Você está na página 1de 1

era um coveiro chamado raimundo

era um coveiro com cara de defunto

raimundo raimundo
levanta vagabundo
raimundo raimundo
chegou mais um defunto

at� as caveiras j� o conheciam


at� as caveiras sempre lhe diziam

raimundo raimundo
levanta vagabundo
raimundo raimundo
chegou mais um defunto

mas um belo dia raimundo adoeceu


e sem que se esperasse raimundo morreu

raimundo raimundo
bem-vindo ao nosso mundo
raimundo raimundo
veja o seu buraco fundo

e l� no buraco raimundo se queimou


e por sua vizinha ele se apaixonou

era uma caveira magricela e desdentada


e pelo raimundo ficou apaixonada

raimundo raimundo
seu olhar � t�o profundo
raimundo raimundo
vem fundo vagabundo

e no cemit�rio houve uma festan�a


houve muita dan�a em cima das catacumbas
as caveiras levantavam e diziam num s� grito

parab�ns parab�ns
aos novos felic�ssimos
parab�ns parab�ns
aos novos felic�ssimos

o tempo pro raimundo foi passando


e sua carne foi se deteriorando

virou uma caveira muito engra�adinha


hoje o raimundo tem muitas caveirinhas

mamae mamae eu quero mamadeira


calaboca nao chateia
nao tenho seios sou caveira