Você está na página 1de 18

Email Marketing

Email Marketing

RELEVANTE LEMBRAR QUE

O consumidor não está na internet para fazer as mesmas coisas que fazia em outras mídias. Ele até pode assistir a um programa de televisão ou ler um

jornal mas ele está em outro ambiente e assim, se comporta como tal.

O consumidor busca, basicamente, na Internet, três grandes

categorias de satisfação:

O consumidor busca informação.

O consumidor quer diversão.

O consumidor estabelece relacionamentos.

* A experiência do usuário precisa ser preservada: botão de voltar, botão de fechar e antivírus.

Criar site com pop ups, telas que se abrem automaticamente, ferramentas que se instalam na máquina do usuário sem solicitação são receitas para que o usuário não volte mais ao seu site.

A interação deve ser consentida

Embora os spammers tenham mostrado caminhos duvidosos para ganhar dinheiro, é preciso evitar mensagens de massa, graças a ferramentas diversas

que fazem varreduras de grande espectro. Quando o usuário se sente invadido,

ele reage negativamente, ignorando, denunciando ou reclamando com outras pessoas.

Nunca, jamais, engane o internauta

A coisa mais simples de se fazer na internet é divulgar informações. Elas se espalham e correm pela rede. Prazos de entrega não cumpridos, promoções enganosas e ardilosas são garantia de propagandas negativas em curtíssimo prazo.

Pense sempre em pessoas em uma rede de pessoas

Esqueça os computadores e os softwares e pense sempre nas pessoas. Pense que elas estão ali, que são reais, que não são somente cliques de visita ao seu

site. Cada clique tem uma pessoa segurando o mouse, cada visita tem um par

de olhos vendo a página visitada.

Trabalhe em etapas, acredite no boca a boca

A internet envolve números impressionantes. Em segundos é possível criar uma lista enorme de email marketing com milhões e milhões de nomes e varrer milhares de perfis e páginas pessoais em minutos. Porem pense sempre na unidade. Uma das maiores empresas que fizeram fama e fortuna na internet como Google, Orkut, Facebook e Twitter focaram no poder do repasse, na indicação, na credibilidade.

11 da manhã, você está no trabalho, faminto, e ainda falta uma hora para o almoço. Na sua caixa de mensagem aparece a seguinte mensagem.

Nossa lasanha acaba de ir para o forno.

Ao abrir o email, o texto é curto e simples.

“Enquanto você trabalha aí, camadas de massa caseira foram

recheadas com generosas porções de frango e o molho à bolonhesa

que você já conhece. O queijo está derretendo, formando uma fina

camada crocante. E esse é só um dos 24 pratos que compoem,hoje,

o nosso buffet. Confira a lista e venha almoçar conosco.”

Assim como a mala direta surgiu com as cartas e o correio, o email marketing é uma das mais antigas formas de se fazer propaganda via internet, com

surgimento junto com o email e a rede.

Ao contrário da mala direta, no entanto, você não precisa se identificar. O custo limita o envio, ao contrário do email marketing, que é massivo, de custo baixo e com baixa regulamentação.

O consumidor, hoje, abre muito mais cartas do que emails marketing. Além disso, como os servidores de acesso tem recursos que permitem a classificação

da mensagem como spam e permitem que você leia somente o assunto antes

de abrir, muitas mensagens não são lidas.

Fatores que interferem no retorno do email marketing:

-Como os endereços de email são adquiridos

- Adequação da lista à mensagem

-Estrutura do email enviado

-Tipo de oferta ou mensagem enviada

-Periodicidade do envio

Todos esses fatores influenciam a taxa de retorno, que é o percentual de

resposta que essa mídia oferece.

Uma forma interessante de empresas de moda

usarem o email marketing é no início das coleções. Convidar pessoas a tomar um

espumante ou a retirar um brinde especial é

uma forma de trazer um público direcionado à

sua loja, oferecendo-lhe a chance de conhecer,

antes do demais, a linha de produtos anunciada.

De onde vem o mailing?

  • - Cuidado na compra dos cadastros.

  • - Um mailing menor, bem conhecido, vale muito mais do que milhares de nomes aleatórios.

  • - Emails consentidos, frutos de um bom marketing de relacionamento são os mais indicados.

  • - Existem emails que não são abertos há anos!

Estrutura de um email que funciona

  • - Conquiste o seu consumidor pelo assunto. Por mais bonita que for a arte, há grandes chances de ela não ser sequer aberta.

  • - O assunto deve ter entre seis e dez palavras e ser de fácil leitura.

  • - A mensagem deve oferecer um benefício claro, capaz de estabelecer impacto para o consumidor.

  • - Promoções podem ser bem-vindas, mas não

se esqueça de deixar clara a validade.

Uma conhecida rede de hipermercados nos Estados Unidos fez

uma promoção interessante para o público feminino. Todas as mulheres, que estavam grávidas, eram convidadas a preencher um cadastro para concorrer a sorteios regulares de

a carrinhos de bebê de uma marca famosa. A maior parte

delas aceitou a proposta, preenchendo uma ficha com o email pessoal que autorizava o envio de emails comerciais. Dessa

forma, sempre que havia promoções de fraldas e outros

artigos infantis elas eram as primeiras a receberem um email marketing. O retorno dessa ação foi quatro vezes superior ao estimado.

  • - Evite simplesmente replicar o mesmo anúncio visto em outra mídia. Crie uma mensagem única e exclusiva. Pense que você só tem uma

chance para causar impacto. Portanto, faça uma oferta clara e atraente.

  • - Ao enviar sua mensagem, perceba qual é a situação ideal para que o consumidor abra sua mensagem. Um executivo, por exemplo, tende a abrir mais mensagens pela manhã ou ao final do dia. Se sua mensagem for enviada no final de semana, ela tende a se confundir com o spam gerado no final de semana.

Criação e manutenção de um banco de dados que funcione

As ações de marketing, portanto, devem alimentar a sua lista de emails. Ele é um ativo, um patrimônio de sua empresa.

Comece adquirindo uma lista. Use as informações que você já tem (cliente e contatos) Tenha uma página de cadastro Estimule a indicação de amigos através de promoções Tenha estratégias integradas *marketing convencional + digital Crie ações promocionais

Uma empresa de educação continuada comprou

mailings de empresas de coaching e psicologia pois associou a necessidade de recolocação

profissional aos anseios emocionais. A esse

público, não muito numeroso, porém seletivo,

ofereceu uma dezena de cursos de pós-

graduação em áreas diversas. O retorno foi duas vezes maior que o esperado, atingindo

uma faixa de 15%.

Boas Maneiras no Email Marketing

  • - Ética

  • - Registro (Opt-in) PEDIDO DE PERMISSÃO

  • - Remoção (Opt out) DESCADASTRO

  • - Cadastro indicação de promoções comerciais

  • - Arquivos anexados - CUIDADO

  • - Executáveis

  • - Relevância

  • - Frequência

  • - Política de Relacionamento

Vantagens do email marketing:

Ações informativas

Promocionais

Lançamentos

RELEVÂNCIA DE CONTEÚDOS

Limitações do email marketing

  • - Isoladamente, pouco resultado.

  • - Retorno de, aproximadamente, 4 a 5%.

  • - Mídia muito intrusiva

  • - Não é muito indicado para campanhas de fidelização e pesquisas de satisfação.