P. 1
Regulamento Do Concurso de Poesia

Regulamento Do Concurso de Poesia

|Views: 793|Likes:
Publicado porAntónio Pires

More info:

Published by: António Pires on Feb 06, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/12/2013

pdf

text

original

___________________________________________________

Externato Delfim Ferreira Riba d´Ave

REGULAMENTO DO CONCURSO DE POESIA

No intuito de fomentar o gosto pela poesia e homenagear o Nosso Poeta Aurélio Fernando, pretende a Oficina de Poesia, em parceria com a Biblioteca do Externato Delfim Ferreira, instituir o “Concurso de Poesia” – Prémio Aurélio Fernando. Este concurso terá a sua primeira edição no ano de 2010, sendo o seu regulamento o seguinte: Regulamento do Concurso de Poesia Artigo 1.º (Objecto) No intuito de criar e consolidar hábitos de leitura e de escrita e de promover a poesia e valorizar esta expressão literária, é instituído o “Concurso de Poesia” – Prémio Aurélio Fernando. Artigo 2.º (Condições de admissão) Podem concorrer todos os cidadãos de nacionalidade portuguesa. Artigo 3.º (Tema) O tema desta edição deste concurso é à escolha e preferência pessoal. Artigo 4.º (Divulgação do concurso)

______________________________________________________________________

___________________________________________________
Externato Delfim Ferreira Riba d´Ave

O anúncio do concurso será feito em órgão de expansão regional,

por meio de aviso a afixar no placar da Biblioteca da escola e através dos seguintes endereços: bibliotecaedf.blogspot.com e bibliotecasdefamalicao.blogspot.com. Artigo 5.º (Natureza dos trabalhos) O género literário elegível para o efeito deste concurso é a poesia em língua portuguesa. Artigo 6.º (Participação) 1- Os participantes serão avaliados por um júri, este comprometendo-se a seleccionar e classificar três poemas por si escolhidos, classificando-os de melhor poema, segundo melhor poema e terceiro melhor poema. 2- Dos três poemas seleccionados, um deles será escolhido de entre os participantes de alunos e ex. alunos do Externato Delfim Ferreira, se houver poemas a concurso por parte dos mesmos. Artigo 7.º (Prémio) 1 – Serão premiados os três melhores trabalhos: 1º Prémio – 100 euros em livros de poesia. 2º Prémio – 70 euros em livros de poesia. 3º Prémio – 50 euros em livros de poesia. 2 – Serão divulgados os três melhores poemas, no jornal da escola, no blogue da Biblioteca e no Jornal da Oficina de Poesia.
______________________________________________________________________

___________________________________________________
Externato Delfim Ferreira Riba d´Ave

3 – A todos os concorrentes será entregue um certificado de

participação. 4 – Em dia a determinar será realizado a apresentação, em sessão pública, dos poemas escolhidos dos estudantes e nesta apresentação serão divulgados os poemas dos alunos vencedores.

Artigo 8.º (Admissibilidade dos trabalhos) 1 – São admitidos a concurso apenas trabalhos inéditos e não publicados, escritos em português, e enviados para o seguinte endereço: Externato Delfim Ferreira – Biblioteca, Rua da Boavista, apartado 19, 4765-909 – Riba de Ave, ou directamente na Biblioteca da escola, com o limite de dois poemas por autor. 2 – Os trabalhos devem ser assinados e apresentados em envelope fechado e lacrado, sem qualquer identificação. 3 – Dentro de cada envelope deve constar nome e moradas completas, nº de telefone ou telemóvel. 4. Tratando-se de alunos ou ex. alunos do Externato Delfim Ferreira, deve ser referido tal facto juntamente com os dados anteriores. 5. Cada envelope postal corresponde a uma e só uma candidatura. Artigo 9.º (Critérios de admissão)
______________________________________________________________________

___________________________________________________
Externato Delfim Ferreira Riba d´Ave

1 - Os trabalhos de poesia referentes a este concurso terão de ser

apresentados em um mínimo de 9 (nove) linhas (uma nona, ou duas quadras, por exemplo). 2 - O Título do poema é obrigatório. 3 – Máximo de dois textos por concorrente. 4 – Cada texto não pode exceder a dimensão de uma folha A4. 5 – Os textos devem ser apresentados dactilografados ou escritos em computador. 6 – De cada texto devem ser enviadas quatro cópias. Artigo 10.º (Prazos) Os trabalhos devem ser enviados até ao dia 31 de Março de 2010.

Artigo 11.º (Direitos de autor) Ao participarem neste concurso, enviando os poemas, os autores assumirão a cedência de autorização de publicação dos mesmos, quer durante o concurso, quer em publicações posteriores eventualmente desenvolvidas pelo projecto. Artigo 12.º (Constituição do Júri) 1 – O júri do Concurso de Poesia é composto pelos dois membros da Oficina de Poesia, Anabela Salgado e Paulo Guerreiro, e por dois convidados do corpo docente do Externato Delfim Ferreira. 2 – Das decisões do júri não haverá quaisquer reclamações. Artigo 13.º
______________________________________________________________________

___________________________________________________
Externato Delfim Ferreira Riba d´Ave

(Contactos)

Todos os contactos referentes a este prémio serão efectuados por correio, telefone ou telemóvel. Artigo 14.º (Obtenção do regulamento) Os participantes podem obter o presente regulamento, devendo solicitá-lo pessoalmente à Oficina de Poesia ou à Biblioteca da escola. Artigo 15.º (Casos omissos) Os casos omissos serão supridos e decididos pelo júri deste concurso. Riba de Ave, 5 de Fevereiro de 2010 A Oficina de Poesia

______________________________________________________________________

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->