Você está na página 1de 1

Consequência imediata da conduta

é a modificação gerada no mundo jurídico, seja na forma de dano efetivo


ou na de dano potencial, ferindo interesse protegido pela norma penal.
Jurídico ou Normativo

Conceito de é a modificação sensível do mundo exterior . Pode ser: físico, com a destruição de um objeto no crime de dano;
fisiológico, com a morte de um homem no homicídio; psicológico, com a percepção de uma expressa ofensa por
Resultado parte de uma pessoa nos crimes contra a honra. Nem todo crime possui resultado naturalístico.
Naturalístico

evento é qualquer acontecimento; resultado é a consequência da conduta. Ex. Raio provoca um incêndio.
Trata-se de um evento. Na verdade, o que não existe é infração sem evento jurídico, consistente no dano
efetivo ou potencial, porque todo delito deve causar ameaça ou ofensa de um interesse ou bem jurídico.
Distinção
com evento

são os que se consumam com a efetiva lesão a um bem jurídico tutelado


Crime de Dano

são os que se contentam, para a consumação, com a mera


probabilidade de haver um dano.
a probabilidade de dano abrange apenas uma pessoa ou um grupo
33. O Resultado determinado de pessoas (arts. 130 a 137, CP); coletivo: a probabilidade de
Individual dano envolve um número indeterminado de pessoas (arts. 250 a 259, CP)

Crimes de Perigo quando a probabilidade de ocorrência de dano está presumida no tipo


penal, independendo de prova (ex: porte ilegal de substância entorpecente);
concreto: a probabilidade de ocorrência de dano precisa ser investigada
Abstrato e provada (ex: expor a vida ou saúde de alguém a perigo - art. 132, CP)

Teoria da Chamam-se delitos de atividade os que se contentam com a ação


Imputação Objetiva humana esgotando a descrição típica, havendo ou não resultado
naturalístico. São chamados formais ou de mera conduta.
são os que comportam a ocorrência de um resultado
Os formais naturalístico, embora não exista essa exigência (ameaça)

Crimes de atividade
e de resultado seriam os delitos de atividade que não comportariam a
ocorrência de um resultado naturalístico , contentando-se
Os de mera unicamente em punir a conduta do agente (ex: violação de
conduta domicílio, violação de correspondência)

também chamados de materiais, são aqueles que necessariamente


possuem resultado naturalístico ; sem a sua ocorrência, o delito é
apenas uma tentativa. Ex. furto
Os Crimes de resultado