Você está na página 1de 1

A política com roupagem religiosa

Existe quatro pilares para política, no tempo de Jesus Cristo; 1- O poder
absoluto, 2- O comercio, 3- valorização da moeda ou monetária, 4- A
política, pois sem ela não se pode fazer negócio, Jesus foi agraciado pelos
seus simpatizante para ser rei, portanto ele não quis fazer parte dessa
política hipócrita. Jesus denunciou os fariseus e saduceus, por isso que
ambos declararam guerra ao mestre Jesus, os mesmos eram rivais, mas se
uniram para destruí-lo.
É bom lembrar, que os saduceus dominavam e presidia o comércio no
templo, enquanto isso os fariseus, se preocupavam com a política e com o
sistema religioso. Entre esses quatros pilares que eu citei, vimos em João 19
quando Jesus estava diante de Pilatos, os fariseus e saduceus incitavam o
povo a disser; já temos um rei que é Cezar, e qual quer um que se faz rei,
pela lei romana merece morrer. Aqui vimos uma política hipócrita,
desfavorecendo Jesus, e promovendo um homem que era Cezar, e que eles,
mesmo odiavam, mas não podia dar o braço há torcer, pois aquele único
homem colocava espanto neles. ´´Vendo que Jesus seria morto calariam de
vez a sua voz, como fizeram com João Batista. Uma igreja que tem o seu
sistema secularizado``, tem que ser denunciada, se não for, passamos há
ser parte do sistema político, bem sabemos que Cristo foi crucificado, por
denunciar o sistema religioso daquela época. "E também todos os que
piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições." [2
Timóteo 3:12] . Lembrando, temos que denunciar um ministério fraudulento
não é simplesmente bater de ´´frente``, é mostrar dentro das escrituras
que eles estão falsificando a palavra de Deus para satisfazer os seus
caprichos. Jesus Cristo denunciou o sistema corrupto dos fariseus e
saduceus.
Se fizermos uma análise sintática e mudarmos um pouco a ordem das
palavras nesse verso, podemos ver que um cristão que não está sofrendo
perseguição não está vivendo de forma devotada e piedosa e denunciando
o pecado do mundo!
Uma forma
bastante peculiar de um cristão morno é simplesmente
homem precisa ser salvo de sua própria sabedoria tanto como de sua
justiça própria, pois ambas produzem uma e a mesma corrupção? Por isso
que ´´Paulo disse. Considerei todas as coisas como esterco para ganhar a
Cristo``. Outro sim Êxodo quando Moisés viu aquela grande visão ´´
Teofania`` ou seja Teo Deus, fania a aparição ele teve que ´´tirar as
sandálias dos pés``, ou seja tinha que largar toda sabedoria e cultura do
Egito.