Você está na página 1de 1

A incapacidade de ser verdadeiro

Paulo tinha fama de mentiroso. Um dia chegou em casa dizendo que vira no
campo dois drages-da independncia cuspindo fogo e lendo fotonovelas.
A me botou-o de castigo, mas na semana seguinte ele veio contando que
cara no ptio da escola um pedao de lua, todo cheio de buraquinhos, feito
queijo, e ele provou e tinha gosto de queijo. Desta vez, Paulo no s ficou
sem sobremesa como foi proibido de jogar futebol durante quinze dias.
Quando o menino voltou falando que todas as borboletas da Terra passaram
pala chcara de Si Elpdia e queriam formar um tapete voador para
transport-lo ao stimo cu, a me decidiu lev-lo ao mdico. Aps o
exame, o Dr. Epaminondas abanou a cabea:
No h nada a fazer, Dona Col. Este menino mesmo um caso de poesia.
ANDRADE, Carlos Drummond de. Histrias para o Rei. Rio de Janeiro: Record,
1999.
1. Por que Paulo tinha fama de mentiroso?
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
2. A que concluso o mdico chega com relao ao menino?
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
3. O que significa no texto ser um caso de poesia?
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________