Você está na página 1de 1

Química Orgânica Experimental I

Faculdade de Farmácia

AULA 4 - DESTILAÇÃO POR ARRASTE DE VAPOR

Óleo de cravo (Eugenia Caryophyllata) é rico em eugenol (4-alil-2-metoxi-fenol).

PROCEDIMENTO

Monte aparelhagem conforme Figura 6, usando um balão de três bocas de 500 ml. O frasco coletor de 125 ml pode ser um Erlenmeyer. A fonte de calor pode ser uma manta elétrica ou um bico de Bunsen.

Coloque 10g de cravos no balão de três bocas e adicione 150 ml de água. Inicie o aquecimento de modo que a destilação se inicie e continue a adicionar água através do funil de separação numa velocidade a manter a nível de água original no frasco de destilação. Continue a destilação até coletar 100 ml.

Tire a água do funil de separação e coloque o destilado nele. Extraia o destilado com duas porções de 10ml cloreto de metileno (CH 2 Cl 2 ). Separe as camadas e despreze a fase aquosa. Se a fase orgânica for separada com cuidado, não será necessário usar agente dessecante (sulfato de sódio ou sulfato de magnésio anidro); caso contrário recomenda-se o uso deste. Decante e filtre a solução de qualquer agente dessecante e evapore a maior parte do solvente num banho de vapor na capela ou utilizando evaporador rotatório. Transfira o líquido restante para um tubo de ensaio (tarado) e concentre o conteúdo novamente por evaporação em banho-maria até que somente um resíduo oleoso permaneça. Seque o tubo de

que somente um resíduo oleoso permaneça. Seque o tubo de Figura 6 ensaio e pese. Calcule

Figura 6

ensaio e pese. Calcule a porcentagem original de cravo usada.