Você está na página 1de 1

D. João torna-se Rei - D.

João VI

Morte de D. Maria I, A Louca

Elevação do Brasil à
Reino Unido

Fim da Era Napoleônica e o


Congresso de Viena (1815)

Portugal, Brasil e Algarves, Reinos Unidos Carta de Lei de dezembro de 1815


Necessidade prática

Elementos da elite pleiteavam a continuidade da união com Portugal, guardadas as liberdades conseguidas com a condição de Reino Unido
Aceitar a volta do Brasil à condição de colônia, obedecendo às Cortes
12. O Brasil e a Portuguesas; deixar os "radicais" insuflando o povo contra as cortes e conseguir
Independência - II Processo de independência não Opções uma independência com características democráticas e republicanas
desencadeado por processos ideológicos
Aceitação pela elite brasileira de um comando por um monarca, a fim de excluir os "radicais"

Crise econômica
Tentativa de recuperar os privilégios coloniais
Revolução Liberal Retorno de D. João VI a Portugal
do Porto de 1820 Cortes Constituintes Deputados brasileiros nas Cortes de Lisboa
Exigência do retorno de D. Pedro à Portugal

A Independência do Brasil
Apoio das elites locais
Comprometimento de D. Pedro à independência
O "Fico"
Exigência e Instituição do "Cumpra-se"

Ameaça de invasão
O 7 de Setembro de 1822 Proclamação da Independência

Interesses relacionados