadas como prováveis ou possíveis.

 

Saída de

   
 

Natureza da Obrigação

Recurso

Mensuração

Estimativa

Garantias

Prováveis

Estimativas confiáveis

R$ 150.000,00

Danos ambientais

Prováveis

Inexistência de estimativas confiáveis

R$ 10.000,00

Riscos fiscais trabalhistas e cíveis

Prováveis

Estimativas confiáveis

R$ 700.000,00

Riscos fiscais, trabalhistas e cíveis

Possível

Estimativas confiáveis

R$ 300.000,00

Danos ambientais

Possível

Estimativas confiáveis

R$ 100.000,00

De acordo com a NBC TG 25 Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes, o valor de provisões a ser constituído e apresentado no Balanço Patrimonial será de:

a)

R$400.000,00.

b)

R$850.000,00.

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 5/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 6 de 51

  • c) R$860.000,00.

  • d) R$1.250.000,00.

    • 7. CFC/2011.2 7. Uma sociedade empresária mantém no seu estoque de mercadorias para revenda

três tipos de mercadorias: I, II e III. O valor total do custo de aquisição, preço de vendas e gastos com

vendas, em 31.12.2010, estão detalhados a seguir:

Tipo de

Custo

Preço de

Gastos com

Estoque

Venda

vendas

I

R$660,00

R$820,00

R$100,00

II

R$385,00

R$366,00

R$38,00

III

R$800,00

R$750,00

R$45,00

No Balanço Patrimonial em 31.12.2010, o saldo de Estoque de acordo com a NBC TG 16 é de:

  • a) R$1.693,00.

  • b) R$1.753,00.

  • c) R$1.845,00.

  • d) R$1.936,00.

    • 8. CFC/2011.2 8. Uma entidade apresentou, em 31.12.2010, os seguintes saldos de contas:

Contas

Saldos

Ações de Outras Empresas para negociação

R$2.300,00

 

R$500,00

Ações em Tesouraria Bancos Conta Movimento

R$7.500,00

Caixa

R$1.000,00

Capital Social

R$26.500,00

Depreciação Acumulada

R$11.000,00

 

R$6.200,00

Estoque de Mercadoria para Revenda Fornecedores Vencimento em setembro de 2011

R$24.000,00

Imóveis de Uso

R$32.500,00

Impostos a Pagar Vencimento em janeiro de 2011

R$8.000,00

Propriedades para Investimento

R$5.000,00

Participação Societária em Empresas Controladas

R$17.500,00

 

R$1.500,00

Participações Permanentes no Capital de Outras Empresas Reserva Legal

R$4.500,00

No Balanço Patrimonial, o saldo do grupo Investimentos do Ativo Não Circulante é igual a:

  • a) R$21.300,00

  • b) R$23.000,00.

  • c) R$24.000,00.

  • d) R$26.300,00.

    • 9. CFC/2011.2 09. Em relação às Notas Explicativas e às Demonstrações Contábeis, assinale a opção

INCORRETA.

  • a) A entidade deve divulgar nas notas explicativas as fontes principais da incerteza das estimativas à data do

balanço que tenham risco significativo de provocar modificação material nos valores contábeis de ativos e passivos durante o próximo.

  • b) A entidade deve divulgar no resumo de políticas contábeis significativas as bases de mensuração utilizadas

na elaboração das demonstrações contábeis e outras políticas contábeis utilizadas que sejam relevantes para a compreensão das demonstrações contábeis.

  • c) Informação adicional que não tenha sido apresentada nas demonstrações contábeis, mas que seja relevante

para sua compreensão, deve ser apresentada nas notas explicativas.

  • d) Políticas contábeis inadequadas podem ser retificadas por meio da divulgação das políticas contábeis

utilizadas ou por notas ou qualquer outra divulgação explicativa.

10. CFC/2011.2 10. Uma sociedade empresária “A” apresentou em seu Balanço Patrimonial, no grupo de Passivo Circulante, a quantia de R$1.000.000,00 a titulo de Dividendos Propostos e, na Demonstração de Resultado, um Lucro do Período no valor de R$4.000.000,00.

Considerando que uma determinada sociedade investidora “B” participa do Capital dessa empresa com um percentual de 10% e que apresenta no Ativo Não Circulante a participação na sociedade “A”, classificada como Investimento avaliado pelo método de custo, por ser a forma adequada de classificação, o registro contábil desta mutação patrimonial na investidora “B”, será:

a)

Débito

Dividendos Propostos a Receber

R$100.000,00

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 6/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 7 de 51

Crédito

Receitas de Dividendos

R$100.000,00

Débito

  • b) Dividendos Propostos a Receber

Débito

Crédito

R$100.000,00

Investimentos

R$400.000,00

Ganho por Equivalência Patrimonial

R$500.000,00

Débito

  • c) Dividendos Propostos a Receber

Crédito

R$100.000,00

Investimentos

R$100.000,00

Débito

  • d) Dividendos Propostos a Receber

Débito

Crédito

R$100.000,00

Investimentos

R$300.000,00

Ganho por Equivalência Patrimonial

R$400.000,00

11. CFC/2011.2 11. Uma sociedade empresária foi constituída em 31.12.2010 com capital de R$100.000,00, dos quais R$10.000,00 foram integralizados em dinheiro naquela data. Em janeiro de 2011, os sócios entregaram mais R$30.000,00 em dinheiro e R$40.000,00 em terrenos. Ainda em janeiro, a sociedade empresária adquiriu mercadorias para revenda por R$32.000,00, metade à vista e metade para pagamento em 30 dias.

Desconsiderando a incidência de tributos e com base nos dados informados, é CORRETO afirmar que, na Demonstração dos Fluxos de Caixa relativa ao mês de janeiro de 2011:

  • a) as atividades de financiamento geraram caixa no valor de R$70.000,00.

  • b) as atividades de financiamento geraram caixa no valor de R$80.000,00.

  • c) as atividades de investimento consumiram caixa no valor de R$40.000,00.

  • d) as atividades operacionais consumiram caixa no valor de R$16.000,00.

    • 12. CFC/2011.2 12 - anulada

    • 13. CFC/Bacharel/2011.1 1. Uma sociedade empresária adquiriu mercadorias para revenda por

R$5.000,00, neste valor incluído ICMS de R$1.000,00. No mesmo período, revendeu toda a mercadoria adquirida por R$9.000,00, neste valor incluído ICMS de R$1.800,00. A sociedade empresária registrou,

no período, despesas com representação comercial no montante de R$1.200,00 e depreciação de veículos de R$200,00.

Na Demonstração do Valor Adicionado DVA, elaborada a partir dos dados fornecidos, o valor adicionado a distribuir é igual a:

  • a) R$1.800,00.

  • b) R$2.600,00.

  • c) R$3.200,00.

  • d) R$4.000,00.

    • 14. CFC/Técnico/2011.1 1. Considerando os conceitos de passivos e provisões, julgue os itens abaixo

como Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

I. Provisões são passivos com prazo ou valor incertos. II. Passivos são obrigações presentes. III. Passivos podem representar obrigações formais ou legalmente exigíveis ou obrigações decorrentes de práticas negociais costumeiras. IV. Provisões estão relacionadas a perdas operacionais futuras.

A sequência CORRETA é:

  • a) F, F, V, F.

  • b) F, V, V, F.

  • c) V, F, F, V.

  • d) V, V, V, F.

    • 15. CFC/Bacharel/2011.1 2. Uma companhia efetuou, em dezembro de 2010, a venda de mercadorias

para recebimento com prazo de 13 meses, considerando uma taxa de juros de 10% no período. O valor da nota fiscal foi de R$110.000,00.

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 7/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 8 de 51

O registro contábil CORRETO no ato da transação é:

  • a) Débito: Contas a Receber (Ativo Não Circulante)

R$110.000,00

Crédito:Receita Bruta de Vendas

R$110.000,00

  • b) Débito: Contas a Receber (Ativo Não Circulante)

R$110.000,00

Crédito: Receita Bruta de Vendas

R$100.000,00

Crédito: Receita Financeira

R$10.000,00

  • c) Débito: Contas a Receber (Ativo Não Circulante)

R$100.000,00

Crédito: Receita Bruta de Vendas

R$100.000,00

  • d) Débito: Contas a Receber (Ativo Não Circulante)

R$110.000,00

Crédito: Receita Bruta de Vendas

R$100.000,00

Crédito: Receita Financeira a Apropriar (Ativo Não Circulante) R$10.000,00

16. CFC/Técnico/2011.1 2. Acerca do conteúdo das Demonstrações Contábeis, julgue os itens abaixo e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

I. O Balanço Patrimonial apresenta os elementos relacionados com a mensuração da posição patrimonial e financeira: ativos, passivos e patrimônio líquido.

II. São considerados Caixa e Equivalente de Caixa o saldo em Caixa, Bancos e ainda todos os recursos em aplicação financeira independente do prazo de resgate.

III. A Demonstração do Valor Adicionado deve proporcionar aos usuários das demonstrações contábeis informações relativas à riqueza criada pela entidade em determinado período e à forma como tais riquezas foram distribuídas.

Estão certos os itens:

  • a) I e II, apenas.

  • b) I e III, apenas.

  • c) I, II e III.

  • d) II e III, apenas.

17. CFC/2011.1 3. Uma sociedade empresária realizou as seguintes aquisições de produtos no primeiro bimestre de 2011:

03/01/2011 40 unidades a R$30,00 24/01/2011 50 unidades a R$24,00 01/02/2011 50 unidades a R$20,00 15/02/2011 60 unidades a R$20,00

Sabe-se que:

A empresa não apresentava estoque inicial. No dia 10.2.2011, foram vendidas 120 unidades de produtos ao preço de R$ 40,00 cada uma. Não será considerada a incidência de ICMS nas operações de compra e venda. O critério de avaliação adotado para as mercadorias vendidas é o PEPS.

O Lucro Bruto com Mercadorias, a quantidade final de unidades em estoque e o valor unitário de custo em estoques de produtos, no dia 28.2.2011, são de:

  • a) R$ 1.800,00 e 80 unidades a R$20,00 cada.

  • b) R$ 1.885,71 e 80 unidades a R$24,29 cada.

  • c) R$ 1.980,00 e 80 unidades a R$23,50 cada.

  • d) R$ 2.040,00 e 80 unidades a R$23,00 cada.

18. CFC/Técnico/2011.1 3. Uma sociedade empresária, no encerramento do exercício de 2010, obteve as seguintes informações:

Adiantamento a Fornecedores

R$1.000,00

Adiantamento de Clientes

R$2.000,00

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 8/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 9 de 51

Ativo Imobilizado

R$20.000,00

Capital Social

R$29.000,00

Contas a Pagar

R$40.000,00

Depreciação Acumulada

R$2.000,00

Despesas Antecipadas

R$1.000,00

Disponibilidades

R$1.000,00

Duplicatas a Receber

R$30.000,00

Estoques

R$20.000,00

Realizável a Longo Prazo

R$2.000,00

Reserva Legal

R$2.000,00

O valor total do Ativo no Balanço Patrimonial é de:

  • a) R$71.000,00

  • b) R$73.000,00

  • c) R$74.000,00

  • d) R$75.000,00

19. CFC/Bacharel/2011.1 4. Uma determinada sociedade empresária, em 31.12.2010, apresentou os seguintes saldos:

Caixa

R$

6.500,00

Bancos Conta Movimento

R$

14.000,00

Capital Social

R$

20.000,00

Custo das Mercadorias Vendidas

R$

56.000,00

Depreciação Acumulada

R$

1.500,00

Despesas Gerais

R$

23.600,00

Fornecedores

R$

9.300,00

Duplicatas a Receber em 60 dias

R$

20.900,00

Equipamentos

R$

10.000,00

Reserva de Lucros

R$

3.000,00

Estoque de Mercadorias

R$

4.000,00

Receitas de Vendas

R$

97.700,00

Salários a Pagar

R$

3.500,00

Após a apuração do Resultado do Período e antes da sua destinação, o total do Patrimônio Líquido e o total do Ativo Circulante são, respectivamente:

  • a) R$37.100,00 e R$41.400,00.

  • b) R$37.100,00 e R$46.100,00.

  • c) R$41.100,00 e R$45.400,00.

  • d) R$41.100,00 e R$50.400,00.

20. CFC/2011.1 5 A movimentação ocorrida nas contas de Reservas de Lucros em um determinado período é evidenciada na seguinte demonstração contábil:

  • a) Balanço Patrimonial

  • b) Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido

  • c) Demonstração dos Fluxos de Caixa

  • d) Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados

21. CFC/2011.1 6. Uma determinada sociedade empresária apresentou os seguintes dados extraídos da folha de pagamento:

 

Empregados

Salário mensal

Empregado A

R$1.500,00

Empregado B

R$1.200,00

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 9/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 10 de 51

Foi solicitado que a empresa elaborasse as demonstrações contábeis para janeiro de 2011.

Considerando os dados da folha de pagamento e a premissa de que o percentual total dos Encargos Sociais é de 20%, em janeiro de 2011, a empresa deverá registrar um gasto total com o 13º Salário e Encargos Sociais no montante de:

  • a) R$112,50.

  • b) R$225,00.

  • c) R$270,00.

  • d) R$540,00.

    • 22. CFC/2011.1 7. Uma determinada sociedade empresária vendeu mercadorias para sua controladora

por R$300.000,00, auferindo um lucro de R$50.000,00. No final do exercício, remanescia no estoque da

controladora 50% das mercadorias adquiridas da controlada. O valor do ajuste referente ao lucro não realizado, para fins de cálculo da equivalência patrimonial, é de:

  • a) R$ 25.000,00

  • b) R$ 50.000,00

  • c) R$ 150.000,00

  • d) R$ 300.000,00

    • 23. CFC/2011.1 8. Uma empresa adquiriu um ativo em 1º de janeiro de 2009, o qual foi registrado

contabilmente por R$15.000,00. A vida útil do ativo foi estimada em cinco anos. Espera-se que o ativo,

ao final dos cinco anos, possa ser vendido por R$3.000,00. Utilizando-se o método linear para cálculo da depreciação e supondo-se que não houve modificação na vida útil estimada e nem no valor residual, ao final do ano de 2010, o valor contábil do ativo líquido será de:

  • a) R$7.200,00.

  • b) R$9.000,00.

  • c) R$10.200,00.

  • d) R$12.000,00.

    • 24. CFC/2011.1 - 09. Uma entidade apresenta, em 31.12.2010, os seguintes saldos de contas:

CONTAS

Saldos (R$)

Ações de Outras Empresas Para Negociação Imediata

400,00

Ações em Tesouraria

300,00

Ajustes de Avaliação Patrimonial (saldo devedor)

900,00

Aplicações em Fundos de Investimento com Liquidez Diária

2.600,00

Bancos Conta Movimento

6.000,00

Caixa

700,00

Capital Social

40.000,00

Clientes Vencimento em março/2011

12.000,00

Clientes Vencimento em março/2012

6.600,00

Clientes Vencimento em março/2013

4.000,00

Depreciação Acumulada

8.800,00

Despesas Pagas Antecipadamente (prêmio de seguro com vigência até dezembro/2011)

300,00

Estoque de Matéria-Prima

5.000,00

Financiamento Bancário (a ser pago em 12 parcelas mensais de igual valor, vencendo a

30.000,00

primeira em janeiro de 2011) Fornecedores

19.000,00

ICMS a Recuperar

600,00

Imóveis de Uso

26.000,00

Impostos a Pagar (Vencimento em janeiro/2011)

6.400,00

Máquinas

18.000,00

Obras de Arte

4.000,00

Participação Societária em Empresas Controladas

14.000,00

Participações Permanentes no Capital de Outras Empresas

1.000,00

Reserva Legal

4.000,00

Reservas de Capital

2.200,00

Veículos

8.000,00

No Balanço Patrimonial, o saldo do Ativo Circulante é igual a:

  • a) R$24.300,00.

  • b) R$25.000,00.

  • c) R$27.200,00.

  • d) R$27.600,00.

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 10/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 11 de 51

25. CFC/2011.1 10. Uma sociedade empresária apresentou, no exercício de 2010, uma variação positiva no saldo de caixa e equivalentes de caixa no valor de R$18.000,00. Sabendo-se que o caixa gerado pelas atividades operacionais foi de R$28.000,00 e o caixa consumido pelas atividades de investimento foi de R$25.000,00, as atividades de financiamento:

  • a) geraram um caixa de R$21.0000,00.

  • b) consumiram um caixa de R$15.000,00.

  • c) consumiram um caixa de R$21.000,00.

  • d) geraram um caixa de R$15.000,00.

26. CFC/2011.1 - 11. Uma empresa pagou, em janeiro de 2010, o aluguel do galpão destinado à área de produção, relativo ao mês de dezembro de 2009. O lançamento correspondente ao pagamento do aluguel irá provocar:

  • a) um aumento nas Despesas e uma redução de igual valor no Ativo.

  • b) um aumento nos Custos e uma redução de igual valor no Ativo.

  • c) uma redução no Ativo e uma redução de igual valor no Passivo.

  • d) uma redução no Ativo e uma redução de igual valor no Patrimônio Líquido.

27. CFC/2011.1 - 12. De acordo com os dados abaixo e sabendo-se que o Estoque Final de Mercadorias totaliza R$350.000,00, em 31.12.2010, o Resultado Líquido é de:

Contas

Valor

Caixa

R$

80.000,00

Capital Social

R$

50.000,00

Compras de Mercadorias

R$

800.000,00

Depreciação Acumulada

R$

65.000,00

Despesas com Juros

R$

110.000,00

Despesas Gerais

R$

150.000,00

Duplicatas a Pagar

R$

355.000,00

Duplicatas a Receber

R$

140.000,00

Estoque Inicial de Mercadorias

R$

200.000,00

Móveis e Utensílios

R$

70.000,00

Receita com Juros

R$

80.000,00

Receitas com Vendas

R$

1.000.000,00

  • a) R$170.000,00.

  • b) R$240.000,00.

  • c) R$350.000,00.

  • d) R$390.000,00

28. CFC/Técnico/2013 - 11. Uma sociedade empresária possui dois funcionários registrados. No final do mês de outubro de 2012 o contador, em seu escritório, recebeu as seguintes informações para elaboração da folha de pagamento:

Salário base do funcionário A

R$5.500,00

Salário base do funcionário B

R$1.100,00

INSS - Previdência Social do Empregador

20%

Outras Entidades

5,8%

FGTS dos empregados

8%

SAT - Seguro Acidente de Trabalho

2%

INSS - Previdência Social do Empregado

Ver Tabela Abaixo

Na segunda semana, do mês de outubro, foi concedido um adiantamento salarial aos funcionários no valor de R$2.000,00. Tabela de contribuição mensal de segurados e empregados

Salário de Contribuição (R$)

Alíquota para fins de recolhimento ao INSS (%)

até 1.174,86

8,00%

de 1.174,87 até 1.958,10

9,00%

de 1.958,11 até 3.916,20

11,00%

Fonte: Portaria no. 02, de 06 de janeiro de 2012.

Considerando apenas os dados acima, o valor total da despesa com a folha de pagamento e o valor do INSS Previdência Social dos Empregados, no mês de outubro de 2012, correspondem, respectivamente a:

  • a) R$10.448,00 e R$518,78.

  • b) R$10.580,00 e R$ 693,00.

  • c) R$8.830,80 e R$693,00.

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 11/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 12 de 51

d) R$8.962,80 e R$518,78.

GABARITO

C B B A D B D B D Nula 19 20 C D A C
C B
B
A
D B
D
B
D Nula
19 20
C
D A
C
A
B
D A
C A
10
9
8
7
6
5
4
3
2
1
16 15 14 13 12 11 17 18 D D A D D C C A
16
15
14
13
12
11
17 18
D
D A
D
D
C
C A
21
28
27
26
25
24
22 23

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 12/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 13 de 51

Exame Contabilidade Geral 2012.1.2

29. CFC/Bacharel/2012.2 - 2 - 3. Uma sociedade empresária iniciou suas atividades em 2.5.2012. O Diretor de Recursos Humanos apresentou as políticas de Recursos Humanos da empresa e, entre essas políticas, está contido o procedimento de concessão de férias, no qual ficou estabelecido que a empresa irá conceder as férias do pessoal contratado, no mês de maio, somente em dezembro de 2013, por ocasião das primeiras férias coletivas.

O Departamento de Pessoal apresentou o relatório para efeito de apropriação das férias e 13º Salário, de acordo com o regime de competência, do pessoal lotado na área administrativa de onde foram extraídas as seguintes informações:

Salário base R$15.000,00 Férias e Adicional R$1.662,50 13º Salário R$1.250,00

Considerando que a empresa não apresenta um ciclo operacional definido, o registro CORRETO da apropriação das férias e adicional e 13º Salário, no mês de maio de 2012, é:

  • a) DÉBITO Despesas Administrativas Férias R$1.662,50 CRÉDITO Férias Passivo não Circulante R$1.662,50 DÉBITO Despesas Administrativas 13º Salário R$1.250,00 CRÉDITO 13º Salário Passivo não Circulante R$1.250,00

  • b) DÉBITO Despesas Administrativas Férias R$1.662,50 CRÉDITO Férias Passivo Circulante R$1.662,50 DÉBITO Despesas Administrativas 13º Salário R$1.250,00 CRÉDITO 13º Salário Passivo não Circulante R$1.250,00

  • c) DÉBITO Despesas Administrativas Férias R$1.662,50 CRÉDITO Férias Passivo não Circulante R$1.662,50 DÉBITO Despesas Administrativas 13º Salário R$1.250,00 CRÉDITO 13º Salário Passivo Circulante R$1.250,00

  • d) DÉBITO Despesas Administrativas Férias R$1.662,50

CRÉDITO Férias Passivo Circulante R$1.662,50 DÉBITO Despesas Administrativas 13º Salário R$1.250,00 CRÉDITO 13º Salário Passivo Circulante R$1.250,00 30. CFC/Bacharel/2012.2 - 5. Uma sociedade empresária adquiriu mercadorias para revenda com pagamento à vista. O valor total da Nota Fiscal do fornecedor foi de R$105.000,00. Neste valor, estão incluídos R$5.000,00 referentes a frete e R$12.000,00 referentes a impostos recuperáveis.

Assinale a opção que apresenta o lançamento da operação a ser realizado.

  • a) DÉBITO Estoque de Mercadorias R$93.000,00

DÉBITO Impostos a Recuperar R$12.000,00 CRÉDITO Caixa R$105.000,00

  • b) DÉBITO Estoque de Mercadorias R$100.000,00

DÉBITO Impostos a Recuperar R$12.000,00 DÉBITO Despesa com Frete R$5.000,00 CRÉDITO Caixa R$105.000,00 CRÉDITO Impostos a pagar R$12.000,00

  • c) DÉBITO Estoque de Mercadorias R$105.000,00

CRÉDITO Caixa R$93.000,00 CRÉDITO Impostos a pagar R$12.000,00

  • d) DÉBITO Estoque de Mercadorias R$88.000,00

DÉBITO Impostos a Recuperar R$12.000,00 DÉBITO Despesa com Frete R$5.000,00 CRÉDITO Caixa R$105.000,00

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 13/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 14 de 51

31. CFC/Bacharel/2012.2 - 17. Uma empresa industrial, no mês de julho de 2012, utilizou em seu processo produtivo o valor de R$25.000,00 de matéria-prima; R$20.000,00 de mão de obra direta; e R$15.000,00 de gastos gerais de fabricação.

O saldo dos Estoques de Produtos em Elaboração, em 30.6.2012, era no valor de R$7.500,00 e, em 31.7.2012, de R$10.000,00.

O Custo dos Produtos Vendidos, no mês de julho, foi de R$40.000,00 e não havia Estoque de Produtos Acabados em 30.6.2012.

Com base nas informações, assinale a opção que apresenta o saldo final dos Estoques de Produtos Acabados em 31.7.2012.

  • a) R$ 17.500,00.

  • b) R$ 20.000,00.

  • c) R$ 57.500,00.

  • d) R$ 60.000,00.

32. CFC/2012.1 - 1. Uma sociedade empresária apresentou os seguintes dados para a elaboração da Demonstração do Valor Adicionado:

Receita Bruta de Vendas

R$800.000,00

(-) Tributos sobre as Vendas

R$136.000,00

Receita Líquida

R$664.000,00

(-) Custo das Mercadorias Vendidas

R$498.000,00

Lucro Bruto

R$166.000,00

Despesa com Pessoal

R$90.000,00

Despesa com Depreciação

R$8.000,00

Despesa de Juros sobre Empréstimos

R$3.000,00

Resultado antes dos Tributos sobre o Lucro

R$65.000,00

Imposto de Renda

R$16.250,00

Contribuição Social

R$5.850,00

Resultado do Período

R$42.900,00

Informações adicionais:

I. O custo de aquisição da mercadoria vendida foi calculado da seguinte forma:

Valor da Mercadoria

R$600.000,00

ICMS Recuperado

R$102.000,00

Custo Aquisição

R$498.000,00

II. O valor da despesa com Pessoal é composto dos seguintes gastos:

Salários, Férias e 13º

R$65.000,00

Salário INSS

R$25.000,00

Total

R$90.000,00

De acordo com a Demonstração do Valor Adicionado, elaborada a partir dos dados fornecidos, assinale a opção INCORRETA.

  • a) O Valor adicionado a distribuir é R$192.000,00.

  • b) O Valor adicionado a distribuir é R$294.000,00.

  • c) O valor da remuneração de capital de terceiros é de R$3.000,00.

  • d) O valor distribuído para pessoal é de R$65.000,00

33. CFC/2012.1 - 2. Em relação ao conteúdo das Notas Explicativas, de acordo com a NBC TG 26 Apresentação das Demonstrações Contábeis, é INCORRETO afirmar que o conjunto das Notas Explicativas apresenta:

  • a) a divulgação da análise dos resultados e da posição financeira da sociedade e o parecer da diretoria.

  • b) a divulgação de informações requerida pelas normas, interpretações e comunicados técnicos que não tenha

sido evidenciada nas demonstrações contábeis.

  • c) as informações adicionais que não tenham sido evidenciadas nas demonstrações contábeis, mas que sejam

relevantes para sua compreensão.

  • d) as informações sobre a base para elaboração das demonstrações contábeis e das políticas específicas

utilizadas.

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 14/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 15 de 51

34. CFC/2012.1 -3. Uma sociedade empresária apresentou o seguinte Balancete de Verificação em

31.1.2012:

 

Débito

Crédito

Intangível

R$80.000,00

Financiamento Bancário Longo Prazo

R$450.000,00

Encargos Financeiros Passivos a Transcorrer

R$25.500,00

Contas a Receber Curto Prazo

R$380.000,00

Fornecedores Curto Prazo

R$65.000,00

Provisão para Riscos Ambientais

R$8.000,00

Perdas Estimadas para Crédito de Liquidação Duvidosa

R$1.000,00

Mútuo com Partes Relacionadas

R$30.000,00

Caixa

R$20.000,00

Estoque

R$90.000,00

Imobilizado

R$200.000,00

Amortização Acumulada

R$48.000,00

Depreciação Acumulada

R$20.000,00

Férias e Encargos

R$70.000,00

Décimo Terceiro e Encargos

R$80.500,00

ICMS a Recolher

R$17.000,00

Ajuste de Avaliação Patrimonial

R$24.000,00

Capital Social

R$90.000,00

TOTAL

R$843.500,00

R$843.500,00

Considerando os dados do Balancete de Verificação, assinale a opção CORRETA.

  • a) O Ativo Circulante totaliza R$519.000,00 e o Ativo Não Circulante totaliza R$237.500,00.

  • b) O Ativo Circulante totaliza R$519.000,00 e o Ativo Não Circulante totaliza R$242.000,00.

  • c) O Ativo Circulante totaliza R$489.000,00 e o Ativo Não Circulante totaliza R$242.000,00.

  • d) O Ativo Circulante totaliza R$489.000,00 e o Ativo Não Circulante totaliza R$267.500,00.

    • 35. CFC/2012.1 4. Uma sociedade empresária apresentou os seguintes dados de um determinado

período:

Despesas administrativas reconhecidas durante o período

R$ 20.000,00

Ganhos na remensuração de ativos financeiros disponíveis para venda líquidos dos tributos

R$ 30.000,00

Lucro bruto do período

R$ 240.000,00

Lucro líquido do período

R$ 270.000,00

Perdas derivadas de conversão de demonstrações contábeis de operações no exterior

R$ 170.000,00

menos tributos sobre ajuste de conversão Receita de vendas realizadas durante o período

R$ 800.000,00

Resultado do período antes das receitas e despesas financeiras

R$ 230.000,00

Na Demonstração do Resultado Abrangente, elaborada a partir dos dados fornecidos, o valor do Resultado Abrangente é igual a:

  • a) R$90.000,00.

  • b) R$100.000,00.

  • c) R$110.000,00.

  • d) R$130.000,00.

    • 36. CFC/2012.1 - 5. Em 2.10.2011, uma sociedade empresária adquiriu uma mercadoria para revenda.

Os dados da transação são os seguintes:

Preço de compra antes do abatimento

R$21.000,00

ICMS s/ compra recuperável

R$3.400,00

Abatimentos

R$1.000,00

Gasto com transporte da mercadoria

R$2.000,00

ICMS s/ Frete recuperável Em 15.11.2011, a empresa vendeu 50% do estoque.

R$340,00

Contabilidade Geral – Página 15 de 51 34. CFC/2012.1 -3. Uma sociedade empresária apresentou o seguinte

Em 31.12.2011, a empresa apurou que o preço estimado de venda no curso normal dos negócios, deduzido dos custos estimados para sua conclusão e dos gastos estimados necessários para se concretizar a venda para esta mercadoria, é de R$8.000,00.

Considerando que a empresa não possui estoque inicial, o valor do estoque em 31.12.2011 a ser apresentado no Balanço Patrimonial nesta data é de:

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 15/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 16 de 51

  • a) R$8.000,00.

  • b) R$8.800,00.

  • c) R$9.130,00.

  • d) R$9.630,00

    • 37. CFC/2012.1 - 06. Uma sociedade empresária prestou serviço a outra pessoa jurídica, no valor de

R$100.000,00, com incidência de imposto de renda na fonte à alíquota de 1,5%, recuperável, faturado para trinta dias.

Acerca do lançamento contábil na empresa que prestou o serviço, assinale a opção CORRETA.

  • a) Débito:

Caixa

R$98.500,00

Débito: IRRF a Recuperar

R$1.500,00

Crédito:

Receita com Serviços

R$100.000,00

  • b) Débito:

Caixa

R$98.500,00

Débito: Despesas Tributárias

R$1.500,00

Crédito:

Receita com Serviços

R$100.000,00

  • c) Débito:

Clientes

R$98.500,00

Débito: Despesas Tributárias

R$1.500,00

Crédito:

Receita com Serviços

R$100.000,00

  • d) Débito:

Clientes

R$98.500,00

Débito: IRRF a Recuperar

R$1.500,00

Crédito:

Receita com Serviços

R$100.000,00

  • 38. CFC/2012.1 - 08. Uma sociedade empresária adquiriu mercadorias para revenda por R$5.000,00.

Neste valor estão incluídos impostos recuperáveis no valor de R$600,00. No mesmo período, a totalidade das mercadorias adquiridas foi vendida por R$8.000,00. Sobre o valor da venda, incidiram impostos no montante de R$1.732,00, embutidos no preço de venda. A comissão devida aos vendedores, no valor de R$80,00, também foi registrada no período.

Na Demonstração do Resultado do Período, o Lucro Bruto é igual a:

  • a) R$1.788,00.

  • b) R$1.868,00.

  • c) R$3.600,00.

  • d) R$6.268,00.

    • 39. CFC/2012.1 - 09. Uma sociedade empresária apresentou o Balanço Patrimonial a seguir, ao qual foi

acrescida uma coluna de variação, e também a Demonstração do Resultado do período encerrado em

31.12.2011:

Balanço Patrimonial

 

31.12.2011

31.12.2010

Variação

ATIVO CIRCULANTE

R$322.000,00

R$230.000,00

R$92.000,00

Caixa

R$57.500,00

R$23.000,00

R$34.500,00

 

R$195.500,00

R$161.000,00

R$34.500,00

Duplicatas a Receber Estoques

R$69.000,00

R$46.000,00

R$23.000,00

ATIVO NÃO CIRCULANTE

R$115.000,00

R$115.000,00

Imobilizado

R$126.500,00

R$126.500,00

(-) Depreciação Acumulada

(R$11.500,00)

(R$11.500,00)

TOTAL DO ATIVO

R$437.000,00

R$230.000,00

R$207.000,00

PASSIVO CIRCULANTE

R$184.000,00

R$46.000,00

R$138.000,00

Fornecedores

R$142.600,00

R$46.000,00

R$96.600,00

Imposto de Renda e Contribuição Social a Pagar

R$41.400,00

R$41.400,00

PATRIMÔNIO LÍQUIDO

R$253.000,00

R$184.000,00

R$69.000,00

 

R$184.000,00

R$184.000,00

Capital Reservas de Lucros

R$69.000,00

R$69.000,00

TOTAL PASSIVO + PL

R$437.000,00

R$230.000,00

R$207.000,00

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 16/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 17 de 51

Demonstração do Resultado

 

R$391.000,00

Vendas Líquidas Custo da Mercadoria Vendida

(R$207.000,00)

Resultado Bruto

R$184.000,00

Despesas com Vendas

(R$4.600,00)

 

(R$57.500,00)

Despesas com Pessoal Despesas com Depreciação

(R$ 11.500,00)

Resultado antes dos tributos sobre o Lucro

R$ 110.400,00

Tributos sobre o Lucro

(R$ 41.400,00)

Resultado Líquido do Período

R$ 69.000,00

Na Demonstração dos Fluxos de Caixa elaborada a partir dos dados apresentados, as atividades operacionais geraram caixa no valor de:

  • a) R$59.800,00.

  • b) R$82.800,00.

  • c) R$138.000,00.

  • d) R$161.000,00.

    • 40. CFC/Bacharel/2012.1 10. Uma sociedade empresária, cujo Patrimônio Líquido no início do

período somava R$100.000,00, apresentou, no ano de 2011, as seguintes mutações em seu Patrimônio Líquido:

Lucro Líquido do Período

R$9.000,00

R$4.000,00

R$20.000,00

Destinação do lucro para reservas

R$15.000,00

Destinação do lucro para dividendos obrigatórios

R$5.000,00

Aquisição de ações da própria companhia

R$2.000,00

Integralização de Capital em dinheiro

Incorporação de Reservas ao Capital

Em 31.12.2011, o saldo do Patrimônio Líquido será:

  • a) R$108.000,00.

  • b) R$118.000,00.

  • c) R$122.000,00.

  • d) R$161.000,00

    • 41. CFC/ Bacharel/2012.1 - 11. Na Demonstração do Valor Adicionado, a despesa com aluguel, a

energia elétrica consumida no período e o resultado positivo da equivalência patrimonial são

evidenciados, respectivamente, como:

a)

insumos adquiridos de terceiros; insumos adquiridos de terceiros e remuneração do capital próprio.

b)

insumos adquiridos de terceiros; remuneração do capital de terceiros e valor adicionado recebido em

transferência.

c)

remuneração do capital de terceiros; insumos adquiridos de terceiros e valor adicionado recebido em

transferência.

d)

remuneração do capital de terceiros; remuneração do capital de terceiros e remuneração do capital próprio.

  • 42. CFC/ Bacharel/2012.1 - 12. A Sociedade Investidora A adquiriu 100% do Capital da Sociedade

Investida B, por R$1.000.000,00 pagos em dinheiro. Na data da aquisição, o valor líquido dos ativos identificáveis adquiridos e dos passivos assumidos da Sociedade Investida B, mensurados de acordo com a NBC TG 15 Combinações de Negócios, somava R$1.200.000,00. Na mesma data, o saldo

contábil do Patrimônio Líquido da Sociedade Investida B era de R$800.000,00. Como resultado desta combinação de negócios, a Sociedade Investidora A deverá registrar:

  • a) um Ágio por expectativa de rentabilidade futura goodwill de R$200.000,00, em conta do Ativo Não

Circulante.

  • b) uma compra vantajosa de R$200.000,00 em conta do Ativo Não Circulante.

  • c) um Ágio por expectativa de rentabilidade futura goodwill de R$200.000,00, no resultado do período.

  • d) uma compra vantajosa de R$200.000,00 no resultado do período.

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 17/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 18 de 51

43. CFC/ Bacharel/2012.1 - 20. Em fevereiro de 2012, o estoque inicial de uma determinada matéria- prima numa indústria era de R$82.500,00. Durante o mês, foram adquiridos R$1.950.000,00 desta matéria-prima. No final do mês, o estoque era de R$340.000,00. Nessa operação, foram desconsideradas as operações com impostos.

O custo da matéria-prima consumida nesse período é de:

  • a) R$1.527.500,00.

  • b) R$1.692.500,00.

  • c) R$2.207.500,00

  • d) R$2.372.500,00

GABARITO

D B C C D D A A B A C D A D B 36
D B C C D D A A B A C D A D B 36
D B
C
C
D
D A
A
B
A
C
D A
D B
36
37 38
33
32
31
30
29
34 35
43
42
41
40
39

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 18/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 19 de 51

Exame Contabilidade Geral 2013.1

44. CFC/Bacharel/2013.1 - 01. Uma sociedade empresária, composta por dois sócios, iniciou suas atividades em 1º.3.2013, com as seguintes informações:

O contrato social estabelece que cada sócio integralizará R$50.000,00, até 31.12 do corrente ano.

Em 15.3.2013, ambos os sócios integralizaram R$30.000,00, cada um.

O sócio A integralizou a sua parcela de capital em dinheiro, por meio de depósito, diretamente na conta bancária da empresa.

O sócio B integralizou com uma sala comercial e mercadorias para revenda, nos valores de R$25.000,00 e R$5.000,00, respectivamente.

Assinale a opção que apresenta os lançamentos para contabilização destes fatos.

DÉBITO

  • a) Capital Social Caixa Ativo Imobilizado Mercadorias para Revenda

CRÉDITO

CRÉDITO

CRÉDITO

DÉBITO

  • b) Bancos conta Movimento Capital a Integralizar Ativo Imobilizado Mercadorias para Revenda Capital a Integralizar

CRÉDITO

DÉBITO

DÉBITO

CRÉDITO

DÉBITO

  • c) Capital Social Capital a Integralizar Caixa Ativo Imobilizado Mercadorias para Revenda

CRÉDITO

CRÉDITO

CRÉDITO

CRÉDITO

DÉBITO

  • d) Capital a Integralizar Capital Subscrito Sócio A Capital Subscrito Sócio B Bancos conta Movimento Capital a Integralizar Ativo Imobilizado Mercadorias para Revenda Capital a Integralizar

CRÉDITO

CRÉDITO

DÉBITO

CRÉDITO

DÉBITO

DÉBITO

CRÉDITO

R$60.000,00

R$30.000,00

R$25.000,00

R$5.000,00

R$30.000,00

R$30.000,00

R$25.000,00

R$5.000,00

R$30.000,00

R$100.000,00

R$40.000,00

R$30.000,00

R$25.000,00

R$5.000,00

R$100.000,00

R$50.000,00

R$50.000,00

R$30.000,00

R$30.000,00

R$25.000,00

R$5.000,00

R$30.000,00

45. nico/2013.1 - 01. Os sócios de uma sociedade empresária decidiram aumentar o Capital Social que era de R$50.000,00 para R$80.000,00. Para tanto, em 14.05.2012, integralizaram R$30.000,00, sendo R$15.000,00 em dinheiro e R$15.000,00, por meio de um veículo.

O registro contábil da integralização do aumento de capital social é:

DÉBITO

  • a) Caixa Veículo Capital a Integralizar

DÉBITO

CRÉDITO

b)

DÉBITO

CRÉDITO

CRÉDITO

Capital a Integralizar Caixa Veículo

c)

d)

DÉBITO

DÉBITO

DÉBITO

CRÉDITO

Capital a Integralizar Caixa Veículo Capital Social

DÉBITO

DÉBITO

CRÉDITO

CRÉDITO

Veículo Capital a Integralizar Caixa Capital Social

R$15.000,00

R$15.000,00

R$30.000,00

R$30.000,00

R$15.000,00

R$15.000,00

R$50.000,00

R$15.000,00

R$15.000,00

R$80.000,00

R$15.000,00

R$30.000,00

R$15.000,00

R$30.000,00

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 19/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 20 de 51

46. CFC/Técnico/2013.1 - 2. Uma sociedade empresária contraiu um empréstimo, para pagamento em 12 meses, no valor de R$12.000,00 sendo descontado, no ato da liberação dos recursos, a importância de R$2.000,00 a título de juros relativos ao contrato de empréstimo.

A opção que indica o tipo de movimentação, as contas e valores correspondentes ao registro contábil no ato da liberação do empréstimo é:

DÉBITO

  • a) Bancos conta Movimento - Ativo Empréstimos a Pagar - Passivo

CRÉDITO

DÉBITO

  • b) Bancos conta Movimento - Ativo Juros a Transcorrer - Passivo Empréstimos a Pagar - Passivo

DÉBITO

CRÉDITO

DÉBITO

  • c) Bancos conta Movimento - Ativo Despesas Financeiras - Resultado Empréstimos a Pagar - Passivo

CRÉDITO

CRÉDITO

DÉBITO

  • d) Bancos conta Movimento - Ativo Despesas Financeiras - Resultado Empréstimos a Pagar - Passivo

DÉBITO

CRÉDITO

R$12.000,00

R$12.000,00

R$10.000,00

R$2.000,00

R$12.000,00

R$12.000,00

R$2.000,00

R$10.000,00

R$10.000,00

R$2.000,00

R$12.000,00

47. CFC/Técnico/2013.1 - 3. Uma sociedade empresária adquiriu dois terrenos por R$50.000,00 cada um. Na transação, a sociedade emitiu cheque de 20% e aceitou uma duplicata do restante da dívida com vencimento para o fim do mês da operação. No dia seguinte, a empresa aceitou vender um desses terrenos por R$60.000,00, recebendo apenas um cheque de 40% e a promessa de receber o restante em 45 dias.

Contabilizando-se as operações de aquisição, venda e baixa do imobilizado indicadas, sem levar em conta quaisquer implicações de ordem tributária e sem ajustes a valor presente, o ativo da empresa aumentará em:

  • a) R$10.000,00.

  • b) R$40.000,00.

  • c) R$90.000,00.

  • d) R$110.000,00.

48. CFC/Técnico/2013.1 - 4. Uma sociedade empresária apresentou os seguintes dados relacionados com operações de mercadorias:

Abatimentos sobre vendas

R$1.600,00

Custo das mercadorias vendidas

R$90.700,00

Custo total das mercadorias devolvidas no período

R$2.000,00

Estoque inicial de mercadorias

R$25.000,00

Fretes sobre mercadorias adquiridas no período

R$500,00

Seguro sobre mercadorias adquiridas no período

R$200,00

 

R$85.000,00

Valor das mercadorias adquiridas no período Venda de mercadorias

R$120.000,00

Considerando que o seguro e o frete sobre as mercadorias adquiridas no período foram pagos pela empresa compradora e desconsiderando os efeitos tributários das operações, o Estoque Final de Mercadorias é de:

  • a) R$16.400,00.

  • b) R$18.000,00.

  • c) R$18.400,00.

  • d) R$20.600,00.

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 20/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 21 de 51

  • 49. CFC/Técnico/2013.1 - 5. Uma sociedade empresária efetuou transação de venda de mercadorias, no

valor de 25 milhões de reais, sendo 10 milhões de reais à vista e 15 milhões de reais a prazo. No mesmo

período, incorreu em despesas no valor de 15 milhões de reais, sendo pagos apenas 5 milhões de reais à vista.

Com base nos dados apresentados e, desconsiderando a incidência de tributos, o resultado do período e o caixa gerado nas operações são, respectivamente:

  • a) 10 milhões de reais e 5 milhões de reais.

  • b) 15 milhões de reais e 10 milhões de reais.

  • c) 20 milhões de reais e 10 milhões de reais.

  • d) 20 milhões de reais e 5 milhões de reais.

    • 50. CFC/Técnico/2013.1 - 6. Analise o texto abaixo e em seguida assinale a opção CORRETA:

“Contêm informações além daquelas apresentadas no Balanço Patrimonial, na Demonstração do Resultado

Abrangente, na Demonstração do Resultado, nas Demonstrações dos Lucros ou Prejuízos Acumulados e do Valor Adicionado (se apresentadas), na Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido e na Demonstração dos Fluxos de Caixa. Oferecem descrições narrativas ou composição de valores apresentados e

informações sobre itens que não se qualificam para o reconhecimento dessas demonstrações.”.

O texto acima descreve o conteúdo:

  • a) da Conciliação Bancária.

  • b) das Notas Explicativas.

  • c) do Balancete de Verificação.

  • d) do Plano de Contas.

    • 51. CFC/Técnico/2013.1 - 7. De acordo com a NBC TG 16 - Estoques, o estoque de mercadorias deverá

ser mensurado:

  • a) pelo custo de aquisição ou custo corrente de reposição, dos dois o menor.

  • b) pelo custo de aquisição ou preço de mercado, dos dois o maior.

  • c) pelo custo de aquisição ou valor justo, dos dois o maior.

  • d) pelo custo de aquisição ou valor realizável líquido, dos dois o menor.

52. CFC/Técnico/2013.1 - 8. Uma sociedade empresária apresentava, em 31.12.2012, os seguintes saldos, antes da apuração do resultado do período:

Contas

Saldos Devedores

Saldos Credores

Caixa

R$10.000,00

 

Capital a Integralizar

R$47.000,00

 

Capital Subscrito

 

R$230.000,00

 

R$2.500,00

 

COFINS a Recuperar Custo das Mercadorias Vendidas

R$420.000,00

 

Depreciação Acumulada de Imóveis de Uso

 

R$37.000,00

Despesa com Tributos Incidentes sobre as Vendas

R$80.000,00

 

Despesa com Tributos Incidentes sobre o Lucro

R$30.000,00

 

Despesas Administrativas

R$28.000,00

 

Despesas Financeiras

R$34.000,00

 

Despesas Pagas Antecipadamente a Apropriar

R$12.000,00

 

Duplicatas a Receber com vencimento em 2013

R$164.000,00

 

Duplicatas a Receber com vencimento em 2014

R$60.000,00

 

Duplicatas Descontadas

 

R$26.000,00

 

R$86.000,00

 

Estoque de Mercadorias Financiamentos Bancários com vencimento em 2013

 

R$94.000,00

Fornecedores

 

R$42.000,00

ICMS a Recolher

 

R$13.000,00

Imóveis de Uso

R$95.000,00

 

Imposto de Renda e Contribuição Social a Pagar

 

R$30.000,00

Investimentos Avaliados pelo Método da Equivalência Patrimonial

R$111.000,00

 
 

R$500,00

 

PIS a Recuperar Receita com Venda de Mercadorias

 

R$700.000,00

Reservas de Lucros

 

R$8.000,00

Total

R$1.180.000,00

R$1.180.000,00

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 21/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 22 de 51

Considerando que nenhum dividendo será distribuído no período, no Balanço Patrimonial em 31.12.2012, o Ativo Total é igual a:

  • a) R$478.000,00.

  • b) R$492.000,00.

  • c) R$504.000,00.

  • d) R$551.000,00.

    • 53. CFC/Técnico/2013.1 - 9. Uma aplicação financeira para resgate em 12 meses, investimentos

avaliados por equivalência patrimonial, participações de não controladores e salários a pagar, são

classificados no Balanço Patrimonial, respectivamente, em:

  • a) Ativo Circulante, Ativo Não Circulante, Ativo Não Circulante e Ativo Circulante.

  • b) Ativo Circulante, Ativo Não Circulante, Patrimônio Líquido e Passivo Circulante.

  • c) Ativo Não Circulante, Ativo Circulante, Ativo Circulante e Passivo Circulante.

  • d) Ativo Não Circulante, Ativo Circulante, Patrimônio Líquido e Ativo Circulante.

    • 54. CFC/Técnico/2013.1 - 10. Uma sociedade apresentou o seguinte balancete com as variações do

exercício de 2012:

Contas

Saldo em

Movimentação líquida

Saldo em

31.12.2011

em 2012

31.12.2012

Ações em Tesouraria

R$120.000,00

R$0,00

R$120.000,00

Caixa e Equivalentes de Caixa

R$4.000,00

R$15.000,00

R$19.000,00

 

R$150.000,00

R$450.000,00

R$600.000,00

Capital Social Contas a Receber

R$27.000,00

R$120.000,00

R$147.000,00

Dividendos Obrigatórios a Distribuir

R$0,00

R$112.000,00

R$112.000,00

 

R$0,00

R$470.000,00

R$470.000,00

Estoque Fornecedores

R$1.000,00

R$15.000,00

R$16.000,00

Imobilizado

R$80.000,00

(R$8.000,00)

R$72.000,00

Reserva de Lucros

R$80.000,00

R$20.000,00

R$100.000,00

O saldo, em 31.12.2012, do Patrimônio Líquido, apresentado na Demonstração da Mutação do Patrimônio Líquido, é de:

  • a) R$580.000,00.

  • b) R$780.000,00.

  • c) R$820.000,00.

  • d) R$900.000,00.

    • 55. CFC/Bacharel/2013.1 - 02. Relacione os grupos do Ativo descritos, na primeira coluna, com as suas

respectivas propriedades, na segunda coluna, e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

Ativos mantidos para uso na produção ou fornecimento de mercadorias ou serviços, para aluguel a outros ou para fins administrativos, e que se espera utilizar por mais de um período.

(1) Ativo

Circulante

(

)

(2)

Ativos que serão realizados, vendidos ou consumidos no decurso normal do

Investimentos

(

)

ciclo operacional da entidade, mantidos essencialmente com o propósito de ser negociado.

(3) Imobilizado

(

)

Ativos não monetários, sem substância física, identificáveis, controlados e geradores de benefícios econômicos futuros, tais como: projeto e implantação de novos processos ou sistemas.

(4) Intangível

(

)

Ativos mantidos para obtenção de rendas ou para valorização do capital ou para ambas, tais como: terrenos mantidos para valorização de capital a longo prazo e não para venda a curto prazo no curso ordinário dos negócios.

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 22/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 23 de 51

56. CFC/Bacharel/2013.1 - 03. Uma sociedade empresária apresenta os seguintes dados para a contabilização da folha de pagamento, que será paga até o quinto dia útil do mês subsequente:

Remuneração bruta dos funcionários R$175.000,00. Remuneração líquida dos funcionários R$158.800,00. INSS Contribuição Previdenciária Retida dos Funcionários R$16.200,00. INSS Contribuição Previdenciária Patronal R$38.700,00.

A contabilização da folha de pagamento, considerando apenas os dados acima, resultará em um aumento no Passivo Circulante de:

  • a) R$175.000,00.

  • b) R$191.200,00.

  • c) R$213.700,00.

  • d) R$229.900,00.

57. CFC/Bacharel/2013.1 - 04. Com os saldos das contas de resultado apresentados abaixo, elabore a Demonstração de Resultado.

Custo das Mercadorias Vendidas

R$78.530,00

Despesa com Tributos Sobre o Lucro

R$17.577,00

Despesas Administrativas

R$13.740,00

Despesas com Vendas

R$43.510,00

Despesas Financeiras

R$3.720,00

Despesas Gerais

R$21.820,00

ICMS Incidente Sobre Vendas

R$16.450,00

Outras Despesas Operacionais

R$2.120,00

Receita Bruta de Vendas

R$235.000,00

Receita de Equivalência Patrimonial

R$3.450,00

Receitas Financeiras

R$1.780,00

Vendas Canceladas

R$1.750,00

Com base na Demonstração de Resultados elaborada, assinale a opção CORRETA.

  • a) O Resultado Antes dos Tributos Sobre o Lucro é de R$58.590,00.

  • b) O Resultado Líquido do Período é de R$37.563,00.

  • c) O valor da Receita Líquida de Vendas é de R$220.250,00.

  • d) O valor do Lucro Bruto é de R$156.470,00.

58. CFC/Bacharel/2013.1 - 05. Uma sociedade empresária fez as seguintes aquisições de mercadorias para revenda no mês de dezembro de 2012:

Datas das aquisições

 

10.12.2012

19.12.2012

Valor total da Nota Fiscal de compra

R$1.440,00

R$4.340,00

Tributos recuperáveis, incluídos no total da Nota Fiscal

R$240,00

R$720,00

Frete pago pela empresa compradora

R$150,00

R$200,00

Quantidade adquirida

100 unidades

400 unidades

No final do mês de novembro, o saldo de mercadorias em estoque era igual a R$1.900,00, correspondente a 200 unidades. A única venda efetuada no mês de dezembro ocorreu no dia 27.12.2012, quando foram vendidas 400 unidades. Considerando que a empresa utiliza o Método da Média Ponderada para avaliação de seus estoques, o custo da mercadoria vendida no mês de dezembro de 2012, foi de:

  • a) R$4.136,00.

  • b) R$4.040,00.

  • c) R$3.856,00.

  • d) R$3.840,00.

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 23/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 24 de 51

  • 59. CFC/Bacharel/2013.1 - 06. Analise os eventos descritos a seguir, em relação ao impacto líquido

provocado no Ativo Total de uma sociedade empresária e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

Evento

Descrição

A

Aquisição de mercadorias à vista.

B

Pagamento a fornecedor.

C

Aquisição de veículo a prazo.

D

Pagamento, em janeiro, do aluguel relativo ao mês de dezembro.

E

Depósito realizado com recursos da própria sociedade empresária, em sua conta corrente bancária.

F

Registro de depreciação do veículo.

G

Aumento de capital com incorporação de reservas de lucros.

H

Venda de mercadoria a prazo, com lucro.

Em relação ao impacto líquido provocado no Ativo Total, é CORRETO afirmar que:

  • a) Apenas os eventos A e G provocam um aumento no Ativo Total.

  • b) Apenas os eventos B e F provocam uma redução no Ativo Total.

  • c) Apenas os eventos C e H provocam um aumento no Ativo Total.

  • d) Apenas os eventos D e E provocam uma redução no Ativo Total.

    • 60. CFC/Bacharel/2013.1 - 07. Uma sociedade apresentou a composição dos seguintes saldos de um

item do Ativo Imobilizado em 30.11.2012:

Veículos

R$200.000,00

(-) Depreciação Acumulada

(R$15.000,00)

(-) Perda por Desvalorização

(R$30.000,00)

Saldo em 30.11.2012

R$155.000,00

No mês de dezembro de 2012, a empresa vendeu este item, a prazo, por R$176.000,00, para recebimento em uma única parcela, com vencimento em 15 meses e com juros embutidos na transação de 10% no mesmo período. Desconsiderando a incidência de tributo sobre esta transação, o lançamento da venda e baixa do item provocará um impacto líquido nas contas de resultado de:

  • a) R$5.000,00, positivo.

  • b) R$9.000,00, negativo.

  • c) R$21.000,00, positivo.

  • d) R$25.000,00, negativo.

    • 61. CFC/Bacharel/2013.1 - 08. Uma sociedade empresária apresentava, em 31.12.2012, os seguintes

saldos, antes da apuração do resultado do período:

Contas

Saldos Devedores

Saldos Credores

Ágio Pago na Aquisição de Investimentos Avaliados pelo Método da Equivalência Patrimonial

R$46.800,00

 

Caixa

R$12.400,00

 

Capital a Integralizar

R$30.000,00

 

Capital Subscrito

 

R$250.000,00

 

R$3.000,00

 

COFINS a Recuperar Custo das Mercadorias Vendidas

R$504.000,00

 

Depreciação Acumulada de Imóveis de Uso

 

R$44.400,00

Despesas Administrativas

R$33.600,00

 

Despesas com Tributos Incidentes Sobre as Vendas

R$96.000,00

 

Despesas com Tributos Incidentes Sobre o Lucro

R$36.000,00

 

Despesas Financeiras

R$40.800,00

 

Despesas Pagas Antecipadamente a Apropriar

R$14.400,00

 

Duplicatas a Receber com Vencimento em 2013

R$196.800,00

 

Duplicatas a Receber com Vencimento em 2014

R$72.000,00

 

Duplicatas Descontadas

 

R$31.200,00

 

R$103.200,00

 

Estoque de Mercadorias Financiamentos Bancários

 

R$112.800,00

Fornecedores

 

R$50.400,00

ICMS a Recolher

 

R$15.600,00

Imóveis de Uso

R$114.000,00

 

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 24/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 25 de 51

Contas

Saldos Devedores

Saldos Credores

Imposto de Renda e Contribuição Social a Pagar

 

R$36.000,00

Investimentos Avaliados pelo Método da Equivalência Patrimonial

R$86.400,00

 
 

R$600,00

 

PIS a Recuperar Receita com Venda de Mercadorias

 

R$840.000,00

Reservas de Lucros

 

R$9.600,00

Total

R$1.390.000,00

R$1.390.000,00

Considerando que nenhum dividendo será distribuído no período, no Balanço Patrimonial em 31.12.2012, o Patrimônio Líquido é igual a:

  • a) R$312.400,00.

  • b) R$344.800,00.

  • c) R$359.200,00.

  • d) R$389.200,00.

    • 62. CFC/Bacharel/2013.1 - 09. Uma sociedade empresária apresentava, ao final do ano de 2012, as

seguintes movimentações de contas patrimoniais e de resultado para a elaboração da Demonstração do Resultado e Demonstração do Resultado Abrangente do período:

   

Natureza da

Contas Patrimoniais e de Resultado

Movimentação

Movimentação

Ajustes de Avaliação Patrimonial de Instrumentos Financeiros

R$18.000,00

Credora

Classificados como Disponíveis para Venda Custo dos Produtos Vendidos

R$270.000,00

Devedora

Despesas Administrativas

R$42.000,00

Devedora

Despesas com Vendas

R$60.000,00

Devedora

Despesas Financeiras

R$48.000,00

Devedora

Equivalência Patrimonial sobre Resultados Abrangentes de Coligadas

R$15.000,00

Credora

 

R$25.000,00

Credora

Receita de Equivalência Patrimonial Receita com Vendas de Produtos

R$600.000,00

Credora

Receitas Financeiras

R$36.000,00

Credora

Tributos sobre Ajustes de Instrumentos Financeiros classificados como

R$6.000,00

Devedora

Disponíveis para Venda Tributos sobre o Lucro

R$55.000,00

Devedora

Tributos sobre Vendas

R$96.000,00

Devedora

Na Demonstração do Resultado do período, o Lucro Líquido é igual a:

  • a) R$84.000,00.

  • b) R$90.000,00.

  • c) R$105.000,00.

  • d) R$117.000,00.

    • 63. CFC/Bacharel/2013.1 - 10. De acordo com a NBC TG 25 Provisões, Passivos Contingentes e Ativos

Contingentes, analise os requisitos abaixo em relação ao reconhecimento de uma provisão.

I. Uma provisão deve ser reconhecida quando a entidade tem uma obrigação presente, legal ou não formalizada, como resultado de evento passado. II. Uma provisão deve ser reconhecida quando seja provável, que será necessária, uma saída de recursos que incorporam benefícios econômicos para liquidar a obrigação. III. Uma provisão deve ser reconhecida quando possa ser feita uma estimativa confiável do valor da obrigação.

São requisitos necessários para o reconhecimento de uma provisão o(s) item(ns):

  • a) I e II, apenas.

  • b) II e III, apenas.

  • c) III, apenas.

  • d) I, II e III.

CURSO PREPARATÓRIO CIDADE

Contabilidade Geral - Página 25/51

SCLN 113 Bloco C Salas 207/209 Tel.: 3340-0433/9975-4464/8175-4509 - http://www.iic.pro.br/ / cursocidade@gmail.com

Contabilidade Geral Página 26 de 51

64. CFC/Bacharel/2013.1 - 11. Uma sociedade empresária apresentou os seguintes dados para elaboração da Demonstração dos Fluxos de Caixa:

 

Saldo Anterior

Débito

Crédito

Saldo Atual

 

R$10.000,00

R$230.000,00

R$200.000,00

R$40.000,00

Caixa e Equivalentes de Caixa Contas a Receber

R$30.000,00

R$340.000,00

R$280.000,00

R$90.000,00

Estoque

R$20.000,00

R$80.000,00

R$60.000,00

R$40.000,00

Investimentos

R$290.000,00

R$70.000,00

 

R$360.000,00

Imobilizado

R$50.000,00

R$35.000,00

R$7.000,00

R$78.000,00

Total Ativo

R$400.000,00

R$755.000,00

R$547.000,00

R$608.000,00

Fornecedores

R$40.000,00

R$85.000,00

R$80.000,00

R$35.000,00

Contas a Pagar

R$10.000,00

R$10.000,00

R$8.000,00

R$8.000,00

Dividendos Obrigatórios a Pagar

   

R$15.000,00

R$15.000,00

Financiamentos Longo Prazo

   

R$110.000,00

R$110.000,00

 

R$350.000,00

 

R$90.000,00

R$440.000,00

Capital Social Lucro do Exercício Corrente

 

R$15.000,00

R$15.000,00

R$0,00

Total Passivo e Patrimônio Líquido

R$400.000,00

R$110.000,00

R$318.000,00

R$608.000,00

Dados adicionais:

A variação em Contas a Receber decorreu de vendas a prazo e recebimentos. Os investimentos são avaliados pelo método de custo. A variação no imobilizado no período decorreu de aquisições e depreciação. O financiamento foi contratado no último dia do período.

Considerando os dados fornecidos, o Caixa Consumido nas Atividades Operacionais, apurado na Demonstração dos Fluxos de Caixa, é de:

  • a) R$10.000,00.

  • b) R$65.000,00.

  • c) R$72.000,00.

  • d) R$100.000,00.

65. CFC/Bacharel/2013.1 - 12. Uma sociedade

empresária

é

constituída

com

um

capital

de

R$100.000,00, totalmente integralizado em dinheiro. Após a constituição, a empresa realizou as seguintes transações:

Aquisição de mercadorias por R$50.000,00, neste valor incluído o valor de R$6.000,00, relativo ao ICMS recuperável. Venda das mercadorias por R$90.000,00, neste valor incluído ICMS, no valor de R$15.300,00. Despesas com energia do período, no valor de R$900,00. PIS e COFINS incidentes sobre vendas, no valor de R$3.285,00. Despesa com aluguéis, no valor de R$1.000,00. Despesas com salários e FGTS, no valor de R$2.000,00. Despesa com INSS, no valor de R$400,00. O lucro foi destinado como se segue:

5% para reserva legal; 40% para dividendos obrigatórios; e 55% para lucros para deliberação da assembléia. Na Demonstração do Valor Adicionado, o Valor Adicionado Total a Distribuir, é de:

  • a) R$45.100,00.

  • b) R$44.100,00.

  • c) R$39.100,00.

  • d) R$38.100,00.