Você está na página 1de 1

É uma ave de médio porte, corpo compacto

,
pescoço curto e cabeça arredondada com grandes
olhos negros. As penas das asas são rígidas e as
restantes estão bem justas ao corpo, pelo que
toda a sua fisionomia se encontra bem adaptada
às suas performances de voo.

É uma ave atrevida de voo rápido e firme que
persegue sem descanso os patos selvagens, os
pombos, as perdizes e toda a espécie de
pássaros.

Autêntica jóia viva da Natureza, o seu voo
picado permite-lhe atingir velocidades inacessíveis
a todos os outros seres vivos, e o simples
vislumbre da sua característica silhueta recortada
contra o azul do céu é suficiente para
aterrorizar a maior parte das aves.

Nome cientÍfico: Falco peregrinus (Falcão O falcão peregrino tornou-se muito raro em

 Peregrino) certos países da Europa, e isso por vários
Distribuição geográfica: Em Portugal motivos:
distribui-se por todos os principais maciços
montanhosos do país, assim como pelos vales
escarpados do nordeste, e ao longo de toda a - o homem persegue-o por desporto;
franja litoral centro e sul. As aves
invernantes e dispersantes ocorrem por grande - os caçadores furtivos roubam-lhes os ovos
parte do território mas com maior frequência
nas vastas áreas do Alentejo. Esta espécie e as crias para abastecer os falcoeiros;
encontra-se em locais como a Serra da
Peneda, Estuário do Minho, Berlengas, Serra - são intoxicados ao devorar presas que
da Estrela, Serra da Arrábida, Estuário do ingeriram sementes ou insectos tratados
Tejo, Estuário do Sado e Cabo de São
Vicente. com pesticidas.