Você está na página 1de 9

Solicitaes Compostas

AULA 11
Teoria das Estruturas II

Solicitaes Compostas:
Esforo Normal Excntrico (uma excentricidade)

Esforo Normal Excntrico (Uma excentricidade)

Seja o pilar abaixo submetido a carga excntrica


P conforme mostra a figura:

Esforo Normal Excntrico (Uma excentricidade)

Solicitaes

= 0 + = 0 = ()

= 0 = 0

= 0 = 0

= 0 = 0 (Carga P paralela ao eixo x)

= 0 . = 0 = + . (trao)
constante

= 0 = 0 , .

Esforo Normal Excntrico (Uma excentricidade)

Tenses

N=

My

( )

()

Obs. As duas so tenses.


Somando as tenses do N e do momento My, temos:
constante

=
. ()

+ Trao

- Compresso

Esforo Normal Excntrico (Uma excentricidade)

Pontos Crticos (mx. maiores tenses)

Compresso

1:

Trao
Compresso

2:

Compresso

Esforo Normal Excntrico (Uma excentricidade)

Verificao da Segurana (ou dimensionamento)

1:

2:

( )

( )

Teoria das Estruturas II| Prof. Daiana C. Metz Arnold, Eng. Me. 7

Esforo Normal Excntrico (Uma excentricidade)

Posio da LN ( = 0 )

0=

.
=

Posio da LN

Obs. Maior e menor z


Concluses: - a posio da LN independe da carga P
- a posio da LN inversamente proporcional
excentricidade (e)

Esforo Normal Excntrico (Uma excentricidade)

Exerccios
1- Determine o coeficiente de segurana e a posio da LN do pilar abaixo que
comprimido excentricamente pela carga P de 800KN. O material frgil com
T = 20MPa e = 80MPa