Você está na página 1de 1

são os cometidos por intermédio de uma ação (ex.

estupro)
Crimes Comissivos

são os que se perfazem com a simples conduta negativa do sujeito , independentemente


de produção de qualquer consequência posterior . Ex. omissão de socorro.
Próprios

são delitos em que a punibilidade advém da circunstânciade o sujeito, que


a isto se encontra obrigado , não ter evitado a produção do resultado. A
lei considera que o não fazer tem o mesmo valor do fazer.
responde pelo resultado não porque o causou com a omissão,
mas porque não o impediu realizando a conduta a que estava
32. Infração Penal obrigado. Tinha o dever de agir .
(Crimes comissivos, Omissivos próprios e Dever de agir imposto por lei .Ex. mãe que deixa de
impróprios. Agente Garantidor) Legal alimentar o filho, que vem a morrer de inanição

Dever de agir de quem assumiu a responsabilidade de


Impróprios ou por evitar o resultado. Ex. médico que presta serviço de
comissivos por omissão Agente urgência em pronto-socorro.
Crimes garantidor Contratual
Omissivos
Dever de agir por ter gerado o risco : éo dever surgido de
ação precedente do agente, que deu causa ao aparecimento
do risco. Ex. um exímio nadador convida alguém a
acompanhá-lo em longo nada e, em determinado instante,
vendo que o companheiro está perdendo as forças, não o
Risco socorre, deixando-o morrer (Nelson Hungria)

Presente o dever de agir, a omissão será atribuída penalmente ao garantidor desde


que, no caso concreto, pudesse agir para evitar o resultado. Pode agir quem:

Tem conhecimento da situação de fato

Tem consciência da condição que o coloca na qualidade de garantidor


Excludente
Tem consciência de que pode executar a ação

Tem a possibilidade real-física de executar a ação