Você está na página 1de 13

TEXTO- DISCURSOGNERO DISCURSIVOPAPIS SOCIAIS

O QUE ?
COMO SE FAZ?

PARA REFLETIR...
TEXTO ...
... UMA UNIDADE DE SENTIDO.
...UM EVENTO COMUNICATIVO EM QUE CONVERGEM
AES LINGUSTICAS, SOCIAIS E/OU COGNITIVAS.
...UMA PROPOSTA DE SENTIDO E ELE S SE
COMPLETA COM A PARTICIPAO DO SEU
LEITOR/OUVINTE.
...UM SISTEMA DE CONEXES ENTRE VRIOS
ELEMENTOS,
COMO:
SONS,
PALAVRAS,
ENUNCIADOS, CONTEXTOS, IMAGENS, CORES etc.

Gneros discursivos
Os gneros so eventos sciocomunicativos com alguma estabilidade.
So entidades discursivas com propsitos
bem estabelecidos.
So entidades lingusticas com uma
estrutura regular.
So entidades scio-histricas maleveis
e inter-relacionadas.
(MARCUSCHI)

Pater A Tribuna - 28.01.2012

Luscar Charge Online 28.01.2012

Noes de interlocutores
A noo de interlocuo, alm de supor a
existncia de um locutor (o sujeito que fala ou
escreve) e de algum a quem a enunciao
dirigida (o interlocutor), supe
necessariamente a existncia de uma situao,
a situao de comunicao. s no
cruzamento de um locutor com um interlocutor
numa situao especfica que um enunciado
ganha sentido.

Tpico discursivo
O tpico se relaciona com os assuntos tratados
no texto. Trata-se de um conceito consensual,
conforme destaca Fvero (1999, p. 39):
consenso entre os estudiosos que os usurios da
lngua tm noo de quando esto discorrendo
sobre o mesmo tpico, de quando mudam,
cortam, criam digresses, retomam, etc.

Papis sociais
Papel social define o conjunto
de normas, direitos e deveres e explicativas que
condicionam o comportamento dos indivduos
junto a um grupo ou dentro de uma instituio.
Os papis sociais, que podem ser atribudos ou
conquistados, surgem da interao social, sendo
sempre resultado de um processo
de socializao.