Você está na página 1de 1

Herclito de feso

Herclito nasceu em feso, cidade da Jnia, de famlia que ainda conservava


prerrogativas reais (descendentes do fundador da cidade). Seu carter altivo,
misantrpico e melanclico ficou proverbial em toda a Antiguidade. Desprezava
a plebe. Recusou-se sempre a intervir na poltica. Manifestou desprezo pelos
antigos poetas, contra os filsofos de seu tempo e at contra a religio.
Sem ter sido mestre, Herclito escreveu um livro Sobre a Natureza, em prosa,
no dialeto jnico, mas de forma to concisa que recebeu o cognome de
Skoteins, o Obscuro. Floresceu em 504-500 a.C. - Herclito por muitos
considerados o mais eminente pensador pr-socrtico, por formular com vigor
o problema da unidade permanente do ser diante da pluralidade e mutabilidade
das coisas particulares e transitrias.
Estabeleceu a existncia de uma lei universal e fixa (o Lgos), regedora de
todos os acontecimentos particulares e fundamento da harmonia universal,
harmonia feita de tenses, "como a do arco e da lira".
Suas filosofias eram:
A. Dialtica exterior, um raciocinar de c para l e no a alma da coisa
dissolvendo-se a si mesma;
B. Dialtica imanente do objeto, situando-se, porm, na contemplao do
sujeito;
C. Objetividade de Herclito, isto , compreender a prpria dialtica como
princpio.