P. 1
Ficha Estoque

Ficha Estoque

|Views: 1.882|Likes:
Publicado pordebora_lima_santos

More info:

Published by: debora_lima_santos on Feb 01, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as TXT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/19/2012

pdf

text

original

• Exercício: – Cinco sócios formaram a sociedade, com a participação de $10.000 cada, integralizada e m dinheiro.

O dinheiro foi entregue ao gerente da firma. – O dinheiro foi deposita do em banco. – Foram comprados móveis e utensílios, a prazo, no valor de $ 1.500. – A fi rma prestou serviços, cobrando $ 5.000, depositados em banco. – Foram pagos com cheq ue os salários do empregados da administração, $ 1.600. – Afirma prestou serviços a uma co mpanhia, emitindo uma fatura e duplicata de $ 6.000, para recebimento em 30 dias . – Pagou $ 300 da compra de móveis e utensílios. • Exercício: – Integralização do Capital, em dinheiro, no valor de $ 15.000. – Compra de móveis, para u so, a prazo, no valor de $ 3.000. Houve aceite, no ato, de 3 duplicatas no valor de $ 1.000 cada uma, para vencimento de 30 em 30 dias. – Aquisição de uma máquina no va lor de $ 800, em dinheiro. – Pagamento efetuado ao Sr. Jaime, em dinheiro, referen te ao aluguel do imóvel, no valor de $ 1.100. – Recebimento à vista, por serviços presta dos, conforme nossa NF nº 01 a 20, no valor de 6.300. • Exerc. (continuação) – Recebimento, a prazo, por serviços prestados ao Sr. Adilson, conforme nossa NF nº 34 , no valor de $1.200. Houve aceite, no ato, de 3 duplicatas no valor de $ 400 ca da uma, para vencimento de 30 em 30 dias. – Pagamento efetuado, fato 02, referente a duplicatas de nosso aceite no valor de $ 1.000, com 10% de desconto. – Recebida , do Sr. Adilson, a duplicata de nossa emissão, no valor de $ 400, com 10% de juro s. TRATAMENTO DOS ESTOQUES: • CONCEITOS CONTÁBEIS APLICADOS E PRINCIPAIS CONTAS. • CONTROLES INTERNOS. • CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ESTOQUES. • TRATAMENTO DE PERDAS. • PROVISÕES APLICÁVEIS • COMPOSIÇÃO DOS ESTOQUES: – Os estoques representam um dos ativos mais importantes das companhias comerciais e industriais. • CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO – O inciso II do artigo 183, da Lei ns 6.404/76, das S.A., trata do critério básico de avaliação dos estoques, como segue: – "Os direitos que tiverem por objeto mercadorias e produtos do comércio da companhia, assim como matérias-primas, produtos em fabric ação e bens em almoxarifado, serão avaliadas pelo custo de aquisição ou produção, deduzido provisão para ajustá-lo ao valor de mercado, quando este for inferior.'

• Contas de um plano de contas que compõem os estoques: – – – – – – – – – – Estoque: Matérias-Primas Almoxarifado Produtos Acabados Mercadorias par rodutos em Elaboração Materiais Auxiliares Adiantamento a Fornecedores Importação em And amento Provisão para Perdas em Estoque (conta credora) • Portanto, a base elementar da contabilização dos estoques é o custo.

• INVENTÁRIO – É o levantamento ordenado dos elementos do patrimônio em uma determinada data. – Class ificam-se em: • Inventário Periódico e • Inventário Permanente.

• INVENTÁRIO PERIÓDICO: CONTABILIZAÇÃO DAS OPERAÇÕES DE COMPRA E VENDA DE MERCADORIAS – São contabilizados como mercadorias todos os bens que se destinam à revenda. – Se a em presa compra ou vende bens adquiridos para seu próprio uso ou consumo, contabilmen te não pode considerá-los mercadorias. – A contabilização da conta Mercadorias: • Aquisições de mercadorias, é feita a débito da conta Compras; as vendas, a crédito da con a Vendas; • Devoluções de mercadorias compradas, a crédito da conta Compras Anuladas e a s devoluções feitas por clientes, a débito da conta Vendas Anuladas. • A ues ado que característica do Inventário Periódico é que a empresa toma conhecimento de seus estoq no final de cada período (mês, semestre, ano). • O Inventário Permanente é para ser us a qualquer momento, sendo seu controle baseado em fichas de controle de esto manualmente preenchidas ou por um sistema de processamento de dados.

– O estoque apurado nos inventários é lançado a débito de Mercadorias.

• O registro nessas contas não deve ser feito pelo valor da nota fiscal, porque no p reço das mercadorias está incluído o ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços) • Porém, devemos lançar nas contas de Compra e Venda de Mercadorias, o valor da nota fiscal, excluindo-se a parcela referente ao ICMS, utilizando as contas de ICMS a Recuperar ou ICMS sobre Vendas.. 1. Pela Compra de Mercadorias a Prazo (ICMS 18%) por $ 100.000,00. Compras 82.00 0 Fornecedores 100.000 ICMS a Recuperar 18.000 (1) Diversos a Fornecedores a Compras a ICMS a Recuperar 82.000 18.000 100.000 2. Pela nossa devolução de parte da Mercadoria $ 20.000,00. 3. Pela Venda de Mercadorias a prazo (ICMS 18%) por $ 140.000 A) Fornecedores 20.000 Compras Anuladas 16.400 B) Clientes 140.000 Vendas 140.000 ICMS s/Vendas 25.200 ICMS a Recolher 25.200 ICMS a Recolher 3.600 (2) Fornecedores a Diversos a Compras Anulada a ICMS a Recolher 16.400 3.600

20.000 (3A) Clientes a Vendas (3B) ICMS s/Vendas a ICMS a Recolher 140.000 25.200

4. Pela devolução de parte da Mercadoria que vendemos a prazo por $ 30.000,00 A) Ven das Anuladas Clientes 30.000 30.000 5. Apuração do ICMS ICMS a Recuperar (1) 18.000 (4) 5.400 23.400 23.400 (5) ICMS s/ Vendas 3.600 (2) 25.200 (3) (5) 23.400 28.800 5.400 B) ICMS a Recuperar 5.400 ICMS s/ Vendas 5.400 (4A) Vendas Anuladas a Clientes (4B) ICMS a Recuperar a ICMS s/ Vendas 30.000 (5) ICMS a Recolher a ICMS a Recuperar 23.400 5.400 EI Mercadorias 30.000 Compras (1) 82.000 16.400 (6) 65.000 6. Apuração do Resultado com Mercadoria. Inventário final de Mercadorias = $ 20.000,00 a) Encerrar as contas Compras Anuladas e Vendas Canceladas; b) Apurar o CMV CMV = EI + CL - EF c) Transferir para a conta RCM RCM = VL - CMV d) Transferir para a conta ARE Vendas (7) 30.000 140.000 (3) Compras Anuladas (6) 16.400 16.400 (2) Vendas Anuladas (4) 30.000 30.000 (7) ICMS s/ Vendas (3) 25.200 5.400 (4) 19.800 (6) Compras Anuladas a Compras (7) Vendas a Vendas Anuladas 16.400 30.000 Mercadorias EI 30.000 30.000 (8) EF 20.000 Compras (1) 82.000 16.400 (6) 65.000 65.600 (8) Mercadorias EI 30.000 30.000 (8) EF 20.000 Compras (1) 82.000 16.400 (6) 65.000 65.600 (8) Vendas (7) 30.000 140.000 (3) 110.000 Compras Anuladas (6) 16.400 16.400 (2) Vendas (7) 30.000 140.000 (3) (11) 10.000 110.000 Compras Anuladas (6) 16.400 16.400 (2) Vendas Anuladas (4) 30.000 30.000 (7)

ICMS s/ Vendas (3) 25.200 5.400 (4) 19.800 Vendas Anuladas (4) 30.000 30.000 (7) ICMS s/ Vendas (3) 25.200 5.400 (4) 19.800 19.800 (10) CMV (8) 30.000 20.000 (9) (8) 65.600 95.600 (8) CMV a Diversos a Mercadorias (EI ) a Compras (9) Mercadorias (EF) a CMV RCM CMV (8) 30.000 20.000 (9) (8) 65.600 95.600 20.000 75.600 75.600 (10) (10) RCM a Diversos a CMV a ICMS s/Vendas (11) Vendas a RCM RCM (10) 75.600 110.000 (11) (10) 19.800 95.400 110.000 30.000 65.600 95.600 75.600 19.800 95.400 20.000 110.000

Mercadorias EI 30.000 30.000 (8) EF 20.000 Compras (1) 82.000 16.400 (6) 65.000 65.600 (8) • INVENTÁRIO PERMANENTE: – Os métodos de avaliação de estoques mais conhecidos são: • PEPS (ou FIFO), • UEPS (ou LIFO) e • Custo Médio (ou Média Ponderada Móvel). Vendas (7) 30.000 140.000 (3) (11) 10.000 110.000 Compras Anuladas (6) 16.400 16.400 (2) Vendas Anuladas (4) 30.000 30.000 (7) ICMS s/ Vendas (3) 25.200 5.400 (4) 19.800 19.800 (10) CMV (8) 30.000 20.000 (9) (8) 65.600 95.600 20.000 75.600 75.600 (10) ARE 14.600 (12) RCM (10) 75.600 110.000 (11) (10) 19.800 95.400 110.000 (12) 14.600 14.600 (12) RCM a ARE

– Existe também o Método do "Custo Específico" ou "Preço Específico". Este método é adotado do for possível determinar o preço específico de cada unidade em estoque. Geralmente, é utilizado quando se trata de pequenas quantidades, a preços relevantes, como no ca so de automóveis. Neste método, a baixa da Ficha de Estoque é feita pelo valor de entr ada do bem. 14.600 • Exercício: Elaborar a Ficha de Controle de Estoque (PEPS, UEPS e MPM). – Compra de 35 unidades de mercadorias pelo valor de $ 151,66. – Compra de 25 unidad es de mercadorias pelo valor de $122,20. – Venda de 40 unidades de mercadorias pel o valor unitário de $ 7,55. – Compra de 50 unidades de mercadorias pelo valor total de $ 256,65. – Venda de 60 unidades de mercadorias pelo valor total de $ 480,00.

• Exercício: Elaborar a Ficha de Controle de Estoque (PEPS, UEPS e MPM) – Entrada de 5 unid. de um produto ao valor unitário de $10. – Entrada de 10 unid. do mesmo produto ao valor unitário de $ 12. – Saída de 7 unid. por $ 140. – Devolução de 3 uni . da segunda compra. – Entrada de 5 unid. ao valor unitário de $ 15. – Saída de 10 unid. por 250. – Devolução de 2 unid. vendidas

• A movimentação dos estoques da Cia. Plasyl, a fim de apurarmos o C.M.V. e o Lucro Br uto. Dados: – 1) Despesas Operacionais $3.500,00 – 2) Receitas Diversas do período $2.100,00 – 3) Mo vimentação dos estoques do período: • • • • • - Compra de 15 unidades ao custo unitário de . - Compra de 30 unidades ao custo u itário de . - Venda de 38 unidades, cada uma por - Compra de 52 unidades ao custo unitário de . - Venda de 56 unidades, cada uma por $ $ $ $ $ 200,00 210,00 300,00 250,00 280,00 FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE ENTRADA SAÍDA Operação Quant. C. unit. Total Quant. C. un it. Total EI 1 15 200 3.000 2 30 210 6.300 PEPS SALDO Quant. C. unit. 18 120 18 120 15 200 18 120 15 200 30 210 Total 2.160 2.160 3.000 2.160 3.000 6.300 3 18 15 5 38 52 250 13.000 25 31 56 94

120 200 210 2.160 3.000 1.050 6.210 25 25 52 21 210 210 250 250 5.250 5.250 13.000 5.250 4 5 – 4) Os valores referentes a compras e vendas de mercadorias estão sem ICMS. – 5) As o perações de compras e vendas de mercadorias foram realizadas a prazo. – 6) O estoque i nicial de mercadorias era de 18 unidades ao custo unitário de $ 120,00 (sem ICMS). 210 250 TOTAL 97 22.300 5.250 7.750 13.000 19.210 CMV 21 5.250

Despesas Operac. 3.500 3.500 (A) Receitas Diversas (E) 2.100 2.100 Mercadorias EI 2.160 6.210 (3.3) (3.1) 3.000 13.000 (3.4) (3.2) 6.300 (3.4)13.00 0 24.460 19.210 5.250 CMV (3.3) 6.210 (3.4) 13.000 19.210 19.210 (B) Vendas 11.4 00 (3.3) 15.680 (3.4) (A) 27.080 27.080 ARE 3.500 7.870 (C) 2.100 (E) 3.500 9.97 0 6.470 6.470 Fornecedores 3.000 (3.1) 6.300 (3.2) 13.000 (3.4) 22.300 FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE ENTRADA SAÍDA Operação Quant. C. unit. Total Quant. C. un it. Total EI 1 15 200 3.000 2 30 210 6.300 UEPS SALDO Quant. C. unit. 18 120 18 120 15 200 18 120 15 200 30 210 18 120 7 20 0 18 7 52 18 3 21 120 200 250 120 200 Total 2.160 2.160 3.000 2.160 3.000 6.300 2.160 1.400 2.160 1.400 13.000 2.160 600 2.760 Clientes (3.3) 11.400 (3.4) 15.680 27.080 RCM (B) 19.210 27.080 (A) (C) 7.870 7. 870 3 30 8 38 52 250 13.000 210 200 6.300 1.600 7.900 4 5 TOTAL 97 22.300 52 4 56 94 250 200 (D) Lucro Exercício 6.470 (F) 13.000 800 13.800 21.700 CMV (F) FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE ENTRADA SAÍDA Operação Quant. C. unit. Total Quant. C. un it. Total EI 1 15 200 3.000 2 30 210 6.300 3 38 181,9 6.912 4 52 250 13.000 5 56 227,9 12.762 TOTAL 97 22.300 94 19.674 21.700 CMV MPM SALDO Quant. C. unit. 18 120 33 156,4 63 181,9 25 181,9 77 227,9 21 227,9 21 Total 2.160 5.160 11.460 4548 17.548 4.786 4.786 RESUMO MÉTODOS PEPS UEPS MPM C.M.V. LUCRO VENDAS 19.210 7.870 21.700 5.380 19.674 7.406 LUCRO EXERC. 6.470 3.980 6.006

Lançamentos: Operações com Mercadorias. COMPRAS COMPRAS DEVOLUÇÕES D - Compras D - Fornece dores D - ICMS a Recuperar C - Compras anulada C - Fornecedores C - ICMS a Recol her VENDAS PROVISÃO PARA AJUSTE DE ESTOQUE INVENTÁRIO PERIÓDICO VENDAS D - Clientes C - Vendas D - ICMS s/Vendas C - ICMS a Recolher D - Cliente s C - Vendas D - CMV C - Mercadorias D - ICMS s/Vendas C - ICMS a Recolher DEVOLUÇÕES D - Vendas Anuladas C - Clientes D - ICMS a Recuperar C - ICMS s/ Vendas D - Vendas Anuladas C - Clientes D - Mercadorias C - CMV D - ICMS a Recuperar C - ICMS s/ Vendas Provisão D - Desp. Provisões (CR) C - Prov. p/Ajuste de Est. (ACE (-)) Contabilização quando da Venda Baixa merc p/ Venda p/ Reversão Provisão D - CMV D - Prov . p/ Ajuste Est. C - Mercadorias C - Reversão p/Ajuste de Estoque INVENTÁRIO PERMANETE D - Mercadorias C - Fornecedores D - ICMS a Recuperar C - Mercadorias D - Fornecedores C - Mercadorias C - ICMS a Recolher Contabilização PREDAS D - Desp.c/perdas de M.P. C - Matéria-Prima

Operação FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE ENTRADA SAÍDA Quant. C. unit. Total Quant. C. unit. T otal SALDO Quant. C. unit. Total Operação FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE ENTRADA SAÍDA Quant. C. unit. Total Quant. C. unit. T otal SALDO Quant. C. unit. Total Operação FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE ENTRADA SAÍDA Quant. C. unit. Total Quant. C. unit. T otal SALDO Quant. C. unit. Total

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->