r.tSSA: ''AFAIVUl.ClUJVArI" (Cf-94) 40 - ENTRADA: (Rafael G.

deAlmeida)

A família, como vai? I Meu irmão, venha e responda. I Quem pergunta é o Pai, I A verdade não esconda! 1. Vem à igreja, reza e pede / Um amor que sempre mede, / Quando é hora de doar? / Sufocando o seu desejo, / Vai vivendo no varejo, , Não é templo nem altar? - Vai levando a vida em curso,' Pregadora de discurso,! Sem combate à opressão? /Nada falta, tem de tudo, / Tem até coração mudo / E jamais reparte o pão? - Num viver de alegria, / Dia e noite, noite e dia / Num eterno agradecer./ E o pouco que se tem / É para fazer o bem, , Sem deixar ninguém sofrer. - Coração que se faz templo, / Modelando o bom exemplo / De amor puro e' profundo. / Abram templo e coração, / Para que na comunhão / Se devolva a paz ao mundo.

1- No deserto saciaste, ó Senhor,' o teu povo com maná. , Também hoje o teu povo passa fome I e procura o teu altar: / são famílias que trabalham, sem direito I a um alimento salutar. 2 - E na terra prometida, ó Senhor, lo teu povo teve um lar. I Novamente este povo peregrino I tua casa vem buscar: , são famílias ao relento, sem ter teto I e nem chão onde plantar. 3 - No exílio sustentaste, ó Senhor, I o teu povo na esperança. / Ainda hoje há profetas que nos mostram lo sofrere o penar dasfamílíasoprimidas e exploradas, / que nem podem te louvar. 4 - Novo rumo concedeste, ó Senhor, / ao teu povo com Jesus. / O caminho, a verdade ~ a vida I tua gente veio buscar: / são famílias excluídas e migrantes I neste mundo a andar. 5 - Aos discípulos tu deste, ó Senhor, I teu Espírito de amor. lEste povo que precisa de tua luz, I sempre volta ao teu altar: / são famílias que desejam a chegada I do teu Reino apressar.

41 -

SALMO RESPONSORIAL (Gildes Bezerra) A vontade do Pai pratiquemos: de Jesus a famma seremos!

ORAÇÃO PELA FAMÍLIA (... (Pe. Zezinho) 1- Que nenhuma família comece em qualquer de repente. I Que nenhuma família termine por falta de amor.! Que o casal seja um para o 42 - ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO (João E. Roath Machado) outro de corpo e de mente. I E que nada no Jesus Cristo, Luz da vida, I Companheiro na mundo separe um casal sonhador. partilha, ! Vem guiar nossas famílias ! Na _ Que nenhuma família se abrigue debaixo da ponte.' Que ninguém interfira no lar e na vida sua luta e dura lida! dos dois. I Que ninguém os obrigue a viver sem 45 - RESPOSTADAORAÇÃO UNIVERSAL nenhum horizonte. / Que eles vivam do ontem, (João E. Roath Machado) no hoje e em função de um depois. 6 Senhor, que fazeis maravilhas, dai o dom Que a família comece e termine sabendo onde do amor às famílias! vai. !E que o homem carregue nos ombros a 44 - APRESENTAÇÃO DAS OFERENDAS graça de um pai. I Que a mulher seja wn céu de (Pe. Almir Gonçalves dos Reis) ternura, aconchego e calor. I E que os filhos Abençoa, - A mesa santa que preparamos, / mãos que se conheçamaforçaquebrotadoamor./1 elevam a ti, Ó Senhor.! O pão e o vinho, fr.!:1tos Senhor, as famílias. Amém./ Abençoa, Senhor, da terra, , duro trabalho, carinho e amor: / O, Ô, a minha também:!l. ô, recebe, Senhor!! Ô, Ô, Ô, recebe, Senhor! 2 - Que marido e mulher tenham força de amar - Flores, espinhos, dor e alegria,' pais, mães sem medida. / Que ninguém vá dormir sem e filhos, diante do altar. ! A nossa oferta em pedir ou sem dar o seu perdão./ Que. as crianças nova festa, , a nossa dor vem, Senhor, aprendam no colo o sentido da vida. / Que a transformar! / Ô, ô, ô, recebe, Senhor! I Ô, ô, família celebre a partilha do abraço e do pão. ô, recebe, Senhor! - Que marido e mulher não se traiam e nem traiam seus filhos. I Que o ciúme não mate a 45-CANTODACOMUNHÃO (Pe, Almir Gonçalves dos Reis) certeza do amor entre os dois. I Que no seu Na mesa do lar a família reparte o seu pão.! firmamento a estrela que tem maior brilho / Seja Na mesa do altar renovamos fraterna união. a firme esperança de um céu aqui mesmo e depois.

46 - FI!'Y\L:

35

MISSA:· "POVO. CAMIfIIA E~A"·
Letra e música: José Raimundo Galvão ..47 - ENTRADA . . Somos um povo que alegre vai I marchando dia a dia ao encontro do Pai. I Aqui reunidos nós participamos I desta Igreja santa que pro cénvaicaminhando. 1. Todos congregados pelo amor do Senhor, Inossa. voz unida cantará seu louvor. 2. Todos peregrinos pela terra passamos, I nossa fé ardente vai o mundo iluminando. . 3. Temos alegria de viver como irmãos,' entre nós começa a unidade dos cristãos.. 4. A esperança fala de um mundo melhor,' onde não existe mais tristeza nem dor. 48 ~ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO 1/: Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia:lI. I. Sobre a terra sede e fome eu mandarei, / não de pão nem de água, mas de ouvir a Palavra de Deus. 2. Andarão de um mar a outro procurando,' no desejo ardente de encontrar a Palavra de Deus. OFERTAS Ouvindo o apelo de Deus, que resposta nós daremos? I Ofertamos ao Senhor tudo aquilo que nós temos. 1. Nós temos alegria e é isso que te damos, ! neste mundo de agora em que todos caminhamos. 2. No altar nós colocamos o sorriso desta vida, , nossas horas de angústias e a esperança desta lida. 3. Aqui te apresentamos a históriado teu povo,lque buscando tua graça te oferece um mundo novo. 4. A tua gente oferta pão e vinho em teu louvor. / Sobre o altar nós deixamos alegria, vida, amor.

NIISSA "DEUSlJBERTA!m" 51 - ENTRADA
Letra e música: Pe. José Freitas Campos Ó Pai, sois o Criador. I ÓFilho, sois o . Redentor. I Nós somos povo pecador, I mas que ressuscita com Nosso Senhor! 1. Louvai ao Senhor em sua casa, !louvai-O com a vida e o tambor; !louvai-O por tudo o que existe! e pelo seu poder libertador! 2. Louvai ao Senhor pela criança, I louvai-O . num sorriso encantador; , louvai ao Senhor, Deus-esperança' de um mundo-irmão e cheio de amor. 3. Louvai ao Senhor no irmãopobre,l que.luta contra. a fome e a dor.! Louvai ao Senhor Deus da justiça, j vinde, cantai ao Pai vosso louvor!

11: Escuta a Palavra do Senhor:1I Ela é Vida, é Verdade, é Amor!
l."Quem planta Quem semeia a 2. Sou plantador ! sou semeador, ventos, colhe tempestade." ! paz, colherá a caridade. e pelos campos vou plantar; e quero semear! AO EVANGELHO

52 - MEDITAÇÃO

49 -

e Senhor!:/! Somos servos, buscando caminhos' de justiça, de paz e perdão. ! Quero ser servidor do meu povo, , ser profeta da libertação.

11: Aleluia, poder e louvor I a Jesus, nosso Deus

53 - ACLAMAÇÃO

54 - OFERTAS II:Muito obrigado, Senhor,' por este vinho e este pão. I E o alimento sagrado que nos fortifica I e traz salvação:/!. 1. Senhor, nós te ofertamos / com humildade e amor, / a uva que se fez vinho! e o trigo que 50 - COMUNHÃO pão se tomou. Eis o Pão da vida, eis o Pão dos céus I que 2. Senhor, nós te ofertamos / a luta dura do alimenta o homem na marcha para Deus. povo,! a fé que se faz caminho' na construção 1. Um grande convite o Senhor nos faz / e a do homem novo. Igreja o repete a toda vez: 'Feliz quem ouve e 3. Senhor, nós te ofertamos, 'com esperança e alegre vem, / trazendo consigo o amor que tem. perdão,' o pobre que sempre espera / o dia da 2. Um dia por nós o Senhor se deu, / do sangue libertação. da Cruz o Amor nasceu. / E ainda hoje Ele dá vigor, / aos pobres, aos fracos, ao pecador. 55 - COMUNHÃO 3. Seu homem deseja viver feliz / não deixe de I.Há gritos de fome na desolação, / o irmão nos ouvir o que a Igreja diz: / Procure sempre se esperae estende sua mão: /iremos a ele buscando aproximar! do Deus feito pão para nos salvar. a união,/aqui nesta mesa é Jesus nosso Pão. 4. Há .vãrias.maneiras de o receber. ! Efeitos 2. Se existe revolta, queremos amor: / do nosso diversos pode conterv/Não nos suceda comer futuro, Jesus é o Senhor./ A paz e a verdade nós . ·'eritvão I aquilo que é fonte de salvação.. vamosviver.feo pão partilhado iremos comer . . 5; Quem come este Pão sempre viverá.l Pois ,·3. Aqueleque sofre nas trevas da dor' não .. Deus nos convidâ a ressuscitar. / Oh! vinde . perca a esperança na vida e no amor.' Defenda .. todos, comeitambém / o Pão que encerrao vajustiça, carregue sua cruz, /levante a cabeça, .Sumo 'Bem. . confie em Jesus.
i

36·

4. Nas ruas, nos bares, na escola e no lar I o homem procura alguém encontrar: I iremos na busca da libertação, I o Cristo será o nosso Deus-refeição! 5. A nossa alegria consiste em doar / a vida por quem já cansou de esperar: / por um mundo novo nós vamos lutar, / e o Corpo de Cristo nos sustentará. 6. A Igreja anuncia a uma só voz: / "O Reino de Deus já está entre nós". / Evangelizar é nossa vocação, I defender os fracos é nossa missão.

AO EVANGELHO 1. Vamos todos bendizer, alê, alê, I Jesus Cristo vai falar, luiá, luiá! I A palavra de viver, alê, alê, / e que vai nos transformar, luiá, luiã! 2. Cristo quer um coração - ação, ação, / onde o amor possa morar - orar, orar. I E que saiba perdoar - doar, doar, I sem fingir ou reclamar - amar, amar. II:Aleluia, aleluia, luiá, luiá!:1t

59 - ACLAMAÇÃO

60-

56 -

CANTO FINAL 1.Volto pra casa, mas não vou como eu cheguei; I meu compromisso de cristão eu renovei: 11: A missa é missão - missão de amor! I No mundo desunido - e sofredor, I tem que acabar, tem que acabar / a fome e a dor:l/. 2.Pertenço a um Reino sem espadas e sem "Rei", / vim implantar a lei do amor, a nova lei. 1/: O Reino já chegou - é conversão, / mudança interior - renovação. / Vamos lutar, vamos lutar, I dar-nos as mãos:ll. 3. E de mãos dadas este povo vai vencer, I e o mundo novo vai surgir, acontecer./!: Depende só de ti - 6 meu irmão, / viver e transmitir- esta lição. /Confia em Deus, / Ele te dá a libertaçãoJI.

Este pão já foi semente I que a gente lá na roça / semeou para que possa! ter comida quem semeia, I pra que Deus agora faça / desta massa o Pão da Ceia!

OFERTAS

ft.ISSA l'CIISTDLA~"
57 - ENTRADA

caboclo e fazer mutirão.! Pra começar, nós já temos I semente que é Cristo, JesusLetra: Gildes Bezerra - Música: Amaury Vieira comunhão.
(COMEP398l)

1. Nossas mãos cheias de calos / da enxada que puxamos, I representam o trabalho I que agora ofertamos. 2. Ofertamos nossos frutos I e também o coração, / para o Cristo que alimenta,I fazer deles outro Pão... 3. Ofertamos nosso amor I e a dor que faz chorar, I pois o pranto é a melhor chuva I pro amor frutificar. 61- COMUNHÃO A VP'\...$(~.Jl~ 1. Somos todos roceiros da roça do Pai, I e posseiros das terras deixadas prá nós. I Vamos todos fazer a partilha, irmão, / entre todas famílias sem terra e sem pão. Vamos plantar mais um pouco I de amor de

De onde vens, ó caminheiro? I Vim dos campos do sertão... I Prá onde vais, ó compaheiro? / Vou querer ganhar meu pão!

1. Este chão é teu lugar ... I Não precisas mais seguir./ Temos paz para te dar, / temos pão pra repartir. 2. Sou bem pobre e nada tenho I que não caiba no olhar. I Amor trago de onde venho I nessas mãos pra trabalhar. 3. Caminheiros sem fadiga, I somos pau da mesma cruz, / somos grãos da mesma espiga, / peregrinos de Jesus. _ O homem que lavra a roça da vida, I usa a palavra que foi escolhida/ por Jesus Cristo que é a semente I pra toda gente plantar e colher. I E todo peito é um eito de terra: I erra quem deíxa o mato crescer. _Roçar o chão, I lavrar as terras do coração. I E grande a roça e poucos roceiros, I pra que o celeiro se encha de grãos, / Vamos pedir para o Dono da roça, I braço que possa dar vida ao sertão.

58 - MEDITAÇÃO

2. Se um diaatarefapesarcomoacruz,l ou nos ombros da gente ou nos ombros do irmão, I vamos todos pedir o reforço a Jesus, Ique Ele vem ajudar, se houver união. 3. Mas se grande alegria igual brilho reluz, lou na peito da gente, ou no peito do irmão, / vamos todos mostrar gratidão aJesus, I que Ele vai se alegrar, Ele vê o coração. 4. Mas chegando a tristeza que ofusca a luz, I ou nos olhos da gente, ou nos olhos do irmão, /vamos todos mostrar nosso pranto a Jesus, / que Ele vem consolar quem tiver aflição. 5. Maschegando a riqueza que seca e seduz, I ou a alma da gente, ou a alma do irmão, I vamos todos doar uma parte a Jesus, / que Ele vai demonstrar o que é gratidão. 6. Se andamos na estrada que não mais conduz, I ou os passos da gente, ou os passos do irmão, / vamos todos voltar para o Cristo Jesus, I que Ele faz caminhar, Ele é direção. 7. Se as coisas são caras, e o pão se reduz, / ou na mesa da gente, ou na mesa do irmão, I vamos todos pedir para o Cristo Jesus / que Ele mostre ao Governo esses homens sem pão.

37

~ 62 - CANTO FINAL i. Caminheiro, companheiro, I este caminho é mesmo estreito: I ele foi feito bem agreste, I e neie o Mestre caminhou. Entre pó, poeira, espinho. / e entre as pedras do caminho, / e de todos os caminheiros, / foi o primeiro que chegou. 2. Dom, entrega total, é Cristo Jesus, / pelo Pai mandado, como sacramento da libertação. I Também nosso ideal é viver na luz; / como consagrados,! sermos o fermento que faz a união.

:J
:)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

67 . COMUNHÃO 1. É na Eucaristia que nós renovamos / nossa //:Caminheiro companheiro, / ponha o pé vida, nosso compromisso de ser luz e sal de nessa estrada. ! Se ficar na encruzilhada, ! Deus.
nunca vai poder chegar://.

2. Caminheiro, companheiro, !Ieve a luz que aiumia / mais que o soi do meio-dia, / pra você não tropeçar. Leve junto à família, / companheiros e amigos,! pois em caso de perigo, ! todos podem se ajudar. Letra e música: Ir. Míria T. Kolling (EPD 0448) 63-ENTRADA L Por Deus chamado e escolhido.v livre, sou comprometido / com a construção de seu reino entre nós.
Seguirei o meu Senhor,! vivendo o Evangelho do amor.

Somos na Igreja o sacramento! do reino celestial de união, de amor, ! na vivência plena e total da mesma vida do Senhor.

r.wA:~

•••o•••

n

2. Pobre, sou enriquecido, / por um amor feito pleno, / comungando sempre a vontade do Pai. 3. Deixando tudo por Cristo. / a Eie só me 68 - AÇÃO DE GRAÇAS reservo, / para, disponível, servir o irmão. 4. Minha resposta ao chamado / é radicai, sem A tua vida, Senhor, é minha vida, I teu medida. ! numa adesão renovada, atual. Evangelho, Senhor, o meu caminho. I Livre, 1. É só no silêncio que se interioriza / a Palavra ouvida, tomada nosso ser.

2. Não se faz Igreja sem Eucaristia: / força para o nosso testemunho é o Senhor, o altar, a cruz. 3. Por Deus consagrados em favor dos homens, ! somos enviados para a todos anunciar a salvação. 4. Em comunidade, somos para o mundo! o sinal do Reino e dos valores que aqui constroem o céu. 5. Para o Pai voltados, como Jesus Cristo, I com o irmão buscamos ajustiça, o amor, o bem, a luz. 6. Deus se faz encontro, Deus se faz presença, I para prolongarmos o seu Corpo, a sua voz, num sim total.

j

:J
~

~

:j
~ ~ ~ ~

:j
~ ~

Aleluia, aleluia! ! Glória, glória, aleluia!

L Anunciarei tua bondade I aos oprimidos, aos pobres, ! pois o teu Reino de paz / já Pela Palavra nós somos convocados! pra começou e está presente entre nós. anunciar aos homens hoje a salvação. 2. Denunciarei, com tua graça, I toda injustiça 2. Também é Palavra a história, a vida. / pela e maldade, / por uma vida de fé ! que encarne fé guiados, leremos seus sinais. 3. Tenha a nossa vida a força da Palavra,l que as bem-aventuranças, teu viver. 3. Marque o meu testemunho I todo lugar onde liberte o homem, lhe seja redenção. passo; ! sejam os homens, assim, ! cada vez 65 - ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO mais conforme ao Coração de Deus.

64 - MEDITAÇÃO

sempre seguirei,!

proclamando

o amor.

.,
:)
~ ~ ~

1. Evangelho é vida, é de Deus acoihida.! Na PtIIIA:"'.AnA .IIIIITAII conversão do coração é que está a salvação. (EP 4503-2) - Letra e música: Frei Fabreti 2. Testemunho encarnado. Evangelho integrado./No meu viver eu devo ser, para em 69 - ENTRADA Deus os homens crer. 66 - OFERTAS I. É alimento o pão que faz caminhar I quem por este mundo busca sua vida sempre renovar. I Também a comunhão quer nos transformar, / lá no mais profundo, para ao Pai, com Cristo tudo ofertar.
Senhor, é teu o meu viver.! Contigo quero ser entrega, oblação. Por ti ao Pai me oferecer,! do mundo então fazer eterna comunhão.

:,)
~
:,)

A Bíblia é a Palavra de Deus semeada no meio do povo, ! que cresceu, cresceu e nos lnm<i:formou ensinando-nos viver um mundo novo.

:)
~ ~

I. Deus é bom, nos ensina a viver.! Nos revela caminho a seguir: ! só no amor partilhando seus dons,! sua presença iremos sentir. 2. Somos povo. o povo de Deus,! e formamos o Reino de irmãos.! E a Palavra que é viva nos guia! e alimenta a nossa união.

:>
~ ~

38

:J

1. Tudo preparado, faltava melhor: "homens e mulheres, aqui vivereis. / Tudo é vosso, vinde //:Aleluia! Aleluia!:// ver!" / Meu Pai só quer que a vida preserveis. No princípio era a Palavra, e a Palavra se 2. Mas a liberdade não pode faltar / quando o encarnou. , E nós vimos sua glória, seu amor compromisso é viver pleno amor. /Mesmo quando orna! seimpõe, / meu Pai sustentaa vida com vigor. nos libertou. 3. Deus ouviu no céu, do seu povo o clamor.tHoje 71- OFERTAS estou convosco, preciso cumprir / a vontade do l.Nurna terra distante daqui,' um povo buscava meu Pai: , não vim pra ser servido, mas servir. sua libertação. , Este povo era um povo de 4. Vim servir à vida, presente de Deus: t paz e escravos' já sem esperança no seu coração. liberdade e justiça e perdão, f novo reino entre Deste povo surgiu um profeta,' de sua vida ao as nações, / fazer dos povos todos mundo irmão! Senhor fez oferta. 11: Ao ouvir a Palavra de 75 - MEDITAÇÃO (Salmo 47) Deus que é amor,! o seu povo libertou://. 2. Mas aqui, neste chão, nossa terra,' um povo Quão formosos são os pés de quem deixa sua sofrido eleva suas mãos. , Fala alto o Senhor terra, seu lar, I para levar entre as nações por suas vozes' que clamam justiça e libertação. o Evangelho do amor e da paz! 3. Este povo também tem profeta,' de sua vida 1. Povos todos aclamai e batei palmas! /Vinde ao Senhor faz oferta: I escutando a Palavra de a Deus com brados de alegria! ! Ele é grande sobre toda a nossa terra, ! traz os povos e Deus lhe chamar, , quer seu povo libertar. nações em suas mãos! 2. Seu amor nos preparou sua grande herança, 72 - COMUNHÃO Feliz o homem que ama o Senhor! e segue os ! para orgulho do Eleito, o Bem Amado! / seus mandamentos.! O seu coração é repleto Cantai hinos para o nosso Deus, cantai! ! O Senhor é o soberano desta terra! de amor,' Deus mesmo é seu alimento. 1. Feliz o que anda na lei do Senhor I e segue o 76 - ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO caminho que Deus lhe indicou: Iterá recompensa Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! no Reino do céu' porque muito amou. Graças eu te dou, te louvo, meu Senhor, / pois 2. Feliz quem se alegra em servir ao irmão, ! entre os pequeninos tua Palavra é luz! I Sábios segundo os preceitos que Deus lhe ensinou: ! verá e entendidos seguem seus caminhos, / mas os mara-vilhas de Deus, o Senhor, ! porque muito pequeninos tuas mãos conduz! amou. 3. Feliz quem confia na força do bem, J seguindo 77-0FERTAS os caminhos da paz e o perdão: ! será acolhido 1. Nas tuas mãos, ó Pai do céu, todo o universo, I frágil canoa a navegar, f tem equilíbrio e nos braços do Pai, I porque muito amou. 4. Feliz quem dá graças de bom coração! e segurança, espaço e tempo I e a humanidade estende sua mão ao sem-voz e sem-vez, I terá no que vem desfrutar. O vinho e pão que nós trazemos / faIam do banquete um lugar para si, , porque muito amor de quem constrói a vida; I vem amou. sustentar, ó Pai, teu Reino./ Que a tua voz no mundo inteiro seja ouvida! 73 - AÇÃO DE GRAÇAS Dou graças ao Senhor porque Ele é bom, / 2. Cuidar da terra e da justiça para todos, / o porque eterno é o seu amor.! Sua Palavra me compromisso que te aprazo ! Que a tua mesa ensina e me liberta, , porque eterno é seu seja anúncio do teu Reino! 'Que os povos todos cultivem a paz! amor. Sua Palavra é uma luz em meu caminho, J e se 78 - COMUNHÃO alegra em suas leis meu coração. J Ensina-me, 1.Vejam, eu andei pelas vilas, apontei as saídas Senhor, seus mandamentos, ! só liberto viverei como o Pai me pediu./ Portas, eu cheguei para em comunhão. abri-las. Eu curei as feridas como nunca se viu. Por onde formos também nós, I que brilhe a MISSA "EU VOS ENVIO" (COMEP6575-1) tua luz! I Fala, Senhor, na nossa voz, em Letra J.Thomaz Filho - Música: Frei Fabreti nossa vida.! Nosso caminho então conduz. Queremos ser assim! ! Que o pão da Vida nos revigore no nosso "sim"! 74 - ENTRADA Desde toda a eternidade o amor fecundo de 2. Vejam, fiz de novo a leitura das raízes da meu Pai I belo paraíso para todos quis criar. vida, que meu Pai vê melhor.! Luzes, acendi J Vinde, meus irmãos, dou-vos minha paz! I com brandura. Para a ovelha perdida não medi meu suor. O Reino de Deus vamos semear!
70_ACLAMAÇÃOAOEVANGELHO

°

39

3. Vejam, procurei por aqueles que ninguém procurava e falei de meu Pai. I Pobres, a esperança que é deles eu não quis ver escrava de um poder que retrai. 4. Vejam, semeei consciência nos caminhos do povo, pois o Pai quer assim. ! Tramas, enfrentei prepotência dos que temem o novo qual perigo sem fim. 5. Vejam, eu quebrei as algemas, levantei os caídos, do meu Pai fui as mãos! I Laços. recusei os esquemas. Eu não quero oprimidos, quero um povo de irmãos! 6. Vejam, procurei ser bem claro: o meu Reino é diverso, não precisa de rei! I Tronos, outro jeito mais raro de juntar o disperso, o meu Pai tem por lei. 7. Vejam, do meu Pai a vontade eu cumpri passo a passo. Foi pra isso que eu vim. I Dores, enfrentei a maldade, mesmo frente ao fracasso eu mantive o meu "sim!" 8. Vejam. fui além das fronteiras, espalhei boa-nova: todos filhos de Deus!! Vida, não se deixe nas beiras quem quiser maior prova: venha ser um dos meus!

3. O Senhor está frente do seu povo, I sua mão ampara o fraco e o sofredor; I aos que sofrem Ele traz libertação / em seu amor!
!/:Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia!:/I 11: Rendei graças ao Senhor porque eterno é seu amor1:11

81 - ACLAMAÇÃO

AO EVANGELHO

82-0FERTAS 1. Quem se propõe cultivar o chão,/ preparar o pão e assim repartir, / pode contar com a mão de Deus,! que sustenta os seus e sabe cumprir. Grande é o Senhor! Todo o universo, a terra, o sol nos deu. I Nos esperava quando amanheceu! I Só nos pediu amor! I Santo é o Senhor! I Vem e oferece mesmo o Filho seu
I pra nos dizer que nunca se esqueceu I de nos doar seu amor! 2. Quem se fechar, esquecendo o irmão. I lhe negando o pão, e assim persistir, I vai se

IlllAEMACII_GRACAI

Letra: L'Thomaz Filho - Música: Frei Fabreti 79-ENTRADA 1. Te louvo. meu Senhor, pois olhaste para mim. I Caídos e humilhados têm sempre o teu favor. I Se eu não tinha nada, bastou-me dizer sim:! és o meu socorro, meu Deus, meu Salvador.

(00MEP6578-1)

entender com a mão de Deus, / que sustenta os seus e sabe cumprir! 3. Quem se fizer contra essa opressão I que destrói o irmão, e assim resistir, / vai revelar qual a mão de Deus / que sustenta os seus e sabe cumprir! 83-cOMUNHÃO I. Por essa paz que a juventude tanto quer, I pela alegria que as crianças têm à mão, I eu rendo graças ao meu Pai que se compraz, I e assim me pede para abrir meu coração.
Tomai, comei! Tomai, bebei, meu corpo e sangue que vos dou. I O pão da vida sou ~ mesmo em refeição! I Pai de bondade, Deus do amor e do universo, suteDtai I os que se doam por um mundo irmão! 2. Pelos que firmam najustiça os próprios pés, / pelo suor dos que mais lutam pelo pão, I eu rendo graças ao meu Pai. o Deus fiel, I que

assim me pede para abrir meu coração. 3. Pelos que sabem enxergar um pouco além, I e assim repartem a esperança com razão. I eu rendo graças ao meu Pai que tudo vê, I e assim me pede para abrir meu coração. 4. Pelos que choram mas não perdem sua fé,l pelos humildes que praticam o perdão, I eu 80 - MEDITAÇÃO rendo graças ao meu Pai que vem nutrir, ! e Bem alegres cantai salmOS' ao Senhor o assim me pede para abrir meu coração. nosso Deus e nossa luz! I Rendei graças! 5. Pelos pequenos que só sabem confiar,/ pelos Rendei graças ao Senhor em nome de Jesus! que sabem dizer sim e dizer não, / eu rendo 1. Rendei graças ao Senhor por seu amor / e por graças, que o meu Pai tudo sustém, I e assim tudo o que Ele faz aos filhos seus. I Celebrai me pede para abrir meu coração. com sacrifício de louvor lo nosso Deus! 6. Por todo aquele que ainda sabe agradecer, I 2. Alegrai-vos, ó nações em toda a terra, I com e por quem ama sem pensar em condição, I eu o canto de louvor ao nosso Deus./ Dêem glória rendo graças, ao meu Pai, o Deus amor, I que para sempre em toda a parte I os corações! assim me pede para abrir meu coração.

onde houver bondade tua mão já transbordou. 3. Te louvo, meu Senhor, pois assim é teu poder: I dispersa os prepotentes, acolhe quem sofreu, I fere os poderosos, mas nutre e faz crescer I quem se reconhece pequeno filho teu. 4. Te louvo, meu Senhor, que promessa é pra cumprir: I famintos conheceram a graça dos teus bens, I ricos lá se foram sem nada conseguir. I Com misericórdia teu povo Tu manténs.

Teu amorsempre faz maral'ilha<;::a quem sefaz menor estende tua mão; I és a luz dos teus &lhos e filhas, Il'igor de quem não fecha o coração! 2. Te louvo, meu Senhor, o teu nome é sem igual, I fizeste grandes coisas em mim que nada sou. I O teu nome é santo, superas todo mal I e

40

7. Por minha vida, por meu povo, pelos meus, ! eu rendo graças, que o meu Pai estende as mãos, I tudo sustenta e nos renova e dá vigor, / e assim me pede para abrir meu coração.

88 . COMUNHÃO

84 -

AÇÃO DE GRAÇAS I.Eu te exaltarei, meu Deus e Rei,! por todas as gerações. / Es o meu Senhor, Pai que me quer no amor! "Entoai ação de graças" I e cantai um canto novo! I Aclamai a Deus Javé, I aclamai com amor e fé! 2. Eu vou reunir Jerusalém / pra te louvar, ó Senhor! / Te glorificar ao dar-me a tua paz! 3. Ao me revelar a tua lei / as tuas mãos eu senti./ Sim, te louvarei enquanto cu existir.

MISSA. BAVIN11IAIIS

(EPD0302-8) Letra e música: Ir. Míria T. Kolling 85 _ENTRADA

Todo aquele que crê em mim. I um dia ressu rgirá./ E comigo então se assentará / à mesa do banquete de meu Pai. I . Aos justos reunidos neste dia, lo Cristo então dirá: I "Oh! venham gozar as alegrias / que meu Pai lhes preparou". 2. A fome muitas vezes me abateu, / fraqueza Eu senti. I Vocês, dando o pão que era seu, I mais ganharam para si. 3. E quando eu pedi um copo d'água, / me deram com amor, / e mais consolaram minha mãgua, / ao me verem sofredor. 4. Eu lembro que também estive preso: I terrível solidão! ... / Vocês aliviaram este peso I com a sua compreensão. 5. Ofriome castigava sem piedade./Nao tinha o que vesti r./ Num gesto de amor e de bondade, I vocês foram me acudir. 6. Amigos, esta fé é a verdadeira, / que leva para o céu / aquele que Deus a vida inteira I no

1.A vida pra quem acredita, / não é passageira irmão sempre acolheu. ilusão.! E a morte se torna bendita, I porque é 89 - AÇÃO DE GRAÇAS nossa libertação. I. Felizes os que vivem a pobreza, I buscando Nós cremos na vida eterna I e na feliz em Deus a fonte dos seus bens.! Quem chora e ressurreição. / Quando de volta à casa sente fome à sua mesa / do pão e da Palavra lá paterna / com o Pai os filhos se encontrarão. dos céus. 2. No céu não haverá tristeza, / doença, nem Poisterãooseulugarnocéu/eparasempre sombra de dor. I E o prêmio da fé é a certeza I eles verão a Deus. de viver feliz com o Senhor. 2. Felizes os que sofrem injustiça/ por causa da 3. O Cristo será, nesse dia, / a luz que háde em Palavra do Senhor, I e de todos os que forem todos brilhar. I A Ele imortal melodia / os perseguidos! por construir o reino de amor. eleitos hão de entoar. 3. Felizes os que têm misericórdia/ e fazem só 86 _MEDITAÇÃO fi VH$(lA47<1l be~ a seu irmão, I e aqueles que semeia~ no A certeza que vive em mim I é que um dia camm.ho / o amor e a paz em cada coraçAao. verei a Deus. I Contemplá-lo co'os olhos' 4. Felizes os que amam a Verdade / e tem os ' ~ I' 'd de m fim olhos claros como a luz.! Aquele que de Deus meus / e a re lei a se . 1. O sentido de todo viver / eu encontro na fé c faz a vontade, /Ievando com amor a sua cruz. no amor. / Cada passo que eu der, I será ••••• _ ••••••.•• buscando o meu Senhor. IYIIOGIIUU ••••• u..u 2. Peregrinos nós somos aqui, I construindo Letra e música: Pe, José Weber morada no céu. / Quando Deus chamar a si / 90 - ENTRADA AlIl't C1d4iÀ,.JlJ+ quem foi na terra amigo seu. I. Senhor, vem salvar teu povo / das trevas da escravidão. / Só tu és nossa esperança, I és 87 - OFERTAS nossa libertação .. Os olhos jamais contemplaram, I ninguém sabe explicar loque Deus tem preparado I 1/: Vem. Senhor! Vem nos salvar./ Com teu povo, vem caminhar!:/I àquele que em vida O amar. I. As lutas, a dor e o sofrer, / tão próprios da 2. Contigo o deserto é fértil, a terra se abre em vida do ser, I ninguém poderá comparar I com flor; I da rocha brota a água viva, / da treva nasce esplendor. a glória sem fim do céu. 2. Peregrinos nós somos aqui, / construindo 3. Tu marchas à nossa frente, / és força, caminho morada no céu. Quando Deus chamar a si / e luz.! Vem logo salvar teu povo, I não tardes, Senhor Jesus! quem foi na terra amigo seu.

41

Envia tua Palavra,l Palavra de salvação I que 11: Da cepa brotou a rama,l da rama brotou a vem trazer esperança I aos pobres,libertação. 1. Tua Palavra de vida I é como a chuva que cai, I flor. I Da flor nasceu Maria, 1 de Maria o Salvador :/1. que toma o solo fecundo J e jaz n~cer a semente; I é água viva da fonte, I que faz florir o deserto, / e 1. O Espírito de Deus sobre Ele pousará, I de
uma luz no horizonte, é novo caminho aberto. 2. Ela nos vem no silêncio, no coração de quem crê, I no coração dos humildes, / que vivem por teu poder. J Aos fracos ela dá força, I aos pobres, sabedoria, / ese tomou nossa carne, J nasceu da Virgem Maria. . 3. Vem visitar nossa terra, / 6 Sol de um novo dia, I que rasga treva da noite I e todo o mundo alumia. I Olha o teu povo cativo, I tem pena de sua dor, / porque és a nossa esperança, / és nosso Deus Salvador saber, de entendimento este Espírito será.! De conselho e fortaleza, de ciência e de temor, I achará sua alegria no temor do seu Senhor. 2. Não será pela ilusão do olhar, do "ouvir falar", 1 que Ele irá julgar os homens, como é. pr~xe acontecer. I Mas os pobres desta terra com Justiça julgará.! e dos fracos o direito Ele é quem defenderá. 3. Neste dia, neste dia o Senhor estenderá I sua mão libertadora pra seu povo resgatar. I Estandarte para os povos, o Senhor levantará; I a seu povo, à sua Igreja, toda a terra acorrerá.

91

-ACLAMAÇAoAOEVANGELHO

94 - AÇÃO

DE ORAÇAS

.1)trY\.

:) :)

:}
:)

::)
~

:)
~ ~

='

:j
~ ~ ~

92

-OFERTAS

11: Pão e vinho apresentamos com louvor. J E MISSA lIDEUSSE FEZ IRMÃO" (DDEP3907) pedimos: o teu Reino! Vem, Senhor!:/! Letra: J. Thomaz Filho -Música: Frei F abreti 1. Pão e vinho repartimos entre irmãos. I São o
laço da unidade do teu povo. / Nossas vidas são também pequenos grãos, I que contigo vão formar o homem novo. 2. Eis aqui a nossa luta, dia a dia, I pra g~ar com o trabalho nosso pão. I Mas Tu és o ahmento da alegria, I que nos pobres fortalece o coração, 3. Vem, Senhor, vem caminhar à nossa frente, I vem conosco toda a terra transformar. I E no mundo libertado e transparente, I os irmãos à mesma mesa vão sentar. 95-ENTRADA 1. Nosso Deus viu que o tempo chegou / e uma Virgem lhe disse que sim. I Vem, que um Menino chorou I entre as palhas, assim: I é Natal!

-:j
~ ~ ~ ~ ~ ~
".:)

:J

Glória a Deus no mais alto dos céus! 1E que os homens encontrem Belém, / tragam seus olhos sem véus, / reconheçam também: I é Natal! 2. O poder fe, as contas. porém, I para ter a certeza na mão. I Mas nem notou que em Belém I
é Natal! vamos lá! / E quem viu, foi na manjedoura Ele está! / é Natal!

encontramos o Irmão: COMUNHÃO ~ 3. Um menino nasceu, /!:Vem, 6 Senhor, com o teu povo caminhar, I correndo e contou: I teu corpo e sangue, vida e força vem nos dar:/! Deus-conosco chegou:

93 -

1. A Boa-Nova proclamai com alegria. I Deus vem a nós, Ele nos salva e nos recria. / E o deserto vai florir e se alegrar.!l: Da terra seca, flores, frutos vão brotar:I/. 2. Eis nosso Deus e Ele vem para salvar, I com a sua força vamos juntos caminhar / e construir um mundo novo e libertado li: do egoísmo, da injustiça e do pecado:I/. . 3. Uma voz clama no deserto com Vigor: / "Preparai hoje os caminhos do Senhor!" I Tirai do mundo a violência e a ambição.z/: que não vos deixam ver no outro vosso irmão:l/ 4. Distribuí os vossos bens com igualdade, I fazei na terra germinar fraternidade. I O Deus da vida marchará com o seu povo,!l: e homens novos viverão num mundo novo:I/. 5. Vem, ó Senhor, ouve o clamor de tua gente, I que luta e sofre, porém crê que estás presente. I Nao abandones os teus filhos, Deus fiel, 11: porque teu nome é Deus-conosco: Emanuel:J I.

(Salmo 95) Pequenino se fez nosso irmão, 1Deus-conosco! Brilhou nova luz! //: Quem cborou venha ver que o Menino 1tem razão de chamar-se Jes~s:1 / 1. Cantai ao Senhor um canto novo, I cantai ao Senhor, terra inteira! I Cantai ao Senhor, seu
ó

96 -MEDITAÇÃO

~

-

nome bendizei! 2. O céu foi criado por suas mãos, I e cercam-no esplendor e majestade: / beleza e poder por todo o santuário! 3. Proclamai a salvação dia após dia: I sua glória anunciai entre as nações, / e tudo o que fez aos povos desta terra: 97-ACLAMAÇÃOAOEVANGELHO

Aleluia! Quem diria! / Boa-Nova é encontrar um menino! I Aleluia! Quem diria! / Partilbando do nosso destino! (Aleluia, aleluia!) Já nasceu nos mostrando outro jeito I de plantar novamente a harmonia, I de viver, de acolher o
desfeito: J vem chegando da periferia!

42

Longe, distante de casa, I o Menino nasceu: I dorealegriatãojuntas,/nossoDeusconheceu! I. Então chegaram pastores I trazendo o suor do trabalho,! simples, na pobreza,! num sorriso, o mais nobre agasalho! 2. Então os sábios partiram: Ihumilde, insistente procura! I Longe dos palácios,! manjedoura foi berço e ternura! 3. E nós também acorremos, I quem pode esquecer o Menino'! Quis morar conosco, I desvelou-nos o nosso destino!

98 - OFERTAS

99 - COMUNHÃO Deus nos espera em Belém, I sabe da fome que temos! I Vamos à Casa do Páo: Ilá nosso Irmão nós veremos! I.Todaa bondade de Deus f desde ocomeço vigora. I Felizes todos os povos: hoje conosco Ele mora! 2. Foram Maria e José I os escolhidos da vida, I que viram a Felicidade I em se entregar sem medida. 3. Anjos cantaram por lá! cantos de plena alegria, lequemsefezvigilante,/viuqueoMeninosorria. 4. Longe uma estrela brilhou I e nos chamou para perto, f e quem buscou a Verdade, J vi u que há bem mais que o deserto. 5. Justo e piedoso ancião J teve o Consolo em seus braços, I e quem a Luz procurava, I pôde seguir os seus passos. 6. Eis nossa Paz, nosso Bem! Que a humanidade se esmere I em te olhar, gesto e passo, ! postos no Amor que a prefere!

I. Nas terras do Oriente, , surgiu dos céus uma luz 11: Que vem brilhar sobre o mundo! e para Deus nos conduz:1I Nasceu Jesus Salvador: / Aleluia, aleluia! I É Ele o Cristo Senhor! / Aleluia, aleluia! 2. Nasceu-nos hoje um Menino,! um Filho que nos foi dado. //:E grande e tão pequenino, I Deus forte é Ele chamado:1I 3. Cantai com muita alegria,' que grande amor Deus nos tem 111:Pequeno. pobre, escondido, I nasceu por nós em Belém:// 4. Os pobres, os pequeninos,! que não têm vez e nem voz, 11: agora têm companheiro,! jamais irão ficar sós:/I.

102 - MEDITAÇÃO

103 - ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Sol.: Uma grandealegria. Todos: A1e1uia,aleIuia! S. O anjo de Deus anuncia. T: Aleluia, aleluia! S. Nasceu hoje o Salvador. - T: Aleuia, aleluia! S.Nosso Irmão, nosso Senhor: T: Aleluia, aleluia! II:Aleluia, aleluia! /I Aleluia, aleluia!:/1

104 - OFERTAS 21 Que poderemos ao Senhor apresentar, I quando seu Filho de presente Ele nos dá? I. O infinito do universo, , e o sorriso das crianças. I Nossas lutas e alegrias. , nossas dores e esperanças. 2. Toda flor que desabrocha,' toda lágrima que cai, , o clamor dos pequeninos, I todo riso e todo ai. 3. Nossos campos que florescem, I o suor de 100 - AÇÃO DE GRAÇAS I. A felicidade tem nome, I só quem acredita, nossas mãos, I e o trabalho do operário' que do vai ver: ! Deus veio menino saber I do nosso trigo fez o pão. 4. Nossas vinhas cultivadas I e cuidadas com sorrir, dor e fome. Vamos correndo a Belém! / Uma estrela nos carinho,! o labor do vinhateirol que da uva fez vem./ÉDeusa nossa Paz,/ é Deus o nosso Bem! o vinho. 2. A felicidade não mora I num lugar qualquer, 5. Pão e vinho vão tornar-se I Corpo e Sangue num quintal: I ela faz florir um natal,! se a gente do Senhor; , nossa vida também seja I transformada em seu amor. é irmão de quem chora. 3. A felicidade consegue I suplantar o mal, ser perdão; f transforma mãos dadas em pão:' que lOS COMUNHÃO ~ No presépio pequenino, / Deus é hoje nosso o nosso viver não se negue! irmão./ E nos dá seu Corpo e Sangue I nesta remA. NATAl. (I) (DDEP 0083) Santa Comunhão. Ma. de Fátima Oliveira e Pe. José Weber I. Para os homens que erravam nas trevas, I lá do céu resplandece uma luz. I Hoje Deus 101 - ENTRADA visitou nossa terra I e nos deu o seu Filho Jesus. Aleluia! Aleluia! IGlória aDeus oosaltos céus!lE 2. Duma flor germinada na terra, I fecundada naterrapazaosbomens,/bemamadosfilhcBseus. por sopro de Deus, I hoje um novo começo I. Da tlor plantada na terra, I nasceu um fruto desponta! e se abraçam a terra e os céus. divino. I Um Filho foi concebido, lo céu nos 3. Boas-Novas de grande alegria/mensageiros deu um Menino. 2. O "sim" da Virgem Maria I gerou a luz da do céu 'vêm cantar, I e aos pastores um anjo esperança. , E Deus o mundo recria! na forma anuncia: '''Deus nasceu em Belém de Judã". 4. Para nós nasceu hoje um Menino,' do seu de uma Criança. 3. Alegres como os pastores,' cantemos graças povo Ele é Salvador. 'Glória a Deus no mais a Deus.! Seu Filho vem como um pobre, I unir alto dos céus, I paz aos homens aos quais tanto amou. a terra e os céus.
43

5. Para os pobres e fracos da terra, / em Belém nasceu hoje um irmão. / Ele humilha os soberbos e fortes I e se faz dos pequenos o Pão. 6. Poderosos e grandes da terra I nem souberam da grande alegria; / mas pastores e pobres vieram / adorar o Senhor com Maria. 7. Hoje o mundo é de novo criado I e a glória se espalha na terra. I Como irmãos, homens todos, univos, I destruí vossas anuas de guerra. S.Como irmãos, homens todos, uni-vos, I reparti vossos bens justamente, I dai as mãos, construí mundo novo, I porque Deus visitou sua gente.

3. Maior motivo de oferenda, I pois o Senhor ressuscitou I para que todos tivéssemos vida. 4. Irmãos da terra, irmãos do céu, I juntos cantemos: gl6ria ao Senhor. / Aqui trazemos as nossas ofertas.

::)
:J

='

110 -COMUNHÃO

I. Noite feliz, Noite feliz! / Ó Senhor, Deus de amor, / pobrezinho nasceu em Belém, / eis na lapa Jesus, nosso bem! li: Dorme em paz 6, Jesus:/!. 2.Noite feliz, Noite feliz! I Ó Jesus, Deus da luz, I quão afável é o teu coração / que quiseste nascer nosso irmão, //: e a nós todos salvar:!/. 3. Noite feliz, noite feliz! I Eis que no ar vêm cantar / aos pastores os anjos dos céus, I anunciando a chegada de Deus/I: de Jesus Salvador://.

106 - AÇÃO DE GRAÇAS

1. Gruber

MIU IA R111111.ICII-

(DDEP SIN) Letra e música: Pe. José Cândido da Silva

I. Este é o hino do povo de Deus, que caminha pra união. I Venham todos à comunhão com Jesus e com nosso irmão. 1/: Cristo ressuscitou, Cristo ressuscitou, / vive no nosso meio, aleluia! :/! 2. Meus irmãos, venham todos cear, é a ceia da ressurreição. I O Cordeiro está imolado, celebremos a salvação. 3. Quem comer deste pão viverá, é o pão vivo que vem do céu; / esperemos a salvação, novos céus, nova terra. 4. No Senhor fomos redimidos, no seu sangue lavados fomos. I Sua cruz é libertação, Jesus Cristo é nosso irmão. 5. Quem nos vir sempre reunidos, vai dizer: como são unidos. I Nossos sonhos se realizaram, quem tem fé vive a eternidade.

e:

.::)
~ ~ :) ~ ~ ~ ~

~

:)
~ ~

:)
~ ~

UI

-AçAODEGRAÇAS

I. Jesus Cristo, nossa Páscoa, / ressuscitou e hoje vive. f Celebremos, pois, a sua festa / na 108 - ACLAMAÇAoAO EVANGELHO alegria da fraternidade. Cristo venceu, aleluia. Ressuscitou, aleluia.! O Pai I/:Jesus Cristo está vivo entre nós. I Aleluia, lhe deu glória e poder, eis nosso canto, aleluia. aleluia! :// 1. Este é o dia em que o amor venceu. Brilhante luz 2. Ele é a nossa esperança f com sua morte deu. iluminou as trevas. / N6s fomos salvos para sempre. nos vida. I E hoje vai conosco, lado a lado, 2. Suave aurora veio anunciando que a nova era foi Idando sentido ao nosso caminhar. inaugurada. I N6s fomos salvos para sempre. 3. Também n6s ressuscitemos Ipara uma vida de 3. No coração de todo homem nasce a esperança de amor. I É preciso que o mundo veja I em nós, um novo tempo. / N6s fomos salvos para sempre. cristãos, a páscoa do Senhor. 109 - OFERTAS AO EVANGELHO I. Bendito sejas, 6 Rei da gl6ria I ressuscitado, 113-ACLAMAÇAO Senhor da Igreja. I Aqui trazemos as nossas ofertas. Eis o dia do Senhor! Aleluia, aleluia, aleluia! Vê com bons olhos nossas humildes ofertas; / 1.0 Cristo ressuscitou, I da morte nos libertou. tudo o que temos seja pra ti, ó Senhor. 2. Nas trevas brilhou a luz: J o Cristo que ao Pai 2. Vidas te encontram no altar de Deus. I Gente se conduz. doa, dom que se imola. I Aqui trazemos as nossas 3. Salvou-nos o seu amor. / Cantemos-lhe, pois, ofertas. louvor.

107-ENTRADA I. yencendo o pecado, vem, Senhor glorioso, vem. I Es nosso consoladoroTu és nossa vida; se nós somos alegres, devemos a ti. Alegres cantamos, Jesus ressurgiu, Jesus ressurgiu.! A Igreja reveste a veste da glória, da vida, do Amor. 2. O povo aclamando vem, para a liturgia vem. IÉ ressurreição do Amor, é vida pra todos n6s. É canto, é festa, é celebração. 3. Com roupas festivas, vem, sorriso nos lábios, vem. / O fraco fortalecido, feridas cicatrizadas. Num rosto tristonho a alegria voltou.

L Nossa vida é um louvor a Deus pelas suas

maravilhas. / Todo dia se tornou domingo, toda vida vem de Deus. Ressurgiu Cristo Deus, vamos cantar, aleluia! /Ressurgiu Cristo Deus, vamos cantar, aleluia! 2. Vida nova em todo o universo, tudo se unificou. / Deus se reconciliou com os homens em Jesus, o Salvador.

:)
~

:;)
~

1II1III pAICl1 112 -ENTRADA

c.

(EPD0306) Ir. MíriaT. Kolling

:;)
~ ~ ~
-~ -~

A

~

':l
~
.~

~

:) ~
.~

44

o

I. Um homem plantou uma vinha com amor; I partindo em viagem, sua vinha arrendou. ! Mandou empregados sua parte buscar: I mataram seu filho. sem nada entregar. I Irado este pai rejeitou seus rivais. / buscando outros por nós é seu amor. 2. çoragem e força Ele nos dá, / fazendo-se homens que rendam bem mais. 2. Ao fim da parábola, Cristo lhes diz: I "Serei nosso Salvador. 3. Eu não morrerei, mas viverei, I e assim, rejeitado, a Escritura o prediz. I A pedra a que os homens não deram valor I será a principal louvarei o meu Senhor. para Deus construtor" .lEu não morrerei, viverei 115 - COMUNHÃO para os meus, I e assim narrarei todas as obras 1.CeJebremosnossaPáscoa,/co'a1egria,noSenhor. de Deus. I Caminhemos na verdade, I buscando sempre o 119 - ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO amor. Cremos em ti I e te aceitamos, ó Cristo vivo./ E Que alegria, Cristo ressurgiu! I No Evangelho o teu amor ao mundo levaremos, / aleluia, Ele vai falar.! Entoemos nosso canto de louvor e gratidão: I sua Palavra vamos aclamar. aleluia! 2. Cristo vem nos dar sua vida, I vem conosco 11: Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia!:1I caminhar. I Encontramos nele a força I pro seu 120 - OFERTAS amor testemunhar. I. Em procissão vão o pão e o vinho, ! 3. O Senhor ressuscitado I nossa vida assumiu, / e acompanhados de nossa devoção. I Pois nos alcançou vitória, I porqueda morte nossalvou. simbolizam aquilo que ofertamos: I nossa vida 4. Quem de Cristo se alimenta, I para sempre e o nosso coração. viverá; / e com ele. glorioso. / um dia, o Pai Ao celebrar nossa Páscoa, / e ao vos trazer encontrará. nossa oferta, / fazei de nós, ó Deus de amor, 5. Também todos nós queremos, I pela vida, / imitadores do Redentor! anunciar / que o Cristo está presente I e traz-nos 2. A nossa Igreja, que é Mãe, deseja I que a hoje a salvação. consciência do gesto de ofertar! se atualize durante toda a vida, I como o Cristo se imola 116 - AÇÃO DE GRAÇAS I. Pela alegria que reina em toda parte, / na sobre o altar. 3. Eucarisliaésacrifício,I aquelemesmo que Cristo natureza, tão cheia de esplendor; ! no ar festi vo, ofereceu. I O mundo e o homem serão reconnas cores vivas.! eu sinto a lua e minha Páscoa, duzidos! paraa Nova Aliançacom seu Deus. ó Senhor. 4. O pão e o vinho serão em breve lo Corpo e A Páscoa não é só hoje,! a Páscoa é todo dia. o Sangue do Cristo Salvador. I Tal alimente nos ! Se eu levar o Cristo em minha vida, I tudo une num só corpo, I para a glória de Deus e seu será um eterno "aleluia"! louvor. 2. Toda beleza, promessa ou esperança, I todo esforço, trabalho e amor, I tudo é Páscoa, tudo 121- COMUNHÃOf]>(t"é vida, I pois neste dia o Senhor ressuscitou. I. Antes da morte e ressurreição de Jesus,! Ele, na Ceia, quis se entregar: I deu-se em comida e I\ISSA "EU _ VOIU ,AsaA" iDDEP 3973) bebida pra nos salvar. D. Carlos Alberto Navarro e Waldeci Farias 11: E quando amanhecer I o dia eterno, a Cristo é o dom do Pai I que se entregou por nós. I Aleluia, aleluia! I Bendito seja o nosso Deus! I. Dai a graças a De us, poi s Ele é bom; I eterno

114 -

OFERTAS

118 - MEDITAÇÃO

~ I. Por sua morte, a morte viu o fim,l do sangue derramado a vida renasceu. I Seu pé ferido nova estrada abriu, I e neste Homem, o homem, enfim se descobriu.

117 - ENTRADA

Meu coração me diz: "O Amor me amou, I e se entregou por mim!" Jesus ressuscitou! I Passou a escuridão, o sol nasceu! / A vida triunfou: Jesus ressuscitou! 2. "Jesus me amou e se entregou por mim I" I Os

homens todos podem o mesmo repetir.! Não temeremos mais a morte e a dor, I o coração humano em Cristo descansou.

2. Para lembrarmos a morte, a cruz do Senhor, /nósrepetimos, como Ele fez: I gestos, palavras, até que volte outra vez. 3. Este banquete alimenta o amor dos irmãos.r e nos prepara a glória do céu; I Ele é a força na caminhada pra Deus. 4. Eis o Pão vivo mandado a nós por Deus Pai! ! Quem o recebe não morrerá; I no último dia vai ressurgir. viverá. 5. Cristo estã vivo, ressuscitou para nós! /Esta verdade vai anunciar I a toda terra, com alegria, a cantar.

plena visão, I ressurgiremos vida escondida no pão:/I.

por crer I nesta

4S

DE GRAÇAS I. Ressuscitou: toda a Igreja proclama. ! E convida o homem novo a cantar.! Povo santo e feliz, Jesus Cristo vos chama: / "Amai-me e havereis de me possuir". Quereis cantar louvor a Deus? / E não sabeis com que louvar? .. / Cantai com a voz, com os lábios,/ e louvai com a vida e o coração. 2. Cantai, irmãos, este cântico novo I que é expressão de alegria e amor. I A palavra e a voz anunciem de novo I aquilo que sois, por vi verdes bem.

122 - AÇÃO

MIIIA DI ElPfRITIIAlTI (I) (DDEPOO57) L.: Pe. Lúcio Floro - M.: Ir. Míria T. Kolling
123 - ENTRADA.1) Estaremos aqui reunidos, I como estavam em Jerusalém, / pois só quando vivemos unidos, / é que o Espírito Santo nos vem. I. Ni nguém pára esse vento passando;! ninguém vê e ele sopra onde quer. ! Força igual tem o Espírito quando f faz a Igreja de Cristo crescer. 2. Feitade homens, aIgrejaédivina,/pois oEspírito Santo a conduz, / como um fogo que aquece e ilumina, I que é Pureza, que é Vida, que é Luz. 3. Sua imagem são línguas ardentes, f pois o Amor é Comunicação./ E é preciso que todas as gentes I saibam quanto felizes serão. 4. Quando o Espírito espaIma suas graças, I faz dos povos um só coração. ICresce a Igreja, onde todas as raças' um só Deus, um só Pai louvarão.

126· OFERTAS Pão e vinho, Pai, poremos, I nesta mesa, uma vez mais.! É um pouco do que temos I pelo muito que nos dais. I. Vós nos dais Jesus, o Cristo, I mas o Cristo, o que nos faz? I Vem morrer crucificado,! para vir ressuscitado I e nos dar a sua paz. . 2. Vós nos dais o vosso Fi lho,! para ser o nosso Irmão. I E pra termos, de verdade, , só amor. fraternidade. , Ele deu-nos o perdão. 3. Vosso Filho, Pai, nos destes / para nosso Redentor. ! Pra livrar-nos do egoísmo, , Ele sopra - é simbolismo, , e nos dá o Santo Amor. 4. Vosso Filho, Pai. fizestes,/ ser do mundo a Salvação. ! Mas Jesus. que nos quer tanto, I pelo Espírito que é Santo, , nos confiou sua Missão.

127-cOMUNHÃO I. Senhor. vem dar-nos sabedoria! que faz ter tudo como Deus quis. , E assim faremos da Eucaristia' o grande meio de ser feliz. Dá-nos, Senhor, esses dons, essa luz, I e nós veremos que Pão é Jesus. 2. Dá-nos, Senhor, o entendimento,' que tudo ajuda a compreender.' Para nós vermos como é alimento f o Pão e o Vinho que Deus quer ser. 3. Senhor, vem dar-nos divina ciência, I que como o Eterno, faz ver sem véus: 1"- Tu vês por fora, Deus vê a essência, , pensas que é pão, mas é nosso Deus". 4. Dá-nos, Senhor, o teu conselho,! que nos faz sábios para guiar. 'Homem, mulher, jovem e 124 - MEDITAÇÃO velho! nós guiaremos ao santo altar. Divino Espírito que sois amigo, I vinde louvar o 5. Senhor. vem dar-nos a fortaleza. ! a santa Pai dentro de nós. IConvosco em mim,somente força do coração.' Só quem vencer vai sentarMSim consigo I falar a Deus, e com divina voz. se à Mesa. ! para quem luta Deus quer ser pão. l. Aconch.egais como se fosse um ninho, I 6. Dá-nos. Senhor, filial piedade, , a doce convosco o Pai, o Filho em tal união. I Que forma de amar. enfim. I Para que amemos Deus é único sem ser sozinho: I são três amando quem, na verdade, ! aqui amou-nos até o fim. num só coração. 7. Dá-nos. enfim. temor sublimeI de não amá2. Vós sois união de três lá na Trindade,! união de muitos sempre é vosso dom. I Vós sois lo como convém: 1- O Cristo-Hóstia. que nos riqueza, sois a variedade, ! por Vós há mil redime I - O Pai celeste. que nos quer bem. maneiras de ser bom! 128 • AÇÃO DE GRAÇAS 3. Toda a alegria e tudo o que eu espero,! toda a I. O amor de Deus cobriu / rios e mares no beleza que este mundo tem,l a luz, a fé. bondade, princípio.! Foi assim que a terra viu desabrochar amor sincero, I é tudo graça que de Vós nos vem. lo colorido festival' de flores mil. 125 - ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Vós sois amor e vida, / por isso a vida só vale I. Aleluia! Cantamos vibrando! ao ouvir o no amor, no amor! Evangelho de pé. I Fala o Espírito Santo a nós 2. O amor de Deus desceu I bem no fundo das pessoas. I Foi assim que o mundo viu gente sorrir. quando / a Palavra acolhemos com fé. 2. Aleluia! Aleluia! Nós cremos! I Mas iremos I e muita gente se encontrar! num doce olhar. nós crer muito mais, , pois aqui sons e letras 3. O amor de Deus brilhou / bem no centro, em colhemos,/ luz e graça em nossa alma semeais. nossa História. I Foi assim que se entendeu - só é Aleluia! Aleluia! felizl e s6 tem gl6riae tem poder Iquem sabe amar.

cq

46

ft.asA 111tSPímJ SANIO (I)

(DDEP3902) Letra: J. Thomaz Filho - Música: Frei Fabreti

133- COMUNHÃO
1. Cantar a beleza da vida, / presente do amor sem igual: / missão do teu povo escolhidol! Senhor, vem livrar-nos do mal!

129 - ENTRADA

l.Não há medo, incerteza ou cansaço, I quando Vem dar-nos teu Filho, Senhor,! sustento no o Espírito Santo nos vem: / quem temia, pão e no vinho, I e a força do Espírito Santo, recobra seu passo, / quem calava, proclama, I unindo o teu povo a caminho! 2. Falar do teu Filho às nações, I vi vendo como porém. Somos povo de Deus caminheiro, I teste- Ele viveu: / missão do teu povo escolhido, I munhas do Reino que vem! renovar corações Senhor, vem cuidar do que é teu! por inteiro,1 não deixando de lado ninguém. 3. Viver o perdão sem medida, / servir sem 2. Toda a terra se vê transformada, I quando o jamais condenar: / missão do teu povo Espírito Santo nos vem, / e a Palavra de Deus escolhido, / Senhor, vem conosco ficar! 4. Erguer os que estão humilhados, I doar-se é levada / aos cativos e aos pobres também. 3. Vida nova na terra se faz, / quando o aos pequenos, aos pobres: / missão do teu povo Espírito Santo nos vem. I Ajustiçaé o caminho escolhido. I Senhor, nossas forças redobra! 5. Buscar a verdade, a justiça, I nas trevas da paz. / Povo irmão: ninguém pisa ninguém. brilhar como a luz: / missão do teu povo escolhido. / Senhor, nossos passos conduz! 130 - MEDITAÇÃO 1. Vinde, Espírito de Deus, / e enchei os 6. Andar os caminhos do mundo, I plantando corações / dos fiéis com vossos dons! I Acendei teu reino de paz: / missão do teu povo escolhido. / Senhor, nossos passos refaz! neles o amor / com um fogo abrasador, / vos 7. Fazer deste mundo um só povo, I fraterno, a pedimos, ó Senhor! serviço da vida: / missão do teu povo escolhido. E cantaremos Aleluia! I E a nossa terra / Senhor, vem nutrir nossa lida! renovada ficará, I se o vossoEspírito, Senhor, 134 - AÇÃO DE GRAÇAS I nos enviais. 2. Vós que unistes tantas gentes/tantas lfnguas 1. Os panos dobrados no chão, I sepulcro vazio diferentes, / numa fé, numa unidade; / pra encontramos: / a morte perdeu a razão, I a buscar sempre a verdade/ e servir o vosso história ensinou aonde vamos! Vencer as fronteiras e o pranto, I e a todos Reino / com a mesma caridade. força 131 - ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO levar bema e paz, I na refaz! do Espírito Santo, / é vida que se O meu Espírito conduz I quem ouve a voz do 2. A luz que brilhou vence a treva, / o sal deu Filho meu,1 Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia! sabor, cativou; venceu toda dor que se eleva,! Deus Quem der testemunho de mim / diante dos mesmo conosco ficou! homens, dos tronos, / nao tema o que possa 3. Estamos no meio do mundo, I fermento que faz novo dia. / Aqui nosso empenho profundo dizer, / que o meu Espírito mesmo dirá. I será recompor a harmonia!

132 - OFERTAS
1. Ó Pai, que pelo Espírito, / dás vida e santidade I a toda a criatura, / recebe, que te agrade / - a oferta que trazemos, / o nosso vinho e pão: / esforço que fizemos / e dom de tua mão!

NBA'..,....OA~·
135 - ENTRADA:D

(DDEP3905) Letra e música: Frei Luiz Turra

1. Ó Senhor, nós estamos aqui, I junto à mesa Transfonna a nossaoferta/no domdoFilhoteu, da celebração, I simplesmente atraídos por I eospassosdo teu povoI emluz que seacendeu. Vós, / desejamos formar comunhão! 2. Ó Pai, que pelo Espírito, / em rios de água Igualdade, fraternidade, I nesta mesa nos viva / transformas nossa sede, / recebe sem ensinais. 11: As lições que melhor educam,' esquiva. / - a oferta que trazemos, / o nosso na Eucaristia é que nos dais!:/ vinho e pão, / sinais do compromisso: / plantar um. mundo irmão! 3. O Pai, que pelo Espírito, f nos fazes renascer / e tudo nos ensinas, / recebe com prazer / - a oferta que trazemos, / o nosso vinho e pão: / firmeza dos que aprendem I a força do perdão!

2. Todos cantam o vosso louvor, / pois em Vós todos somos irmãos. / Ouviremos com fé, 6 Senhor, / os apelos de libertação. 3. Este encontro convosco, Senhor, I incentiva a justiça e a paz; I nos inquieta e convida a sentir I os apelos que o pobre nos faz.

47

4. Acolheis com o vosso perdão, f todo homem disposto a crescer; I ao redor desta mesa, Senhor, I a unidade podemos viverlir I os apelos que o pobre nos faz. 4. Acolheis com o vosso perdão, / todo homem disposto a crescer; / ao redor desta mesa, Senhor, / a unidade podemos viver!

136 - ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO //:A vossa Palavra, Senhor, fé sinal de interesse por nós:// 1.Como o Pai ao redor de sua mesa, I revelando MISSA 00 CORAÇÃIJ DE .BUI (DDFP0071) Letra: D. Carlos Alberto Navarro seus planos de amor. Música: Waldeci Farias 2. É feliz quem escuta a Palavra, I e a guarda 140 - ENTRADA ~ no seu coração. 1. Nao sei se descobriste a encantadora Juz' no 3. Neste encontro da Eucaristia, I aprendemos olhar da mãe feliz que embala o novo ser./Nos a grande lição! braços leva alguém, em forma de outro eu; , 137 - OFERTAS vivendo agora em dois, se sente renascer. A mãe será capaz de se esquecer, / ou deixar I. É prova de amor I junto à mesa partilhar./ É sinal de humildade / nossos dons apresentar. de amar algum dos filhos que gerou? / E se Acolhei as oferendas deste vinho e deste existir, acaso, tal mulher ,/Deus se lembrará de nós em seu amor. pão, / e o nosso coração também! / Senhor, que vos doastes totalmente por amor,! fazei 2. O amor de mãe recorda o amor de nosso Deus; 'tomou seu povo ao colo; quis nos atrair. de nós o que convém! , Até a ingratidão inflama seu amor: / um Deus 2. Quem vive para si,.! empobrece o seu viver; / apaixonado busca a mim e a ti. quem doar a própria vida, I vida nova há de colher. 3. Oferta é bem servir, / por amor ao nosso 141 - MEDITAÇÃO :J) irmão. / É reunir-se nesta mesa, I e celebrar a Sou bom pastor, ovelhas guardarei, I não redenção. tenho outro oficio, nem terei: I quantas vidas eu tiver, eu lhes darei. 138 - COMUNHÃO ~ 1. Maus pastores, num dia de sombra, , não 1. Na mesa sagrada se faz unidade, I no pão que cuidaram, e o rebanho se perdeu. / Vou sair alimenta, I que é pão do Senhor, / formamos pelo campo, reunir o que é meu; ; conduzir e família na fraternidade; não há diferença de salvar. raça e de cor. 2. Verdes prados e belas montanhas' hão de I/:Importa viver, Senhor, I unidos no amor; I ver o pastor, rebanho atrás. , Junto a mim, as na participação, I vivendo em comunhão!:/1 ovelhas terão muita paz; I poderão descansar. 2. Chegar junto à mesa é comprometer-se, I é 142 - ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO a Deus converter-se com sinceridade./ O grito Aleluia! Aleluia!; Como o Pai me amou, dos fracos devemos ouvir, I e em nome de assim também eu vos amei.! Aleluia! Aleluia! Cristo, amar e servir. , Como estou no Pai, permanecei em mim. 3. Enquanto na terra o pão for partido, / o Vós todos que sofreis, aflitos, vinde a Mim! ; homem nutrido se transformará, / vivendo a Repouso encontrarão os vossos corações. I esperança num mundo melhor: / com Cristo Dou graças a meu Pai que revelou' ao pobre, lutando, o amor vencerá. ao pequenino seu grande amor. 4. Se participamos da Eucaristia, / é a grande 143 - OFERTAS Lalegria que Deus oferece./ Porém não podemos deixar esquecida I a dor, nesta vida, que o I. Muito alegre eu te pedi o que era meu. ; Partir! Um sonho tão normal.z Dissipei meus pobre padece. bens, o coração também.r No fim, meu mundo 5. Assim, comungando da única Vida, / a era irreal. morte vencida: será nossa sorte. / Se unidos Confiei no teu amor e voltei. ; Sim, aqui é o buscarmos a libertação, I teremos com Cristo meu lugar! / Eu gastei teus bens, ó Pai, e te a ressurreição! dou; este pranto em minhas mãos.
48

DE GRAÇAS 1. Juntos vamos para a luta, / vivenciar o que aprendemos; / com amor na Eucaristia, / unidade formaremos. I/:Jesus Cristo no altar, ! Jesus Cristo no viver; / onde quer que estejamos, / nele sempre vamos crer!:/1 2. A Palavra que escutamos' é a luz da caminhada. / E o Pão que repartimos, , é o sustento da jornada.

139 - AÇÃO

:>
:)
~ ~

:;:, :;.
~ ~ ~ ~
.~

':j :)
~ ~ ~ ~ ~

•....•

2. Mil amigos conheci: disseram adeus,./Caiu a solidão em mim./ Um patrão cruel levou-me a refletir: / meu pai não trata um servo assim! 3. Nem deixaste-me falar da ingratidão: f morreu, no abraço, o mal que eu fiz. f Festa, roupa nova, o anel, sandália aos pés; I voltei à vida, sou feliz! 144 - COMUNHÃO ,t}tmProcuro abrigo nos corações, I de porta em porta desejo entrar .11: Se alguém me acolhe com gratidão, I faremos juntos a refeição:1I 1. Eu nasci pra caminhar assim, f dia e noite; vou até o fim. I O meu rosto o forte sol queimou, I meu cabelo o orvalho já molhou: I Eu cumpro a ordem do meu coração. 2. Vou batendo até alguém abrir. f Não descanso. O amor me faz seguir. fÉ feliz quem ouve a minha voz, f e abre a porta; entro bem veloz: I Eu cumpro a ordem do meu coração. 3. Junto à mesa vou sentar depois, I e faremos refeição, nós dois. I Sentirá seu coração arder I e esta chama tenho que acender: / Eu cumpro a ordem do meu coração. 4. Aqui dentro, o amor nos entretém; I e, lá fora, o dia eterno vem. I Finalmente, nós seremos um. / e teremos tudo em comum: I Eu cumpro a ordem do meu coração.

3. Sabe quanto custa ter um filho ao léu,! fome, desconsolo, triste, sem ninguém? { Coração me diz: vai sentir-se um réu, / mas se levantar saberá também. 147 - MEDITAÇÃO (Lc 6,21-23; SI 144) Terra inteira, louvai ao Senhor, nosso Deus! / Quem tem fome Ele vem sustentar. I Nem a mão do opressor poderá nos deter: I Exultai! Ele vem nos livrar! 1. Vou te exaltar, ó meu Senhor, por toda a vida, { e bendizer o teu nome eternamente. { Todos os dias co' alegria te aclamar, I e te louvar co'amor! 2. Misericórdia e cIemênciaé o Senhor, / cheio de amor, indulgente e compassivo. { Sua bondade para todos se estende, I sempre se dá no amor! 3. Que tuas obras, ó Senhor, te rendam graças, / e te bendiga todo homem que te ama! / Que cantem glória ao teu Reino de bondade: / Reino de grande amor! 148 • ACLAMAÇÃO (Lc 5,4-11)

11: Aleluia, aleluia! / Aleluia, aleluia!:1I
Minha rede tão vazia, I rompeu de peixes, por tua voz! / Me entregaste um novo dia: / que não me prendam meus próprios nós!

145 - AÇÃO DE GRAÇAS C. 1. Se um dia caires no caminho, I não digas 149 - OFERTAS (Lc 7,36-50) nunca a teu pobre coração: /-Es mau e traidor, 1. Tanto que esperou pudesse um dia { chegar ingrato e desleal. I Nem olhes mais para o céu, bem perto, dizendo tudo!.../ Se não conseguiu não tens perdão! como queria, I o seu silêncio não ficou mudo. Rancor destrói um coração que errou. I Ela muito amou, tem a minha paz; I vai Melhor usar de mansidão e amor. seguir caminho sem temor! I Sabe quem Eu 2. Corrige teu coração ferido, I dizendo: sou, e será capaz { de espalhar na terra o Amigo, coragem, vamos lá! / Tentemos, outra meu amor! vez, chegar até o fim. / E Deus é bom, Ele vai 2. Ela ultrapassou toda a medida, / não lhe nos ajudar! bastando meros preceitos ... J Lágrimas, perfume - que acolhida! / Nem se importando NllSSADAI1MlSBlCÕlllAIlEDBJS" com preconceitos. Letra: 1. Thomaz Filho - Música: Frei Fabreti 3. Se ninguém ousou dizer bem claro / o que pensava daquele gesto, I Ele revelou como era 146 - ENTRADA (Lc 15,11-24) raro I esse carinho tão manifesto. 1. Sabe quanto custa um filho seu partir, I 4. Ele é sempre mais que um convidado, I se certo que uma herança poupará suor? / O põe à mesa, nutrindo a vida; {olha os corações silêncio diz que vai se ferir, / ao cair em si, e põe de lado / toda aparência, cura a ferida! nada ao seu redor! Vamos preparar tudo sem igual, I tragam do 150-COMUNHÃO rebanho o que melhor cresceu! I Roupas e 1. O meu Reino tem muito a dizer: I não se faz um anel, nem perguntem qual, I que hoje como quem procurou J aumentar os celeiros bem mais e sorriu! I Insensato, que valem tais este meu filho renasceu! 2. Sabe quanto custa ter um filho seu, {longe, bens, / se hoje mesmo terás o teu fim? Que sem notícia, descuidado? assim? / A esperança tesouros tu tens pra levar além? diz que não se perdeu: { logo voltará, tenho Sim, Senhor; nossas mãos / vão plantar o teu Reino! I teu Pão vai nosdar/teu vigor, tuapaz! bem pra mim!

o

49

I .1/: Feli z eu canto: Glória a Deus sem fim! / O Pai gosta de mim! ://-Se filho iludido abandono o meu lar,! não sou perdido, meu Pai sempre 151 - AÇÃO DE GRAÇAS vem me buscar. I. O amor de Deus se mostra em pleno sol, ! 2.//:Feliz eu canto glória ao Filho, sim! I Jesus flore o jardim, dá vida ao beija-flor, I brinca no gosta de mimU! -Fugi do caminho, e Jesus, mar e as nuvens põe no céu! pra me dizer: meu Pastor, ! feriu-se no espinho e pôs-me de grande é teu valor! novo no Amor. 2. O amor de Deus vem antes e depois, I e vai 3.1!:Feliz eu canto.o Amor sem fim: I Um Deus além dos sonhos que aprendi. I Não se desfaz gosta de mim!:I/ -Te expulso se brigo, e não nem mesmo ao dizer não. ! É a luz que diz: quis comunhão,! mas Tu vens comigo, fazendofilho, é por aqui! me amar o irmão. 3. O amor de Deus renova os corações / fala de Canto feliz: Louvado seja Deus! I/:Na terra e lá paz, reparte sempre o pão, I fere o temor, enfrenta nos céus!!! os desafios, / me faz dizer: tudo bem , irmão. 4. O amor de Deus compõe e recompõe, / 154 - ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO estende a mão, jamais exclui alguém; ! frente Bato palmas de alegria! a Jesus que vai falar. ao rancor, se firma no perdão, I fazendo ver: ! O Evangelho que nos guia I nós queremos Eu te quero bem! aclamar. "Deixai as crianças que venham a mim!" I r..ssA "O CÉUEM PtWIIAS MAIIS" Dizias, Jesus, com ternura na voz. ! Mas nós é PRIMEIRA EUCARISTIA (DDEP 3980) que agora clamamos assim: ! "Deixai que Letra:Pe. Lúcio Floro - Música:Ir. MíriaT. Kolling Jesus venha sempre até nós!"

2. O meu Reino se faz bem assim: / se uma ceia quiseres propor, / não convides amigos, irmãos e outros mais: / sai à rua, à procura de quem / não puder recompensa te dar, / que o teu gesto lembrado será por Deus! 3. O meu Reino - quem vai compreender? Não se perde na pressa que tem! sacerdote e levita, que vão sem cuidar ... ! Mas se mostra em quem não se contém, se aproxima e se mostra o melhor / para o irmão agredido que viu no chão. 4. O meu Reino não pode aceitar / quem se julga melhor que os demais, ! por cumprir os preceitos da lei, um a um; ! a humildade de quem vai além / e se empenha e procura o perdão, I é o terreno onde pode brotar a paz! 5. O meu Reino é um apelo que vem ! transformar as razões de viver, I que se faz desatar tantos nós que ainda tens ... ! Dizer sim é saberes repor / tudo quanto prejuízo causou, ! dar as mãos, repartir, acolher, servir!

Crianças: Sim! Parece um sonho lindo / ter o céu em nossas mãos ...! Com Jesus a nós se unindo, / nós seremos mais irmãos. Todos: Sendo assim nossa Comida, / Cristo quer só construir / sua Igreja: gente unida, ! para o mundo redimir. Crianças: A Divina Onipotência, / como o sol dá vida à flor, / vai fazer nossa inocência, / pôr no mundo mais amor. Todos: Hoje é festa bem celeste, / Ó crianças que cantais! ! Outro amigo como este, ! não encontrareis .jamais. Crianças: Não é sonho, não me iludo: / bem na palma desta mão ! eu terei meu Deus, meu Tudo ... / Bate forte, ó coração!

153 - GLÓRIA

152 - ENTRADA

155 - CREIO

E PROMESSAS

Todos: Hoje é festa diferente! pra quem vive Eu era um recém-nascido, I e logo Deus me como irmão: ! nossa Mesa tem mais gente, I salvou. I Hoje canto agradecido: I -Meu Senhor, aqui estou! cresce a nossa comunhão. Crianças: Sim, cantando, nós iremos I ao I. Eu creio no Pai celeste,! Senhor, meu Jesus, encontro do Altar, I porque nós também creio em ti, I e no amigo que Tu me deste, I e me ajuda a estar aqui. queremos! este Pão que ajuda a amar. 2. O que Tu dizes, eu digo, I só amo que amas Pai do céu, ó dá-nos de teu Pão I que nos faz também: I se Tu vais, eu vou contigo, / s6 viver em comunhão! contigo é que vou bem! Todos: Hoje é festa da esperança, / amanhã 3. Vou combater o egoísmo, I jamais o pecado será melhor. / Uma Igreja sem criança / é amarei; ! levo a sério meu cristianismo, I só jardim que não tem flor. Jesus há de ser meu Rei!

°

50

Nós somos wnafamí1ia,1 este altar lHim nos faz: Meu caminho vou seguir, I mas não vou I e a gente vai repartir I o amor, o pão e a paz. sozinho, não: I você, amigo, vem, sim, comigo, I. Preparemos este altar, I dom que o Pai !no meu coração.
concedeu. I Cristo aqui vai ensinar I todo Amor do céu. 2. Todos juntos vamos lá,! sempre amar nosso Deus! I E começa desde já I para nós o céu. 3. Vinho e luz, o pão e a flor; I tudo o que o Pai nos deu, ! repartimos com amor, I construindo o céu! 4. Mundo irmãoéque Deus quis: I com você lá vou eu; I gente unida é que é feliz, / como lá no céu! 157 • ABRAÇO DA PAZ Deste altar é que nos vem a Paz. I Tudo de bom que o bom Jesus nos traz. I Que bom sorrir I e um coração no coração sentir. Só ama a Deus quem I ao outro quer bem. I Feliz quem faz feliz o irmào! / Aperto a tua mão, amigo, / conta comigo e com meu coração.

156

OFERTAS

159

• AÇÃO DE GRAÇAS

l.Juntos nosso Pai nos quis. I Juntos. sim. porque / só assim se é feliz: / Jesus, eu e você. 2.Quem unidos nos achar, / vai achar o céu ... / União vamos pregar: I Você, Jesus e eu. 3.Gente com mais vez e voz, / mundo com mais luz, ! vamos construí-lo nós: ! Você, eu e Jesus. 4.Se Jesus conosco vai, / vem a nós, dos céus, I a ternura de Deus Pai, / a Santa Mãe de Deus.

MISSA "NISIA fOTA CIIt MAlAn

(DDEP3906)'

Letra e música: Ir. Míria T. Kolling

160 - ENTRADA Celebremos na alegria, I nossa festa com Maria: I pelo Pai amados, somos convidados !ao banquete do Senhor! I.É a festa de Jesus que vai acontecer; I feliz. 15S-COMUNHÃO está meu coração.! O vinho do amor que Deus 1. Vou cantar alegremente I nesta festa que é hoje me der, I depois eu servirei ao meu do céu. I/:Esta mesa ensina a gente / ver o irmão! 2.Maria sempre está lá onde está seu Deus! I Viver nosso e não o meu:/1 Deus é comunhào divina; I vamos ser como eu quero assim também, I pois onde está Jesus, é Deus é; I/:a Missa alimenta e ensina / a união, festa, vida e céu:' cantar comigo vem, amigo, vem! no amor e na fé://. 161- ATO PENITENCIAL 2.É feliz que eu saio agora / do lugar aonde 1.Senhor, se tua voz não ou vi,! e por caminhos estou: /!:pois chegou a grande hora I com que do mal me perdi: . a gente mais sonhou:ll. Piedade, Senhor! Piedade, Senhor! Que lição despercebida. / Só em caminhar 2.Senhor, se não te amei no irmão, / fechando assim: lI:encontro meu Deus na vida,! saindo a ele o meu coração: sempre de mim:/!. 3.Senhor, se não cumpri meu dever, I e se o 3.Tudo é festa, tudo é canto. I Eu, de pé, diante bem eu deixei de fazer: G~<:) do altar: II:Nunca a gente cresce tanto, / como 162 - GLÓRIA aqui ao comungar:/!. Pai, teu Filho é Pão e Vinho, I o Alimento que l.Glória a Deus Pai eu canto, , porque fez o nos dás: /!:assim mais feliz caminho, I de tudo céu, a terra, o mar, e a mim também. sendo capaz:!l. Eu canto glória a Deus nas alturas, I e para 4 .Abrominhamão macia.1 queroabri-Iacomoaflor... nós eu peço o amor, a paz, o bem! I Como o beiço que Maria I preparoupra seu Amor. l.Glória a Jesus eu canto, I porque veio ao Que mistério de esperança I ter um Deus em mundo, por Maria, nos salvar! minha mão! I Mas toda mão Deus alcança, ! 3.Glória ao Amor eu canto, I porque vive em mim, aberta assim para o irmão. me ensina a amar e ser feliz! S.Meu Jesus, Pão repartido I para nos alimentar, I ficao mundo sem sentidoIdiante distoaqui no altar. 163 • ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Nossa vida, nosso afeto,' tudo é para repartir: l.Com Maria, agora vou ouvir / o que Jesus quer I não viva ninguém sem teto, I sem pão, sem hoje me dizer: / feliz é quem sabe escutar a Deus no coração! ! Eu quero, ó meu Senhor, te amar. paz, sem sorrir. 6.Tudo é festa, tudo é canto,' Deus nos põe em Aleluia,ale1uia!/OEvangelhovamosnósouvir! Aleluia, aleluia! I A Jesus queremos aplaudir! comunhão: I nunca a gente cresce tanto, ! ! 2.Como Maria, depois vou guardar loque como amando o seu irmão. Com Jesus tenho alegria I de doar e repartir: / Jesus quer hoje me ensinar: !feliz é quem sabe sou flor com que a Mãe Maria! fará seu Filho cumprir na vida o que aprendeu! / Eu quero a ti, Senhor, seguir! sorrir.

8t:]

51

164 .. OFERTAS
I.Em Caná, o teu amor, Maria, I preparou a festa da alegria. I Ajuda-nos aqui, esta mesa preparar! Pãe e vinho ao Pai! nós vamos ofertar; ! depois o Pai nos dará Jesus, I feito Pão sobre este altar! 2.É no lar, na escola, em toda parte,! que este pão se faz e se reparte; I se amo e faço o bem, tenho mais pra oferecer! 3.Vem, ó Mãe, prepara a nossa oferta: I por tuas mãos, será a Comida certa. I E assim cantamos nós todos o amor que Deus nos tem.

MISSA EU SOU ma

(COMEP 3995) Letra e música: Ir. Míria T. Kolling
ll

168 ~ENTRADA
1. Eu sou fel iz, tu és feliz.' porque viemos com o Pai nos encontrar, I para falar, para ouvir' o que Ele tem a nos dizer. Com Deus, meu Pai, eu sou feliz! I Com meus irmãos, eu sou feliz. 2. O próprio Deus nos preparou I a grande festa do encontro e do amor. I E a todos quer alimentar I com Jesus Cristo o Pão do céu. 3. Vamos rezar, vamos cantar I o amor de Deus que nos salvou e nos quer bem. I Ele nos fez todos irmãos. I somos família no Senhor. 169 - ATO PENITENCIAL I. Quantas vezes eu não fiz o meu irmão feliz: Perdão, Senhor! Perdão, Senhor! 2. Quantas vezes, por preguiça, não rezei a Deus: 3. Quantas vezes com papai e com mamãe teimei: 4. Quantas vezes na escola eu não estudei: 5. Quantas vezes meus amigos eu não desculpei:

165 - SANTO
Santo, Santo, Santo Senhor,/Deus do uni verso! I Ó céu e a terra cantam. I Ó Deus, a vossa glória! I Hosana, hosana, hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! I Hosana, hosana, hosana nas alturas. 166-cOMUNHÃO

F

I.Quando teu Filho contigo vier.! pra festa da vida fazer: I Ensina-nos. Maria, I a fazer o que Ele disser! Tudo é possível! nas tuas mãos, meu Senhor! , A Eucaristia é teu milagre de Amor! 2.Quando o vinho do amor nos faltar, !e a gente ao irmão se fechar: J Ensina-nos, Maria ... 3.Quando na mesa do nosso irmão I faltar água, vinho e pão: I Ensina-nos, Maria ... 4.Quando faltar a justiça entre nós, ! e muitos ficarem sem voz: I Ensina-nos, Maria ... 5.Quando o serviço ao irmão nos custar. I cedendo à preguiça o lugar: , Ensina-nos, Maria ... 6.Quando o homem em nome da paz, I matar o irmão. pra ter mais: , Ensina-nos, Maria ... 7.Quando a tristeza invadir nosso ser, J e a vida o sentido perder: J Ensina-nos, Maria ... 8.Quando é difícil ser bom e ter fé , na Força e Poder que Deus é: I Ensina-nos, Maria ... DE GRAÇAS I.Se, Maria, vais comigo, , caminhando vou feliz: J se em teu Coração me abrigo, , vou cantando mais feliz! Com Maria vou, com Maria vais, ! vamos com Maria, lnnão! , De um lado vai o seu Menino, I de outro vou, na sua mão! 2.E porque assim me amas. caminhando vou feliz; I de "meu filho" tu me chamas: I vou cantando mais feliz!

170-

GLÓRIA

Criador, I canta o nosso coração: glória e louvor! 2. Porque Deus é nosso Irmão. e dos homens Salvador. ! canta o nosso coração: glória e louvor! 3. Porque Deus é só Amor, força e vida do cristão, Icanta o nosso coração: glória e lou vor!

Glória a Deus no céu, ô, ô!' E entre DÓS amor e paz, ô, ô! 1. Porque Deus é nosso Pai, e do mundo o

172 - MEDITAÇÃO ]>{
I. Fala. Senhor, pela Br6lia: Tu és Palavra que salva! Em mim é tudo silêncio, eu quero ouvir tua voz. 2. Fala, Senhor, pela Igreja: é tua presença no mundo! 3. Fala. Senhor, pela vida: é tua vida nos homens! 4. Fala, Senhor, pelas coisas: são teus sinais de bondade!

167 - AÇÃO

173 -CREIO" " 1'. Eu creio que Deus Pai criou os céus I e as belezas deste mundo por amor. Eu creio, sim! Eu creio, sim! E vivo alegre a minba fé! 2. Eu creio que Deus Filho nos salvou. I Morreu na cruz e ressurgiu por nosso amor. 3. Eu creio que o Espírito de amor I mora na Igreja e nos homens por amor. 4. Eu creio que a vida está no céu, I que viveremos para sempre no amor.

52

2.A missão da mulher é velar I discretamente 174 - OFERTAS pelos seus; I quem cuidou de Jesus, olha agora 1. Com alegriaofertamosI tudo o que somoseternos. por nós, I a família dos filhos de Deus. Nas mãos do Pai colocamos, com Jesus, todo 180 - MEDITAÇÃO o nosso viver. 2.Esta semana de estudo / e o que de bom I.És Maria, a Virgem que sabe ouvir / e aprendemos. acolher com fé a santa Palavra de Deus./ Dizes 3. Nossos peq uenos trabalhos, I dores, cansaço "sim" e logo te tornas Mãe; I dás à luz depois alegrias. ' 4. A união da família I e todo o bem que há no o Cristo que vem nos remir. Virgem que sabe ouvir o que o Senhor te diz! mundo. I Crendo, geraste quem te criou! Ó Maria tu 175-sANTO és feliz. 1. Deus é Santo, Deus é forte, / Deus é bom e 2.Contemplando o exemplo que tu nos dás. { poderoso. / A terra e o céu cantam seu louvor: nossa Igreja escuta, acolhe a Palavra com fé.! / viva o Senhor que entre nós já vem! E anuncia a todos, pois ela é pão I que alimenta; 2. Deus é justo e verdadeiro, {é o maior, mais é luz que sombra da História desfazeõ importante. { Todos cantamos o seu louvor: I 181 - XcLAMAÇÃO AO EV ANGEL~sna-'1 viva o Senhor que entre nós já vem! II:Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia:/1 176-cOMUNHÃO l.Alguém do povo exclama: Como é grande, ó I. Convidados nós somos para a festa de Deus. Senhor, { quem te gerou e alimentou! I Jesus I É Jesus o alimento que nos veio dos céus. responde: Ó mulher. pra mim é feliz { quem Obrigado,Jesus, porque és nosso Pão. I Como soube ouvir a voz de Deus e tudo guardou. Tu, nós queremos nos amar como irmãos. 2."Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor, 2. Deus é Pai e nos ama com amor sem igual. chega ao céu; I mas só quem obedece ao Pai". { De presente deixou-nos o seu Filho Jesus. J Jesus, se a Igreja louva tua Mãe, louva é a ti, 3. Para a força de Cristo nesta ceia sentir, / nós I e espera que a conduzas pela estrada onde vai. devemos primeiro entre nós nos unir. -'X ~\L})AV"D 4:. Se Jesus nós trazemos dentro do coração, I 182 - .oFERTA~ seu amor repartimos com os nossos irmãos. I.Sobe ~sal~, '8r;roierette se~ iguaf.5. Nossa felicidade é o amigo Jesus I que I Vm1iPresenl;! ao Pai teu Menino: ªz que caminha conosco e a seu Pai nos conduz. chegou no Natãl./ E, j unto à sua Cruz, quando 6. O cristão vive alegre na esperança e no amor Deus morrer, fica de pé. I Sim, Ele te salvou, Iporque sabe que conta com Deus, nosso Senhor. mas O ofereceste por n6s com toda fé. 2.Nós vamos renovar este Sacrifício de Jesus: 178 - CANTO FINAL I Morte e Ressurreição; Vida que brotou de sua 1. O meu coracão se alegra no Senhor. / Me oferta na Cruz. I Mãe, vem nos ensinar a fazer sinto feliz e canto o seu amor. da vida uma oblação: I culto agradável a Deus lI: Trá-lá-Iá-lá-Iá, eu não vou só. I Trá-lá-láé fazer a oferta do próprio coração. lá-lá, eu vou com Deus:lI. ,~I,,'i:P'~~ 2. Aos outros direi o que Ele fez por mim. I Pra 183 - COMUNHÃO E. casa irei feliz, cantando assim: l.Quando o teu Pai revelou o segredo a Maria I 3. Ninguém fique só, vamos nos dar as mãos. que, pela força do Espírito, conceberia I a ti, I E venham cantar comigo este refrão: Jesus, ela não hesitou logo em responder: IFaçase em mim, pobre serva, o que a Deus aprouver! ~ "MAIA, MAEDA aJA" (DDEP 0047) {Hoje imitando Maria, que é a imagem da Igreja, Letra: D. Carlos Alberto Navarro I nossa família outra vez te recebe e deseja. I Música: WaldeCi Farias cheia de fé, de esperança e de amor, dizer sim a 179 -ENTRADA Deus: I Eis aqui os teus servos, Senhor! l.Protegida por uma mulher { nossa família Que a graça de Deus cresça em nós sem c:eGII'. vem cantar, I e a seu Pai, a Jesus Redentor, J ao I E de ti, nosso Pai, venha o Fspúito Santo de Espírito Santo ela quer adorar. amor, I pra gerar e fonnar Cristo em nós. Sendo normal num lar, Deus quer também 2.Por um decreto do Pai ela foi escolhida I para I na Igreja uma figura de mulher I que gerar-te. 6 Senhor. que és origem da vida; I proteja os cristãos. I Maria, Virgem Mãe, I cheia do Espírito Santo no corpo e no coração, somos teus r..J.hose somos irmãos!

8

c:

53

j
2. Sua mão é forte e o seu nome é Senhor, I seu I Na comunhão recebemos o Espírito Santo, I poder é maior e está acima do universo. e vem contigo, Jesus, teu Pai sacrossanto; I 3. Conduz o seu povo ao lugar de sua morada, vamos agora ajudar-te no plano da salvação: I I ao Santuário que suas mãos fundaram para Eis aqui os teus servos, Senhor! reinar eternamente. 3. No coração de Maria, no olhar doce, temo, I sempre tiveste na vida apoio materno. I Desde 187 - ACLAMAÇÃO (L: Pe. Virgílio - M: Frei Fabretti) Belém, Nazaré, só viveu para te servir; I quando morrias na Cruz tua Mãe estava ali. I Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! Mãe amorosa da Igreja, quer ser nosso auxflio, Vamos, irmãos,a Palavra festejar!IEla vem, liberta I reproduzir no cristão as feições do teu Filho. e salva: I Algemada não está. Aleluia, aleluia ... I Como ela fez em Caná, nos convida a te 188-0FERTAS A (José Acácio Santana) obedecer: I Eis aqui os teus servos, Senhor! 4.De outra Mãe, a Igreja, um dia nascemos; I 1. Cada vez que eu venho para te falar, I na pelo Batismo, tua vida imortal recebemos. I verdade eu venho para te escutar. II:Fala-me Sendo fiel conservou tuas palavras e transmitiu da Vida, preciso te escutar! , Fala-me da I a nós seus filhos amados, e a ti conduziu. I Verdade, que vai me libertar!:/!. Vendo que os homens têm fome de amor e 2. Cada vez que eu venho para oferecer, I na verdade, I tantos são pobres e fracos, sem paz e verdade eu venho para receber. 11: Dá-me o pão amizade; I deste à Igreja a missão de gerar-te da Vida, que vai me alímentar! I Dá-me a água nos corações: I Eis aqui os teus servos, Senhor! viva, que vai me saciar!:/!. 189- PAINOSSO (José Acácio Santana) 184 - AÇÃO DE GRAÇAS Pai Nosso, Pai Nosso, Pai Nosso, Pai Nosso l.Chegou a nossa vez de enfrentar I o mundo que estais nos céus! e procurar soluções. , A fé nos dá coragem e 1. Santificado seja o vosso nome, I venha a n6s valor, I fortalece nas decisões. o vosso Reino! I Seja feita a vossa vontade,' E tu, Maria, que na alegria, I serviste a teu assim na terra como no céu! Senhor tão fielmente, , com tanta energia, , 2. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, I perdoai sê o modelo, dá-nos teu zelo I de promover as nossas ofensas, , assim como nós perdoamos comardorapaz,justiça/eo Reino de amor. I a quem nos tem ofendido! / Não nos deixeis 2.A fé não te deixou sem ação; , afirmas que o cair em tentação, I mas livrai-nos do mal! . Senhor punirá I os homens orgulhosos e maus, Final: Pai Nosso, Pai Nosso, Pai Nosso, Pai I e os humildes defenderá. Nosso que estais aqui! 3.No mundo há tanta coisa a fazer, I mas somos (Frei Fabretti) peregrinos também, , buscando a cidade do céu 190 - COMUNHÃO e: 1.A ti, meu Deus, elevo meu coração, I elevo as I até o dia em que Cristo vem. minhas mãos, I meu olhar, minha voz. / A ti, MIIIA "TUA PAlAVRA PERMANECE" meu Deus, eu quero te oferecer' meus passos e (DDEP 64955) - (José Acácia Santana) meu viver, I meus caminhos, meu sofrer. A tua ternura, Senhor, vem me abraçar. I E 185 - ENTRADA )) a tua bondade inf"mita. nte perdoar. / Vou II:Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida:1I ser o teu seguidor e te dar I o meu coração. 1. Guardo no meu coração tua Palavra, I para I Eu quero sentir o calor de tuas mãos. 2. A ti, meu Deus, que és bom e que tens amor. não te ofender. 2. Tua fala permanece para sempre, / é eterna I Ao pobre e ao sofredor vou servir e esperar. I Em ti, Senhor, humildes se alegrarão, I como o céu. 3. Minha boca sempre canta tua Palavra, I pois cantando a nova canção de esperança e de paz. são justos teus preceitos. 191 - AÇÃO DE GRAÇAS (Francisco José da Silva) 186 - MEDITAÇÃO (José Acácia Santana) Cantemos ao Senhor, que se manifestou / 1. Senhor, eu quero te agradecer, I de todos os com toda a sua glória e com todo o seu amor. dias a gente poder conversar. I Senhor, o 1. Cantarei ao Senhor, que manifestou sua mundo precisa te conhecer, I mas eu te prometo que vou evangelizar. glória I tornando-se meu poder e minha IhEu quero te dizer agora, I que eu já vou salvação.
I foi quem melhor cooperou com a tua missão.

:j 'j
~ ~ ~ ~ ~

='

':)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~
.~

:,-,

~ ~ ~ ~ ~

f

':)

c
~ ~
.•.... _"\

embora, I evangelizar:/I.

54

2. Senhor, às vezes me ponho a rezar,' e peço o fim da violência e da fome do irmão. , Senhor, que chegue a todos os povos I a graça, o perdão, o anúncio da salvação. 3. Senhor, às vezes me ponho a-rezar,' e peço a você que fique mais perto de mim. / Senhor, às vezes me ponho a chorar! e não compreendo porque o mundo sofre sem fim.

196- COMUNHÃO

C

(José Acãcio Santana)

1. O nosso Deus, com amor sem medida, I chamou-nos à vida, nos deu muitos dons. ,

Nossa resposta ao amor será feita,' se a nossa colheita mostrar frutos bons. 11: Mas é preciso que o fruto se parta 1 e se
reparta na mesa do amor:lI. 2. Participar é criar comunhão, , fermento no

..-A..•..

pão, saber repartir. , Comprometer-se com a vida do irmão, , viver a missão de se dar e servir. 192 - ENTRADA t(Frei Fabretti) 3. Os grãos de trigo em farinha se tomam, ! depois se transformam em vida no pão. 1 Javé, o Deus dos pobres, do povo sofredor, I Assim também, quando participamos,' unidos aqui nos reuniu pra cantar seu louvor./Pra criamos maior comunhão. nos dar esperança, e contar com sua mão,/na construção do Reino,reinonovo, povo irmão. 197 - AÇÃO DE GRAÇAS 1= (L:J.Thomaz Filho - M: Frei Fabretti) 1. Sua mão sustenta o pobre,! ninguém fica ao desabrigo: ! dá sustento aquem tem fome I com 1. Ninguém pode prender um sonho, e impedir a fina flor do trigo. alguém de sonhar. I Ninguém pode prender a 2. Alimenta os nossos sonhos,/ mesmo dentro esperança de um povo sofrido a lutar./Ninguém da prisão; ! ouve o grito do oprimido,! que lhe pode abafar o grito do oprimido clamando a Javé./ Deus que salva e liberta o seu povo,' que toca o coração. 3. Cura os corações feridos,! mostra ao forte o ergue o caído e alimenta sua fé. seu poder, I dos pequenos é a defesa: , deixa I/:O! Ó! 6! 6! Ô! Lá, lá, já, lá, lá, já, lá, iá!://. 2. Todo sonho alimenta a história e a vitória do vida florescer. povo a chegar. , Vamos juntos, que neste 193 -MEDITAÇÃO (José Acácia Santana) caminho ninguém sobra ou fica pra trás.' Para I/:Quemsemeia entre lágrimas. I entresorrúlos ver este mundo florindo, criança sorrindo sem fome e sem dor,' é preciso cuidar bem da vida, coIherá!:!I. que vida sofrida se eleva em clamor. 1. Quando o Senhor reconduziu nossos cativos, 3. Ninguém pode prender um sonho, como a 'nossa boca ficou cheia de sorrisos. luz do so! que nasceu; I ele brilha inventando 2. Reconduz, ó Senhor, nossos destinos, , caminhos e desvela o que a noite escondeu. 1 ensina-nos a plantar boas sementes. Ninguém pode abafar o grito e o clamor de 3. Glória ao Pai, glória ao Filho e ao Espírito quem sofre de tanto suor! pelo pão, pela paz Santo, , pelos séculos dos séculos. Amém. e justiça, e anda à procura de um mundo 194 - ACLAMAÇÃO (Frei Fabretti) melhor. 198- FINAL (José Acácia Santana) lI: Aleluia! Aleluia!:1I Bem-aventurado quem tem misericórdia, I 1. Santa Mãe MJa, nessa travessia, 1 cubrapois misericórdia do meu coração terá. nos teu manto cor de anil.! Guarda nossa vida, 195 - OFERTAS L (Ir. Egnalda Rocha) Mãe Aparecida, , Santa Padroeira do Brasil. II:A partilha começa na mesa, 1 a justiça é 1/: Ave, Maria! Ave, Maria!:II' 2. Mulher peregrina, força feminina, , a mais rebento e certeza, 1 de quem luta e abraça a importante que existiu.' Com justiça queres que razão I de fazer do pão comunhão:!/. 1. Acredito que a força do povo / forjará e fará o nossas mulheres / sejam construtoras do Brasil. mundo novo, lI:porque o Pai é presença>maior, I 3. Com amor divino, guarda os peregrinos, ! nesta caminhada para o além! 1 Dá-lhes que caminha no meio de nós.://. companhia, pois também um dia , foste 2. Que o pão seja farto na mesa, I que a fome, ódio e tristezall: dêem espaço e criem esperança ém. 4. Com seus passos lentos, enfrentando os I pra fazer neste mundo mudança:/I. ventos 1quando sopram noutra díreçêo: I toda 3. Ofertamos o pão sacramento I e as mãos a Mãe Igreja pede que tu sejas 1 companheira calejadas também, I que constroem afraternidade de libertação. I com a força da comunidade:lI.

CII.IRIAD"

(DDEP6495-S)

°

A

55

,-~

-'----~-.,-'-.•.._--_ .... ...

_

~-~,

..---~-~

:>

~ ~ 1. Toda a Igreja aqui está / para o encontro com Deus. 1Ele mesmo o marcou para nós, filhos seus. 1.Senhor,quem enlrará nosantuárioprate 10uvar?J 2. Entre nós e o Pai Santo 1está Jesus nosso Irmão: I-//:Quem tem as mãos limpas, e o coração puro. I I mediador, sacerdote, 1 nosso ponto de união. 3. Rezaremos com Cristo I o perfeito louvor, / Quem não é vaidoso e sabe amar:Jl. e seremos pro Pai I uma imagem de amor. 2. Senhor, eu quero entrar no santuário pra te 4. Céus e terra estarão 1na oblação de Jesus. I louvar:// -11:6 dá-me mãos limpas, e um coração Quer unir num rebanho os remidos da Cruz. puro, I arranca a vaidade, ensina-me a amar:Jl. 3. Senhor, já posso entrar no santuário pra te 203 - SOMOS NÓS O POVO ELEITO louvar;// -lI: Teu sangue me lava, teu fogo me (Pe. José Freitas Campos) queima. I O Espírito Santo inunda meu ser}/' lI: Ó Pai, somos nós o Povo Eleito I que Cristo veio reunir :/1. 200:. QUEM NOS SEPARARÁ? (Rm8,31-39) I.Pra viver da sua vida, aleluia! 10 Senhor nos enviou, aleluia! (Valdir Nevada Silva) 2.Pra ser Igreja peregrina, aleluia! 1 O Senhor Quem nos separará,1 quem vai nos separar? nos enviou. aleluia! / Do amor de Cristo, / quem nos separará? I Se Ele é por nós, / quem será, quem será 3.Pra ser sinal da Sal vação, aleluia! I O Senhor . contra nós? / Quem vai nos separar do amor 4.PraanunciaroEvangelho, aJeluia!IOSenhor . 5.Pra servir na unidade, aleluia! 10 Senhor . / de Cristo, quem será? 6.Pra celebrar a sua glória, aleluia! I O Senhor . I. Nem a espada, ou perigo, 1 nem os erros do 7.Pmconstruirum mundo novo,aleluia!/OSenhor .. meu irmão; / nenhuma das criaturas, / nem a condenação. 204 - ABRE, SENHOR. OS MEUS LABIOS 2. Nem a vida, nem a morte, I nem tampouco (Fr. Luiz Carlos Suzín) a perseguição, I nem o passado nem o presente, 1. Abre, Senhor. os meus lábios, I pois quero / ou o futuro e a opressão. entoar a canção I que vem da fonte da vida, I e 3. Nem as alturas, ou os abismos, / nem toma o meu coração. tampouco a perseguição, I nem a angústia, a Abre, Senhor, os meus lábios / e toma o meu coração! dor, a fome, I nem a tribulação. 2. Tu és rochedo que salva I nas águas do mar 201- ONOSSODEUSÉVIVO (ZéVicente) desta vida. I É teu o abismo profundo, / é tua a montanha infinita. O nosso Deus é vivo, nosso Deus é vivo amor. 3. Tu és um Deus diferente I que rompe, ISanta Maria, a vitória dos pobres anunciou. liberta, alivia. I Um coração mesmo duro, I tu I. /!:Queremos todos cantar de alegria / na o transformas num dia. romaria dos sofredores:1/ 4. Hoje eu canto a alegria I de estar com teu 2.II:A mãe das Dores, mãe de Jesus I levando povo unido. I Sim, somos teus consagrados, / a cruz, com a gente vai:ll' . reunidos ao som deste hino. 3. /!:Mulher ferida, pobre esmagado I povo 5. Quando a vida se toma I deserto de dura . calado, levanta a voz:1/ aflição, I que nós possamos ouvir-te: I mostra4.1I:Terra, trabalho, casa e comida / fontes da nos a direção! vida pra todos nós. 5.1l:Pena de morte, armas de guerra I em nossa 2OS-ALEGRESVAMOS (Ir.MúiaT. Kolling) Alegres vamos à casa do Pai; / e na alegria terra, queremos não:11 a cantar seu louvor. I Em sua casa, somos 6./!:Não mate a vida, salve as crianças I nossa felizes: I participamos da ceia do amor. esperança, futuro amor:1/ 1. A alegria nos vem do Senhor. I Seu amor nos 7.1/:00 nosso esforço, de nossa cruz I vai conduz pela mão. I Ele é luz que ilumina seu nascer luz ressurreição:1/ povo. I Com segurança lhe dá salvação. 8.11: Servo bendito, Jesus amado I ao nosso 2. O Senhor nos concede os seus bens. I Nos lado, vem caminhar:/!. convida à sua mesa sentar. I E partilha conosco o seu Pão. 1Somos irmãos ao redor deste altar. 202 - COM A IGREJA SUBIREMOS ~ (Ir. Ma. Conceição Vilac) 3. Voltarei sempre à casa do Pai. 1 De meu Deus cantarei o louvor. I Só será bem feliz uma Com a Igreja subiremos I o altar do Senhor. vida / que busca em Deus sua fonte de amor. ~
.~

G. A - CANTOS DEENlIADA 199 - SENHOR. QUEM ENTRARÁ?

~ ~ ~

:>
~ ~ ~ ~

:t
~

:)
~ ~ ~ ~ ~ ~
":)

~ ~ ~ ~
.~

~ ~ ~ ~
'~

~ ~ ~

56

206 - E TODOS

REPARTIAM O PÃO (Pe. EveraIdo Peixoto) I/:E todos repartiam o pão I e não havia

3. Tudo podia ser melhor se meu povo procurasse 1nos caminhos onde andasse pensar mais no seu Senhor./Mas Você fica esquecido, e por isso falta o amor. necessitadns entre ~:lI. 1. Nossos irmãos repartiam os seus bens, I 4. Tudo seria bem melhor se o Natal não fosse um dia / e se as mães fossem Maria e se os pais fraternalmente, tinham tudo em comum; I e era grande a alegria e a união, I no dia-a-dia e fossem José,l e se a gente parecesse com Jesus de Nazaré. ao partir o Pão. 2. Hoje de novo a Palavra nos reune I e com a 210- VENCE A IRISTEZA (Zé Vicente} mesma união e alegria. I vamos, na Ceia do 11:Vence a tristeza, enxuga o pranto, ó meu Senhor, "Partir o Pão", I para depois repartir povo./ Vem cantar um canto novo, Deus da com nosso irmão. vida aqui e4itá:lI. 207 • JUNTOS, COMO IRMÃOS l.1l:Quem ama a Deus e está unido ao seu (Pe. José Weber) irmão' Nao há porque ficar com medo e sem Juntos, como irmãos, membros da Igreja, I saber:1I O que vai ser do mundo amanhã? f vamos caminhando, vamos caminhando, I Quem da fome vai sobreviver I/:Está em nós a juntos, como irmãos, ao encontro do Senhor. luz do amor que vai vencer:/!. 1. Somos povo que caminha I num deserto 2.11:0 pobre grita e o seu grito não é em vão como outrora. 1 lado a lado, sempre unido, I I E cada esforço em nome dele vai valer:1I É para a Terra Prometida. por isso que vou a cantar / Deus amigo me 2. Na unidade caminhemos. 1Foi Jesus quem escuta e me vê fi: Semente boa está na terra nos uniu. 1Nosso Deus hoje louvemos. I Seu e vai nasced/. Amor nos reuniu. 3.I1:Como é bonito, ó meu Deus, a terra, o mar, 3. A Igreja está em marcha. I A um mundo 1 A flor, o pássaro, e uma mão plantando a novo vamos nós, I onde reinará a paz, I onde paz:1I Tudo é nosso e nós somos irmãos / O reinará o amor. futuro é a gente que faz:/l Deus é amor e quem 208 TODA A BÍBLIA ÉCOMUNICAÇÃO amar sempre é capaz:II.:,<:.. j) (Pe. José Cindido da Silva) 211- O povo DE DEUS (Nely Silva Barros) Toda a Bíblia é comUDka~ I de um Deus 1. O Povo de Deus no deserto andava,/ mas amor, de um Deus Irmão. I É feliz quem crê à sua frente alguém caminhava./ O Povo de na revelação, I quem tem Deus no coração. 1. Jesus Cristo é a Palavra, / pura imagem de Deus era rico de nada, 1 s6 tinha esperança Deus Pai. / Ele é vida e verdade, 1 a suprema e o p6 da estrada. / Também sou teu povo, Senhor, estou nessa estrada. I Somente tua caridade. 2. Os profetas sempre mostram 1 a vontade do graça me basta, e mais nada. Senhor. / Precisamos ser profetas, / para o 2. O Povo de Deus também vacilava. , e às mundo ser melhor. vezes custava a crer no Amor. I O Povo de 3. Nossa fé se fundamenta / na palavra dos Deus chorando rezava, , pedia perdão e Apóstolos. I João, Mateus, Marcos e Lucas I recomeçava.' Também sou teu povo, Senhor, transmitiram esta fé. 4. Vinde a nós, ó Santo Espírito, 1 vinde nos estou nessa estrada. , Perdoa se às vezes não iluminar. / A Palavra que nos salva / nós creio em mais nada. 3. O Povo de Deus também teve fome,' e Tu queremos conservar. lhe mandaste o Pão lá do céu. , O Povo de 209 - ESTOU PENSANDO EM DEUS f\) (Pe. Zezinho) Deus cantando deu graças, I provou teu amor, amor que não passa. / Também sou /!:&tou pensandoemDeus./Estou pensando teu povo, Senhor, estou nessa estrada. / Tu noamor:lI. 1. Os homens fogem do amor e depois que se és o alimento da longa jornada. esvaziam' no vazio se angustiam e duvidam 4. O Povo de Deus ao longe avistou' a terra de Você. / Você chega perto deles, mesmo querida que o amor preparou. / O Povo de assim ninguém tem fé. Deus sorria e cantava.J e nos seus louvores seu 2. Eu me angustio quando vejo que depois de amor proclamava. , Também sou teu povo, dois mil anos' entre tantos desenganos poucos Senhor, estou nessa estrada. 'Cada dia mais vivem sua fé./ Muitos falam de esperança. mas perto da terra esperada. esquecem de Você.

57

A MULTIDÃO (Pe. José Cândido da Silva) Vejo a multidão em vestes brancas, caminhando alegre, jubilosa. / É aclamação de todo povo que Jesus é seu Senhor. 1. Também estaremos nós um dia regenerados pelo amor./Nestaesperança viveremos. Somos a famíIja dos cristãos. 1Nossa lei é sempre o amor. 2. Povo que caminha rumo à pátria, a nova cidadela dos cristãos. 1Passos firmes, muita fé nos olhos, muito amor carregam, são irmãos, 1Nossa lei é sempre o amor. 3. Nós aqui estamos ansiosos, celebrando o dia do Senhor. 1 Não nos custa crer, pois afinal, unidos já- estamos no amor. 1 Nossa lei é sempre o amor.

212 - VEJO

A ALEGRIA, SENHOR II:Eu canto a alegria, Senbor, de ser perdoado no amor:/ S.: Senhor, tende piedade de n6s. T.: Senhor, tende piedade de DÓs. S.: Cristo, tende piedade de n6s. T.: Cristo, tende piedade de nós. S.: Senhor, tende piedade de n6s. PERDOAI-NOS, Ó PAI L.:Jaime Vitalino - M.:Pe. José Weber) Perdoai-nos, ó Pai, as nossas ofensas,/ como nós perdoamos a quem nos ofendeu. 1. Se eu não perdoar a meu irmão, / o Senhor não me dá o seu perdão. 2. Eu não julgo para não ser julgado; 1 perdoando é que serei perdoado. 3. Ajudai-me, Senhor, a perdoar; I e livrai-me de julgar e condenar. 4. Vou ficar sempre unido, em comunhão 1 ao Senhor e também ao meu irmão. 5. Vivo em Cristo a vida de cristão; I sou mensagem de sua reconciliação.

216 - EU CANTO

~

.:)

:)
:)
~ ~

217 -

A

::>
:)
~

:) :)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

B • ATOPENl1BlClAl
PIEDADE DE NÓS '\) (Pe. Zezinho) 11: ~nbor, tende piedade de nós:!l. 1.//: Pai de infinita bondade, que a tua vontade se faça no meio de nós://. 2. 1/: Senhor Jesus Cristo, piedade, piedade de mim que não te obedeci, nem segui tua voz:lI. 3.11: Que teu Espfrito Santo nos mostre o caminho de paz e justiça, sem ódio e sem dor:/I. SENHOR, QUE VlESlES SALVAR (Pe. José Cândido) S.: Senhor, que viestes salvar os corações arrependidos,

213 - SENHOR, 1ENDE

214.-

'y

T.: 1/: piedade, piedade, piedade de nós:!l. '.: Ó Cristo, que viestes chamar os pecadores humilhados, . T.: 1/: piedade, piedade, piedade de nós:lI. S.: Senhor, que intercedeis por nós junto a Deus Pai que nos perdoa, T.: 11: piedade, piedade, piedade de nÓS:/I. PERDOAI A NOSSA CULPA S. Senhor, tende piedade e perdoai a nossa culpa. E perdoai a nossa culpa. Porque nós somos vosso povo, 1 que vem pedir vOSSoperdão. S. Cristo, tende piedade e perdoai a nossa culpa. E perdoai a nossa culpa. Porque nós somos vosso povo, 1 que vem pedir vosso perdão. S. Senhor, tende piedade e perdoai a nossa culpa. E perdoai a nossa culpa. Porque nós somos vosso povo, / que vem pedir vosso perdão.

POR NÃO SER SANTO (Pe. Nereu C. Teixeira) Perdão, Senhor, perdão por não ser santo! I Perdão, Senbor, por ter pecado tanto! 1. A história é uma só, da humanidade e minha: 1a queda sempre existe pra aquele que caminha; I mas há um Salvador que vem ressuscitar / aquele que da queda quiser se levantar. 2. O senso do pecado estamos n6s perdendo; / para a eternidade estamos nós morrendo! I Que adianta termos cruz em nossa companhia, / se dela nós tiramos o Cristo, noite e dia! 3. A nossa vocação é para a santidade: 1 ausência de pecado, união na caridade. 1 Passamos desta terra para o paraíso, I sofrendo na esperança de Deus Pai um sorriso. PIEDADE - SI 50 (Ir. Míria T. Kolling) Tende piedade! Tende piedade! / Tende piedade de mim, ó meu Senhor! I Se é grande o meu pecado, ainda é maior, / 6 Deus, vossa bondade e vosso amor! I. Senhor, eu reconheço o meu pecado, 1o mal que pratiquei foi contra V 6s.1Quer compaixão meu coração! 1La vai-me e eu serei purificado. 2. Ó, dai-me um coração bem decidido, / sincero em buscar a vossa Lei... 1Sereis, assim, Verdade em mim, 1e eu, a V6s inteiro convertido! 3. Meu Deus, quero cantar alegremente, I na vida festejar vosso perdão. 1 Olhais co' amor o pecador, 1de espírito contrito e penitente. 4. Senhor, ensinarei vossos caminhos 1a todos que na vida eu encontrar; 1 e voltarão a V6s, então, 1 aqueles que lutando vão sozinhos ...

218 - PERDÃO

O
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

219 -

lENDE

::J

215'2

!'
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

58

c - I.a

DELOUVOR

220 - GLÓRIA A DEUS (Ir. MíriaT. Kolling) Glória a Deus ., nos céus! I Todos os anjos cantam sua bondade! I E entre nós paz e bem! I Pedem os homens de boa vontade. 1. Glória ao Pai Eterno, I criador de tudo! I É a glória do Senhor vivermos sem temor; 1 não como escravos, mas filhos livres. 2. Glória a Deus, o Filho, I Salvador do homem! 1 É a glória do Senhor vivermos no amor; I irmãos de todos, todos irmãos. 3. Glória a Deus, o Santo, I santificador! I É a glóriado Senhor vivermos o louvor I da unidade que gera a vida. 221 • GLÓRIA
A DEUS - Missa Crioula (JoséAcácio Santana) I.S.: Glória a Deus lá nas alturas, I e na terra paz aos homens, D.: que são por ele amados. P. Ó Senhor, Deus, nós vos louvamos, I vos bendizemos e adoramos. 2.S.: E nós vos glorificamos, ! e vos damos muitas graças, D.: por vossa glória tão imensa. P. Senhor Jesus, Filho Unigênito. I Cordeiro Santo de Deus Pai. 3.s.: Vós podeis tirar o mal, I todo o pecado deste mundo. D.: Tende piedade de nós todos. P. Vós que tirais nosso pecado, I bem acolhei a nossa súpllca. 4.S.: Vós que estais eternamente I à direita de Deus Pai. D.: Tende piedade de nós. P. Porque só Vós é que sois Santo, I porque só Vós sois o Senhor! 5.S.: E s6 V 6s sois o Altíssimo, 1Jesus, Senhor, ó Cristo. . D.: Só Vós sois o Senhor Altíssimo. P. Só Vós com o Espírito Santo, I na glória de Deus Pai. Amém.

sofrido: é o grito do oprimido :1I-If:A terra mal repartida clama por tua justiça:/I Glória, glória! I Glória te damos, Senhor! I Glória, glória! IVenha o teu Reino de Amor! 2.1/:Glória aJesus, nosso guia! /Pilhoda Virgem Maria:/! - 1/:Veio pro meio dos pobres, pra carregar nossas dores !:1/- II:Filho do Altíssimo Deus, por nós na cruz padeceu!:1/ -11:Venceu a morte e a dor pra nos dar força e valor!:/I 3.1l:Glória ao Espírito Santo, que nos consola no pranto:/! - /I:que orienta a Igreja pra que do pobre ela seja; :11-II:que deu coragem a Pedro e aos santos, seus companheiros;:II-II:que hoje junta esse povo a buscar um mundo novo!:/I.1

224 -GLÓRIA,

ALELUIA! (Pe. Mário Felipe)

11: Glória, aleluia! Glória, aleluia! Glória, aleluia! :/1.

1. Eu te agradeço, meu Pai e Senhor I que revelaste teu plano de amor 1 não ao sabido e entendedor, I mas aos pequenos, Senhor. 2. O pobre sacias de bens, ó Senhor,/ despede sem nada o rico opressor; I do trono derrubas o dominador 1 e elevas os humildes. Senhor. 3. Passar pelo fundo de agulha, Senhor, / até o camelo consegue melhor 1que o rico agarrado em dinheiro ilusor! entrar no teu reino, Senhor. 4. Vinde benditos, dirás, ó Senhor, 1 aos que acolheram o pobre na dor, I porque no rosto do irmão sofredor 1 viram teu rosto, Senhor. 5. De nada adianta, disseste, Senhor, / tesouros na terra ajuntar com suor; 1ferrugem e traça e ladrão traidor I acabam com eles, Senhor.

DO POVO (Zé Vicente) 1./: Glória a Deus nas alturas, na terra e no mar:1 - I:e paz seja entre os homens, que desejam amar:1 - J:Glória sem fim será:1 2.I:G1orificado seja o Cristo Redentor:1 - I :Nascido entre os pobres, o libertador:/ - I: Glória sem fim, Senhor.:! 3. I:Glória ao divino Espírito, de graça e de luz:/-/:Força que nos sustenta, nos livra e nos 222 - GLÓRIA A DEUS conduz:1 - I:Glória sem fim, Jesus:1 L.: D. Carlos Alberto Navarro - M.: David Julien 4.1: No céu cantam os anjos e na terra o povo :1-1:Unidos na esperança de um mundo novo:1 S.: Glória a Deus no mais alto dos céus! T.: Glória a Deus no mais alto dos céus! -/:Glória sem fim te louvo ...:1 1.Glória a Deus, nosso Pai: I seu poder nos criou. 5.1:Aleluia, Aleluia, Aleluia:1 - I:De justiça e 2. Glória a Cristo, seu Filho,! que nos resgatou. de glória a terra se encherá.:1 3. Glória ao Espírito Santo,! que nos confirmou. Amém Aleluia, Amém aleluia! (4 v)

225 - GLÓRIA

223 - GLÓRIA

DAS CRIA TORAS (Reginaldo Veios o) 1 JI: Glória a Deus nas alturas! 1 É o canto das criaturas:/I - IJ:Rios e matas se alegram, teus pobres por ti esperam:/I - II:Paz para o povo

226

GLÓRIA DOS POVOSAMERINDIOS (Zé Vicente) Glória, Glória, Glória a ti, meu Deus. I Paz na terra, cantam os povos teus.

S9

1. I: Violões, charangos, flautas, sons do coração:1 • I:Tambores e atabaques te glorificarão:1 2. I: Teu nome é tão bonito, não existe outro igual :/-/: Glória ao que vence a morte e o ídolo do mal:1 3. I: América, Ameríndia e África-na-dor :1_ I:Latina convertida dai glória do Deus amor:1 4.I:Na fé da resistência, no axé do nosso canto :1 -/:No sangue da aliança, glória, glória ao Deus Santo:1 5./:Memória dos vencidos, na cruz seja bendita :/ -/:No Cristo canta a vida, brilhando infinita:1

:J)
/!:Eu louvarei; eu louvarei, eu louvarei ao meu Senhor:/!
1. João viu o mundo dos redimidos e todos louvavam ao Senhor. I Uns oravam, outros cantavam e todos louvavam ao Senhor. 2. Todos unidos, alegres cantavam glória e louvores ao Senhor. 1Glória ao Pai, glória ao Filho, glória ao Espírito de amor. 3. Somos filhos de ti, Pai eterno, tu nos criaste por amor. 1 Nós te adoramos, te bendizemos e todos cantamos teu louvor.

"5
~
LOUVAREI

230 - B - EU

:>

:t
~

:)

:> :> :>
~

:)

.:D

A DEUS NA IMENSIDÃO II:Glória a Deus na imensidão 1 E paz na terra ao homem nosso irmão:ll. 1. Senhor Deus Pai Criador onipotente / nós vos louvamos e vos bendizemos 1 por nos terdes dado o Cristo Salvador. 2. Senhor Jesus, unigênito do Pai, 1 nós vos damos graças por terdes vindo ao mundo, 1 feito nosso irmão, sois o nosso Redentor. 3. Senhor Espírito Santo, Deus-amor. 1 Nós vos adoramos e vos glorificamos, 1 por nos conduzirdes por Cristo a nosso Pai. C

227 - GLÓRIA

• - CANlDSEIAI.IWB IIEMElllTAÇM
231.
II:Como é bom louvar o Senhor 1 e cantar salmos de louvor ao nosso Deus:/!.
COMO É BOM LOUVAR O SENHOR Salmo 91 (pe. José Weber)

':J
~ ~ ~ ~

Glória a Ti, Senhor!

GLÓRIA AO SENHOR! /!:Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia! 1 Glória ao Senhor! :/!. 232 - É SILÊNCIO NO MEU CORAÇÃO Gl6riaao Senhor, nosso Pai.! Glória ao Senhor, (Pe. José Cândido) Jesus Cristo. 1 Glória ao Espírito Santo. 1 1. É silêncio no meu coração, 1só a voz do meu Glória ao Senhor. Deus quer falar. 1 Minha vida é resposta de amor: 1Deus me fala e eu quero escutar. 229 - GLÓRIA AO PAI 2. Hoje nós somos muitos no mundo, 1o sinal Glória ao Pai, dos homens, dos anjos, do de que Deus é bondade. / O ideal que nos une mundo, o Criador! é fecundo, / faz crescer nossa comunidade.

228 • ALELUIA!

1. Anunciar pela manhã tua bondade, 1 tua fidelidade pela noite adentro. 2. Com as dez cordas da lira, 1com cânticos ao som da cítara. 3. Pois a tua criação me enche de alegria, Senhor, 1exulto ante as obras de tuas mãos. 4. Como são grandes, Senhor, as tuas obras, I quão profundos os teus pensamentos. 5. Proclamarei que o Senhor é justo, / nele, meu rochedo, não existe o mal.

'::)
~ ~ ~ ~ ~ ~

O O

e

PRIMEIRO O REINoI (M. Frankreich) 1. Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça, I e tudo o mais vos será acrescentado, 230 - A GLÓRIA ADEUS TRINDADE aleluia, aleluia. 1. Glória a Deus Trindade que "primeiro nos 2. Nao só de pão o homem viverá, mas de toda amou" 1 Deus-comunidade, que em Jesus se a palavra I que procede da boca de Deus, aleluia, aleluia. revelou. Viver e conviver em comunhão. /!:Glória, 3. Se vos perseguem por causa de mim, não esqueçais o porquê; 1não é o servo maior que glória, aleluia, 1 eis a nossa vocação:/!. 2. Glória ao Filho amado, que do Pai vem o Senhor, aleluia, aleluia. anunciar,/ grande "Boa Nova" para os homens 234 - TEU NOME, SENHOR - Salmo 8 libertar. (Pe. Jocy Rodrigues) . 3. Glória ao Santo Espírito, que o mundo L Teu nome, Senhor, é tão bonito, 1Tu moras renovou, 1vem e ensina a todos o que o Filho no céu, lá nas alturas. I Até criancinhas nos falou. pequeninas 1já sabem que vences o inimigo. Glória a Cristo, Filho de Deus, nosso Irmão Redentor! Glória a Deus, Espírito Santo e Santificador!

233 - BUSCAI

e ~ ':.'
~ ~ ~

'!'
~ ~
~.

60

2. Olhando pro céu que Tu fizeste, I eu vejo as estrelas, vejo a lua. , E entendo que o homem vale muito, I pois tudo pra ele tu fizeste. 3. Menor um pouquinho do que os anjos, 'mas cheio de graça e de valor, I de ti recebeu poder e força / de tudo vencer e dominar.

(Salmo 41) - (Reginaldo Veloso) Aminh'aIma tem sede de Deus,/ pelo Deus vivo anseiacomardor: lI:quandoireiao encontro de Deus, I e verei tua face, Senhor:!1 1. A ovelha sedenta procura o riacho , f a minh'alma suspira por Deus. Onde O acho? 235 - TU ME CONHECES - Salmo 138 2. Pelas águas que correm suspira a ovelha, f 1. Tu me conheces quando estou sentado,! Tu pelas fontes de Deus a minh'alma anseia. me conheces quando estou de pé. / Vês 3. Dor e lágrima são meu constante alimento. I claramente quando estou andando, ! quando "Ondeestáoteu Deus?" dizem os maus e aguento. repouso Tu também me vês. / Se pelas costas sinto que me abranges, , também de frente sei 4. Por que estás abatida econfusa, 6 minh' alma? que me percebes. / Para ficar longe do teu I Deus é teu companheiro: espera e te acalma. Espírito, loque farei? aonde irei? - não sei. 238 - O PROFETA Para onde irei? Para onde fugirei? I Se subo ao céu ou se me prostro no abismo, , eu te I.Antes de te formares dentro do seio de tua encontro lá! , Para onde irei? Para onde mãe f Antes que tu nascesses, te conhecia e te consagrei ! Para ser meu profeta entre as fugirei? / Se estás no alto da montanha nacões eu te escolhi IIrás onde enviar-te, o que verdejante / ou nos confins do mar! 2. Se eu disser que as trevas me escondam,! e que eu mando proclamarás. não haja luz onde eu passar./ Pra ti a noite é clara Tenho que gritar, tenho que arriscar! Ai de como o dia, / nada se oculta ao teu divino olhar. mim se nãoofaço!/ Como escapar de TI. como ! Tu me teceste no seio matemo, I e definiste todo calar. se tua voz arde em meu peito? I Tenho o meu viver.! As tuas obras são maravilhosas! , que andar, tenho que lutar! Ai de mim se nao o faço! , Como escapar de Ti, como calar, se Que maravilha, meu Senhor, sou eu! 3. Dá-me tuas mãos, 6 meu Senhor, bendito!' tua voz arde em meu peito? Benditas sejam sempre as tuas mãos. / Prova- 2.Não temas arriscar-te porque contigo eu estarei. me Deus e vê meus pensamentos, I olha-me /Nãotemas anunciar-me, em tua boca eu falarei. Deus e vê meu coracão. / Livra-me, Deus, de / Entrego-te meu povo; vai arrancar e derrubar , todo mau caminho.' Quero viver. quero sorrir, para edificares, destruirás e plantarás. cantar.l Pelo caminho da eternidade, ! Senhor, 3. Deixa os teus irmãos, deixa teu pai e tua mãe. terei toda a felicidade. I Deixa a tua casa, porque a terra gritando está / Nada tragas contigo, pois a teu lado eu estarei. 236 - PELOS PRADOS E CAMPINAS c,... Salmo 22 (23) - (Frei Fabretti) fÉ hora de lutar, porque meu povo sofrendo está. 1. Pelos prados e campinas verdejantes, eu 239 - DEUS PRECISA DE PROFETAS vou! I E o Senhor que me leva a descansar. , (Jorge Trevisol) Junto às fontes de águas puras, repousantes, eu 1.0 povo está cansado com tanta opressão.' O vou! I Minhas forças o Senhor vai animar! 11: Tu és; Senhor, o meu Pastor! , Por isso mal da injustiça cegou seu coração./!: E Deus que não se esquece do povo sofredor I precisa nada em minha vida faltará:lI. 2. Nos caminhos mais seguros junto dele, eu de profetas que levam seu amor:/!. vou! , E pra sempre o seu nome eu honrarei. / I/:Eu quero te ouvir I eu vou te seguir / Se eu encontro mil abismos nos caminhos, eu "Senhor! Eis-me aqui!":II. vou! , Segurança sempre tenho em suas mãos! 2. Coragem, esperança, vigor em sua mão. I 3. No banquete, em sua casa, muito alegre, eu Olhares de denúncia, firmeza na missão. 11 .Amor e confiança. num grito aterrador, I vou! I Um lugar em sua mesa me preparou!' Ele unge minha fronte e me faz ser feliz, , e profeta tem na boca palavras do Senhor:/!. transborda a minha taça em seu amor. 3. Do mal, as estruturas Deus manda demolir, 4. Bem à frente do inimigo confiante eu vou! I Buscar suas raízes, cortar e destruir./!: Abrir I Tenho sempre o Senhor junto de mim. / Seu caminhos novos e nunca desistir.! Fazerfeliz cajado me protege e eu jamais temerei./ Sempre o povo, plantar e construir:/! junto do Senhor eu estarei. 4. Profetas derramaram seu sangue por amor. f 5. Com alegria e esperança, caminhando eu E há tantos perseguidos por causa do Senhor. I vou! f Minha vida está sempre em suas mãos. I:Semente que se espalha na terra dos irmãos / é ! E na casa do Senhor eu irei habitar. I voz que não se cala e converte o coração:/I. E este canto para sempre irei cantar!

237 . A MINHA ALMA TEM SEDE DE DEUS

61

J
2. Tu, sabes bem que em meu barco, I eu não tenho nem ouro nem espadas, I somente redes e o meu trabalho. , 3. Tu, minhas mãos solicitas, I meu cansaço / Ô, Ô, Ô, eu quero tua voz escutar./ Ô, Ô, que a outros descanse; I amor que almeja seguir amando. Ô, eu quero teu Reino anunciar. 2. A rede lançada na fé I lançada na força do 4. Tu, pescador de outros lagos, I ânsia eterna amor I colhia pequenos e grandes I pro Reino de almas que esperam, I bondoso amigo que assim me chamas. de Nosso Senhor. 3. Também eu deixei o meu barco / e andei sem olhar para trás. I Aos braços de quem me 243 - OI QUE PRAZER, QUE ALEGRIA Salmo 133 (132) chamava I a outros mares pescar. 4. Nos mares que agora navego I tem luz e tem II:Oi que prazer, que alegria I o nosso noites sem fim. I Remando e cuidando do leme encontro de irmãos:1 l. II:É como um banho perfumado I gostosa é / Jesus é que cuida de mim. tí} nossa união:11 241-HÁUMBARCOESQ~NAPRAIA 2. II:Sereno da madrugada, I gostosa é nossa 1. Há um barco esq uecido na praia: já não leva união:/!. ninguém a pescar. / É o barco de André e de 3. /!:Senhor, Tu nos abençoas! I Gostosa é Pedro, que partiram pra não mais voltar. I nossa união:/!. Quantas vezes partiram slfguros I enfre~tando 4.11: É vida que dura sempre. I Gostosa é nossa os perigos do mar; I era chuva, era noite, era união:/!. escuro, mas os dois precisavam pescar ... De repente aparece Jesus, pouco a pouco se 244 - CHEGOU A HORA DA ALEGRIA (Zé Vicente) acendeuma Iuz./É pl'elCB:l pescardiferente,que (Frei Fabretti) 1. Um barco, uma rede deixados I na praia bem perto do mar. I Falavam de homens que foram / o Reino de Deus anunciar.

240 - EU E O MEU BARCO

~ ~

:)
:)
~ ~ ~

:)
~ ~

:1
:) :)

:}
~ ~

=>

2. Há um barco esquecido na praia: já não leva Por todo o canto, hoje se escuta a tua voz:/1 _ ninguém a pescar. I É o barco de João e Tiago, Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! quer partiram pra não mais voltar. I Quantas 2./!:Nada se cria sem a força e calor I que sai vezes em tempos sombrios enfrentando os da boca de Deus, nosso Criador:11 - Aleluia! ... perigos do mar I barco e rede voltavam vazios, 3. I/:A tua Lei, meu Senhor, é perfeição I conforta a alma e nos educa pra união:/I _ mas os dois precisavam pescar ... , 3. Quantos barcos deixados na praia! Entre Aleluia! ... 4. O mandamento de meu Deus é retidão./E luz eles o meu deve estar. I Era o barco dos sonhos que eu tinha, mas eu nunca deixei de sonhar. nos olhos e prazer no coração:/!- Aleluia! ... I Quantas vezes enfrentei o perigo, no meu 5. Esta Palavra, da certeza e da justiça, I que barco sozinho a singrar. I Jesus Cristo remava nos libertada opressão e dacobiça:II-Aleluia!... 6. É mais que ouro e mais que sol tua Lei. I Dos comigo: eu no leme, Jesus a remar ... teus caminhos, Senhor, não desviarei:1I _ De repente me envolve uma luz e eu entrego Aleluia!... o meu leme a Jesus. I É preciso pescar diferente, que o povo já sente que o tempo 7. Bendita seja esta Palavra do Senhor, I mel chegou. I E partimos pra onde Ele quis. saboroso e alimento para o amor:/1 - Aleluia!... Tenho cruzes, mas vivo feliz. I Há um barco 245 - AO SENHOR DOS SENHORES esquecido na praia •••(3v). Salmo 136 (135) - (Waldeci Farias) l.Ao Senhor dos Senhores, cantai! I Ao Senhor, 242 - TU TE ABEIRASTE DA PRÁIA Deus dos deuses, louvai! I Maravilhas s6 Ele é (P.C.Gabarain) quem faz. I Bom é Deus. Ao Senhor, pois, 1. Tu te abeiraste da praia, I não buscaste nem amai! sábios nem ricos, I somente queres que eu te siga. - Com saber, ele fez terra e céu. I Sobre as Senhor, Tu me olhaste nos olhos, I a sorrir, águas a terra firmou. I Para o dia reger fez o sol, pronunciaste meu nome. I Lá na práia, eu I e as estrelas pra noite criou. larguei o meu barco, I junto a ti buscarei II:Porque eterno é seu amor por nós! I Eterno outro mar. é o seu amor!:II.

11: Chegou a hora da alegria: I Vamos ouvir opovojásentequeotempochegou./Epartiram, sem mesmopensar nosperigos de profetizar. 11 esta Palavra que DOS guia:!l. 1. II:Tua Palavra vem chegando bem veloz I : Há um ban:o esquecidona praia._ (3v).

:>
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

C

62

:)

2. Primogênitos todos feriu ! do Egito, um povo opressor./ E dali Israel fez sair./ O poder de sua mão o salvou. - No mar bravo ele fez perecer I os soldados e o tal Faraó. I Aliança ele fez com Israel. ! No deserto seu povo guiou. 3. Poderosos sem dó abateu. / A famosos reis desbaratou. I Sua terra Israel recebeu, / como herança a seu povo entregou. - sé lembrou de nós, na humilhação. I Ao Senhor ,"Salvador", proclamai! !Dele nós recebemos o pão.! Ao Senhor, Deus dos céus, celebrai!

não terá a herança, ! quem não se toma pobre, pequeno que nem criança. 2. Mais vale o Reino de Deus. justiça e amor,! que todo sacrifício e toda oblação.! Quem parte seu pão com os pobres, agrada mais ao Senhor. I que aquele que jejua. mas fecha o coração. (JoséAcácio Santana) 1. Toda semente é um anseio de frutificar, ! e todo fruto é uma forma de a gente se dar.

249 - TODA SEMENTE

246

II:Põe a semente na terra, ! não será em vão ••.I Não te preocupe a colheita, ! plantas para o innão. ••:1I - SÚPLICA À TRINDADE (Pe.Zezinho) 2. Toda a palavra é um anseio de comunicar,

1. Senhor e Criador que és nosso Deus I vem inspirar estes filhos teus I e em nossos corações derrama a tua paz I e um povo renovado ao mundo mostrarás. 2. Sentimos que Tu és a nossa luz I fonte de Amor, fogo abrasador.! Por isso que ao rezar, em nome de Jesus, ! pedimos nesta hora os dons do teu amor. 3. Se temos algum bem, virtude ou dom, I não vem de nós, vem do teu favor. I Pois que sem ti ninguém, ninguém pode ser bom; I só Tu podes criar a vida interior. 4. Infunde, pois, agora. em todos nós I que com irmãos vamos refletir! à luz do teu saber, à força do querer I a fimde que possamos juntos construir . 5. E juntos cantaremos sem cessar I cantos de amor para te exaltar. ! És Pai, és Filho e és Espírito de Paz. I Por isso em nossa mente Tu sempre reinarás. AMÉM, ALELUIA!

/ e toda fala é uma forma de a gente se dar. 3. Todo tijolo é um anseio de edificar, I e toda obra é uma forma de a gente se dar.

E - Aa.AMAÇAoAlEV_
250 - VIVA
É bom escutar
II:Viva. viva, viva a Palavra de Deus!:II. Antes do Evangelho:
O

A PALAVRA DE DEUS

que Deus vai falar! (4 v)

Foi bom escutar o que Deus nos falou! (4v)

Depois do Evangelho:

251 - VAI FALAR

NO EVANGELHO (Ir. Míria T. Kolling) 1. Vai falar no Evangelho Jesus Cristo, aleluia! I Sua Palavra é alimento. que dá vida, aleluia!
I De Deus as maravilhas cantaremos, aleluia!

II:Glõria a Ti, Senhor, toda graça e louvor!:!!

2. A mensagem de alegria. ouviremos. aleluia!

247 -

252 - POR QUE ÉS, SENHOR SE OUVIRES A VOZ DO VENTO (Ir. Miria T. Kolling) ~ (Pe. Zezinho) 1.Porque és, Senhor, o Caminho,1 que devemos 1. Se ouvires a voz do vento. chamando sem nós seguir: cessar, I se ouvires a voz do tempo, mandando Nóstedamoshojeesempre, toda glória e louvor. esperar ... 2. Porque és, Senhor, a Verdade,! que devemos A decisão é tua. / A decisão é tua. I São aceitar: muitos os convidados. I São muitos os 3. Porque és, Senhor, plena Vida,! que devemos convidados. I Quase ninguém tem tempo./ nós viver:
Quase ninguém tem tempo.

2. Se ouvires a voz de Deus chamando sem 253 - O EVANGELHO É A BOA NOVA (Hélio Maranhão) cessar, I se ouvires a voz do mundo querendo 11:0 Evangelho é a Boa-Nova! que Jesus te enganar ... 3. O trigojá se perdeu; cresceu, ninguém colheu, I veio ao mundo anunciar:1I eomundopassando fome, passando fome de Deus. 1. I/:Ele é o caminho, a verdade e a vida I da ovelha perdida I que o Pai mandou salvar:l/. 248 - O REINO DE DEUS CHEGOU 2. I/:Ele pediu que a sua Boa-Nova, ! que o O Reino de Deus chegou! I F.&táno meio de nós. I mundo hoje renova, ! fosse a Igreja anunciar:l/. Os pobres é que pertec:em! ao Reino do seu aDIOI"! 3. O Pai mandou que Ele aqui viesse um dia/para 1. Chegou o Reino de Deus, é tempo de nos dar a alegria I de viver no seu amor:!!. conversão, I de vida em fraternidade, sinal de 4. AsuaIgrejaé coluna da verdade, I comunhão libertação. ! Nunca entrará no Reino, de Deus na caridade, ! para o mundo transformar:/I.

63

:)
DE PÉ (Pe. Hélio Athayde) 1. Todos de pé, vamos ouvir a Palavra do Senhor, lo Evangelho da alegria, o Evangelho do amor.

254 - TODOS

260 - A PALAVRA

~
DE DEUS OUVIDA

11: A Palavra de Deus ouvida, 1 é a verdade que
nos liberta, ! que nos chama à nova vida, / nos educa e nos converte:ll. ~

~ ~ ~ ~ ~

Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia.
2. Quando a gente não sentir mais razão para viver, I a Palavra de Jesus nos dá força pra vencer. j)(l"Y\...

261-

CRISTO, MESTRE E SENHOR

255 - EU VIM

PARA ESCUTAR

Cristo, Mestre e Senhor, ! a vós, nosso louvor: I dignai-vos falar.
1."Crede em mim, sou a Verdade, I somente a Verdade vos libertará". 2. "Vós não tendes muitos mestres: I um só é o vosso Mestre, todos sois irmãos".

1. Eu vim para escutar I tua Palavra, tua Palavra, tua Palavra de amor. 2. Eu gosto de escutar I tua Palavra ... 3. Eu quero entender melhor I tua Palavra ...

:)
~

::)

256 - IDE

PELO MUNDO

.1)

262 - EU CREIO 1. Ide pelo mundo o Evangelho anunciar. ! A 1. Eu creio em Ti, Deus-Pai, divno Criador. I toda criatura a "Boa Nova" proclamai. Eu creio em Ti, Deus-Mãe, fonte do puro 2. Cristo vem falar-nos com cuidado de Pastor./ E vem comprometer-nos com seus planos de amor. amor. //: Eu creio em Ti, Deus-Irmão, ILuz na escuridão, Jesus Libertador!:// 257 - PRECISO ESCUTAR 2. Não creio em Deus sem nome, sem rosto e 1. Preciso escutar a tua Palavra, I depois sem lugar. I Não creio no Deus dos homens que procla-mar o teu Reino de amor. / Eu quero vivem a escravizar. li: Meu Deus é força de viver o teu Evangelho, I E vou anunciar a tua vida I e a classe oprimida vem firme livrar.:/1 3. Creio na forçá nova, vinda da união. I Creio vida, Senhor. 11: Aleluia! Podes falar! I Aleluia! Vou em ti, companheiro fiel de coração. 11: Eu creio em ti que foi morto, lutando disposto por escutar! :/1 2. O céu passará e a terra também, ! porém, tua libertação.:11 Palavra jamais passará. I Quem ouve e recebe 263 - CREIO, SENHOR a Nova do Reino! acolhe a Verdade que o L.: D. Carlos Alberto Navarro - M.: David Julien libertará. ~

/I: Aleluia, aleluia, aleluia:11

F - PROFISSÃO DE FÉ

:) ~

:)
~ ~ ~ ~ ~ ~

3

:,-)

:J
~ ~ ~

258 - BENDITA A PALAVRA DE DEUS 1. Eu creio em Deus, pai onipotente, I Criador Letra: Pe. José Weber - Música: Waldeci Farias da terra e do céu! Bendita, bendita, bendita a Palavra do 2. Creio em Jesus, nosso Irmão, I Senhor! I Bendito, bendito, bendito quem a verdadeiramente Homem-Deus! 3. Creio também no Espírito de Amor, I grande 'vivecom amor! A Palavra de Deus escutai: I no Evangelho dom que a Igreja recebeu. Jesus vai falar.! "A justiça do Reino do Pai,! 264 - EU CREIO EM DEUS procurai em primeiro lugar!" Pe. José Cândido da Silva 259 - BOA NOVA EM NOSSA VIDA 1. Deus é Pai, Deus é Amor, I Deus é esperança pra (Zé Vicente) quem nele crê. / Confiou a construção I do reino de 1. Toda palavra de vida é palavra de Deus. ! Paz ao homem que ama. Toda ação de liberdade 1/: é a divindade agindo Eu creio em Deus,1 que o meu caminho iluminou, entre nós:/1 I que a minha vida transformou; I feliz eu sou./ II:Boa nova em nossa vida I Jesus semeou.! Eu creio em Deus, I se posso crer, se posso amar, O Evangelho em nosso peito é chama de a minha vida tem valor: I feliz eu sou! amor:/I 2. Jesus Cristo caminha conosco, I Amigo e Irmão, 2. Todo grito por justiça que sobe do chão! é que nos leva ao Pai. I Jesus Cristo nasceu e viveu I clamor e profecia 11: que Deus pronuncia pra a vida dos homens e ressurgiu. conversão:!1 3. Deus é Amor, é Consolador, I conforta e 11: Aleluia, aleluia, bendita a palavra que ampara o pecador. I Deus é Amor, Espírito faz Iibertar:/I Santo; Idestrói o que é mau, dá vída ao que é bom.
64

Creio, Senhor, mas aumentai a minha fé!

-'"

--

265 - CREIO

4. Leite de tanta ama, oferecerei. ! Negro filho - Missa Crioula reclama, oferecerei. ! Quilombolas guerreiras, José Acácio Santana oferecerei. ! Na cidade, na roça, esta festa que é 1. S.: Creio em Deus, Pai poderoso, I Criador nossa, oferecerei. do céu e da terra. 5. O trabalho escravo, oferecerei, I Alugado, D.: E em Jesus Cristo. mal pago, oferecerei. I O povo desterrado. P.: Seu Filho eterno, concebido / pelo poder oferecerei. ! A beleza que faço, alegria que do Santo Espírito. 2. S.: Nasceu da Virgem Maria, I padeceu traço, oferecerei. 6. Vinho, sangue suado, oferecerei. ! Pão crucificado. partido, esmagado, oferecerei.! Um clamor de D.: Foi morto e depois sepultado. justiça, oferecerei. / Arte, samba, vitória nas P.: Ressuscitou por sua força, / conforme mãos da história, oferecerei. 'l) havia prometido. 3. S.: Elevou-se até o céu, / para a direita de 268 - OFERTÓRIO DO POve(CZé Vicente) Deus Pai. Quem disse que não somos nada, I que não D.: Para a direita de Deus Pai. temos nada para oferecer, 11: repare nossas P.: Do céu um dia há de voltar,/ para julgar mãos abertas, trazendo as ofertas I do nosso vivos e mortos. viver.:1I 4. S.: Creio no Espírito Santo / e na Igreja una, 1. A fé do homem peregrino / que busca um católica. destino, ! um pedaço de chão.! A luta do povo D.: Creio na comunhão dos santos. oprimido, / que abre caminho, I transforma a P.: Creio na remissão das culpas! e na nação. I 0, ô, recebe, Senhor. ressurreição da carne./ Creio também na 2. Retalhos de nossa história, I bonitas vitórias vida eterna.! Creio na vida eterna. Amém. que meu povo tem: ! Palmares. Caldeirão, Canudos/ são lutas de ontem, / de hoje também. f 0, Ô. õ, recebe, Senhor. 3. Aqui trazemos a semente, ! sangue desta gente f que fecunda o chão, I Do Gringo e 266 - NÃO SE DEVE DIZER tantos lavradores, I Santos e operários em Não se deve dizer: / "Nada posso ofertar!" ! libertação. / Ó, ô, ô, recebe, Senhor. I:Pois as mãos mais pobres são as que mais 4. Coragem de quem dá a vida, I seja oferecida se abrem para tudo dar!:II. neste vinho e pão. I É a força que destrói a 1. O Senhor só deseja / que em nós tudo seja I morte, ! e muda a nossa sorte! é Ressurreição. constante servir. I Quando nada se tem, só I Ó, ô, ô, recebe, Senhor. resta dizer: / "Senhor, eis-me aqui!". 2. Com as mãos bem abertas, I trazendo as 269 - OFERTÓRIO DA COMUNIDADE (Zé Vicente) ofertas I do vinho e do pão, I surge o nosso 1. Nesta mesa da irmandade I a nossa comudever I de tudo fazer / com mais doação. 3. Alegrias da vida, I momentos da lida, / eu nidade / se oferece a Ti, Senhor./ Nosso sonho posso ofertar; I pois, nas mãos do Senhor, I um e nossa luta, / nossa fé, nossa conduta, I te entregamos com amor. gesto de amor I não se perderá. //:Novojeito de sermos Igreja/nós buscamos, 267 - OFERECEREI (A. Dores) Senhor, em tua mesa:/!. 1. Ao Deus Pai Criador, oferecerei. I Esta raça, 2. Neste pão te oferecemos los mutirões que esta cor, oferecerei. f Cada Negro que luta, fazemos, ! a partilha, a produção. I Nesse oferecerei. I Pelo fim do racismo, meu sangue vinho a alegria! que floresce cada dia! dentro de nossa união. em batismo, oferecerei. 2. Pão, comida escassa, oferecerei. / Vinho, fé 3. Nesta Bíbtia bem aberta! encontramos a luz e cachaça, oferecerei. I Ao Deus de tantos certa! pra aqui te oferecer. / Ela reúne teu povo nomes, oferecerei. I Negro, branco, homem I na busca do mundo novo / onde os pobres vão viver. livre, esta fé sempre tive, oferecerei. 3. Nesta história negada, oferecerei. I Toda 4. Nosso coração inteiro, ! Deus humano e dor suportada, oferecerei. I Preto velho yá yá, companheiro, I deixamos no teu altar.! Nosso oferecerei. / Negra bela raiz, este povo feliz, canto e a memória I do martírio e da vitória I nós trazemos para te dar. oferecerei. EM DEUS
ô,

G - ••••

ofEITAS

65

:)
VOS OFERTAMOS (Comélio Ribeiro Neto) 1. Senhor, vos ofertamos, I em súplice oração, 1/: o cálice com vinho, I e na patena o pão:lI. 2. O pão vai converter-se I na Carne de Jesus. 11: E o vinho será o Sangue, I que derramou na cruz:!

270 - SENHOR,

Senhor, a nossa oferta I que será depois na certa o teu próprio ser:/I.

3. Senhor, vos damos tudo: I nosso pezar e 274 - os GRÃos QUE FORMAM A C. ESPIGA - (Fr. Luiz Turra) gozo, 1/: nossas alegrias e dores, I trabalhos e 1. Os grãos que formam a espiga! se unem pra repouso:lI. 4. Amigos e parentes / - os vivos e defuntos _1/: serem pão; / os homens que são Igreja, / se em tomo a vossa mesa, / estamos sempre juntos:/ unem pela oblação. 11: Dianre do altar, I Senhor, admcIo minha /. 5. A voz do sacerdote I - que é a nossa voz _11 vocação:/devosacri6car I a vida pormeuinnão. : vos dá a hóstia viva I que somos todos nós:l/. 2. O grão caído na terra / só vive se vai morrer; / é dando que se recebe;! morrendo se vai viver. 271 - MINHA VIDA TEM SENTIDO 3. O vinho e o pão ofertamos, ! são nossa C. (Pe. Zezinho) resposta de amor. / Pedimos humildemente: / 1. Minha vida tem sentido / cada vez que eu Aceita-nos, ó Senhor! venho aqui / e te faço o meu pedido / de não me esquecer de ti. / Meu amor é como este pão / 275 - ACEITA, SENHOR NOSSOS DONS (Pe. Zezinho) que era trigo, que alguém plantou, depois colheu, / e depois tomou-se salvação / e deu Aceita, Senhor, nossos dons; I aceita, Senhor, nosso pão: / aceita, Senhor, nosso vinho; / mais vida e alimentou o povo meu. aceita,Senhor, nossa gente, Isofrida, oprimida, 11: Eu te ofereço este pão, I eu te ofereço meu esquecida;/aceitaestadorquemachucademak amor:!/. 1. Aceita, também, nossa fome de paz; / aceita, 2._Minha vida tem sentido / cada vez que eu Senhor, nossa fome de amor. / Aceita, Senhor, venho aqui I e te faço o meu pedido / de não me este humano calor I dos povos latinos que querem esquecer de ti. I Meu amor é como este vinho viver,! sem fome, sem medo, num mundo de paz, I que era fruto que alguém plantou, depois ! na paz da justiça de homens iguais. colheu, / e depois encheu-se de carinho I e deu /I:Aceita, Senhor, nosso Deus,/osdonsquepor mais vida e saciou o povo meu. certo são teus:!/ 11: Eu te ofereço vinho e pão, I eu te ofereço 2.Aceita, também nossospovos, Senht::r,/crianças meu amor:lI. . e jovens sedentos de amor, I e todos aqueles sem voz e sem vez, I com fome de paz e de amor e de 272 - DE MÃOS ESlENDIDAS pão / que esperam os ventos da renovação, I à luz Letra: Irmã Salete - Música: Pe. Sílvio do que disse Jesus, nosso innão. rJ Milanez 11: De mãos estendidas ofertamos o que de 276 - A FÉ É COMPROMISSO C V graça recebemos:lI. 1. A fé é compromisso / que é preciso repartir 1. A natureza tão bela, que é louvor, que é / em terras bem distantes, / ou em nosso serviço; I o sol que ilumina as trevas, próprio lar. ! Nós somos missionários; I eis a transformando-as em luz; / o dia que nos traz nossa vocação./ Jesus convida a todos; I ai de o pão e a noite que nos dá repouso;! ofertemos mim se eu me calar. ao Senhor o louvor da criação. Nesta mesa, ó Senhor, apresentamos, I pão 2. Nossa vida toda inteira, ofertamos ao Senhor e vinho, dons da terra e do trabalho.! Pela ! como prova de amizade, como prova de Igreja missionária vos louvamos. I Vede a amor; ! com o vinho, com o pão, ofertamos ao messe que precisa de operários. Senhor! nossa vida inteira, o louvor da criação. 2. Há muitos consagrados I anunciando sem temer, / e tantos perseguidos / dando a vida 273 - OFERTAS SINGELAS C pela fé. ! Mas quem faz de sua vida I um sinal (Silvino A. Turco) de comunhão / também dá testemunho, I nos 1. Ofertas singelas, pão e vinho,! sobre a mesa C colocamos, / sinal do trabalho que fizemos! e convida à conversão. aqui depositamos. 277 - SABES,SENHOR (LindebergPires) É teu também o nosso coração, 1/: aceita, Sabes, Senhor, o que temos é tão pouco pra
dar.! Mas este pouco nós queremos com os irmãos compartUbar.

I.

2. Recebe, Senhor, da natureza, I todo fruto que colhemos. / Recebe o louvor de nossas obras / e o progresso que fizemos. 3. Sabemos que tudo tem valor / depois que a terra visitaste. / Embora tivéssemos pecado / foi bem mais o que pagaste.

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

='

='

:!l
~ ~ ~ ~ ~

66

1. Queremos, nesta hora, diante dos irmãos,' comprometer a vida, buscando a união. 2. Sabemos que é difícil os bens compartilhar; ! mas com a tua graça, Senhor, queremos dar. 3. Olhando teu exemplo, Senhor, vamos seguir, 'fazendo o bem a todos, sem nada exigir. _ OFERTAMOS UM MUNDO NOVO 278 11: Ofertamos ao Senhor um mundo novo, lo futuro do seu povo:lI. 1. Ofertamos o homem que chora,' não vendo a aurora do mundo emmudança.lE ofertamos aesperança'dosquedescobremaressurreição. 2. Ofertamos o homem que espera' por nova era de vida em plenitude' e o que não tem quem ajude / a trocar morte por ressurreição. 3. Ofertamos a meta e a procura,' a luta dura entre o velho e o novo,' a noite escura do povo , e a madrugada da ressurreição. 279 - NO TEU ALTAR, SENHOR (Ir. Míria T. Kolling) No teu altar, Senhor, coloco a minha vida em oração. 1. A alegria de te amar e ser amado I quero em tuas mãos depositar. 2. O desejo de ser bom e generoso / faz-me viver com mais amor. ''U 280-SEMEUIRMÃOMEÉS1ENDEAMÃO 1. Se meu irmão me estende amão! e pede um pouco do meu pão.! E eu não respondo ou digo não, ! errei de rumo e direção. I Nesta mesa de perdão, o pão e vinho elevarei I e, pensando em meu irmão, / o meu Senhor receberei. Querovernomeuinnãoaimagemdele./Meu innãoqueaténemtemonecessáriopraterpaz. / Quero ser pro meu innão a resposta dele,/ eu que vivo mais feliz e às vezes tenho até demak. 2. O corpo e sangue do Senhor! / O corpo e sangue de um irmão.l O mesmo Pai e o mesmo amor, / o mesmo rumo e direção.! Nesta mesa do Senhor, sou responsável pelapaz/de quem, no riso e na dor, I comigo vai buscar o Pai. 281- O PÃO AMASSADO 1. O pão amassado, I a uva pisada: , eis a oblação! /Pastores sofridos,! o pobre esquecido, , o povo sem pão. II:Quero ser fiel a Deus, / respondendo à vocação./ Quero ser junto do povo: lo irmão entre os irmãos:lI. 2. O tempo e a idade, ! o bem e a verdade, 'a paz e o perdão; I vigor, esperança, amor, confiança, , jamais faltarão. 3. A dor, a alegria, a vida vazia I de tantos irmãos, I cansados, vencidos, ! também oprimidos I ofertas serão.

282

- FORÇA DE PAZ

(Zé Vicente)

1. O pão sofrido da terra , Na mesa da refeição. 'O pão partido na mesa' se toma certeza' e se faz comunhão. li: O corpo do meu Senhor / é força viva de paz:/I. 2. Vinho de festa e alegria' é vida no coração. , Vinho bebido na luta' se toma conduta' de libertação. 11: O sangue do meu Senhor , é força viva de paz.:". 3. Palavra vinda do reino' na boca de cada irmão. I Palavra que fortalece' anima e esclarece I a nossa união. li: Palavra-do meu Senhor' é força viva de paz.:II. 4. Flores dos jardins, dos campos, , sorriso exposto no altar. , Flores molhadas no pranto 'de quem deu a vida/pra vidamudar.:1I A vida d . e guem tombou I é força viva de paz:lI. 5. Agua, trazida da fonte' matando a sede que mata. I Agua da chuva no chão 'traz vida e traz pão / pra gente e pra mata. I/:Água da vida, Jesus, I é força viva de paz:lI. 6. Ceia, sagrada aliança, I ato supremo do amor. I Ceia, encontro e esperança I de Jesus com a gente, / transformando a dor. 11: A ceia do meu Senhor I é força viva de paz.:II. 7. Louvor que nasce da história! do dia a dia do povo. I Louvor ao Deus verdadeiro! fiel justiceiro,! Pai do mundo novo. li: O nome do meu Senhor! é força viva de paz.:II. 283 - COM AS MÃos ABERTAS, SENHOR (Zé Vicente) II:Com as mãos abertas, estou / trazendo as ofertas, SenborJI: 1. Trazendo nas mãos os calos da enxada I vida marcada de lavrador.' Os frutos e o canto quase lamento' neste momento te entreg?l!enhor. 2. Oferta pequena de pouco salário . luta de operário trazemos também.! Todo' riffcio das mãos que suaram I e este pão assaram para o nosso bem. 3. Tudo é teu, Senhor, nós somos teu povo, / neste gesto novo vamos celebrar. , Nosso compromisso, nossa esperança ! na eterna aliança pra n9s libertar. 284 - OFERTAR NOS SA VIDA QUEREMOS Raimundo do Carmos Borges e Matheus Antonello 1. Ofertar nossa vida queremos.' com gesto de amor, doação./ Procuramos criar mundo novo, ! trazer para o povo a libertação. DebraçoserguidosaDeusofertamos/aqullo que somos e tudo queamamos.lOs dons que nós temos, compartilharemos. / Aqueles que sofrem, sorrir os faremos.

67

.:)
2. A injustiça que fere e que mata, I tanto homem, criança e mulher, I faz o jovem viver

I - SANTO, SANTa, SANTa

sem sentido I frustrado, perdido, distante da fé. 288- SANTO _Missa: ''O Senhor, minha festa" 3. Como o pão e o vinho se tomam I Corpo e (Ir. Míria T. Kolling) Sangue de Cristo Jesus. I transfonnemos a realidade, I pra ser de verdade esperança e luz! Santo, Santo, Santo, / Senhor Deus do uni verso! la céu e a terra proclamam, Iproclamam a vossa 285. NO NOSSO ALTAR (Zé Vicente) glória! / O santo, o justo, o verdadeiro Deus! _I 1. As mesmas mãos que plantaram a semente, I:Hosana, hosana, I hosana nas alturas!:11 _ aqui estão. I O mesmo pão que a mulher 11: Bendito o que vem em nome do Senhor!:I/ O preparou, aqui está. I O vinho novo que a uva santo, o justo, o verdadeiro Deus! _11: Hosana, sangrou, jorrará no nosso altar. hosana, / hosana nas alturas!:/!. A Uberdade haverá, a igualdade baverá lI: 289 _SANTO E' O SENHOR rn e nesta festa onde a gente é irmão I o Deus da .J"I vida se faz comunhão:/! 2. Na flor do altar brilha o sonho da paz mundial. / Na luz acesa é a fé que palpita hoje em nós. I Do livro aberto o amor se derrama total, no nosso altar. 3. Benditos sejam os frutos da terra de Deus. / Bendito seja o trabalho e a nossa união./ Bendito seja Jesus que conosco estará, além do altar. VAI COM LÁGRIMAS (Ir. Míria T. Kolling) 1. Quem vai com lágrimas lançando a semente, / e só cansado, após trabalho, o corpo deita, I prepare cantos para a festa da colheita; I Deus lhe dará com abundância os seus bens! Senhor Deus Pai, sejas bendito I por este vinho e pelo pào!/Portoclaa dore cada grito I que se faz vida em nossas mãos! 2. Quem come o pão do seu suor e sofrimento, I e, solidário, une a sua à dor alheia, I prepare O dia para a grande e farta Ceia: I o próprio Deus lhe servirá a refeição! 3. Quem se faz trigo e como dom a vida entrega,/nalutaporummundojustoefratemo, I prepare a vida para a luz do Sol eterno: I Deus será nele a total ressurreição! 287 ~ NESTE PÃO E NESTE VINHO Letra: Ma. de Fátima Oliveira Música: Waldeci Farias Neste pão e neste vinho,/osuorde llO&'I8S mãos: lo trabalho e a justiça I para todos os innãos. 1. Ofertamos, ó Senhor, os sofrimentos I dos pequenos e dos pobres, teus amados, I dos que lutam à procura de trabalho, I das crianças e anciãos abandonados. 2.Ofertamosafumezaeacoragem/dosquelutam em favordos oprimidos, I dos famintos e sedentos de justiça / e que são por tua causa perseguidos. 3. Ofertarnos,ó Senhor, toda a certeza I na vitória do amor sobre o pecado. I Tua luz há de brilhar, vencendo a treva, I sobre o mundo con vertido e renovado. lI: Santo, Santo, Santo é o Senhor. I Todos nós sabemos e queremos proclamar:ll. 1. Santo é o Senhor em toda a parte. I O Senhor é Santo. 2. Viva
O

:)
:,)

~

:j
~

:}
~ ~ ~

:)
~ :,) ~ ~

Senhor nas alturas. 10 Senhor é

290 -

Santo.

ClP'L SANTO DOS ANJOS

286 •.QUEM

1. Santo, Santo, Santo! / Dizem todos os anjos. I Santo, Santo, Santo / é o Senhor Jesus! I Santo, Santo, Santo I é que nos redime: _//: Porque meu Deus é Santo, I a terra cheia de sua glória está!:11 2J/:Céus e terra passarão, / mas tua Palavra . não passará!;II- Não, não, não passará! I Não, não, não, não, não, não passará! 3. Hosana a Jesus Cristo, I o Filho de Maria! I Bendito o que vem em nome do Senhor! I Santo ... .:li 291- SANTO, SANTO, SANTO (Pe.Zezinho) 1/: Santo, Santo, Santo é o Senhor da Luz. I Santo, Santo é o Senhor Jesus: /I Numa canção sideral de um hosana total I a criação se extasiá. 10 céu e a terra também I entoam o seu grande Amém. Bendito é Aquele que vem, Aquele que vern, Aquele que vem,l em nome da Luz. I Bendito é Aquele que tem, Aquele que tem, Aquele que tem a Paz I Nosso Senhor Jesus. 292 - DEUS INFINITO (Pe. Zezinho) 1. Deus infinito, nós te louvamos I e nos submeternos ao teu poder. I As criaturas, no teu mistério, I mostram a grandeza de quem lhes deu o ser. I Todosospovossonham/evivemnaesperançade encontrar a paz. I Suas histórias todas I apontam para o mesmo rumo, onde tu estás. Santo, Santo, Santo! I Santo, Santo, Santo! I Todo poderoso é o nosso Deus! 2. Senhor Jesus Cristo, / nós te louvamos e agradecemos, teu irnenso amor. I Teu nascimento,l teu sofrimento trouxe vida nova onde existe a dor. I Nós te adoramos I e acreditamos

:."
~

::)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

:)

':j :) :j
~

68

:)

que és o Filho Santo de nosso Criador. , E professamos tua verdade' que na humanidade 'plantou tamanho amor! 3. Deus infinito, , teu Santo Espírito renove o mundo sem jamais cessar. I Nossos projetos,' nossa esperança só se realizam quando Ele falar.' Todo poderoso, , somos o teu povo que na esperança vive a caminhar. 'Dá que sejamos, , teu povo santo que fará do mundo, , teu trono e teu altar. 293 . SANTO É MEU SENHOR Santo, santo é meu Senhor. , Santo, santo é o nosso Deus. , Céus e terra proclamam sua glória. , Bendito é o que vem em nome desse Deus. II:Hosana em toda a terra (3v) , Dosana lá nos céus.:/I. 294 - SANTO, DEUS NOSSO CRIADOR Solo: Santo, Santo, Santo é o Senhor. Todos: Santo, Santo, Santo é o Senhor. Solo: Ó Deus do Universo, Deus nosso Criador. Todos: Ó Deus do Universo, Deus nosso Criador. Solo: No céu, na terra brilha o esplendor, de tua imensa glória, ó Deus, nosso Senhor. (bis) Bendito seja Aquele que vem (bis). , Aquele que vem vindo em nome do Senhor (bis). / Hosana! Hosana! Hosana! Ó Salvador! (bis).' Ó vem nos socorrer no teu imenso amor! (bis). 'Ó vem nos libertar no teu imenso amor! (bis). / Ó vem nos alegrar no teu imenso amor! (bis).

3. Se neste pão, nesta comunhão, I Jesus por nós dá a própria vida.' Vamos também repartir os dons, , doar a vida por nosso irmão. 4. Onde houver fome, reparte o pão I e tuas trevas hão de ser luz. , Encontrarás Cristo no irmão, I serás bendito do eterno Pai. 5. Abri, Senhor, estas minhas mãos,' que para tudo guardar se fecham. , Abri minh'alma, meu c~ração, / para doar-me no eterno dom. 297 - EU QUIS COMER ESTA CEIA (Waldeci Farias) 1. Eu quis comer esta ceia agora, , pois vou morrer, já chegou minha hora. Comei, tomai: é meu corpo e meu sangue que dou.' Vivei no amor, eu vou preparar a ceia na casa do Pai. 2. E vai nascer do meu sangue a esperança, , o amor, a paz, uma nova aliança. 3. Vou partir, deixo o meu testamento: I vivei no amor, eis o meu mandamento. 4. Irei ao Pai, sinto a vossa tristeza; I porém, no céu, vos preparo outra mesa. 5. De Deus virá o Espírito Santo, , que vou mandar pra enxugar vosso pranto.

E..

295 - SANTOÉOSENHOR Santo, Santo é o Senhor / Dos exércitos Rei (bis). / Sua glória enche o universo (3v). , Santo é o Senhor. , Sua glória enche a minha casa (3 v). Santo é o Senhor. Sua glória enche a minha vida (3v) Santo é o Senhor. , Sua glória enche a minha família (3v). , Santo é o Senhor. , Sua glória enche o 299-PROVADEAMOR (Pe:JoséWeber) meu futuro (3v). / Santo é o Senhor. 11: Prova de amor maior não há I que doar a vida pelo irmão:/I. 1.Eis que eu vos dou o meu novo mandamento: I-CANTIS DE COMIINRAI I Amai-vos uns aos outros, como eu vos tenho 296 - O PÃO DA VIDA (Pe.JoséWeber) amado. O pão da vida, a comunhão, , nos une a 2. Vós sereis os meus amigos se seguirdes os Cristo e aos irmãos, li: e nos ensina a abrir meus preceitos: I Amai-vos ... as mãos,' para partir, repartir o pão.:II. 3. Como o Pai sempre me ama, assim também 1. Lá no deserto a multidão, , com fome, segue eu vos amei: I Amai-vos ... o Bom Pastor, , com sede busca a sua palavra. 4. Permanecei no meu amor e segui o meu / Jesus tem pena e reparte o pão. mandamento: , Amai-vos ... 2. Na Páscoa nova da nova Lei, / quando amou-nos até o fim,' partiu o pão, disse: Isto 5. Nisto todos saberão que vós sois os meus é meu Corpo, por vós doado: tornai e comei. discípulos: , Amai-vos ...

298 - COMENDO DESTE PÃO Comendodestepáo,nóssomostransformados, , somos felizes,bem-avenbJrados. 1. Pobres e humildes, deles é o céu, , homens que choram serão consolados. 2. Mansos e puros herdarão a terra. I famintos de justiça serão saciados. 3. Pacificadores, filhos de Deus,! no amor do Pai, são recompensados. 4. Homens perseguidos por amor ao Reino, , O mal que lhes fizeram será perdoado. 5. Exultem e se alegrem na esperança, I o Reino aqui já é realizado. C,..(tw'\

c

69

:)
A COMUNHÃO (Pe. José Campos) I/:Receberacomunhão/comestepovãosofrido I é fazer a aliança com a causa do oprimido:!1 1. Celebrando a eucaristia, a vida a gente consome.! Ao lutar pela justiça, acabando com a fome, ! pra que o outro seja gente, pra que ele tenha nome. 2. Celebrar a eucaristia com famintos e humilhados,! com o pobre lavrador, I sem ter nada no roçado, I é estar em comunhão com Jesus crucificado. 2. Se eu não der de mim, ! podendo me doar, 3. Celebrar a eucaristia é também ser torturado, I serei então culpado do vinho e do pão; ! se, lé ser perseguido e preso,l é ser marginalizado, acaso eu partilhar,! da santa Eucaristia, I a paz I ser entregue aos tribunais, I numa cruz, ser que ela irradia I em mim não brilhará. pregado. 3. No dia em que eu me for, I a fim de te encontrar, ! eu quero estar tranquilo I do pão 304 • PERMANECEI EM MIM (Ney Brasil) que eu dividi.! E tu, que és meu Senhor, I irás Permanecei em mim! é teu pedido, Senhor, multiplicar! meus dons e tudo aquilo que em I e eu ficarei em vós ! é tua promessa de vida eu reparti. amor. LUGAR NESTA MESA 1. Minha vida em tua vida, I teu desejo é (Pe. José Campos) transformar! meu sorriso em teu sorriso, ! meu Só tem lugar nesta mesa I pra quem ama e olhar em teu olhar! pede perdão. I Só comunga nesta ceia,! 2. Para que sejamos um! como a árvore e o seu ramo; ! unifica em teu amor! todas as coisas, quem comunga na vida do innão. tudo o que eu amo! 1. Eu tive fome e não me deste de comer.! Eu 3. Une em ti, 6 meu Senhor,! o meu nada com tive sede e não me deste de beber. o teu ser: ! minha fraqueza e a tua força, ! meu 2. Fui peregrino e não meacolheste;/injuriado viver com o teu viver! e não me defendeste. 4. Para que não seja eu ! quem vive agora, mas 3. Fui pequenino e quiseste me pisar. ! Da sim! nas alegrias e na dor I sejas tu quem vive ignorância não quiseste me tirar. em mim. 4. Eu nasci livre e quis viver com igualdade. I .. A Fui perseguido s6 por causa da verdade. 305 - uM REI FEZ UM BANQUETE 5. Pra ser feliz eu quis amar sem distinção.lSó L: Pe. Jocy Rodrigues - M: Frei Joel Postma por orgulho tu não foste meu irmão. Um Rei fez um grande banquete, I o povo já 6. Eu vivi pobre, mas lutei para ser gente. I Fui foi convidado. I A mesa já está preparada,! sem direito de levar vida decente. já foi um Cordeiro imolado. PARTILHAR 1. Se eu não partilhar, I em todos os momentos, I meus dons e meus talentos I e os bens que tu me dás. I Jamais entenderei! a tua Eucaristia, ! milagre que extasía ! e traz tão grande paz. Preciso compreender, Senhor, I que neste pão repartido, ! que neste vinho bebido, I a tua vontade se encerra.! Sobre a justiça da terra! sobre o amor e a bondade! e sobre a fraternidade! que tu vieste ensinar,! que tu vieste ensinar.

300 - SE EU NÃO

303 - RECEBER

~ ~ ~ ~ ~

.,
:)
~

:}

:) .~
.~

~

.':)
~ ~

301 - só TEM

O

o
~ ~ ~

~

':)
~ ~ ~ ~ ~ ~

302 - vós

SOIS MEU PASTOR

(Deiss)

Vós sois meu Pastor, ó Senhor: I nada me faltará, se me conduzis. 1. Em verdes pastagens, feliz eu descansei; ! em vossas águas puras eu me desaIterei. 2. No vale das sombras, mal é vão temer./Se vos tenho a meu lado, por que desfalecer? 3. Puseste-me uma mesa para o festim real, I ungiste-me a cabeça com óleo divinal. 4. Transborda em minha taça um misterioso vinho, I consolo e alimento ao longo do caminho. 5. A luz e a graça vossa sem fim me seguirão, ! e céu em recompensa um dia me darão.

°

°

L Eu me sinto feliz perto de Deus, I em achar um abrigo no Senhor. 2. Eu agora estarei sempre com Ele,! pois me veio trazendo pela mão. . 3. Vosso plano de amor me vai guiando, I para chegar finalmente em vossa glória. 4. Os desejos do mundo nada valem,/ eu me firmo na pedra que é meu Deus. 5. Quem se afasta de Vós nada consegue, ! quem se alegra sem Vós não é feliz. 6. Para mim ser feliz é ter meu Deus, ! é -conservã-lo sempre, sempre dentro em mim. .7. É cantar a bondade do Senhor! pelas ruas e praças da cidade.

":)
~

':)

.:)
~ ~ ~

70

B.v
306 ~vós
L: Pe. Josmar Braga 7M: Waldeci Farias Vós sois o Caminho, a Verdade e a Vida, I o 1. Vem, e eu mostrarei que o meu caminho te Pão da alegria, descido do céu. 1. Nós somos caminheiros I que marcham para os leva ao Pai, / guiarei os passos teus e junto a ti céus. I Jesus é o caminho I que nos conduz a Deus. hei de seguir./ - Sim, eu irei e saberei como 2. Da noite da mentira, I das trevas para a luz, chegar ao fim, / de onde vim, aonde vou: por I busquemos a verdade, I verdade é s6 Jesus. 3. Pecar é não ter vida, I pecar é não ter luz; I tem vida s6 quem segue os passos de Jesus. 4. Jesus, Verdade e Vida, I caminho que conduz I as almas peregrinas / que marcham para a luz. onde irás, irei também. 2. Vem, e eu te direi o que ainda estás a procurar. ! A verdade é como o sol e invadirá teu coração. 1- Sim, eu irei e aprenderei minha razão de ser./ Eu creio em ti que crês em mim e à tua luz verei a luz. 3. Vem, e eu te farei da minha vida participar. I Viverás em mim aqui; viver em mim é o bem maior. I - Sim, eu irei e viverei a vida inteira assim. ! Eternidade é na verdade o amor vivendo sempre em nós. 4. Vem, que a terra espera quem possa e queira realizar / com amor a construção de um mundo novo muito melhor./- Sim, eu irei e levarei teu nome aos meus irmãos. / Iremos nós e o teu amor vai construir enfim a paz. SOIS O CAMINHO (pe. Vigne)

309 - VEM

E EU MOSTRAREI

307 - BENDIGAMOS

AO SENHOR (Concordi Laetitia) 1. Bendigamos ao Senhor, I que nos une em caridade, I que nos nutre com amor I com o pão da unidade. / Ó Pai Nosso! 2. Um s6 corpo em Deus formamos I pelo dom da caridade. / Um só pão nos alimenta: / pão real, pão da unidade. / Ó Pai Nosso! 3. Conservemos a unidade, / mandamento do Senhor, / brilhe a paz onde há guerra; I onde há ódio, reine o amor! / Ó Pai Nosso! 4. De Jesus o exemplo e ordem / manda o mal com o bem pagar: / num perdão sincero e amigo, / seu amor testemunhar. 5. O que sofre imerso em dor, I o que vive em solidão, I ache alívio, ache consolo I dum fraterno coração./ Ó Pai Nosso! 6. Ó Senhor, uma família, I somos nós na caridade, I nos congregue o teu amor ,I na feliz eternidade. I Ó Pai Nosso!

310 - TODA

IGREJA É UM CORPO Letra: D. Carlos Alberto Navarro Música: Waldeci Farias

Tua Igreja é um Corpo, / cada melllbro é diferente. I E há no Corpo, certamente, I coração, ó meu Senhor. I Dele nasce a caridade, I dom maior, mais importante. / Nele, enf'un, achei radiante;/ minha vocação: 308 ~SIM, EU QUERO (Pe. José Weber) o amor. Sim, eu quero que a luz de Deus I que um dia em 1. Que loucura não fizeste, I vindo ao mundo mim brilhou,l jamaisseesconda/enãoseapague nos salvar! / E depois que tu morreste, / ficas em mim o seu fulgor. I Sim, eu quero que o meu vivo neste altar.

c,

arra'/~omeuinnão/acaminharguiadopor tua utiín,1 em tua lei, em tua hIZt Seuhor! 1. Esta terra, os astros, o sertão em paz, ! esta flor e o pássaro feliz que vês, ! não sentirão, não poderão jamais viver I esta vida singular que Deus nos dá. 2. Em minh'alma cheia do amor de Deus, / palpitando a mesma vida divinal, / há um resplendor secreto do Infinito Ser, / há um profundo germinar de eternidade. 3. Quando eu sou um sol a transmitir a luz,! e meu ser é templo onde habita Deus, I todo o céu está presente dentro em mim, / envol vendo-me na vida e no calor. 4. Esta vida nova, comunhão com Deus, / no Batismo, aquelediaeu recebi;! vai aumentando sempre e vai me transformando, / até que Cristo seja todo o meu viver.

2. Os teus santos compreenderam! teu amor sem dimensão. / E loucuras cometeram, I em sua própria vocação. 3. Sou pequeno, igual criança. / cheio de limitações; / mas é grande a esperança: I sinto muitas vocações. 4. Quero ser um missionário! até quando o sol der luz. I Dá-me por itinerário / toda a terra, ó Jesus. 5. O martírio, eis meu sonho! !Dar-te o sangue de uma vez. I A mil mortes me disponho: ! sofrerei com intrepidez. 6. Tantas vocações sentindo, ! que martírio, meu Senhor! / Alegrei-me descobrindo I minha vocação: o Amor. 7. Sentimento é coisa vaga! / Por meus atos provarei / que o amor com amor se paga: / toda cruz abraçarei.

71

:)
2. Meu Pão da Alegria, I sem ti não viverei: / Deus que me cria, / me diz: "Ser alegre é a lei!" / O céu é s6 festa, ! os santos se alegram com Deus./ Este Pão me põe nesta / feliz comunhão com os céus! 3. Meu Pão da Amizade, / sem ti não vou passar: / vida, em verdade, / é só ser amado e amar! IPãoque chega à mesa,/unindo centenas de grãos, / neste altar, com certeza, / reúne os que Deus fez innãos! 4. Meu Pão da Esperança, / não sei viver sem ti;! pois na confiança, / já temos o céu por aqui! / E só nesta mesa I que eu posso encontrar o vigor / de exigir com firmeza, / justiça na Paz, com Amor! 5. Pão que ressuscita, I oh! vem me libertar: / vida bendita I é vida pra sempre durar! / Pão 312. O MEU CORAÇÃO É SÓ DE JESUS vivo é semente I de céu bem no meu coração, C (Pe. Hélio Athayde) I e me faz ser mais gente I na espera da //:O meu coração é só de Jesus: / A minha ressurreição! alegria é a Santa Cruz:/I. 6. Pão que se partilha, / sem ti meu ser decai: I. No tempo em que eu era criança, / cantava / somos família,! chamamos a Deus nosso Pai! este canto pensando em Jesus. I Agora, Jesus lOs bens desta vida / pra todos serão, quer o estou vendo / no irmão que, sofrendo, carrega Altar: I nada mais nos divida / na fé, no sua cruz. trabalho e no lar! 2. A gente no mundo de hoje, / precisa ser forte pra não vacilar./ Se a gente não toma cuidado, 314 - VAMOS ENTRANDO NA FILA (Pe. Jocy Rodrigues) I Deus fica de lado e o fracasso virá. Eu vou com fé viver a vida, Ilevar amor onde I. Vamos entrando na fila, I pra receber o faltar./ Levo comigo a esperança I de todo Senhor./ Ele quis ser alimento I e se entregou por amor. mundo poder cantar: O meu coração ••. 3. Os homens só vivem pensando / que a II:Isto é meu Corpo, comei. / Isto é meu felicidade é dinheiro na mão.! Feliz é quem faz Sangue, bebei.1 Comemorando o que fIZ, I a caridade I e não guarda maldade no seu coração. mesma coisa fazei:/!. 4. Há muitos que vivem xingando, / que vivem 2. A fila dos que têm fome, / dá volta ao mundo clamando da vida que têm. I A vida é um peso inteiro. / Fome de pão;' de justiça, / fome de suave / que a gente carrega do jeito que vem. amor verdadeiro. Eu vou com fé viver a vida... 3. A fila dos explorados / não tem tamanho, _ 5. Queria sair pelo mundo, / gritando bem forte é imensa! / Trabalho duro e mal pago, I que existe o Amor. / Queria que em todo causando morte e doença. semblante/ se abrisse um sorriso igual uma flor. 4. A fila dos humilhados / percorre nossa 6. Eu sinto que a vida da gente I parece uma cidade, I gente que nós expulsamos I da terra Hóstia na mesa do altar: / um Pão repartido com e até da amizade. todos, /louvor que se oferta no dom de se dar. 5. A fila dos irmãos tristes / passa por nós cada Eu vou com fé viver a vida.•. dia. / Mas nunca nós temos tempo I de lhes servir alegria. 313 - MEU PÃO, MINHA VIDA L.: Pe. Lúcio Floro M.: Ir. Míria T. Kolling 315 -EU VIM PARA QUE lENHAMVIDA 1. Meu Pão, minha Vida, / sem ti não sei viver; ..D1'Y'"l (Pe. José Weber) / pois na comida / encontro o meu jeito de ser! / O "Eu vim para que todos tenham vida, que trigo, esta uva, / me põem em feliz comunhão / todos tenham vida plenamente". com o sol, vento e chuva, !e todaariquezadochão. 1. Reconstrói a tua vida em comunhão com o Povo feliz, a Igreja vai, / nova canção a teu Senhor; / reconstrói a tua vida em comunhão cantar! I Tem padre (bispo) assim, / Pastor com teu irmão. I Onde está o teu irmão, Eu e Pai, I pondo este Pão sobre o altar! estou presente nele.
>

QUE EU FALE AS LÍNGUAS (Frei Fabreti) 1. Ainda que eu fale I as línguas dos homens, I ainda que eu fale a lfngua dos anjos, I serei como bronze I que soaem vão, I se eu não tenho amor, I amor aos irmãos. o amor é paciente etudo crê••.IÉcompassivo, não tem rancor. I Não se alegra ~o'ainjustiça, e com o mal./ Tudo suporta! E dom total! 2. Ainda que eu tenha I vigor de profeta, I e o dom da ciência, I firmeza na fé; / ainda que eu possa transpor as montanhas, I se eu não tenho amor, I de nada adianta! 3. Ainda que eu doe / meus bens para os pobres, I que eu deixe meu corpo I em chamas arder; I será como sonhos, I será tudo em vão, I se eu não tenho amor, I amor aos irmãos!

311- AINDA

='
~

:')
~

:>
:)
~

'j
~ ~ ~

:)
~ ~ ~ ~ ~ ~
.~

~

::>
:)
~ :,') ~ ~ ~ ~

~

::>

':)
~ ~ ~ ~

72

'-='

2. Quem comer o Pão da vida viverá eternamente. I Tenho pena deste povo que não tem o que comer. I Onde está um irmão com fome, Eu estou com fome nele. 3. Eu passei fazendo o bem, Eu curei todos os males.! Hoje és minha presença junto a todo sofredor. I Onde sofre o teu irmão, Eu estou sofrendo nele. 4. Entreguei a minha vida pela salvação de todos.lReconstrói, protege a vida de indefesos e inocentes. I Onde morre o teu irmão, Eu estou morrendo nele. 5. Vim buscar e vim salvar o que estava já perdido. ! Busca, salva e reconduze a quem perdeu toda a esperança. I Onde salvas teu irmão, tu me estás salvando nele. 6. Não apago o fogo tênue do pavio que ainda fumega. I Reconstrói e reanima toda vida que se apaga. ! Onde vive o teu irmão, Eu estou vivendo nele. 7. Salvará a sua vida quem a perde, quem a doa. ! Eu não deixo perecer nenhum daqueles que são meus. I Onde salvas teu irmão, tu me estás salvando nele. 8. Da ovelha desgarrada Eu me fiz o Bom Pastor.! Reconduze, acolhe e guia, a quem de mim se extraviou.! Onde acolhes teu irmão, tu me acolhes também nele. 9. Quem comer o Pão da vida, Eu o ressuscitarei, , e no reino do meu Pai teremos vida plenamente. I Onde todos os irmãos serão eterna comunhão.

317 - A MESA

c..

\)AL.:;;R9°

TÃO GRANDE E VAZIA (Zé Vicente) 1. A mesa tão grande e vazia' de amor e de paz - de paz! / Aonde há o luxo de alguns, / alegria não há, jamais! I A mesa da Eucaristia I nos quer ensinar a, a, I que a ordem de Deus, nosso Pai, I é o pão partilhar! Pão em todas as mesas, I da Páscoa nova certeza. 11: A festa haverá I e o povo a cantar, aleluia!:II. 2. As forças da morte: a injustiça I e a ganância de ter - de ter, / agindo naqueles que impedem I ao pobre viver - viver, I sem terra, trabalho e comida,' a vida não há - não há. I Quem deixa e não age,' a festa não vai celebrar. 3. Irmãos, companheiros na luta, ! vamos nos dar as mãos - as mãos, , na grande corrente do amor,! na felíz comunhão! - irmãos!! Unindo a pelej a e a certeza, I vamos construir aqui, , na terra o projeto de Deus: ! todo povo a sorrir! 4. Bendito o ressuscitado,! Jesus vencedor, Ô, ô. ! No Pão partilhado , Ele I sua presença deixou - deixou! I Bendita é a vida nascida I de quem se arriscou - ô, ô,l na luta pra ver triunfar neste mundo o amor!

318 - NESTE

316 - NO

DESERTO DA VIDA (JOsé Raimundo Galvão)

1. No deserto da vida, quando a sede me vem, I quando clamo bem alto e não vejo ninguém, I eu me lembro de ti e me sinto feliz, ! pois escuto bem perto tua voz que me diz: Quem tiver sede, veohaamime beba.!E doscio de quem crê em mim!bãodebrotartonentesde águaviva,! jommdosempresan,ialnaBterfim. 2. Muitas vezes a dor não me deixa dizer! quanta sede de amor trago dentro do ser./ Mas Tu ouves a voz do silêncio também,! e no amor me conduzes à fonte do bem. 3. O teu dom sem reservas eu vou receber ,I este Pão que conserva tua vida em meu ser,' como outrora fizeste pela Samaria, , a tua presença me traz alegria. 4. Eu quisera viver ao teu lado, Senhor, / transformando minha vida em fonte de amor, ! onde todos que buscam, tentando encontrar, I em meu testemunho te ouvissem falar.

PÃO DE IGUALDADE (Ir. Cecília Vaz) 1. Se calarem a voz dos profetas I as pedras falarão. I Se fecharem os poucos caminhos I mil trilhas nascerão. Muito tempo não dura a verdade! nestas margens estreitas demais. ! Deus criou o infinito I para a vida ser sempre mais. / É Jesus este pão de igualdade. ! Viemos para comungar! com a luta sofrida do povo! que quer ter voz, ter vez, lugar. ! Comungar é tornar-se um perigo,!viemos pra incomodar. ! Com a fé e a união' nossos passos um dia vão chegar! 2. O Espírito é vento incessante! que nada há de prender. I Ele sopra até no absurdo I que a gente não quer ver. 3. No banquete da festa de uns poucos I s6 rico se sentou.! Nosso Deus fica ao lado dos pobres I colhendo o que sobrou. 4. O poder tem raízes na areia / o tempo o faz cair: ! união é a rocha que o povo' usou pra construir. 5. Toda luta verá o seu dia I nascer da escuridão. ! Ensaiamos a festa e a alegria, I fazendo comunhão.

73

:}

319 - À BEIRA

DO LAGO José Thomaz Filho e Edson Rodrigues de Freitas

1. À beira lago dos teus afazeres, I eu abro horizontes de luta e esperança. I A pescas maiores convoco teus braços: I que leves a paz, onde impera a vingança (Mt 4,18-22). O tempo não para, chegou minha hora, I eu vou para o Pai, mas Eu fico por perto: I Eu sou este pão, este vinho, este amor! I Perfaz o caminho que encontras aberto. 2. A história dos homens tem tanta cobiça, / in veja, opressão e desdém pelos fracos. IChegou novo tempo, de plena mudança; / sou luz, boa nova aos teus olhos opacos (Lc 4,1-13). 3. Revelo outro lado, que é o pleno de brilho: I é assim que o meu Pai quer a vida de todos; I pois, vai, transfigura, essa terra de homens,/ implanta a justiça, demite os engodos (Lc 9,28b-36).

320 - QUANDO

UM ÓRFÃO IMPLORA

I. Quando um órfão implora pão e amor. I Quando chora porque ninguém lhe dá: I Oh ... Eu tremo por ti, Jesus que sofres, choras, morres. I Com o órfão de fome, morres tu. 2. Sofres tu quando um homem é feito escravo. / Quando grita, pedindo liberdade. / Oh ... Eu tremo por ti, Jesus, que sofres, choras, morres. I Com os homens escravos morres tu. 3. Quando sinto que o mundo em guerra está. I Que o irmão ao irmão vai trucidar: I Oh ... Eu tremo por ti, Jesus, que sofres, choras, morres. / Com os homens que morrem, morres tu. 4. Quando passas envolto em solidão. IQuando esqueço tua fome e teu sofrer: / Oh ... Eu tremo por ti, Jesus que sofres, choras, morres. / Por meu vil egoísmo, morres tu. ESTARMOS JUNTOS ~ (Ir. Míria T. Kolling) 1. É bom estarmos juntos à mesa do Senhor I e, unidos, na alegria, partir o pão do Amor. Na vida, caminha quem come deste pão. I Não anda sozinho quem vive em comunhão. 2. Embora sendo muitos, é um o nosso Deus. I Com ele vamos juntos, seguindo os passos seus. 3. Formamos a Igreja, o Corpo do Senhor. I Que em nós o mundo veja I a luz do seu amor. 4. Foi Deus quem deu outrora ao povo o pão do céu./ Porém nos dá, agora, o próprio Filho seu. 5. Será bem mais profundo o encontro, a comunhão, I se formos para o mundo sinal de salvação. 6. A nossa Eucaristia ajude a sustentar I quem quer, no dia-a-dia, o amor testemunhar.

(Zé Vicente) Comungar é tornar viva a aliança I em Jesus, razão de nossa esperança. I. Ao redor do pão partido e do vinho da alegria I o futuro se anuncia, de vez. I Na união viva da gente, nosso Deus se fez presente I e a terra, de repente, se toma o céu. 2. Comunhão sempre refeita, com o planeta em que nascemos I esta terra onde vivemos aqui I é tomar-se irmão da água, da flor, do fruto que acalma I a fome que não permite o irmão sorrir. 3. É viver lembrando sempre dos companheiros ausentes I dos que hoje são sementes no chão. I É olhar-se frente a frente, sem ódio nem falsamente. I É afirmar sinceramente: "sou teu irmão". 4. É fazer-se solidário aos sem terra e sem salário,! sem casa ou presidiários, na dor.! É provar da novidade, da mais pura liberdade, I de uma nova humanidade, de paz e amor. 5. É firmar o compromisso com o poder feito serviço, I pois Cristo sempre fez isso, irmão. I A honra do Pai divino não é tanto o culto, o hino ...,! é vida, e o nosso destino é libertação! Aleluia! Aleluia!... PODE FALTAR A PALAVRA I. Não pode faltar a Palavra, I não pode faltarnos o Pão, I não pode faltar compromisso I a quem quer um mundo de irmãos. I/:Teu pão, ó Senhor, nos sustenta I na luta de um mundo melhor. I O teu Evangelho transforma. I Tu és nosso Deus Salvador:!!. 2. Passaste no mundo dos homens I fazendo a todos o bem. I Teu jeito de amar os humildes I a todos ensinas também. 3. A Boa Notícia do Reinol aos pobres Tu vens anunciar. I É Deus que se põe a seu lado, I é Deus que nos vem libertar.

322 - VIV A ALIANÇA

~ ~

:)
~ ~

., ..,
':!'' =
~ ~ ~ ~

='

:) :) :)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

323 - NÃO

321 - É BOM

C

mundo a Iuz./Depende de você me encontrarJI.

324 - EU SOU O PÃO DO CÉU //:& sou o Pão do céu- dBse Jesus; I quem come deste Pão não IIlOITenÍ./Da terra eu sou o sal, do

1. Há tantos que padecem pela vida, I há tantos que não têm onde chegar; I não têm na mesa o pão de cada dia. I E outros não conseguem trabalhar. 2. Há tantos que se iludem com a riqueza. I Há tantos que não a sabem aproveitar. I Há tantos com fartura em sua mesa. I E tantos que não sabem partilhar. 3. Se isto acontece neste mundo I é por falta de compreensão. I Se você pára, pensa um segundo, I pro mundo você traz a solução.

::l
'"""

-'

74

BANQUETE, REFEIÇÃO I/:Festa, banquete, refeição, a mesa está pronta, só falta nosso irmão:lI. 1. É alimento, o Corpo do Senhor. / O pão partido é festa ao Deus de amor. 2. A mesa farta dá força pra vencer. I Não passa fome quem deste pão comer. 3. Jesus convida seu povo pra cear.! E desta festa vamos participar. 4. E nessa ceia celebramos nosso irmão, / que passa fome, não come deste Pão.

325 - FESTA,

3. Quando medito em teu amor tão grande. I seu Filho dando ao mundo pra salvar./Nacruz vertendo o seu precioso sangue, ! mính' alma pode assim purificar. 4. Quando, enfim, Jesus vier em glõria.j' e ao lar celeste então me transportar,; te adorarei, prostrado e para sempre, ! quão grande és Tu, meu Deus, hei de cantar.

SENHOR (Pe. José Weber) 1. Obrigado, Senhor. porque és meu Amigo, / porque sempre contigo eu posso faIar; I no perfume da flores, na harmonia das cores / e no mar que murmura, o teu Nome a cantar. Escondido Tu estás no verde da floresta, ; 326 - EM CORO A DEUS LOUVEMOS (Frei Luiz Carlos Susin) nas aves em festa, no sol a brilhar; I na sombra que abriga. na brisa ~ / na 1.Em coro a Deus louvemos: / eterno é seu amor. fonte que corre. ligeira a cantar. / Pois Deus é admirável: I eterno é seu amor. lI: Por nós fez maravilul, Iouvanos ao 5mbDrJI 2. Te agradeço ainda porque na alegria, I ou na dor de cada dia, posso te encontrar. ! Quando 2. Criou o céu e a terra: / eterno é seu amor./ a dor me consome, murmuro o teu Nome. / e Criou o sol e a luz: I eterno é seu amor. 3. Distribuiu a vida ... ! na planta, peixe e ave . mesmo sofrendo, eu posso cantar. 4. E fez à sua imagem ...!o homem livre eforte . 330 - SENHOR. FAZEI-MEINSIRUMENTO 5. Na históriaque fazemos.JDeus vai à nossafrente.. i\f'Il\ " (Pe. Irala) Senhor. fazei-me instrumento de vossa paz. I 327- PORMFLHOR QUE SETAALGUÉM Onde houver ódio, que eu leve o amor.! Onde Cé" Salmo 145 - Waldeci Farias houver ofensa, que eu leve o perdão. / Onde 1. Por melhor que seja alguém! chega o dia em houver disc6rdia, que eu leve a união. I Onde que há de faltar. / S6 o Deus vivo a palavra houver dúvidas. que eu leve a fé.; Onde houver mantém! e jamais Ele há de falhar. erros, que eu leve a verdade. I Onde houver Quero cantar aoSenhor,/sempre, enquanto desespero, que eu leve a esperança. ; Onde eu viver. I Hei de provar seu amor. I seu houver tristeza, que eu leve a alegria. I Onde valor e seu poder. houver trevas, que eu leve a luz. 2. Nosso Deus pôs-se do lado I dos famintos e Ó Mestre. fazei que eu procure mais consolar, injustiçados, I dos pobres e oprimidos, I dos que ser consolado; I compreender, que ser injustamente vencidos. compreendido. amar que ser amado. ! Pois é 3. Ele barrao caminho dos mausl que exploram dando que se recebe. / É perdoando que se é sem compaixão. ! Mas dá força ao braço dos perdoado. I E é morrendo que se vive para a bons I que sustentam o peso do irmão. vida eterna. 4. Esse é o nosso Deus./ Seu poder permanece pra sempre. / Sua força é a força da gente. I 331- ORAÇÃO PELA PAZ (FreiFabreti) Vamos todos louvar nosso Deus! I. 1. Cristo. quero ser intrumento / de tua paz e do teu infinito amor: I onde houver ódio e rancor, 328 - SENHOR. MEU DEUS IS\ / que eu leve a conc6rdia. que eu leve o amor! 1. Senhor, meu Deus, quando eu maravilhado Onde há ofensa que dói, I que eu leve o ! fico a pensar nas obras de tuas mãos; I no céu perdão; I onde houver a discórdia, I que eu azul, de estrelas pontilhado. / o teu poder leve a união e tua pazt mostrando a criação. 2. Mesmo que haja um s6 coração I que duvide 11: Então minh'alma canta a ti, Senhor: I do bem, do amor e do céu,l quero, com firmeza Quão grande és Tu! Quão grande és Tu! :11. anunciar I a Palavra que traz a clareza da fé! 2. Quando a vagar nas matas e florestas, I o 3. Onde houver erro, Senhor, I que eu leve a passaredo alegre ouço a cantar; / olhando os verdade, fruto de tua luz! I Onde encontrar montes,vales e campinas, / em tudo vejo o teu desespero, I que eu leve a esperança do teu nome, Jesus! poder sem par.

329 - OBRIGADO,

r.

J - AÇÃOIE GlAÇAS ERNAl
C.

75

4. Onde eu encontrar um irmão I a chorar de tristeza, sem ter voz e nem vez, I quero bem no seu coração I semear alegria. pra florir gratidão! 5. Mestre, que eu saiba amar, I compreender, co~solar e dar sem receber! I Quero sempre mais perdoar, I trabalhar na conquista e vítõria da PAZ. DAS CRIATURAS (Zé Vicente) Onipotente e bom Senhor, I a ti a honra

j)
11: Ele tem o mundo em suas mãos:11 - Ele é meu Deus e nosso Deus. I Ele é meu Pai e nosso Pai.
I. 11: Ele 2. 11:Ele 3.11: Ele 4. 11:Ele 5. 11: Ele fez o universo:I!. é quem me deu a vida:!I. amou a humanidade:lI. deu seu próprio Filho:lI. me adotou por filho:ll.

~ ~ O MUNDO EM SUAS MÃos ~

334 - ELE'IEM

:)
:) :)

332 • cÂNTIco

g1" ona e I ouvor.1 Todas as bênçãos de ti nos' vêm I e todo o povo te diz: amém!
I. Louvado sejas nas criaturas: I primeiro o sol, lá nas alturas, I clareia o dia, grande esplendor, I radiante imagem de ti, Senhor. - Louvado sejas, pela irmã lua, I no céu criaste, é obra tua. I Pelas estrelas, claras e belas, I tu és a fonte do brilho delas. 2. Louvado sejas pelo irmão vento I e pelas nuvens, o ar e o tempo. I E pela chuva que cai no chão I nos dás sustento, Deus da criação. - Louvado sejas, meu bom Senhor, I pela irmã água e seu valor; I preciosa e casta, humilde e boa I se corre, um canto a ti entoa. 3. Louvado sejas, 6 meu Senhor, I pelo irmão fogo e seu calor. I Clareia a noite, robusto e forte, I belo e alegre, bendita sorte. - Sejas louvado pela irmã terra, I mãe que sustenta e nos governa. I Produz os frutos, nos dá o pão, I com flores e ervas sorri o chão. 4. Louvado sejas, 6 meu Senhor, I pelas pessoas, que em teu amor, Iperdoam, sofrem tribulação, I felicidade em ti encontrarão. - Louvado sejas pela irmã morte, I que vem a t?dos, ao fraco e ao forte. I Feliz aq uele que em n amar I a morte eterna não o matará.

335 -

Há um tempo para tudo: de nascer e de morrer; I tempo de chorar a vida, de sorrir e agradecer. I Para quem sente que a vida é um presente do Senhor, I sempre é tempo de alegria, sempre é tempo de Amor!
1. Pela lua, pelas estrelas, I por este mundo, obrigado, Senhor! I Pelo homem, rei do universo, I pelo progresso, obrigado, Senhor! ! Por Jesus Cristo, obrigado, Senhor! I Pela História, obrigado. Senhor! 2. Pela esperança de um mundo novo, ! em cada dia que vai começar.! Pela certeza de que, um dia, I os inimigos irão se abraçar. I Pela esperança, obrigado, Senhor! I Pela amizade obrigado, Senhor! ' 3. Pelos que lutam pelajustiça,! pelo direito de agente se amar. !Peloesforçodequemcaminha, I com a certeza de quem vai chegar. I Pela justiça, obrigado, Senhor! ! Pela certeza obrigado, Senhor! • 4. Pela alegria que a gente sente I de cada dia poder começar./Pela bondade de mãos amigas I que se estendem para nos ajudar. I Pela alegria, obrigado, Senhor! I Pela bondade, obrigado, Senhor!

HÁ UM TEMPO PARA TUDO (Pe. Élio Athayde)

.,
~ ~

:)
~

:)
~ ~

:>
:)
:)
~ ~
.:) !

~

:')
':j
~

333 - DEUS

CRIADOR

II:Deus Criador! lo céu e a terra e a natureza I louvam ao Senhor!:11 1. Olho a natureza e vejo como é lindo o que Deus criou: I rios, cachoeiras, árvores que formam um verde natural I Nas lindas manhãs, a gota de orvalho vejo gotejar, I o vento soprando, pássaros cantando, um lindo entoar. 2. Olho para o céu e vejo as estrelas na imensidão. I A chuva que cai vem molhar a terra, fecundar o chão. I O sol que aquece, quando amanhece, lindo é seu clarão. I Quando anoitece a lua ilumina a escuridão. 3. O Deus poderoso, até no silêncio posso te sentir./Noarquerespiro,nomeucarninharsinto os passos teus. I Nas flores do campo, no mar e nos montes vejo a tua mão. I Toda a natureza mostra com certeza que és o nosso Deus.

Neste mundo tudo passa, nós também vamos passar ••• I Dusões e vaidade vão, um dia, terminar. I Só o amor e a verdade vão pra sempre durar. I Meus irmãos, enquanto é tempo, v~os apre~er a amar!

"j
~
.~

~

336 - É ~NITA

DEMAIS

:j
':)

lI: É bonita demais, é bonita demais I a mão de quem conduz a bandeira da paz:1I 1. 11 É a paz verdadeira que vem da justiça, irmão. I E a paz da esperança que nasce de dentro do coração:lI. 2. 11:É a paz da verdade, da pura irmandade, do amor. I paz da comunidade que busca a igualdade, ô,ô,ô!:II. 3. 11: paz que é graça e presente na vida da gente de fé. I paz do onipresente, Deus na nossa frente, Javé (Axé):II.

:j :j
~

:)
~ ~

76

'Y
337 - CANÇÃO
DO MISSIONÁRIO

341 - POR QUE ESPERAR

A'MANHÃ?

1. Deixei o lar e a pátria./ Deixei o idioma e o Por que esperar amanhã? ! Por que esperar costume.! Deixei um povo chorando./ Deixei amanhã? ! Escuta este canto. ! Enxuga este pranto! ! Por que esperar amanhã? um povo que amei. Alguém na mesa guardou o meu lugar. ! 1. Escuta este canto que nos traz o vento:! é um Mas, lá eu não ia voltar.! Ouvi a voz de meu canto de sofrimento. ! Alguém pede pão, ! DeuS me chamando:! ouvi e segui meu Deus. alguém pede paz, ! e tu, o que lhe dirás? 2. Escuta este canto de quem está sedento: ! é I ô,ô,ô. um canto de sofrimento. I Alguém pede paz, 2. Parti sem nada e sozinho. , Deixei até o que alguém pede amor, I e tu, o que lhe dirás? era meu.! S6 quis meu Deus no caminho.! Sei 3. Quem pode falar, I quem vai responder I ao lá se alguém me entendeu. que nos pede esta voz? / Cada um de nós tem 338 ~NO FIM DESTA TARDE, SENHOR sempre o que dar, / por isso não vai deixar. Ir. Míria T. Kolling Deixar pra fazer amanhã? I Deixar pra 1. No fim desta tarde, Senhor,' a ti volto o meu dizer amanhã? ! Eu conto contigo.! Eu sou coração. / Eu te agradeço este dia: / foi ele teu amigo. I Por que esperar amanhã? prova do teu amor. 342 - sou FELIZ, SENHOR Nas tuas mãos eu entrego, Senhor, tudo (Pe, José Alves) aquilo que hoje eu vivi. I Meu coração fica Sou feliz, Senhor, porque tu vais comigo, I em paz junto a ti. I Boa noite, meu Pai, meu vamos. lado a lado, és meu melhor amigo. Senhor. 1. Quero ter nos meus olhos I aluz do teu olhar; 2. Bendigo a esperança, o amor, / a luz, a / quero na minha mão,! tua mão a me guiar. alegria, o sofrer. , Muito obrigado, Amigo, , 2. Como brilha no céu! o sol de cada dia; I quero por todo bem que realizei. brilhem meus lábios I com sorrisos de alegria. 3. Perdão pelo bem que omiti, I Tu sabes o 3. Como vento veloz, / o tempo da vida passa: esforço que fiz./ Que amanhã. o novo dia I seja Iquero ter sempre em mim' o favor de tua graça. melhor, mais vivido em ti. SEGURA NA MÃO DE DEUS ~ 339 - MAIS OUTRO DIA FINDOU 1. Se as águas do mar da vida quiserem te (Pe. Zezinho) afogar, I segura na mão de Deus e vai./ Se as 1. Mais outro dia findou. 'Eu venho te ver, I tristezas desta vida quiserem te sufocar, , para conversar.! Mais outra noite chegou.! Eu segura na mão de.Deus e vai. II:Sego.ra Da mão de Deus:II- pois ela, ela te venho agradecer, / antes de repousar. Andei o dia inteiro I procurando o meu sustentará./Não temas, segue adiante,/ e não irmão. ! Eu quis ser instrumento! do teu olhes para trás; / segura na mão de Deus e vai. 2. Se a jornada é. pesada, e te cansas na amor, do teu perdão. 2. Muito obrigado, Senhor, ! pelo amor que caminhada, / segura na mão de Deus e vai; , ensinei, ! pelo amor que recebi. / Muito orando, jejuando, confiando e confessando, I segura na mão de Deus e vai. obrigado, Senhor,! pela dor que suavizei,! por 3, O Espírito do Senhor sempre te revestirá,! sorrisos que sorri. segura na mão de Deus e vai. I Jesus Cristo. 3. Sou peregrino do amor' e venho agradecer prometeu que jamais te deixará, I segura na , o dia que vi vi.! Houve tristezas, Senhor, 'mas mão de Deus e vai. eu não quis sofrer, I pois caminhei em ti. 344 '- QUERO OUVIR TEU APELO 340 - LENTA E CALMA (Ir, Míria T. Kolling) 1. Lenta e calma sobre a terra, I desce a noite 1. Quero ouvir teu apelo; Senhor, I ao teu e foge ~ luz. -11: Qu~ro agora despedir-me: I chamadode' amorresponder. 'Na alegria te boa noite, meu !esus.:1I quero servir.,I anunciar o teu reinq de amor. 2. O Senhor, dai-nos a be?çao: I e .do mal qu.~ 11: E pelo mundo eu .vou, ! cantando o teu nos seduz. -11: a meus pais e a num guardai- . amor, (poisdisponÍnl estou! para servir-te, me: I boa noite, meu Jesusl./ Senhor:/I . 3. A teus pés, 6 Virgem pura, I peço a bênção 2. Dia-a-dia tua graça me dás; / nela se ap6ia maternal. - 11: Boa noite, Mae querida, ! Boa o 'meu caminhar. Se estás ao meu lado, noite, meu Jesus!:/! Senhor,! o que, então, poderei eu temer?!...

343 -

A

_

e

r

77

~
VEM, CAMINHEIRO (Pe. José de Freitas Campos) 11: Vem, caminheiro, o caminho é caminhar. I Vai, peregrino, meu amor testemunhar:ll. 1. Eu escutei os clamores do meu povo , e pensei no mundo novo' que está no coração' de cada homem que responde à vocação. 2. Você que tem o futuro pela frente, , anda muito descontente, , e não tem tempo pra pensar: /Deus tem um plano pra você realizar. 3. Nosso Senhor é a parte da herança , pra quem vive na esperança, , sem orgulho e sem temor. I A liberdade é conquistada com amor.

345 -

4. Teu irmão à tua porta vem bater, I não vais fechar teu coração. / Teu irmão a teu lado vês sofrer, I vai logo socorrer.

~ ~

348 • HÁ TODO

UM POVO

(Ir. CecOia Vaz Castilho) 1. Há todo um povo I que se levanta: ,É imenso o seu clamor. I Tem um s6 grito / preso à garganta, 'não engoliu a sua dorl/ A sua luta / o fez tão forte: I ganha até se perder! lI: Deus é sua força, sua teimosia, I a razão do seu viver!:/!.

::)
':) ~ ~ ~

:)

:)

.,
:>

é grande, a ceifar, , a ceifar o Senhor me chamou. , Senhor, aqui estou. "Vai trabalhar pelo mundo afora./Eu estarei até o fim contigo." 'Está na hora, o Senhor me chamou. I Senhor, aqui estou. 2. Dom de amor é a vida entregar.l Falou Jesus e assim o fez. I Dom de amor é a vida entregar, I chegou a minha vez. 3. Todo o bem que na terra alguém fizer' Jesus no céu vai premiar.Z Cem por um já na terra ele vai dar, I no céu vai premiar.

2. Há todo um povo I que não tem nada: / Sua SENHOR NECESSITOU DE lei é repartir. I Tem uma hist6ria I pobre e BRAÇOS - (Pe. Galvão) calada, / não interessa ouvir! / Sua bandeira I O Senhor necessitou de braços I para ~Ullar é a esperança I presa nas duas mãos! faz a a ceifar a messe. I E eu ouvi seus apelos de 3. Hoje a alegria / de fé tamanha' celebração! / Diz que a vitória' não é estranha amor./Entãorespondi:aquiestou,aquiestou. I. Eu vim para dizer' que eu quero te seguir. , pra quem deu as mãos. / Deus, neste povo, , I E quero viver com muito amor o que aprendi. mostra o futuro, , tudo o que vai nascer! 2. Eu vim para dizer I que eu quero te ajudar. 349 - QUANDO O EspíRITO DE DEUS I Eu quero assumir a tua cruz e carregar. SOPROU - (Zé Vicente) 3. Eu vim para dizer' que eu vou profetizar. / 1.Quando o Espírito de Deus soprou,' o mundo Eu quero ouvir a tua voz e proclamar. 4. Eu vim para dizer / que eu vou te acompanhar. inteiro iluminou. I A esperança da terra brotou, /E com os meus irmãos um mundo novoedíficar. , e um povo novo deu-se as mãos e caminhou! Lutar e crer, vencer a dor, I louvar o 347 - O SENHOR ME CHAMOU A Criador. I Justiça e paz hão de reinar. I E là TRABALHAR (Pe. Aimé Dourval) 1. b Senhor me chamou a trabalhar, / a messe viva o amor!

346 - O

:>
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

=>

:)

:)

2. Quando Jesus a terra visitou, I a Boa-Nova da justiça anunciou. I O cego viu, o surdo escutou,' e os oprimidos da corrente libertou. 3. Nosso poder está na união: lo mundo novo vem de Deus e dos irmãos. I Vamos lutando contra a divisão, , e preparando a festa da libertação! 4. Cidade e campo se transformarão, , jovens unidos na esperança gritarão. , A força nova é o poder do amor, I nossa fraqueza é a força em Deus libertador.

A - CANI1II DEADVENTO ENATAl.
OBSERVAÇÃO: MuitoscantosdeADVENTO e NATAL já estão incluídos nas Missas de Advento (90 a 94) e de Natal (95 a 106).

Que o céu envie à terra / o Justo que esperamos! 2. Dia que fora prometido / tão firmemente a nossos pais! I Dia em que o mal será banido, / dia de hosanas triunfais!

:>
~ ~ ~ :) ~ ~
"""

350 - QUANDO

VIRÁ, SENHOR, O DIA? 1. Quando virá, Senhor. o dia. / quando virá o 3. Filha de reis, ó Virgem pura, / eis a celeste Salvador, / pondo-se termo à profecia, I que saudação: / és a escolhida criatura, I Mãe da nos promete um Redentor? celeste Promissão!

78

='

351 ~NASCEU JESUS

~

1.1I:Nasceu Jesus, nasceu Jesus, na gruta de Belérn:1I -Jesus é nossa doce luz, Jesus é nosso sumo Bem. I Há anjos mil, cantando além: I cantemos nós também. 2. II:Pastores vêm até Belém, ver o menino Deus:lI. No seu bercinho de capim, começa a se imolar por mim. I Humilde altar, para abrigar o grande Rei dos céus. 3. 11: De lá do céu Jesus desceu e humildemente aqui nasceu:ll. A Virgem Mãe como é feliz ao ver que Jesus por Mãe a quis. I Ao bom Jesus, Mãe, conduz os pobres filhos teus. 4. II:Noite feliz, noite de amor, nasceu o Salvador:11 A terra e o céu alegres estão, a terra e o céu em luz se fazem. I Aos corações Jesus nos traz Vida, Amor e Paz.
ó

Bate o smo pequenino, smo de Belém. I Já nasceu o Deus menino, para o nosso bem. I Paz na terra, pede o sino, alegre a cantar. I Abençoe o Deus menino este nosso lar. 2. Vamos, minha gente, vamos aBelém./ Vamos ver Maria e Jesus também. I Já deu meia-noite j~chegouNatal,~átocouosino la na catedral. ' E Natal, é Natal, noite divina" I batem os sinos em festa lá na catedral , Bate o sino pequenino, sino de Belém.' Já nasceu o Deus menino para o nosso bem. 3SS-NATALÉVIDAQUENASCE

»

. (José Acácio Santana) Natal é vida que nasce. /Natal é Cristo que vem. , Nós somos o seu presépio,1 e a nossa casa é Belém. 1. Deus se tomou nossa grande esperança. / E como criança no mundo nasceu. I Por isso vamos abrir nossa porta; / a Cristo o que importa é conosco viver. 2. Ele assumiu nossa vida terrena / Ao céu nos acena com gesto de amor. I Veio a todos salvar igualmente. I Queria somente sero nosso Pastor. 3. Deus infmito aos homens se iguala IE a todos só fala palavras de paz./ Quer ser o nosso irmão mais fraterno. I De seu Reino eterno herdeiros nos faz. 356 -MEUS IRMÃOS, ÉNA TAL (Pe.Pepê) I. Meus irmãos, é Natal, vamos rezar. I Ç;onvidemosos amigos, é hora de amar. E Natal, é Natal, é Natal! Nasceu o Salvador! I Vamos irmios, é Natal do Senbor! 2. Meus ilmãos, é Natal, tempo de amar. I Unidos, vamos todos, louvar o Senhor. 3. Meus irmãos, é Natal, noite de amor. / Celebremos, bem alegres, o Natal do Senhor. 357 -ÉNATAL DE JESUS G . (José Acácio Santana) 11: E Natal de Jesus. I Festa de alegria, de esperança e luz:1 1. Toda terra canta um hino de louvor ao Salvador I e agradece ao Deus Menino o seu gesto de amor. 2. Uma estrela diferente toda Terra iluminou. / Foi Jesus que, humanamente, a nós todos se igualou. 3. Nasceu pobre e sem palácio este Rei que trouxe o bem, / quis apenas ensinar-nos a mensagem de Belém.

352 ~CRlSTÃOS, VINDE TODOS 1.Cristãos, vinde todos, com alegres cantos. I Oh! vinde, oh! vinde até Belém. Nede nascido vosso Rei eterno. Oh! vinde adoremos, loh! vinde, adoremos I oh! vinde adoremos o Salvador. ' 2. Humildes pastores deixam seu rebanho I e alegres acorrem ao Rei do Céu. I Nós igualmente, cheios de alegria. ' 3. O Deus invisível, de eternal grandeza I sob véus de humildade podemos ver. I' Deus pequenino, Deus envolto em faixas. 4. Nasceu na pobreza, repousando em palhas, I o nosso afeto lhe vamos dar. I Tanto amounos! Quemnãohádeamá-lo? 5. A estrela do Oriente conduziu os Magos I e a este mistério envolve em luz. Tal claridade, também, seguiremos, 353 ~VINDECRlSTÃOS 1. Vinde, cristãos. vinde à porfia, I hinos cantemos de louvor. I Hinos de paz e de alegria, I hinos dos anjos do Senhor. !/:Glória a Deus DH alturas:/!. 2. Foi nesta noite venturosa I do nascimento do Senhor I que anjos de voz harmoniosa I deram a Deus o seu louvor. 3. Vinde juntar-vos aos pastores, I vinde com eles a Belém. I Vinde correndo pressurosos. I O Salvador enfim nos vem. 354 ~HOJE A NOITE É BELA ~ 1. Hoj e a noite é bela, vamos à capela, I sob a luz da vela, felizes a cantar. I Ao soar o sino, sino pequenino, I vai o Deus menino nos abençoar.

79

~

B ~ QUAlBMAEIEMANASANTA
358 - A MORRER
jlJW\

~
3. Celebrando a despedida, I com os Doze Ele ~eou.1 Toda a Páscoa foi cumprida, 1 novo rito ~naugurou. I E seu Corpo. Pão da vida, I aos Irmãos Ele entregou. 4. Cristo, o Verbo onipotente, I deu-nos nova refeição: I faz-se Carne realmente loque deixa de ser pão. I Eis que o vinho é Sangue ardente: I Vencer a fé, gosto e visão. 5. Tão sublime sacramento 1adoremos neste altar, I pois o Antigo Testamento I deu ao Novo o seu lugar. I Venha a fé por suplemento los sentidos completar. 6. Ao eterno Pai cantemos I e a Jesus, o Sa.lvador. / Ao Espírito exaltemos, I na Tnndade eterno amor. I Ao Deus uno e trino demos I a alegria do louvor. Amém.

:) :>
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ :) ~

REDIMIDOS 1. Pecadores redimidos, I com o sangue do Senhor, 11: atendei, vede se há I dor igual à minha dor :11 2. Dolorosa. aguda espada I transpassou-me o coração, 11: quando a morte do meu Filho I me predisse Simeão :1/. 3. Junto ao Filho, para o Egito, I eu fugi, com dor atroz, 11: quando Herodes o buscava I para dá-lo ao vil algoz :11. 4. Quem dirá meu sentimento? I Desolada me encontrei: I vendo o Filho meu perdido, I por três dias o busquei ://. . 5. Que martírio na minha alma I encontrando meu Jesus / no caminho doCalvário I arquejante sob a cruz. 6. Mas, 6 céus, 6 terra, vêde / dor maior não 359 - HOSANA HEY pode haver 11: vendo a morte do meu Filho. I 11: Rosana hey! hosana ha! Rosana hey, Foi milagre eu não morrer :11 hosana hey, hosana ha! :11. 7. Contemplai meu sofrimento/minha angústia I. Ele é o Santo,! Éo Filho de Maria! IÉ o Deus ao pé da cruz: 11: pela lança transpassado / vi de Israel! I É o Filho de Davi! meu Filho, o meu Jesus :/1. 2. Vamos a Ele I com as flores dos trigais, I com 8. Oh que dor mais cruciante. I que suprema os ramos de oli veira, I com alegria e muita paz! solidão, / ao levarem-no ao sepulcro I invadiu3. Ele é o Cristo, I é o Unificador! I É hosana me o coração :11. nas alturas! I É hosana no amor! 4. Ele é a alegria, I a razão de meu viver! I É a 362 - COMO JESUS VOU CARREGAR MINHA CRUZ vida de meus dias! I É amparo no sofrer! 11: Como Jesus vou can-egar I a minha crnz 360- CANTA; IGREJA,O REI 00 MUNDO pu poder ressuscitar:lI. (Pe. José Weber) I. Senhor, muito obrigado, por me ensinares a 1. Canta. Igreja. o Rei do mundo I que se AMAR,II: pois o AMOR me purifica e me faz esconde sob os véus. I Canta o Sangue tão ressuscitar! :11. fecundo, I derramado pelos seus, I e o mistério 2. Senhor, muito obrigado, por me ensinares tão profundo I de uma virgem, Mãe de Deus! a PERDOAR, 11: pois o PERDÃO me purifica 2. Um Menino nos foi dado, I veio aos servos e me faz ressuscitar! :11. o Senhor ./Foi na terra semeado I o seu verbo 3 TRABALHAR, 11: pois o SUOR. . salvador. I Ao partir nos foi deixado, I pão da 4 CHORAR, 11: pois a AFLIÇÃO . vida, pão do amor. 5 MORRER, 11: pois tua MORlE .

lI: por teus crimes, pecador:lI. 2. Com a cruz é carregado, I e do peso acabrunhado, /I: vai morrer por teu amor :11. 3. Pela cruz tão oprimido, Icai Jesus desfalecido, 11: pela tua salvação :11. 4. Vê a dor da Mãe amada I que se encontra desolada 11: com seu Filho em aflição :11. 5. No caminho do Calvário, I um auxílio necessário 11: não lhe nega Cirineu :11. 6. Eis o rosto ensanguentado I por Verônica enxugado 11: que no pano apareceu :11. 7. Novamente desmaiado I sob a cruz que vai levando 11: cai por terra o Salvador :11. 8. Das mulheres que choravam I que fiéis o acompanhavam 11: é Jesus consolador :11. 9. Cai exausto o bom Senhor, I esmagado pela dor 11: dos pecados e da cruz :11. 10. Dos vestidos despojado, I por verdugos maltratado, 11: eu vos vejo, meu Jesus :11. lI. Sois por mim na cruz pregado, I insultado, blasfemado, 11: com cegueira e com furor :11. 12 Por meus crimes padecestes, 1meu Jesus, {Q mim marestes! 1/: Como é gmnde a minha der! :/1. 13: Do madeiro vos tiraram 1e nos braços vos deixaram 11: de Maria, que aflição! :11. 14. No sepulcro vos deixaram, I enterrado vos choraram, 11: magoado o coração :11. 15. Meu Jesus, por vossos passos I recebei em vossos braços 11: a mim, pobre pecador :11.

1. A morrer crucificado I teu Jesus é condenado,

CRUCIFICADO

361 - PECADORES

~ ~ ~ ~

='

:)

::)
:)

:')
:)
~

e:.

:j
~ ~ ~ ~ ~

'='

:J

80

363 _ EMJERUSALÉMPRENDER.AMJESUS inteiramente. I Não aquele apegado ao mundo 1. Em Jerusalém, prenderam Jesus, o meu I que ora é frio, outra hora é quente. Salvador./Cuspiramnafaceeaforçadobraço 366 - BENDITA E LOUVADA SEJA o chicoteou! 11: Como sofreu o meu Redentor! 1 Foi sobre o 1.Benditae louvada seja 1 no céu a divina 1uz.1!:E madeiro I que crodfic,aram o meu Salvador!:! nós, aqui na terra, I louvemos a santa Cruz 11. I 2. Os céus cantam a vitória 1 de nosso Senhor

9

J>

2. Soldados romanos trouxeram a cruz, 'Jesus levantou! I Por todas as ruas daquela cidade o Cristo arrastou! 3. E quando chegaram até o Calvário, deitaram Jesus. 1De braços abertos, no grande madeiro, em forma de cruz! 4. E sobre os seus pés, também suas mãos, os cravos pregaram.! O meu Salvador entre dois ladrões eles levantaram. 5. O fel da amargura na boca do Mestre alguém colocou.lE um dos soldados seu lado esquerdo com a lança furou. II:FoifeitoassimaomeuRedentor:/Depoisde três dias, I saiu do sepulcro! e ressuscitou!:!/.

Jesus: 11: cantemos também na terra 1 louvores à santa Cruz:lI. 3. Sustenta gloriosamente I nos braços o bom Jesus. 11: Sinal de esperança e vida lo lenho da santa Cruz:lI. 4. Humildes e confiantes I levemos a nossa cruz,!l: seguindo o sublime exemplo I de nosso Senhor Jesus. 5. É arma em qualquer perigo, I é raio de eterna luz! I/:Bandeira vitoriosa, I o santo sinal da Cruz! 6. Ao povo aqui reunido I dai graça, perdão e luz! 11: Salvai-nos, ó Deus clemente, ! em nome da Santa Cruz! :11.

364 - NUMA SEXTA FEIRA SANTA ~ 367-EUMEENTREOO,SENHOR-Sa1mo30~· 1. Numa Sexta Feira Santa! nosso céu L: Reginaldo Veloso - M: Sílvío Milanez escureceu.! Numa cruz, madeiro santo,! onde Eu me entrego, Senhor, em tuas mãos I e o Santo padeceu.! Cada gota do seu sangue,! espero pela tua salvação! respingada pelo chão, I é a vida que vivemos, 1. Junto de ti, 6 Senhor, me refugio; I nao tenha I é a certeza que nós temos I na palavra eu de que me envergonhar; I em tuas mãos, 6 salvação! 11:Mas quem é esse Santo, quem é? I Eu vou Senhor, eu me confio, I fiel e justo, Senhor, lhe dizer agora: IÉ Jesus de Nazaré, / o vem me livrar. Filho de Deus e de NossaSenhora:1 2. Pois me tomei a vergonha do inimigo, I e a 2. Anunciava ao mundo Reino I que nos traz gozação do vizinho e conhecido,/dos corações libertação.! Todos que acreditaram , o seguiram esquecido qual um morto, I e rejeitado como em procissão. I Mas alguns que duvidaram I um ser apodrecido. deste Santo Salvador, ! a Pilatos o entregaram I 3. Mas eu repito: Senhor, em ti confio: 'Tu és e, por fim, crucificaram! este Santo: Deus Amor! meu Deus e em ti me refugio; ! o meu espírito 3. Com três cravos e uma cruz,! nos extremos em tuas mãos entrego, ! e Tu me livras das dois ladrões, I apagaram o Rei dos reis, I do mãos do inimigo! universo e das nações. I O seu corpo foi plantado 4. A tua face serena resplandeça! sobre o teu I qual semente em nosso chão. I Ao chegar o servo liberto, em tua paz! I De coração sede terceiro dia ! sua vida ressurgia: ! era a fortes, animados, I todos vós que no Senhor Ressurreição! sempre esperais! 365 - ELES QUERIAM UM GRANDE REI

11: Eles d' queriam um grande rei, I que fosse fi ad IE • -

368

- VITÓRIA! TU REINARÁS!

1>

orte e onun oro , pOrlSSO,nao creram 11: Vitória! Tu reinarás! nele I e mataram o Salvador:lI. 1. Quantos surdos que escutaram. I quantos salvarás!:II. cegos que enxergaram. I Quantos coxos que . 1. Brilhando sobre o mundo' que vive sem tua andaram. I S6 eles não enxergaram. luz, I tu és um sol fecundo! de amor e de paz, 2. Quantas pessoas de má vida! se converteram e aceitaram' o que viram e que ouviram.' S6 eles o rejeitaram. 3. Jesus Cristo aceita o homem I que se entrega
Ó

(David Julien) , Ó cruz! Tu nos

Cruz. 2. Aumenta a confiança I do pobre e do pecador, I confirma nossa esperança' na marcha para o . Senhor.

81

---... -,--..-_'-_.~.,._-~-~._--."-+-o~

...J
3. À sombra dos teus braços / a Igreja viverá, / por ti, no eterno abraço, / o Pai nos acolherá. MEU JESUS! l,Perdão, meu Jesus! / Perdão, Deus de Amor! / Perdão, Deus clemente! / Perdoai, Senhor! 2. Eis-me a vossos pés, / grande pecador. / Meus enormes crimes, I perdoai, Senhor! 3. Já os meus pecados, I lamento com dor. I Estou compungido, I perdoai, Senhor! 4. De quanto sofrestes I fui eu causador! / Por estes tormentos, I perdoai, Senhor! os corações, encham os corações. / Sem vosso poder, em qualquer vivente, / nada de inocente, nada de inocente. 4. Lavai o impuro e regai o seco, / curai o enfermo, curai o enfenno. I Dobrai a dureza, aquecei o frio, I livrai do desvio, livrai do desvio. S. Aos fiéis que oram com vibrantes sons / dai os sete dons, dai os sete dons. / Dai virtude e prêmio e, no fim dos dias, I eterna alegria, eterna alegria.
3. Ó Luz venturosa, divinais clarões / encham

~ ~ ~

369 - PERDÃO,

::)
:)
~

A

:;)
~ ~

370 ~AOS PÉS DA CRUZ
MãedeJesus, ouvia: Eis aí, Mulher, Joãojá é teu filho. João, eis tua Mãe, que vai ser teu guia. 2. Começa aí divina adoção, doce presente do Senhor Jesus: ser herdeiros juntos com João do amor de Mãe, junto aos pés da cruz. 3. Nossa Senhora, eu estou contigo na alegria, na tristeza e dor. Pois eu sei, ó Mãe, tu estás comigo como estiveste com meu Salvador. 371 -.EIS O LENHO DA CRUZ S. Eis o lenho da cruz da qual pendeu a salvação do mundo.
1. Aos pés da cruz, num cruel martírio, Maria,

374 - ENVIA

TEU ESPÍRITO, SENHOR
Senhor, e renova a

//:Envia teu Espírito, face da terra://.

1. Bendize minha alma ao Senhor, / Senhor, meu Deus, como és tão grande. 2. ,Que o meu canto ao Senhor seja agradável. I E nele que está minha alegria. 3. Como são numerosas tuas obras, Senhor, / a terra está cheia de tuas criaturas.

~ ~ ~ ~

"

375 - A MISSÃO

DE CRISTO

372 - HÁ MOMENTOS

T. Vinde, adoremos. Canta-se 3 vezes, subindo sempre de tom.

Há momentos em que as palavras não resolvem, mas o gesto de Jesus demonstrou amor por nós. 11: Foi no Calvário que Ele, sem falar, mostrou ao mundo inteiro o que é amar! :11 Aqui no mundo as desilusões são tantas, mas existe uma esperança: é que Ele vai voltar.

c - CMTOI AOESPfIlTO lANI1I
OBSERVA çÃO: Muitos dos hinos ao Espírito Santo jâforam colocados nas duas Missas do Espírito Santo. Veja os cantos de número 123 até o número 134. Podem estar lá atrás os cantos conhecidos e bonitos que você procura.

para anunciar a Boa-Nova a seus pobres, / para proclamar a alegria e a paz: I exulto de alegria em Deus, meu salvador. 2. Para dilatar o seu Reino entre as nações, I consolar os corações esmagados pela dor; I para proclamar sua graça e salvação, / e acolher quem sofre e chora sem apoio, sem consolo. 3. Para dilatar o seu Reino entre as nações, I para anunciar libertação e salvação; I para anunciar seu amor e seu perdão, I para celebrar sua glória entre os povos.

O Espírito do Senhor repousa sobre mim, / o Espírito do Senhor me escolheu, me enviou. L Para dilatar o seu Reino entre as nações, /

:>
~ ~ ~ ~

:)
~ ~ ~ ~ ~ ~

DESCEI, DIVINA LUZ ~ 11: A nós descei, divina Luz:lI. -11: Em nossas

373 - A NÓS

luminoso raio, luminoso raio.z Vinde, Pai dos pobres, doador dos dons, /Iuz dos corações, luz dos corações. 2. Grande defensor, em nós habitais, I e nos confortais, e nos confortais./ Na fadiga, pouso, no ardor, brandura I e na dor, ternura, ena dor ternura.

almas acendei o amor, o amor de Jesus:lI. 1. Vinde Santo Espírito . e do céu mandai /

376 - VEM, ESPÍRITO SANTO, VEM ]) 11: Vem, Espírito Santo, vem,/vem luminar:!/. 1. Nossos caminhos vemiluminar./Oscorações vem iluminar. 2. Nossa Igreja vem iluminar. I As incertezas vem iluminar. 3. Nossas famílias vem iluminar. I Nossos trabalhos vem iluminar. 4. Toda a terra vem iluminar./Nossa vida vem iluminar.
ESPIRITO DE DEUS L Vinde, Espírito de Deus, I e enchei os corações / dos vossos fiéis com vossos dons. / Acendei neles o amor I com um fogo abrasador, I vos pedimos, ó Senhor.
E cantaremos Aleluia. / E a nossa terra renovada ficará, Ise o vosso Espírito,Senhor, nos enviais!

'5
~ ~ ~

377 ~ VINDE,

:j

82

2. Vós unistes tantas gentes, I tantas línguas diferentes I numa fé, na unidade. I Pra buscar sempre a verdade I e servir o vosso Reino I com a mesma caridade.

o-CANTOS ANlSSA a_u

5. Como é bendito o teu ventre, 6 Maria, I trazendo o fruto da profecia:/!. - //:Quem na vida ao amor se faz fiel I é profeta do Divino Emanuel.:/! Como é bonito te ver, ó Maria!

OBSERVAÇÃO: Vários hinos a Maria já foram incluídos na secção "Missas Completas". Os cantos 160 a 173 são de Missas de Nossa Senhora. Há outros hinos de Maria espalhados pelo livro; por exemplo, "Caminhando com Maria" (ouNossa Senhora da Travessia) se encontra no final da Missa "CRIAR COMUNHAO", número 198.

380 - IMACULADA,

378·

AVE MARIA DO POVO Ave Maria do povo, Ave Maria de Deus. 1/: Maria: dos oprimidos, liberta os filhos teus:!l. 1. Companheira do teu povo, Maria da libertação, I do presépio até à cruz tua vida marcou nosso chão. 2. Mãe latino- americana, Maria dos oprimidos, Ideste grito dejustiça, atende os nossos pedidos. 3. Teu canto de profecia, Maria da esperança, I derruba os poderosos e aos fracos dá liderança. 4. Companheira de luta, Maria da união, I reforça os laços da gente e livra-nos daopressão. 5. Festa de Deus entre os homens, Maria sinal 379-TEUNOME,ÓMARIA (Zé Vicente) da hist6ria, 1 une os pobres na luta, pra nós 1.1/: Como é bonito teu nome, 6 Maria, I alcançarmos vitória, Cantando a vida, quanta alegria:/I - 11: No teu 6. Mãe do povo de Deus, Maria do nosso chão, nome o nome de cada mulher I que na vidabusca I conquista pra nós a terra nos braços do sempre o que Deus quer :11. mutirão. 2. 11: Como é bonito teu rosto, 6 Maria, I paz e ternura, luz irradia:! I. - II:Nos teus olhos todo 382- AVE MARIA. MÃE DO SALVADOR jovem pode ver f a certeza do futuro renascer ;/1. 3.11: Como sãÓ lindas tuas mãos, ó Maria, I 1. Ave Maria, Mãe do Salvador, I Viva esperança do povo sofredor, I face materna, Porta-estandarteda estrela guia.:1I - 11: Uma sinal do nosso Deus, I vem orientar os homens, ..mão pra consolar 'quem está chorando I e a filhos teus. , outra encorajar quem está lutimdo:lI. 4. Como são belos teus pés, 6 Maria, I descendo Maria, Mãe da Igreja, Raínha universal, 1 os montes, paz anuncias://: -11: Companheira Modelo de virtude, liberta-nos do mal. I mais fiel deste meu povo I nos caminhos do Ensina a ser fiel I o povo do Senhor. I Que o mundo se transforme num reino de amor. amanhã do mundo novo.://

LADAÍNHA oos EMPO~CIDOS Ave, cheia de graça! 1Ave, cheia de amor! 1 I: Salve, ó Mãe de Jesus, a ti nosso canto e nosso louvor! :/1. 1. Mãe do Redentor, rogai. I Mãe do Salvador, rogai. I Do Libertador, rogai por nós. I Mãe dos oprimidos, rogai.! Mãe dos perseguidos, rogai. I Dos desvalidos, rogai por nós. 2. Mãe do bóia-fria, rogai. I Causa da alegria, rogai. I Mãe das mães, Maria, rogai por nós. I Mãe dos humilhados, rogai. I Dos martirizados, rogai. I Marginalizados, rogai por nós. 3. Mãe dos despejados, rogai. I Dos abandonados, rogai. I Dos desempregados, rogai por nós. I Mãe dos pescadores, rogai. I Dos agricultores, rogai. I Santos e doutores, rogai por nós. 4. Mãe do céu clemente, rogai. IMãe dos doentes, rogai. I Do menor-carente, rogai por nós. I Mãe dos operários, rogai. I Dos presidiários, rogai. I Dos sem salário, rogai por nós.

MARIA DE DEUS L.: 1. Thomaz Filho - L.: Fr. Fabretti Imaculada Maria de Deus, 1coração pobre, acolhendo Jesus! IImaculadaMariadopovo, 1Mãe dos anitos que estão junto à cruz! 1. Um coração que era sim para a vida, I um coração que era sim para o irmão, I um coração que era sim para Deus, I Reino de Deus renovando este chão! 2. Olhos abertos pra sede do povo, I passo bem firme que o medo desterra, I mãos estendidas que os tronos renegam, I Reino de Deus que renova esta terra! 3. Faça-se, ó Pai, vossa plena vontade: 1que os nossos passos se tomem memória I do Amor fiel que Maria gerou: I Reino de Deus atuando na História!

381.

83

2. Humilde serva, vem nos ensinar I por onde ir e como caminhar, I servindo a Deus e também o nosso irmão, I como resposta à nossa vocação. 3. És bem feliz, porque soubeste crer, I dizendo "sim", sem nada em ti reter; I serás bendita em todas as nações, I em ti sentimos a paz dos corações. 383-COMMARlAEMDEUSEXUL1EMOS 1. Com Maria em Deus exultemos I neste canto de amor-louvação. 11: Escolhida dentre os pequenos, Mãe-Profeta da libertação.:/! Es a imagem da "Nova Cidade", sem domínio dos grandes ou nobres./!: O teu canto nos mostra a verdade: I que teu Deus é do lado dos pobres:/! Maria de Deus, Maria da gente, I Maria da singeleza da flor! I Vem caminhar, vem com teu povo, I de quem provaste a dor! 2. ÉS o grito do irmão bóia-fria, I nesta América. empobrecida, 11: espoliada col]l vil valentia, I do direito ao chão de sua vida:ll. Es Maria de nossos caminhos, I solidária de tantas Marias,ll: coroadas de sangue e espinhos, I pela explcraçã:> noitee dia:J1 3. És a forçada nossa esperança, I ó Maria da fraternidade. 11:No cansaço de nossas andanças, I guia os passos da real liberdade! :/1. Com as flores e o pão partilhados, I preparamos a Mesa da História. lI: Da opressão, afinal, libertados, I cantaremos contigo vitória:ll. A 384 - MÃE DO CÉu MORENA (Pe.Zezinho) Mãe do Céu morena, I Senhora da América Latina,l de olhar e caridade tão divina, I de cor igual à cor de tantas raças. I Virgem tão serena, 1Senhora destes povos tão sofridos,1 patrona dos pequenos eoprimidos,l derrama sobre nós as tuas graças. 1. Derrama sobre os jovens tua luz. 1Aos pobres vem mostrar o teu Jesus./ Ao mundo inteiro traz o teu amor de mãe. 1Ensina a quem tem tudo a partilhar. / Ensina a quem tem pouco a não cansar. / E faz o nosso povo caminhar em paz. 2. Derrama esperança sobre nós. / Ensina o povo a não calar a voz. 1Desperta o coração de quem não acordou. / Ensina que a justiça é condição I de construir um mundo mais irmão / e faz o nosso povo conhecer Jesus.

~
386 - DAI-NOS A BÊNÇÃO Senhora Aparecida:ll. 1.1/: Sob este manto do azul dos céus, I guardainos sempre no amor de Deus:/!. 2. /1: Eu me consagro ao vosso amor, I ó Mãe querida do Salvador://. 387

11: Dai-nos a bênção, ó Mae querida, 1 Nossa

~ ~ :) ~

- SENHORA D' APARECIDA (Waldecy e Luzia Neves) 1. Senhora d' Aparecida, 1Maria que apareceu 1 com rosto e mão de gente, gesto de Mãe que está presente / acompanhando os filhos seus. Senhora d' Aparecida, 1vi tua cor se esparramar 1na vida de nossa gente I como um grito de justiça I pra teu povo libertar. 2. Senhora d' Aparecida, 1Maria da Conceição, 1 sofrendo miséria e fome, 1 não temos terra, nem salário, 1como é dura a escravidão. 3. Senhorad' Aparecida,! Maria das Romarias, / teu povo anda sem rumo, 1 vai, sem destino, procurando a vida, pão e moradia. 4. Senhora d' Aparecida,! Maria da Caminhada, I unindo os pequeninos, I rompendo a cerca que nos cerca / interrompendo a nossa estrada. 5. Senhora d' Aparecida, IMaria, Nossa Senhora, 1é luta a nossa história, / mas a Palavra do teu Filho 1 dá certeza da vitória. 388 - SENHORA NEGRA II:SenhoraNegra,yáquerida!:II_II:Soberana quilombola,l Mãe de Deus Aparecida:/!. I. Preta, pobre, Maria, Mãe, Yáyá, / Fé com Deus nosso Pai vem ensinar:/I 2. Com seu Filho Jesus vamos seguir 1 seu quilombo Oxalá vai ressurgir:/!. 3. Padroeira dos negros do Brasil, I Olorum nosso Deus nos preferiu:/I. 389

:)
~ ~

='

':)
~ ~

:;)

:)
:) ~ ~ ~ ~ ~
.~

~

~

- VN A A MÃE DE DEUS E NOSSA 'i)(YY'\ (Dr. José V. de Azevedo) ViVa a Mãe de Deus e nossa I sem pecado concebida. 1Salve, ó Virgem Imaculada! 1O Senhora Aparecida! I. Aqui estão vossos devotos, / cheios de fé incendida, / de conforto e de esperança, I ó 385 - GRAÇAS VOS DAMOS, SENHORA Senhora Aparecida! . 1. Graças vos damos, Senhora, I Virgem por 2. Virgem Santa, Virgem bela, I Mãe amável, Deus escolhida I para Mãe do Redentor, I ó Mãe querida, I amparai-nos, socorrei-nos, 1ó Senhora Aparecida! Senhora Aparecida! 2. Louvemos sempre a Maria, I Mãe de Deus, 3. Protegei a Santa Igreja, I Mãe terna e autor da vida. I Louvemos, com alegria, I a compadecida. 1 Protegei a nossa Pátria, I ó Senhora Aparecida! Senhora Aparecida! 3. Se quisermos ser felizes,l nesta e na outra 4. Oh! velai por nossos lares, 1 pela infância vida, I sejamos sempre devotos 1da Senhora desvalida, / pelo povo brasileiro, / ó Senhora Aparecida. Aparecida!

:-,
~ ~

':;)
~ ~ ~ ~ ~

:l

84

:-,
~

='

Negra Mariama / Negra Mariama chama:/I. os humildes.
1. Negra Mariama chama pra enfeitar / o andor porta-estandarte para ostentar / a imagem Aparecida em nossa escravidão, ! com o rosto dos pequenos, cor de quem é irmão. 2. Negra Mariama chama pra cantar / que Deus uniu os fracos pra se libertar./E derrubou do trono latifundiários, / que escravizavam pra regalar. 3.NegraMariamachamapradançar/saraváesperança até o sol raiar. / No sangue está presente o sangue derramado,/ o grito e o silênciodos martirizados. 4. Negra Mariama chama pra lutar I em nossos movimentos semdesanimar./Levanta a cabeça dos espoliados,/nossacompanheirachamapraavançar.

390 . NEGRA

MARIAM (MariaC. Domezal) 6. Derruba os poderosos de seus tronos / e eleva 7. Sacia de bens os famintos, / despede os ricos sem nada. 8. Acolhe Israel, seu servidor, fiel ao seu amor. 9. Como havia prometido a nossos pais, / em favor de Abraão e de seus filhos para sempre. to. Glória ao Pai, ao Filho e ao Santo Espírito, / desde agora e para sempre, pelos séculos. Amém.

391 - VIRÁ

11: Virá o dia em que todos / ao levantar a vista / veremos nesta terra I reinar a liberdade:/I. I. Minha alma engrandece ao Deus libertador, I exulta meu espírito em Deus meu Salvador. / Pois ele se lembrou do seu povo oprimido / e fez de sua serva a Mãe dos esquecidos. 2. Imenso é seu amor, sem fim sua bondade, I pra todos que na terra o seguem na humildade. / Bem forte é o nosso Deus, levanta o seu braço, I espalha os soberbos, destrói todo pecado. 3. Derruba os poderosos de seus tronos erguidos, I com sangue e suor do seu povo oprimido. I E farta os famintos, levanta os humilhados, / arrasa os opressores, os ricos e os malvados. 4. Protege o seu povo com todo carinho, I fiel é seu amor em todo caminho. I Assim é o Deus vivo que marcha na história,! bem j unto do seu povo em busca da vitória. 5. Louvemos nosso Pai, Deus da libertação, I que acaba a injustiça, miséria e opressão. I Louvemos os irmãos que lutam com valia, / fermentando a história pra verem novo dia.

O DIA EM QUE TODOS (Machado)

O MAGNIFlCA T CANTOU 1) (Pe. José Weber) I. Mll'I1a o Magnificat cantou / e com ela também nós vamos cantar. / Pão e vida é o brado de um Brasil/ que de norte a sul se uniu / neste dia todo seu.

393 . MARIA

II:Aparecida é a Mãe do pescador, é a Mãe do Salvador, é a Mãe de todos nÓs:lI.
2. Maria o Magnificat cantou / e com ela também nós vamos cantar, / protegendo e defendendo o nosso irmão / que merece peixe e pão I pra sua vida saciar. 3. Maria o Magnificat cantou I e com ela também nós vamos cantar, / nós, unidos para a Ceiado Senhor, / com Jesus, o Salvador, I de mãos dadas com os irmãos. 4. Maria o Magnificat cantou / e com ela também nós vamos cantar, / implorando pelo povo sofredor / que, por falta de amor, I nada tem para comer.

394 . VEM,

Vem, Maria wulher, / teu canto novo nos ensinar!//:UmDeuscomorostodemãe,/vem aos pobres anunciar! ://.
I. Vamos irmãos e irmãs, I um canto de júbilo alegre cantar I ao Deus que faz maravilhas I em seu povo que luta pra se libertar. - Seu nome é três vezes Santo / e pra todo sempre dura o seu amor./ E viva o Deus dos pequenos, / parceiro dos pobres, libertador! 2. Nosso Deus derruba do trono! o poderoso, machista, opressor, / que rouba, ajunta e massacra / e obriga o povo a viver na dor. - E eleva os pobres cativos, / enche sua mesa de vinho e pão, I mostrando que o poder de seu braço, / destrói a injustiça e a opressão. 3. Socorre o seu povo escolhido, /lembrando sempre de sua promessa. / Ele é o Deus da História, / sua misericórdia por nós nunca cessa - Vem, ó Deus de Abraão,! Deus de Sara, Deus de Agar, / Deus de Isabel e de Maria, / Deus Pai e Mãe, a vida gerar.

MARIA MULHER (Rosa e Lourdes)

392·

O Senhor fez em mim maravilhas. / Santo é o seu nome.
I. A minh'alma engrandece o Senhor / e exulta meu espírito em Deus, meu Salvador. 2. Porque olhou para a humildade de sua serva, / doravante as gerações hão de chamar-me de bendita. 3. O Poderoso fez em mim maravilhas.! Santo é o seu nome! 4. Seu amor para sempre se estende / sobre aqueles que o temem. 5. Manifesta o poder de seu braço, / dispersa os soberbos.

O SENHOR FEZ MARAVILHAS (Pe. J. Gelineau)

85

~

4. Vem, Maria dos pobres,! vem com teu povo, vêm caminhar! ! Apressa a hora do Reino, / que a luta do povo faz germinar. - Desperta os que estão cansados, , aponta a aurora da Ressurreição, , renova a esperança da gente,' com o vinho novo da libertação. 395 • MARIA MULHER 1. Santa, mais que tudo Santa, , fez do seu ser morada de Deus. / Tão mulher, Mãe da Esperança, , força orante, fez a Luz nascer. Santa, Santa Maria,' seguro aos olhos teus, I sigo o meu caminhar.lSanta, Santa Maria, ! roga a Deus por todos nós. 2. Vê, 6 Maria, o meu mundo.! Pouco difere do qual tu tiveste' Terra e ser: Amor profundo, , Solo fecundo, onde o amor venceu.

396 - EU CANTO

LOUVANDO MARIA (Pe. Élio Athayde) Eu canto louvando Maria, minha Mãe. I A ela um eterno obrigado eu direi.' Maria foi quem me ensinou a viver, I Maria foi,quem me ensinou a sofrer. 1. Maria em minha vida é luza me guiar. /ÉMãe que me aconselha, me ajuda a caminhar.' Mãe do bom conselho, rogai por nÓS. 2. Quando eu sentir tristeza, sentir a cruz pesar. 'Ó Virgem, Mãe das Dores, de ti vou me lembrar. , Virgem, Mãe das Dores, rogai por n6s. 3. Se um dia o desespero vier me atormentar, / a força da esperança em ti vou encontrar: 'Mãe da esperança, rogai por n6s. 4. Nas horas de incerteza, 6 Mãe vem me ajudar. / Que eu sinta a confiança na paz do teu olhar: ! Mãe da confiança, rogai por nós, 5. Que eu diga a vida inteira o sim aos meus irmãos,' o 'sim' que tu disseste de todo coração: ! Virgem, Mãe dos homens, rogai por n6s.

DE NAZARÉ (Pe. Zezinho) 1. Maria de Nazaré, Maria me cativou. ! Fez mais forte a minha fé e por filho me adotou. ! As vezes eu paro e fico a pensar, , e sem perceber me vejo a rezar, ! e meu coração. se põe a cantar' pra Virgem de Nazaré.! Menina que Deus amou e escolheu' pra Mãe de Jesus, o Filho de Deus. , Maria que o povo inteiro elegeu, I Senhora e Mãe do céu. Ave, Maria, Ave, Maria!' Ave, Maria, Mãe de Jesus! 2. Maria que eu quero bem, Maria do puro amor.' Igual a você ninguém, Mãe pura do meu Senhor. , Em cada mulher que a terra criou! um traço de Deus Maria deixou, / um sonho de mãe Maria plantou ! pro mundo ' encontrar a paz. , Maria que fez o Cristo falar, ! Maria que fez Jesus caminhar, 'Maria que s6 viveu pra seu Deus, ! Maria do povo meu.

398 - MARIA

C

~ ~

:) :)
:)
~

. =',
~ . ~ ~

:)
:)

399 - COM

MINHA MÃE ESTAREI 1. Com minha Mãe estarei' na santa gl6ria um dia; I junto à Virgem Maria, no céu triunfarei. I/:No céu, no céu, com ~ Mãe estarei:!! • 2. Com minha Mãe estarei, , aos anjos me ajuntando, , eu, hinos entoando, !Iouvores lhe darei. 3. Com minhaMãeestarei,'ditoso pensamento, / que em meio ao sofrimento, ! fiel recordarei. 4. Com minha Mãe estarei, ! então coroa digna, / de sua mão benigna, / feliz receberei.

.~
:)

.:!)
.~ ~

.~
:)
~

400 - À VOSSA

397 -

PELAS ESTRADAS DA VIDA (\ (M. Espinosa) 1. Peffis estradas da vida I nunca sozinho estás; 401 - SALVE RAÍNHA (Pe. José Alves) I contigo, pelo caminho, Santa Maria vai. 1. Salve Raínha, Mãe de Deus, / és Senhora, //:Ó vem conosco, vem caminhar, ! Santa nossa Mãe, / nossa doçura e nossa luz, / doce Maria, vem!://. Virgem Maria. 2. Mesmo que digam os homens; ! "Tu nada 2. N6s a ti clamamos, ! filhos exilados, / n6s a podes mudar!" / Luta por um mundo novo' de ti voltamos / nosso olhar confiante. 3. Volta para nós, ó MãeJ teu semblante de unidade e paz. 3. Se pelo mundo os homens, , sem conhecer- amor, , dá-nos teu Jesus, ó Mãe, / quando a se vão, , não negues nunca a tua mão / a quem noite passar. 4. Salve, Raínha, Mãe de Deus, , és auxílio do te encontrar. cristão, / ÓMãe clemente, Mãe piedosa, , doce 4. Se parecer tua vida/inútil caminhar, 'pensa Virgem Maria. que abres caminho: I outros te seguirão!

PROTEÇÃO (Ir. Madalena de Maria) À vossa proteção recorremos, Mãe de Deus. 1. Santa Maria, socorrei os pobres, ajudai os fracos, consolai os tristes.! Rogai pela Igreja, protegei o clero, ajudai-nos todos, sede nossa proteção. . 2. Santa Maria, sois a Mãe dos homens, SOIS a Mãe de Cristo, que nos fez irmãos./ Rogai pela Igreja, pela humanidade, e fazei que enfim tenhamos paz e salvação.

':)
~ ~ ~

.:)

':)
~ ~ ~ ~ ~

:)

':j :)
:)
~

86

CONCEBIDA 1. Ó Maria, concebida I sem pecado original, I quero amar-vos toda vida, I com ternura filial. VossoolharaDÓsvolvei,1 vossos filhos protegei! I Ó Maria, ó Maria, / vossos filhos protegei! 2. Mais que a aurora sois formosa, / mais que o sol resplandeceis! I Do universo, Mãe bondosa, I o louvor vós mereceis! 3. Exaltamos a beleza, I com que Deus vos quis , ornar./ Vossa graça de pureza, I venha em nós também brilhar. 4. Nesta terra de peregrinos, I nós buscamos vida e luz: I Virgem Santa, conduzi-nos I para o Reino de Jesus.

402 - Ó MARIA,

406 - EU ERA

403 - MARIA

DO 'SIM' (Mary Cecília) Maria do SIM,/ ensina-me a viver meu SIM. 1, Um dia Maria deu seu SIM , I mudou-se a face da terra. I Porque pelo SIM nasceu o Senhor I e veio morar entre nós o Amor, 2, UmdiaeudeitambémomeuSIM:,/umSIMque mudou minha vida I Porque dar um SIM é igual a morrer, I a fim de que Deus possa em nÓSviver, 3. Ensina-me a ser fiel como tu, I vivendo meu SIM cada dia. I Que possa no mundo ser sinal I da tua humildade, Maria!

PEQUENO (Pe.Zezinho) 1. Eu era pequeno, nem me lembro,' só lembro que à noite, ao pé da cama I juntava as mãozinhas e rezava apressado, , mas rezava como alguém que ama. I Nas Ave-Marias que eu rezava I eu sempre engolia umas palavras, I e muito cansado acabava dormindo, , mas dormia como quem amava. Ave MarÜ4 Mãe de Jesus! I O tempo passa, não volta mais. I Tenho saudade daquele tempo I que eu te chamava de minha mãe./ I:Ave Maria, Mãe de Jesus:/I. 2. Depois fui crescendo, eu me lembro, I e fui esquecendo nossa amizade. I Chegava lá em casa, chateado e cansado, I de rezar não tinha nem vontade. I Andei duvidando. eu me lembro, I das coisas mais puras que me ensinaram. I Perdi o costume da criança inocente: / minhas mãos quase não se ajuntavam. 3. O teu amor cresce com a gente. I a mãe nunca esquece o filho ausente; I eu chego lá em casa, chateado e cansado, I mas eu rezo como antigamente. I Nas Ave-Marias que hoje eu rezo, I esqueço as palavras e adormeço. I E embora cansado, sem rezar como eu devo, I eu de ti, Maria, não me esqueço.

404 - MARIA,

MINHA MÃE, MARIA! 1. Maria, minha Mãe, Maria, I queria te falar de amor. I Mostrar que em meu peito aberto I culti vo um jardim em flor. I Cultivo um jardim de rosas/que não têm espinhos/prate machucar. / Cultivo umjardim tão lindo I rosas perfumosas pra te ofertar. 2. Maria, eu que não sabia I como era tão sublime amar. I Agora, Mãe do Céu, Maria, I contigo eu sigo a cantar. I E canto pela vida afora, I embora encontre pedras, I não vou mais parar. I Pois sei que com você, Maria, I minha Mãe Maria, I vou sempre contar, I Maria, Mãe de Deus, Maria, I Maria, vou sempre te amar.

4ff7 - ENSINA TEU POVO A REZAR

Ensina teu povo a rezar, I Maria, Mãe de JesUSj I que um dia o teu povo desperta / e na certa vai ver a luz; I que um dia o teu povo se anima I e caminha com o teu Jesus. 1. Maria de Jesus Cristo, I Maria de Deus, Maria mulher, 1/: ensina a teu povo o teu jeito I de ser o que Deus quiser:/I, 2, Maria, Senhora nossa, , Maria do povo, povo de Deus, 11: ensina o teu jeito perfeito I de sempre escutar teu Deus:/!,

408 - A ESCOLHIDA
1. Uma entre todas foi a escolhida. I Foste tu, Maria, serva preferida, / Mãe do meu Senhor, Mãe do meu Salvador. Maria, cheia de graça e consolo,' venha eaminharcom o teu povo, nossa Mãe sempre serás. 2. Roga pelos pecadores desta terra, I roga pelo povo que em seu Deus espera. I Mãe do meu Senhor, Mãe do meu Salvador.

405 - MARIA, ó MÃE CHEIA

DE GRAÇA (Ir. Míria T, Kolling) Maria,ó Mãe cheia degraça,/Maria, protege os f"dhosteus. I Maria, Maria,I nós queremos contigo estar nos céus. 1. Aqui servimos à Igreja do teu Filho, sob o teu Imaculado Coração. I Dá-nos a bênção, e nós faremos I de nossa vida uma constante oblação. 2. A nossa vida é feita de esperança, I Paz e flores nós queremos semear, IFelicidade somente alcança I quem cada dia se dispõe a caminhar. 3. Ah! quem me dera poder estar agora I festejando lá no céu Nosso Senhor!...! Mas sei que chega a minha hora, / e então, feliz, eu cantarei o seu louvor.

F

409 - LOUVANDO

A MARIA 1. Louvando a Maria o povo fiel, a voz repetia de São Gabriel. Ave, ave, ave Maria! lAve, ave, ave Maria! 2. Um anjo descendo num raio de luz, feliz Bemadete à fonte conduz. 3, A brisa que passa aviso lhe deu que uma hora de graça soara no céu. 4. Vestida de branco ela apareceu, trazendo na cinta as cores do céu.

87

J E ~ CANTOS DIVERSOS
SEJA MEU SENHOR LouvadosejameuSenhor,portodasascriaturas. l.//:Pela mulher que quebra coco, trabalhando por tão pouco, mas espera melhorar:/!. 2. 1/: Pela mulher abandonada, com tantos filhos carregada, mas tá pronta prá lutar:/!. 3.11: Pelo marido dedicado, que vive tão sacrificado, não deixa nada faltar:/!. (Pe. Zezinho) 1. Das muitas coisas do meu tempo de criança 1 guardo vivo na lembrança o aconchego do meu lar. 1 No fim da tarde, quando tudo se aquietava, la família se ajuntava, lá no alpendre a conversar. 1 Meus pais não tinham nem escola, nem dinheiro. 1Todo dia, o ano inteiro, trabalhavam sem parar. I Faltava tudo, mas a gente nem ligava; / o impoltante n~ãofaltava: seu sorriso e seu olhar. O O Õ Õ O .... 2. Eu tantas vezes vi meu pai chegar cansado, 1 mas aquilo era sagrado: um por um ele afagava / e perguntava quem fizera estrepolia / e mamãe nos defendia e tudo aos poucos se ajeitava./ O sol se punha, a viola alguém trazia / todo mundo então queria ver papai cantar com a gente; 1 desafinado, meio rouco e voz cansada, / ele cantava mil toadas, seu olhar no sol poente. Õ Õ Õ Ô Ô .... 3. Correu o tempo, e hoje eu vejo a maravilha 1 de se ter uma família quando tantos não a têm./ Agora falam do desq uite ou do di v6rcio, I o amor virou consórcio, compromisso de ninguém. I Há tantos filhos, que bem mais do que um palácio, 1gostariam de um abraço e do carinho entre seus pais. 1Se os pais se amassem, o divórcio não viria, I çh~mAeIl]sso de utopia, i eu a isso chamo paz. O O O O O ..... A BÍBLIA E A FAMÍLIA 1. Meditando em nossa vida 1 a palavra do Senhor / a família cresce unida,! com esperança, fé e amor. 1 Lendo a Bíblia todo dia / como Igreja do Senhor. 2. Os problemas que surgirem / já não vão nos separar, / pois, com Deus em nossa vida, I vamos juntos enfrentar. 1Lendo a Bíblia todo dia / nossa vida vai mudar.

414 - PAI NOSSODOS

TRABALHADORES

410 - LOUVADO

411 - UTOPIA j)

Pai Nosso que estais no céu. 1 Santificado seja o vosso nome. / Venha a nós o vosso reino. 1 Sejam feitos vossos projetos, / aqui na terra, aqui na terra, / antecipando o que será viver no céu. O pão nosso de cada dia dai a n6se ao nosso irmão, I como fruto de quem trabalha e constrói esta nação./ E perdoai-nos os nossos egoísmos. / E prometemos perdoar também a quem nos ofender. 1 Pra não sermos instrumentos de egoísmo e opressão /Iibertai nosso coração. Pois teu é o poder: Livrai-nos do mal. Teu Pai também trabalha: Livrai-nos do mal. E nós trabalharemos pra fazer o mundo mais igual: Livrai-nos do mal. DOS MÁRTIRES (Cirineu Kuhn) Pai nosso, dos pobres marginalizados! / Pai nosso, dos mártires, dos torturados! 1. Teu nome é santificado / naqueles que morrem defendendo a vida. / Teu nome é glorificado quando a justiça é nossa medida. 1 Teu reino é de liberdade, de fraternidade, paz e comunhão. / Maldita toda violência, que devora a vida pela repressão. 2. Queremos fazer tua vontade, / és o verdadeiro Deus libertador./ Não vamos seguir as doutrinas corrompidas pelo poder opressor./ Pedimos-te o pão da vida, / o pão da segurança, o pão das multidões, I o pão que traz humanidade, 1que constrói o homem em vez de canhões. 3. Perdoa-nos quando, por medo, / ficamos caladosdiantedamorte!/Perdoaedeslróiosreinosem que a corrupção é a lei mais forte! / Protege-nos da crueldade / e do Esquadrão da Morte, I dos prevalecidos. / Pai nosso revolucionário, I parceiro dos pobres, Deus dos oprimidos!

=' :>
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

:)
~

415 - PAI NOSSO

.,
~ ~

:J
~ ~

:->
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

='

412 -

416 - ÉS AGU A VIVA F

(pe. Zezinho)

413 - SEMPRE

ENCONTRANDO

Sempre encontrando, sempre encontrando, I sempre encontrando o nosso irmão. 1 Sempre encontrando, / sempre encontrando o nosso irmão. Viva a nossa bela união. I Viva a nossa bela união. I Viva a nossa bela união. / Sempre encontrando o nosso irmão.

1. Eu te peço desta água que tu tens. / És água viva, meu Senhor. / Tenho sede e tenho fome de amor / e acredito nesta fonte de onde vens. 2. Vens de Deus, estás em Deus, também és Deus./E Deus contigo faz um só.! Eu, porém, que vim da terra e volto ao pó, I quero viver eternamente ao lado teu. 11: É&águaviva,ésvidanova,/etododiame bamas outra vez. 1Me fazes ~,me fazes reviver. / E eu quero água desta fonte de onde vens:/!.

:!)
~ ~ ~ ~

417 - RELIGIÃO LmERTADORA

(Pe.Zezinho)

É por causa do meu povo machucado I que
acredito em religiao libertadora! / E por causa de Jesus ressuscitado I que acredito em religiao libertadora!

88

421 - TREM DAS CEBS (Pedro S. de Andrade) 1. Movimento que se tornou CEBs I em nosso país pela primeira vez 11:um encontro em que se falava / da Igreja que nasce pelo Espírito de Deus:!/. Neste país da América Latina, I o trem das CEBs vaiaparecer.l/: E cada vagão que se une / é sinal que as CEBs vão sempre crescer:!/. 2. Este mesmo povo sofrido I que luta esperando libertação. 11: E coloca a caminho da vida I na locomotiva o segundo vagão:lI. 3. No terceiro encontro se fala Ide uma vitória através da união. 11: Da Igrejado povo oprimido I que se organiza para a libertação:!l. 4. As CEBs que crescem no campo I e têm esperança também na cidade/I; de se tornar povo 418-EUSOUFELIZÉNACOMUNIDADE unido, I semente de uma nova sociedade:!l. 11: Eu sou feliz é na comunidade! ! Na 5. O povo em Goiás refletia I como ficavaa Terra comunidade eu sou feliz:l/. Prometida. li: O povo em Caxias que busca I a 1. A nossa comunidade se reúne todo dia ! e a libertação de sua própria vida:lI. nossa comunidade se transforma em alegria. 6. Negros, mulheres e índios, I sem-terrae também 2. Nós cantamos um bendito, depois um pelo operários lutando, 11: na Igreja de Santa Maria, as sinal, ! uma lê o Evangelho e todos vamos culturas oprimidas vão se líbertando.s. comentar. 3. Os pobres fizeram um plano: isto eles 422 - NOVA AURORA querem ganhar! ! Lutar pelos seus direitos (Adilson José Francisco) para a vida melhorar. 1. Teu povo caminha há tempo I no meio da opressão, I das esperanças desfeitas, I das 419 - MOMENTO NOVO promessas que são feitas I de mentira e ilusão. I. Deus chama a gente pra um momento novo I Das culturas sufocadas, I o canto do nosso / de caminhar junto com o seu povo. / É hora chão, li: das faveIas aos roçados. I dos canaviais de transformar o que não dá mais; / sozinho, aos cerrados, / o mesmo canto de irmãos:lI. isolado ninguém é capaz. Vem, Senhor,... Tu és o IKISSO sustento! I Que os 11: Por isso vem, entra na roda com a gente, projetos de morte I passem logo como o vento./ também! !Você é muito importante!:II. Ressuscita...nasnossa<ilu~deagora,lEmanuel, 2. Não é possível crer que tudo é fácil; !há muita Deus conosco, apressando a nova aurora. força que produz a morte, I gerando dor, tristeza 2. Construímos mundo novo I na vida em e desolação.! É necessário unir o cordão! comunidade, I partilhando o que temos I assim 3. A força que hoje faz brotar a vida, / atua em juntos nós faremos I uma nova sociedade. 10 nós pela sua graça. I É Deus quem nos convida sangue dos que tombaram / é semente já para trabalhar; / o amor repartire a força juntar. nascendo //: Da teimosia o broto, do broto a primavera I que entre nós vai florescendo:/I. 420 - EVANGELIZAR É MAIS FAZER //:Evangelizar é mais fazer, é mais fazer do 423 - XOTE ECOLÓGICO (Luís Gonzaga) que dizer:lI. I/:Não posso respirar; não posso mais nadar! 1. Dizei a João Batista o que vistes e ouvistes: os IA terra está morrendo, não dá mais pra plantar! cegos estão vendo, os surdosescutando, os mortos I E se plantar não nasce, e se JWCel' não dá; Iaté ressuscitam. I Dos pobres é a "Boa Nova". pinga da boa fá dificiI de encontrar !:lI. 2. São muito mais urgentes os atos que as - Cadê a flor daqui? - Poluição comeu! palavras. I Os fatos mais convencem e mais - O peixe que é do mar? - Poluição comeu! evangelizam. / A vida é que confirma aquilo - O verde, onde é que está? - Poluição comeu! que nós cremos. Mataram Chico Mendes, mas ele não morreu!

I. É por causa dos profetas que anunciam, / que batizam, que organizam, denunciam. / É por causa de quem sofre a dor do povo./ Épor causa de quem morre sem matar. 2. Épor causa dos pequenos e oprimidos./ Dos seus sonhos, dos seus ais, dos seus gemidos. / É por causa do meu povo injusticado. / Das ovelhas, sem rebanho e sem pastor. 3. É por causa do profeta que se cala, I mas, até com seu silêncio grita e fala. I É por causa de um Jesus que anunciava, I mas também gritavas aos grandes: ai de vós! 4. É por causa do que fez Joao Batista, I que arriscou mas preparou a tua vinda. I É por causa dos milhoes de testemunhas I que apostaram suas vidas no amor.

89

:')
424 - BENDITOOOSROMElROSDA
'!ERRA (Zé Vicente) 1. Bendita e louvada seja I esta santa romaria. ll: Bendito o povo que marcha I bendito o povo que marcha I tendo Cristo como guia:/!. Sou,souteu,Senhor!/Sou povo novo, retirante, lutador!lDeus dOl!l peregrinos,dOl!l pequenínos, I Jesus Cristo, redentor! 2. No Egito, antigamente, I do meio da escravidão, 11: Deuslibertouoseu povo,lhoje ele passade novo I gritando a libertação:lI. 3. Para a terra prometida I o povo de Deus marchou. 11: Moisés andava na frente; I hoje Moisés é a gente I quando enfrenta a opressão:/!. 4. Quem é fraco Deus dá forçaI quem tem medo sofre mais. li: Quem se une ao companheiro I vence todo cativeiro I é feliz e tem a paz:lI. 5. Mãos ao alto, voz unida, I nosso canto se ouvirá 11: nos caminhos do sertão, I clamando por terra e pão I ninguém mais nos calará:ll. 427-PELOSCAMffiHOSDAAMÉIDCA (Zé Vicente) Pelos caminhos da América, I Pelos camiohos da América, I Pelos caminhos da América, I Latino-América! 1. Pelos caminhos da América, I há tanta dor, tanto pranto, I nuvens, mistérios, encantos, I que envolvem nosso caminhar. I Há cruzes beirando estradas, I pedras machucadas de sangue, I apontando como setas, I que a liberdade é prá lá ... 2. Pelos caminhos da América, I há monumentos sem rosto, I heróis pintados, mau gosto, Ilivros de história sem cor. ICaveiras de ditadores, I soldados tristes, calados, I com olhos esbugalhados, I vendo avançar o amor ... 3. Pelos caminhos da América, I há mães gritando qual loucas, I antes que fiquem tão roucas I digam aonde acharão / seus filhos mortos, levados I na noite da tirania; I mesmo que as matem um dia, I elas jamais calarão ... 425 - LIBERDADE (Gr. Magis) 4. Pelos caminhos da América, ! no centro do 1. Liberdade vem e cantaI e saúda este novo sol continente, I marcham punhados de gente, I que vem. I Canta com alegria o escondido amor com a vitória na mão. I Nos mandam sonhos, I que no peito tem. 11: Mira o céu azul, espaço cantigas, ! em nome da liberdade, I com o fuzil da verdade, I combatem firmes o dragão ... aberto pra te acolher:lI. 2. Liberdade vem e pisa I este firme chão de 5. Pelos caminhos da América, I bandeira de um verde ramagem. I Canta louvando as flores I que novo tempo, I vão semeando no vento I frases ao bailar do vento fazem sua mensagem. 11: Mira teimosas de paz. I Lá na mais alta montanha, I há um pau d'arco florido, I um guerrilheiro estas flores, abraço aberto pra te acolher:/I 3. Liberdade, vem e pousaI nesta dura América aguerrido, I que foi buscar o amanhã ... triste e vendida; I canta com os teus gritos I 6. Pelos caminhos da América, I há um índio nossos filhos mortos e a paz ferida! //: Mira tocando flauta, I recusando a velha pauta I que o sistema lhe impôs. I No violão um menino, este lugar, desejo aberto pra te acolher:1 4. Liberdade, liberdade, I és o desejo que nos I e um negro toca tambores. I Há sobre a mesa faz viver. I És o grande sentido I de uma vida umas flores I pra festa que vem depois ... pronta para morrer. I Mira o nosso chão I 428 - ACORDA, AMÉRICA (Augusto Brito) banhado em sangue pra reviver. I Mira a nossa 11: oorda,Amérial,1 chegouaborade 1evantar./O A América I banhada em morte pra renascer. ~ dos mártires I fez a sesnes* se espaIharJI. 426 - LEVANTA, POVO! (Manelão) L Nestes campos, nestas planícies, I nestes É madrogada, levanta povo! I A luz do dia vai pampas e caatingas, I nestas raízes entrelaçadas nascer de novo! I Rompe as cadeias, abre o I de etnias tão misturadas, I é assim meu povo, coração,/vamos darasmãos,já é reino do povo! I é nossa América Latina. I O povo agora é senhor da hNória, I somos 2. Meu irmão índio, I meu irmão negro, I meus rebentOl!ldesta nova em I A liberdade, a fraterlatinos companheiros, I nós somos vítimas das nidade I são as bandeiras desta nova terra! violências,! das dependências I de um império Senhor do mundo, I brotando a justiça, estrangeiro. rompendo as cercas do latifúndio. 2. Me corre nas veias as dores da humanidade, I 3. Eu me pergunto e a nós todos, / até que dia mas brilha em meu peito a estrela da liberdade. nós aguentamos I essa violência assassina? I Nos tomam as terras, I matam os índios, I nos ILevanta,meupovolJesuséoSenhordahistórial I Meu canto é reflexo do sol dessa nova aurora' deixam os restos I de nossa América Latina.

~ ~

:)
~

:)
:)

-='
~
":j

:) :)

=~
~

:>
:) ':)
:)

:)
~ :) ~ ~ ~ ~

':)
~ ':) ~
.~

:>

~ ~ ~ ~

90

:)

3.11: Ó que coisa bonita!://- Ó Espírito, a fé, 1. Quando o dia da paz renascer, I quando o sol a força, o axé. I Ó que coisa bonita! da esperança brilhar, I eu vou cantar.Z Quando o 4. 11: Ó que coisa bonita!:/I - Mãe por Deus escolhida, Negra Aparecida. IÓquecoisa bonita! povo nas ruas sonir, I e a roseira de novo florir! eu vou cantar.! Quando as cercas caírem no chão, 5. 11: Ó que coisa bonita:// - Celebrar Deus da Vida, com festa e comida./ Ó que coisa bonita! ! quando as mesas se encherem de pão,! eu vou 6.1/: Ó que coisa bonita!:/! - Esta reza, esta cantar.! Quando os muros que cercam osjardins, missa, clamor de justiça.Z Ó que coisa bonita! ! destruídos, então os jasmins vão perfumar. lI: Vai ser tão bonito se ouvira canção I cantada 432 - povo QUE ÉS PEREGRINO de novo. I No olhar do homem a certeza do 1.//: Povo que és peregrino, ; buscas a innão,l reinado do povo:!l. libertação.:!I-II: Ergue teus olhos ao alto,; ao 2. Quando as armas da destruição I destruídas teu Senhor, teu perdão.:I! em cada nação, I eu vou sonhar./E o decreto que 2.11: Povo que tens como herança! Cristo que encerra a opressão, ! assinado só no coração, I ressuscitou.:1I - 11: Rompe os caminhos do vai triunfar.r Quando a voz da verdade se ouvir, medo, ; novo sol já despontou.:I/ I e a mentira não mais existir, ; será enfim, ; 3.11: Se a noite for prolongada,; e não houver mais luar.:// - 11: Pensa que são como estrelas tempo novo de eterna justiça, ! sem mais ódio, I os sulcos dos passos teus.!1 sem sangue ou cobiça, ! vai ser assim! 433 - NEGRO NAGÔ 430-CANTODOSMÁRTIRESDAlERRA ('li, Vicente) 1. Eu vou tocar minha viola / eu sou negro 1.Venham todos, cantemos um canto que nasce cantador. I O negro canta, deita e rola /lá na da terra, ; canto novo, de paz e esperança, em senzala do senhor. tempos de guerra. ! Neste instante há inocentes Dança aí, negro nagô (4v) tombando nas mãos de tiranos. I Tomar terra, 2. Tem que acabar com esta história/ de negro ser inferior. I O negro é gente e quer escola! ter lucro, matando: são esses seus planos. quer dançar sambae ser doutor. Eis o tempo de graça, eis o dia da libertação! ; 3. O negro mora em palafita / não é culpa dele, Deeabeças erguidas, de braços unidos, innãos! não senhor. I A culpa é da abolição / que veio lI: Haveremos de ver, qualquer dia, chegando e não libertou. a vitória, I o povo nas ruas, fazendo a história, 4. Vou botar fogo no engenho! aonde o negro I crianças sorrindo, em toda a nação:/I. apanhou. ! O negro é gente como outro! quer ·2. Lavradores: Raimundo, José, Margarida, ter carinho e quer amor. Nativo ... I Assumir sua luta e seu sonho, por 434 - O MIGRANTE (Fr. Mingas) nós é preciso. ; Haveremos de honrar todo 1. Peregrino nas estradas de um mundo aquele que caiu lutando; contra os muros e desigual, I espoliado pelo lucro e ambição do cercas da morte, jamais recuando. capital, I do poder do latifúndio enxotado e 3. Companheiros, no chão desta Pátria, é sem lugar,/ já não sei pra onde andar ... I Da grande a peleja. I No altar da Igreja o seu esperança, eu me apego ao mutirão. sangue bem vivo lateja. I Sobre as mesas de Quero entoar um canto novo de alegria I ao cada família, há frutos marcados, I e há flores raiar daquele dia de chegada ao nosso chão. vermelhas gritando por sobre os roçados. / Com meu povo celebrar aalvorada: IMinha 4. Ó Senhor, Deus da vida, escuta esse nosso gente libertada: lutar não foi em vão. cantar, / pois, contigo o povo oprimido há de 2. Sei que Deus nunca esqueceu dos oprimidos o sempre contar. I Para além da injúria e da clamor. I E Jesus se fez do pobre, companheiro e morte, conduz nossa gente. I Que o teu reino servidor. lOs profetas não se calam, denunciando a opressão, I pois a terra é dos irmãos ... / E na triunfe na terra deste continente. mesa igual partilha tem de haver. 431-óQUECO~ABONITA! (N~~ 3. Pela força do amor o universo tem carinho, 1.//: Ó que coisa bonita!:II- Deus Pai Criador I e o clarão de suas estrelas ilumina o meu criar negra cor. I Ó que coisa bonita! caminho.! Nas torrentes dajustiça meu trabalho 2. 11: Ó que coisa bonita!:// - Jesus é o nosso é comunhão. I Arrozais florescerão ... / Dos irmão, sem separação. I Ó que coisa bonita! seus frutos liberdade colherei. ('li, Vicente)

429 - UTOPIA

91

(Milton Nascimento) 1. Debulhar o trigo. recolher cada bago do trigo, I forjar no trigo o milagre do pão e se fartar de pão ... 2. Decepara cana,recolhera garapada cana,Iroubar da cana a douçura do mel. Se lambuzar do mel... 3. Afagar a terra, conhecer os desejos da terra, I cio da terra, propícia estação de fecundar o chão ...

435 - CIO DA TERRA

3. Que já não mais I as criancinhas pequeninas I morrerão sem se criar. I Ninguém mais vai falecer I sem toda a vida viver I com cem anos um menino I morrer antes, mau destino! 4. Que os operários I tantas casas construindo I terão casa pra morar. I Seus roçados plantarão I dos seus frutos comerão.lNinguém mais constrói . nem planta I pra que outro more e coma!

CHEGAR UM NOVO DIA Iráchegarumoovodia/umoovocéu, uma nova Igreja é povo que se organiza, I gente terra, um novo mar./E nesse dia, os oprimidos, oprimida, buscando a libertação, I em Jesus I numa só voz a liberdade irão cantar. Cristo a ressurreição. 1. Na nova terra o negro não vai ter corrente I 1. O operário lutando pelo direito I de reaver a e o nosso índio vai ser visto como gente. I Na direção do sindicato; I o pescador vendo a morte nova terra o negro, o índio e o mulato, I o do seu rio, f já se levanta contra esse desacato. branco e todos vão comer no mesmo prato! 2.O seringueirocomsuafacade seringafse libertando 2. Na nova terra os povos todos irmanados, I das gerrasdo seu patrão.I A lavadeira,mulher fortee com a sua cultura e direitos respeitados, I farão destenúda,f lava a sujeirnda injustiçae opressão. da vida um bonito amanhecer I com igualdade 3. Posseiro unido qu~ fica na sua terra I e desafia no direito de viver. a força do invasor. f Indio poeta que pega a sua 440 - EU VIM DE LONGE viola f e canta a vida, a saudade e a dor. 4. É gente humilde, é gente pobre, mas é forte 1. Eu vim de longe I pra encontrar o meu f dizendo a Cristo: meu irmão, muito obrigado caminho. I Tinha um sorriso e o sorriso ainda I pelo caminho que você nos indicou I pra ser valia. / Achei difícil a viagem até aqui, I mas eu cheguei, mas eu cheguei. um povo feliz e libertado. 2. Eu vim depressa,l eu não vim de caminhão. 437 - CRISTO TRABALHADOR I Eu vim ajato, no asfalto pelo chão. I Achei Tu és o Deus dos pequenos, / o Deus humano difícil a viagem até aqui, I mas eu cheguei, mas e sofrido! I O Deus de mãos calejadas, / o eu cheguei. Deus de rosto curtido! / Por isso te falo eu / 3. Eu vim por causa I daquilo que não se vê. I como te fala meu povo, 11: Porque és o Deus Vim nu, descalço, sem dinheiro e na pior. I Achei difícil a viagem até aqui, I mas eu roceiro, o Cristo trabalhador:lI. 1. Tu vais de mãos dadas I com minha gente cheguei, mas eu cheguei. pelas estradas e roçados / e fazendo filas aos pés 4. Eu tive ajuda I de quem você não acredita. dos grandes / para que paguem alguns trocados. I Me deu esperança de chegar até aqui. I Vim 2. Tu comes na feira / catando lixo como Zé, caminhando, aqui estou, me deicidi: I eu vou João, Chico ou Maria./ E reclamas contra a ficar, eu vou ficar. miséria I que mata teu povo dia-a-dia. 441 - BATE PALMAS 3. Eu te vi brocando, fazendo cerca,I engordando II:Baaepalmas,batepalmas,l8epakn;t§/pelasaves, o gado e sem feijão I e, na rua, com os pdama,~paknai,bafepalmas,baae companheiros, I exigindo terra e ganha-pão. ...../pdagraodeuniãodos lavnd:fts:ll. 4. Te vi no alagado lá no campo / o dia inteiro I. Esta força que aq ui adquirimos, / na verdade, sem parar. I E no sindicato, com os se transforma em oração: 11: ninguém sente companheiros, / para ver a justiça triunfar! mais o peso do trabalho, I pois é feito na base 438 - BOCA DE POVO (Reginaldo Veloso) do mutirão://. 11: Boca de povo, povo! / Gritando o novo, 2. O trabalho que aqui realizamos I gente louca chama de subversão. 11: Pois não sabe que a seiva novo! / Senhor Deus mandou dizer:lI. 1. Eu vou criar I um novo céu e nova terra f pois principal I é a raiz que alimenta a naçãoJI. o que passou, passou. I As misérias suportadas 3. Na leitura da Bíblia aprendemos I a história f já não serão mais lembradas. I Todo mundo de um Deus libertador: 11: É o Senhor que caminha com o seu povo I e ainda ouve dos a se alegrar I com o que eu vou criar. 2. Eu vou tomar I Jerusalém uma alegria I todo seus pobres o clamor:lI. povo a sorrir. I Na cidade eu vou vibrar f vendo 4. O nome do Senhor é Deus-conosco. I Ontem e o povo a se alegrar. I Não mais se ouvirão I hoje Ele quer libertação. I/:Construfrnos com Ele mundo novo, I de justiça, paz, amor e união:lI. choros nem lamentação.

436- IGREJA ÉPOVO QUE SE ORGANIZA

439 • IRÁ

92

442 - PLANTANDO DÁ 1/:P1antandodá! Plantandodá!lVousemear! E a semente vai vingar:/!. 1. Deus viu a roça com carrapicho, ! Com chão de pedra e tanto enguiço.!Tinha no meio alguns terrenos! dando esperança, mesmo pequenos. 2. Deus viu a terra mal dividida: ! pra dar dinheiro não deu comida. ! Mas a semente era especial: ! tinha uma força sem outra igual. 3. Veio o roceiro que Deus mandou.lEm todo canto ele plantou. ! Muitas sementes foram perdidas, ! mas a colheita foi garantida. 4. E a Palavra essa semente! que Jesus Cristo plantou na gente. ! Para o roceiro dê sua mão ! e será linda a plantação. 443 - MENORES ABANDONADOS (Pe. Zezinho) LDizem que este país é feliz! porque o povo inda canta nas ruas.! Dizem que a nossa nação não vai mal! porque o povo inda faz carnaval. ! E eu queria somente lembrar! que milhões de crianças sem lar ! não partilham da mesma visão: ! há tristeza em seu coração. 1/: Mttu-ts ahnIlnIlb.! Alguém os 1Dnbol! ! fupfn;:emalamadas,!oP'WtS!iOnOOosadliw:l/. 2. Pelas esquinas e praças estão! desleixados e até maltrapilhos. ! Frutos espúrios da nossa nação, ! são rebentos, porém, não são filhos. , E eu queria somente lembrar' que milhões de crianças sem lar , compartilham do mesmo sofrer: , Já não sabem a quem recorrer. 3. Vivem à margem da nossa nação,! assaltando ~ ~eri.ndo9uem passa. , Tentam gritar, do seu jeito lllfeh~, ! que o país os deixou na desgraça. , E eu quena somente lembrar! que milhões de cria~ças sem lar ! são os frutos do mal que flonu! num país que jamais repartiu. 444 - EU VOU ABRAÇAR O MEU IRMÃO Eu vou abraçar o meu irmão, I vou lhe dar o meu sorriso,l eu vou lhe dar a mão. I Eu vou lhe mostrar que o sorriso' faz parte de um paraíso I onde reina a união. 1. Espero que não se feche comigo, ! pois eu sou ~eu amigo! e lhe peço a sua mão. I A paz esteja sempre contigo. / E Cristo agora comigo / que faz esta saudação. 2. Amigo, se eu já lhe ofendi / eu lhe peço por clemência, / que me dê o seu perdão.' E você que um dia me ofendeu, / como eu já lhe perdoei I eu não guardo mágoa não. 445 - IRMAOSOL COM IRMÃ LUZ 1. Irmão sol com irmã luz I trazendo o dia pela mão. / Irmão céu, de intenso azul, / a invadir o coração. Aleluia! .

Irmãos, ~ irmãs, I vamos cantar nesta manhã, Ipois renasceu mais uma vez I acriação das mãos de Deus. I Innãos, minhas irmãs, I vamos cantar, Aleluia, I Aleluia, Aleluia! 2. Minha, irmã terra que ao pé / dá segurança de chegar. I Minha irmã planta que está I suavemente a respirar. I Aleluia! 3. Irmã flor, que mal se abriu, I fala do amor que n~o tem fim. I Água irmã, que nos refaz, I e SaI do chão cantando assim: / Aleluia! 4 ..Pass~nhos, meus irmãos, I com mil canções a Ir e VIr., Homens todos, meus irmãos, I que a nossa voz se faça ouvir: / Aleluia! 446-PORCAUSADEUMCERTOREINO (Pe. Zezinho) I. Por causa de um certo reino / estradas eu caminhei, I buscando sem ter sossego / o reino que eu vislumbrei.' Brilhava a estrela Dalva, I e eu, quase sem dormir, 1/: buscando este certo reino, / e a lembrança dele a me perSeguir:!l. 2. Por causa daquele reino I mil vezes eu me enganei,/ tomando o caminho errado,! errando quando acertei. , Chegava o cair da tarde, / e eu, quase sem dormir, li: buscando este certo reino I e a lembrança dele a me perseguir:/I. 3. Um filho de carpinteiro, I que veio de N aza:é, J m?strou-se tão verdadeiro, / pôs vida na minha fé, , Falava de um novo reino, I de flores e de pardais, 11: de gente arrastando a rede I que eu tive sede da sua paz:I/. 4. O filho de carpinteiro I falava de um mundo irmão, / de um Pai que era companheiro, I de amore libertação. /Lançou-meum olhar profundo I gelando meu coração. 1/: Depois me falou do mundo / e me deu o selo da vocação:lI. 5. Agora, quem me conhece I pergunta se eu encontrei I o reino que eu procurava, I se é tudo o que eu desejei.' E eu digo, pensando nele: no meio de vós está/I: o reinoque andais buscando, I e quem tem amor compreenderá:ll. 6. Jesus me ensinou de novo I as coisas que eu aprendi. / Por isso amei meu povo I e o livro da vida eu li. I E em cada menina-moça, I e em cada moça e rapaz, 11: eu sonho que a minha gente I será semente da eterna paz:1I

447 - POR UM PEDAÇO DEPÃO(pe. Zezinho)
1.Por um pedaçodepãol e porurn pouco de vinho, / eujá vi mais de um irmão Ise desviar do caminho. IPorurnpedaço de pão,/e por um pouco de vinho, I eu também vi muita gente I encontrar novamente o caminho do céu. I Eu também vi muita gente , voltar novamente ao convívio de Deus. Por um pedaço de pão I e um pouquinho de vinho, I Deus se tornou refeição e se fez o caminho. I Por um pedaço de pão .•• (4v).

93

~
2. Jesus manda libertar os pobres. / Pois, ser cristão é ser libertador. li: Nascemos lívres prá crescer na vida, ! não prá ser pobres, nem viver na dor://. 3. Vendo no mundo tanta coisa errada, I o povo pensa em desanimar. It: Mas quem tem fé, sabe que está com Cristo; ! tem esperança e força prá lutar:!I. 4. Não digas nunca que Deus é o culpado, I quando na vida o sofrimento vem. //: Vamos lutar que o sofrimentro passa, ! pois Jesus Cristo já sofreu também:/I. 5. Libertação se encontra no trabalho.ZMas há 448 - A BANDEIRA DO DIVINO dois modos de se trabalhar. ll: Há quem trabalha I. Os devotos do Divino! vão abrir sua morada I escravo do dinheiro. / Há quem procura o prábandeiradoMenino/serbenvinda,serlouvada mundo melhorar:!I. 2. Deus vos salve esse devoto,! pela esmola em 6. Ano após ano o tempo vai passando.! E a gente vosso nome, I dando água a quem tem sede, / espera a libertação. lI: Se a gente luta ela vai dando pão a quem tem fome. chegando. ! Se a gente para, ela não chega não:!l. 3. A bandeira acredita! que a semente seja tanta, I que essa mesa seja farta, I que essa casa 451 - EU CONFIO EM NOSSO SENHOR seja santa. I/:Eu confio em NOS'SO Senhor/comfé,esperança 4. Que o perdão seja sagrado, I que a fé seja eamor:J1 infinta, I que o homem seja livre, I que ajustiça 1. Eu confio na Mãe do Brasil, I a Senhora de sobreviva. Aparecida: ! ela vai libertar o seu povo, ! o 5. Assim como os tres reis magos, ! que sofrer desta gente oprimida. seguiram a estrela guia, I a bandeira segue em 2. Eu confio na força dos fracos I que se unem frente, / atrás de melhores dias. por um mundo novo. I Eu confio que vai 6. No estandarte vai escrito / que ele voltará de melhorar I a dor e o sofrimento do povo. novo.Zf o rei será benditO./Ele nascerá do povo. 3. Eu confio que a luta do povo I vai levar a uma libertação. I Eu confio que vai se acabar I a 449 - BÓIA FRIA injustiça e a exploração. Em cima de um caminhão I bem cedinho ele 4. Eu confio que os grandes da terra, I dos vai I sem nenhuma garantia I pro seu pão de pequenos vão aprender, / no amor, na união e cada dia I ele vai tentar ganhar. na fé, I sem querer só prá si o poder. I. O seu patrão comprou trator, caminhão, ! lffiFUME também grade de arrastão, ! deixando ele na 452- FlCASEMffiEUMroucoDE mão. I Pois lá na roça I perdeu sua serventia. ! Ih Fica sempre um pouco de perfume I nas Procurando prato cheio, I hoje ele é um bóia-fria mãos que oferecem rosas, I nas mãos que 2. Ele tentou melhorar pra sua família. I Prá sabem ser generosas:ll. cidade certo dia I com muita fé foi morar.! Mas 1. Dar do pouco que se tem! ao que tem menos continuou sua fome de alegria.! E o sustento ainda, I enriquece o doador, I faz sua alma da família I ele tenta assim ganhar. ainda mais linda. 3. Ele não é roceiro e nem operário, I ganha um 2. Dar ao próximo alegria I parece coisa tão mísero salário. I Seu riso alegre não sai.! Seu singela. ! Aos olhos de Deus, porém, I é das dinheirinho ele nunca tem de sobra. / Ele é pau artes a mais bela. pra toda obra. I Ele ri pra não chorar. 4. Ele já deu pro seu país glória e fama, I mas 453- UMOlAUMACRIANÇA(Pe.Zezinho) a terra que tanto ama / não pode mais cultivar. 1. Um dia uma criança me purou, / olhou-me nos I Pergunto agora a quem ouve a minha voz: ! meus olhos a sorrir, I caneta e papel na sua mão, Prá quem Deus criou o mundo? I Foi prá / tarefa escolar para cumprir. I E perguntou no alguns, ou foi prá nós? meio de um sorriso: loque é preciso para ser feliz? amou, I sonhar como 450 -NOSSAAlEGRIAÉSABERQUEUMDIA Amar como Jesus como Jesus pensou, / Jesus sonhou, I pensar viver I. Nossa alegria é saber que um dia I todo este como Jesus viveu; 11: sentir o que Jesus sentia, povo se libertará.l I: Pois Jesus Cristo é o Senhor I sorrir como Jesus sorria I e ao chegar ao fim do do mundo, I nossa esperança realizará:/I. dia I sei que eu donniria muito mais feHz:!1 2. Por não ter vinho e nem pão I por lhe faltar a comida, I eu já vi mais de um irmão ! desiludido da vida.! E por não dar do seu pão / e por não dar do seu vinho, I vi quem dizia ser crente I perder de repente/ os valores morais./Vi que o caminho da paz! s6 se faz com justiça e direitos iguais. 3. Por um pedaço de pão I e por um pouco de vinho, I eu já vi mais de um irmão I tomar-se um homem mesquinho.lPorumpedaçodepão! e por um pouco de vinho, I vejo as nações em conflito, Ieste mundo maldito por não partilhar. / Vejo metade dos homens, I morrendo de fome I sem Deus e sem lar.

~ ~

:>
:) ':)
~ ~

:)
~ ~

:) :) :)

:}
:)
~ ~ ~

:) :) :)
~ ~ ~ ~ ~

'!J

..,
~ ~

j

::>
:) :)

~

94

::>

2. Ouvindo o que eu falei ela me olhou, I e disse que era lindo o que eu falei. I Pediu que eu repetisse, por favor, I que não falasse tudo de uma vez. I E perguntou de novo, num sorriso: loque é preciso para ser feliz? 3. Depois que eu terminei de repetir, , seus . olhos não safam do papel. I Toquei no seu rostinho e, a sorrir, I pedi que, ao transmitir, fosse fiel.! E ela deu-me um beijo demorado I e, ao meu lado, foi dizendo assim:

5. De mil crianças que nascem, quer no campo ou na cidade I quase duzentas que morrem antes de um ano de idade. 6. Companheiro é muito séria a nossa situação. /Semcomidaesemcasa,semremédioeinstrução.

456 - ISTO

É A FELICIDADE 1. Andar sem temor pela vida' e sentir o valor de se ter liberdade. I Poder abraçar um amigo e sentir I o calor de uma grande amizade.

454- PELOBAllSMORECEBIUMAMISSÃO
1. Pelo Batismo recebi uma missão: I vou trabalhar pelo Reino do Senhor. I Vou anunciar o Evangelho para os povos, I vou ser profeta, sacerdote, rei, pastor. I Vou anunciar a Boa Nova de Jesus: , como profeta recebi esta missão. I Onde eu for, serei fermento, sal e luz, 'levando a todos a mensagem de cristão. 2. O Evangelho não pode ficar parado: I vou anunciá-lo, esta é minha obrigação.' A messe é grande e precisa de operários, I vou cooperar na evangelização. , Sou mensageiro, enviado do Senhor, ! onde hou ver trevas irei levar a luz. I Também direi a todos que Deus é Pai, I anunciando a mensagem de Jesus. 3. Quem perguntar por que Jesus veio ao mundo, , eu vou dizer: foi pra salvar a humanidade, / pra libertar o homem da escravidão, / e dar aele Umanova oportunidade. /Pois os profetas já vinham anunciando I a sua vinda e qual a finalidade: I Jesus Profeta, Sacerdote, Rei, Pastor, I veio ensinar-nos o caminho da Verdade. 4. Mesmo sofrendo calúnia e perseguição, I vou procurar viver em comunidade. I Onde houver ódio, vingança e injustiça, , quero levar o amor e a caridade. ! Sou missionário e por isso vou lutar, I pra levar meus irmãos à eternidade. I Vamos louvar e bendizer ao nosso Deus, ! vivendo juntos a nossa fraternidade.

Isto é a felicidade. I Isto é a felicidade.' Sem ter amor nesta vida não há I quem seja feliz de verdade.
2. Sentir que se está sempre perto de Deus ... I e nele encontrou a verdade. I Sorrir com a paz de um menino a olhar I para o sol que começa a brilhar.

457 - BASTA QuE ME

TOQUES 1. Basta que me toques, Senhor, I minh'alma fortalecerá.! Se a noite escura está, tua presença me guiará.! Basta que me toques, Senhor! 2. Basta que me olhes . 3. Basta que sorrias . 4. Basta que me arries . 5. Basta que te busque . 6. Basta que te encontre ...

458 - BAIÃO

DAS COMUNIDADES (Zé Vicente) Somos gente nova, vivendo a união, I somos povo semente de uma nova nação, ê, ê. , Somos gente nova vivendo o amor, I somos

comunidade, povo do Senhor, ê, ê.

455 -

BARBARIDADE .'.' .

Barbaridade isto é bom que mete mecIo,!que mete medo é bom.! Isto é bom barbaridade.
1. Atenção, companheiro, 'v~mos prestar atenção. I Precisamos conhecera nossasituação. 2. O Brasil é uma terra cheia de grande riqueza / mas o povo brasileiro leva a vida: de dureza. 3. Mais da metade do povo não sabe ler e escrever. I Não conhece os seus direitos, leva a vida a padecer. 4. Vinte milhões de pessoas não têm casa pra morar. 10 lavrador não tem terra para poder sustentar.

1. Vou convidar os meus irmãos trabalhadores, / operários, lavradores, biscateiros e outros mais. I E juntos vamos celebrar a confiança, , nossa luta na esperança, , de ter terra, pão e paz, ê. 2. Vou convidar os índios que ainda existem, , nas tribos que ainda resistem no direito de viver. I E juntos vamos, reunidos na memória, celebrar uma vitória I que vai ter que acontecer, ê, ê. 3. Convido os negros, irmãos no sangue e na sina, I seu gingado nos ensina a dança da redenção. , De braços dados no terreiro da irmandade, I vamos cantar de verdade I enquanto chega a razão, ê, 4. Vou convidar Oneide, Rosa, Ana Maria, I a mulher que noite e dia luta e faz nascer o amor. I E reunidos no altar da liberdade, I vamos cantar . de verdade, I vamos pisar sobre a dor, ê, 5. Vou convidar a criançada e a juventude, I tocadores nos ajudem, vamos cantar por aí. ! O nosso canto vai encher todo o país, ! velho vai dançar feliz,! quem chorou vai ter que rir, ê,
ê,
ê. ê. ê.

95

459 - LOUVAI BATENDO PALMAS 11:Louwi batendo pabnas, I louwi batendo o pé, I louvai rodopiando, I louvai a Deus Javé:!l. 1.Louvai coma viola: dig-dig-dom!/Louvaicom a sanfoninha: fim - fim- firnrinfim - fom - fom! 2. Louvai com a cometa: pom - pom - pororon - pon - pon! Louvai com o sininho: blim blim blim blim blem blom!
(Pe. Zezinho) 1. Nas reviravoltas que o mundo dá I nas idas e voltas que a vida tem, I na hora em que tudo já desmandou I e a gente mal sabe se vai ou vem. I E bem nesta hora que tem sentido I abrirmos os olhos e os ouvidos I e destramelar nosso coração, I fechar bem a boca pra não dizer: II:Que foram os outros, que foi o mundo, I que foi a vida que quis fazer você infeliz:/!. 2. Nas reviravoltas que você deu I e nesta revolta que você tem, I agora que tudo já desandou I e nem você sabe se vai ou vem. I E bem nesta hora sem horizonte I que a gente percebe que além da ponte I existe um caminho que dá no mar I e não adianta nem proclamar: 3. Nas reviravoltas que o mundo dá, I nas idas e voltas que a vida tem, I não há quem não tenha-o seu Shangri-lã, / não há quem não tenha ilusões também. I Há sempre estrelas que no céu da vida, / guiando os caminhos do viandante. I É bem nesta hora que nos convém. / cerrar bem os lábios pra não gritar:

3. Quisera ser da paz seu anunciador, I quisera ter petróleo e sercondutor,//: o condutor do amor, I o condutor da paz, / o condutor da fé I que o mundo conduz I ao caminho certo da luz:lI. 4. Quisera verem todos o Natal do amor, / quisera ver em todos o final da dor, 11: quisera ver você I acreditar no amor, I quisera ver você I acreditar na paz, I quisera o mundo inteiro saber:/ OUTRA VEZ (Paulo Coelho / Marcelo Motta) - Veja: I Não diga que a canção está perdida. / Tenha fé em Deus, tenha fé na vida. I Tente outra vez. - Beba: / Pois a água viva ainda está na fonte. I Você tem dois pés para cruzar a ponte. I Nada acabou. - Tente: I Levante sua mão sedenta e recomece a andar./ Não pense que a cabeça aguenta I se você parar. - Há uma voz que canta, I há uma voz que dança, / há uma voz que gira / bailando no ar. - Queira: / Basta ser sincero / e desejar profundo. I Você será capaz de sacudir o mundo. I Tente outra vez. - Tente: I E não diga que a vitória está perdida. I Se é de batalhas que se vive a vida. / Tente outra vez, tente outra vez, tente outra vez.

460 - REVIRAVOLTA

463 - TENTE

ESTÃO REZANDO (Pe. Zezinho) 1.Os homens estão cansados Ide tanto caminho errado, I de tantas filosofias, / de tanto buscar 461 - A JUVENTUDE É UMA SEMENTE em vão. II:Quem sabe chegaram os dias de resolver a questão:/I. (Pe. Zezinho) Os jovens estão rezando e falando / e 11: Ajuventudeéumasemente:!I-/!: Que Deus cantando ao Senhor da paz,/que o mundojá na terra semeou:/!- Tomou-se Dor, tomou-se não responde I às perguntas simples que o gente:/! -11: E o mundo nunca mais parou:/!. homem faz. / Os jovens estão rezando e 1. A vida é uma corda bamba /ligando a terra chorando I e cantando ao Senhor da luz I que com o céu. / Quem nela não se equilibra I cai chegue depressa do dial de o mundo ouvir o no picadeiro, errando o seu papel. Senhor Jesus. 2. A vida é uma laranja azeda I que O tempo vai 2. O mundo perdeu o tino, I são tantos os adocicar. I Mas quem tem muita pressa dela I desatinos, I caminhos sem esperança, I acaba com a laranja e estraga o paladar. caminhos da opressão. 11: Quem sabe se a voz 3. A vida é como um tanque cheio / que sente das crianças I pode trazer solução:/! que precisa dar. I Não tendo quem receba dele, Pois elas estão rezando .•• I ele também se fecha e pára de ganhar. 3. Em meio dos desacertos, I no cerne dos desenganos, I com tanto caminho incerto, I o 462- QUISERA (Guilherme Rauber) homem fugiu da luz. 11: Quem sabe chegaram 1. Quisera ser poeta e compositor, I quisera ter os dias / de retomar a Jesus:/!. a fama de um cantor./!: prá cantar o amor, I prá (Roberto Carlos) cantar a paz, I prá cantar a fé I que o irmão 465 - O HOMEM conduz / ao caminho certo da luz:/I. Um certo dia um homem esteve aqui; I tinha 2. Quisera ter talento de um escritor, I quisera um olhar mais belo que já existiu; I tinha no ter a fala de um locutor, 11: prá falar do amor, cantar uma oração, I no falar a mais linda I prá falar da paz, I prá falar dafé I que a todos canção que já se ouviu. / Sua voz falava só de conduz / ao caminho certo da luz:/I. amor, / todo gesto seu era de amor e paz, I ele

464 - os JOVENS

96

traziano coração. IEle pelos campos caminhou, I subiu as montanhas e falou I do amor maior, fez a luz brilhar na escuridão, / o sol nascer em cada coração e compreendeu I que além da vida que se tem, I existe uma outra vida além, I e assim, um renascer, morrer não é o fim. 11: Tudo o que aqui Ele deixou I não passou e vai sempre existir / flores nos lugares que pisou I e o caminho certo pra seguir:/!. Eu sei que Ele um dia vai voltar I e nos mesmos campos procurar loque plantou. I E colher o que de bom nasceu, I chorar pela semente que morreu sem florescer. I Mas ainda é tempo de plantar, / deixar dentro de si a flor do bem crescer I pra lhe entregar quando Ele aqui chegar.

2. Jesus está aqui, aleluia! I Tão certo como . 3. O Espírito está aqui, aleluia! I Tão certo . 471 - LOUVADO SEJA MEU SENHOR Louvado seja meu Senhor (4v). 1. Por todas as criaturas, I pelo sol e pela lua,! pelas estrelas do firmamento, I pela água e pelo fogo. 2. Por aqueles que agora são felizes, I por aqueles que agora choram, I por aqueles que agora nascem, I por aqueles que agora morrem. 3. O que dá sentido à vida I é amar-te e louvar-te I paraque a nossa vidal seja sempre uma canção.

472 - CORAÇÃO LIVRE (Jorge Trevisol) - Eu vejo que a juventude tem muito amor. / Carrega aesperança viva no seu cantar./Conhece caminhos novos, não tem segredos. I Anseia pela 466 - FELIZ MOCIDADE justiça e deseja a paz. I Mas vejo também a dor da Feliz mocidade que vive a cantar I Viva la companhia I Estuda, trabalha e ama também. insegurança I que dói quando é hora de decidir. I Viva la companhia/Viva lá viva, la viva lamorl I Tem medo de deixar tudo e então se cansa. I Diz Viva laviva,la viva lamorIVivalamor /Vivalamor. não ao caminho certo e não é feliz. //: Hei juventude, 1 rosto do mundo, I teu dinamismo logo encanta quem te vê. I A 467 - EU TE CHAMO DE MESTRE (Pe, Zezinho) liberdade aposta tudo. 1Nao perde nada na 1. Eu te chamo Senhor, I eu te chamo de Mestre, certeza de vencer:ll. I mas não sei se te chamo / como devo chamar. - Vai, vende tudo o que tens, I dá a quem I E procuro fazer / como sei que fizeste, / mas precisa mais, I vem e segue-me depois, I vem não sei se te amo / como devo te amar. comigo espalhar a paz. //:Jesus convida, conta contigo.IMas é predso ter Eu te chamo de Mestre e Senhor I e procuro entender teu amor lI: e encontrar um coragem de 1JlOl"I'Cr. I Coração livre, comprometido, I partilha tudo sem ter medo de perderJI. caminhodepaz:/I-Paramim,paraqualquer irmão I que cultiva esta mesma ilusão li: de 473-NACOVADOSLEÕES (Pe.Zezinho) fazer este mundo mudar:lI. 1.11: Na cova dos leões jogaram Daniel:II-11 2. Eu procuro servir, I eu procuro este jeito / de viver sem reservas, I por meu Mestre, Senhor. :Daniel não se curvou a certa lei do seu país:1 I Se quiseres me ouvir I eu serei mais perfeito 1-II:Queriam que adorasse o rei, mas adorá-lo ele não quis:11 - II:Olha o Daniel rezando na I e talvez eu consiga I ser profeta do amor. cova dos leões:/I. 468 - QUÃO BOM 2.11: Na cavados leõesjogararnDaniel ://- //: Daniel Quão bom e quão maravilhoso é que os pagou o preço de guardar a sua fé:11 - Queriam que adorasse o rei, mas Daniel fincou o pé:11 -//:Olha irmãos vivam em união (bis). Aperte a mão do seu irmão e dê um sorriso pra o Daniel rezando na cova dos leões://. ele. Aperte a mão do seu irmão e cante esta 3. 1/: Da cova dos leões tiraram Daniel:/1 - 11: Daniel não sofreu nada, o Senhor o protegeu:/! canção: Aleluia! (bis) Quão bom! - II:Tiraram Daniel da cova e o rei se converteu:!1469 - EU TENHO PAZ //:Olha o Daniel mostrando que Deus é o Eu tenho paz como um rio (3 v) Em meu ser (2v). Senhor:1 (3v). Eu tenho amor como um rio (3 v) Em meu ser (2 v). 474 - O PROFETA (Pe. Zezinho) Eu tenho gozo como um rio (3 v) Em meu ser (2 v). Eu tenho paz, amor e gozo como um rio (3v) - Eu não sei cantar, I eu não sei rezar, I eu não sei fazer canções bonitas, I como tanta gente Em meu ser (2v) faz. I Sou como criança que só sabe balbuciar; I 470 - DEUS ESTÁ AQUI mesmo assim teu amor me mandou profetizar. 1. Deus está aqui, aleluia! I Tão certo como o - Minha profecia é feita de alegria. I Eu não sei ar que eu respiro. I Tão certo como o amanhã cantar o amor perdido I como tanta gente faz. I que se levanta. I Tão certo como eu vos falo e Sou como criança/ que da noite faz o dia, I depois que fez a manhã I está sorrindo de alegria. v6s me ouvis.

97

Canto quando choro, 1 canto prá sorrir. 1 Minha profecia o mundo inteiro vai ouvir./ Canto pela paz, canto contra a guerra, / canto prá varrer o egoísmo desta terra. - Teu amor me disse; 1 vai falar de paz. 1Eu não sei falar de armistícío 1como tanta gente faz. / Creio na criança, no jovem e no velho, 1 na minha vida eu vou escrever teu evangelho.

475 - EU QUERO APENAS

(Roberto Carlos)

479 - PAI NOSSO (Maria Sardenberg) //: Como é que Jesus nos ensinou a rezar? 1 Ele nos ensinou a dizer: Deus, nosso Pai!://. 476~MECHAMASTEPARACAMINHAR L Ele nos ensinou a querer com fé a vontade Recolhido por Fr. Victor O. Kruger do Pai! I Ele nos ensinou a querer que venha a I. Me chamaste para caminhar a vida contigo. / nós o Reino do Pai! Decidi para sempre seguir-te, não voltar atrás! I 2.Ele nos ensinou a pedir o pão e a pedir proteMe puseste uma brasa no peito e uma flecha na ção. I E também ensinou-nos a perdoar, se alma .. /É difícil agora viver sem lembrar-me de ti! queremos perdão. 1/: Te amarei, Senhor! Te amarei, Senhor! I Eu só encontro a paz e a alegria bem perto de ti!:!1 480 - ESTA MANHÃ, SENHOR! (Pe, Zezinho) 2. Eu pensei muitas vezes caIar e não dar nem 1.Esta manhã, Senhor, como as demais, Senhor! respostas; I eu pensei na fuga esconder-me, ir IDou-te as flores, o céu, minha terra, / os homens longe de ti. I Mas tua força venceu e ao final eu em guerra à procura da paz. I Dou-te o mar, as fiquei seduzido: é difícil agora viver sem florestas, meu povo, I e começo de novo o saudade de ti! caminho do amor. I/:Esta manhã, Senhor:!1 3. Ó Jesus, não me deixes jamais caminhar solitário, I pois conheces a minha fraqueza e o 2. Estamanhã, Senhor, como as demais, Senhor! meu coração ... 1Vem, ensina-me a viver a vida / Meu caminho eu começo sorrindo, 1pois tudo na tua presença, I no amor dos irmãos, na é tão lindo onde existe o amor. 1Nas crianças, nos jovens, nos velhos, I vou ler o Evangelho da alegria, na paz, na união! vida e do amor. /1: Esta manhã, Senhor!://. 477 - DENTRO DE MIM (Pe. Zezinho) 3. Estamanhã, Senhor, como as demais, Senhor! 1. Dentro de mim existe uma luz / que me / Meu caminho eu começo sereno / pois sou tão mostra por onde deverei andar. / Dentro de pequeno diante do amor. / Na alegria de ter a mim também mora Jesus / que me ensina verdade, / eu vivo a eternidade ao teu lado, buscar o seu jeito de amar. Senhor. li: Esta manhã, Senhor!:1I 98

1. Eu quero apenas olhar os campos, I eu quero apenas cantar meu canto. / Eu só não quero cantar sozinho, 1 eu quero um coro de passarinhos./ Quero levar o meu canto amigo 1 a qualquer amigo que precísar. I/:Eu quero ter um milhão de amigos e bem mais forte poder cantar:lI. 2. Eu quero crerna paz do futuro, / euquero ter um quintal sem muro. / Quero meu filho pisando firme, / cantando alto, sorrindo livre. I Quero levar o meu canto amigo ... 3. Eu quero o amor decidindo a vida, I sentir a força da mão amiga, lo meu irmão com sorriso aberto, / se ele chorar, quero estar por perto. I Quero levar o meu canto amigo ... 4. Venha comigo olhar os campos, / cante comigo também meu canto. I Eu só não quero cantar sozinho, I eu quero um coro de passarinhos. I Quero levar o meu canto amigo a qualquer amigo que precisar. 1)

li: Minha luz é Jesus, e Jesus me conduz I pelos caminhos da paz:lI. 2. Dentro de mim existe um farolZ que me mostra por onde deverei remar. / Dentro de mim Jesus Cristo é o sol 1que me ensina buscar o seu jeito de sonhar. 3. Dentro de mim existe um amor 1que me faz entender e lutar por meu irmão. 1 Dentro de mim Jesus Cristo é o calor / que acendeu e aqueceu pra valer meu coração. (Maria Sardenberg) 1. Você sabe quem foi que primeiro falou: Ave Maria? 1Foi o anjo Gabriel quando anunciou à Virgem Maria I que ela foi escolhida para ser a Mãe de Jesus Salvador. 11: Ave Maria, cheia de graça, contigo está o Senhor:lI. 2. Você sabe quem foi que depois continuou a Ave Maria? / Foi a prima Isabel quando foi receber a Virgem Maria. I Inspirada por Deus, ela advinhou Jesus em Maria: li: Tu és bendita entre as mulheres, bendito é o teu Filho:lI. 3. Éuma história bonita a desta oração: Ave Maria /Começou com Gabriel e depois continuou com a prima Isabel I E agora nós todos rezamos com fé, completando a oração: I/:Santa Maria, roga por nós, Mãe de Deus, por nós roga sempre:!/.

478 - AVE

MARIA

485 . CAMINHO 1/: Onde está o Meninol que nasceu práser Rei?
(Natal em Família 94196)

CANTICOS DE NATAL
(CPPD K7 007)

481 . É NATAL

DO SENHOR

1. Os reis levaram a Jesus / presentes de real valor. / Mas o presente que Ele quer / é nossa fé e nosso amor. lI: É Natal de Jesus, nosso Mestre. I É Natal do Senhor, nosso Deus.:/! 2. Por uma estrela o céu guiou lOs Magos Reis até Belém. I Mas nossa estrela é Jesus / Que vai guiar-nos para o bem.

I Uma estrela nós vimos, I o caminho se fez.:!1 1. Caminho de muitas léguas, I caminho de muita cruz. I Caminho do procurar / é o caminho de Jesus. 2. Caminho de muita vida, caminho de muita ação, I é o caminho do perdoar, / é o caminho do mão. 3.Caminho de muita luta,/ caminho de muito amor, I caminho do procurar / é o caminho do Senhor.

486

M

MÃE MARIA

482

M

os SINOS

DE BELÉM

1. //:Sinos de Belém, acordaí quem está dormindo. I Vinde anunciar que nasceu o Deus

Menino.z/ É Natal, é Natal, é Natal do Salvador.

2.//:Numa mangedoura, com sua mãe Maria, I Veio trazer luz, trazer Paz e Harmonia.:/I 487 - NOITE LINDA 3.//:Infinito Amor faz de Deus uma criança / /!: Noite linda, noite bela. I Noite tão cheia de Para encher o mundo de Paz e Esperança.:// luz. I Toda terra canta um hino I Com a chegada de Jesus.:/! 483 - A NOITE SE ILUMINOU 1. Noite feita de esperança, / Noite feita de A noite se iluminou, I o céu se vestiu de luz, I os amor. I Pois nasceu o Rei Divino, I Deus anjos cantaram glória I quando nasceu Jesus. Menino Salvador. 1. Eu quero ver os pastores chegando / prá visitar o Menino Jesus. I Eu quero ver todo o 2. Noite feita de bondade, I Noite de claro povo sorrindo / e junto seguindo a mensagem esplendor. I Salve a Virgem Maria / que seu Filho nos doou. da luz. 2. Eu quero ver tua estrela no céu / iluminando o caminho do bem. I Eu quero ver todo o povo sorrindo I e junto seguindo a lição de Belém. 3. Eu quero ver os Reis Magos chegando I e humildemente adorando o Senhor. I Eu quero ver todo o povo sorrindo / e junto seguindo a mensagem do amor.

1. Mãe Maria, um dia fizeste o mundo cantar I ao trazer o teu Filho Menino prá nos alegrar. Ó Maria, tu és venerada, I pelo mundo tu és aclamada. 11: O teu povo a cada momento mais quer te amar:1I 2. Mãe Maria, o mundo caminha com muita aflição, I procurando buscar em teus braços a libertação. 3. Mãe Maria, abençôa este povo com teu manto azul, / e o protege da fome, da guerra, de Norte a Sul.

488

M

POBRE NO MEIO DOS POBRES

1.Pobre no meio dos pobres, nasceu o Sal vador. I É o Filho de Maria, o Messias vencedor. 1/: É Belém, é Natal, I é o bem vencendo o rml.:/I 2. É Ele que nos liberta da fome e opressão, / de todos os pecados, da mais triste escravidão, 3. A terra, o mar, a estrela e tudo que o céu cobre I ao Rei que salva, cantam: Ele nasceu como pobre!

484

M

MARIA, TEU POVO TE AMA

o

1. Maria, teu povo te ama I e quer contigo partilhar. / Hoje nasceu a Esperança; / junto de nós Ele está. lI: Ajuda teu povo, Maria. I Ensina teu povo a rezar. I Ajuda-nos na caminhada. tEnsina teu povo a amar.:/! 2. Exemplo de vida nos destes / mostrando ao mundo o Amor. I Não é um bercinho de palha I que vai diminuir teu valor.

489

M

NO SILÊNCIO DA NOITE

1. No silêncio da noite brilhou-nos uma luz. I Deus nos dá um presente: o seu Filho Jesus.

11: Nasceu Jesus, nasceu o Salvador. I Nasceu
a esperança do povo sofredor.:/I 2. Em berço de ouro Ele não quis repousar. I E num berço de palha junto ao povo ficar.

99

490

-

AHl SE CANTE EM SOM DE JÚBILO (Dom Bosco - 1842)

I. Ah! se cante em somdejúbílo./ Ah! se cante em som de amor. / É, fiéis, nascido o amável, I/:nosso Deus e Salvador:/ 2. paz querida, em nossas almas, / vem depressa repousar. / Entre n6s, Menino Deus, I/:vos queremos conservar://

2. Eras tu, Senhor, então, / indigente a clamar, I mendigando pelo pão, / que sobeja em nosso lar? 3. Eras tu, Senhor, sofrendo, I nos presídios da cidade/deficiente, sem emprego, / implorando piedade? 4. Eras tu, mas quem diria? / Era teu este clamor? I Dá-nos fé, que assim possamos / acolher-te, ó Senhor!

CAMPANHA DA FRATERNIDADE -1995
491 CANTO DE ABERTURA
Letra: Ma. de Fátima Oliveira Música: Adario Cangiani

495-CANTODECOMUNHÃO
Letra: Pe. Almir Gonçalves dos Reis Música: Frei Moisés Siqueira Moraes 1. A quem nós servimos, I quando partimos / o pão do amor? / Criança sem nome, / morrendo de fome, I eras tu, Senhor?

ampara seu povo sofrido.

2. A quem acolhemos,! quando envolvemos I de humano calor?! O velho esquecido,/também excluído, / eras tu, Senhor? 3. De quem nós cuidamos, I quando curamos, / feridas e dor? / O pobre doente, da vida descrente, I eras tu, Senhor? 4. A quem escutamos, I quando tratamos, / com digno valor? I O índio poeta, ! de sangue profeta, / eras tu, Senhor? 5. A quem amparamos, / quando mostramos, / um mundo melhor? I O jovem drogado, I por não ser amado, / eras tu, Senhor? 6. A quem nos somamos, / quando irmanados I na luta e na dor? Aquele operário, I chorando o salário, ! eras tu, Senhor? 7. A quem apoiamos, ! quando medimos / do 492 - SALMO RESPONSORIAL (SI90/91) rosto o suor? / O homem do campo I em seu Letra: João E. Roath Machado desencanto, I eras tu, Senhor? Música: Wanderley Januário Costa O caminho da fraternidade/ éacolher a quem 8. A quem defendemos, / denunciando I o mal, foiexcluídoI com a misericórdia do Pai, / que sem temor? / Mulher explorada, I o negro ainda escravo, / eras tu, Senhor? refeição. I Todos somos convidados I a comer do mesmo pão. 2. Ele chama os excluídos / do convívio social: I quem tem AIDS e o migrante, I o drogado e o marginal. 3. Todos somos responsáveis I pelas causas da exclusão I da criança abandonada, I do mendigo e do ancião. 4. Escutai o vosso povo, / reunido em oração: / transformai as nossas mentes Ie o nosso coração! 5. Revelai-nos a alegria / do serviço por amor, I imitando Jesus Cristo, I vosso Filho e SaIvadorl 6. Dai-nos força e energia, I para unidos trabalhar I por um mundo, onde todos I possam ter o seu lugar!

Eras tu, Senhor Jesus, escondido no innão,/ e Vem ser nesta mesa / o pão da igualdade I e agora nos convidas ao louvor e à conversão? da libertação. / Teu corpo e teu sangue I 1. O Senhor já pôs a mesa I para a grande animem, sustentem I a nossa missão!

493 - ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO A tua Boa NovaI aIegrae convidaI do mundo os "excluídos", I do Reino os "preferidos". 494 - APRESENTAÇÃODEOFERENDAS
Letra: Ir. Natalina Grande O. C. Música: Simei Pereira do Amaral

Disca: .1 AOPIVO
Pe. Zezinho, SCJ - Comep LP 6567-6

1. Eras tu, Senhor Jesus? I Vieste pobre, tão discreto, I carregando tua cruz, I nos que vivem sem um teto.

496 - o QUE DIREI? o que direi quando eu for ao meu povo? I Letra: João E. Roath Machado Que coisas direi pra ser entendido? Eis que Música: Casimiro Nogueira eu te envio e dirás a meu povo: I meu nome Ofertamos, Senhor Deus, I nossa vida pelo éJavé, Aquele que é. que sempre .será./ Sou irmão. I Reunidos, filhos teus, I partilhando Aquele que vos libertará. . o mesmo pão. 1. Moisés não estava pronto para ariunciar. / E
disse que não saberia o que dizer ao povo. I Disseste que o ajudarias e Moisés foi lá./Moisés te anunciou, então, de um jeito mais que novo.

100

2. Ninguém de nós se sente pronto para anunciar. / A gente ainda não aprendeu o que dizer ao povo. / Mas cremos que tu nos inspiras quando a gente vai. I Queremos evangelizar, então, de um jeito novo. ~ t~lSe-~ v~

501 - SÚPLICA

DE OUVINTE

497 - MESMO

(SI. 41 e 51)

QUE EU NÃO QUEIRA

11: Mesmo que eu não queira, converte-me, Senhor! I Mesmo que eu não peça, converteme, Senhor! ! Mesmo se a consciência me disser que eu não pequei,/ mesmo assim, tem piedade de mim pelas vezes que eu errei!:1I Se alguém saiu ferido quando por minha vida passou, / se alguém perdeu a paz quando meu egoísmo mais forte falou, I se cu não soube ser irmão, se eu não soube ser cristão, I perdoame. Senhor, converte o meu coração! Tem piedade de nós. Tem piedade de nós. Tem piedade de nós.

Palavra da Salvação! Glória a vós, Senhor I Que a Palavra de Deus tome conta de mim! I Mude o meu coração! / Seja pra mim UIl1 caminho de luzi; Que a Palavra de Deus seja meu ideal! ; Toque a minha razão! / Faça de mim um irmão de Jesus! 11: Feliz é quem ouve a palavra. c mais ICI II quem a faz, filho da paz ele então scra. J Fc 11/ é quem leva a palavra e anuncia Jesus I I Com Jesus Cristo ele um dia rcinaní':lf

502 - TRABALHAR

O PÃO

498 -

GLÓRIA SIDERAL (Lc 2,1-4) Em todo o universo: wória a Deus! I E no

499 - CAMINHOS

planeta terra: glória a Deus! I paz na ONU e no meu país. I Eque a humanidade seja mais feliz! 503 - SANTO SIDERAL ~M-')f A 1JfJ I.Nós te adoramos e louvamos c te agradecemos e te suplicamos; teu imenso amor de Pai vai Do menor dos grãos de areia ü maior estrela que há,! cante o universo: Santo. Santo. Santo nos ensinar a cultivar a paz. 2. Tu que és o Filho de Deus vivo. lu que tens é o Senhor! I Da menor das criaturas à maior poder e majestade. J piedade. ó Jesus. lira-nos das vidas que há.! cante o planeta terra: Santo. Santo. Santo é o Senhor' da treva com a tua luz. 3. Tu que vens do Pai e vens do Filho. tu que 1/: Hosana e bendito e hosana, vilas 30 nos conduzes com ternura. I brilhe em nós o Criador. I Hosana e bendito c 110103naao Filho dele, nosso Senhor.:!/ teu amor, és o santo Espírito consolador! Santo, Santo, Santo .•.

li: Trabalhar o pão; celebrar o pão.1 ofere ... e consagrar e comungar o pão.:/I I.Fruto do suor e do trabalho. ! sacri fício -l:.lC Jesus pediu. ! pão da liberdade e dajustiça..' pão da vida, pão do céu: I te ofertamos porque tudo é teu, 2. Fruto da esperança e da partilha, J santa missa que nos faz irrnãos.? pão da liberdade c da justiça. ; pão da vida. pão do céu: I pão bendito de libertação' ~

E JORNADAS

1/: São tantos os caminhos pra se caminhar. ; - Inspirados na palavra de Jesus. ousamos são tantas as estradas pra quem quer chegar; e quem tiver que ir precisa de oração. ! São proclamar: tantos os desvios onde a gente vai. / tantas as - Pai nosso que estais no céu, I santificado seja ciladas onde a gente cai,! e quem tiver que ir. o vosso nome.! Venha a nós o vosso Reino. / escute a voz do Pai. / Estrela que nos guia, farol seja feita vossa vontade.! assim na terra como que nos conduz, ! seta que orienta quem no céu. J Seja feita vossa vontade, ; assim na caminha! ! Temos um caminho e ele é Jesus. J terra como no céu. - O pão nosso, de cada dia, I nos dai hoje e E por ele a gente chega ao Pai.:1I perdoai. J perdoai-nos as nossas ofensas. ; 500 - EVANGELIZAR perdoai-nos as nossas ofensas / assim como (Objetivo Geral da CNBB) nós perdoamos I a quem nos tiver ofendido. / Evangelizar, com renovado ardor missionário, ; E não nos deixeis cair.! cair em tcntação.Z mas testemunhar Jesus Cristo em comunhão fraterna, livrai-nos do mal, I livrai-nos do mal. Amém. I à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres,/para fonnaropovodc Deus! /Evangelizar 505 - CORDEIRO DE DEUS e participar da construção do país / e de uma Cordeiro de Deus, quc levaste os pecados do sociedade justa e solidária, ! a serviço da vida c mundo nos ombros, tem piedade de nós! daesperança,! respeitando as diferentes culturas, Cordeiro de Deus que morreste por causa dos ! a caminho do que será o Reino de Deus! nossos pecados, tem piedade de nós.

504 - PAI NOSSO

101

:.J
..
~'

I.Me chamaste do meio dopovo, /a coisa que eu mais queria! I E, pra que eu entendesse meu povo, I com tua sabedoria, me deste uma profecia! I Mandaste eu olhar o meu povo, I estudar o meu povo, ouvir o que o povo diz. I E agora me ordenas que eu volte pro meio do .506- UM DEUS APAIXONADO povo I e ajude o meu povo a ser feliz. 1. Um Deus apaixonado! mandou o seu recado A tempo e a contratempo eu pregarei,! na tua ! por meio do seu filho, ! e o filho foi Jesus. ! palavra de paz eu insistirei.! Sou de paz, mas Mandou dizer que é Pai / e ama tanto e tanto se for pelo povo eu brigarei./Me chamaste a cada um / que até o fio de cabelo que nos cai, pra eu ir ao teu povo e ao povo eu irei. / porque ele é Pai, ! seu coração percebe. 2. Tu me mandas de volta ao meu povo, / 2. Um Filho apaixonado / morreu crucificado. sonho é realidade! e pra que eu não confunda / Paixão mais dolorida, ! o mundo nunca viu! o meu povo, / eu peço serenidade, eu peço ! Mas, antes de morrer, ! amando seus amigos maturidade! lEu quero aprender com meu um por um Ise ajoelhou, lavou os pés de cada povo, I estudar o meu povo, pensar no que o qual.! Fez muito mais, se fez nosso.alimento! povodiz.f E volto sabendo que vives' no meio 3. Ao longo do caminho,! existe um pão e um do povo! e no povo eu também serei feliz. vinho, ! que enchem de sentido la vida de quem vai.r.Por isso, ao receber! Jesus, o filho 511 ~ IDE PELO MUNDO santo deJavé I a minha fé me diz que posso ser Ide pelo mundo e evangelizai! / De cima dos feliz I e ele diz que vai ficar comigo. telhados proclamai! I Não vai ser sempre assim;! a dor vai ter um fim! Este mundo tem 507 ~PÃO DOS ANJOS um Filho e tem um Pai! 1. Pão dos anjos, pão dos homens, ! pão O espírito dos dois vos acompanhará. ! Com daquele que procura Deus. ! Semeado, sabedoria procl amai, ! de um jeito novo procurai recolhido, ! fruto do suor dos meus irmãos. I meu povo, ! de um jeito novo evangelizai! Pão do tempo e da eternidade,! pão da paze da religião. / Pão de Deus e pão dos homens, ! corpo e sangue do mais santo deis irmãos! C A N , OS OI V ERS OS 2. Pão dos anjos, pão dos homens, I pão . . . daquele que procura. Deus. lEsmagado, 512 _ ORAÇÃO PELA IGREJA repartido.Zfruto da justiça de umirmâo.l Pão . Pe. Zezinho _ COMEP _ LP 6510-2 do amor e pão da igualdade, I da justiça e da. libertação. I Pão de Deus e pão dos homens, I l.Queopovosejafortenafé,apesardosproblemas. corpo e sangue do mais puro dos irmãos. I E saiba que os milagres virão quando a gente se organizar.! Que saiba viver a verdade junto e em 508 ~MEU CORAÇÃO BATE FORTE .:comunidade./ Seja feliz no que diz e naquilo que 11: Meu coração bate mais forte, bate forte cada faz. Seja forte na justiça e napaz, vez que eu vou pro meio do povo de Deus!:// Que a tua Igreja santa e pecadora, Senhor, Quando o povo cala, quando o povo grita, I tambéin se tome justa e libertadora.! Que quando opovo fala, euqueroouviroqueele diz! . o nome de Jesus se tome cada vez ntais I Quando o povo canta, quando o povo· dança; nossa luz e nossa paz. quando o povo ri, meu coração bate feliz! 2. Que o bispo seja como um pastor que 509 _ EU TE SEGUIREI conhece as ovelhas. / Que o padre seja um homem de paz, a serviço do povo de Deus. I 11: Eu te seguirei onde quer que vás, ! onde Que todos os religiosos, todas as religiosas, ! está teu povo, lá também estás.:/I possam viver de maneira que o povo fiel/ não As aves do céu têm seu ninho, los peixes têm se sinta abandonado por Deus. onde morar.z leões e raposas também; f mas 3.QueaIgrejasaibadialogarcomomundoemque o Filho do Homem não tem onde morar.! Mas vive. I Que saiba também profetizar sem perder a lá onde está o teu povo! é lá onde queres ficar. ternura e a paz.! Que todo ministro da Igreja abra ! E eu quero estar com meu povo, I lá também seus olhos e veja / o que acontece na vida de há de ser meu lugar. crentes e ateus e traduza fielmente o seu Deus.

Tem piedade de nós, Cordeiro de Deus! Tem piedade de nós, Cordeiro de Deusl Dá-nos a paz, dá-nos a paz que o mundo nãoteml Tem piedade de nós, Cordeiro de Deus! Tem piedade de nós, Cordeiro de Deus! Dá-nos a paz, dá-nos apaz, amém! Dá-nos a paz, amém!

51() ~ DO MEIO

DO POVO .

~ ~ ~

:')

::)
:)
~

°

:)
~

:)
~ ~
.~

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~
•••••••

-'

102

·513 - FELIZ

DE QUEM CAMINHA

Feliz de quem ~ tendo Deus no coração. I I: Quem faz de sua vida uma eterna procissão :/1 I. Escolhi o Cristo como companhia. / Escolhi o Reino como vocação. / Escolhi o mundo como moradia. / Escolhi o pobre como meu irmão. 2. Quero ver o mundo com o teu olhar. tE a dor da vida com o teu coração. / Vou levar ajuda a quem precisar. / Vou cantar a vida como uma canção. 3. Quero descobrir a minha vocação: / leiga, religiosa, sacerdotal. Quero ver meu povo todo em missão, / numa Igreja / toda ministerial.

[I APÊNDICE· 1995 ..~
C8nçIIa do DIsco

IIQUANIIOAGENTEENCtmIA ••.•
Pe. Zezinho - LP 6663-0

Ave Maria, mãe deJesus,/mãede quem o segue, ! mãe de quem tem fé! I Ave Maria, menina santa, ! namorada e noiva de São José! / Ave 514 - EIS-ME AQUI, SENHOR! C Maria, lá de Belém, / lá de Nazaré, lá de Eis-me aqui. Senhor! Eis-me aqui. Senhor! Jerusalém! I Ave Maria de trezentos nomes./ de Prá fazer tua vontade. prá viver no teu amor. prá fazer tua vontade, prá viver no tantos lugares, Amém •• I. Graciosa como quê, o Criador te escolheu! teu amor. Eis-me aqui, Senhor! I E te fez especial por causa do Menino que te I. O Senhor é o pastor que me conduz, por caminho nunca visto me enviou, Sou chamado concedeu. / Todo mundo fala desta graça tão a ser fermento, sal e luz. E, por isso, respondi: maravilhosa que te aconteceu. 2. Eras tão especial. que Deus pediu a tua mão! aqui estou. / Tu soubeste acreditar na vinda do Messias, 2. Ele pôs em minha boca uma canção. Me ungiu na libertação. / E bem antes de o trazer no como profeta e trovador da história e da vida do ventre. já o concebias no teu coração! meu povo. E, por isso, respondi: aqui estou! 3. De rezar tu sabes mais quc qualquer mãe que 3. Ponho a minha confiança no Senhor. Da já rezou! / Tu soubeste conversar com teu esperança sou chamado a ser sinal. Seu ouvido divino Filho que te elogiou. I Eras grande se inclinou ao me u clamor. E, por i5S0. respondi: porque praticavas a palavrasantaque iluminou! aqui estou! 4. E é por isso e muito mais. que a gente fala e canta e diz: I Deus morou na lua casa e enquanto 515 - FAZ DE CONTA ele crescia foi teu aprendiz. I Entre todas, todas Pe. Zezinho - COMEP - LP 6510-2 as mulheres de todos os povos foste a mais feliz! I. Não dá prá fazer de conta que eles não reagirão. I Não dá prá fazer de conta que não 517 - SENHORA E RAiNHA vai acontecer. / Não dá prá fazer dc conta que J. O povo te chama de Nossa Senhora. I por as coisas se acalmarão. I Um dia a miséria causa de Nosso Senhor. / O povo te chama de cansa e eles não se conformarão. mãe e raínha I porque Jesus Cristo é o rei do Os pobn:sdo mundo inteiro estão gritando que céu. / E por não te ver eomo desejaria, !te vê não dá. !Nãodá mais prá suportara indiferença com os olhos da fé. / Por isso ele coroa a tua dos seus innãos! / Irmãos cada vez mais ricos imagem, Maria, / por seres a mãe de Jesus, / por seres a mãe de Jesus de Nazaré, e que fingem não entender. 11: Não dá prá Como é bonita uma religião! que se lembra viver em paz aonde não há o que comer:/! da mãe de Jesus.! Mais bonito é saber quem 2. Não dá prá fazer de conta quc acabou a tu és! ! Não és deusa, não és mais que Deus, opressão. I Não dá prá fazer de conta que o ! mas, depois de Jesus, o Senhor, / neste planetajá mudou. I Não dá prá ficar calado se mundo ninguém foi maior .•• não se reparte o pão. / Não dá prá brincar de 2. Aquele que lê a palavra divina, / por causa paz onde a miséria não acabou. de Nosso Senhor.l já sabe o que o livro de Deus 3. Não dá prá fazer de conta que é somente uma nos ensina/ que só Jesus Cristo é o intercessorl canção. I Não dá prá fazer de conta que o país I Porém, se podemos orar pelos outros, / a mãe virou cristão. / Não dá prá viver apenas de rir de Jesus pode mais 1... / Por isso te pedi mos em e de se abraçar. / Igreja também precisa da prece, ó Maria, / que leves o povo a Jesus, / coragem de se zangar. porque, de levar a Jesus, entendes mais!

516 -

SANTA MARIA DA GRAÇA

103

~

.·518 -QRAÇÃO POR MEUS AMIGOS·•li: A v~rda~e nãosou eu,l e também ~ão sou. Ab~nçoa,S!nhor'Dleus amigos/ e .minhas ... (J camanho. I Sou ~~enas uma seta. 180u
amigas e dá-lhes a paz. 1 Aqueles a quem ajudei, I que eu ajude ainda mais! 'Aqueles a quem magoei' que eu não magoe mais!' Saibamosdeixarumnooutrolumasaudade quefazbem!lAbeDÇoa,~nbor,meusamigos le minhas amigas. AMEM! .. 1. L.uzesque brilham juntas, 'velas q.uejuntas queimam no altar da esperança; / trilhos que . . .... .• Juntos percorremos mesmos dormentes' e vao terminar no mesmo lugar. / Aves que vão em bando, / verso que segue verso nas rimas da vida, / barcos que singram os mares até separados, I mas sabem o porto onde vão se encontrar. / São assim os amigos que ávida me deu; / meus amigos e minhas amigas e eu! .2. Gente que sonha junto, ! gente que brinca e briga e se zanga e perdoa. I Um sentimento forte; mais forte que a morte, I nos faz ser amigos no riso e na dor, I Vidas que fluem juntas, / rios que não confluem, mas vão paralelos,' aves quevoam juntas e sabem que um dia, / por força da vida não mais se verão. / Resta apenas o sonho que a gente viveu: ! meus amigos e minhas amigas e eu! apenas umprofeta.JI 3. Quando a gente encontra Deus, I coração . não consegue calar .. , Vai aos outros, vai testemunhar' o quanto é bom viver de esperança. I Quando a gente encontra Deus,' quando vive de verdade o verbo amar, 'pede perdão e perdoa e não quer mais pecar. /I n: T am bê eu sou fiilho seu. I E m J esus eu em fi' Iib rtad 'P d • fi' d d , UI I ~ ti . o. er 00 ••• UI per oa o. Perdoei, UI perdoado •••. 11

~ ~

.:")
~ ~ ~

::.")
~ ~ ~ ~

:j

521 - LÁ NO ALTAR DE APARECIDA

Em procissão, em romaria, , romeiroruma para casa de Maria. ! Em procissão, feliz da vida,' romeiro vai buscara pazde Aparecida • 1. E cada qual tem uma história prá contar / e o coração de cada qual tem um motivo prá rezar, / Vem prápedir, agradecer ou celebrar.! Aí,quem tem fé no infinito / Sabe aonde quer chegar 2. Eu vim de carro, eu vim de trem, eu vim a pé, / eu vim de perto, eu vim de longe, / eu vim sereno, eu vim com fé,' que nem se eu fosse até o lar de Nazaré ! prá conversar com Jesus Cristo, / e com Maria e com José. 3. Vim ver a imagem que no rio foi achada/ e sei também, sei muito bem / que da não é Nossa Senhora, I não vim falar com a imagem, não senhor, / eu vim falar é com Maria,/ que é a Mãe do Salvador. 4. Tenho certeza que eu não faço idolatria, / aquela imagempequenina nunca foie nem é Maria!lÉsó sinal pr'eume lembrar da Mãe de Deus,/quemecúnduzaJesusCristolqueme ser mais eu! 5. Eu.vimjuntar a minha pobre oração / à oração da minha.Igreja I e dos milhares. meus irmãos. , Aparecida é um convite prá rezar, I por isso eu . venho todo ano le para o ano eu vou voltar.

.~

='
~

:) :) ':) :)

519 - IMAGENS·
Nãoimportaseestaimagem/éairriagemverdadeira, / ou senão é! I Para mim é indiferente se ela é cópia I ou se não é: eu tenho fé! 11: Tenho imag~DSláemcasa I e não cometo idolatria: leu vejo aluz! I Uma coisa é uma ·ililagemIe outra coisa é a pessoa I de Maria oude JesuS .•• /ImageilS são sinais a me lembrar I aonde Deus agiu! I Imagens são sinais a me apontar, I por onde alguém seguiu! I Imagens são apenas o que são: 1 . • . . .•• nensinaa

:>
~ ~

j

~

-

.·520-

SlD8ISjSID8lS, SID8lS•••

:11

·QU

ANDO AGENTE ENCONTRA DEUS

1. Quando a gente encontra Deus. I quer ficar cada dia menor, , quer ver Deus cada dia maior .. , no coração de Cada pessoa. / Quando agente 6. Eu tô chegando, eu lô feliz, feliz da vida.l encontra Deusl quando encontra de verdade a Eu vou rezar com' minha gente Ilá no altar de grande luz,ldizoquedisse João ao falar de Jesus: Aparecida.' E romaria a gente faz. porque 11: Não, nãlJ, não, não sOu ahu,1 mas Conheço acreditaI quea viagem vale a penal e faz a vida quemdelaveio!lSousomenteumreligioso,sou mais bendita ... ! somente um religioso:! . 522 - CANÇÃO ECUMÊNICA 2. Quando a gente encontra Deus, /todo dia lhe pede perdão. I E do fundo do seu coração; I se Que todos riós, que acreditamos. em Deus, I entrega a Deus e nele confia. / Quando a gente saibamos viver em paz e dialogar! I Que todos encontra Deus ! quando encontra de verdade a nós que cremos que Deus é Pai, I saibamos nos grande luz, I diz o que disse João apontando Jesus: respeitar e nos abraçar!

104

Filhos do Universo, filhos do mesmo amor, I saibamos ouvir uns aos outros, ouvir o que o outro nos tem a dizer.! E, sem combater, sem desmerecer, I primeiro escutar, depois discordar, I por fim celebrar e orar. I E adorar e servir a Deus. I E ajudar e ajudar as pessoas e respeitar os ateus! .•. prá sermos f"dhos de Deus.

526 -

POVOS D'AMÉRICA

(Hino do COMLA 5)" Pe. José Cândido Silva

523 - OS CANTORES

DE DEUS

1. Povos d'América! Gente sofrida, f onde a esperança insiste em germinar. / Povos d'América! Quanta alegria! f São tantas raças, vozes a cantar. Negros e brancos, índiosJ mestiços, / de todos Deus é Pai. I Uma só fé, um só salvador, I o mundo evangelizai./ "Vinde, vedeeanunciai". 2. Povosd'América! Denunciai! f Rostos marcados pela opressão./Povos d'América! Anunciai! f Da cruz de Cristo, surge um mundo irmão. 3. Povos d'América! Povos da Terra! I Desfigurados na pobreza e dor. I Povos d'América! Nações do mundo, f buscai no Cristo a força do amor. 4. Ó Mãe Aparecida, Maria, Mãe quem tanto d'América! de Guadalupe, I de e tantos nomes mais. I Virgem destes povos, f eis vossos filhos a amais.

1. Os cantores de Deus estão chegando, f com suas flautas e guitarras e tambores, f seus atabaques, berimbaus e violões, f querendo celebrar a sua fé. f Os cantores de Deus estão che gando, Icantando salmos e dançando diante do Senhor. Aleluia, cantores de Deus! / Cantem alto, cantores de Deus! I Cantemjuntos, cantores de Deus! I E façam o povo de Deus, / e façam o povo de Deus cantar! 2. Os cantores de Deus estão chegando, I com suas vozes de mensagens e louvores, / seus aleluias, suas danças e canções, I querendo celebrar o seu Senhor. f Os cantores de Deus estão chegando, I cantando salmos e dançando diante do Senhor.

524 -

ESTE PÃO

Este pão que a gente chama "eucaristia", / é lembrança de uma ceia sem igual. I Quem partiu aquele pão naquele dia, f partiu o pão, f partiu o pão,! partiu o pão f e dentro dele achou o céu, I achou o céu, I achou o céu. (...) Este pão que a gente chama "eucaristia", I no deserto desta vida é o novo maná / Quem tcm fome de justiça e de Iuz I aproxime-se da mesa de Jesus!

525 - NAMORADOS
1. Dois anjos da guarda lá no céu bateram palmas, f quando aqui na terra dois olhares se cruzaram. I Que bonito foi aquele amor! I Um milhão de anjos fez seresta lá no céu, / quando aquele amor virou certeza! 2. Ai que, bonito quando a juventude se apaixona! f E mais bonito quando ela acredita que foi Deus quem fez! I É Deus quem faz o sol brilhar. É Deus quem faz o sol nascer. fÉ Deus que faz um grande amor acontecer. 3. Ai, ciranda, cirandinha, vamos todos namorar, / vamos dar a meia volta, volta e meia vamos dar. f Ai, ciranda, cirandinha, vamos todos namorar, f que o anel não é de vidro e nunca mais vai se quebrar. f E este mundo mais bonito vai ficar!

A tua Palavra é fonte de vida ~é fogo da féJ da justiça, e do amor. I Verdade que nos ilumina e congrega, I nós somos teu povo: fala, Senhor! 1. A tua Palavra com fé escutamos, / e a contemplamos na vida do povo. f E juntos oramos, pensamos, vivemos, pois juntos nós temos saber puro e novo. 2. A tua Palavra é vida do povo, / nos chama a formar aliança sagrada. I É gente de todas as raças e jeitos, f o teu povo santo em lua Palavra. 3. A tua Palavra ressoa no mundo, !que está a caminho e precisa de luz. I Profetas de língua de fogo do Espírito f nos abrem futuro que a ti nos conduz. 4. A tua Palavra é sabedoria, I é mãe que fecunda, é mestra que ensina, f é mel que nos enche o sabor de alegria. f Conforto nas dores e mão que nos guia. 5. A tua Palavra é Boa Notícia: I Jesus. que é teu rosto e teu coração. f Palavra de vida abundante anuncia na vida, na morte e na ressurreição. 6. Apóstolos, mestres e evangelistas / no Espírito Santo teu povo animam, f escrevem, exortam com o pão da Palavra, I e espalham no mundo teu Reino, tua Vida. 7. E assim como um dia criaste a terra, f o céu, as estrelas, as fontes e o mar. f Um dia iremos contigo reunidos / na paz, na justiça, felizes reinar.

527 -

TUA PALAVRA É VIDA

105

CAftIIANIIA DA FlAlBIMIIAII 1988
Tema: FRATERNIDADE E POLÍTICA Lema: "Justiça e Paz se abraçarão"(SI 85)

528 - CANTO

DE ABERTURA

IV Domingo: Pois eu sou a luz do mundo, quem nos diz é o Senhor; e vai ter a luz da Vida quem se faz meu seguidor! V Domingo: Eu sou a ressurreição, eu sou a vida Quem crê em mim, não morrerá eternamente.

(Ir. Natalina Grande O.C.) OFERENDAS - (Ir. Natalina Grande OC) 1. Boa Nova, irmãos.jã chegou!' Jesus Cristo nos diz: conversão!' Seu projeto de fraternidade Suba a ti. ó Deus Pai, como prece, I nossa oferta do vinbo e do pão! I Se o teu Reino de 'vai mudar vida e coração! Então: amoracontece,1 "Paz, Justiça se abraçarão! " "Justiça e paz se abraçarão!" (4 v) 1. Ofertamos a voz do teu povo, , que defende 2. Bem atentos à sociedade, , bem comum, a vidaediz: não!' Ao sistema injusto que nega, todos dando as mãos, los direitos, também os I liberdade e vida ao innão! deveres, / respeitados por todos serão! Então: 2. Ofertamos a luta do pobre / que espera seu 3. Jesus Cristo, só ele éoCAMINHO,/ plena Luz pão conseguir. , No suor do seu rosto sofrido, a indicar direção: I de um mundo no amor I para um mundo mais justo surgir. 3. Teus caminhos, Senhor, são justiça, , é de renovado, I novo céu, nova terra virão! Então: 4. Jesus Cristo, VERDADE e VIDA, I pela Cruz paz que tu queres falar! I Partilhar nossos bens, vem aRessurreição! 'Convivência na felicidade, sem cobiça, I é serviço, é forma de amar! / povo irmão, rumo à libertação! Então: 532 - COMUNHÃO

531 - APRESENTAÇÃO

DAS

529 - SALMO

RESPONSORIAL

(Elda Sechi e Wanderley Januário Costa)

Justiça e paz vão se abraçar e o novo Reino inaugurar! 1. Tende piedade, 6 meu Deus, misericórdia! INa imensidão de vosso amor, purificai-me!' Do meu pecado, todo inteiro, me lavai I e apagai completamente a minha culpa! 2. Eu reconheço toda a minha iniquidade, I o meu pecado está sempre à minha frente. I Foi contra vós, só contra vós, que eu pequei I e pratiquei o que é mau aos vossos olhos! 3. Criai em mim um coração que seja puro, I dai-me de novo um espírito decidido. I Ó Senhor, não me afasteis de vossa face I nem retireis de mim o vosso Santo Espírito!

outros salmos.

OBS. Do segundo ao quinto domingo cantam-se

(Raimundo do Carmo Borges) Vem falar, Senhor Jesus, 'tua Palavra nos refaz, I é mensagem de Justiça, , para 533 - ATO PENITENCCIAL construir a Paz! (Pe. Lucas P. Almeida) I Domingo: O homem não vive somente de Perdão por ter pão que ao pobre faltou. I pão, mas de toda palavra da boca de Deus. Fui eu que ooIhi o que ele plantou! Il Domingo: Numa nuvem resplendente fez1." Será que ganhei o que vou comer, I o pão se ouvira voz do Pai: EismeuFílhomuitoamado, que custou o suor I do pobre que vive a sofrer?" escutai-o, todos vós! 2. "Seeu vivo melhor e maispossuir/queo pobre, III Domingo: Na verdade, sois Senhor, o meu mestre e senhor, Isó tenho que meconfundir'', Salvador do mundo. Senhor, dai-me água 3. "Serei infeliz se acumular I os bens que o viva, a fim de eu não ter mais sede! pobre não tem: I pois dele não vou mais cuidar."

530 -ACLAMAÇÃO

AO EVANGELHO

(Ir. Natalina Grande OC e Elda Secchi) 1. Jesus, o Pão da Vida, nasceu pra ser um Rei, I mas veio pequenino, sujeito a uma Lei. 'Convive com os pobres, se toma nosso igual I e ensina os valores de um Reino ideal: Na festa da partilha, Jesus és nosso pão, I presença que anuncia a mesa dos innãos! I Se houver acesso igual aos bem do nosso chão, I "JustiçaePaz" ,na terra, entiio "seabraçario"! 2. Não vim pra ser servido; eu vim pra lhes servir I e dou o Pão dos fortes a quem quer me seguir. I Lavei os pés de todos e sou o seu Senhor.! Quem tem autoridade, se faça servidor! 3. Prá colaboradores, Jesus não escolheu I os grandes e doutores que o mando corrompeu. I Mas pobres, que a verdade do Reino fascinou, I lhes deu autoridade e neles confiou. 4. E, diante de Pilatos, Jesus vai afirmar: I O Reino da verdade eu vim testemunhar. I Se tens autoridade, foi Deus que concedeu; I não vás fazer mau uso de um dom que não é teu! 5. Com Cristo e os irmãos nós viemos comungar I e a força desta Ceia nos há de transfonnar. I Queremos ser um povo, formar uma Nação, I em que Justiça e Paz - no amor - se abraçarão.

-~

-

106

8. Jesus, por meus pecados, está se imolando, I meu Pai quer que Jesus por mim fique esperando. 11: Sei que não resisto e acabo me A terra Deus deixou, Deus deixou I pra gente entregando.:11 trabalhar, trabalhar, I agindo neste chão, I 9. Jesus j á vem correndo pra me abraçar. I Meu pra não faltar o pão I na mesa de ninguém. Pai vai fazer festa pra comemorar. 11: E esta festa I A terra Deus deixou, Deus deixou I pra nunca mais vai se acabar.:/! gente habitar, habitar, I plantar e produzir, I colher e repartir, I e ao Pai erguer as mãos! 537 - FELIZ AQUELE A QUEM DEUS PERDOA - Salmo 32 I. E ao Pai erguer as mãos - pra agradecer: I (Reginaldo Veloso) trabalho, chuva e pão - e bendi zer! - Rogar do seu amor: acrescentar Ijustiça entre nós, saúde e paz. I. Feliz aquele a quem Deus perdoa, I que de 2. E ao Pai erguer as mãos - para alertar: I há suas 'culpas recebeu perdão, 11: feliz aquele a gente, aos milhões, - sem pão, sem lar. I Rogar do quem Deus não condena, I porque é sincero no seu amor: a união, I pra gente restaurar a criação. seu coração.:11 2. Enquanto eu não confessei minhas culpas, I o 535 - QUEM DEVI A (Pe. João Carlos Ribeiro) dia inteiro fiquei a chorar; 11: me castigavas, Deus, e minhas forças I eram sereno, no sol a secar!:11 Senhor, como vive esse povo sofredor, I 3. Os meus pecados, então, confessei, I minha mallutando pra afirmar o seu valor! I Senhor, dade não te escondi; 11: tu perdoaste todas mínhas como vive esse povo sofredor, I tem gente faltas, I pois confessar-te tudo eu resolvi.:!1 que ainda aumenta a sua dor! 4. Os que te amam. quando angustiados, I 1. Quem devia socorrer, enriqueceu. I Quem devem assim fazer sua oração. lI: E podem vir devia ajudar, o explorou. I Quem devia as ondas mais pesadas. I grandes tormentas anunciar, emudeceu.lQuem devia transportar, não os ferirão.:/! o deportou. 5. Tués, óDeus,omeuesconderijo, I Tu quem 2. Quem devia denunciar, esmoreceu./ Quem me livras de toda aflição. 11: Porque, 6 Deus. devia governar, se aproveitou. I Quem devia tu me tens protegido, I bem alto eu canto a tua reclamar, se omitiu. I Quem devia programar, sal vação. :!I improvisou. 6. Deus disse: eu vou te mostrar o caminho. I 3. Quem devia enfrentar, se escondeu. / Quem Por onde andares vou te ensinar. 11: Não sejas devia censurar, abençoou. I Quem devia repartir, feito um burro sem juízo I e de cabresto e rédea o excluiu. I Quem devia entregar, o explorou. precisar.:11 536 - ESCONDIDO (Pc. Jocy Rodrigues) 7. Sofrem os maus, mas quem confia em Deus, 1. Jesus esta viajando prá me procurar, I meu I do seu amor recebe a proteção. lI: Vós que Pai mandou Jesus pra virme procurar. 11: E eu andais pelo caminho certo, I ficai contentes, fazei louvação.r// sempre me escondo, pr'Ele não me achar.:11 8. Pelo que Deus tem feito, alegrai-vos, I vós 2. Jesus não desanima em me procurar, I meu Pai que honestos sois de coração. 11: Ao Pai, ao mandou Jesus nunca desanimar, //: e eu sempre Filho e ao Santificador I dos perdoados sempre escondido, sem me revelar.:1 a Iouvação.t// 3. Jesus pensa que estou brincando de esconder, I meu Pai mandou Jesus me amar até morrer. 1/: E 538 - VAIS SEMPRE VENCER eu sempre me escondo pm Ele não me ver.:JI Salmo 72 (71) - Pe. Jocy Rodrigues 4. Jesus foi lá em casa, sempre atrás de mim ... I. Senhor, concede ao rei tuajustiça/ e ao filho dele I Meu Pai mandou Jesus andar até o fim. 11: e dá sabedoria, I a fim de que governe retamente I eu bem escondido, pra não dar o sim.:11 os pobres. pra viverem na alegria. I Dos montes 5. Jesus saiu cantando pra me animar, I meu venha a paz para este povo le das colinas desça a Pai mandou Jesus cantarpra me chamar. 11: E salvação. I Ele há de proteger os pequeninos,//: eu fingindo surdo, pra não escutar.:11 vencendo quem lhes faz oposição.:11 6. Jesus saiu dançando pr'eu acompanhar, I 2. Ele há de viver tanto quanto o sol I e como a meu Pai mandou Jesus dançar pra me animar. Iua: séculos sem fim.1 Chegando como as ondas 11: E eu sempre fingindo que só sei chorar.:l1 pela praia, I caindo como a chuva no capim. I 7. Jesus saiu com a Cruz pra ser crucificado.! Meu Justiça se verá no seu reinado I E nele sempre Pai mandou Jesus morrer por meu pecado./!: E eu a paz florescerá. I Dominará de um mar a outro mar. 11: do rio ao fim da terra reinará.:11 sempre teimando em não ser libertado.z/

534 -

TERRA, PÃO E LAR

(Pe. João Carlos Ribeiro)

107

539 - GLÓRIA,

LOUVOR E HONRA (Nicolau Vale)

GIória,louvorebonraati,/CristoReiredentor! 1. De Israel Rei esperado, / de Daviilustre filho, / o Senhor é que te envia, / ouve, pois, nosso estribilho! 2. Todos juntos tecelebram,/quer na terra ou nas alturas, / cantam todos teus louvores: / anjos, homens, criaturas! 3. Veio a ti um povo hebráico / com seus ramos e suas palmas. / Também hoje te trazemos / nossos hinos, nossas almas. 4. Festejaram tua entrada I que ao Calvário conduzia. I Mas, agora que tu reinas I bem maior é nossa alegria. 5. Agradaram-te os seus hinos. I Nossos hinos igualmente. / O que é bom tu sempre acolhes, I Rei bondoso, Rei clemente. 540 - MEU POVO (Lamentos do Senhor li) - José Alves Antífona J - Solo: Meu povo, que te fiz eu ou em que te contristei? Responde-me. Antífona 2 - Solo: Que mais devia ter feito por ti e não o fiz? Responde-me. 1. Porque eu te tirei da terra do Egito, / preparaste uma cruz para o teu Salvador! 2. Eu te plantei como vinha, escolhida e preciosa / e tu te fizeste amarga para mim! 3. Eu flagelei por ti o Egito e os primogênitos I e tu me entregaste assim, flagelado! S%:ÓDeusSanto!SantoePoderoso!Santo e imortal, tende piedade de nós! 541-A-sOMOSUMPOVODEGENTE (D. Pedro Casaldáliga e Fr. Domingos) 1. Somos um povo de gente, / somos o povo de Deus. / Queremos terra na Terra, / já temos terra nos Céus! II:Queremos terra na Terra, Ijá temos terra nos Céus.:/I 2. Queremos plantar a roça I onde plantamos o amor. 11:Lavrador, a terra é nossa,! de um afã e um s6 Senhor.:11 3. Retirantes, chega o dia I de assentar o pé no chão: 1/: com fé em Deus e teimosia I e na força da união!:11 4. Temos braços e esperança, I somos gente, hoje, aqui! 11: Se a pobreza é nossa herança, I na Justiça está o porvir!:/! 5. Conhecemos a verdade, I e sabemos vere amar. 11: E exigimos liberdade I pra viver e melhorar.:11 6. Conhecemos a verdade / e o direito de ser mais.//: E exigimos igualdade, I terra e casa, mesa e paz.:1I

7. Lavradores, vida nova! I Gente nova, em mutirão. 11:Gente unida a toda prova,/ de uma fé e um coração.:// 8. Essas matas pra lavoura, / água clara, puro ar. 1/: Mão na enxada e pé na espora / e um bom céu pra esperar.:// -FIQUEI FOI CONTENTE Salmo 122 (121) - (Reginaldo Veloso) 1/: Fiquei foi contente co'o que me dBseram.: I a gente wi pra CWl do Senhor! I Mas eu fiquei... :/1 1. Já estamos diante da entrada / desta bela e bem feita Cidade, I para onde avançam as esquadras/de um Povo em liberdade,/segundo a Lei do Amor / pra celebrar, I pra celebrar o Nome do Senhor. 2. Pois é lá que 'stão os tribunais / da Justiça, do Povo de Deus; / venham todos e invoquem a Paz / sobre a Cidade e os seus; / sim, por amor dos irmãos, I peçamos a paz, / a Paz e o Bem para quantos lá estão! 542 _ ORAÇÃO PELO PASTOR (Pe. Zezinho) 1. Ele sabe fazer-se pequeno, / vive de profetizar. I Tem um jeito tranquilo e sereno, / tem o teu jeito de amar. Abençoa, Senhor, o nossopastor./ Abençoa, Senhor, este homem de paz. //: E faz com que ele não canse jamais!:II 2. Ele vive a servir os pequenos, / vive a nos incentivar./Não permite que fique por menos, / tudo aquilo que deve mudar. 3. Ele tem uma paz tão inquieta, I vive a se preocupar. / Quer o povo a caminho da meta, I quer ver o povo chegar. 4. Ele é pai, é irmão, é amigo, I nunca tem tempo pra si. / De seus braços armou um abrigo. I conduz o povo em ti. 5. Seu anseio é sentir que a justiça / aconteceu entre n6s: / ver o povo sem dor, nem cobiça. I É voz de quem não tem voz. 543 _ TUA PALAVRA É ASSIM (Pe. Zezinho)

541-B

>

li: É como a chuva que lava, I é como o fogo que arrasa, I tua Palavra é assim: I não passa por mim I sem deixar um sinal.:11 1. Tenho medo de não responder, / de fingir queeunãoescutei.ll:Tenhomedodeouvirteu chamado.r virar do outro lado I e fingir que eu não sei.:/I 2. Tenho medo de nãoperceber,lde não ver o teu amor passar. 11:Tenho medo de estar distraído, magoado e ferido I e então me fechar.:I/ 3. Tenho medo de estar a gritar I e megar-te o meu coração.l/: Tenho medo do Cristo que passa, I oferece uma graça, I e eu lhe digo que não.:/!

108

(Pe. Zezinho) Uma pedra e outra pedra, I um tijolo e outro tijolo, 1/: Construi-remos a casa do Senhor .:11 Uma pedra e outra pedra, I um tijolo e outro tijolo, lI: construiremos a casa de um irmão.:1I As aves fazem ninho I e têm espaço pra morar. / Raposas fazem toca 1e têm espaço pra morar. 1/: Mas o filho do homem dormiu ao relento / debaixo da ponte, da chuva e do vento.:11 Uma pedra e outra pedra, 1 um tijolo e outro tijolo, 11: construiremos a casa de um irmão:" As aves têm um lar 1aonde criam passarinhos. 1Raposas têm um lar/aonde criam filhotinhos. 11: Mas o filho do homem dormiu ao relento I debaixo da ponte, da chuva e do vento:11 . Uma pedra e outra pedra, / um tijolo e outro tijolo, 11: construi-remos a casa do Senhor.:1I

544 - CONSTRUIREMOS UMA CASA

Se foi amor o que nos fez olhar na mesma direção,/sefoi amor o que nos fez tomara mesma decisão,/sefoiamor,quefaIeocoração/enunca mais se canse de falar. I Te amo fi te amareill Te amo e te amareill Te amo e te amarei! 548 - A VE MARIA DOS NOIVOS (Pe. Zezinho) Ave Maria, cheia de graça, 1 Deus está contigo, a bendita és 1 entre as mulheres 1 e bendíto é quem te fez mulher 1e em teu ventre quis nascer. . Santa Maria, mãe do nosso Deus. I Santa Maria a quem Deus tanto amou. / Roga por nós, / que embora pecadores, 1 também juramos, / agora e sempre, I amar-nos um ao outro / como Jesus, teu filho amou. 1 Amém, amém, amém:

Que o Senhor esteja neste nosso amor. (Pe. Zezínho) ; Que o Senhor esteja com os nossos pais./ Que li E' . o Senhor esteja em cada gesto e decisão.! Que . /I: eu que creio em Deus,! eu ser que Deus te fez ele nos ensine a ser uma família feliz. ! Brilhe prarnim.lEeuquecreioemDeus,/tejuro,eujuro a sua luz dentro de nossa casa. I Brilhe a sua amor sem fim. I Te amo e te amarei, 1 pra sempre paz por sobre as nossas vidas.! Sej a o nosso lar e sempre eu te amarei. ! Seremos um casaI inseparável. / Sonharei os mesmos sonhos que um testemunho vivo. / Que nossa família seja sonhares,; pra sempre, sempre eu te amarei. :/1. Igreja viva. / Amém. Brilhe a sua paz sobre cada coração. 1 546 - CANTIGA DE MATRIMÔNIO Brilhe a sua paz sobre todos os irmãos.z Brilhe (Pe. Zezinho) a sua paz sobre o povo e a nação. Amém! Eu te agradeço tanto / por este amor bonito! que entrou na minha vida. I Entrou e foi 550 - EMFAMÍLIA (Pe. Zezinho) ficando e me envolveu, I me trouxe um novo 1. Eu canto pra família que deu certo. I Eu encanto, ! mostrou-me o infinito. ! E aquela canto em homenagem ao casaI que conseguiu, dor doída, a dor da solidão I não mais doeu./ 'que conseguiu erguer a casa dos seus sonhos, Eu disse aonde eu ia, 1 contei-te os sonhos 'que conseguiu pôr um sorriso em cada filho meus. , Disseste que era teu o meu caminho.' que gerou. Encheste a minha vida de carinho.' Disseste E tão bonito,é tão bonito,!é tão bonito de se ver, que também buscavas Deus. ! em tarde ensolarada de um domingo. mês Eu te agradeço tanto' por este matrimônio, / qualquer' famílias aprendendo ser famílias que se tomou meu sonho, / que é muito mais outravez./Étãobonito,étãobonito,létãobonito bonito que eu pensei. ! É grande, é puro, é desecrer/queosjovenserguerãofamíliasfortes santo, / é cheio de lembranças, / é feito de outra vez. esperanças. 1Te amo e para sempre te amarei. 2. Eu canto pro casal que não deu certo, , eu , Com Deus por testemunha! eu juro neste canto e peço luzes para quem não conseguiu, / altar 1que venha o que vier em nossos dias, / não conseguiu erguer a casa dos seus sonhos,! por entre mil tristezas e alegrias, / pra sempre, não conseguiu pôr um sorriso em cada filho que sempre, sempre vou te amar. gerou. E tão doído, é tão doído, I é tão doído de se 54 7 - JURAMENTO (Pe. Zezinho) ver, I em toda e qualquer hora,! qualquer Teus pais serão meus pais. I Meus pais dia, mês qualquer ! casais que não se serão teus pais. I Teu lar será meu lar. I Teus entendem,! não conseguem nem se olhar.! sonhos hão de ser também os meus.! Teus ais É tão doído, é tão doído,' é tão doído de se serão meus ais. I E cada dia mais I na dor e na ver! um sonho que acabou e não tem chance alegria I seremos este par apaixonado. de voltar.

545 _ PARA

549 - BRILHE A SUA LUZ

(Pe. Zezínho)

SEMPRE TE AMAREI

109

Diante de ti ponho a vida e ponho a morte ! mas tens que saber escolher: ! Se escolhes matar, também morrerás; ! se deixas viver, também viverás.! Então vive e deixa viver!
J

551 - EMPROLDAVIDA

(Pe.Zezinho)

1. Não mais estes rios poluídos; I não mais este lixo nuclear; I não mais o veneno que se joga I no campo, nos rios e no mar! I Não mais estas mortes sem sentido! I Não poluirás e não matarás! I A terra é pequena e limitada;! se a terra morrer, também morrerás! I Ô, ô, ô, também morrerás! 2. Não mais a tortura, nem a guerra; I não mais violência nem rancor; I não mais o veneno que se joga I na mente do povo sofredor;! não mais este medo sem sentido! / Não destruirás nem oprimirás! I A vida é pequena e entrelaçada; / se o homem morrer, também morrerás! O, ô, ô, também morrerás!

2. Ele sabe que a vida da gente / é tão fraca, parece uma flor: I de manhã, tão bonita ela acorda, / chega a tarde e a beleza murchou. 3. Para Ele voltemos, unidos, / preparando o Mistério Pascal. I Pelo Amor, arranquemos da terra I o egoísmo, a doença e o mal!

555 - SALVE

CRISTO JESUS, VENCEDOR!

Salve, Cristo Jesus, Vencedor! I da doença, da morte e da dor!
1. Somos cegos vagando na estrada, / a doença espalhando-se em nós; ! mas a treva será iluminada,! quando ouvirmos, Senhor, tua voz. 2. Nosso mundo é um planeta doente. I Que remédio nos pode curar? / A saúde virá certamente, ! se a mão do Senhor nos tocar.

1.Maria, você é espelho,! modelo de mãe,! pras I mas na hora dojantar I não chamaram meu irmão! famílias sofridas.! Por isso que peço à Senhora, 2. Minha irmã trabalhadora I é operária e mãe ! interceda a seu Filho! pelo povo oprimido. também: ! sai de casa, o filho chora: I fica em 2. Famílias que vivem sofrendo,! vivendo no mundo! sem terra e sem lar./ Poucos têm tudo casa, o pão não vem. nas mãos / tirando o direito I de outros morar. 3. Meu irmão pagou imposto / para a vida 3. Há tanta gente sobrando,! faltando trabalho melhorar: ! mas não tem doutor nem Posto / e educação./ E a tecnologia moderna / que tira porque é pobre seu lugar. do pobre! a saúde e o pão. 557- TUDESTESAÚDEAOSOOENlES

Esta mesa nos ensina: I todo bem que a gente alcança/emcomumdevemospor:/oremédio, Maria, Mãe de Jesus,! dê sua mão aos fllhos a medicina, I pão e vinho e segurança, ! seus,! você que foi escolhida! para ser mãe alegria, fé e amor. das famílias de Deus. I.Meuinnãoeuviplantar,/meuirmãonosfezopão;
MÃE DAS FAMÍLIAS (Natal - Alta Floresta)

552 - MARIA,

556 -

ESTA MESA NOS ENSINA

MIssa IlSaúd.PII'IIIdDsII (CF- 81)

IRMÃos, AGRADECER Vamos, irmãos, agradecer ao Deus da vida. ! Somos seu povo, sua Igreja reunida.
1. teu povo reunido, / 6 Pai nosso, Deus Perdão, I vem pedir a tua graça! que converte o coração. 2. Jesus Cristo, que nos deste,! nossas dores carregou, I quer saúde para todos, I pois seu sangue nos curou. 3. Vem livrar-nos do egoísmo, / ambição, indiferença, ! que oprimem o teu povo I e são causas de doença.

553 - VAMOS,

°

554 -

TUAPALAVRA

Tua Palavra que nos chama à conversão I cura doença, dá saúde ao coração.
1. Corno um pai que tem pena dos filhos, ! o Senhor tem carinho por nós. I Ele sabe de nossas fraquezas I e está pronto a ouvir nossa voz.

1. Tu deste saúde aos doentes, Senhor, ! mostrando que veio teu Reino de Amor! I Contigo queremos os fracos amar, I da vida e saúde de todos cuidar. (bis) 2. Dos cegos curaste a vista, Senhor, I mostrando que veio teu Reino de Amor! I Contigo queremos os cegos amar, I da vida e saúde de todos cuidar. (bis). 3. Dos mudos soltaste a língua, Senhor, I mostrando que veio teu Reino de Amor! I Contigo queremos os mudos amar, / da vida e saúde de todos cuidar. (bis) 4. Dos surdos abriste os ouvidos, Senhor, I mostrando que veio teu Reino de Amor! ! Contigo queremos os surdos amar, / da vida e saúde de todos cuidar. (bis). , 5. O mal dos leprosos sarastevSenhor, I mostrando que veio teu Reino de Amor! I Contigo queremos os doentes amar, I da vida e saúde de todos cuidar. (bis).

110

(

1. Daqui do meu lugar / eu olho o teu altar / e fico a imaginar aquele pão I aquela refeição. / Partiste aquele pão / e o deste aos teus irmãos / criastes a religião do pão do céu I do pão que vem do céu. Letra e Música: Pe. Zezinho I/:Somos a Igreja do Pão, I do pão repartido CD: 12016-2 - K7: 12017-0 e do abraço e da paz.:1I 2. Daqui do meu lugar I eu olho o teu altar I e 558-S0NHADORESDAPAZ II:Sonhadores da paz, fazedores da paz, fico a imaginar aquela paz / aquela comunhão. / Viveste aquela paz / e a deste aos teus irmãos; construtores da paz.:1/ Cristãos de um tempo diferente, / onde a gente / criaste a religião do pão e da paz, I da paz que tem que lutar / se quer fazer alguma coisa pela vem do céu. paz I a gente tem que lutarl tem que arriscar, 11: Somos a Igreja da paz, I da paz partilhada / tem que falar, / tem que dançar, / tem que / e do abraço e do pão.:1I levar / o pão e a paz. 564 - ORAÇÃO PELA MESSE

563 - DAQUI DO MEU LUGAR

Missa: Fazedores da Paz

559 - TENDE PIEDADE

Tende piedade, tende piedade, / tende piedade de nós, ó Senhor! I Tende piedade, tende piedade, / vosso povo é santo mas também é pecador! Vosso coração de Pai sabe perdoar. / Vosso coração de Filho sabe perdoar./ Vosso coração de Deus consolador sabe perdoar, sabe perdoar.

Poucos os operários, poucos trabalhadoresl e a fome do povo aumenta mais e mais. I És o Senhor da messe, ouve esta nossa prece: I põe sangue novo nas veias da tua Igreja 1. Falta pão porque falta trigo, I falta trigo porque não semeiam; I e faltam semeadores / porque ninguém foi lá fora chamar. ! Falta fé porque não se ouve.! Não se ouve porque não se fala / e falta esse jeito novo de levar luz e de 560 - PALAVRA CERTA profetizar. 2. Falta gente pra ir ao povo I descobrir porque Dá-me a palavra certa /nahoracertal edojeito certo I e pra pessoa certa./ Dá-me a cantiga o povo se cala. I Pastores e animadores I pra certa I na hora certa I e do jeito certo I e pra incentivar o teu povo a falar./Falta luz porque não se acende. I Não se acende porque faltam pessoa certa. Palavra é como pedra, preciosa sim; I quem sabe sonhos / e falta esse jeito novo / de levar luz e o valor cuida bem do que diz. I Palavra é como de falar de Jesus. brasa, queima até o fim, I quem sabe o que diz ... 565 - SE TU NOS AMAS há de ser mais feliz. (vai levar a palavra). 1/: Se tu nos amas, I então nos chamas: I amar 561-PALAVRASDESALVAÇÃO épartilhar./Quemamachama,/ quer atenção. Palavras desalvação/somenteocéutempra dar! / Todo amor termina em voc:ação.:1I 1. Eu sei que fui chamado e sou chamado, ! I Por Hio meu coração I se abre para escutar! 1. Por mais difícil que seja seguir / tua palavra vocacionado pra fazer a paz. lOque eu preciso queremos ouvir / por mais difícil de se praticar é aprender bem mais/ sobre ojeito de fazer a paz. 2. Eu sei que a minha vida é bem mais vida I / tua palavra queremos guardar. 2. Como Simão Pedro diremos também / que quando eu me sinto fazedor da paz. / O que eu não é fácil dizer sempre amém. / mas não há preciso é aprender bem mais I sobre o jeito de fazer a paz .. outro na terra e no céu / mais companheiro, mais santo e fiel. 566 - CONTINUA, SENHOR

562 - A PAZ ESTEJA CONTIGO

1. Continua, Senhor, / teu projeto de amor em construir. / Barro que sou, terra que sou, / as tuas mãos me moldarão. Sei que serei como queres que eu seja I um dia desses vou ser mais Igreja. I Um dia desses me converterei, I me converterei I e então profetizarei.

11: A paz esteja contigo,I a paz esteja romigol a paz mim. / A criação não terminou, / tu continuas esteja com de, com ela I e com todo; os innãos.:l1 criador. ! Continua, Senhor, / do teu jeito a me
Como Jesus pediu, I como Jesus orou, / como Jesus nos ensinou. 1/: Paz, paz, paz na nossa Igreja, I paz na terra e em toda parte e assim seja.:II. 11: Paz pra você que tem Jesus no coração, I paz pra você que é meu amigo e meu irmão:lI.

111

2. Continua, Senhor, I insistindo em me questionar. I Meu coração já entendeu, I mas 11: Mas se disseres uma palavra.! a minha ! Uma palavra é não consegue ser só teu. I Continua, Senhor, I casa se transformará. não me deixes me acomodar. I Chama outra suficiente, I suavemente ela noS salvará.:11 vez mais uma vez, I já fui vencido pelo amor. Obras do Senhor, bendizei o Senhor./Filhos Eu quero uma festa no céu, Ieu quero uma festa do Senhor, bendizei o Senhor. I Louvai-o e no céu. I Porque disseste que teus anjos fazem exaltai-o pelos séculos sem fim. I Céus do festa I quando um filho pecador muda de vida. meu Senhor, bendizei o Senhor.! Anjos do I Festa no céu, I eu quero uma festa no céu. I Eu Senhor, bendizei o Senhor. I Louvai-o e fui embora, mas agora estou de volta, I sou que exaltai·o pelos séculos sem fim. nem aquele filho arrependido. I Festa no céu, 1. Estrelas e planetas, bendizer o Senhor. / I eu quero uma festa no céu. 11: Sou pecador eu sei que sou, I mas meu Mundos e uni versos, bendizei o Senhor. I Dias Senhor me perdoou I e me ajudou I e me fez e noites, trevas e luzes, / corpos siderais, bendizei o Senhor. I Águas lá do céu, bendizei ver que como eu ia I não podia ser.:11 o Senhor. I Fontes e nascentes, bendizei o 568 -PAZNATERRA Senhor. / Rios e lagos, mares e oceanos, / 11: paz na terra, paz no céu, I paz na ONU, chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor. I paz aqui no meu país.:1I 2. Vento e ventania, bendizei o Senhor. I 1. Paz aqui, paz no céu, paz em cada coração. / Neves luzidias, bendizei o Senhor. / Vales e Paz aqui, paz no céu, todo mundo é meu irmão. colinas, desertos e campinas, I praias e 2. Glória ao Pai Criador, glória ao Filho montanhas, bendizei o Senhor. I Frutos do alto redentor. I Glória a Deus, Deus de amor, santo mar, bendizei o Senhor. I Frutos do pomar, e santificadoro bendizeí Senhor./ Aves do céu, aves do chão, 569-TRíSVEZESSANTO / feras e rebanhos bendizei o Senhor, 11:Santo, três vezessanto, mil vezessanto./Santo 3. Filhos de Israel, bendizei o Senhor. I Servos é o Senhor.:11 de Jesus, bendizei ao Senhor. I Filhos da paz, Os céus e a terra proclamam I que Deus é vós que buscais, / religiões do mundo, bendizei poderoso / que Deus mil vezes santo. / ao Senhor. Milhares de vozes proclamam I num coro harmonioso / que Deus é mil vezes santo. 11: E nós reunidos aqui também proclamamos que Deus é santo, é santo, é santo.:11 E santo é Aquele que vem, Aquele que vem. em nome 573- O CANTO DE MARIA DO POVO do Pai. I Jesus também é Santo (3v). Pe. Zezinho 1. Minh'alma dá glórias ao Senhor. I Meu 570 - CORDEIRO DE DEUS coração bate alegre e feliz. I Olhou para mim 11: Ó Cordeiro de Deus, I ó Cordeiro de com tanto amor, I que me escolheu, me elegeu Deus, I ó Cordeiro de Deus. I Morreste por e me quis! I E, de hoje em diante, eu já posso causa de nós, I foste imolado no nosso lugar. prever: I todos os povos vão me bendizer! / O 11: Por isso tende piedade. I tende piedade, poderoso lembrou-se de mim! I Santo é seu I piedade de nós.:1I nome sem fim! E dai-nos a paz. I E dai-nos a paz./ E dai-nos 2. O povo dá glórias ao Senhor./ Seu coração a paz. / E dai-nos a paz, I E dai-nos a paz, I E bate alegre e feliz. I Maria carrega o Salvador. dai-nos a paz, I Cordeiro de Deus! I Porque Deus Pai sempre cumpre o que diz. I 571- EU NÃO SOU DIGNO E, quando os povos aceitam a lei, I passa de pai 1. Eu não sou digno, 6 meu Senhor, eu não sou para filho o seu dom. I Das gerações ele é mais digno, I de que tu entres, ó meu Senhor, na do que rei. I Ele é Deus Pai; Ele é bom! minha casa, I porque és tão santo e eu pecador. 3. Minh'alma dá glórias ao Senhor. I Meu I Eu nem me atrevo a te pedir este favor. coração bate alegre e feliz.! Olhou pra mim 2. Eu não sou digna, ó meu Senhor, eu não sou com tanto amor / que me escolheu, me elegeu digna, I de que tu entres, o meu Senhor, na e me quis.! O orgulhoso ele sabe dobrar./ O minha casa, / meu coração é tão pecador I que poderoso ele sabe enfrentar./ O pobrezinho ele eu nem me atrevo a te pedir este favor. defenderá. / Não nos abandonará.

567 - FESTA NO CÉU

572 - LADAíNHADAS CRIATURAS

J :J
:,)
~ ~ ~ ~ ~ ~

:>
':)

=' ::>
~

°

:)
~ ~

':)
~ ~ ':) ~ ~ ~ ~
"""

Clualllvel ••

-

112

4. O povo dá glórias ao Senhor. / Seu coração bate alegre e feliz. / Maria carrega o Sal vador. I Porque Deus Pai sempre cumpre o que diz. I Quem tem mais, qualquer dia vai ver loque é ter fome e não ter pra comer! I Quem passa fome, comida terá! / Eis que ajustiça virá! 5. Minh'alma dá glórias ao Senhor. / Meu coração bate alegre e feliz. I Meu povo já sente o seu amor. I Ele promete. Ele cumpre o que diz. I Aos nossos pais um dia jurou. I Ele é fiel e jamais enganou. I Estamos perto da era do amor. I Bendito seja o Senhor.

Evangelizar é nossa obrigação. I Anunciar a Boa Nova I de corpo, alma, coração. , Evangelizar com renovado ardor I é missão de todos nós, , é servir com muito amor.
1. Aos evangelizadores I está faltando entusiasmo, I está faltando testemunho a Jesus Cristo, I que é nosso Salvador .. 2. Prá ser bom anunciador I é se misturar na massa, I levando a todos os povos I a palavra do Senhor.

(Natal - Alta Floresta)

574 - IGUAIS

(Antônio Cardoso)

1. Um lar aonde os pais ainda se amam I E os .TrabàIhadores, trablÜhadol;"3S,Deustam~ é trabalhadort . filhos ainda vivem como irmãos. I E venha 2. Deus abençoe os banq ueiros, e os fazendeiros quem vier, encontre abrigo. / E todos têm I e os comerciantes e os industriais. I E os direito ao mesmo pão. . ilumine também pra que não explorem / nem Onde todos são por ume um por todos, I especulem,nem ganhem demais! . onde a paz criou raízes e floriu. /Um lar 3. Deus abençoe os arti stas e educadores I e os assim feliz, seja o sonho das famílias do sonhadores do lado de lá. I E os ilumine Brasil. . também pra que não se esqueçam I que tem criança do lado de cá! 2. Os filhos, qual rebento de oliveira I alegrem 4. Deus abençoe os profetas e os religiosos I os caminhos de seus pais. / E façam a família que gostam muito de profetizar. I E os ilumine brasileira I achar seu amanhã na mesma paz. / também pra que não imaginem I que só seu 3. Que jovens corações enamorados,! humildes grupinho é que vai se salvar! e aprendendo o verbo amar, / não deixem de 5. Deus abençoe as mulheres trabalhadoras I sonhar extasiados, I que um dia também eles porque trabalham duas vezes mais. I E as abençoe também, pra que não se cansem I vão-chegar, . porque sem elas não pode haver paz! 4.,~aqueles quese'sentem bem casados / 6. Deus abençoe os eleitos e os eleitores I e deucerto seu amor, o amor valeu, I não vivam quem governa este nosso país. / E os ilumine como dois alienados. I Partilhem essa paz que também pra que não se esqueçam I do excluído Deus lhes deu. e do mais infeliz!

L Nas estradas da vida o chamaram um dia. I E você aceitou com carinho e amor.//: Deu o sim ao Senhor, I deu seu sim a Maria. I deu seu sim a Jesus I e à divina Luz.:1I 2. Não tenha medo e nem olhe pra trás. , Siga sempre em frente, I desistir nunca mais. 11: 2. Falamos diferente, rcmtamos diferente; I Pois Jesus irá junto. nada acontecerá. I O pregamos diferente. I Mas numa coisa nós Espírito Santo o i1uminará.:/1 . somos iguais: I buscamos o mesmo amor, I 3. "Escondestes dos sábios edos entendidos" I só queremos a mesma luz, I sofremos a mesma a você revelado I o tesouro escondido. 11: O dor, I levamos a mesma cruz. ladrão não rouba, I nem a traça e a ferrugem 3. Um dia talvez, quem sabe ... (3v) I Desco- corroem. I A riqueza maior é a glória do Pai.:1I briremos que somos iguais. 11: Irmão vai ouvir 578-TRABALHADORES (Pe.Zezinho) irmão J e todos se abraçarão, I nos braços do 1. Deus abençoe os lixeiros e as varredeiras I mesmo Deus, I nos ombros do mesmo Pai.://. e os operários que sujam as mãos. I E o limpador de bueiros e as lavadeiras' e quem se 575- FAMÍLIAS DO BRASIL (Pe. Zezinho) suja de graxa e sabão! 1. Pensamos diferente, / oramos diferente, louvamos diferente. I Mas numa coisa nós somos iguais: I buscamos o mesmo Deus, I amamos o mesmo Pai, I queremos o mesmo céu, I choramos os mesmos ais.

Tenho irmãos, tenho irmãs aos milhões, em 'Mas você foi chamado para anunciar.:1I outras religiões.

577 - AMFSSEÉGRANDE (JoséArnújo) li: A messe é grande, os operários são pouces,

113

~

CAftIIAMIADA FM1BIIDADE -1987
Tema: A Fraternidade e os Encarcerados Lema: "Cristo libertade todas as prisões"

579 - JESUS, VEM,LIBERTA (Entrada)
Jesus, vem, liberta I de toda prisão I e quebra as cadeias , da velha opressão!
1. Pela fome, muito cedo, , fui violento, fui violado. I Feito Dimas, estou preso, / sem espaço, feito gado.' Conto os dias, todo dia. / Na agonia me lamento. , Sopra um vento que me arrasta, / me devasta em meu tormento. 2. Eu sou vítima da dor' desses crimes mais violentos./ E é difícil ter amor / por quem traz tal sofrimento. 'Mas aqui eu venho, ó Pai, ! libertar-me da prisão! desta dor que eu sei que sai, / se eu abrir meu coração, 3. Pela droga, ainda criança,/ caminhei caminhos tortos, ! torturei minha esperança.? estou preso e os sonhos, mortos. !E do fundo deste abismo f cismo, penso que sou feito I de uma dor e que um deserto ffoi aberto no meu peito. 4. Somos todos pecadores, f pecadores todos são. f Se são fortes nossas dores, f bem mais forte é o coração. f Jesus Cristo, na Paixão, f condenado e sofredor, f fez a dor gerar perdão f e o perdão gerar amor. Letra: Gildes Bezerra Música: Simei Pereira do Amaral

Primeiro Domingo: É tempo de deserto / de abrir-se à conversão, , buscar o rumo certo, I vencer a tentação. Segundo Domingo: Jesus na sua glória / do Pai é resplendor, /liberta a nossa história, , do mal é vencedor. Terceiro Domingo: O templo se profana I e perde o seu valor I se a vida é desumana' e existe tanta dor! Quarto Domingo: Jesus, que amou primeiro / prá todos ensinar, , liberta o prisioneiro, I quem crer, renascerá! Quinto Domingo: Jesus vence a maldade, , rompendo seus grilhões. /liberta a humanidade' de todas as prisões.

~

:)
~

:>
:}
~

':)
~ ~ ~

:>
~

582-ACEITAI,ÓSENHOR (Oferendas)

Letra: Roberto Lima de Souza Música: Pe. Lucas Paula Almeida Aceitai, ó Senhor, nesta oferta, I a esperança

1... Das prisões da luxúria e vaidade,! das prisões do egoísmo e avareza, , das prisões da mentira e maldade, I das prisões da miséria e pobreza. 2..... Das prisões de incuráveis doenças, / das prisões sociais da injustiça,' das prisões do abandono e descrenças, I das prisões pessoais da cobiça. 3.... Das prisões ondejazesquecido foque é pobre e não tem benefício, / das prisões do faminto sofrido, / das prisões do pecado e do vício. 580 - CONVERTEI(Salmo) 4. .... Das prisões dos cruéis preconceitos ! L:M.deFátirnàOliveira- M: JocilRodriguesde Brito contra aqueles que foram banidos, / pois negar Convertei-vosao Senhor I em espírito e seus humanos direitos / é torná-los bem mais verdade.! Rompei todas as cadeias / evivei excluídos. 5. .... Ofertamos ao Senhor a esperança , na liberdade! 1. Mostrai-me, Senhor, vossos caminhos / e revelada no vinho e no pão, ! deste povo que fazei-me conhecer a vossa estrada! f Vossa tem confiança / nas promessas de libertação. verdade me oriente e me conduza, 'porque sois 583 - VINDEÀMESA (Comunhão) o Deus da minha salvação. 2. Recordai, Senhor, meu Deus, vossa ternura L: Ma. de Fátima Oliveira - M: Antônio Brito

de mil corações / deste povo que o Cristo liberta I e quer livre das tristes prisões:

:) .,
:!)
~ ~ ~

:)
~

vos

.,
~ ~ ~

ó

':)

:>
~ ~ ~

f e a vossa compaixão que são eternas l/De mim lembrai-vos, porque sois misericórdia f e sois bondade sem limites, ó Senhor! 3. O Senhor é piedade e retidão f e reconduz ao bom caminho os pecadores. f Ele dirige os humildes na justiça / e aos pobres ele ensina seu caminho.

"Vinde à mesa vos sentar / no banquete do cordeiro,' pois me fostes visitar I quando eu era prisioneiro".

°

581- SALVE,ÓCRISTO (Aclamação)
Letra: Ir. Maria Riciardi e Pe. Almir G. dos Reis Música: Pe. Ney Brasil Pereira Salve, ó Cristo, que libertas , os cativos das prisões. / Tua Palavra é vida nova: I quebra todos os grilhões!

1. O pão é meu corpo / tornai e comei. / Por este alimento,unidosvivei!/Ovinhoémeusangue,/na cruzderramado,/mistério de amor/avós confiado. 2. Um só mandamento / convosco deixei: / amai uns aos outros / como Eu vos amei II Ouvi os gemidos I de tantos irmãos , que vivem perdidos, ! de algemas nas mãos. 3. O mundo negou-lhes I na vida um lugar: f escola, trabalho / e às vezes um lar. , Restoulhes a estrada' do ódio e revolta, / por muitos chamada: / "caminho sem volta".

114

4. Mas há uma força que leva à mudança: lo amor paciente, 1portal da esperança.! Eu vim para todos, 1 a todos amei. 1 Por todos meu sangue! na cruz derramei. 5. Travei a batalha / mais dura e mais forte: / venci a revolta, / o medo e a morte. / E vós sois o povo / da nova Aliança, ! fermento na massa, / fator de mudança. 6. Rompei as algemas , / o bem semeai. / O medoeaculpa/daTerraexpulsai!/Lutaipela vida. / mudai a história. / Eu luto convosco, / garanto a vitória.

4. Alguns não aceitaram um Deus pobre e despojado. 1 No alto de uma cruz Jesus fora pendurado.! E quando parecia que a vitória era da morte, / Deus ressuscitou, mudando assim a nossa sorte. 5. O Espírito de Deus, forjador de nossa história, / garante no presente a certeza da vitória le mostra que este povo desta América sofrida / exige uma Igreja com ele comprometida.

586 - O RIO DA COMUNIDADE
O rio da comunidade ! vai crescendo em desafios. 1No campo e na cidade / se ajunta . com outros rios. 1.Aqui nacomunidade tem gente participando. I Quem olha a realidade, vê que as coisas estão mudando. / Tem jovens comprometidos, pastorais Iibertadoras./ Tem gente politizada, ligando a fé com a vida. 2. Nem tudo é maravilhoso no rio da comunidade. / Há muita poluição, pecado, muita maldade. / Um mundo de empobrecidos, sinais de cansaço e medo. 1 A TV que é alienante e o lixo do consumismo, 3. São tantas as dificuldades que as CEBs vão enfrentando 1 barragens de comodismo e os males vão se alastrando. r Crescente individualismo que gera egoísmos e fugas, / prã vencer certas barreiras; nos falta mais acolhida. 4. O rio da comunidade vai fertilizando as margens.l Serviços e ministérios, sinais vivos do Evangelho. I Os leigos têm formação, redescobrem a sua fé, se organizam como Povo de Deus que é comunidade.

584 - V AMOS À LUTA

(Zé Martins) 1/: Tudo muda se a gente batalhar; / se a gente não lutar, nada vai mudar.:/!. 1. É preciso estar unidos, prá acabar com a opressão. / Só assim que a gente viverá em mundo mais irmão. I Mas se a gente não batalha, de que vale a união? 2. Neste mundo tudo passa, o sofrimento passará./ É a grande esperança que temos que acreditar. / Mas se a gente não batalha, de que vale esperar? 3. Neste mundo o desmando ocupou o seu lugar. 1E deixou a nossa gente sem ter como se virar. / E se a gente não batalha, tudo vai continuar. 4 . ·Nosso D eus é nossa ç torça e t am bé mnao ta diISSO. 1 E s ta é a nossa fi' EIe aca bar á gos e: com isso. 1Mas, se a gente não batalha, de que vale Jesus Cristo?

5. Aqui, neste encontro, aprendemos a unidade. / O trabalho em mutirão realiza a fraternidade. I Deus é a inspiração, Ele é comunidade.

587 ~ VAI, MISSIONÁRIO
I.Nossa Igreja se prepara / para o terceiro milênio. I Organiza um mutirão / de evangelização. I Rumo ao Novo Milênio: 1 Tríduo de preparação.Zlnculturaro Evangelho, I é nossa grande missão. . 1/: Vai missionário, vai evangelizar 1 de um jeito novo, novo jeito de amar / e fazer ressoar a Palavra de Deus na viciado povo.:!1 2. Quatro grandes dimensões: I Testemunho e Serviço; I Diálogo e Anúncio / orientam o Projeto. I A Catequese é Trinitária 1pois Deus é Comunidade. 1E o eixo bem seguro / da nova sociedade. 3. No ano 97 I com o Evangelho de Marcos / Jesus Cristo refletimos I reafirmando a nossa fé. I O culto dominical/deve ser mais caprichado, / o Batismo mais vivido I e melhor valorizado.

585 -

O DEUS DA CAMINHADA. l.ODeusdenossafééumDeusdecaminhada

I que chama Abraão e manda pôr O pé na estrada. I O certo é que a Palavra se faz caminho e ação 1 e age na história gerando libertação. A fé está no pé, meu irmão. i A fé está no pé, minha irmã. / É o Deus da caminhada. meus innãos, I que sustenta a nossa fé. 2. Vendo o sofrimento do seu povo no Egito, 1 ouvindo atentamente o desespero de seu grito I revela-se a Moisés e manda o povo libertar I pois ele tem direito a vida nova conquistar. 3. O Verbo se fez carne em Jesus de Nazaré.! É Deus quem se faz gente, assim como a gente é I no jeito de viver. Jesus vai tomar partido, I mostrando que seu Reino é do pobre e oprimido.

115

:J
4. Nos sentimos inseguros I neste tempo de mudança, ! mas Jesus nos encoraja, I nos dá força e confiança.! Com a Bíblia em nossas mãos, I novos grupos vão surgindo, I novas lutas aparecem !e o caminho vai se abrindo. 7. Grupo de Reflexão I abre C· olhos, firma a fé. I Mesmo quando passa fogo,! revive como sapé. 8. Grupo de Reflexão 'é uma pedra no sapato. I Além de ciscar a moita, I inda põe fogo no mato.

~ ~ ~

No silêncio da manhã que vem chegando. , (Pe. Zezinho) minha prece de louvor vou começar.' Em tons 1. Um coração para amar, 1 para perdoar e vermelhos vejo o sol 1se levantando pra louvar sentir, I para chorar e sorrir! ao me criar tu me , a criação que novamente despertou. deste. ! Um coração pra sonhar, I inquieto e Céus e terra vão cantando a melodia do silêncio sempre a bater. I ansioso por entender! as sideraL I Eu também vou suplicar que o novo coisas que tu disseste. dia I não me traga nenhum maL I Deus. ó Deus II:Eü o que eu venho te dar, I eis o que eu que me criaste! I Que pra vida me chamaste! I ponho no altar. I Toma, Senhor, que ele é teu. E com teu sol me iluminaste! I Liberta-me por I Meu coração não é meu.:1I hoje e para sempre. I Liberta-me por hoje e 2. Quero que o meu coração I seja tão cheio de para sempre . I Liberta-me por hoje e para paz, I que não se sinta capaz I de ter ódio ou sempre do mal! rancor.! Quero que a minha oração! possa me amadurecer. I leve-me a compreender I as 592-DE LÁ DO INTERIOR (Pe.Zezinho) consequências do amor. Eu vim de lá do interior, I aonde a religião ainda é importante. I Lá, se alguém passa em 589 - VAMOS PRÁ MESA frente da matriz, / se benze e pensa em Deus I 11: Vamos prã mesa, ô, ô.1 Temos comida, ô, e não sente vergonha de ter fé. ô.! Muito obrigado, ó Deus da vida, ô, Ô. :/1 Eu vim de lá do interior' e sei que a religião já 1. Viva a Deus que é Pai dos pobres.! Viva o não influi mais tanto nas pessoas. 1 Sei que a Espírito de Luz. , Viva a fé que nos reúne. ! .televisão, o rádio e o jornal I convencem mais .Viva o nosso Bom Jesus. cabeças do que o padre lá no altar. 2. Ó Maria, Companheira. I Peregrina, Mãe. Mas deixa eu lhe dizer I que eu ainda creio e Mulher, , aprendemos a fazer tudo o que Jesus quero crer. I Que sem religião não sei viver. I disser. não sei viver, não sei viverl, 3. Pra fazeresta comida! muita gente trabalhou. I Benza a Deus quem produziu. I Benza a Deus 593- ÁGUIA PEQUENA (Pe.Zezinho) ~quem preparou. 1. Tu me fizeste uma das tuas criaturas I com

588 - UM CORAÇÃO

PARA AMAR

591 - SOL NASCENTE

(Pe. Zezinho)

:>
~

:)
:)

:)
~ ~ ~ ~ ~

:}
:)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

:-,
:)

590 - FELIZ

11: Eu sou feliz é na comunidade. comunidade eu sou feIiz.:!1

para as alturas, I com ânsia de voar. I E eu percebi que as minhas penas já cresceram I e que eu preciso abrir as asas e tentar. I Se eu não 1. Pouco a pouco em nosso meio I a Bíblia vai tentar não saberei como se voa. I Não foi a toa se aninhando. I É a Palavra de Deus que que eu nasci para voar. est~os meditando. 2. Pequenas águias correm riscos quando voam, 2. Nosso povo se reúne I prã rezar em mutirão. I Vai juntando as famílias.Z fazendo a reflexão. I mas devem arriscar.' Só que é preciso olhar os 3. O balaio não tem tampa, I mas tem a sua pais como eles voam I e aperfeiçoar. I Haja mau amarração. I Nós também temos plenário I prá tempo, haja correntes traiçoeiras, Ise já tem as asas, seu destino é voar. ITem que saire regressar aumentar a comunhão. 4. O Grupo de Reflexão I trabalha de verdade. ao mesmo ninho leoutro dia outra vez recomeçar. 3. Tu me fizeste amar o risco das alturas, I com I É a menina dos olhos I da nossa comunidade. 5. A nossa comu nidadel j á virou água corrente. ânsia de chegar. I E embora eu seja como as I Tem gente prá todo lado I espalhando esta outras criaturas, , não sei me rebaixar. I Não vou brincar de não ter sonhos se eu os tenho. I Sou semente. 6. Grupo de Reflexão I nasce dos grupos de da montanha e na montanha eu vou ficar. /Igual base. 1 Vamos lendo o Evangelho 1 e cutucando meus pais vou construir também meu ninho, I mas não sou águia se lá em cima eu não morar. a sociedade.

NA COMUNIDADE - B ânsia de amar. I Águia pequena que nasceu
! Na

~

:!)
~

'~='
~

.-

116

4. Tenho uma prece que eu repito suplicante, 'por mim, por meu irmão.' Dá-me esta graça de viver a todo instante I a minha vocação.! Eu quero amar um outro alguém do jeito certo, ! não vou trair meus ideais pra ser feliz. I Não vou descer nem jogar fora o meu projeto.! Vou ser quem sou e sendo assim serei feliz.

594 - SOL POENTE

(Pe. Zezinho)

l. Vai-se o sol e vem a noite sobre a terra. I Outro lado e outra face do mistério do viver. I Outra noite que acontece em minha vida./ E eu procuro a tua paz. I E eu procuro a tua paz. Sol nascente e sol poente és tu, Jesus. I A e Z da minha ~I meu princípio e meu f"un. I Já não temo a escuridão.! Já não temo a escuridão. ! Brilhas no meu coração.

(Luiz Turra) I. Vocês construiram a casa na rocha, I sobre a rochadoamor.lParabéns./Vocêsconstruiram a história com a bênção do Senhor. I Parabéns. I Por isso, por isso chegou este dia tão feliz e de tanta alegria. Como é bonito um amor que nunca envelhece, ! que nunca se esquece da fonte, da fonte do amor, , Como é feliz o casaI que ouve a palavra, I em Deus encontrou a Verdade, ! Vida, Verdade e Amor. 2.Vocês entenderam que a fidelidade tem consigo sua cruz.! Parabéns. I Mas nunca perderam o rumo, pois na fé há sempre luz. I Parabéns. ! Por isso, por isso chegou este dia tão feliz e de tanta alegria.

596- CONSTRUIRSOBREAROCHA

2. Outra vez a terra deu mais uma volta, ! 597 - VIDA EM FESTA (Wilson João) revelando a outra face para o sol iluminar. , L Uma vida que se toma festa faz cantar de Outra vez minh'alma anseia por repouso I e eu alegre exultação. I Tantos anos, tantos meses, procuro a tua luz. ! E eu procuro a tua luz. tantos dias para ser fiel na vocação. I Pois o 3. Neste eterno recomeço que é a vida.! Gira amor não mede sacrifícios, porque a vida s6 é a terra e giro eu buscando a luz do teu amor. ! feliz no dom. Tu, porém, tal qual o sol jamais te apagas. I E lI: A minh'aJma se eleva com Ma~ em me esperas amanhã. I E me esperas amanhã. louvor. ! Maravilhas fez por nós o flom Senhor. :11 O Bom Senhor! 595-NAALEGRIAOOENCONTRO 2. Faz do tempo uma canção de vida, quem se (Luiz Turra) doa para construir. I Sem reservas, sem 1. Belo é o caminho onde o amor se faz rancores, sem temores, porque a vida é para presente. I Novos são os passos de quem repartir.! Não existe bem maior no mundo, do olha para frente. I Ide pelo mundo alegres que a graça de poder servir. amparados nos irmãos. I Sempre renovando 3. O que faz a vida ter o sentido e que faz os vosso amor nos vossos corações. I Deus que anos ter valor / é a causa bem maior que a vos chamou à vida, I também vai própria vida, pela qual se investe todo amor, I acompanhar I este novo tempo, esta vida pois é dando que nós recebemos. Vida plena nos dará o Senhor. que vai começar.

I Todo o bem e paz a vós também a Deus
pedimos. I Seja vossa casa, firme, construída no Senhor. I Onde sempre esteja a harmonia do amor. 'Mesmo que os dias tragam duras provas a enfrentar, , vede sempre adiante onde o bem vai triunfar. 3. Vede como é grande o ideal que vos anima , quando acompanhado pela tema mão divina. ! Mesmo com as lutas da vida nasce o horizonte do amanhã I cheio de esperança que motiva vossa eterna união. I Dores, sofrimentos que chegam não poderão vos abater, I mas a fé que tendes, com coragem

2. Para sempre unidos nossa prece garantimos.

vosram~bêr.

.

598 - MEU LAR (Luiz Turra) Meu lar é um lugar de viver e dialogar. I Meu lar é um lugar de conviver e de dinar. l.É na família que se chora e canta, I que se sofre e vive uma mesma dor.! É na família que se canta alegre I a canção da vida. a canção do amor.! Por isso eu cantei, por isso eu chorei. 11: É em famflia que se canta alegre, ! que se sofre a vida, ! que se canta o amor.:II. 2. É importante a presença amiga, I a presença viva do pai e da mãe. I É importante viver a esperança, , praticar a fé em Cristo, Senhor. I Por isso eu rezei, por isso eu amei. 1/: É na família que se vive a fé,! que se louvaa Deus, I que se vive o amor.://

117

:)
(Luiz Turra) inveja, nem orgulho, nem rancor, sabe perder, Nós te damos graças, nosso Criador! ! Bem mas não se sente perdedor. Amor aplaude, mas que tu mereces toda honra e louvor.! Somos educa o vencedor. Amor perdoa, mas educa o os teus filhos, és o nosso Pai! ! Nós pecador, não atrapalha, não bloqueia: faz andar, espera e crê, porque o amor sabe esperar. agradecemos teu imenso amor! Vem do passado, mas nãoé ultrapassado. Tem I. Pelos anos que vivemos, obrigado Senhor! I Pelos frutos que colhemos, obrigado, Senhor! seus limites o saber e a reIigião, mas o amor aí não acaba nunca não. Agora vemos por imagem Tempo, espaço, terra e céu, todo o universo, os sinais, mas o amor, aí, o amoré bom demais, ! homens, mulheres, vinde agradecer! mas o amor, aí, o amor é muito mais! (Obrigado, Senhor!). Há mil verdades do outro lado da j anel a, mais 2. Pelas lutas superadas, obrigado, Senhor! I o amor é a maior de todas elasl..; Pelas bênçãos derramadas, obrigado, Senhor! 3. Pela vida que nos prova, obrigado, Senhor! / Pelo amor que nos renova, obrigado, Senhor!

599 - AÇÃO DE GRAÇAS

~

!)
~ ~ ~

:>
~ ~ ~

:)

:>

602 - SEI QUE DEUS É PAZ

(Pe.Zezinho)

600 - MARCHA NUPCIAL
(Adaptação: Luiz Turra) Sonho de amor que faz feliz um compromisso de eterna união! I Um sonho assim: bênção de Deus torna duas vidas um só coração. Terna alegria vem confirmar esta harmonia de um novo lar. I Gestos amigos, mais esperança, tornam mais viva esta aliança. I Deus acompanhe com seu vigor este momento de tanto amor.

Sobre Deus eu não sei quase nada; eu só sei que Deus é Pai. I Sobre Deus eu não sei quase nada; eu só sei que Deus é paz! Eu nunca vi seu rosto, mas eu sei que Deus é paz. I Eu nunca vi o vento, mas eu sei as coisas que ele faz! / Quando eu deixo me tocar por Deus, I então eu sinto que Deus é Pai. Sobre Deus eu não sei quase nada: eu só sei que Deus é luz! / Sobre Deus eu não sei quase nada I e o que eu sei me ensinou Jesus. Eu nunca vi seu rosto, mas eu sei que Deus reluz. I Eu nunca vi O vento, mas eu sei que o vento me conduz. / Quando eu deixo Deus me iluminar I então eu sei que Deus é luz.

:)
~ ~ ~

=>
~ ~ ~ ~ ~ ~

601 -

HINO AO AMOR (Pe. Zezinho)

Se eu desvendasse os mistérios do universo, mas não tivesse amor; se o dom da língua eu ti vesse em prosa e verso, m as não tivesse amor; seria um sino e barulhento e falador. Se eu conhecesse umas quinhentas profecias, mas não tivesse amor; se eu conhecesse todas as teologias, mas não tivesse amor, teria tudo, menos Deus a meu favor! Amor é graça, amor é força, amor é luz, não é vaidoso, não derruba, não seduz, não sente

603 - ORARCQMJESUS

(pe.Zezinho)

Palavras não dizem o quanto é bonito ter fé! / Nenhuma palavra é capaz de explicar Jesus. I E quem já provou sabe a graça infinita que é / andar com Jesus, pensar com Jesus, amar com Jesus, / orar com Jesus (3v)./ Palavra não diz o quanto é feliz, o quanto é feliz, quem ama Jesus.

':)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~
.ooiIIl,

...."

118

Gilvan B. dos Santos 11: Magnificat; és tu Magnitlcat. / Tu és a

607 -

MÃE DO SALVADOR

Mãe deste mundo, mais querida.:1I

Natal BIIIfInI8Ia: 87/18
Jesus é a nossa Esperança!

604 -

11: No Advento a tua vinda / nós queremos preparar./ Vem~Senhor, que é teu Natal~/ vem nascer em nosso lar :11

L.: Pe, SérgioJeremiasde Souza - M.: GlóriaViana 1. Uma vela se acende / no caminho a iluminar. / Preparemos nossa casa ! ÉJesus quem vaichegar.

AS QUATRO VELAS

2. A segunda vela acesa! vem a vida clarear. ! Rejeitemos, pois, as trevas.! É Jesus quem vai 608 - MENINO JESUS Gilvan B. dos Santos chegar. 11: À noite brilhou uma luz. / Nasceu em 3. Na terceira vela temos I a esperança a Belém o Menino Jesus!:/I crepitar.! Nossa fé se reanima.! É Jesus quem 1. Tocam os sinos, liberta o povo, ! surgi u a vai chegar. esperança de um mundo mais novo.! Toda 4. Eis a luz da quarta vela, I um clarão se faz a terra se iluminou. I Que noite feliz, nasceu brilhar. / Bate forte o coração. I É Jesus quem o Senhor. vai chegar. 2. Foi Maria e foi José I que deram exemplo de muita fé.! O N ataI já chegou! é tempo de 605 - BENDITO SEJAIS paz, é tempo de amor. Aída Teixeira dos Santos 3. Venha o pobre. venha o rico, I venha o 1. Bendito sejais Deus Clemente / que mandou negro, venha o branco.lTodosjuntos vamos o Salvador / que é para nós sol nascente. ! É dar as mãos. / Se Deus é nosso Pai, somos todos irmãos. Jesus, o Senhor!

1. Vejam o semblante tão puro de Mari:'l' / Vejam a beleza e o modelo de mulher./ Vejam o que ela fez e aceitou naquele dia./ Disse ao Senhor: Faça de mim o que quiser. 2. Maria foi escolhida a Mãe do Salvador./ E deu o seu sim com muita fé e muito amor. / Maria foi escolhida a Mãe do Salvador./ E deu o seu sim com muita fé e muito amor. 3. Maria foi à montanha; Isabel foi visitar.! E ao te saudar tua prima assim falou: I Bendita entre as mulheres, bendito é o fruto I dentro do teu ventre tá o Salvador do Mundo.

É Natal; é Natal, !tempo de libertação. !É Natal; é Natal / de mudança no coração.
2. Bendito aquele que vem ! em nome do Senhor./ Bendito aquele que veio I trazer seu Reino de Amor! 3. Bendito aquele que ouve I a voz do Salvador. I Bendito aquele que busca ! a paz em ti, Senhor!

CAMPAMlADA fRA.•••
609 - CANTO

DADEI.

Tema: Fraternidade e educaçilo Lema: Construindo a fraumidtuJe rumo 00 Novo Milênio DE ABERTURA
Letra: Ma. da Conceição de Jesus Música: Simei Pereira do Amaral

Venha~ Povo de Deus, celebrar / nosso ÉJesus, nosso Mestre e Senhor, / que nos chama a viver 11: Emanuel é Deus conosco. / Nosso Deus e na unidade. nossa Paz. / O Natal é Deus Meaíno, / a 1. Ó Senhor, nós chegamos felizes,! A Verdade Esperança ele nos traz. :11 queremos ouvir.!TuaPalavraé luz que ilumina 1. Cantemos com alegria e pedimos: Ó Senhor, ! os caminhos que vamos seguir.

606 -

O NATAL É ESPERANÇA

Paulo César de Souza encontrodefratemidade./

/ ajudai o favelado e o sem-terra sofredor. 2. Ó Senhor, dai esperança para o desempregado. ! E que a justiça e o amor possam estar de braços dados. 3. Ó Senhor. vosso Natal é tempo de conversão. / Ensinai-nos a perdoar e a amar o nosso irmão. 4. Agradecemos, ó Senhor, pela vida que nos destes; /Nos tomamos mais felizes, pois irmãos nos fizestes.

2. Educar para a vida a pessoa ! deve ser compromisso cristão.! Ó Senhor. que ajustiça e o amor! sejam metas da Educação. 3. Nova aurora de vida e esperança! nós buscamos aqui, 6 Senhor.! Cidadãos com direitos iguais.! pura imagem de Deus Criador. 4. Os valores do Reino, um dia,! nós possamos alegres viver. / A Família, a Escola, a Igreja,! sejam forças que os faça crescer.

119

:')
L.: Ma. de Fátima Oliveira - M.: Farid Habib F.scutemos,hoje eSl.'lDpl1!,I aPalavra doSmhor. I Ele educa o seu poro I na Verdade e no Amor. l.Quem habita ao abrigo do Altíssimo I e vive à sombra do Senhor onipotente. I diz ao Senhor: "Sois meu refúgio e proteção" I sois o meu Deus. no qual confio inteiramente. 2. Nenhum mal há de chegar perto de ti, I nem a desgraça baterá à tua porta, I pois o Senhor deu uma ordem a seus anjos I para em todos os caminhos te guardarem. 3. Haverão de te levar em suas mãos, I para o teu pé não se ferir nalguma pedra. I Passará por sobre cobras e serpentes, I pisarás sobre leões e outras feras. 4. "Porque a mim se confiou, hei de livrá-lo I e protegê-lo. pois meu nome ele conhece. I Ao invocar-me hei de ouvi-lo e atendê-lo I e a seu lado eu estarei em suas dores.

610 -

SALMO RESPOSTA

3. O trabalho dos mestres e pais, I para os quais educar é missãoJ E os irmãos que procuram criar I o amanhã e formar cidadãos. 4. Flor e fruto, chegada e partida, ! morte e vida, poema e canção: I eis os dons que trazemos, Senhor. ! Suba a V6s o louvor da Criação. L.: Ma. de Fatima Oliveira - M: Briberto Carvalho O meu corpo e o meu sangue vos dou. I O pão vivo, maná da AIian-ça, I a serviço da vida do povo / que caminha na luz da esperança. I. Irmãos, agradeçamos ao Senhor, /louvando, demos graças ao seu nome. I É ele que nos dá o pão do céu, I pão vivo que sacia toda fome. 2. E ele que educa sua Igreja, I guiando-a por caminhos sempre novos. I E .a cruz que é loucura para muitos, / é sinal de amor e graça pm:.aos povos. . 3. E ele quem perdoa nossas faltas I e envolvenos em graça e compaixão. I Aos pobres e pequenos deste mundo I dedica especial predileção. 4. E chama a todos nós, seu povo amado, ! a sermos educados na irmandade, I fazendo a experiência que liberta / da vida construída em igualdade. 5. Senhor, uni em Cristo o vosso povo, I lembrai-vos de que sois misericórdia. I Fazeinos construir um mundo novo I na paz, na justiça, no amor.

:)
~ ~

:) ':)

613 - CANTO

DE COMUNHÃO

:>
~ ~

:l
:)

:)

:)
~ ~

611 -

L.: Pe. Almir G. Reis e Ma. de Fátima Oliveira M.: Eriberto de Jesus Carvalho

ACLAMAÇÃO

:)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~
.~

Salve, Senhor, Mestre do Amor, I vem libertar, vem educar! I Nova esperança e vida plena I tua Palavra vem nos dar!
1/L

domingo:

:zL domingo:
domingo:

Não s6 de pão vive o homem, I mas da Palavra divina, I força de vida e esperança, Iluz que nos guia e ilumina.

Enquanto Cristo rezava, I seu nome foi revelado.lQuem ora, unindo-se a Ele,l também vai ser transformado.
jl

614 - LA VAI-ME,

SENHOR!

O agricultor paciente I espera o fruto na paz. I O educador persistente I crê na mudança e a faz.
4fl

domingo:

Si domingo:

O Pai que acolhe seu filho, I revela o seu coração. I O amor transforma a pessoa, I perdoa sempre o irmão.

Atire a pedra primeiro I quem se julgar sem pecado.! O pecador se transformaI ao se sentir perdoado. L: Ma.de FátimaOliveira-M: JorgeAnt dos Santos //: Nossos dons aqui trazemos, ó Senhor! I Sois bendito, nosso Deus educador! :/1 I. Ofertamos no pão e no vinho I o carinho da mão que plantou I uva e trigo no seio da terra, I onde o grão com presteza brotou. 2. O futuro do mundo: as crianças, I esperança de um. novo amanhã; ! terra virgem a ser cultivada I e educada pra ser cidadã.

612- APRESENTAÇÃO

DAS OFERTAS

Reginaldo Veloso Solo: Lavai-me, Senhor, lavai-me e bem limpo eu vou ficar! Ass.: Lavai-me. Senhor, lavai-me e bem limpo eu vou ficar! Solo: Senhor, vós me lavareis; de tão limpo eu vou brilhar! Ass.: Senhor, vós me lavareis; de tão limpo eu vou brilhar! (SI 51); Misericórdia de mim, Deus de bondade, I misericórdia por tua compaixão!! Vem me lavar dassujeirasdopecado./Vemmelivrardetamanha perdição! I Reconheço toda minha maldade, I diante de mim a vastidão de minha ofensa .. I Foi contra ti, meu Senhor, o meu pecado, I e pratiquei o que é mau em tua presença! Solo: Mostrai-nos vossa bondade, I salvai-nos, ó Redentor! Ass.: Mostrai-nos vossa bondade, / salvai-nos, 6 Redentor! Solo: Senhor. eu peço, escutai-me, a v6s chegue o meu clamor! Ass.: Senhor, eu peço, escutai-me, a vós chegue o meu clamor!

~ ~ ~ ~

-:;:,

120

~ ~

='

~

615 - GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS 1
Paulo Luiz Domingos! Solo: Glória a Deus nas alturas! A: E paz na terra aos homens por ele amados. B: Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo poderoso: A: nós vos louvamos B: nós vos bendizemos, A: nós vos adoramos B: nós vos glorificamos, A: nós vos damos graças por vossa imens glória. B: Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito de Deus. A: Senhor Deus, Cordeiro de Deus, B: Filho de Deus Pai, tende piedade de nós! A: Vós que tirais o pecado do mundo, B: acolhei a nossa súplica e tende piedade de nós! A: Só vós sois o Santo, só vós o Senhor, B: só vós o Altíssimo, Jesus Cristo, Salvador! A: Com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai: A+B: à Santíssima Trindade demos glória para sempre. Amém.

MISSA ".MOADNOVOMlLblO··
CD 003188 - Paulus L.: Dom Carlos Alberto Navarro - M.: Ir. Míria T. Kolling

617 - HINO AO TERCEIRO MIL~NIO

Zé Vicente Canta, canta, meninada, I canta alegre 1/: esta canção: :/1 no embalo deste canto, / vai dançar 1/: meu coração!:/1 I.Criançada faça a roda, / que a esperança quer dançar; I vão em frente, abrir caminhos, I nova história quer chegar!

616 - CANTA MENINADA

Lá, lá, lá, lá,.....

2.Batam palmas pra alegria, / cantem cantigas de amor; I um sorriso pra amizade, dancem, pisem sobre a dor! 3.Vamos chamar a justiça, , pra entrar neste cordão; , cada mesa, com certeza, , vai ter festa, vai ter pão 1 4.Vão plantar, de porta em porta, I sementes de liberdade; , pichem frases bem teimosas, , pelos muros da cidade! 5.Com as cores do arco-íris, , façam o mais lindo balão; I cada noíte mais escura' vai ser noite de São João! 6. Com os sonhos mais bonitos, , façam o mais belo presente; I no domingo ao meio-dia, I mandem pra toda essa gente! Canta; canta, canta, meninada! / Nossa história tem que ser mudada! IDança,dança, dança, meninada! I Nossa história ....• I Roda, roda, roda, meninada! / Nossa história •.•. I Pula, pula, pula,meninada! I Nossa história ..• IGrita,grita,grita,meoinada!/Nossahistória .... ICanta,canta,canta,meninada!/NossabNória...

L.: Ir. Neiva Ma Fiorentim M.C. M.: Ir. Ma. Aparecida Castro M.C. L Ao terceiro milênio rumemos I festejando nosso Salvador. I Jubilosos hoje celebremos, I Jesus Cristo, o Rei e Senhor. Aquele que era Jesus Cristo ontem, I Aquele que é Jesus Cristo hoje, I Aquele que vem: Jesus Cristo sempre! lI: A Ele glória e louvor eternamente. :/1 2. A Trindade redime a História I com Maria. mulher companheira. / Toda a Igreja renova o vigor, I anunciando a mensagem primeira. , Com Jesus encarnado redime , e o Batismo concede a fé. I Salve Cristo que chama e envia / a vivermos o Reino de Deus! 3. A Trindade santifica a História, I pois o Espírito Santo a conduz. I Confirmados em nosso Batismo, I na esperança sejamos Luz. I Com Maria, fiel, disponível, , caminhemos para a união.' Acolhendo os Carismas diversos, , promovendo unidade aos cristãos. 4. A Trindade acolhe a História, I por Deus Pai que é amor sem medida. , Devolvendo nossa identidade, I ao perdão e ao amor nos convida. I Dá-nos, Pai, testemunho do Amor, / que o mundo nos veja: cristãos.! Com Maria, a Mãe em Caná, I vinho novo nos faz mais irmãos. 5. E o ano dois mil será a festa I da Trindade renovando a História. I Com Jesus, Hóstia vi va, imolado' nos altares, na vida e na glória. I E iniciando o terceiro milênio, / terá a Igreja na Evangelização. INovo ardor. novos métodos busquemos, I prá ser Vida: esta é a nova expressão!

618 - EU VOS ANUNCIO (Entrada)
"Eu vos anuncio grande alegria: 'o Salvador nasceu!"1 Glória a Deus que a tal ponto nos amou! I Terceiro MBênio chegou!! Tal amor deve ser mais prodamado! I Terceiro Milênio chegou!! Tal amor deve ser mais proclamado!' 1. Rumo ao novo milênio, a Igreja escutaI novo anúncio e vai evangelizar. I Odio em Amor, Paz e Justiça' nosso Projeto é transformar. 2. Jubileu de Dois Mil já se aproxima./ Eis o Ano da Graça do Senhor! I Deus faz de nós seus missionários./ Enche de fé e novo ardor. 3. Quando o Reino de Deus se manifesta, / quer de nós toda fé e a conversão. / De quem diz "sim", ó Mãe Maria, / és o modelo, a proteção.

121

:)

619 - SENHOR, TENDE PIEDADE
1.Pelos pecados, erros passados; 'por di visões na tua Igreja, 6 Jesus! 11: Senhor, piedade! Senhor,

623 - VINDE,ASSENT AI-VOS À MESA
1. Fui judeu plenamente, I na Cultura, na mente.

(Comunhão)

piedade! I 10 Evangelho preguei; I da vida falei e o povo entendeu. I Ó Jesus, tua Igreja imitar-te deseja: Senhor, piedade, piedade de nós!:1I "Vinde, assentai-vos à mesa! , Corpo e Sangue vos dou! I Quero ver meu fogo arder!" , Cristo, novo ardor, com certeza, I abrasou tua Igreja, nesta chama acesa! 2. Amo o Pai que me ama! I Amo o Espírito em
chama! I Três em Um: Comunhão! Um só coração! I Cristãos, aprendei! , Sim, Senhor, aprendemos; I testemunho daremos.' Forte o amor entre nós será I e o mundo então crerá. 3. Eu não vim ser servido; I vim servir e convido: I quem fizer como eu fiz' é grande e feliz I no Reino do céu! I Toma igual compromisso Itua Igreja a Serviço, Iconstruindo um Brasil melhor, I na paz, justiça e amor. 4. Pouco a pouco, a Trindade I revelou amizade. 'Com amor, dialogou I e vos convidou à plena união. , Cristo, a escola divina' tal Diálogo ensina: I aos cristãos e aos não-cristãos, I chamar à comunhão. 5. Qual fiel emissário, I fui do Pai Missionário. , Minha boca se abriu,' meu pé se feriu; não pude calar! IMissionário celeste.Z teu Anúncio nos deste: I "Quem está perto ou distante irá I ouvir tua voz chamar". I às diversas culturas vai, 'levar o amor do Pai!

.,
~ ~ ~ ~ ~

2. Quem não te aceita, quem te rejeita, / pode não crer por ver cristãos que vivem mal! 11: Crlsto, piedade! Cristo, piedade!' Cristo, piedade, piedade de nós!:1I 3. Hoje, se a vida é tão ferida,l deve-se à culpa, indiferença dos cristãos. 11: Senhor, piedade! Senhor, piedade! / Senhor, piedade, piedade de nós!:1I

:)
~ ~ ~ ~

620 - UMA VOZ CLAMOU (Salmo)
Uma voz clamou: I "Chegou o tempo e a graça!' Abram suas portas ao Redentor!" 1. Quero ouvir o que o Senhor irá falar: , É a
. paz que Ele vai anunciar; / a paz para o seu povo e seus amigos, / para os que voltam ao Senhor seu coração. 2. A' verdade e o amor se encontrarão, , a justiça e a paz se abraçarão: / da terra brotará a fidelidade,/ e ajustiça olhará dos altos céus. 3. O Senhor nos dará tudo o que é bom: / e a nossa terra nos dará suas colheitas;' ajustiça andará na sua frente, / e a salvação há de seguir os passos seus.

:}
~ ~

:)
~ ~ ~

:) :)
~

621 - ALELUIA (Aclamação)
11: Aleluia, aleluia! / Vamos aclamar

L Natal! O Pai abriu seu Coração I e o Sol 2. O Evangelho será proclamado; / o mistério brilhou, vencendo a escuridão. I Maria, a revelado. , Corações e olhares, atenção! Estrela, anunciou o Salvador .I Vamos acolher, 622 ~PAI, ABRI NOSSA MÃo !(Ofertas) neste jubileu,' o Sol que a Estrela antecedeu. Pai, abri nossa mão! 'Tudo o que tivermos 2. Maria abriu também seu Coração: I louvou ficará pra trás!' Junto a nós seguirão' só a e agradeceu a Encarnação. I A Igreja exulta, em mutirão de amor e fé I para anunciar, corno nossa esmola, nosso amor e a paz. a Estrela fez: I "Nasceu o Sol, mais uma vez!" l.vós amais aquele que dá com alegria! , 625 ~CANfAI AO SENHOR (Salmo 95) Quem semeia muito, também colhe um dia!' Letra e música: José Acãcío Santana Mãos, corações, abri, ó Pai, no Jubileu! 2. Basta abrir as portas, amando quem passa; Cantai ao Senhor um canto novo.' Cantai ao Senhor, ó terra inteira! , Cantai e bendizei o I ir anunciando: "É o tempo da graça!' Vem seu santo nome! ver, irmão! Chegou Jesus de Nazaré!" 1. Apresentai ao Senhor a vossa oferta, I no seu 3. Vossa mão oferta Deus Filho querido; , altar encontrareis a salvação. dorme num presépio, na Cruz é ferido! I Quem 2. Anunciai cada dia os seus prodígios, I deu Jesus, não nos dará, com Ele, o Céu? manifestai entre as nações a sua glória

Estrela da Evangelização, Maria, Maria! I I.Cristo vive no meio da gente! I Ontem, hoje, Orando presidiu o início da missão, , que eternamente! I Cada dia nos chama à inundou Jerusalém.J Mãe,já vem Dois Mn! 'Desça nova unção! IMaria, Maria, Amém! conversão!

Evangelho, I aleluia!:1I

o

624 - ESTR.àADAEV ANGELIZAÇÃO

(Final)

'::)
j
~

-:>
~ ~ ~ ~ ~

:>

:.)
.~

~

~ ~

122

626 . HORIZONIE MAIOR

Letra e música: Joel El6i Franz I.Ele não disse: Isto é como se fosse ... I Ele não disse: Isto é apenas a lembrança.... I Ele não disse: Isto é simbologia.... I Ele disse: "Isto é o meu corpo I Que é dado por vós!" I Que é dado por vós! I Que é dado por nós1 2. Ele não dise: Isto é como se fosse.. f Ele não disse: isto é apenas a lembrança... f Ele não disse: Isto é simbologia ... 'Ele disse: "Isto é o meu sangue I derramado por vós!" 'Derramado por vós 1I Derramado por nós! 3. "Se dois ou mais se reunirem em meu nome, I no meio destes sempre me farei presente". I Participando e renovando cada vida I promessa feita, templo vivo I nessa gente que reparte o pão I que reparte o pão, I que se faz comunhão. 4. Cristo nos mostra a importância do alimento. I Mostrou o quanto é sagrado o que se come. I Filosofia, economia ou ciência I de nada adianta quando o povo passa fome 1I Não só ao meu redor I ajudai-me a ver horizonte maior. 5. Eu acredito e até sinto sua presença! que incomoda esse meu grande comodismo.! Mostra que pouco ou nada de mim é doado. I Pouco de mim estou deixando ao meu redor! , Ajudai-me a amar! I Ajudai-me a amar! I Ajudai-me a amar! CANTAR O NOVO MILÊNIO L.: Ma.de FátimaOliveira - M.: Pe.José F, Campos 1. No princípio Deus fez o universo, , céus, estrelas, aurora, luar. I E enfeitou de mil flores o berço z onde a vida pudesse habitar. Jesus Cristo ontem, hoje, I Homem Deus, eterno sim. 11: Dele os tempos e os milênios. I dele os séculos sem f'1Dl :/1. 2. Neste espaço de graça e de cor, , pôs o homem, unido à mulher, / viva Imagem do seu esplendor, I conscientes, com força e poder. 3. Ressurgindo, Jesus nos revela / que o amor . é mais forte que a morte / e se toma o alicerce, a estrela,! dando à vida um sentido e um norte. 4. O caminho, a procura, a esperança, / nós queremos, ó Pai, celebrar, I como povo da Nova Aliança, I de mãos dadas em tomo do altar.

2. Ao Pai oferecemos a marcha do seu povo, Ique luta e fez história, buscando um mundo novo. 3. Seus erros, descaminhos, angústias, desalento, I as flores e os espinhos, vitórias, crescimento. 4. O amor de dois milênios, a uva, o trigo, o grão I se tomem pão da vida, banquete de união.

629 - EIS MEU CORPO QUE É

627 -

DADO POR VÓS L.: Ma.FátimaOliveira- M.: Pe, José FreitasCampos Eis meu Corpo que é dado por vós. I Eis o Sangue da Nova Aliança, I é a taça do Novo Milênio, I para o mundo sinal de esperança. 1. Senhor suba até vós um canto novo, I um hino de louvor e gratidão. I Sois vós que sustentais o vosso povo I na força deste vinho e deste pão. • 2. Senhor, estais conosco cada dia, I no campo, na cidade ou no deserto. I E mesmo quando a noite é mais sombria, / sois vós que nos mostrais o rumo certo. 3. Milênios vão passando velozmente, / no giro do Universo pelo espaço. / Mas vós sois o amor sempre presente I que envolve o céu e a terra em seu abraço. 3. É este o vosso novo mandamento: I Amai-vos como eu mesmo vos amei. IDo Reino ele é a base, é o fundamento, I no qual está contida toda a lei. 4. Unidos no banquete da alegria, I no qual sois o convite e arefeição.1 Sejamos pacientes, na ousadia, I da luta pelo Reino em construção. 5. Possamos criar juntos, como irmãos, unindo nossas forças,nossoamor./Ummundo de homens novos, cidadãos, 'libertos da miséria e do rancor. 6. E quando formos livres de verdade.r amando simplesmente por amar, I o Reino se fará realidade I e em nós vossa glória brilhará.
I

630 - APARECIDA 00 BRASIL

Letra e música: Glória Viana

VirgemMãetiíopoderosa,l AparecidadoBnà! I Mãe fiel aos seus devotos, I de cor morena, uniu os filhos seus./ Mãe, és Raínba dos peregrinos I que vêm de Iongepra te saudar! IMãe venerada, sejas louvada! I És o orgulho do Brasil!

628 -

L: Ma.FátimaOliveira-M.: Pe, JoséFreitasCampos um grande rio, I espalhou-se como vento, I de O Terceiro Milênio te ofertamos. Senhor, I Sul a Norte pra nós surgiu! I Mãe caridosa, I: com os frutos da terra e do nosso labor:1I sempre esperando, I de mãos erguidas, os filhos

OFERTANDO O MILÊNIo

Mãe, teu nome ressurgido' dentro das águas de

1. Jesus com sua vinda os tempos demarcou, los séculos proclamam seu nome e seu louvor.

teus./TuésRaínhadomundointeiro,1 do Brasil!

Aparecida

123

~ MARIA AO ANO 2000 1. Ó Maria, Rainha das fanu1ias, 11: rogai por n6s!:11 Defensora do amor que nos liberta, 11 : rogai por n6s!:11

631 - COM

Celebração da Partilha K7 - MEAC 634 -1EMQUESERAGORA(Entrada) Ao ano 2000, presença de Mãe na festa de Pe. José Freitas Campos seu Filho nos vai acompanhar, ó Mãe da l. Tem que ser agora, I já chegou a hora da Esperança! condivisão. I Deus é Pai da gente. I Fez-nos 2. Ó Maria, fiel e corajosa, 11: rogai por n6s!:1 diferentes, I mas nos quer irmãos. I Quando a crise se toma temerosa, 11: rogai por 11: Eu sou dizimista. Eu sou. , Vou ser nós!:/! dizimista. Eu vou. I Vamos partilhar loque Deus nos dá I todo o nosso amor.:l1 3. Ó Maria, confiantes suplicamos, /I: rogai porn6s!:11 Por aqueles que sofrem imploramos, 2. Ó que maravilha, 1 festa da partilha, 1 sem obrigação./Deus é Pai bondoso,! é tão generoso, li: rogai por nós!:1I I multiplica o pão. 4. Ó Maria, modelo dos chamados, /I: rogai 3. Os irmãos carentes, I pobres e doentes, I se por nós!:11 No caminho, ficai ao nosso lado, I alegrarão, I quando a nossa oferta, I for de mão I: rogai por nós!:11 aberta, I for de coração. ALELUIA! TU ÉS PEDRO Letra e música: Pe, Amaury de Paula 11: Aleluia, aleluia! I Tu és Pedro, aleluia! :11 1. És a rocha viva, Cristo te escolheu. I Quando a Simão Pedro disse: I "Eu te darei do meu Reino as chaves. I Eis a minha Igreja, I sobre esta pedra edificarei!" 2. Cristo, Salvador, a pedra angular, I que ampara tudo, pois é Homem Deus, I escolheu a Pedro para sustentar I como rocha viva o edifício seu.

AmA DOIÍZIRII

~

:)
~ ~ ~ ~ ~

-:>
.~

~ ~ ~ ~

632 -

635 -

ATO DE LOUVOR (Glória) Antoninho Tatto

Nós te glorificamos, Senhor, 11: nosso Deus, nosso Pai e nosso Criador!:1I

:)
~

perenização.

3. "Eis que estarei convosco até o fim! I Do inferno as forças não triunfarão!" I Foi Jesus, 636 - ALELUIA (Aclamaçãoao Evangelho) um dia, que falou assim, I dando à sua Igreja 11: Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia!://
ó

Homens - Nós te louvamos porque I repartes conosco teus bens.! Pede-nos pra repartir I os nossos dons também. Mulheres - Nós a ti bendizemos I por tua santa Palavra, I ela que nos orienta I pra sermos fiéis à partilha. Todos: Nós te adoramos, I porque és nosso Deus, ! nos convidas a construir I na terra, o Reino dos Céus.

.:)

'::)
':1
:)

~

.!)
~ ~ ~

633 -

TRINDADE Ir. Ma. Luiza I Pe. R. Pebquim

"Cada um dê confoone o ÍInJXJlSOdo seu coração, 1 poisDeusamaaquemdácomaIegria". (llCor9,7).

Ó Trindade, vos louvamos. 1 Vos louvamos
pela vossa comu-nhão. I Que esta mesa favoreça, I favoreça nossa comunicação! 1. 11: Contra toda tentação da ganância e do poder, I nossas bocas gritem juntas a Palavra

PROCISSÃO DAS OFERTAS Pe, João de Deus lI: Se você temf~fiquede pé./Se você é irmão,
entre nesta procissão.://

637 -

.::)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

1. Vamos, irmão, levante; I caminhe com disposição. I trazendo a sua oferta, I de acordo com o seu coração. do viver!:II. 2. Vamos, irmão, partilhe; I nosso Deus é 2. 11: Na montanha com Jesus, no encontro comunhão I e abençoa as ofertas I da Igreja com o Pai, I recebemos a mensagem: "Ide ao peregrina em missão. mundo e transformai!":/I. 3. Vamos, irmão, coragem; I não importa o que tem na mão. I Se hoje não tem nada, I ofereça o 3. 11: Deus nos fala na história e nos chama à seu coração. conversão. I Vamos ser palavras vivas, 4. Vamos, irmão, perceba: , Deus Pai não faz proclamando a salvação! :11. distinção. ! Criou-nos prã igualdade, I pelo 4.11: Vamos juntos festejar cada volta de um batismo somos todos irmãos, irmão,' e o amor que nos acolhe, restaurando 5. Vamos, innão, decida I e se junte à multidão. I a comunhão! :11. Pois Cristo hoje nos chamai a unir nossa fé à ação.

:) :j

='

124

-NINGUÉMPODECALARAVOZ (Comunhão) - Pe. José Freitas Campos 1. Ninguém pode calar a voz, I ninguém pode forjar a razão. I Ninguém pode conter, de novo, I o grito do povo faminto de pão. 11: Se entre nós já existe a partilha, I entremos na fila do amor-comunhão :/1. 2. Ó Senhor, tantos braços fechados, I poderiam se abrir, dar as mãos.Z Quantos lábios tão mudos, cerrados, I não querem falar, defender o irmão, 3. Ó Senhor, os trabalhadores; e outros tantos sem ocupação; esperando trabalho e salário, I o pobre operário a viver de ilusão. 4. Ó meu Deus, há mulheres sofrendo, I há crianças na rua, sem pão. I E a Igreja se faz solidária, I na prece diária convida à ação. 5. Pais e filhos, famílía unida, I sem conflito, sem dor e exclusão.Z Se a Palavra do Pai acolhemos, ; no lar viveremos a paz e o perdão. 6. Se em ti tudo é só tristeza, ; nem mais força tens pra oração,! com as mãos elevadas aos céus, ; oferta a Deus todo o teu coração.

638

2. Senhor nosso, Jesus Cristo, glória a Deus! I Unigênito do Pai, glória a Deus! I Vós de Deus Cordeiro Santo, glória a Deusl ZNossas culpas perdoai. 3. Vós que estais junto do Pai, glória a Deus! I Como nosso intercessor, glória a Deus! , Atendei nossos pedidos, glória a Deus! , Atendei nosso clamor. 4. Vós somente sois o Santo, glória a Deus! I O Altíssimo Senhor, glória a Deus! / Com o Espírito Divino, glória a Deus! I De Deus Pai no resplendor. - SALMO 65 Frei Fabreti 1. Vou cantar, entoar um canto novo. , Vou sair, chamar o povo pra louvar, aleluia! , Assim toda criatura: nossa terra, sol e lua I vão louvar e cantar. Sealguém,aleluia!, telouvaemsilêncio,aleluia!, I tu acolhes, ó Senhor. sua oração, aleluia! I Se alguém, aleluia!, entOa um canto novo,aleluia! , tu acolhes, ó Senhor, sua canção, aleluia!

642 -

vou CANTAR

2. É feliz quem em ti fez a morada. ! Vida nova, outra casa pra ficar, aleluial/Tu preparas 639 - TUA VOZ ME FEZ REFLETIR mesa farta e alimentas pra jornada, I dando José Acãcío Santana amor, luz e paz. 1. Quando chamaste os doze primeiros pra te 3. O nascer de uma aurora radiante I vai seguir ,! sei que chamavas todos os que haviam dourando a cada instante os trigais. aleluia! , de vir. E os pequenos e sofridos, nos teus braços 11: Tua voz me fez refletir. I Deixei tudo pra te acolhidos; vão louvar e cantar. seguir. I Nos teus lII8n!S eu quero navegar :11 ét Frei Fabreti 2. Quando pediste aos doze primeiros: Ide e 643 • ACLAMAÇÃO ensinai, I sei que pedias a todos nós: 11: Aleluia, aleluia, aleluia. aleluia!:1I Evangelizai ! 1. Ponho-me a ouvir o que o Senhor dirá.' Ele 3. Quando enviaste os doze primeiros de dois vai falar, vai falar de paz. 'Pela minha voz em dois, I sei que enviavas todos os que e pelas minhas mãos, I Jesus Cristo vai, vai viessem depois. falar de paz. 640 - PORQUE FUI OMISSO Pe. Luís Gomes de Moura - Inácio Filho 644 - MUITOS GRÃOS DE TRIGO José Acãcío Santana 1. Porque fui omisso e não soube doar; e o 1. Muitos grãos de trigo se tornaram pão. I pranto do pobre não quis enxugar. 11: Perdão, Senhor, perdão, perdão, perdão! :/1 Hoje são teu corpo, ceia e comunhão.! Muitos 2. Por não ser como Cristo um libertador, lo grãos de trigo se tomaram pão. sal, o fermento vivificador. Toma, Senhor, nossa vida· em ação, I para mudá-Ia 641 - GLÓRIA, ALELUIA! - Frei Fabreti nossa vidaem fruto e missão. I Toma, Senhor, em ação,/paramudá-laemmissão. lI: Glória, glória, glória, Aleluia! :11Glória, glória, glória a Deus nos altos céus. I paz na 2. Muitos cachos de uva se tomaram vinho. I Hoje são teu sangue, força no caminho. / Muitos terra a todos nós! cachos de uva se tomaram vinho. 1. Deus e Pai, nós vos louvamos: glória a Deus! ; Adoramos, bendizemos, glória a Deus! I 3. Muitas são as vidas, feitas vocação, I hoje Damos glória ao vosso nome: glória a Deus! I oferecidas em consagração. ; Muitas são as vidas feitas vocação. Vossos dons agradecemos. K76559·5 - CD 12009-0 • COMEP - PAULINAS

MISSA 110 CHAMADO··

/t

C

125

:>
Pe. José de Freitas Campos 1. Ben vindos à mesa do Pai, 1onde o Filho se faz fraternal refeição. I É Cristo a forte comida, 1o pão que dá vida com amor-comunhão. 11: Vinde~ ó irmãos, adorar, vinde adorar o Senhor. / A Eucaristia nos faz Igreja, comunidade de amor.:/I

:)

645{. A EUCARISTIA

FAZ A IGREJA

2. Nossa prece de filhos I é prece de quem agradece. 1 Nossa prece é de filhos que sentem / orgulho de seus pais. 1 Que eles trilhem os teus caminhos! 1 Louvem e sejam louvados! Sejam recompensados! Ilumina, ilumina, I nossos pais, filhos e filhas! I Ilumina, ilumina passo das nossas famílias! nossos I cada

.,
~ ~

:)
~

2. Partimos o único pão, no altar refeição, /6

mistério de amor! /Nós somos sinais da unidade na fé, / na verdade, convosco, 6 Senhor! 3. No longo caminho que ternos, 1 o pão que comemos nos susten-tará. / E Cristo o pão repartido / que o povo sofrido vai alimentar. 4. Nossa prece, ó Senhor, I é também pelos 4. Há gente morrendo de fome, sofrendo e sem nossos vizinhos, I por quem vive e trabalha e nome, / sem terra e sem lar./ Não é a vontade de caminha, 1 conosco, Senhor! 1 Que eles achem Deus, / pois Jesus filho seu quis por nós se doar. os seus caminhos! / Amem e sejam amados! 1 5. Queremos servir a Igreja, / na plena certeza Vivam iluminados! de nossa missão. / Vivendo na Eucaristia, / o 648 ~ ME FEZ FELIZ (Pe. Zezinho,SCJ) pão da alegria e da libertação. 11: Me fez feliz, me faz feliz, me fez feliz! / O 646 ~ TEU SEGREDO É A FÉ Senhor me fez feliz!:/I Pe. Jorge Trevisol e Ir. Élda Broilo 1. Bom é ver a luz. I Muito bom é caminhar. 1. Tão meiga, cor bonita, feminina, I mulher I Bom é se alegrar e conviver e fazer festa. 1 da nova Igreja que se faz, I raízes desta Ter catorze anos, / ter dezoito anos, 1 vinte e história Ameríndia, I profeta da justiça e da paz. I Teu canto é o amor, teu segredo é a fé. cinco anos, 1 viver a alegria de viver! I Sei que o tempo passa, 1 mas, enquanto não passar, I 1 E teu Deus libertador é Jesus de N azaré. vai levando coração! Vai sonhando coração! I Caminhas nas r.Ieiras deste povo peregrino I: Eu me sinto vivo!:1I Vi vo pra louvar o meu I aos poucos conquistando o teu lugar. / Senhor! Carregas no teu ventre a comunhão das 2. Não esquecerei os conselhos de meu pai. I etnias, I gerando a igualdade e a paz. I É lindo ver tua lula: no campo, na cidade, I na Bom é se alegrar e conviver e fazer festa. I favela, onde estás. É lindo ver tua luta: I no Mas o tempo passa, tudo vai embora, e eu s6 campo, na cidade, na favela e muito mais. tenho agora. 1Agora é minha vez de ser quem 2. Tão sábia, tão humana, és da gente. / sou. 1 Juventude passa. I Mas, enquanto não Ternura e confiança, és de Deus! I Igual a Mãe passar, I vai levando coração! I Vai sonhando Maria, vais à frente, I feliz porque o Senhor coração! 11: Eu me sinto vivo! :11 Vivo pra não te esqueceu. 1Nos braços o amanhã e nos louvar o meu Senhor! olhos muita luz! I Lá bem dentro, sei que tens 649 ~ CADêNCIA (Pe. Zezinho SCJ) a esperança que conduz. Nas rodas sociais e movimentos do teu povo Pega uma canção que tem cadência 1 e, na 1 eu ouço, a tua voz aí está. I Fazendo cadência deste canto, I olha pro céu e canta um acontecer na sociedade um jeito novo / de canto. 1 Eee .•. Eeeia •.. ver mulher e homem caminhar I sem medo Pega a mão de quem tá no teu lado 1 pega a e sem domínio, I sinal do novo Reino da mão de algum irmão, 1 segura aquela mão justiça que se faz. amiga. IEee ••. Eeeia •.• 11: Pega aquela mão que fá na tua, eleva a tua./ 647 ~ILUMINA, ILUMINA - Pe. Zezinho Vai levando aquela mão na direção do céu.:I1 1. Minha prece de pai / é que meus filhos sejam felizes. / Minha prece de mãe 1 é que Canta um canto novo de louvor. / Canta as meus filhos vivam em paz./ Que eles achem maravilhas do Senhor. os seus caminhos! 1 Amem e sejam amados! / Vivam iluminados! Balança as mãos, sacode o ombro, 1ensaia um passo. 1 E nos alegremos no Senhor!

3. Minha prece, ó Senhor, I é também pelos meus familiares. I Minha prece, ó Senhor, I é por quem tem um pouco de nós. 1 Que eles achem os seus caminhos! 1 Amem e sejam amados! 1 Vivam iluminados!

:)
~ ~ ~

:~
~ ~ ~ ~

:)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~
~.

:>

126

1. Nosso Deus é o artista do universo. I É a ESCUTA A VOZ DE DEUS fonte da luz, do ar, da cor. IÉ o som, é a música, Quem escuta a voz de Deus I não pode se é a dança. 1É o mar jangadeiro e pescador. I É acomodar. o seio materno, sempre fértil, f é beleza, é 1. Abraão se encorajou, 1nova terra conquistou, pureza e é calor! 1 Aleluia. aleluia! Vamos 1 para o seu povo morar :11. criar que é pra glória de Deus brilhar. 2. Lendo a Palavra com fé, 1 resistindo igual 2. Nosso Deus é o caminho e caminhada I do sapé, Iprá mudar a situação :/1. seu povo pra libertação./ Onde quer que esteja 3. Os profetas anunciam, 1 e sem medo o oprimido, I é Javé que promove a redenção. denunciam 1 todo tipo de opressão :11. I Ele quebra a força do tirano I e garante a 4. Maria de Nazaré, I através de sua fé, 1 traz vitória da união. / Aleluia, aleluia! Vamos ao mundo a salvação :11. lutar que é pra glória de Deus brilhar. 652 - TÁ LINDO DEMAIS 3. Nosso Deus é a voz que se levanta. I É o 1. //: Este momento lá, lá lindo demais :/1 Tem canto, o gemido, o clamor. I É o braço erguido amizade, tem paz de verdade, tem muita união. para a luta. 1É o abraço em nome do amor. I É I Tem comunidade, tem muita igualdade, nós o pé conquistando novo espaço. I É a terra. é o somos irmãos, fruto, é a fiOL/ Aleluia, aleluia! Vamos amar 2.//: Este encontro lá, lá lindo demais :11 Tem que é pra glória de Deus brilhar. liberdade, tem fraternidade, tem graça e calor. 1E tem comunhão no vinho e no pão, também 4. Nosso Deus está brilhando noite e dial pelos campos e praças do pais. I É presença na voz muito amor . cVY'l.~.~'\) da meninada, I que convoca um futuro mais 653 - EM NOME DO PAI feliz. I É a infinita razão da plena vida. I Todo 1/: Em nome do Pai que nos criou, e do Filho o povo cantando hoje bendiz. IAleluia, aleluia! que nos salvou, e do Espírito Santo que nos une Vamos cantar que épra glória de Deus brilhar. com amor.:III/: Amém, amém, amém,! amém, amém, amém, f amém, amém, amém, I para 657 - COMO TE CANTAREI, SENHOR? todo o sempre amém.:II. (Zé Vicente) Como te cantarei, Senhor? (4v) 654 - LÁ VEMOTREM'DASCEB's 1. Quando a justiça nos falta, I quando o poder 11: Lá vem o trem das CEB's I caminhando com o seu povo. I Escuta, meu amigo, venha nos oprime; / quando é negado do pobre, I o direito, o valor, Senhor! ver o que há de novo.:1I 1.As CEB 's estão crescendo, I se organizam em 2. Quando da terra expulsos, I em terra alheia mutirão, I conquistando seus direitos, f lutam sofremos. I Quando obrigam a esquecer I contra a ex.clusão, / na defesa do pequeno, I do nossa história de amor, Senhor! pobre trabalhador. 1 Hoje toda a humanidade 3. Quando perseguem e matam I 'os luta contra o opressor. 2. Como as CEB 's têm surgido, 1eu explico pra companheiros da gente. I Quando dividem os vocês./ Desde a morte de Jesus,l o pobre nunca pequenos I e nos fazem o terror, Senhor! teve vez. f Com o passar do tempo, I o povo se 4. Quando na cruz te afogaste t no poço da organizou, I resgatando sua cultura: I isto é nossa dor. I Contigo ressuscitamos, I Jesus CEB's sim sinhô. vencedor, Senhor!

SIGO A LUZ - Pe. Zezinho, SCJ 1. Eu sigo a luz de Jesus,l eu sei de onde ela vem. I Sei que esta luz iluminaI a todo homem de bem. 11:Não importa que Bíblia ele tem!:II. 2. Não importa de que lado I que ele sobe na montanha! I Não importa de que lado I que ele bebe lá na fonte! lI: Lá no céu só vai entrar quem sabe amar!:II. 3. Quem se acha mais fiel I mais escolhido e mais eleito, I quase sempre vê nos outros 1 um pecado e um defeito ... I Mas no céu só vai entrar que sabe amar! / Lá no céu só vai entrar quem sabe amar!

650 - EU

A PALAVRA DE DEUS V AI CHEGANDO (Josenildo do Pageú) li: A Palavra de Deus vai chegando, vai.:/!. 1. É Jesus que hoje vem nos falar. 2. É Palavra de Deus aos pequenos. 3. É Palavra de libertação. 4. Como o sol a brilhar no horizonte. 5. É semente fecunda na terra. 6. É a experiência do povo.

655 -

656 - A GLÓRIA DE DEUS (ZéVicenle) 1/: Olha a glória de Deus brilhando, aleluia! ://.

651- QUEM

..:D

127

::>
,:)
5. Quando, enfim, nós tivermos / a terra e a história na mão. / Como em meio à fartura / cantar teu amor, Senhor!
õ

::»
~

Ir. Natalina Grande, O.Cann. 1. Somos Povo de Deus que caminha, I ao convite que o Pai hoje faz: / "Venham todos, trabalhem na Vinha", I do meu Reino de vida e de paz! Na esperança de um tempo melhor, I "Sem 659 - MEU SENHOREEU Pe.Zezinho trabalho" não tique ninguém.' Com Jesus, 1. O meu Senhor e eu temos um trato especial: nosso Mestre e Senhor, , rumo ao Novo I o meu Senhor cuida de mim e eu cuido das Milênio que vem! coisas do meu Senhor. 2. Na alegria lançamos sementes,' mesmo em Eu tenho a minha fé, / perfeita eu sei que ela lutas, trabalho e dor, / esperando que brote a não é. /Mas vou viver até o fim cuidando das justiça, I na partilha fraterna do amor! coisas do meu Senhor. 3. Convertei-nos, ó Pai, do pecado, I do egoísmo, 2. Pois meu Senhor e eu temos um trato de toda ambição! I O trabalho, direito sagrado, especial: / ele encheu minha vida de paz e de I dê a todos a casa, o pão! amor I e eu serei testemunha fiel, eu serei I das 4. Nas familias e na sociedade, I com Jesus, com maravilhas que ele faz. Maria e José, I Festejemos a fraternidade, I no trabalho, na vida, na fé!

(Nadja, Rute e Raquel) 1. Entre vales e campinas, / água viva tu serás. / mata sede e purifica, / de quem nela mergulhar. lI: Eu louvarei, eu louvarei / ao Senhor, meu Deus, / ao Senhor, meu Deus, / que por nós fez maravilhas, / libertando os filhos seus.:/I 2. Assim é a tua Palavra, / que fecunda todo ser, / em terra boa e cultivada, I para um dia alguém colher.

658 - NA

FONTE DE ÁGUA VN A

1:81 •••••• 11811., •••• -1_
T_I.;

'::)
'~

~

I,.,,;

F"llrnlllldl 1111IUIIIpPqIIIU 1111 •••• ballIl..... Par ••• ,

.:)

661 -

CANTO DE ABERTURA

:>
~ ~

o

='
~ ~ ~

:)
~ ~ ~ .:) ~ ~

Luiz Gonzaga da Silva 1. Nós somos o espelho da vida, I somos imagem do Senhor! / Não somos massa morta esquecida, / fomos criados com amor! / Sou uma criança, eu bem sei, / mas me ensinaram corno participar! I Pelos que erram muitas vezes rezei. I Serei feliz, feliz se apenas um se salvar! lI: Vai ter festa no céu se um dia , eu conseguir convencer' o irmão que erra a se arrepender,' fazer que a Jesus ele tire o chapéu! I Que linda festa no céu! , E eu sabendo que fui a razão / de alguém pôr Deus dentro do coração. I Que maravilha, vai ter festa no céu! :/! 2. O anúncio é pra qualquer idade, , não importase somos crianças, / nós ternos também capacidade I de sermos portadores da esperança. I Sabemos que a felicidade / só dando a mão ao Bom Jesus se alcança. / Alimentando-se com o pão da igualdade, / o fardo é leve, tão leve, , bem leve que a gente não cansa!

660 - VAI

TER FESTA NO CÉU

(Do Hinário Litúrgico 11) Primeiro domingo: SI 51 (50) Piedade, ó Senhor, tende piedade, , pois pecamos contra vós! 1. Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia! I Na imensidão do vosso amor purificai-me! I Do meu pecado, todo inteiro, me lavai / e apagai completamente a minha culpa! Segundo domingo: SI 33 (32) Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, I venha a vossa salvação! Terceiro domingo: SI 95 (94) Não fecheis, irmãos, o vosso coração, I como outrora no deserto! Quarto domingo: SI 23 (22) O Senhor é o pastor que me conduz, I não me falta coisa alguma , Quinto domingo: SI 130 (129) No Senhor é que se encontra o perdão, I copiosa redenção.

662 - SALMO

RESPONSORIAL

":)
~ ~

-

128

663 - ACLAMAÇÃO

Letra: Roberto Lima de Souza Viva Cristo, irmão do pobre' sem trabalho e sofredor, , que DOS traz a Boa Nova' de poder transformador. Pri"..,iro domingo: Ó Palavra de Jesus, / traga a todos conversão; / Jesus Cristo é nosso exemplo' pra vencer a tentação. Segundo domingo: Ó Palavra de Jesus, / nossa transfiguração: / do egoísmo, da avareza , pra justiça e comunhão.

Terceiro domingo: Ó Palavra de Jesus, / fonte eterna de água pura, / que sacia toda sede / de justiça aquem procura. Quarto domingo: Ó Palavra de Jesus,/luz no nosso coração / pra 666-NOS CAMINHOS DO MEU POVO J. Thomaz e Frei Fabretti, OFM enxergar as injustiças ! e acabar com a (A. Graças) I. São horas de retomar o suor I que a vida escravidão. precisa seguir; I café da manhã. com silêncio Quinto domingo: e pressa, , crianças precisam sorrir. Ó Palavra de Jesus,! ressuscite o nosso amor. 11: Nos caminhos do meu povo o preço é ! Jesus Cristo é vida plena, I nosso irmão pago de novo!:1I trabalhador. 2. São homens e são mulheres que vão I em 664-APRESENTAÇÃODASOFERTAS busca de um tempo melhor: , preparam a terra, Pe. Almir G.Reis, CRS f)~amJl:.CSas I qu'y o.J>ãoé o motivo maior! 1.Nossos sonhos, clamores,! todo o nosso viver, bb7 - J U~TA MEDIDA (Final) J. Thomaz e Frei Fabretti, OFM / nosso rumo de dores I sem trabalho .... por quê? I A esperança que resta / de quem crê com vigor 1. Homens, mulheres, esta vida nos convida / a plantar a convivência e a aprender justa medida / na certeza da festa / do encontro e do amor. I Nada está pronto: tudo espera nossa mão , pra Ô, Ô, Ô, Ô, recebe, Senhor! 2. Neste chão de fartura falta o pão pra comer. I ganhar um jeito novo, com sabor de criação. Quanta gente insegura, I sem trabalho ... por quê? 2. Sobrevivência: desafio do dia-a-dia , que / Mesmo assim, Deus da vida, / bendizemos teu desperta mil cobiças' e destrói tanta alegria. t nome,/pelo pão que convidaI a matar toda fome. Mas bem que dava I pra viver bem diferente: f 3. Já o trigo floresce, / novo tempo se vê. I sem ninguém guardando muito, I sem ninNosso grito se aquece: sem trabalho... por guém como indigente. quê? I Nossa lida e vontade, 'nossa luta e labor I pela fraternidade I te ofertamos, Senhor.

2. Contemplamos lá no monte I a vitória sobre. a cruz: I do calvário, no horizonte, I vida nova já reluz. I Não nos seja indiferente / tanto pranto, tanta dor, lo lutar de nossa gente I por emprego e mais valor. 3. És a fonte que sacia! toda sede eternamente. I Vem, Senhor, dar, neste dia, / dessa água a toda gente. I Pois, assim, logo veremos' os direitos que Deus quer I respeitados nos pequenos, I no idoso e na mulher. 4. Nova lei que vem do amor, , faz nascer fraternidade.' Como filhos do Senhor, / temos vidaem liberdade. I Vem, Senhor, nos conduzir I pra vencer a divisão./Nós queremos construir I o teu Reino em mutirão. 5. Toda morte foi vencida,! és total libertação. I Tu que és Verdade e Vida, I plena luz na escuridão. I Haja em nós gratuidade I no serviço a nosso irmão,/ pois de graça recebemos I de Jesus a Salvação.

•••..••••••
668 •

EllAllu

665 - COMUNHÃO

(.. Pe.AlmirG.Reis

1. Convidado pata a mesa / da partilha, da esperança, I o teu povo aqui deseja I celebrar nova aliança. I Pra vencer a idolatria I do dinheiro e do poder ,I nós buscamos, na alegria, I o teu pão que faz viver. Em tua mesa, solidários,! repartimos o teu pão.! Com justiça e mais tnlbalho! haverá mais comunhão.

Gustavo Balbinon I Osmar Coppi I. No meu coração sinto o chamado, I fico inquieto, preciso responder. I Então pergunto: Mestre, onde moras? I E me respondes que é preciso caminhar, 11: seguindo teus passos, fazendo a história, I construindo o novo no meio do povo.:/I Mestre. onde moras? Mestre, onde estás? , l: No meio do povo, vem e verás.:/I

MESTRE, ONDE MORAS?

129

2. Te vejo em cada rosto das pessoas, I tua imagem me anima e faz viver. I No coração amigo que se doa, I no sonho do teu Reino acontecery: Teu Reino é justiça, é paz, é missão, I é a Boa Nova da Libertação.:1I 3. Tua palavra abre novos horizontes, I é convite de serviço aos irmãos. I Me consagra, me envia a assumir I teu projeto nesta vida, neste chão. 11: Meu "sim" é resposta, é meu jeito de amar, I estar com teu povo, contigo morar.://

ANUNCIAR M. L. Riciardi 1. O amor de Deus me escolheu, folhou-me, disse o meu nome. I Confiou em mim, me enviou /1: pra Boa Nova levar.:11 .

672 - VAI

AOS POBRES

OS PÉS QUE 3. O amor de Deus me escolheu I pra dar aos EVANGELIZAM - 1. Acácio Santana cegos a visão. I Ao homem pobre e escravo /1 : levar a luz que liberta.:/! Benditos os pés que evangelizam / e anun4. O amor de Deus me escolheu. I Senhor, seciam a salvação. I Aleluia, Aleluia, Aleluia, rei o teu servo, I serás a minha alegria, lI: a Aleluia! herança que hei de ganhar.:!! 1. Como são belos sobre as montanhas os pés do mensageiro, que anuncia a libertação. Pe. Zezinho 2. Tua palavra é luz que ilumina os nossos CD 12213-0 - K7 12219-0 caminhos, I e nos envia para a missão. 673 - MARANATHA - Acolhida 670 DONS QUE TRAGO AQUI lI: Maranatha! Maranatha! I Vem, Senhor Lucas de Paula Almeida I Lauro Palú Jesus! I Vem, Senhor Jesus!:/! 1. Os dons que trago aqui, I são o que fiz, o I.Somos este povo que o amor plantou. I Mas que vivi. la pão que ofertarei, I pouco depois o mundo novo inda não brotou. I Todo dia, comungarei. I Assim tudo o que é meu, I sinto toda hora, sempre é tempo de esperar. I O amanhã se fez agora e é preciso trabalhar, I também que é de Deus. que este mundo novo mais cedo vai brotar. Esforço, trabalhos e sonhos, I o amor con- 2. Somos a esperança do mundo secular. I Tecreto e feliz deste dia, I por Cristo, com mos confiança que um dia vais voltar. I Todo Cristo e em Cristo, I tudo ofertamos ao Pai dia, toda hora, sempre é tempo de esperar. I O na alegria. amanhã se faz agora e é preciso trabalhar, I 2. Jesus nos quis chamar para o seguir e aju- sempre na certeza de quem vai encontrar. dar. I E aqui nos vai dizer como servir e oferecer , I Deus pôs nas minhas mãos, I para eu 674 - QUAIS OS CAMINHOS? (Aclam.) Quais os caminhos da vida? I Qual dos partir com meus irmãos.

669 - BENDITOS

I: em lindas vestes de festa.://

os que choram, I trocar as vestes de tristeza I

Vai aos pobres anunciar / a mensagem da Esperança I e aos que sofrem oprimidos I que eu sou libertação. 2. O amor de Deus me escolheu I pra consolar

MISSA IIMAIANATIA -

os

gar,l compreenda a grandeza / do teu Reino anunciar.

MESA, SENHOR José Acácio Santana 1. Tua mesa, Senhor, tem lugares sobrando, I porque muitos irmãos não puderam chegar. I E preciso mais gente que vá proclamando, I que só tu és o pão que nos pode salvar. Quem está nesta mesa, quem já tem seu lu-

671 - TUA

caminhos seguir? /!: Vai me levar pra mais longe I ou pra mais perto de ti? :/!

Ouvir a Palavra eu quero I e o meu coração é sincero. lI; Eu quero escutar meu Senhor I e caminhar nos caminhos do amor.:11 NOPÃOENOVINHO (Ofertório) 1. Se no pão e no vinho que ofereço I eu te oferto a mim mesmo e não me esqueço / de pedir que me ajudes a .ser teu, I de pedir que me ajudes a ser teu. I E porque, meu Senhor, eu reconheço lque por certo, Senhor, eu não mereço I esta paz que Jesus me concedeu. 2. Neste pão que depois será teu corpo I tantas vezes achei o meu conforto, I quando a dor de viver doeu demais, I quando a dor de viver doeu demais. I E nas gotas. de sangue deste amigo I apaguei minha culpa e do castigo I nunca mais tive medo, nunca mais.

675 -

2. Multiplicas pão que sustenta ~ sacia, I para ser alimento de libertação. I E preciso mais gente que sinta a alegria I de fazer a partilha com os outros irmãos. 3. Tu vieste salvar o que estava perdido I e por esta missão deste a vida na cruz. I É preciso mais gente que viva sentido I do projeto cristão de no mundo ser luz.

°

°

130

Vem, Senhor Jesus e traz a paz em nosso meio. Maranatha, Maranatha! I Vem, Senhor Jesus e traz a paz ao nosso irmão. Maranatha, Maranatha!1 Vem, Senhor Jesus e traz a paz ao mundo inteiro. Maranatha. Maranatha! I Vem, Senhor Jesus e traz a paz ao meu país Maranatha, Maranatha! I Vem, Senhor Jesus e traz a paz à tua Igreja. Maranatha, Maranatha! / Vem, 676 - CORDEIRO DE DEUS Senhor Jesus e ensina a gente a ser feliz. Mara11: Cordeiro de Deus, Cordeiro de Deus, I natha, Maranatha! Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do •• 11_11 _ fi. ZIIIIIII mundo I tende piedade de nós, I tende, tende CD 12213-0 - K712219-0 piedade, I tende piedade de nÓs.:II 3. Foi assim que ao redor da tua mesa I pão e vinho me deram a certeza I e as respostas que o mundo não vai dar, I e as respostas que o mundo não vai dar. / E é por isso que eu venho confiante I suplicar com a Igreja suplicante I pelo pão que nos há de libertar, I pelo pão que nos há de libertar. Cordeiro de Deus, Cordeiro de Deus, I Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, li: dai-nos a paz, dai-nos a paz.:11

679 - BEM-VINOO,MBJIRMÃO- Acolhida
Bem-vindo, bem-vindo, meu irmão, à casa de oração 1 I Bem-vindo, bem-vindo, meu irmão, à casa do Senhor!II:É bom estar aqui mais uma vez, I pra louvar e' agradecer o nosso Deus. :11

677 -PALAVRADEPAULO (Comunhão)
Palavra de Paulo Apóstolo I ao povo de Corinto, I Palavra que também nos servirá. Reunidos nesta mesa, I conservamos o cos-

680 - TEU POVO SE REUNIU - Entrada

tume de rezar e refletir. / Mas a mesa não 11: Aleluia, aleluia. aleluia, aleluia!:1I tem graça / se depois que tudo passa,! não 1. Teu povo se reuniu, Senhor!/ Teu povo se reuniu, I teu povo se reuniu, I pra louvar teu sabemos repartir.
1. Em primeiro lugar, ouço dizer / que quando se reúne a assembléia I há muita divisão entre os irmãos. / Deste modo, a vossa refeição / é banquete, mas não é religião./ Do Senhor eu recebi o que passo a ensinar I que na noite em que o levaram, I ele repartiu o pão. I E do vinho fez provar quem com ele quis cear. / E falou que voltaria nesta refeição. nome santo I e viver a tua paz. I Teu povo se reuniu, Senhor! / Teu povo se reuniu, I teu povo se reuniu, I para ouvir a tua voz I e lembrar o teu amor. / E o mundo saberá 11: que somos povo de paz I povo do Senhor.:/I

681 - SENHOR, TENDE PIEDADE

11: Senhor, tende piedade de nós! :// -lI: Cristo, tende piedade de nós! :11 - 11: Senhor, Ao redor da santa mesa, / conservamos o tende piedade de nós! :11 costume de rezar e refletir. / Mas a mesa não tem graça I se depois que tudo passa, ! 682 - MEU DEUS ME FALA - Aclamação Meu Deus me fala sempre aonde eu estiver. I não sabemos repartir.
2. Todo aquele que come deste pão I e vem participar do mesmo cálice, I recebe o corpo e o sangue do Senhor. / Quem assume, sem se preparar, I desta mesa quase nada vai levar. I Do Senhor eu aprendi que esta mesa é comunhão I e quem chega sem amor será culpado deste pão. / Corpo e sangue do Senhor que se deu com tanto amor. I E, portanto, quem vier, que venha como irmão. Sua palavra tem amor I e o que Ele diz, me faz feliz. I A palavra do Senhor tem sentido. lI: Eu vou ouvir a palavra do Senhor. ://

683 - MINHA VIDA TEM SENTIDO
(Ver este hino no na 271. página 82)

não sabemos repartir.

Que a paz do Senhor Jesus I em meio à nossa prece / se tome um bem real. I Que a paz do Ao redor da santa mesa, I conservamos o Senhor Jesus, I que o mundo nlo conhece, I costume de rezar e refletir. I Mas a mesa nos livre do egoísmo I e de todo o mal. I não tem graça I se depois que tudo passa, I Shalom, shalom, shalom. Palavra de Paulo Apóstolo I ao povo de Corinto, I Palavra que também nos servirá.

684 - A PAZ DO SENHOR

685 - EU DESEJEI - Comunhão
1. Eu desejei ardentemente I que chegasse novamente I o momento de oração, / com meus irmãos em teu altar. I Contei os dias da semana I e cada vez que eu me cansava I me dizia o coração / que eu viria te encontrar.

678 - MARANATHA!
Maranatha, Maranatha! Maranatha,

(Final)
Maranatha,

131

o.
Eu já me acostumei, viver não sei / sem partilhar do pão, sem partilhar do vinho / que eu creio ser teu corpo, I teu sangue e meu conforto / ao longo do caminho.
2. Eu desejei ardentemente I como foi antigamente / o teu desejo de acolher I os teus irmãos junto de ti. / Se às vezes ando tão cansado / e vejo tanta coisa errada, / logo sei o que fazer: / semanalmente eu venho aqui.

~
1. A tua paz tem mais amor. I O teu amor tem mais perdão. I Não quero a paz que só se faz I depois que irmão matou irmão. 2. A paz que o teu amor deixou / me ensinou a perdoar. / A paz que o mundo me legou I não tem amor pra me ajudar.

~ ~

:)
~ :)

690

- COM DEUS EU ME DEITO

:>

1. Amor e paz eu procurei, I mas muitas vezes me enganei. / Confesso até que eu duvidei / de 2. Deus seja nossa certeza I Nos tempos de conencontrar libertação. / Mas finalmente eu me fusão //: Cada dia em nossa mesa I Pai nosso dáacheguei / à tua mesa do perdão / e encontrei a nos o pão! :11 quem busquei / quem faz feliz meu coração. 3. Nos livre dos inimigos I Da violência e do lI: 1ba palavra, teucorpoesangue./ teuamor mal 11: dos que vendem o teu nome I No mercasustenta a líIinha fé./ Venhopedir, facacomi. do capital!:/1 go, I que eu vou contigo,Jesus de Nazaré! :I/ 4. Ofereço este bendito I Ao arcanjo Gabriel 1/: Ao 2. Felicidade eu procurei, / seguindo a voz do Deus-conosco bendito / Na terra como no céu!:/1 coração. / Mas no caminho eu me afobei, I e IlNAS IIIUS DBJSII magoei meu próprio irmão. I Eu finalmente me Zé Vicente - K7 12317-0 - CO 12318-8 acheguei, / à tua mesa de perdão / e encontrei a quem busquei, I quem faz feliz meu coração.

686 - NESTA MESA SOU MAIS LIVRE (Comunhão)

Zé Vicente lI: Com Deus eu me deito I Com Deuseu me le-

vanto/ Na graça divina/ do EspíritoSánto! :1/ 1. Lá vem a bana do dia I A noitejá se passou 11: Deus é a luz que nos guia I Presençaviva do amor.J1

:)
~ ~

o

:)
~
c~

MISSA

li:

~

:)

691

• NAS HORAS DE DEUS

(Entrada)

:)
~ ~

687 - EU TINHA FOME DE DEUS (Comunhão: opcional) Eu tinha fome, fome de amor I e meu Deus me alimentou. / Eu tinha sede de eempreender / e meu Deus me saciou, me saciou.

1. Eu acredito que Jesus é nosso irmão / e pra poder ficar conosco / ele aceitou parecer pão. I Eu acredito que Jesus é o caminho / e pra poder amar o povo I ele aceitou parecer vinho. 2. Eu acredito nas palavras de Jesus I que por amar a humanidade / foi pregado numa cruz. I Eu acredito que Jesus é meu Senhor, 1 com ele me identifico 1e estou vivendo o seu amor. 3. Eu acredito que Jesus é nosso Deus. 10 Pai nos deu seu próprio Filho I por amar os filhos seus. / Eu acredito neste reino de perdão I e ao receber seu corpo e sangue / penso 692 - GLÓRIA A DEUS NAS AL1URAS Glória, glória a Deus nas alturas / nas criatumais no meu irmão. ras, na história. I Glória, glória a Deus criador I 688-oSENHORCONTACONOSCO vivo amor entre os povos, glória! (Despedida) No sol, nas estrelas, na terra e no mar. I gló1. O Senhor conta conosco / pra levar.o seu amor. ria, glória. aleluia! Alelúia, aleluia, amém! Glória, glória ao Cristo bendito! I Ressusci2. Nós iremos ser no mundo I testemunhas tou, é vitória! I Glória, oxalá Deus presente / do Senhor. na vida da gente, glória!

1. 1/: Nas horas de Deus, amém! / Pai, Filho, Espírito Santo,:/I - 1/: Luz de Deus em todo canto. / Nas horas de Deus, amém! :// 2.II:Nas horas de Deus, amém! I Que o bem nos favoreça, :11 - lI:que o mal não aconteça. I Nas horas de Deus, amém! :11 3.II:Nas horas de Deus, amém! I Que o coração do meu povo :lI - //: de amor se tome novo. I Nas horas de Deus, amém! :lI 4. II:Nas horas de Deus, amém! I Que a colheita seja boa, :11- //: que ninguém mais vague à toa. I Nas horas de Deus, amém!:/! 5.1/: Nas horas de Deus, amém! / Deus abençôe os artistas :/1 - 1/: as crianças e as catequistas. I Nas horas de Deus, amém!:I/

:) :) ':)
~ ~ ~

:> .,
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

689- VOU DE VOLTA COM MEU DEUS (Final) Eu vou voltar à cidade secular. / Eu vou levar a paz que pude receber./ Vou preclamar na cidade secular, I que nada saf"lsfaz. senão a tua paz.

Nas comunidades, na rua, no lar, / glória, glória, aleluia!

No canto, na dança,/ na festa, no altar, / glória. glória, aleluia!

Glória, glória ao EspíritoSanto. 1 Graça, esperança e memória! I Glória, glória, é luz que alumia. / Alegria dos pobres, glória!

132

6. li: Louvemos com os anjos, os santos, 1. Mensageiro que Deus enviou I veio trazendo todo o povo.:II- 11: Cantemos todos jundivino recado I Pra menina o anjo anunciou I tos a Deus um canto novo! :11 que o seu Deus estava apaixonado. Santo (9v).•• é Javé, nosso Deus Criador! I Ela disse" sim" e se entregou le o dia da graça Santo (9v)._.. é Jesus, nosso Libertador! enfim começou. //: E o amor se fez corpo I no Santo (9v) .••• é o Espírito Santo de amor! corpo de mulher I Maria de Nazaré.:IJ (Com.) 2. Carpinteiro e trabalhador 1 de Maria ena- 697 ~ DEUS SFJA LOUVADO morado I se envolveu no mistério do amor 1 e Deus seja louvado, no pão partilhado I No pão

693 ~ DIVINO

RECADO (Meditação)

de Deus se tornou aliado. partilhado, Deus seja louvado! I Ele disse "sim", também aceitou. I E a vida, en- 1. Bendito e louvado seja, I Este santo Sacrafim, alegrou, cantou. //: E o amor se fez filho I de mento I Deus no céu nos dê a glória li: Cá na um homem de fé, / de um artista chamado José.:// terra o alimento!:// 3. Companheiro e libertador I do divino o Filho amado. I Todo cheio da graça e do ardor, laos 2. Bendita e louvada seja, I Esta santa Eucaristia! I Corpo e sangue de Jesus 1/: Filho da virmais pobres se fez consagrado. I Ele disse "sim" e se encarnou f e a boa notícia, gem Maria!:/! enfim, se escutou. 11: E o amor se fez gente como 3. Bendita seja esta ceia / Entre irmãos compara gente é I em Jesus, o homem de Nazaré.:/1 tilhada! / Onde está o Cálice bento //: E a Hóstia Consagrada!:/I 694 ~ BOA NOTÍCIA (Aclamação) Ouçamos todos boa notícia! I Que vem da vida 4. Bendita a fruta ligeira f Vinda da terra sagra,que vem do amor! 1Ouçamos todos boa notí- da! I Bendita a mão companheira li: Seja sempre abençoada!:11 cia} I É o Evangelho de Deus Salvador! 1.E palavraque abreasprisõesIE os coraçõesatribu- 5. Glória ao Pai e glória ao Filho I Glória ao lados I Nossos lábios se abrem em canções I Os Espírito também / :Pelo amor e pelo tempo agora oprimidos são libertados. e sem fim, Amém! 2. É palavra de Cristo Jesus I O Deus da cruz libertador I Nossos olhos se enchem de luz / E o 698 ~ MISSÃO DETOOOS(A. deGrnças) pão dos pobres tem mais sabor! 1/: O Deus que me criou I Me quis, me consa695 ~ O QUE POSSO OFERTAR? grou I Para anunciar o seu amor! :11 Meus irmõos e minhas irmãs! / O que eu posso oJer- 1. li: Eu sou como a chuva em terra seca :11 - I tar? I!: Se tudo é de Deus. O que eu posso lhe dar.:!! I: Prá saciar - fazer brotar I Eu vivo prá amar e 1.//: Vou ofertar o meu viver, meu coração f o cari- prá servir! ;/1 nho dos amigos I nosso amor feito canção. :/1. 11: É missão de todos nós 1 Deus chama I Eu lI: O pouco com Deus é muito lo muito sem quero ouvir a sua voz!:// Deus é nada .:11 - 11: O pouco que repartimos 2.li; Eu sou como estrela em noite escura:/! - I I é fartura abençoada- :/1 2. 11: Vou ofertar, neste vinho. neste pão I o suor I: Eu levo a luz - sigo a Jesus lEu vivo prá amar de nossas lutas I nossa fé, nossa união! :/1. e prá servir :// 3. li: Eu sou, sou profeta da verdade :/1 - li: 696~ LOUVEMOSTODOSJUNTOS Canto ajustiça - e a líberdade I Eu vivo prá amar 1. li: Louvemos todos juntos o nome do See prá servir :11 nhor. :11 - 11: Por nós fez maravilhas, eterno é o seu amor! :11 699 • DEUS NOS ABENÇÔE (Despedida) 2. li: Louvemos pelo Cristo que veio nos salvar.:/! - 11: Por nós deu o seu sangue, sem Deus nos abençoe, Deus nos dê a Paz! //: A Paz que só o amor é que nos traz! :11 fim quis nos amar!:1I 3. li: Louvemos pela terra que nos dá de co- 1. li: A paz na nossa vida, no nosso coração I E mer. :/! - li: Se a terra é de todos, 1pra todos a bênção para toda Criação! :11 - 11: A paz na deve ser! :11 nossa casa, nas ruas, no país I E a bênção da 4. /I: Louvemos, bem unidos, irmãos trabajustiça que Deus quis! :/1 lhadores. :/! - :/lNa graça do Espírito, I nós 2.1/: A paz prá quem viaja, a paz prá quem somos criadores!:/I ficou I E a bênção do conforto a quem chorou! 11 5. lI: Louvemos com pandeiros, sanfonas, violões. :11 - li: Louvemos com círandas, I 1/: A paz entre as igrejas e nas religiões / E a bênção da irmandade entre as nações!:/I com sambas e baiões!:1I

133

:;),

f
700 -

CANJOS IIVERSOS
UM LAR ABENÇOADO

3. Transformadora Maria, perfeita harmonia
entre nós e o Pai. Espelho de competência, afasta a violência, enche o mundo de paz.

~

José Acácio Santana 1. Maria concebida sem culpa original, I trouxeste a luz da vida na noite de Natal. I Tu foste imaculada na tua conceição, ló mãe predestinada da nova criação. 701- TU ÉS BENDITA -J. Acácio Santana lI: Maria da Assunção, escuta a nossa voz I 1. Tu és bendita sobre todas as mulheres. I e pede proteção a cada um de n6s. :11 Foste escolhida para mãe do Salvador. I Tu és 2. Maria, mãe querida, sinal do eterno amor. I a glória e a alegria do teu povo. I És nosso No ventre deste a vida e corpo ao Salvador. I orgulho, nossa mãe e nosso amor. Ao céu foste elevada por anjos do Senhor, I na 11: Ave Maria, cheia de graça. I Bendito glória coroada, coberta de esplendor. aquele que nasceu do teu amor. :11 2. Tu és formosa, de beleza encantadora . I 3. Maria, mãe, rainha, protege com teu véu I Nenhum pecado empobreceu os planos teus. I o povo que caminha na direção do céu. I Tu Tu és a serva que tornou-se uma rainha. I Tu foste a maravilha das obras do Senhor: I esposa, mãe e filha do mesmo Deus de amor. és a filha transformada em mãe de Deus.

Antônio Cardoso 1. TUagraça iluminou nossa família' e nossa casa se encheu de tua paz.' Quando a gente pensa que não tem saída,' TUnos levas ao encontro do leu Pai. , Tu fizeste uma morada em nosso lar , e puseste uma mesa em comunhão. 'Todo dia a gente tem tua presença' partilhando e repartindo o nosso pão. 1/: Deus é bom, Deus é pai. I Deus nos faz irmãos e Deus é mãe:!1 2. Um milagreaconteceuem nossacasa , ao nascero fruto dessenossoamor./ Nossosfilhostêm um larabençoado,l porquetu nos acompanhas,meu Senhor./ Sei que nós não merecemostantascoisas,l tantas coisas tão bonitasque tu tens. I Mas, enfim, sabemosque o teu amorI é que nos faz merecedoresdos teusbens.

704 - AVE, MARIA! Aldenor João Terra lI: Ave, Maria! Ave Maria! Ave Maria! Ave Maria! :11 L Ave Maria, cheia de graça, Deus é contigo, Mãe do Senhor. Ave, Ave, Ave, Maria! 2. Bendita sejas entre as mulheres. Virgem das virgens. Mãe de Jesus. Ave, Ave, Ave, Maria! 705 - MARIA
DA ASSUNÇÃO

.,
~

:)
,:)

.,
:)

='

:)
~ ~

.,
:)
~

:)
~ ~ ':) ~

702 - NA CASA

I. Caminhando e cantando, e seguindo a canção, I somos todos iguais, braços dados ou não, I nas escolas, nas ruas, campos, construções. I Caminhando e cantando e seguindo a canção. 11: Vem, vamos, embora, que esperar não é saber. I Quem sabe faz a hora, não espera acontecer.:/I 2. Pelos campos a fome, em grandes plantações, I pelas ruas marchado indecisos cordões, I ainda fazem da dor seu mais forte refrão, I e acreditam nas flores, vencendo o canhão. 3. Há soldados armados, amados ou 703 - MARIA, MÃE COMPANHEIRA quase todos perdidos, de armas na mão. não, I I Nos Raimundo Brandão I. Companheira Maria, perfeita harmonia entre quartéis lhes ensinam antigas lições, I de nós e o Pai. Modelo dos consagrados, nosso SIM morrer pela pátria e viver sem razão. 4. Nas escolas, nas ruas, campos, construções, ao chamado do Senhor confirmai. Ave, Maria, cheia de graça, plena de graça e I somos todos soldados, armados ou não. I beleza. Queres com certeza que a vida renas- Caminhando e cantando e seguindo a canção, I ça. Santa Maria, mãe do Senhor, que se fez somos todos iguais, braços dados ou não. pão para todos, criou mundonovo.só poramoc 5. Os amores na mente, as flores no chão, I a 2. Intercessora Maria, perfeita harmonia en- certeza na frente, a história na mão, Icaminhando tre nós e o Pai. Justiça dos explorados, com- e cantando e seguindo a canção, I aprendendo e bate o pecado. Toma os homens iguais. ensinando uma nova lição.

sa vir. I "Palavra de Deus não passa, I sem antes tudo florir". Na casa de Nazaré/ um SIM ecoou sereno./Na casa de Nazaré I Deus mesmo se fez pequeno. 2. José não temeu agrura. I Maria foi sempre forte. / E Deus encontrou ternura I e o povo uma nova sorte. 3. Maria foi resistente. I Falou pelo povo seu. I "O braço do prepotente I Deus mesmo desmereceu". 4. Maria, toda humildade, I não foge nem mesmo à cruz. I Confia: Deus é bondade, I perdão, fortaleza e luz.

I. Maria cheia de graça I não teme o que pos-

José Tomaz Filho e Frei Fabretti

DE NAZARÉ

706 - PRA NÃO

DIZER QUE NÃO FALEI DE FLORES - G. Vandré

:) :)
~

'::)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

:,)

:>

134

='

~

="

Campanha da Frall.nldade - 2000
707 - CANTO
DE ABERTURA

Almir Gonçalves dos Reis Fala, Senhor, (fala, Senhor). I Palavra de fraternidade! I Fala, Senhor (faia, Senhor). I És luz da humanidade! 1. A tua Palavra' é fonte que corre. I Penetra e não morre. I Não seca jamais. 2. A tua Palavra' que a terra alcança' é luz, esperança' que faz caminhar, 3. A tua Palavra, I farol de justiça, I que vence a cobiça. , É bênção e paz. I=~

711 - ANÚNCIO

DA PALAVRA

Tema: DIGNIDADE HUMANA E PAZ Lema: Novo Milênio sem exclusões

712 - POVOS TODOS- ArmirG.dosReis Povos todos, toda gente, I línguas, raças, De mãos dadas a caminho I porque juntos religiões: ! Nova história e horizonte, I novo somos mais. ! Pra cantar o novo hino! de chão sem exclusões! unidade, amor e paz. 1. Caminhamos para a terra I onde corre leite 2. Para que o mundo creia I na justiça e no e mel.' Dignidade nós veremos: I "Nova terra amor, I formaremos um só povo, I num só e novo céu"! 2. Solidários, irmanados, I na justiça e no perdão, Deus, um só Pastor. , romperemos as cadeias' da miséria e opressão. 3. Todo irmão é convidado; para a festa em 3. Nossos lábios cantem sempre I Quem da comum: , Celebrar a nova vida; onde todos vida é o Senhor. I Os direitos respeitados I são sejam um. também nosso louvor! 708 - PENITÊNCIA - Equipe CELMU 713 - HISTÓRIAS DE TRIGO E UVA Misericórdia, Senhor, misericórdia! Pe. Zezinho Senhor,escuta o lamento I e tem de nós compaixão. 1. Fui um fruto pequenino' que a videira pro; Ao povo dá novo alento, ; a tua graça e perdão. duziu. I Fui um simples grão de trigo 'que cresceu, mas ninguém viu. I Quando, enfim, 709 - ADORAÇÃO - Vanildo de Paiva chegou o tempo' que o Senhor me destinou I 1. PAI de amor, aqui estamos; celebrando a de pequeno grão de uva I gota dele agora sou, Unidade. I Somos teus filhos amados; nesta I de pequeno grão de trigo I esmagado até ser mesa da igualdade. ; Somos uma só família, , pão I transformei-me em corpo santo' de um somos um só coração. ; Eis que a graça da amigo e de um irmão. partilha; entre nós faz-se oração! Ô,Ô,Ô,Ô,Ô ,ô,ô, ..ô,ô,ô,ô ,ô,ô,ô ... No raiar de um novo tempo; vida nova en- 2. Fui aquele vinho puro I que no altar alguém tão se faz.! A esperança do teu povo I é jus- deixou. , Fui aquele pão pequeno que um irmão no fomo assou. I Quando enfim chegou o tiça, amor e paz! tempo I que o amor presdestinou. I Eu que era 2. Ó JESUS, Senhor da vida, ; vem trazer li- vinho puro I gota dele agora sou. I Eu que era bertação! ; Desta gente tão sofrida Ivem mos- tão somente I nada mais que simples pão I sou trar-Te Deus-lrmão.v Tua cruz é rumo certo. agora o alimento' que produz libertação. ; Junto a Ti vamos seguir, ; pois teu Reino 714 - EU SOU O PÃO DA VIDA está bem pertor/ As sementes vão florir! 3. SANTO ESPÍRITO de Amor, ; faz em nós 1. Eu sou o pão da vida, I o 'tue vem a tua morada. ; E na luta contra a dor, I guia mim não terá fome. lOque cre em mim nossa caminhada! I És a fonte da Verdade. I não terá sede. / ninguém vem a mim I se Vem mostrar a direção: ; Vida plena, dígni- meu Pai não o atrair. Eu o ressuscitarei (3v) no dia final. Jade, I povo livre, mundo irmão!
Equipe CELMU Louvai ao Senhor porque Ele é bom! 1. Pela fraternidade. 2. Pela paz e unidade. 3. Pelo amor e justiça. 4. Pela-graça da vida.

Cícero Alencar, O.Cann. 1. Somos gente da esperança I que caminha rumo ao Pai. I Somos povo da Aliança I que já sabe aonde vai.

710 - LOUVOR

2. Eu sou o pão da vida, / que se prova e não se sente fome. , O que sempre beber do meu sangue / viverá em mim I e terá a vida eterna. 3. O pão que eu darei / é meu corpo vida para o mundo. / O que sempre comer de minha carne / viverá em mim / como eu vivo no Pai.

135

E.
4. Sim, meu Senhor, eu creio I que vieste ao mundo a remi-lo, !que tu és o Filho de Deus I e que estás aqui, !alimentando nossas vidas.

...)
QUANTO MAIS

)

717 - SENHOR,

CAMINHO

1. Senhor, quanto mais caminho, I mais vejo aumentar a estrada. / Tropeço por entre espinhos, / num campo onde foi calada 11: a 715 - LAVA-PÉS Vem, Senhor, não tardes mais! , Vem nos voz da libertação.:1I dar a vida, vem nos dar a paz! , Vem, ir- 2. Mas, me ergo, não vou sozinho, , teus pasmão, não tardes não, , de mãos estendidas sos comigo vão. / Na terra será plantada I a paz que nos é doada 11: em cada fração de pão.:1I repartir o pão. 3. Não posso ficar parado. I Teu corpo me dá coragem. I Teu sangue me traz a imagem, / de tantos irmãos deixados, /1: à margem da salvação.:I/ 4. Teus passos irei seguindo. I A paz vou distribuindo. I E o mundo evangelizado / será. Enfim transformado 11: em paz e em salvação.:/I

=' :t
~ ~ ~

:)

1. Jesus um dia reuniu / todos os seus amigos , numa refeição, / cingiu-se com uma toalha / e lavou os pés / de todos os seus irmãos.' Depois de lhes lavar os pés / o mestre explicoulhes / aquela lição: / Quem quer ser o maior na vida I deve se tomar I o menor dos irmãos. 2. Jesus, naquela despedida, / Ele pregava a vida, / Ele pregava o amor. , E qual não foi sua tristeza / quando ali na mesa / estava o .traidor! I Também na nossa própria vida / somos, muitas vezes, / Judas traidor! I Comemos e bebemos juntos' e depois negamos / ao irmão o amor. 3. E o Mestre repartindo o pão / e repartindo o vinho, I assim Ele falou: I "Tornai, comei deles agora, lé meu corpo e sangue, / que por vós eu dou". I Também no nosso dia-a-dia, I vamos nos doar I ao pobre, nosso irmão. I Tem gente morrendo de fome / e na nossa mesa I está sobrando pão! 4. Assim foi a última ceia, , a primeira missa / que Jesus rezou: Tomando-se nosso alimento I e sedento de amor / por nós se entregou. I No mundo há uma grande ceia, I a festa da Vida, I a Ceia Pascal. / E a festa só será completa I quando houver no mundo I amor universal.

-=' ~
"-='
~ ~ ~ ~

718 -

VIVA JOÃO BATISTA

1. Um dia na Galiléia / um homem chamado João I pregava o arrependimento / e também a libertação. / Falava de alguém que vinha / dar a todos a salvação.

:)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

11: Era João Batista, / era o precursor! , Que veio para aplainar! os caminhos do seu Senhor! / Dizendo: Arrependei-vos! ,É chegada a vez do amor!:1I
2. Hoje esse santo ainda grita I tentando manter-nos despertos, / sabendo que ainda existem / neste mundo muitos desertos. , E ele segue insistindo / que o Senhor já está por perto! 11: Viva João Batista! / Viva o precursor! / Que veio para aplainar I os caminhos do seu Senhor! I Dizendo: Arrependei-vos! , É

716 - CAMINHO

DE EMAÚS

chegada a vez do amor!://

"!)
~ ~ ~ ~ ~ ~

1. Eram dois os companheiros / que seguem pela estrada. / Tinham pressa de chegar / à 719 - JESUS VIRÁ 1. Enquanto esperamos I tua vinda, ó Senhor, I aldeia de Emaús. vamos preparar bem o nosso coração. , Lim11:Emaús, Emaús, I no caminho de Emaús!:1I 2. Veio alguém juntar-se aos dois / que segui- pando a sujeira, / espanando a poeira, I deixar am pela estrada. / E agora eram três I no ca- tudo limpo / prá recepção. I Queremos alegria na tua chegada. / Hosanas e vivas, 'muita animinho de Emaús. mação. / Vamos nos esforçar / prá deixá-lo con3. E chegando a Emaús, I bem na hora do jantar, / o terceiro companheiro, I pão e tente. / Este ano, Jesus, / será bem diferente, I verás que crescemos / no amor e perdão. vinho repartiu! 4. Só então reconheceram / quem com eles caminhara. I Só então compreenderam I que Jesus ressuscitara.

Jesus virá! , Jesus virá! 'Não demorará! , Não demorará! / Como criança' vem nos visitar! / Jesus virá! , Jesus virá! / E renovará, I e renovará I nossa esperança' de o Emaús, Emaús,l no caminho de Emaús.! Com céu alcançar! Jesus, com Jesus, , eles foram com Jesus!

.,

:)

136

2. Que bom que tu vens I de novo, 6 Senhor! I Já estávamos, há tempo, , com muita saudade. I A gente precisa I te ver novamente, , fazer confidências, , ficar à vontade. , Falar dos problemas da nossa jornada, , pedir-te conselhos, , com muita humildade. I Vamos nos esforçar' prá deixá-lo contente. , Este ano, Jesus, , será bem diferente, , verás que crescemos' em fraternidade!

Anunciar, anunciar onde a gente puder. , Anunciar a Palavra de Deus. 11: Caminhar com Jesus e falar do seu Pai. , E segui-lo por onde ele vai.:1I

723 - LAREIRA

Pe. Zezinho (CD Alpendres, Varandase Lareiras)

720 - SAUDAÇÃO DE AMIGO

Quero ser o teu amigo. , Nem de mais e nem de menos. I Nem tão longe, nem tão perto. , São seis pessoas naquele sofá, I amando junNa medida mais precisa que eu puder. I Mas to e brincando em família,' passando a limamar-te, sem medida, , e ficar na tua vida. , po as tarefas da vida. I FamOia lá em casa Da maneira mais amiga. tem vez, ! família lá em casa tem vez. Da maneira mais discreta que eu souber.' Sem 2. Tem pai que lê seu jornal , tem caçulinha a tirar-te a liberdade, , sem jamais te sufocar. , berrar.! Parecem quatro filhotes , debaixo das Sem forçar tua vontade, , sem jamais te apri- asas da mãe. ! Tem cafuné de uma irrnã Ze um sionar. sai pra lá de outro irmão. lI: É saber quando falar e saber quando 3. O caçulinha chorou porque o maior emcalar.:1I purrou. I Tem pai ralhando com este, ! tem Nem ausente, nem presente por demais.' Fra- mãe consolando o chorão. ! Têm dois pequenos a rir, tem um que quer discutir. ternalmente, ser amigo e dar-te a paz. 11: A paz que o mundo não dá. a paz de Jesus.:1I

1. Um ombro amigo de pai, , um aconchego de mãe. I Depois de duas novelas ! a gente desliga a TV. , Tem mãe querendo abraçar, I tem pai querendo escutar.

724 .. LÁ VEMVINOO A PAZ DE DEUS
Pe. Zezinho (CD Alpendres, Varandas e Lareiras)

1. Não tinha nada pra te oferecer. , Não tinha 1. Lá vem vindo a paz de Deus. , Chega sem nada que eu pudesse por no teu altar. , Eu s6 querer impor. I Toda tímida ela vem, I vem pensava nos pecados que eu já fiz.' Eu s6 pen- pedindo por favor. , É assim que ele trabasava nos irmãos, aos quais não fiz feliz.' En- lha. ! Deus não força a gente não. , Mas também não se atrapalha, , vai direto ao coratão eu me lembrei, então eu me lembrei. ção. I Ele manda a sua paz, I faz a paz aconMais do que ouro, mais do que prata.' mais tecer. , Mas primeiro o que ele faz ! é tentar que qualquer dom. I o que tu queres é meu nos converter. coração. E o sujeito que aceitar a paz de Deus I não 2. De mãos abertas e em procissão, , eu te ofeterá sossego não.! Vai passar a vida inteira reço o fruto do trabalho dos irmãos. I Eis miI se ralando por seus irmãos. (Se cansando nhas mãos, eu sou trabalhador.' Trago nas pelos seus irmãos I Se doando pelos seus irmãos este sinal, sinal do meu amor.' Enquanto mãos). trabalhei, foi isso que eu pensei. 2. Lá vem vindo a paz de Deus. , Chega 722 - ESTE povo sem alardear. , S6 percebe quem a tem' ou Este povo que é o povo de Deus, , sal da terra e quem vive a procurar. I Gente de cabeça do mundo luz, , tem na terra a rriais linda mis- oca' que até prega religião, , tem a paz na são , de anunciar o Senhor Jesus. , Deste povo sua boca I mas não a tem no coração.! Não eu também faço parte, , eu também quero pro- adianta o cara ser! pregador muito capaz. ! Se não sabe conviver, I fala bem, mas não clamar I minha f~ minha fé, proeíaman Anunciar, anunciar onde a gente puder. ! tem paz. Anunciar a palavra de Deus. 11: Proclamar E sujeito que encontrou. a paz de Deus I já sem cessar e contar. e contar que Jesus é o não tem mais ilusão.! Ele achou o que buscaFUbo de Deus.:1I va I e agora vive pelos seus irmãos.

721 • NÃO TINHA NADA

o

137

~

725 - SE DE MIM DEPENDER

Pe, Zezinho (CO Alpendres,Varandas Lareiras) e

728 - O EspíRITO SANTO DE DEUS
Antônio Cardoso (CD "Juntos")

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

vou ter I Uma família feliz eu vou ter' se de quer dor. I Ele faz o pequeno ser grande I e o mim depender.:/I E se de nós depender I sofrido mais forte. I Ele faz o mais fraco se nossa família vai ser' nossa família vai ser erguer I numa graça maior. / O Espírito Santo I mais uma família feliz. de Deus I é amor e poder. 1. Meu coração tem um sonho I e eu sei que 11: Esta força que fez João Batista falar. , vai acontecer. I Passar a vida inteirinha I ao Este vento que me trouxe aqui. I Eu só sei lado do meu bem querer. , Era uma vez um que eu não vou mais deixar' de ser luz.:/I riacho I que outro riacho abraçou. I Os dois 2. Eu bendigo este fogo / que vem lá do céu formaram um rio I e o rio pro mar deslizou. clareando. I Clareando os meus passos, I e 2. Era uma vez duas luzes , brilhando sozimostrando o caminho do Pai. I Ele faz maravinhas demais. , Alguém uniu essas luzes I e lhas na terra / e renova meu ser. I Eu bendigo agora elas brilham bem mais. I Há uma pesao Senhor I que me deu este céu, I este dom. soa que eu amo, I que eu amo até mais não poder. I Ai não, eu não saberia I viver sem o 729 - QUANDO ELE AGE meu bem querer. Pe, Zezinho - (CO "Aprendiz") Brisa que nos leva ao norte , I barulho de Pe. Zezinho (CO Alpendres,Varandase Lareiras) vento forte, {línguas de fogo, , ave a voar. I São só sinais, I são só sinais. I O Espírito Santo livro, santo livro.' Louvado seja Deus Santo é mais! I O Espírito Santo é paz! por teus autores. I Louvado seja Deus por teus leitores. I Santo livro, santo livro,' santo 1. Eu não sei dizer quem é. INão sei como livro que me ensina a contemplar. , Santo ele é.1 Sei que ele vive, I sei o que ele faz. I O livro, santo livro, I santo livro que me ensi- Espírito de Deus atua como quer. I Mas, quando ele age, I SHALOM! Tudo é paz. na a caminhar. Quem te lê com amor e com fé, I santo livro, 2. Sei que ele é consolador, I é santificadoro / I certamente viverá melhor. I Quem te estuda Do Pai e do Filho I sei que ele vem! / Sei que querendo aprender, I santo livro, I saberá ca- o Pai o enviou I por causa de Jesus. I Mas quando ele age I SHALOM! Tudo é luz! minhar, saberá.

11: E se de mim depender I uma família eu 1. O Espírito Santo me faz I suportar qual-

::>
~ ~ ~ ~ ~

.=,

726 - SANTO LIVRO

!)
~
.~

~ ~ ~

AntônioCardoso (CO "Juntos") Pe. Zezinho (CD Alpendres,Varandas Lareiras) e 1. Quem se alegrou no Senhor I não perde o 1. Ele sopra na alma da gente, I ele é sopro divino. I É do céu que ele vem. I Ele é forte, riso, I não machuca o coração. I Não perde a paz, / não vai embora / sem sentir uma sausuave, ele é quente. I Ele sopra na mente, I ele faz tanto bem. I Quem não sente este vento dade. I Pois o Senhor é quem te faz I feliz, soprando I este vendo passando I não sabe o feliz de verdade. 2. Quem se alegrou no Senhor / foi numa fesque 11: É o Espírito Santo de Deus. I É o Espírito ta / e não quis sair de lá. / Não quis saber I de outro lugar. I Pois o Senhor é quem te faz / Santo de Deus.:/I feliz, feliz em paz. 2. Foi Jesus que soprou sobre os onze I no dia feliz em que foi para o céu. I E seu sopro divino 731 - DÁ-MEDEBEBER foi tanto I que pôs ... nos onze o Espírito Santo. Antônio Cardoso (CO "Aprendiz") 3. Ele faz a cabeça da gente, I ele toca na mente 1/: Dá-me de beber I que eu tô chegando de I se a gente deixar. I Ele vem, ele sopra insis- viagem. I Dá-me de beber I um pouco tente.1 Ele é tão convincente, I ele sabe tocar. d'água deste balde.:/I 4. Lá na Biblia se lê todo dia I que Deus não Uma samaritana escutou Jesus pedir / um iria deixar de falar. 'O amor de Jesus ainda é pouco desta água I que é do poço de Jacó. I tanto, I que põe., na gente o Espírito Santo. Servir ou não servir I ela foi se perguntar. /
é,

727 - ÉO ESPÍRITO SANTO DE DEUS 730 - DIA DE FESTA

':l
.~

:>
~ ~ ~ ~ ~ ~

:>

138

.,
~ ~

SE ENCONTRAR - 1. Acácia Santana 1. Hoje é dia da gente se encontrar. I Hoje é 1/: Dá-me de beber! que eu tô chegando de dia da gente resolver. / O Senhor no mundo viagem. ! Dá-me de beber I um pouco quer morar. lOque é que vamos responder? d água deste balde.:/1 É Natal! É Natal! I O menino Jesus já nasUm dia você vai se tomar I fonte de água cor- ceu! I É Natal! É Natal! I E no meio de nós rente em Jesus I e sua sede vai acabar I na quer viver! água da fonte que jorra da luz. 2. Ele outrora não encontrou lugar. / A cidade
I

Pra dar um pouco d'água I é preciso ser maiar! que o preconceito, I que a intolerância, I que o desamor, I que a ganância.

734 - HOJE É DIA DA GENTE

732 - DE MALA E CUIA

Antônio Cardoso (CD "Aprendiz") 3. Se o mundo é tão pequeno assim, I que não De mala e cuia eu fui buscar felicidade, I pode o Cristo hospedar, I nossa vida é dimenmas a saudade, só saudade eu encontrei. são sem fim, J e é nela que ele quer morar. 1. Tentei sair de casa uma vez I pra ver se eu

não tinha mais pensão. I Não sabia que ele vinha dar I vida e paz, amor e salvação.

tinha mesmo que ir embora. / Deixei minha 735 - GLÓRIA A DEUS r, Acácio Santana família e fui buscar I em outras terras minha I.Vamos todos a Belém, / porque nasceu-nos vez e minha hora.! Aos poucos fui lembrano menino Deus I que veio ser o nosso bem. do do passado I e dos amigos por quem tinha lI: Glória a Deus nas alturas I e na terra mais carinho. / Meu pai que tanta vez preoamor e paz.:/I cupado I pedia pr'eu ficar mais um pouquinho. 2. Reclinado no presépio, I vem trazer-nos todo 2. Mas foi preciso eu me jogar por este mun- o bem da paz I e todo bem da salvação. do I pra perceber o quanto é bom ter aconhego, / comida quente, roupa limpa e oração I e um 736 - NASCEU HOJE PARA NÓS (Salmo 95) Ir. Maria Janete Sturmer, fpcc coração de mãe batendo no meu peito. I A nossa terra é tão cheia de migrantes I e todos Nasceu hoje para nós , I o Salvador, que é trazem o costume da partilha. I E quando Cristo, o Senhor! partem à procura de outras terras I é porque I. Cantai o Senhor Deus um canto novo. / sonham ser arrimo de família. Cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! I Cantai 3. Porque na mala ninguém põe apenas tra- e bendize i seu santo nome. I Dizei entre as pos. I Os sentimentos e os princípios vão tam- nações: Javé é Rei! bém. J E é nessa hora que as raízes falam alto 2. Dia após dia anunciai sua salvação. I I e ainda hoje eu me orgulho desse bem. Manifestai a sua glória entre as nações. I E entre os povos do universo seus prodígios. / Ele governa os povos com retidão.

Hinos do CO NATAL DE JESUS
CD 12027-8 - Paulinas

733 - NATAL DE JESUS
José Acácia Santana

3. O céu se rejubile e exulte a terra, I aplauda o mar com o que vive em suas águas. I Os campos com seus frutos rejubilem I e exultem as florestas e as matas.

A noite enquanto a cidade sonhava,! no céu 4. Na presença do Senhor, pois ele vem, I pora luz de uma estrela brilhava. I E os anjos que vem para julgar a terra inteira. / Governará o mundo todo com justiça, / e os povos anunciavam: I Hoje é Natal de Jesus! julgará com lealdade. G !lE R-q <Si ê 1. A noite ficou tão clara, I tão clara, como de
José Acácia Santana 2. No campo, junto aos rebanhos, J alguns 1. Quando há tristeza e muito pranto, / pouca pastores dormiam. J Mas acordaram com os justiça social, I com nossa voz e nosso canto I anjos J que glória a Deus repetiam. nós proclamamos O Natal. 3. E foi assim que nasceu lo rei de toda es- lI: O Cristo já nasceu na gruta de Belém, I perança.1 Nos braços da mãe Maria I em for- mas é preciso ainda nascer em nós tamma de uma criança. bém.:/! dia. I Na gruta Jesus menino, I humilde e pobre, nascia.

737 - PROCLAMAÇÃO DO NATAL

139

~
2. Quantas famílias não têm casa, , quantos irmãos que não têm pão! I É justiça que se atrasa.' Falta Natal e conversão!

a

2. Tua vida é uma viagem sem parar' ao encontro do amanhã. I Põe nos pés toda a esperança de chegar' numa terra mais irmã.

~ ~ ~

3. Quantas crianças sem estudo. , Quantos precisam compreensão. 'Quem para si deseja tudo, tem Natal n<}coração. M ttf...CIJR1!U4 see

'(-O

3. O Senhor também um dia foi migrante, , quantas portas viu bater. I Mesmo assim levou seu grande plano avante, I numa gruta foi nascer.

:) :)
~ ~ ~
~,

738..

ATAL É CONVERSÃO
José Acácio Santana

11: Meu caro irmão, I olha pra dentro do teu 2. Reis magos e pastores, , governo e govercoração. I Vê se o Natal se tomou coaversão, I e te ensinou a viver.:/1
2. Chegou a hora de viver o Cristo' e acreditar que isto é se tomar maior. I Chegou a hora de pensar profundo' e perceber que o mundo pode ser melhor. 3. Reis magos e pastores, I patrões e operários, , conosco vinde ver' o Cristo que nasceu!

José Acácio Santana 1. Chegou a hora de sonhar de novo, , de tornar-se povo e se fazer irmão. , Chegou a hora I.Guiados pela estrela' da nossa fé ardente. I que ligeiro passa, , de ganhar a graça para a Iremos ao altar ver' o Cristo que nasceu! conversão. Cristo .Jkeu para todos nós!

741 ..GUIADOS 'Y Gt.l~M ~ l fr

PELA ESTRELA

~I
:)
~ ~
~I ~!
I

nados, , conosco vinde ver' o Cristo que nasceu!

3. Será difícil tantas mãos unidas,' não fazer
da vida um tempo sem igual.' Será difícil tanto amor e afeto' não tomar concreto o gesto do Natal.

4. Reis magos e pastores, , os grandes e pequenos, ! conosco vinde ver' o Cristo que nasceu!

742 • BRll..HA

UMA ESTRELA
Toninho Prado

~

:)
~
.~

Uma estrela a brilhar, , no infinito azul do céu.! Já nasceu Jesus enfim, I o nosso granJosé Acácio Santana de Rei! 1. O tempo vai passando sutilmente. , De repente, a gente lembra' que o Natal jãvai che- l.Nesta noite linda, , quanto esplendor! I É gar. , É preciso parar, é preciso lembrar I que Jesus que nasce,' nosso Salvador! Cristo veio para nos salvar. 2. Numa gruta humilde! nasce o Rei dos céus. 2. A praça apareceu iluminada, , na calçada o I Não teve lugar' entre o povo seu.

739 .. É PRECISO PARAR

':) :)
~;

povo pensa' que em pacotes compra a paz. , 3. Vida e esperança I a todos sua paz. , Oh! Só de Deus vem a paz, é só ele quem traz I quanta alegria' seu Natal nos traz! felicidade para todos nós. 4. Oh! Jesus querido, /vinde habitar' no meu 3. O meu Natal seria uma prece, I se eu pu- coração. , Quero vos amar! desse , em alegria todo pranto transformar. , Ele veio salvar, todo o pranto enxugar. I Tor- 743 • VISITA DOS SANTOS REIS nou-se gente para humanizar. l.Santos reis aqui chegaram, ai, ai, , cansados de viajar, ai, ai, I vieram pedir uma ofer740 ..OLHA A ESTRELA ta, ai, I veja lá se pode dar, ai, ai ...

~

':)
~

':;)
~ ~ ~ :)

€:. /lG~eC'

José Acácio Santana

1. Meu irmão é bom saber pra onde vais, , caminhando sem parar. I Imagino que tenhas ideais, , um lugar para chegar.

2. Deus menino hoje nasce, ai, ai, I na cidade ou no sertão, ai, ai, , na manjedoura que deve, ai, , ser o nosso coração, ai, ai ... 3. Santos reis pedem justiça, ai, ai, I aos que governam a nação, ai, ai, , porque existem cofres cheios, ai, , e há marmitas sem feijão, ai, ai ...

:) :)
~

11: Olha a estrela que Deus te. colocou, I mostrando o bem I sobre a gmta de Belém, I a guiar teu caminhar.:1I

140

=' =',1 -'

4. Santos reis vão despedindo-se, ai. ai. / mas prometem aqui voltar, ai, aLI juntos com Jesus Menino, ai, / para todos abençoar, ai. ai. ..

~IAPÊNDICE
~~~~~~~~

2000
21101

744 - OLHANDO

:D

\J ·tl\..)4

t

A SAGR. FAMíLIA José Acãcio Santana

ClMlAI'IIA DA ~
746 - CANTO
DE ABERTURA

Olhando a Sagrada Família, / Jesus, Maria e José, I saibamos fazer a partilha / dos gestos de amor e de fé. l.Maria, mãe santa e esposa exemplar. J José, pai zeloso, voltado a seu lar. / Jesus, filho amado, em i.iissão de salvar. J Caminhos distintos, num só caminhar. 2. Maria do sim e do amor doação, I José, operário a serviço do pão, I Jesus ocupado com a sua missão: I três vidas distintas, num só coração.

"VIDA SIM, DROGAS NÃO!"
L.: Ir. Natalina Grande, O. Carmo M.: Frt. Daniel C. Nicolini, sjs I.Dom da vida, Ó Pai, celebramos, I na alegria de irmãos a cantar, I por teu Filho Jesus, te louvamos,l e queremos com força, clamar:

Ó Senhor, nós queremos a vida / por Jesus que se faz nosso irmão./ Em seu povo, na ré reunido, / na partilha do amor e do pão. 2. Dom da vida é o sonho eterno I de Deus Pai que nos fez. filhos seus; Iseu projeto é um mundo fraterno I e, depois, vida plena nos céus.
3. Dom da vida é a felicidade, I de saber com alegria viver./ Vida plena na paz, na bondade I em Jesus, haveremos de ter.

3. Se todas as mães em Maria se acharem, / e todos os pais, em José se espelharem, I se todos os filhos em Cristo se olharem, I serão mais família, quanto mais se amarem.

745 - É BOM TER

FAMÍLIA
Pe. Antônio Maria

I. É no campo da vida que se esconde um tesouro,l vale mais que o ouro, mais que a prata que brilha. I É presente de Deus, é o céu já aqui, I o amor mora ali e se chama família.

4. Jesus Cristo por nós deu sua Vida, Itestemunho fiel- BOM PASTOR,! a tal gesto também nos convida, I pelo irmão nos doarmos no amor!

L.: Hinário Litúrgico 11 M.: Pc. Ney Brasil Pereira Como é bom ter a minha família, como é bom. / Vale a pena vender tudo o mais I para llidominro: poder comprar I este campo que esconde um Ao invocar-me hei deo~vi-Io e atendê-lo. / tesouro, / que é puro dom. / É meu ouro, E a seu lado eu estarei em suas dores. meu céu, minha paz, I minha vida, meu lar. 5191(90): Quem habita ao abrigo do Altissimo I e vive à 2. Até mesmo o céu desejou ser família I para sQmura do Senhor onipojçnte, / diz ao Senhor: que a família desejasse ser céu. I Nela se faz a "Sois meu refYgio e prote~o, I sois o meu paz no ouvir, no falar I e na arte de amar o Deus, no qual confio inteira~nte". amargo vira mel. 3. Na família a mentira não se dá com a verda- la domillto: de I e a fidelidade sabe o peso da cruz./ Por- Ó Senhor, ouvi a voz do meu apelo, / Meu que lá há amor, há renúncia e perdão. I Há coração fala convosco confiante! também oração e o chefe é Jesus. SI 27(26) 4. Surgem falsos brilhantes enganando a famí- O Senhm: é minha luz e salva~o; / de qugrn eu I O Senhm é a prole~o da minha lia. /Tão sutil armadilha de um doce sabor. I terei ~o? Yida; / perante qu~m eu trernejgi? A riqueza maior é de Deus a presença, I na saúde ou doença, na alegria e na dor. JIl dominro:

747 -

SALMO RESPONSORIAL

"O futuro da Igreja e da Sociedade passa pela Família" (João Paulo 11)

O Senhor é indulgente, é favorável, I É paciente, é bondoso e compassivo. SI 103(102) (Lecionário)

141

1!'- domingo:
Provai e vede quão suave é o Senhor! I Feliz o homem que tem nele o seu refúgio! SI 34(33) (Lecionário)

1:1dominefl:

~

5.~ domingo:
Maravilhas fez conosco o Senhor, I exultemos todos juntos de alegria! SI 126(125) (Lccionãrio) Domineo de Ramos: Meu Deus, meu Deus, por que me abandonastes? ! E ficais longe de meu grito e minha prece? SI 22(21) (Lecionãrio)

O Senhor nos convidou I ao Banquete do Amor! 5,!J. domilleo: O Senhor nos perdoou: I do pecado nos lavou!

~

.,
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

Dt1mineo de Ramos: Na paixão do meu Senhor, I nova luz: Ressurreição! 2. Cristo viu nosso penar, / nossa carne Ele assumiu: Il:OI11 seu Sangue quis salvar I e o seu povo rcdirniu! 3. No deserto fel. brotar I uma fonte o meu Senhor: I água viva pra lavar I nosso mal e nossa dor... 4. Grão de trigo que morreu, I Vida nova fez brotar: I Jesus Cristo que se deu, I é alimento n este a Itar, 5. Jesus Cristo nos mostrou, I ao vencer a tentação, / que a palavra que ensinou I e também o nosso pão.

748· ACLAMAÇÃO

AO EVANGELHO

Louv!!r a .vÓS, Cristo, I R~i da et,ma gI!iria! o
\-i!nos tk aeordo com cada Domúlgo (l.eciollário)

L.: Lccionãrio dominical M.: Adenor Leonardo Terra

::!)
~ ~ ~ ~
.~

749 -OFERENDAS t

6. Jesus Cristo deu exemplo I pela transfiguraI. Bendito és Tu, I ó Deus Criador, I revestes o ção: I que, na nossa vida, há tempo I de real mundo I da mais fina flor; I restaura s o fraco I transformação. que a TI se confia I e junto aos irmãos, lem 7. Nos banquetes preparados, I como outrora paz, o envias. O Deus do Universo, és Pai e Senhor,! por se falou, Ijá não somos rejeitados I pois Jesus nos convidou! tua bondade recebe o louvor! 2. Bendito és Tu, I ó Deus Criador, I por quem 8. Jesus Cristo. em sua ceia, ! quis fazer-se reaprendeu lo gesto de amor: ! colher a fartura e ter feição: I para todos, vida cheia / de justiça, amor a beleza I de ser a partilha I dos frutos na mesa! e pão. 3. Bendito és Tu, I o Deus Criador, I fecundas a terra I com vida e amor! I A quem aguardava I um 751 • FRATERNIDADE canto de festa,! a mesa promete I eterna seresta! Pe, Zczinho, Sl'j I. A necessidade era tanta e tamanha I que a 750 - CANTO DE COMUNHÃO fraternidade saiu em campanha. / Andou pelos L.: Antonio Carlos Santini I Roberto Lima vales. subi u as montanhas, I foi levar o seu pão. M.: Adenor Leonardo Terra (estrofes) Amilton Amaral (refrão) 2. A dor era tanta. a injustiça tamanha / que a I. Deus ouviu nosso clamor, I fez-se pão sobre luz de Jesus que o seu povo acompanha lo ilueste altar: I é razão de imenso Amor I para o minou pra viver em campanha I em favor dos irmãos. povo celebrar! l!J. domineo: Um só coração e uma só alma,! um só sentiNão vivemos só de pão, I mas do que o Se- mento em favor dos pequenos. I E o desejo feliz de tomar o país I mais irmão e fraterno. nhorfalou. Vão fazer de nós povo do Senhor I construZ,!J.dominro: Cristo se transfigurou: I Ele é Deus, nosso tores do amor, operários da paz, mais fiéis a Jesus.! Vão fazer nossa Igreja I uma Igreja Senhor! mais santa e mais plena de luz. Q

L.: Fr. José Moacyr Cadenassi, OFMCap M.: Pe. Ney Brasil Pereira

~ ~ ~ ~

e
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

~

3, dominro:

"
:)
~ ~
""IiIto

O Senhor nos vem chamar! terior.

a mudança in-

Erguer as mãos com alegria, / mas repartir também o pão de cada dia (3••. )

142

MlDADAClllFIRMAÇÃO~ CDtA 755 - ESPÍRlTOCRIADOR
752 • PAI,
A IGREJA VOS PEDE
Entrada - Pe. Lúcio Floro e André Zamur

(Oferendas)

Pe. Lúcio Floro e André Zamur

Pai, a Igreja vospede só isto: I VossoEspírito aqui derramai! I Pra me ungir testemunha de Cristo I e eu poder vos chamar Deus: "Meu Pai!"
I. Quero a graça da Sabedoria, / ter Ciência não ouro e poder: / pra sorrir como Cristo sorria, I porque o Pai faz o lírio crescer. 2. Quero o dom desse Espírito forte I que me ensina a sofrer, a cantar: I serei vida onde o ódio é só morte, I serei luz onde a treva reinar. 3. Quero o dom do Conselho bendito, I quero a luz que nos faz discernir. / Quem cair se levante contrito, / quem amar siga a estrada a sorrir!' 4. Que a Piedade me dê em segredo, / na cidade. no campo, onde for, I a coragem de ter um 56 medo: I de trair, ó meu Deus, vosso Amor.

1. Espírito Criador! I Com o Pai fazeis fecuado lo solo imenso do mundo! pra nos dar trigo e flor. I Bendito sois noite e dia / por tão grande doação./ Fonte sem fim de alegria, são matéri as pro nosso pão. 2. Espírito Criador! I Foi domde vossa bondade ! encher-nos de habilidade I pro trabalho, Senhor.Z Com o Pai vós sois bendito, I porque dais à nossa mão, /.com poder que é quase infinito, I continuar a criação. 3. Espírito Criador! I Bendito sempre sejais! por tudo isso; e bem mais I pelo imenso dom do Amor. ! Pela força no terreno, I pelo dom de fazer pão, I por esse impulso sereno I pra nos por em comunhão.

756 ~Ó SENHOR,

TU ME UNGISTE

753 - ENVIAI VOSSO ESPÍRITO

(Comunhão) Pe. Lúcio Floro e André Zamur

(Salmo Responsorial - Salmo 103) Ir. Míria T. Kolling Enviai o vosso Espírito, Senhor! I Enviai o vosso Espírito. Senhor! I E da terra toda a face renovai, I e da terra toda a face renovai! I . Bendize, ó minha alma, ao Senhor! / Ó meu Deus e meu Senhor, como sois grande! ! De majestade e esplendor vos revestis / e de luz vos envolveis como num manto. 2. Quão numerosas, 6 Senhor. são vossas obras, / e que sabedoria em todas elas! I Encheu-se a terra com as vossas criaturas, I bendize, Ó minha alma, ao Senhor! 3. Todos eles, ó Senhor, de vós esperam / que a seu tempo vós lhes deis o alimento./ Vós lhes dais o que comer e eles recolhem. I Vós abris vossa mão e eles se fartam. 4. Se tirais o seu respiro, eles perecem I e voltam para o pó de onde vieram. / Enviais o vosso Espírito e renascem I ~ da terra toda a face renovais,

I. Ó Senhor, tu me ungiste na fronte I com o óleo que cura a ferida, I para eu ir a qualquer horizonte, I suavizando essas dores da vida. Mas pra dar tua Paz noite e dia I e estar sempre a serviço do irmão, I eu preciso da tua energia, I eu preciso. Jesus, deste Pão. 2. Bem na fronte, Senhor Deus, me ungiste I com o óleo da santa alegria.! Eu serei o consolo do triste I e quem chora farei que sorria. 3. Bem na fronte me ungiste, Senhor, I com o óleo capaz de ser luz. ! Doravante, como ungido. onde eu for / eu irei irradiar a Jesus. 4. Que eu entenda o sentido profundo I desta unção que me deram na Igreja: I como Cristo, eu irei pelo mundo I pra que Deus seja amado: Assim seja'

757 -

VEM, EspíRITO DE LUZ!
Pe. Lúcio Floro e André Zamur

1. Foi no seio de Maria I que Jesus a recebeu I a Unção que o faria I Filho só do Pai do Céu!

754 - ALELUIA!

É O NOSSO CANTO

Aleluia! é o nosso canto, I Jesus Cristo vai falar: I E o Espírito que é Santo I é quem vai 2. E bemjuntode Marial nossa Igreja viu baixar !toda a força que teria I pra Jesus anunciar. nos explicar!
Santo e santificador, I iluminai nossa mente. I E o fogo do vosso Amor 1/: encha o coração da gente!:/1

Pe. Lúcio Floro e André Zamur

Vem,Espírito de Luz!! Santo Espírito Divino, vem I fazer a Mãe de Jesus I ser a nossa mãe também!

3. Hoje tantos desunidos / vivem sem calor nem luz. ! Por Maria reunidos, I vamos lhes levar Jesus.

143

- PERDOAI NOSSOS PECADOS Ato Penitenciai - Pe. Zezinho 759 - TEU ÓLEO SANTO (Para a Unção) L: José Tomaz Filho - M: Ir. Míria T. Kolling Perdoai nossos pecados (3v) I ó Senhor! Teu óleo santo que marcou a minha fronte I e 1.11: Vosso povo quer amar, 1 vosso povo é santo, o teu sinal que iluminou todo o horizonte Ivêm 1 vosso povo é santo, I mas também é pecador! :/1 confinnar-me na missão que é sem fronteira, 2. lI: Tende piedade de nós, / piedade de nós, I que o teu Espírito renove a terra inteira. 1 piedade de nós. I ó Senhor! I. Sabedoria, bom conselho, entendimento, / - Greni temor, ciência, com piedade e fortaleza, I eis a 763 - GLÓRIA DA IGUALDADE bagagem, o roteiro e o bom sustento I de quem I. 11: Vamos dar glória a Deus, glória a Ele se entrega ao Novo Reino com firmeza. vamos dar!:I/ -1/: Com toda nossa voz e todo 2. No mais profundo de mim mesmo e no conví- instrumento que sabemos tocar.://-I/: Glória, vio, / na intimidade ou pelos campos. pelas praças glória, glória!:/1 / o novo Reino quer ser mais que mero alívio: I 2.11: Vamos dar glória ao Filho, glória a Ele é o tal tesouro que não sofre com as traças. vamos dar.:1I - 1/: Porque se encarnou, com 3. Se homem, mulher, qualquer idade. qualquer todo o Corpo, glória vamos dar.://-//: Glória, povo I são todos filhos do Pai nosso, Deus de glória, glória!:/I Amor, Inos mais sofridos se revela o Reino Novo: 3. 11: Demos glória ao Espírito, glória a Ele I quem os acolhe é quem aprendeu a recompor. vamos dar.:/I - li: Porque sempre é livre, se 4. Onde houver dor ou desalento ou desespero; vamos lutando, igualdade chegará.:// - :/1-/1: 1eis o terreno para o Reino crescer firme. 1 E Glória, glória, glória!:// desse lado que se espera o nosso esmero 1para que a imagem-semelhança se confirme. 764-APALAVRADEDEUSCHEGOU Acolhida da Biblia - Socorro Lira 760 - REVESTE-ME, SENHOR 1. A Palavra de Deus 1chegou para nós. /Como Romão José Ferreira 1. Reveste-me, Senhor, co'a tua Graça. 1 Eu luz na aurora, 1 clamando na história, / é Javé, quero meu irmão servir melhor! 1 Que teu tua voz! Espírito em mim se faça, I que eu possa 2. A verdade de Deus I quer nos libertar.! Boa caminhar no teu Amor! nova e vida, I é pão, é bebida, / quer nos saciar. 11: Reveste-metSenhor,1 reveste-me,Senhor, 3. Ajustiça de Deusl na Biblia Sagrada! é seu I reveste-me, Senhor, com teu amor!:1I mandamento 1 perpassando ° tempo, 1 sempre 2. Que eu busque em minha vida a santidade, I no proclamada. exemplo de Jesus ainspiração,/nafée na esperança 4. Aleluia! Aleluia! Aleluia! I Boa nova e vida, e caridade, I fazendo acontecer libertação! 1 é pão, é bebida, quer nos saciar.

- Ó VINDE, EspíRITO CRIADOR L: Liturgia das Horas - M: Frei Fabretti 1. Ó vinde, Espírito Criador, / as nossas almas visitai I e enchei os nossos corações! com vossos dons celestiais. 2. Vós sois chamado o Intercessor, I do Deus excelso o dom sem par, / a fonte viva, o fogo, o amor, / a unção divina e salutar. 3. Sois doador dos sete dons / e sois poder na mão do Pai, I por Ele prometido a nos.z por nós seus feitos proclamai. 4. A nossa mente iluminai, I os corações enchei de amor; / nossa fraqueza encorajai, I qual força eterna e protetor. 5. Nosso inimigo repeli I e concedei-nos vossa paz; / se pela graça nos guiais, I o mal deixamos para trás. 6. Ao Pai e ao Filho Salvador Ipor vós possamos conhecer./ Que procedeis do seu amor / fazeinos sempre firmes crer. 758

MISSA:CANTUI AMOREAJllSTlÇA
Missa do J (}Ilnterec/esial das CEBs -Ilhéus - Ba
- povo NOVO Socorro Lira 11: É povo novo que vai crescer, I é semente que espera a chuva na terra para nascer.:/! I. É gente nova, vem renovar.! É ajuventude, vem transformar. / Fazer a história, pisar o chão I da nova sociedade. I nova humanidade em comunhão. 2. Em toda parte está presente, I e nas conquistas ativamente. I Em caminhada combate a dor, cantando a esperança. 1 Jamais se cansa na busca do amor. 3. Jovem de ontem. hoje é memória. 1Jovem de hoje, a vez é agora. 1Fazer o futuro lindo e feliz I é o sonho que temos / e assim o faremos, como Cristo quis. 762 761

A

144

iL
770 - PAR Tll...HAR A VIDA - Socorro Lira É MEU PASTOR Comungar, êê, é a vida partilhar. (4v) Salmo Responsorial - Pe. Zezinho 11: O Senhor é meu pastor e nada, nada, me 1. Comungar é partilhar a força, / o trabalho faltará. / O Senhor é meu pastor e nada, feito em mutirão.! Comunhão é vida a serviço nada, me faltará.:1I ; do reino de paz ainda em construção. I É 1. Já me deu o suficiente nesta vida; I não peço participar da festa, ; de tudo o que resta, 1 é mais. 11: Já me deu o suficiente, I já me deu o juntar as mãos. I Reunidos ao redor da mesa, suficiente, I já me deu amor e paz!:/! / partilhar a riqueza do abraço e do pão. 2. Por caminhos pontilhados de perigo I vou sem 2. Comungar é estar solidário I à lula fmnada em temor./!: Sei que Deus está comigo, I sei que Deus prol da nação. I É andar com desempregados, I é meu amigo, I sei que Deus é o meu Pastor!:/! sem-terra, migrante, é estender a mão) E somar 3. Tua voz e teu cajado me conduzem, / estou com quem está lutando, 1 à frente, marchando, em paz. 1/: Só te peço em confiança I que me apressando a hora.! Recriando o que fora desfeito: dês perseverança. I Não te peço nada mais!:11 ! a justiça, o direito, refazendo a história. 766 - ALELUIA! ACLAMAI A JAVÉ 3. Comungar é apertw: o passo, I é juntar os João Miguel de Queiroz braços, fazer romaria.Z E cantar e toc~ o tambor. lI: Aleluia, aleluia, aleuia, aleluia, aleluia!:1I I E vencer a dor e vibrar de alegria. ; E repartir a 1.//: Aclamai ao Senhor Javé I com pandeiro, felicidade, ; o calor da amizade, o encontro, o sanfona, violão, I guitarra, tambor e afuxé, I prazer. I É buscar sempre um motivo forte: I uma todo povo faça a louvação!:1I flor, uma amor que faça reviver. 2.//: Com palmas nós recebemos I a Palavra de Pe. Zezinho Libertação. f Com danças nós proclamamos I 771 - PRIMEIRA CRIST a chegada da Redenção!:/I 1. Primeira cristã, Maria da Luz., I sabias, ó Mãe, amar teu Jesus. I Primeira cristã, Maria 767 -REPARTEOPÃO do Amor, ! sabias, ó Mãe, seguir teu Senhor. Preparação das Oferendas - Socorro Lira Nossa Senhora das milhões de luzes, I que meu Reparte o pão, povo santo, I reparte a vida, povo acende pra te louvar, I iluminada, ilumioamor./Na mesa, santa fartura, I o alimento nadara, inspiradora I de quem quer amar! I é o Senhor. E andar com Jesus! (4v) 1. Vamos juntar nossas forças para construir. I O novo reino de Deus já começa aqui. 1 2. Primeira cristã, Maria do lar. / ensinas, ó Vamos unir o trabalho, a esperança e a certeza Mãe, teu jeito de amar. 1Primeira cristã, Maria ! de ver o tempo de graça que a gente deseja. da Paz, I ensinas, ó Mãe, como é que Deus faz. 3.Primeíra cristã, sempre a meditar, ! vivias 2. Quando a terra for partida, do chão brotará; ! justiça como alimento ao pobre virá. I em Deus, sabias orar. I Primeira cristã, fiel a Jesus, I em lodo lugar, na luz e na cruz. Queremos casa, comida, salário e paz./Venha a nós a liberdade, opressão jamais. 3. Benditos os frutos da terra, o trabalhador! I Malditos os frutos da morte, o poder opressor. I Bendita seja a mulher e sua força também I 772 - CORAGEM, ELE TE AMA pelos pequenos na luta, aleluia, amém. (Hino do Congr. Nac, da Past. Vocacional) 768 - SANTO DO AXÉ - Ir. Maria José L Sentado à beira da estrada, perdido na solidão, I.Vamos cantar: O Senhor é Santo! I Vamos / mendigo e cego sem nada, clamando por louvar: O Senhor é Santo! compaixão. I E a multidão que passava a minha 11: Oh, oh! O Senhor é Santo!:1I voz abafou. I Disse a Jesus, que olhava: "Tem 2. No céu e na terra / Na força do Axé . pena de mim, Senhor!" 3. Bendito o que vem 1 Hosana Amém . 4. Santo é o Senhor I Santo é o Senhor.. .. Coragem,levanta-te! Eletechama! Ele te chama! Ele te chama! I Coragem, levanta-te! Ele te 769 ~EIS AÍ O CORDEIRO ama! Ele te ama! Ele te ama! Aleluia, aleluia. aleluia! (3v) I Eis aí o Cordeiro 2. Chamando atercoragem: convite a me levantar. de Deus! I Senhor. na tua passagem aqui por este lugar, ! Ele tira o pecado do mundo (3v) ; Eis aí o .... nos traga um sopro de vida, um 110VO raio de luz. I a graça que rios convida a caminhar com Jesus. Ele nos dará a sua paz (3v) -I Eis aí o .... 765 - o SENHOR

Ã9.

CANTOS IIVEISOS

145

.,J.
3. Eu quero ver novamente e ouvir o teu grande amor. I "Deixa de ser mendicante, a tua fé te salvou!" / Larguei o meu manto e parti na direção de Jesus, / e a liberade senti, guiado por tua luz! 4.AhistóriadeBartimeuéahistóriadahumanidOOe, I da vida que renasceu de um grito por liberdade. I A vocação é chamado, sim em resposta e missão Ide um povo de Deus amado que doa o seucoração. 5. E aqui estamos. Senhor, a Igreja em mutirão, I no mais sublime louvor e na mais profunda oração.! Queremos j untos viver a fé no Deus que nos amai e. com coragem, dizer um sim ao Deus que nos chama.

Eu creio sim (4v).

775 - EU

CREIO NA SEMENTE

~ ~ ~ ~ ~ ~

na vida da gente, eu creio no amor.:1I I. No canto sonoro da ave que voa I a liberdade é um grito bem alto, ressoa. I No jovem

li: Eu creio na semente lançada na terra, I

(Hino do 9Q Congr. Nac. da Past. Familiar) Casimiro Nogueira I. Família é uma pequena Igreja missionária I onde se partilha a fé e a comunhão, / formando 776 - O MESMO ROSTO Jorge Trevisol núcleos de uma nova humanidade I e sendo 1. Dizem que o sol deixou de brilhar, I que as testemunha deste reino em construção. flores mais belas não perfumam mais. I Que 11: Família missionária, ! esperança de um os jovens teriam deixado de amar, / de crer na milênio novo. ! Partilha solidária, núcleo esperança de poder mudar. / Que as lutas e os sagrado no meio do povo.:1I sonhos, o vento espalhou. ! E que envelhece2. Família missionária é porta que se abre I ao ram as forças do amor. projeto de Jesus e sua missão.! E esperança do 2. Se fosse assim, me digam vocês, I de quem é amanhã já semeada, / é porta-voz do Evangelho o rosto que ainda sorri? I De quem é o grito que junto aos irmãos. . nos faz tremer / defendendo a vida e um modo 3. Família missionária no milênio novo / de ser'? / De quem são os passos marcados no testemunha pelas obras, pela fé, / no diálogo, no chão I e o lindo compasso de um só coração? serviço e anúncio do Reino, I seguindo os passos 3. Enquanto existir um raio de luz! e uma da Família de Nazaré, esperança que a todos conduz.r persiste a cer4. Família que, unida, reza e trabalha I sempre teza plantada no chão. I Ternura e beleza não permanece unida pelo amor. / Se faz fermento, acabarão, I pois a juventude que sabe guardar sale luz na sociedade,! evangeli zacom expressão I do amor e da vida não vão descuidar. nova e novo sabor. 4. O rosto de Deus é jovem também. ! E o sonho mais lindo é Ele que tem. I Deus não 774 - DA MÃE TERRA Hino do IQ Congr. Nac. da PJR envelhece, tampouco morreu.! Continua vivo I. Em busca de terra e pão nós vivemos a no povo que é seu. I Se a juventude viesse a lutar. I A vida, a libertação, nós queremos faltar, ! o rosto de Deus iria mudar. transformar, I quebrando as muralhas, sinais vivos de opressão, / fazer nascer o novo pra poder enfim cantar.

773 - FAMÍLIA

MISSIONÁRIA

que luta a esperança se faz! / A semente que nasce é vitória da paz! 2. Na voz dos pequenos reunidos em prece, I no serviço e louvor, vida nova acontece! I Na força do povo novo dia já bri lha, ! na mesa de todos. eis o pão da partilha. 3. Nas mãos que semeiam o sonho de Deus, I na terra de lodos, presente do céu, / renasce a alegria no rosto do povo. I Com certeza, veremos um mundo mais novo.

!)
~ ~

"!)
~ ~

e
~ ~ ~ ~

!)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

.,
:>
~ ~ ~ ~

777 - FLORIÔ

2. Defende o teu projeto, juventude em Missão. poder fazer roçado e o Brasil se alimentar. I Semeando nesta terra, ver a edificação I de uma 2. Com sacrifício debaixo da lona preta, / ininova sociedade com direito de sonhar I onde reine migo fez careta, mas o povo atravessou.! Rom- . a igualdade pra poder enfim cantar. peram cercas que cercam a filosofia / de ter 3. Desperta, luta e cresce, cidadão em movi- paz e harmonia para quem planta o amor. mento! I Juventude roceira, não cai no esque- 3. Erguendo a fala, grjtando Reforma Agrária I cimento. ! Ousamos um projeto pra quem vive porque a luta não para quando se conquista o chão. lá na roça: / Que esta terra seja nossa pra po- !Fazendo estudo, juntando a compa-nheirada, I der enfim cantar. criando cooperativa para avançar a produção.

Da Mãe Terra o pão, 00, 00, 00,/ do Trabalho L Povo sem terra fez a guerra por justiça ! a Dignidade. 1/: Juventude organizada! visto que não tem preguiça este povo de pegar constmindo a Igualdade.:/I ! cabo de foice, também cabo de enxada I pra

Arroz deu cacho e o feijão Ooriô, I milho na palha, coração cheio de amor.

e
=>
MIIt.

146

e

Nosso Livro CANTAI AO SENHOR traz, desde a 1a. edição (1993), 06 Orações Eucarísticas: Il, 111,V, VI-B, VIl e IX. Essas eram as Orações Eucarísticas mais indicadas pelas Equipes de Liturgia e mais usadas pelos Padres nas comunidades. No entanto, atendendo a sugestões e pedidos, sobretudo de alguns padres, resolvemos acrescentar as outras Orações Eucarísticas flue ainda faltavam (ficou de fora apenas a Primeira, por ser muito longa). Nosso Livro oferece agora uma rica e variada opção, tanto para os padres como para as Equipes que preparam a Liturgia. Visando facilitar a sua localização, apresentamos aqui a indicação das respectivas páginas:

Oração Oração Oração Oração Oração

Eucarística Eucarística Eucarística Eucarística Eucarística

II III IV.................. V VI - A

29 Oração Eucarística VI - D Para diversas circunstâncias IV .. 29 Oração Eucarística VII 147 Sobre a reconciliação I... . 30 Oração Eucarística VIII
Sobre a reconciliação I.I. . . . .

151
31

Para diversas circunstâncias 1...... 149 Oração Eucarística IX Para missa com Crianças 1.. Oração Eucarística VI - B Oração Eucarística X Para diversas circunstâncias fi...... 32 Para missa com Crianças 11 Oração Eucarística VI -C Oração Eucarística XI Para diversas circunstâncias Ill ...

152
33

153 154

150

Para missa com Crianças In

ORAÇÃO EUCARÍSTICA IV
Padre: Todos: Padre: Todos: Padre: nós, e, por nossa voz, tudo o que criastes, celebramos o vosso nome, cantando (dizendo) a uma só voz: Todos: Santo, Santo, Santo, Senhor, Deus do universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem Todos: É nosso dever e nossa salvação. em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Padre: Na verdade, ó Pai, é nosso dever dar- Padre: Nós proclamamos a vossa grandevos graças, é nossa salvação dar-vos glória: só za, Pai santo, a sabedoria e o amor com que vós sois o Deus vivo e verdadeiro que existis fizestes todas as coisas: criastes o homem e antes de todo o tempo e permaneceis para sem- a mulher à vossa imagem e lhes confiastes pre, habitando em luz inacessível. Mas, porque todo o universo, para que, servindo a vós, sois o Deus de bondade e a fonte da vida, fizestes seu Criador, dominassem toda criatura. E todas as coisas para cobrir de bênçãos as vossas quando pela desobediência perderam a voscriaturas e a muitos alegrar com a vossa luz. sa amizade, não os abandonastes ao poder Todos: Alegrai-nos, ó Pai, com a vossa luz! da morte, mas a todos socorrestes com bonPadre: Eis, pois, diante de vós todos os anjos dade, para que, ao procurar-vos, vos pudesque vos servem e glorificam sem cessar, con- sem encontrar. busaun! templando a vossa glória. Com eles, também 1bdos: ~combondade,osquevos O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós. Corações ao alto. O nosso coração está em Deus. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

147

Padre: E, ainda mais, oferecestes muitas vezes Eis o mistério da fél aliança aos homens e às mulheres e os instruístes Todos: Anunciamos, Senhor, a vossa morte pelos profetas na esperança da salvação. E de e proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, tal modo, Pai santo, amastes o mundo que, che- Senhor Jesus! gada a plenitude dos tempos, nos enviastes vosPadre: Celebrando, agora, ó Pai, a memória so próprio Filho para ser o nosso Salvador. da nossa redenção, anunciamos a morte de Todos: Por amor nos enviastes vosso Filho! Cristo e sua descida entre os mortos, proclaPadre: Verdadeiro homem, concebido do Es- mamos a sua ressurreição e ascensão à vossa pírito Santo e nascido da Virgem Maria, vi- direita, e, esperando a sua vinda gloriosa, nós veu em tudo a condição humana, menos o vos oferecemos o seu Corpo e Sangue, sacripecado, anunciou aos pobres a salvação, aos fício do vosso agrado e salvação do mundo oprimidos, a liberdade, aos tristes, a alegria. inteiro. E para realizar o vosso plano de amor, entreTodos: Recebei, ó Senhor, a nossa oferta! gou-se à morte e, ressuscitando dos mortos, Padre: Olhai, com bondade, o sacrifício venceu a morte e renovou a vida. que destes à vossa Igreja e concedei aos Todos: Jesus Cristo deu-nos vida por sua que vamos participar do mesmo pão e do morte! mesmo cálice que, reunidos pelo Espírito Padre: E, a fim de não mais vivermos para Santo num só corpo, nos tornemos em nós, mas para ele, que por nós morreu e res- Cristo um sacrifício vivo para o louvor da suscitou, enviou de vós, ó Pai, o Espírito San- vossa glória. to, como primeiro dom aos vossos fiéis para Todos: Fazei de nós um sacrifício de louvor! santificar todas as coisas, levando à plenitude Padre: E agora, ó Pai, lembrai-vos de todos a sua obra. pelos quais vos oferecemos este sacrifício: o Todos: Santificai-nos pelo dom do vosso Esvosso servo o papa N ... , o nosso Bispo N ... , os pírito! bispos do mundo inteiro, os presbíteros e toPadre: Por isso, nós vos pedimos que o mes- dos os ministros, os fiéis que, em torno deste mo Espírito Santo santifique estas oferendas, altar, vos oferecem este sacrifício, o povo que a fim de que se tornem o Corpo e o Sangue de vos pertence e todos aqueles que vos procuJesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, para ram de coração sincero. celebrarmos este grande mistério que ele nos Todos: Lembrai-vos. ó Pai. dos vosso filhos! deixou em sinal da eterna aliança. Padre: Lembrai-vos também dos que morreTodos: Santificai nossa oferenda pelo Espírito! ram na paz do vosso Cristo e de todos os morPadre: Quando, pois, chegou a hora, em que tos dos quais só vós conhecestes a fé. por vós, ó Pai, ia ser glorificado, tendo amado Todos: A todos saciai com vossa glória! os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim. Enquanto ceavam, ele tomou o pão, deu Padre: E a todos nós, vossos filhos e filhas, graças, e o partiu e deu a seus discípulos di- concedei, ó Pai de bondade, que, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, com os Apóstolos zendo: e todos os Santos, possamos alcançar a heTOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR rança eterna no vosso reino, onde, com todas as criaturas, libertas da corrupção do peVÓS. cado e da morte, vos glorificaremos por CrisDo mesmo modo, ele tomou em suas mãos o to, Senhor nosso. cálice com vinho, deu graças novamente, e o Todos: Concedei-nos o convívio dos eleitos! deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É CÁ- Padre: Por ele dais ao mundo todo bem e toda LICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA graça. Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI agora e para sempre. ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Todos: Amém.

°

148

ORAÇÃO EUCARÍSTICA VI -A A Igreja a caminho da unidade
Padre: Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças e cantar-vos um hino de glória e louvor, Senhor, Pai de infinita bondade. Pela palavra do Evangelho do vosso Filho reunistes uma só Igreja de todos os povos, línguas e nações. Vivificada pela força do vosso Espírito não deixais, por meio dela, de congregar na unidade todos os seres humanos. Assim, manifestando a aliança do vosso amor, a Igreja transmite constantemente a alegre esperança do vosso reino e brilha como sinal da vossa fidelidade que prometestes para sempre em Jesus Cristo, Senhor nosso. Por esta razão, com todas as virtudes do céu, nós vos celebramos na terra, cantando (dizendo) com toda a Igreja a uma só voz: Todos: Santo, Santo, Santo, Senhor, Deus do universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Padre: Na verdade, vós sois santo e digno de louvor, ó Deus, que amais os seres humanos e sempre os assistis no caminho da vida. Na verdade, é bendito o vosso Filho, presente no meio de nós, quando nos reunimos por seu amor. Como outrora aos discípulos, ele nos revela as Escrituras e parte o pão para nós. Todos: O vosso Filho permaneça entre nós! Padre: Nós vos suplicamos, Pai de bondade, que envieis o vosso Espírito Santo para santificar estes dons do pão e do vinho, a fim de que se tornem para nós o Corpo e o Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo. Todos: Mandai o vosso Espírito Santo! Padre: Na véspera de sua paixão, durante a última Ceia, ele tomou o pão, deu graças e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo: TOMAr, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Eis o mistério da fé! Todos: Todas as vezes que comemos deste pão e bebemos deste cálice, anunciamos, Senhor, a vossa morte, enquanto esperamos a vossa vinda! Padre: Celebrando, pois, ó Pai santo, a memória de Cristo, vosso Filho, nosso Salvador que pela paixão e morte de cruz fizestes entrar na glória da ressurreição e colocastes à vossa direita, anunciamos a obra do vosso amor até que ele venha, e vos oferecemos o pão da vida e o cálice da bênção. Olhai com bondade para a oferta da vossa Igreja. Nela vos apresentamos o sacrifício pascal de Cristo, que vos foi entregue. E concedei que, pela força do Espírito do vosso amor sejamos contados, agora e por toda a eternidade. entre os membros do vosso Filho, cujo Corpo e Sangue comungamos. Todos: Aceitai, ó Senhor. a nossa oferta! Padre: Renovai, Senhor, à luz do Evangelho, a vossa Igreja ( que está em N.). Fortalecei o vínculo da unidade entre os fiéis leigos e os pastores do vosso povo, em comunhão com o nosso Papa N. e o nosso Bispo N. e os bispos do mundo inteiro, para que o vosso povo. neste mundo dilacerado por discórdias. brilhe como sinal profético de unidade e de pU7. Todos: Confirmai na caridade o vosso povo! Padre: Lembrai-vos dos nossos irmãos e irmãs (N. e N.), que adormeceram na paz do vosso Cristo, e de todos os falecidos, cuja fé só vós conhecestes: acolhei-os na luz da vossa face e concedei-lhes, no dia da ressurreição, a plenitude da vida. Todos: Coneedei-lhes, ó Senhor, a luz eterna!

Padre: Concedei-nos ainda, no fim da nossa peregrinação terrestre, chegarmos todos à morada eterna, onde viveremos para sempre Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele, tomando convosco. E em comunhão com a bem-aveno cálice em suas mãos, deu graças novamente, turada Virgem Maria com os Apóstolos e Mártires, (com S. N.: santo do dia ou Patrono) e o entregou a seus discípulos, dizendo: e todos os Santos, vos louvaremos e glorificaTOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁremos, por Jesus Cristo, vosso Filho. Por CrisLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA to, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai todoNOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS a honra e toda a glória, agora e para sempre. PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI Todos: Amém. ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.

149

ORAÇÃO EUCARÍSTICA
Padre: Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação, dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Pai santo, Senhor do céu e da terra, por Cristo, Senhor nosso. Pela vossa Palavra criastes o uni verso e em vossa justiça tudo governais. Tendo-se encarnado, vós nos destes o vosso Filho como mediador. Ele nos dirigiu a vossa palavra, convidando-nos a seguir seus passos. Ele é o caminho que conduz para vós, a verdade que nos liberta e a vida que nos enche de alegria. Por vosso Filho, reunis em uma s6 família os homens e as mulheres, criados para a glória de vosso nome, redimidos pelo sangue de sua cruz e marcados com o selo do vosso Espírito. Por essa razão, agora e sempre, nós nos unimos à multidão dos Anjos e dos Santos cantando (dizendo) a uma só voz: Todos: Santo, Santo, Santo, Senhor, Deus do universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Padre: Na verdade, vós sois santo e digno de louvor, ó Deus, que amais os seres humanos e sempre os assistis no caminho da vida. Na verdade, é bendito o vosso Filho, presente no meio de nós, quando nos reunimos por seu amor. Como outrora aos discípulos, ele nos revela as Escrituras e parte o pão para nós. Todos: O vosso Filho permaneça entre nós! Padre: Nós vos suplicamos, Pai de bondade, que envieis o vosso Espírito Santo para santificar estes dons do pão e do vinho, a fim de que se tornem para nós o Corpo e o Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo. Todos: Mandai o vosso Espírito Santo! Padre: Na véspera de sua paixão, durante a última Ceia, ele tomou o pão deu graças e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo: TOMA!, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele, tomando o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o entregou a seus discípulos, dizendo: TOMA!, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Eis o mistério da fé!

VI - C

Todos: Salvador do mundo, salvai-nos, vós que nos libertastes pela cruz e ressurreição. Padre: Celebrando, pois, ó Pai santo, a memória de Cristo, vosso Filho, nosso Salvador que pela paixão e morte de cruz fizestes entrar na glória da ressurreição e colocastes à vossa direita, anunciamos a obra do vosso amor até que ele venha, e vos oferecemos o pão da vida e o cálice da bênção. Olhai com bondade para a oferta da vossa Igreja. Nela vos apresentamos o sacrifício pascal de Cristo, que vos foi entregue. E concedei que, pela força do Espírito do vosso amor sejamos contados, agora e por toda a eternidade, entre os membros do vosso Filho, cujo Corpo e Sangue comungamos. Todos: Aceitai, ó Senhor, a nossa oferta! Padre: Pela participação neste mistério, ó Pai todo-poderoso, santificai-nos pelo Espfrito e concedei que nos tornemos semelhantes à imagem de vosso Filho. Fortalecei-nos na unidade, em comunhão com o nosso Papa N. e o nosso Bispo N., com todos os Bispos, presbíteros e diáconos e todo o vosso povo. Todos: O VO!lSO Espírito nos Wl3 num só corpo! Padre: Fazei que todos os membros da Igreja, à luz da fé, saibam reconhecer os sinais dos tempos e empenhem-se, de verdade, no serviço do Evangelho. Tornai-nos abertos e disponíveis para todos, para que possamos partilhar as dores e as angústias, as alegrias e as esperanças, e andar juntos no caminho do vosso reino. Todos: Caminhamos no amor e na alegria! Padre: Lembrai-vos dos nossos irmãos e irmãs (N. e N.), que adonneceram na paz do vosso Cristo,e de todosos falecidos,cuja fé só vós conhecestes: acolhei-os na luz da vossa face e concedei-lhes, no dia da ressurreição, a plenitude da vida. Todos: Concedei-Ihes, ó Senhor, a luz eterna! Padre: Concedei-nos ainda, no fim da nossa peregrinação terrestre, chegarmos todos à morada eterna, onde viveremos para sempre convosco. E em comunhão com a bem-aventurada Virgem Maria, com os Apóstolos e Mártires, (com S. N.: santo do dia ou patrono) e todos os Santos, vos louvaremos e glorificaremos, por Jesus Cristo, vosso Filho. Por Cristo, com Cristo. em Cristo, a vós, Deus Pai todopoderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. Todos: Amém.

150

ORAÇÃO EUCARÍSTICA VI - D Jesus passou fazendo o bem .
Padre: Na verdade, é justo e necessário. É nosso dever e salvação, dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Pai misericordioso e Deus fiel. Vós nos destes vosso Filho Jesus Cristo, nosso Senhor e Redentor. Ele sempre se mostrou cheio de misericórdia pelos pequenos e pobres, pelos doentes e pecadores, colocando-se ao lado dos perseguidos e marginalizados. Com a vida e a palavra anunciou ao mundo que sois Pai e cuidais de todos como filhos e filhas. Por essa razão, com todos os Anjos e Santos, nós vos louvamos e bendizemos, e proclamamos o hino de vossa glória, cantando (dizendo) a uma só voz: Todos: Santo, Santo, Santo, Senhor, Deus do universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Padre: Na verdade, vós sois santo e digno de louvor, Deus, que amais os seres humanos e sempre os assístis no caminho da vida. Na verdade, é bendito o vosso Filho, presente no meio de nós, quando nos reunimos por seu amor. Como outrora aos discípulos, ele nos revela as Escrituras e parte o pão para nós. Todos: O vosso Filho permaneça entre nós! Padre: Nós vos suplicamos, Pai de bondade, que envieis o vosso Espírito Santo para santificar estes dons do pão e do vinho, a fim de que se tornem para nós o Corpo e o Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo. Todos: Mandai o vosso Espírito Santo! Padre: Na véspera de sua paixão, durante a última Ceia, ele tomou o pão, deu graças e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo: TOMA!, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele, tomando o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o entregou a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Eis o mistério da fé! Todos: Anunciamos, Senhor, a vossa morte e proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!
ô

Padre: Celebrando, pois, ó Pai santo, a memória de Cristo, vosso Filho, nosso Salvador que pela paixão e morte de cruz fizestes entrar na glória da ressurreição e colocastes à vossa direita, anunciamos a obra do vosso amor até que ele venha, e vos oferecemos o pão da vida e o cálice da bênção. Olhai com bondade para a oferta da vossa Igreja. Nela volt a,presel'ltamos o sacrifício pascal de Cristo. que Vos fôl. entregue. E concedei que, pela força do Espírito do vosso amor sejamos contados, agora e por toda a eternidade, entre os membros ~ovosso Filho, cujo Corpo e Sangue comungamos. Todos: Aceitai, ó Senhor, a nÔSsa oferta! Padre: Senhor Deus, conduzi a vossa Igreja à perfeição na fé e no amor, em comunhão com o nosso Papa N., o nosso Bispo N., com todos os Bispos, presbíteros e diáconos e todo o povo que conquistastes. Todos: Confirmai o vosso povo na unidade! Padre: Daí-nos olhos para ver as necessidades e os sofrimentos dos nossos irmãos e irmãs; inspirai-nos palavras e ações para confortar os desanimados e oprimidos; faze i que, a exemplo de Cristo, e seguindo o seu mandamento, nos empenhemos lealmente no serviço a ele. Vossa Igreja seja testemunha viva da verdade e da liberdade, da justiça e da paz, para que toda a humanidade se abra à esperança de um mundo novo. Todos: Ajudai-nos a criar um mundo novo! Padre: Lembrai-vos dos nossos irmãos e irmãs (N. e N.), que adormeceram na paz do vosso Cristo, e de todos os falecidos, cuja fé só vós conhecestes: acolhei-os na luz da vossa face e concedei-lhes, no dia da ressurreição, a plenitude da vida Todos: Concedei-Ihes, ó Senhor, a luz eterna! Padre: Concedei-nos ainda, no fim da nossa peregrinação terrestre, chegarmos todos à morada eterna, onde viveremos para sempre convosco. E em comunhão com a bem-aventurada Virgem Maria, com os Apóstolos e Mártires, (com S. N.: santo do dia ou patrono) e todos os Santos vos louvaremos e glorificaremos, por Jesus Cristo, vosso Filho, Por Cristo, com Cristo, em Cristo, "ti. vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade' do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. Todos: Amém.

151

ORAÇÃO EUCARÍSTICA VIII Sobre a Reconciliação - 11
Padre: Todos: Padre: Todos.' Padre: Todos: O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós. Corações ao alto. O nosso coração está em Deus. Demos graças ao Senhor, nosso Deus. É nosso dever e nossa salvação. TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Naquela mesma noite, tomou nas mãos o cálice e, proclamando a vossa misericórdia, o deu a seus discípulos, dizendo:

Padre: Nós vos agradecemos, Deus Pai todo- TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁpoderoso, e por causa de vossa ação no mun- LICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA do vos louvamos pelo Senhor Jesus. No meio NOVA E ElERNA ALIANÇA, QUE SERÁ da humanidade, dividida em contínua discór- DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS dia, sabemos por experiência que sempre PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. levais as pessoas a procurar a reconciliação. Vosso Espírito Santo move os corações, de Eis o mistério da fé! modo que os inimigos voltem à amizade, 'os Todos: Anunciamos, Senhor, a vossa morte adversários se dêem as mãos e os povos proe proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, curem reencontrar a paz. Senhor Jesus! Todos: Fazei-nos, ó Pai, instrumentos de Padre: Ó Deus, Pai de misericórdia, vosso vossa paz! Filho nos deixou esta prova de amor. CelePadre: Sim, ó Pai, porque é obra vossa que a brando a sua morte e ressurreição, nós vos busca da paz vença os conflitos, que o perdão damos aquilo que nos destes: o sacrifício da supere o ódio, e a vingança dê lugar à reconperfeita reconciliação. ciliação. Por tudo de bom que fazeis, Deus de , misericórdia, não podemos deixar de vos lou- Todos: Glória e louvor ao Pai, que em Crisvar e agradecer. Unidos ao coro dos reconcili- to nos reconciliou! ados cantamos (dizemos) a uma só voz; Padre: Ele nos conserve em comunhão com o Todos: Santo, Santo, Santo, Senhor, Deus do Papa N. e nosso Bispo N., com todos os bisuniverso! O céu e a terra proclamam a vossa pos e o povo que conquistastes. Fazei de vosglória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem sa Igreja sinal da unidade entre os seres huem nome do Senhor! Hosana nas alturas! manos e instrumento da vossa paz. . Padre: Deus de amor e de poder, louvado sois Todos: Glória e louvor ao Pai, que em Cris • em vosso Filho Jesus Cristo, que veio em vos- to nos reconciliou! so nome. Ele é a vossa palavra que liberta e Padre: Assim como aqui nos reunistes, ó Pai, salva toda a humanidade. Ele é a mão que à mesa do vosso Filho em união com a Virestendeis aos pecadores. Ele é o caminho pelo gem Maria, Mãe de Deus, e com todos os sanqual nos chega a vossa paz. tos, reuni no mundo novo, onde brilha a vosTodos: Fazeí-nos, ó Pai, instrumentos de sa paz, os homens e as mulheres de todas as vossa paz! classes e nações, de todas as raças e línguas, Padre: Deus, nosso pai, quando vos abando- para a ceia da comunhão eterna, por Jesus namos, vós nos reconduzistes por vosso Fi- Cristo, nosso Senhor. lho, entregando-o à morte para que voltásseTodos: Glória e louvor ao Pai, que em Crísmos a vós e nos amássemos uns aos outros. to nos reconciliou! Por isso, celebramos a reconciliação que vosso Filho nos mereceu. Cumprindo o que ele Padre: Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a nos mandou, vos pedimos: Santificai, por vos- vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do so Espírito, estas oferendas. Antes de dar a Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, vida para nos libertar, durante a ceia, Jesus agora e para sempre. tomdu o pão, pronunciou a bênção de ação de Todos: Amém. Amém, louvor e glória ao Pai graças e o entregou a seus discípulos, dizendo: que em Cristo nos reconciliou!

152

ORAÇÃO EUCARÍSTICA X Para missas com Crianças - 11
Padre: O Senhor esteja convosco. Todos: Ele está no meio de nós. Padre: Corações ao alto. Todos: O nosso coração está em Deus. Padre: Demos graças ao Senhor, nosso Deus. Todos: É nosso dever e nossa salvação. Padre: Ó Pai querido, como é grande a nossa alegria em vos agradecer e, unidos com Jesus, cantar vosso louvor. Vós nos amais tanto que fizestes para nós este mundo tão grande e tão bonito. Todos: Louvado seja o Pai, que tanto nos amou! Padre: Pai, vós nos amais tanto que nos destes vosso Filho Jesus para que ele nos leve até vós. Vós nos amais tanto que nos reunis em vosso Filho Jesus, como filhos e filhas da mesma famOia. Todos: Louvado seja o Pai, que tanto nos amou! Padre: Por este amor tão grande queremos agradecer. Com os anjos e os santos, alegres, cantamos (dizemos) a uma só voz: Todos: Santo, Santo, Santo, Senhor, Deus do universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Padre: Sim, louvado seja vosso Filho Jesus, amigo das crianças e dos pobres. Ele nos veio ensinar a amar a vós, Ó Pai, como filhos e filhas e amarnos uns aos outros, como irmãos e irmãs. Todos: Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Padre: Jesus veio tirar do coração a maldade que não deixa ser amigo e amiga e trazer o amor que faz a gente ser feliz. Ele prometeu que o Espírito Santo ficaria sempre em nós para vivermos como filhos e filhas de Deus. Todos: Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Padre: Enviai, ó Deus nosso Pai, o vosso Espírito Santo para que este pão e este vinho se tomem o Corpo e o Sangue de Jesus, nosso Senhor. Todos: Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Padre: Antes de morrer Jesus nos mostrou como é grande vosso amor. Quando ele estava à mesa com os apóstolos, tomou o pão e rezou, louvando e agradecendo. Depois partiu o pão e o deu a seus amigos, dizendo: TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Todos: Jesus, dais a vida por todos nós! Padre: Depois Jesus tomou o cálice com vinho, de novo rezou e agradeceu, e o deu a cada um dizendo: TOMA!, TODOS, E BEBEl: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS, PARA REMISSÃO DOS PECADOS. E também disse: FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Todos: Jesus, dais a vida por todos nós! Padre: Por isso lembramos agora, Pai querido, a morte e a ressurreição de Jesus, que salvou o mundo. Ele mesmo se colocou em nossas mãos para ser este sacrifício que agora vos oferecemos. E assim somos cada vez mais atraídos para vós. Todos: Glória e louvor a Jesus que nos leva ao Pai! Padre: Escutai vossos filhos e filhas, ó Deus Pai, e concedei-nos o Espírito de amor. Nós, que participamos desta refeição, fiquemos sempre mais unidos, na vossa Igreja, com o Papa N., e com nosso Bispo N., com todos os outros bispos e com aqueles que servem o vossopovo. Todos: Glória e louvor a Jesus que nos leva ao Pai! Padre: Pedimos por aqueles que amamos (N.N.) e também por aqueles que ainda não amamos bastante. Lembrai-vos dos que morreram (N.N.): sejam todos recebidos com amor na vossa casa. Um dia, enfim, reuni a todos nós em vosso Reino para vivermos com Maria, Mãe de Deus e nossa Mãe, a festa que no céu nunca se acaba. Então, com todos os amigos de Jesus, poderemos cantar para sempre o vosso amor. Todos: Glória e louvor a Jesus que nos leva ao Pai! Padre: Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. Todos: Amém.

153

..J

ORAÇÃO EUCARÍSTICA XI Para missas com Crianças - m
Padre: O Senhor esteja convosco. Todos: Ele está no meio de nós. Padre: Corações ao alto. Todos: O nosso coração está em Deus. Padre: Demos graças ao Senhor, nosso Deus. Todos: É nosso dever e nossa salvação. Padre: Muito obrigado porque nos criastes, ó Deus. Querendo bem uns aos outros, viveremos no vosso amor. Vós nos dais a grande alegria, de encontrar nossos amigos e conversar com eles. Podemos assim repartir com os outros as coisas bonitas que temos e as dificuldades que passamos. Do mesmo modo, tomou nas mãos o cálice com vinho e agradeceu de novo. Deu o cálice a seu amigos, dizendo: TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS, PARA REMISSÃO DOS PECADOS. E disse também: FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Todos: Glória a Jesus, nosso Salvador!

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

:>
~

Padre: Por isso, ó Pai, estamos aqui reunidos diante de vós e cheios de alegria recordamos o que Jesus fez para nos salvar. Neste sacrifício, Todos: Estamos alegres, ó Pai, e vos agraque ele deu à sua Igreja, celebramos a morte e decemos! a ressurreição de Jesus. Nós vos pedimos, ó Pai Padre: Por isso estamos contentes, ó Pai, e do céu, aceitai-nos com vosso amado Filho. Ele aqui vimos para agradecer. Com todos os que quis sofrer a morte por amor de nós, mas vós o acreditam em vós e com os Anjos e Santos ressuscitastes; por isso vos louvamos. vos louvamos cantando (dizendo): Todos: Com Jesus oferecemos, ó Pai, a nosTodos: Santo, Santo, Santo, Senhor, Deus do sa vida! universo! O céu e a terra proclamam a vos- Padre: Jesus agora vive junto de vós, ó Pai, mas sa glória. Rosana nas alturas! ao mesmo tempo ele está aqui conosco. No fim Padre: Sois santo, ó Pai. Amais todas as pes- do mundo ele voltará vitorioso: no seu Reino soas do mundo e sois muito bom para n6s. ninguém mais vai chorar, ninguém mais vai fiAgradecemos em primeiro lugar porque nos car triste. Vós nos chamastes, 6 Pai do céu, para destes vosso Pilho Jesus Cristo. Ele veio ao que nesta mesa recebamos o Corpo de Jesus, na mundo, porque as pessoas se afastaram de vós alegria do Espírito Santo. Assim alimentados, e não se entendem mais. Jesus nos abriu os queremos agradar-vos sempre mais. olhos e os ouvidos para compreendermos que Todos: Com Jesus oferecemos, ó Pai, a nossomos irmãos e irmãs da família em que sois sa vida! o nosso Pai. É Jesus que agora nos reúne em volta desta mesa para fazermos, bem unidos, Padre: Pai de bondade, ajudai o Papa N. E nosso Bispo N. e os outros bispos da Igreja. o que na ceia fez com seus amigos. Ajudai também os amigos de Jesus, para que Todos: Glória a Jesus, nosso Salvador! vivam em paz no mundo inteiro e façam a Padre: Pai, vós que sois tão bom, mandai vos- todos bem felizes. Fazei que, um dia, estejaso Espírito Santo para santificar este pão e mos junto a vós com Maria, a Mãe de Deus, e este vinho. Eles serão assim o Corpo e o San- com todos os santos, morando para sempre gue de Jesus Cristo, vosso Pilho. Antes de em vossa casa com Jesus. morrer por amor de nós, Jesus, pela última Todos: Com Jesus oferecemos, ó Pai, a nosvez, pôs-se à mesa com seus apóstolos. TQ- sa vida! mau o pão nas mãos e agradeceu. Partiu o pão Padre: Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a e o deu a seus amigos, dizendo: vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do TOMA!, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, CORPO QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. agora e para sempre. Todos: Glória a Jesus, nosso Salvador! Todos: Amém.

:)
~ ~ ~ ~

!'
~

.,
~ ~

!)

':)
~ ~ ~ ~ ~

:>
~

':)
~ ~ ~ ~ ~

154

~

780-ACLAMAÇÃO
L.: Lecionârio

AO EVANGELHO

(Ano A) - M.: Ir. Mfria T. Kolling

Missa da CF - 2002
Tema: A Fraternidade e os Povos Indígenas Lema: Por uma Terra sem males

Louvor e glória a ti, Senhor, / Cristo Palavra, Palavra de Deus. O homem não vive somente de pão, / mas de toda a palavra da boca de Deus. Outros versos; Ver o Lecionârio Dominical

778 - COMO TODOS OS ÍNDIOS
L: Ir. Natalina Grande - M.: Pe. Pier Giorgio Bellucco

781- QJANOOOOrm O OOO'IOCARBM
Oferendas - Renato Parmagnani eEduardo Milken 1. Quando os pés o chão tocarem f para a dança começar; I quando as mãos se entrelaçarem f vida nova há de brotar. 2. Toma, ó Pai, o amor perfeito I pelo rio, a mata, a flor ... I Que o índio traz no peito: I É louvor ao Criador! Uma só será a mesa, I Terra-mãe será o altar. I O sustento, a natureza. I em milagres, vai nos dar! 3. Eis aqui, Senhor, as dores f deste CristoPovo-Irmão. / Sejam hinos seus clamores I na defesa de seu chão. 4. Nova Terra nós sonhamos I onde todos têm lugar. f Os direitos nós buscamos: I Vida, pão, respeito, lar... 5. Povos todos, terra inteira / te pertencem, ó Senhor! f Que os males e as fronteiras I dêem lugar ao Pleno Amor.

1. Como todos os índios, sonhamos I uma terra sem males, Senhor. I Convertei-nos de todo o pecado, I do egoísmo que fere o amor! Povos todos, de todas as raças, I vamos juntos louvar o Senhor, I que nos dá no amor sua graça: I é de todos o Deus-Salvador! 2. Uma terra sem males queremos: I mesa farta, partilha do pão, I terra, casa, trabalho, família, I onde brota o calor da união. 3. Pela terra sem males lutamos: I ver sorrisos, direitos iguais, / na corrente infinita que almeja I vida plena de amor e de paz l 4. Jesus Cristo, Profeta de sempre, I nos dá força, coragem, valor! I Nos liberta de todos os males, / faz a todos irmãos no amor!

779 - SALMO RESPONSORIAL
M.: Adenor Leonardo Terra I Domingo: li: Piedade, ó Senhor, tende piedade, I pois pecamos contra vós!:/! Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia! / na imensidão de vosso amor, purificai-me! I Do meu pecado, todo inteiro, me lavai I e apagai completamente a minha culpa! II Domingo: li: Sobre nós venha Senhor, a vossa graça, / venha a vossa salvação!:/! III Domingo: li: Não fecheis, irmãos, o vosso coração, / como outrora no deserto!:/! IV Domingo: //:O Senhor é o pastor que me conduz: / não me falta coisa alguma.:/! V Domingo: 1/: No Senhor é que se encontra o perdão, I copiosa redenção.:/I Domingo de Ramos: lI: Ó meu Deus e Pai, por que me abandonastes,l clamo a vós e não me ouvis?:1I

782 - VAMOS JUNTOS PARA A MESA
L: Pe. José Antônio

Oliveira - M.: Pe. Lucas P.Almeida 1. Vamos j untos para a mesa / do banquete da Aliança / que o Senhor nos preparou. I Esta mesa nos sustenta / nos caminhos da esperança, / nas estradas do amor. uarta- eira de cin Senhor, nesta mesa, buscamos / o alimento que a todos refaz / na procura da terra sem males, I que é penhor da justiça e da paz. I domingo: O poder, o prestígio, a riqueza / nos desviam da nossa missão. / Tha Palavra, porém, nos sustenta; I nos dá força em qualquer tentação. II Domin~o: É tão bom te louvar, ó Senhor; / Como irmãos em tua casa ficar. I Há, porém. muitos rostos no mundo / que precisam se transfigurar. III Domingo: Temos sede, à beira do poço: I falta o balde do amor, do respeito. I Vem, Senhor, saciar nossa sede; / Nos lavar de qualquer preeoncelto,

155

IV Domineo:
Com um toque de amor, tu curaste I quem vivia sozinho e sem luz.I lha graça nos cura a cegueira, I ao serviço e à ré nos conduz.

784 -GLÓRIA A DEUS -Adenor João Terra 11: Glória, glória, glória a Deus nas alturas

I e na terra paz aos homens.:/! 1. Senhor Deus, Rei dos céus, I Deus Pai todoV~ Jesus SalvadOI; Deus da vida, I que nos poderoso, I n6s vos louvamos, I nós vos amasromamorSl'D'l igual!IVem tirar aslDtl8l:'l'a'i: bendizemos, ! nós vos adoramos, I nós vos glorificamos. da morte; libertar-nos da dor e do mal. 2. Nós vos damos graças I por vossa imensa Domineo de Ramos: Entre palmas, Senhor, te aclamamos, I cele- gI6ria.! Senhor Jesus Cristo, Fílho Unigênito. brando o Mistério Pascal I Peregrinos na I Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de fé caminhamos, I construindo a vitória final Deus Pai. 1. Ó Senhor, criaste a terra, I colocaste nela a 3. Vós que tirais o pecado do mundo, I tende vida, I deste ao povo como herança. I Pra teus piedade de nós. I Vós que tirais o pecado do filhos, tuas filhas, I tu sonhaste um paraíso: I mundo, , acolhei a nossa súplica. 4. Vós que estais à direita do Pai, ! tende dom, saudade e esperança. 2. Uma terra sem os males I do egoísmo e vio- piedade de nós. I Só vós sois o Santo, só vós o lência,l da ambição e todo o vício, I é projeto Senhor, I s6 vós o Altíssimo, Jesus Cristo, I do teu Reino, I utopia do teu povo, I nosso com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. sonho e compromisso. 3. Tu visitas esta terra I com as chuvas e o 785-ó SENHOR, EU VOU CANTAR orvalho, I e com a vida que a invade. ! Mas, Salmo - CD 004574 - Paulus - Pe. José Cândida pra muitos falta o solo; ! para tantos, o 1. Ó Senhor, eu vou cantar eternamente I a trabalho; I falta, enfim, fraternidade. 4. Nesta terra, que é de todos, (há indígenas alegria de sentir tua bondade. I É feliz o povo sem rumo I de nações já dizimadas; I há sem- que sempre caminha! confiando em tua luz, em teu olhar. terras e sem-teto,' sem-saúde e sem-escola; I 1/: Pois Deus sempre se lembrou I deste povo há pessoas mal amadas. pecador I mas que busca a verdade e o amor.:l1 5. O Jesus, a Boa NovaI semeaste pelas casas, I pelos campos e cidades. I Convocaste teus 2. Ele envia a seu povo a redenção.! A Aliança . amigos I pra contigo construírem I uma nova é proclamada para sempre. I O seu nome é pra sempre respeitado.! És, Senhor, o nosso Deus sociedade. 6. Que a paz e a justiça,! caminhando de mãos e somos teus.

V Domineo:

dadas, I vençam ódio, a fome, a guerra. I É o que juntos esperamos, I de acordo com a promessa: I "Novos céus e nova terra".

786 -CANTEMOS

e

LOUVORES!

Missa do CORAÇÃO DE JESUS

783 - DEUS

(CD 004567 - Paulus) GRANDE (Entrada)
Ir. Maria Teresa de Jesus

1. Vinde a mim todos vós que estais cansados I sob o peso do trabalho deste dia! ! Eu vos aliviarei, eu vos consolarei, disse Jesus. 11: Sim, tu és o Senhor da minha vida. I Sim, tu és o Deus Altíssimo. I Sim, tu és, 6 Jesus Cristo, lo Deus grande, onipotente.:!1 2. Vinde a mim todos vós, sem esperança. ! Vínde a mim, todos vós, injustiçados. I Eu vos aliviarei, eu vos consolarei, disse Jesus. 3. Tornai sobre v6s O meu jugo, ! aprendei de mim que sou manso e humilde de coração. I Eu vos aliviarei, eu vos consolarei, disse Jesus.

Aclamação - Ir. Míria T. Kolling Aleluia~ aleluia, aleluia, aleluia! 1. Cantemos louvores ao Senhor, I porque tudo fez para nós. . 2. Eterno por nós é seu amor, , é justo e fiel nosso Deus. 3. É Deus que nos fala ao coração: I queremos ouvir sua voz.

787 -

VINHO E PÃO (Ofertório)
Ir. Maria Teresa de Jesus

1. Te oferecerei toda a minha vida, I tudo o que eu tenho, I todo o meu viver,! todo o meu sofrer. 11: Vmbo e pão, frutos da terra, I simples matéria, serão transformados I em alimento, sustento do homem, I teu corpo será.:!1 2. Na simples maneira quiseste morar! no meio de nós, I no meu coração, ! alimento de amor.

156

PÃO DA VIDA (Cotl)llphão) 3. Muitos irmãos. quando ficam doentes, / Ir. Maria Teresa áeJesus penam nas filas esperando atender. 11: Se todos 1. Tu disseste: eu sou o pão / que dá a vida, têm o direito à saúde,! por que é que tantos não 788-JESUS,
que dá vigor. / Quem vem a mim não terá fome / nem terá sede, terá amor. 11: É Jesus, nesta Eucaristia, f que se transforma em alimento, / que me anima, me dá sustento, f na vocação.:/I 2. Sou o pão vivo, vindo do céu. f Quem comer dele vida terá. / É minha carne, e o meu sangue. / Tornai, comei e vivereis. 3. És alimento de salvação. / Transformas a vida de um cristão. / Ó Jesus Cristo crucificado, f entrego a ti meu coração. a podem ter?

792 - ALELUIA, GLÓRIA A CRISTO!
Aleluia, glória a Cristo I que nos veio visitar. I Sua Palavra traz saúde f para a vida, aleluia! 1. "Que todos tenham vida",! diz o Senhor Jesus / "Eu quero tua saúde! / Caminha para a Luz!" . 2. "Escuta a minha Palavra", / exorta o Senhor. / "E não te faltará / saúde, vida, amor".

DE VINHO (Ofertório) Um pouco de vinho, um pouco de pão, f um pouco de vida, um pouco de dor: !trazemos 789 - SEM FRONTEIRAS (Final) Ir: Míria T. Kolling o pouco que é nosso tudo, f pra ser trans1. Sem fronteiras é teu Reino: / não conhece formado f em teu tudo, Senhor! 1. Colocamos neste altar as ofertas dos irmãos raça e nação. / Tua cruz libertadora / é semente, J que oferecem sua doença / numa santa oração. vida em todo chão. f Mas tu queres 2. Colocamos neste altar o empenho dos cristãos mensageiros, / eis a nossa vocação. / Que / que defendem o direito da saúde pros irmãos. proclamem teu amor, / construam tua paz, / 3. Colocamos neste altar a esperança de quem crê convertam corações. / que este mundo serájusto e doença não vai ter. 2. Sem fronteiras é teu Reino: / cabe a cada um o construir, I para que um mundo novo, / 794 - PÃO QUE DÁ SAÚDE (Comunhão) mais humano e justo, possa vir. / Quero ser O pão que dá saúde nós vamos receber. I teu missionário / e por ti me decidir./ Em favor Compromisso com a justiça que é de todos dos meus irmãos, J no pobre e o sofredor / o um dever: f Promover a vida nova e a doenapeio teu sentir./ Sem fronteiras é teu Reino! ça combater.

793 - UM

pouco

Missa dos DOENTES
Paulo Sérgio Soares - CD 004574 - Paulus

AQUI VIEMOS (Entrada) Senhor, aqui viemos pra te louvar. J Com a vida toda, inteira, alegres ou na dor. f Tu és nossa saúde, tu és a salvação. 11: Tu és nosso remédio que nos cura o coração.:fJ 1.Trazemos nossas dores, também as alegrias, J o nosso dia-a-dia, vivido no labor: I doenças que nos cercam f pecados que nos matam / juntamos com os momentos de paz e de amor. 2. Há tantos que padecem num leito de hospital J e muitos não conhecem aonde está o mal. I Doença não é fruto somente do destino. / Também é um problema de ordem social. 791- NA NOSSA VIDA (Salmo Respons.) 1. Na nossa vida há muita tristeza. / O sofrimento é do nosso viver. 11: Mas a Palavra de Deus nos
ensinar/ com esperança iremos vencer.:// 2. Se algum irmão entre nós adoece, / é São Tiago que vem nos dizer: ll : A oração salvará o enfermo! e a unção o fará reviver.:1I

790-SENHOR,

1. Se alguém está enfermo e precisa de oração, I chamai um sacerdote para dar-lhe a unção. f Lutai contra as doenças / que devoram meus irmãos. 2. Se um homem tem pecado, está doente para Deus./ Curai essa doença com este pão que vem dos céus./ Tirai de vós o mal que não vos deixa ser de Deus. 3. Se vossa caridade se limita ao comungar, ! ouvi esta palavra que agora vou falar: / Tereis a minha vida se me fordes anunciar. 4. Se muitos têm doença e poucos têm a solução, / lutai pela justiça e promovei a comunhão. / Saúde é um direito para todos os irmãos. S. Se os homens sofrem tanto / só por causa do "ter mais", / mostrai que só o amor I é que lhes pode dar a paz: / Saúde e bem-estar são frutos que a justiça traz. 6. Se todos têm direito à saúde, ao bem viver, / por que vós vos calais se vedes vosso irmão morrer? J "Que todos tenham vida" f é o que vos vim dizer! 7. O pão que eu vos dou ~ o meu corpo, crede em mim. J Se dele vós comerdes, vós tereis vida sem fim. / Levai ao mundo a vida I e tereis saúde, enfim.

157

pra ser nosso irmão.! E veio até nós Jesus, peregrino 796 - VENHAM PARA A CEIA da Libertação. (Hino oficial do 14S!Congr.Euc. Nacional-Campinas) É nosso alimento: tomai e comei!! É nosso CD 005151 Paulus sustento: tomai e bebei! I "Do pão do L.: DomCarlos A. Navarro - M.: Ir.Miria T. KoJling deserto não mais comereis".! Na mesa do Venham; venham todos para a Ceia do Pai com Jesus sentareis. 2. Jesus peregrino vai sempre conosco, de Senhor! ! Casa iluminada, mesa preparada com paz e amoro! Porta sempre aberta; Pai noite e de dia, I na escola. na rua, no campo e amigo; aguardando, acolhedor. / Vem do alto, trabalho. na nossa família. por Maria, este Pão que vai nos dar.! Pão dos 3. Senhor Jesus Cristo, os dons que nos deste nós vamos partir / com quem não tem nada, Anjos - quem diria! - nos fará ressuscitar. 1. Canta a Igreja, o SACRIFÍCIO que, na Cruz, nem chão nem morada, nem pra onde ir. foi seu início! / E, antes, Jesus quis entregar 4. É nosso modelo de amor-compromisso em fa vor do irmão. / Forçado a migrar, por falta Corpo e Sangue em alimento. I Precioso de emprego, por falta de pão. testamento! I Como não nos alegrar? 5. No céu e na terra, o povo de Deus tenha 2. Para a FONTE "EUCARISTIA" / Vai sedenta muitas moradas. / E a fome de paz, justiça e a romaria. I \blta em MISSÃO de 1RANSFORperdão serão saciadas. MAR I Cada um e todo o povo I Construindo 6. Contigo, Jesus, nós vamos andar, buscando um mundo novo. I Como não nos alegrar ? a verdade. I E neste caminho, vencendo a 3. Com a SOLIDARIEDADE / Renovar a opressão, haverá liberdade. sociedade; I pela justiça e paz lutar. I Vendo o 7. Um dia teremos a mesa paterna, cercada de irpão em cada mesa, I Vida humana com mãos. / É a ceia de todos: não faltará a todos o pão. nobreza. I Como não nos alegrar? 4. A assembléia MANIFESTA: / a Eucaristia 798 - CIRANDA DA COMUNHÃO é festa! / Somos irmãos a CELEBRAR. I Povo CD 005151 Paulus - 141'Congresso Eucarístico Eliomar Ribeiro, SJ santo e penitente, I que se encontra sorridente. Partir O pão na mesa, partilhando em mutirão, I Como não nos alegrar? ! acabando com a fome, fazendo comunhão. 5. Tantos são os EXCLUíDOS, rejeitados, 1. O pão e O vinho, frutos da terra, ! são alimenabatidos. I Há quem já nasce sem lugar. Deus, tos na caminhada 11 As nossas mãos, os nossos porém, nos abre os braços I quer a todos dar o sonhos / são alimentos na caminhada. abraço ! I Como não nos alegrar? 2. Meu irmão índio, sobrevivente, / é resistên6. "FAZEI ISTO", foi a ordem I Morte e Vida cia na caminhada! I Meu irmão negro, axé pra nos recordem: I Prova de amor é partilhar! / gente, ! é resistência na caminhada. Há maior felicidade / No serviço e na 3. Criança e jovem, mulher e homem,! nossos humildade I Como não nos alegrar? irmãos na caminhada! / Desempregados e 7. Pão é carne verdadeira I Vinho é Sangue da abandonados, / nossos irmãos na caminhada! Videira! I Possa tal fé se APROFUNDAR! Se 4. Os nossos mártires, irmãos de sangue. I são o mistério é incompreensível I nossa fé diz que as sementes na caminhada! I Os perseguidos, fiéis na luta / são as sementes na caminhada! é possível. I Como não nos alegrar?

(Final) Jesus, Filho de Davi, curaste o meu coração. ! 'Iua graça recebi, e agora canto esta canção. 1. És saúde dos enfermos, és conforto para a dor, / és o nosso companheiro, nossa vida, nosso amor. 2. És a fonte de água viva, és o sol sempre a brilhar. I És Palavra sempre nova que nos chama a levantar. 3. És o grito dos humildes, és o SIM de nosso Pai. I És a vida sem doenças, onde o mal não se vê mais.

795 - JESUS, FILHO DE DAVI

8. Cristo VIVE, se oferece / Intercede, escuta a prece, I em toda a terra quer morar. I Por amor é prisioneiro, I nos aguarda o dia inteiro I como não nos alegrar? 9. Pode haver amor no mundo I tão real e tão profundo I como se viu Jesus provar? / Ele ensina e nos convida: I OFERTEMOS NOSSA VIDA! / Como não nos alegrar?

797 -o PAIENVIOUO FII.RO QUERIDO
CD 005151 Paulus - 1~ Congresso Eucarístico
Pe. José Freitas Campos

1. O Pai enviou seu Filho querido

158

-

1. Fui convidado pra formar comunidade. / Eu respondi: Tô nessa! / Fui convidado para evangelizar.! Eu respondi: Tô nessa! 1/: Tô nessa porque sou cristão; I fui batizado e tenho uma missão!:// 799 - PRIMEIROS CRISTÃOS -JoãoBento 2. Fui convidado pra ajudar nas pastorais. / //: Os primeiros cristãos sofreram perseguição. Eu respondi: Tô nessa! / Fui convidado pra fazer reflexão. / Eu respondi: Tô nessa! / Mas eles venceram com ação e oração.:// 1. Com a causa do Evangelho eles eram 3. Fui convidado pras Missões Populares. ! Eu comprometidos I e deram testemunho do respondi: Tô nessa!! E pra erguer o "Coração Cristo ressuscitado. / Pregavam a Palavra sem Missionário". I Eu respondi: Tô nessa! temer a repressão. I Andavam de casa em casa, 803 - JUNTOS, SEREMOS FORTES anunciando a salvação. Antônio Cardoso 2. Na fé em Jesus Cristo, eles eram perselI: Juntos iremos proclamar a paz / que vem verantes, / ao lado dos pequenos eles eram atuantes. / Despojavam-se dos bens e alegres do Senhor. !Juntos, seremos fortes, I amipartiam o pão, / buscavam o mesmo ideal, em gos de fé, sementes do amor.:// 1. O Espírito de Deus em nós é revelação. I perfeita união. 3. Temos grandes desafios, para construir o Somos construtores de uma nova civilização. Reino / que Jesus iniciou em defesa dos ! Diz o Senhor Jesus que os mansos terão o pequenos. / Vamos, juntos em missão, sem pão e o mel. / E nesta terra brotará a paz que medo ou timidez. / Jesus fez a sua parte e agora vem do céu. 2. Saímos como Paulo e Pedro, cantando esta é a nossa vez. paz. / Os nossos instrumentos são o Pão e a 800 - A BÍBLIA NO MEIO DO POVO Palavra, / memória que Jesus deixou pra celeWaldemir e Luzia - PR bração da Eucaristia. / E todo dia a gente é A Bíblia, passando no meio do povo. / Santa Igreja que não cala. Palavra, caminho do céu. / Palavra de Deus, 3. Um novo Pentecostes hoje acontecerá / e abençoando de novo / o povo, o Povo de Deus. todos falarão a mesma língua de Jesus.! E sua 1. Na Santa Palavra está escrito: / o Senhor luz iluminará aqueles que lutam para organizar pede o dízimo sim. / A décima parte ofertamos / o povo que caminha e busca a salvação na a Ele.! Noventa por cento abençoado pra mim. cruz. 2. Por isso sabemos que estána Palavra .1 Ela 4. Cantamos a ressurreição na mesa do altar. ! nos pede um pouco de tudo. / Devemos somar A vida que transforma o homem em berço de e multiplicar. / E a parte de Deus vir ofertar. partilha. / E todos se aconchegarão nos braços 3. Se é mil, tiro cem; se é cem, tiro dez. / Se é de Deus, na casa do Pai. / Eu sei que Ele nos dez, tiro um e ofereço pra Deus. I E assim sou acolhe no seu coração. fiel a meu Deus e Senhor! que nos abençoa e nos dá seu amor.

5. O povo unido em favor da vida / de mãos unidas na caminhada! / As pastorais e comunidades! de mãos unidas na caminhada! 6. Jesus amigo, ressuscitado,! é companheiro na caminhada! ! Nossa Senhora, mãe da esperança,! é companheira na caminhada!

802 -

TÓ NESSA!-

João Bento - BH

804 -

ORAÇÃO POR NOSSOS FILHOS

801 -

BENDITO MENSAGEIRO
João Bento - BH

Pe. Zezinho, scj

1. Benditos são os olhos daquele que observa a Palavra do Senhor. I Benditos são os ouvidos daquele que ouve a Palavra do Senhor. lI: Vamos escutar, vamos praticar, hoje e para sempre a Palavra do Senhor.:I/ 2. Bendito é o coração daquele que guarda a Palavra do Senhor. / Bendita é a vida daquele que vive a Palavra do Senhor. 3. Bendita é a voz daquele que anuncia a Palavra do Senhor. / Benditas são as mãos daquele que pratica a Palavra do Senhor.

Ouve a nossa prece, ó Pai celeste, I em favor dos filhos que nos deste. / Põe em nós um pouco do teu brilho I e em cada filho a tua luz. Põe tua palavra em nossa boca. / Põe teu gesto em nosso coração. / Não amemos nem de mais e nem de menos. I Saibamos ser seus pais, ! saibamos muito mais. Pessoas educando outras pessoas. / Cidadãos formando novos cidadãos. I Famílias preparando outras famílias, / pais formando os filhos para a paz.

159

805 - PAISAPAIXONADOS

Ant. Cardoso

1. Fui escolhido pra servir-te! e para amar-te, meu irmão./ Meu coração se dividiu entre o meu ser! e o teu ser em comunhão./ A vida colocoume frente a frente, / com um Reino.! Um Reino que eu sonhava! e era a minha vocação. Eis-me aqui Senhor para servir. I Eis-me aqui, Senhor, no teu altar.! Celebrar a vida e a vida em comunhão. / A minha vida eu quero te entregar. 806 - IGREJA QUE SE FAZ - A. Cardoso 2. Me fiz um missionário (sacerdote) para ser 1. Quanta história se fez ! com a luta dos como Jesus.! Eu quero iluminar-te e receber a tua pobres pra serem igreja. ! Quantos lutaram pra luz. / A cruz que eu abracei, é tua cruz, ó meu ter um lugar ! nesta mesa de celebração. ! irmão.! Se for preciso dar a vida, é minha vocação. Quanta memória se faz! com aqueles que 3. Abandonei a minha casa! e os meus pais para foram tão martirizados. ! E quanta gente que lutar./ Por muita gente que não tem uma família, / um grande amor, ou mesmo um lar./ Não fui deu sua vida / pra ter um pedaço de pão. Igreja é só Igreja quando o coração se dá.! indiferente ao teu chamado, meu Senhor. / Igreja só se faz com a verdadeira comu- Conserva-me na graça, na graça do amor. 4. Agora eu faço uma oração,! para louvar-te nhão.1 Igreja, somos todos quando a vida é meu Jesus, ! te agradecer por este Dom, / e oração. 11: Somos Igreja que faz a morada pela minha vocação. / E impossível ser pro Deus da justiça e da paz.:/1 chamado e não te obedecer. / Tu tens a minha 2. Eu vos dou minha paz, / eu vos deixo esta vida e o meu ser em tuas mãos. paz num sinal de unidade./ Sede unidos na fé e também nesta luta de libertação. / Muitos 809 - PRECE PELO SOCIAL Pe. Zezinho irmãos se dividem! porque não comeram do 1. O rico menos rico, ! o pobre menos pobre.! pão partilhado, ! este sinal dos cristãos que E nós cada vez mais inquietos! com os rumos liberta os cativos de toda opressão. do nosso país.! Trabalho pra toda gente, / salá3. Quem não ouviu o chamado dos pobres / não rio bem mais decente. / E nós cada vez mais viu que Jesus já chegou. / Quem não ouviu o inquietos! para ver nosso povo feliz. clamor dos que sofrem, I tampou seus ouvidos 2. Não é fácil não, não, não. ! Mas do jeito a Deus.! É impossível rezar e não se importar que está não dá. / Gostamos de te louvar, ! com a dor do irmão. ! Religião é a ponte que mas às vezes a dor é tanta,! que a nossa oração é uma lágrima.! Por favor, ó Senhor, / dá-nos mostra o caminho de quem se perdeu. força e valor I pra conquistar mais trabalho, ! 807 BATIZADOÉMISSIONÁRIO pra conquistar mais salário, / pra conquistar Amônio Cardoso nosso pão.

1.Pais apaixonados I têm mais forças pra viver. / Se vem a dor,! é bem mais fácil enfrentar a dois. ! Filhos desejados são muito mais felizes, / porque no colo de seus pais há muito mais amor. 2. Paixão de pai e mãe é como um barco em alto mar,! Se vem a tempestade, um não deixa outro afundar. / E os filhos vão crescendo, confiantes neste barco, ! porque no colo de seus pais. não há melhor lugar. Um beijo de um casal apaixonado / vale tanto quanto a oração.! Vale para os filhos entenderem a paz que brota desta união. 3. Pais apaixonados ficam meio abobalhados. I Um filho quando nasce. nasce mais uma paixão. / E quando eles cantam assim tão desafinados, ! pro filho não importa, o que vale é a canção. 4. Pais apaixonados têm um brilho no olhar. ! Um rastro de amor, de caridade e de perdão. ! Feliz de quem é filho de um casal iluminado. ! Feliz de quem é luz pros filhos na escuridão.

2. Eu já recebi tua luz, I e por isso eu vejo mais claro. / Nas águas eu fui batizado / fui abençoado, nascido de novo. 11: Nas águas do rio Jordão I eu vi João mostrar J esus./ Agora eu vejo que Jesus I é quem aponta pra mim.:/1 3. Depois que eu fui batizado,! o Espírito Santo agiu sobre mim./ Nunca mais eu fiquei instalado, / diante do mundo, de tudo que eu vi. 4. Por vezes ou via um chamado ! mas não percebia de onde ele vinha. / Aí, eu voltei ao passado! e nos braços de Deus eu não resisti.

808 - UMA CANÇÃO SACERDOTAL
Antônio Cardoso

roto

1. Eu já recebi tua graça, Senhor,/ No dia em que fui batizado.Z Fui ungido e depois enviado ! pra ser missionário no meio do povo.

1/: Pão nosso de cada dia,! trabalho de cada
dia, I salário de cada dia, / certeza de cada dia, Senhor!:/I

160

810

VENHAM TODOS-CF

os rios e as fontes!/ Nos recordam a tua justiça,1 que nos levam a um novo horizonte! 3. Sê bendito, Senhor, para sempre! pelas bênçãos qual chuva! torrente!! Tu fecundas o chão desta vida! Que abriga uma nova semente!

1. Venham todos, vamos juntos ao encontro do Senhor;! Ele mesmo nos convida para a ceia do 813 HOJE É TEMPO DE LOUVAR A amor.! Jesus Cristo, água viva, vem conosco DEUS celebrar.! Num fraterno conviver, nossa vida 1. Hoje é tempo de louvar a Deus, em nós agora renovar. babita o seu Espírito.
Pela água que dá vida, pelos dons da criação.!

Ó Senhor do universo, eis a nossa louvação. 2. Senhor Deus, pai de bondade, Criador de todo ser. Vem trazer-nos conversão. E ensinar-nos a viver.! Como outrora, no deserto, saciaste o teu povo.! Vem, Senhor, vem saciar-nos e faremos mundo novo. 3. Pela água do batismo vida nova recebemos,! E, na fonte da Palavra, de tua graça nós bebemos.! Para sermos Senhor, solidários com os irmãos.! que ainda não tiveram vida plena, salvação. 4. Nós buscamos teu perdão pelo mal que praticamos,! Pois ao pobre, nosso irmão, água limpa só negamos.! Poluímos nossas fontes é a vida que se vai.../ nova páscoa viveremos, só no teu amor, ó Pai.
ó

Então é só cantar e a Cristo exaltar e sua glória encherá este lugar. Vem louvar, vem louvar (Glória a Deus)

2. No meio dos louvores Deus habita, é seu prazer cumprir o que nos diz.

814

EU QUERO UM RIO

1. Existe um poço, no meio do deserto, o povo passa por perto, da sede a reclamar.
Eu quero um rio de água viva! Eu quero um sopro de esperança. Minha alma segue e não se cansa de caminhar ...

2. Se tu soubesse quem pode dar-te a vida, seria dissolvida a mágoa mais cruel. 3. Jesus é a vida. Vencendo toda a morte, mudando a nossa sorte, livrando-nos do mal.

PERDÃO, SENHOR,! PARA O 815 FICO FELIZ VOSSO povo Perdão, Senhor, para o vosso povoJ Perdão, 1.Fico feliz em vir em tua casa, erguer minha voz e cantar. Senhor, para o vosso povo.

811

~

1. Perdão, Senhor) por termos preferido/ confiar em nossa fraqueza! sem saber que! sois a fortaleza! 2. Perdão, Senhor, por termos preferido! recusar a vossa verdade) sem saber que ela é liberdade! 3. Perdão, senhor, por termos tantas vezes! caminhado sem esperança,! sem saber que sois a segurança!

2. Fico feliz em vir em tua casa, erguer minhas mãos e adorar.

Bendito é o Nome do Senhor, bendito é o Nome do Senhor. Bendito é o Nome do Senhor para sempre.

816

DEIXAALUZDOCÉUENTRAR

812

1. Tu anseias, eu bem sei, por salvação, tens desejo de banir a escuridão. Abre, pois, de par em SÊ BENDITO, SENHOR, PARA par teu coração e deixa a luz do céu entrar.
Deixa a luz do céu entrar. Abre bem as portas

1. Sê bendito, Senhor, para sempre/ pelos frutos do teu coração. E deixa a luz do céu entrar. das nossas jornadas!! Repartidos na mesa do 2. Cristo, a luz do céu, em ti quer habitar, para as trevas do pecado dissipar, teu caminho e coração Reino,! Anunciam a paz almejada! Senhor da vida; tu és a nossa salvação!! Ao iluminar e deixa a luz do céu entrar. prepararmos a tua mesa,! em ti buscamos 3. Que alegria andar ao brilho dessa luz. Vida eterna e paz no coração produz. Oh! Aceita agora ressurreição! 2. Sê bendito, Senhor para sempre! pelos mares, o Salvador Jesus. E deixa a luz do céu entrar.

SEMPRE

161

~

817

PERDÃO MEU SENHOR

Perdão meu senhor (3x). Por tudo que eu fiz.
Eu quero pedir o teu perdão. Eu venho pedir. Eu venho pedir o teu perdão. Perdoa Senhor. Perdoa Senhor.

Sagrada o livro dos livros que sempre eu sei ler. A voz de Deus... (3x)
E:..

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

sentir o seu amor. eu quero sentir. Eu quero 1. Porque tu me deste a Vida, porque Tu me deste sentir. Eu quero sentir o teu amor. Perdoa Senhor o existir. Porque tu me deste o Caminho, me deste o Amor! (bis) (2x). La... La... La... 2. Pão e vinho são para Ti, Senhor... A minha vida é para Ti...meu coração é para Ti...

MEU CORAÇÃO É PARA TI Meu coração é para Ti, Senhor (3x). Meu Eu quero mudar (3x). O meu viver. Eu quero coração é para Ti.

823

:>

818 PIEDADE

SENHOR, TEM PIEDADE

Senhor eu estou aqui, venho te pedir, piedade de 824 VENHO MINHA VIDA OFERECER mim (2x). Venho, Senhor, minha vida oferecer como oferta Senhor estamos aqui, viemos te pedir, piedade de de amor e sacrifício. Quero minha vida a ti nós (2x) entregar como oferta viva em seu altar (2x). Pois Piedade Senhor, tem piedade Senhor. Meu pra te adorar, foi que eu nasci Cumpre em mim, o pecado vem lavar com teu amor. Piedade teu querer, faça o que está em seu coração. E que a Senhor tem piedade Senhor. Liberta minha cada dia, eu venha mais e mais estar ao seu lado, alma para o Amor. estar ao seu lado, estar ao seu lado, Senhor.

::)
:)
~ ~ ~ ~

819 RENOVA-ME
Renova-me (perdoa-me), Senhor Jesus, já não quero ser igual. Renova-se, Senhor Jesus, põe em mim seu coração.

Hosana, Hosana, Hosana ao nosso Rei.! Hosana, Hosana, Hosana ao nosso Rei. Glorificarei o teu santo nome, oh Deus, com Porque tudo que há dentro de mim deve ser cânticos te celebrarei. És santo, oh Pai és santo, oh mudado, Senhor.Porque tudo o que há dentro do Pai, a Ti todo louvor (2x). Bendito o que vem em nome do Senhor. O céu e a terra proclamam seu meu coração precisa mais de ti. nome. O céu e a terra proclamam seu louvor. Te exaltarei, te exaltarei, darei o meu louvor.

825

ÉS SANTO, OH PAI

:>
:)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

820

Trindade Santa, ó Deus eterno, a Ti nosso louvor! Glória (3x) Verdadeiro e único Deus, a Ti nosso louvor!

GLÓRIA Glória a Deus pai, glória a Deus filho, Espírito Santo de amor!

.,

Glória (2x) ao Pai, o Criador, Redentor e ao Espírito, glória!

821 GLÓRIA

ao Filho

Ao pai, o Criador do mundo, ao filho, redentor dos homens e ao Espírito de amor mudemos sempre glória! (2x)

A voz de Deus eu posso escutar na brisa que passa, na estrela a brilhar. A voz de Deus eu posso escutar na força do vento, nas ondas do mar. A Palavra de Deus eu posso entender e posso até responder. E escrita no livro a Bíblia

822

A VQZ DE DEUS

1. Tu és minha vida, outro Deus não há. Tu és minha estrada, a minha verdade. Em tua Palavra eu caminharei, enquanto eu viver e até quando tu quiseres. Já não sentirei temor, pois estás aqui, Tu estás no meio de nós! 2. Creio em ti, Senhor, vindo de Maria, Filho Eterno e Santo, homem como nós. Tu morreste por amor, vivo estás entre nós, Unídade trina com o Espírito e o Pai. E um dia, tu retornarás. E abrirás o Reino dos céus! 3. Tu és minha força, outro Deus não há tu és minha paz, minha liberdade, Nada nesta vida nos separará. Em tuas mãos seguras minha vida guardarás. Eu não temerei o mal, Tu me livrarás. E n9 teu perdão viverei! 4. O senhor da vida, creio sempre em Ti! Filho Salvador, eu espero em Ti! Santo Espírito de Amor, desce sobre nós. Tu, de mil caminhos nos conduzes a uma fé. E por mil estradas onde andarmos nós, Qual semente, nos levarás!

826

ESTÁS ENTRE NÓS

:>
:) ~

162

deixaste, o Amor, a Eucaristia e a Maria. PÃO DA VIDA I. Na comunhão Jesus se dá no pão, o Cordeiro 2. És profeta audaz e zeloso, homem forte Imolado ,é refeição. Nosso alimento de amor e autentico e viril! que na Europa deixaste teus sonhos, para ser missionário no Brasil. salvação. Em torno deste altar somos irmãos. O pão da vida és tu, Jesus, o pão do céu. O 3. Desde o Norte, ao Sul do país estiveste sempre caminho, a verdade, via de amor. Dom de a Evangelizar.! Sem vaidades e sem garantias, tua missão não escolhia lugar. Deus, nosso redentor (bis) 2. Toma e come, isto é meu corpo, que do trigo 4. Tua vida pra nós é exemplo, testemunho eficaz se faz pão e refeição. Na Eucaristia o vinho se de um profeta! que jamais lamentou o toma Sangue, verdadeira bebida, nossa alegria sofrimento, mas a Deus o entregou como oferta. 5. Somos hoje uma grande família, pois nascemos de teu coração,' e marcados por teu 828 LOUCODEAMORPORJESUS testemunho, continuamos tua nobre missão. 1. Meu Senhor despojou-se de si, sendo Deus. Se fez Homem, se entregou e morreu numa cruz. Meu Senhor, para salvar a mim e meus 831 HINO AO PADRE JÚLIO MARIA irmãos, se humilhou, veio ao mundo e das 1. Pe. Júlio desperta e contemplai Este grupo agora a cantar! São teus filhos, são teus trevas fez luz. Tua glória suprema sem Eu te amo, sou louoo de amor por Ti, meu missionários! Jesus. Tu és minha paz, minha luz, meu Rei e permaneça} Lá do alto abençoa os seus passos! meu Bom Pastor. Eu te amo sou louco de Vem ditar-lhes palavras de fé! Para que tua amor por TI, meu Jesus. Tu és minha paz, heróica falange! Permanece vibrante e de pé. Todos nós roguemos à. fremirl junto à mãe de minha luz, meu Deus, meu Senhor. 2. Um Senhor, que tudo criou por amor, não foi nosso Redentor! bênçãos mil e graças recebido pelo povo seu lá na cruz, pede ao Pai divinalsl à falange cara do Senhor. que perdoe aos cruéis, que não sabem que 2. Juventude cristã, eis a messe.l Ela é grande, ela matam o filho de Deus. é vasta, e sem fim! Entretanto os obreiros são 3. Meu Senhor cumpriu a promessa, nos deu o poucos/ Operários lhe faltam, enfim.! Que a Espírito Santo da parte de Deus. Foi à casa do vinha divina floresça,' Que o rebanho retorne ao Pai prepara-nos lugar para levar-nos consigo ao redil,! e o Senhor abra sempre os seus braços! a Reino dos Céus. colher vocações no Brasil. TOMADO PELA MÃo Tomado pela mão com Jesus eu vou, sigo-o como ovelha que encontrou Pastor. Tomado pela mão com Jesus eu vou aonde ele for. (2x) 1. Se Jesus me diz; "Amigo, deixa tudo e vem comigo. Onde tudo é mais formoso e mais feliz". Se Jesus me diz "amigo, deixa tudo e vem comigo. Eu minha mão porei na sua e irei comete". 2. Eu te levarei amigo a um lugar comigo. Onde o sol e as estrelas brilham mais. Eu te levarei amigo a um lugar comigo. Onde tudo é mais formoso e mais feliz. AO BRASIL TU VIESTE I. Ao Brasil tu vieste em missão, ser profeta e a Jesus anunciar! porta-voz dos humildes e simples, com o desejo de evangelizar. Pe, Júlio Maria, teus filhos rendem graças a Deus neste dia! pela a herança que a nos tu

827

829

830

DA EUCARISTIA 1. Levantemos mil hinos à virgem, à Senhora de Nosso Senhor, que nasceu sem a mancha da origem, e viveu só de Deus e de amor. Nossa Senhora da Eucaristia, somos ingratos cegos talvez, mas confUlmos, estamos certos, que aos pés de Cristo DOS levareis. 2. Quando a Hóstia de amor se oferece, com o povo em tomo do altar. Vínde, ó Mãe, escutar nossa prece, vinde junto conosco cantar. 3. Cristo Hóstia no altar de Maria, tem umjeito mariano de ser e a Senhora da Eucaristia, quer com CrimoeemCrimo viver. 4. Hóstias santas das mãos de Maria, hóstia viva de um seio de mãe, Hóstia cheia de pura alegria, nós queremos ser hóstia também.
J

832 NOSSA Sra.

163

1.Cantemos a Jesus Sacramentadol/ Cantemos ao 1. Missionário que veio de longel No Brasil, com Senhor'/ Deus está aqui, dos anjos adoradol/ ardor, congregar! Muitas almas em tomo de Adoremos a Cristo Redentor! Cristol Por Maria a serviço do altar. Glória a Cristo Jesus! Céus e terra., bendizei ao
Padre Júlio Maria Lombardel é chegado o Senhor!! Louvor e glória a Ti,! ó Rei da glória.! momento de glóriaJ O teu nome... para Amor eterno a Ti,.!ó Deus de Amor. sempre ..J Há de ser relembrado na história. 2. Unamos nossas vozes aos cantares do coro

833 MARCHA DO CENTENÁRIO PE.JÚUOMARIA

DO

836

~
CANTEMOSAJ.SACRAMENTADO

e
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

:>

2. Sacerdote do "Amor-Sacrifício'? Peregrino de bens imortais! Desde o norte e nordeste da Pátria! Às montanhas de Minas Gerais. 3. A visão de teus filhos em marcha! É semente de auroras de luz! A se abrir em grandezas profundas! Para o reino da paz e da cruz. 4. É bem pouco para ti sepultura.! Necessário se faz um altarl aos teus feitos marcantes e nobres! À vitória que se há de exaltar.

celestial'/ Deus está aqui!1 Ao brilho dos altares! exaltemos com gozo angelical! 3. Jesus, acende em nós a viva chama! do mais fervente amor.! Deus está aqui!! Está porque nos ama! como Pai, como amigo e benfeitor!
JESUS CRISTO ESTÁ REALMENTE

837

834

QUEREMOS DEUS!

1. Jesus Cristo está realmente! de noite e de dia presente no altar/ esperando que cheguem as almas,! ansiosas, ferventes para o visitar.
Jesus, nosso irmão, Jesus, Redentor,! nós te adoramos na eucaristia,! Jesus de Maria, Jesus, rei de amor.

1. Queremos Deus! Homens ingratos! ao Pai SUPremo, ao Redentor.! Zombam da fé os insensatos! erguem-se em vão contra 9 Senhor. Da nossa ré ó Virgeml o brado abençoai:/ :Queremos Deus, que é nosso Rei, queremos Deus,que é nosso Pai.:/ 2. Queremos Deus! Um povo aflito! ó doce Mãe vem repetir! aos vossos pés d'alma este grito,! que aos pés de Deus farei subir. 3. Queremos Deus! E a sã doutrina, que nos legou na sua cruzl/ Que leva à escola e à oficina! à lei de Cristo, amor e luz. 4. Queremos Deus! Na pátria amada! amar-nos todos como irmãos! e ver a Igreja respeitada, são os nossos votos de cristãos.

:)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

2. Que Jesus morre misticamente! na missa sagrada, é dogma de fé;! cada dia milhares de veus! Jesus se oferece por nós, sua grei. 3. Brasileiros, quereis que esta pátria/tão grande e tão bela seja perenal?/ Comungai, comungai, todo dia/ a eucaristia é vida imortal. 4. Cristo rei, ó Senhor dos senhores! um dia na terra só tu reinarás! venha a nós, venha logo o teu reino! de vida e verdade, de amor e de paz.

838

DEUS DE AMOR

835
SANTA

GLÓRIA

A JESUS NA HÓSTIA

1. Glória a Jesus na Hóstia Santa,! que se consagra sobre o altar;! e aos nossos olhos se levanta! para o Brasil abençoar.
Que o Santo Sacramento,J o próprio Cristo Jesus,J: seja adorado e seja amado! nesta terra de Santa Cruz.

2. Glória a Jesus, prisioneiro! do nosso amor, a esperar,! lá no sacrário, o dia inteiro,! que o vamos todos procurar. 3. Glória a Jesus, Deus escondido,! que, vindo a nós na comunhão,! purificado, enriquecido,! deixa-nos sempre o coração.

1. Deus ' de amor! nós te adoramos; neste sacramento! C011'oe sangue que fizeste nosso alimento! és o Deus escondido, vivo e vencedor! a teus pés depositamos todo nosso amor, 2. Meus pecados redimiste sobre a tua cruz/ com teu corpo e com teu sangue! ó Senhor Jesus.! Sobre os nossos altares, vítima sem par! teu divino sacrificio queres renovar. 3. No Calvário se escondia tua divindade/ mas aqui também se esconde! tua humanidade! creio em ambas e peço! como o bom ladrão! no teu reino, eternamente, tua salvação.! Creio em ti ressuscitado! mais que São Tomé/ mas aumenta na minha alma! o poder da fé.! Guarda a minha esperança,1 cresce o meu amor.! Creio em ti ressuscitado,! meu Deus e Senhor. 4. Ó Jesus, que nesta vida pela fé eu vejo! realiza, eu te suplico,! este meu desejo:/ ver-te enfim, face a face,! meu divino amigo,! lá no céu,

j
~ ~ ~

e
~ ~ ~

~

164

1. Somos semente da seara! que mãos camponesas! souberam cultivar/ Somos ovelhas de um rebanho/ que humilde pastorinho/ soubera 839 DOMINGO DE RAMOS apascentar.! Somos herdeiros da mensagem! que Hosana ao Filho de Davi! Hosana ao Filho de João desde a infância! sonhara interpretar.! Davi!1 Bendito o que vem em nome do Senhor, Somos ovelhas e sementes,! pastores e Rei de Israel, Hosana nas alturas.! Hosana ao colheitas! que entoam um cantar. Filho de Davi! Hosana ao Filho de Davil/ Os 2. Somos estrelas cintilantes! que traçam aos filhos dos hebreus com ramos de oliveira! viajantes! a rota sideral.! Somos areias de uma praia! beijadas pelas ondas! amadas pelo mar.! foram ao encontro do Senhor clamando! Somos caminhos que percorrem! as trilhas de um Hosananas alturas! Hosananas alturas! futuro! que não demorará.! Praias, estrelas e caminhos! do mundo verdadeiro/ que evoca este 840 LAVA-PÉS cantar. 1. Jesus erguendo-se da Ceia, jarro e bacia 3. Ouvem os pobres nossas vozes! que criam tornou/ lavou os pés dos discípulos. Este esperanças! e ofertam caridade} Mãos de jovens exemplo nos deixou) Aos pés de Pedro estendidas,! depois entrelaçadas! unindo na inclinou-se. Ó Mestre, não, por quem és?1 "Não amizade.! Há no mundo um novo alentai que terás parte comigo se não lavar os teus pés" vence a injustiça! e implanta a bondade.! Crianças, pobres e oprimidos! com vozes de (bis) 2. És o Senhor, tu és o Mestre, os meus pés não Evangelho! entoam um cantar. lavarás) O que ora faço não sabes, mas depois 4. Eram a avó e três irmãos,' Francisco e compreenderás) Se eu, vosso Mestre e Senhor, Margarida! possuíndo algumas terras.! Era uma vossos pés hoje lavei! lavai os pés uns dos casa na colina! que em breve sofreria a fome! a orfandade.! Era uma terna mão que! à noite outros, eis a lição que vos dei (bis). ateava com carinho! o fogo do seu lar.! E era um 3. Eis como irão reconhecer-vos como pequeno que crescia! ouvindo em seus sonhos! o discípulos meus.! Se vos amais uns aos outros, sopro de um cantar. disse Jesus para os seus.! Dou-vos novo mandamento, deixo ao partir nova lei.! Que vos 843 MAZZARELLO ameis uns aos outros, assim como eu vos amei Mazzarello também viveu! a vida dura do (bis) povo seuJ E por isso ela entendeu! o que é conviver com Deus. 1. Vivemos em um mundo! de muito 841 NOVO MANDAMENTO sofrimento! o pequeno é esmagado! só Deus é Eu vos dou um novo mandamento: "Que vos seu sustento.! não podemos esquecer/ que temos ameis uns aos outros assim como eu vos a missão:! Lutar junto do povo) conquistar a amei", disse o SenhorJ Que vos ameis uns Libertação. aos outros assim como eu vos amei", disse o 2. No simples e no pobre! nosso Deus é Senhor. revelado.! Armou a sua Tenda! entre os L Felizes os puros em seus caminhos, os que marginalizados.! Mazzarello respondendo! fez a História acontecer.! Neste contexto de morte! andam na Lei do Senhor. 2. Felizes os que guardam os seus preceitos e o "Main", o que fazer?! 3. Minhas filhas está dizendo! a pobreza é procuram de todo o coração. 3. Promulgastes os vossos preceitos, para serem condição! pra vivermos a justiça! nesse mundo de opressão.! Da janelinha da vida/ contemplar guardados fiehnente. Deus na ação! junto às jovens esquecidas! viver 4. O Senhor, na quinta-feira santa, pôs água na sua vocação. bacia e começou a lavar os pés dos seus discípulos. 844 COMPROMISSO E AÇÃO DOMBOSCO Somos Dom Bosco que caminhai e em meio da Igreja queremos anunciar! o fato de um encontro novo/ que em nossa própria vida! explode num cantar.

eternamente, ser feliz contigo.

842

Vida de comunidade! compromisso e ação! é a CEB' s caminhando! dentro da sociedade (bis) I. Muita gente se pergunta:/ O que é CEB' s em ação?/ é o povo caminhando! e fazendo a união. 2. É gente fortalecida! pela graça de Deus Pai! é o

165

trabalhador sofrido. 4. Vamos todos como irmãos/ renovar a esperança! que teremos condição/ de ter pão em abundância. 5. Ao voltarpra nossas casas/ vamos viver a lição/ que aprendemos no Evangelho/ repartir o nosso 845 ALEGRES E CONTENTES (SINAL pão. DA CRUZ) I. Alegres, contentes, nós viemos aqui! como irmãos, reunidos, nós queremos louvar/ a 848 SERCRISTÃO(Final) Ser cristão só na Igreja já era! Alguém nos Santíssima Trindade que entre nós está. Em nome do Pai, em nome do Filho/ e do espera, vamos lá (bis). 1. Temos muito o que fazer/ o mundo precisa de Espírito Santo. Amém! Amém! Amém! (bis) nós! Jesus Cristo está com a gente/ não estamos sós. 846 SOBRE MINHA BÍBLIA (Ofertório) I. Sobre a minha santa Bíblia! Todo santo dia eu ponho/ Mais um pão/ Que é pra que minha 849 A BÍBLIA EA FÉ (Entr. Bíblia ou Final) família! não esqueça nunca o que é ter religião./ A Bíblia não é um livro qualquer,! a Bíblia deve Se algum pobre for lá em casai vai ganhar aquele ser lida com fé (bis) pão:// Se não falta em minha casa,! eu quero A Bíblia nos fala de um Deus! que tem muito amor aos filhos seus.! A Bíblía nos faIa da unidade/ é luz que não faltei na do meu irmão (bis). 2. Aprendi com Jesus Cristo/ que amar é isto, é pra nossas comunidades. dar o coração/ e quem segue o seu caminho! tem 2. A Bíblia só foi feita pra ensinar/ e não para nos que ter carinho! tem que ser irmão.! Quem não alienar/ a Bíblia sustenta a caminhada! do povo luta contra a fome! não tem Deus no coração,:// que põe o pé na estrada. Quem não sabe partilhar, não sabe consagrar/ nem dar-se em comunhão (bis). 850 BOA-NOITE, MEU PAI 3. Toda vez que chega a hora! De trazer a oferta Boa-noite, meu Pai,I venho te agradecer. nesta procissão/ dentro do meu envelopei vai 1. Mais um dia vivi, vivi por teu amor.! Boa-noite, também a prece do meu coração} Ponho nele a meu Pai, fala o meu coração.! Se eu falhei nesse minha vida! em sinal de gratidão:!/ Aprendi dia, peço o teu perdão.! Meu Senhor, meu Pai, que em toda missa,l existe um compromisso,l meu amigo! vim agradecer/ esse dia que tive com amor! pra viver como irmão.! Se eu hão fui tão de libertação (bis). 4. Tu que foste conhecido! pelo simples gesto dei perfeito, Senhor,! modifica o meu coração! para partir o pão.! Tu que foste oferecido! como estar sempre a teu serviço/ e do meu irmão.! Boasacrificio de libertação! eis aqui minha oferta.! noite meu Pai. dou-te parte do que é meu:/ I Tens me dado tanta 2. Boa-noite, meu Pai, um teu filho te diz.! E unido pazJ Que é justo que o que é meu! também se a ti serei mais feliz/ Boa-noite, meu Pai, vim aqui te pedir:/ Não deixes que eu me esqueça! um torne Teu (bis). momento de Ti.! Meu Senhor, meu Pai, meu
ó ó

povo se organizando/ é Igreja reunida. 3. É o jovem renovado/ Sempre em movimentação/ com justiça e igualdade/ acolhendo o seu irmão.

~

~ :)

~

:)

::)
~

':)
~ ~

:) :) :)

='
::)
~

:>
:) ':)
~ ~

:)
~

:>

:t
:) :) :)
~

':)

PÃODATERRA(Comunhão) 1. Vamos todos comungar/ nossa fé alimentar/ e sair fortalecidos! e dispostos pra lutar. Este pão que receemos! vem das mãos do agricultorJ É a colheita que ele fez da semente que plantou. 2. No altar oferecido/ com louvor e alegria.! E depois de consagrado/ é a Santa Eucaristia. 3. vamos nesta Comunhão/ assumir um compromisso/ com a causa do irmão/ que é

847

amigo! já vou descansar! e em ti deposito a esperança! de um dia melhor.! Que amarrá possa e servir mais.! com amor e compreensão! e fazer por ti tudo aquilo/ que ainda não fiz.! Boa-noite, meu Pai!

851 QUANDOJESUSPASSAR Quando Jesus passar (3v)l eu quero estar no meu lugar. 1. No meu trabalho e na minha casa! no meu estudo e no meu lazer! no compromisso e no meu descanso/ no meu direito e no meu dever. 2. Nos meus projetos, olhando em frente,! no meu

':)

::>
~ ~ ~

~

166

sucesso e na decepção) no sofrimento que fere a gente,! sonhando o sonho de um mundo irmão. 3. Com meus amigos, com minha gente, com quem da vida já se cansou,! a semear e a espalhar sementes! na terra onde meu Deus andou.

navego,! e as redes entrego, tomei-me um pescador. 3. Embora tão fraco e pequeno.! Caminho sereno com força que vem de ti.! A cada momento que passa) revivo esta graça de ser teu sinal aqui. Esta manhã, mais uma vez) volto a rezar e pedir tua luz. 1. Sei que eu não sei continuar! sem escutar tua voz que me diz! que o pai me ama, que ele me chama pra me fazer feliz.
Eu vou percorrendo o caminhol eu vou porque Deus é amorl porque Deus me chamou! porque Deus é amor.

855

ESTA MANHÃ, MAIS UMA VEZ

1. Andei por mil caminhos! e, como as andorinhas) eu vim fazer meu ninho! em tua casa e repousar! embora eu me afastasse! e andasse desligado! meu coração cansado! resolveu voltar.
Eu não me acostumei! nas terras onde andei! eu não me acostumei nas terras onde andei.

852 ALÔ, MEU DEUS Alô, meu Deus,! fazia tanto tempo! que eu não mais te procuravaJ Alô, meu Deus! senti saudades tuas! e acabei voltando aqui.

2. Gastei a minha herança! comprando só matéria! restou-me a esperança! de outra vez te encontrar! voltei arrependidol meu coração 856 CORAÇÃO SANTO ferido! e volto convencido/ que este é o meu Coração Santo,! Tu reinarás;! o nosso encanto,! sempre serás. lugar. L Jesus amável, Jesus piedoso! Pai amoroso, meu Salvador.!A teu pés venho, se tu me deixas,! 853 HINO AO DIVINO sentidas queixas, humilde expor. 1.Presente tu estás desde o princípio nos dias da 2. Divino peito, que amor inflama,/ que em viva criação Divino Espírito (2x). És sopro criador que a terra fecundou e a vida do universo chama, ardendo estás! olha esta terra, tão desolada) e abrasada, logo a verás desertou! 3. Estende, pois, Teu suave fogo.! E tudo logo se 2. Presente tu estás desde o Egito, vendo a opressão, Divino Espírito (2x). És fogo e inflamará.! Mais tempo a terá, no mal sumida) e claridão, luz da libertação, de um povo em endurecida não ficará. 4. Teu sacro fogo, amor ardente) como consente, movimento de união. 3. Presente tu estás em Jesus Cristo na cruz, tão grande mal?/ Ao Brasil chegue. Tua ressurreição, Divino Espírito! (2x). Boa nova bondade! e caridade, Rei divinal! do perdão, caminho entre ínnão, ardor na militância e na missão. LADAINHA DO SAGRADO 4. Presente tu estás desde o inicio, nos primeiros 857 cristãos, Divino espírito! (2x); Firmeza e CORAÇÃO DE JESUS novidade, estrela da unidade. Amor concreto, Jesus, tende piedade de nós. solidariedade. Jesus Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós. Jesus Cristo, ouvi-nos. 854 UM DIA ESCUTEI TEU Jesus Cristo, atendei-nos. CHAMADO 1. Um dia escutei teu chamado/ divino recado Deus Pai do céu, tende piedade de nós. no coração.! Deixei deste mundo as promessas Deus Filho, Redentor do mundo, tende piedade e fui bem depressa rumo de tua mão. de nós. Tu és razão da jornadaJ Tu és minha Deus Espírito Santo, tende piedade de nós. estrada, meu guia meu funJ No grito que Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende vem do teu povo,! te escuto de novo piedade de nós. chamando por mim. (bis) Coração de Jesus, Filho do Pai eterno, tende 2. Os anos passaram ligeiros./ me fiz um obreiro piedade de nós. da paz e do teu amor. I Nos mares do mundo

2. Hoje, talvez, mais uma vez) eu vou chorar, e! sorrir e pensar! que eu nada sei do amanhã.! Tudo o que sei! se resume em saber! que o Pai me ama, que ele me chamai pra me fazer feliz.

167

Coração de Jesus, formado pelo Espírito Santo no seio da Virgem Mãe, rogai por nós. Coração de Jesus, unido substancialmente ao Verbo de Deus, rogai por nós. Coração de Jesus, de majestade infinita, rogai pornós. Coração de Jesus, templo santo de Deus, rogai por nós. Coração de Jesus, tabernáculo do altíssimo, rogai pornós. Coração de Jesus, casa de Deus e porta do céu, rogai por nós. Coração de Jesus, fornalha ardente da caridade, rogai por nós. Coração de Jesus, receptáculo de justiça e amor, rogai pornós. Coração de Jesus, cheio de bondade e amor, rogai por nós. Coração de Jesus, digníssimo de todo o louvor, rogai pornós. Coração de Jesus, rei de todos os corações, rogai pornós. Coração de Jesus, no qual estão todos os tesouros da sabedoria e ciência, rogaí por nós. Coração de Jesus, no qual habita toda a plenitude da divindade, rogai por nós. Coração de Jesus, no qual o Pai celeste põe a sua complacência, rogai por nós. Coração de Jesus, de cuja plenitude todos nós participamos, rogai por nós. Coração de Jesus, paciente e misericordioso, rogai por nós. Coração de Jesus, rico para todos os que vos invocam, rogai por nós. Coração de Jesus, fonte de vida e de santidade, rogai por nós. Coração de Jesus, propiciação pelos nossos pecados, rogaí por nós. Coração de Jesus, feito obediente até a morte, rogai por nós. Coração de Jesus, atravessado pela lança, rogai por nós. Coração de Jesus, fonte de toda a consolação, rogaí por nós. Coração de Jesus, nossa vida e ressurreição, rogai por nós. Coração de Jesus, nossa paz e reconciliação, rogaí por nós. Coração de Jesus, vítima dos pecadores, rogai por nós. Coração de Jesus, salvação dos que em vós esperam rogai por nós.

Coração de Jesus, esperança dos que em vós expiram, rogai por nós. Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor. Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, ouvi-nos, Senho~ Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Jesus, manso e humilde de coração, fazei o nosso coração semelhante ao vosso. Oremos: Deus onipotente e eterno, olhai para o Coração de vosso Filho diletissimo e para os louvores e as satisfações que ele, em nome dos pecadores, vos tributa; e aos que imploram a vossa misericórdia concedei benigno o perdão em nome do vosso mesmo Filho Jesus Cristo, que convosco vive e reina por todos os séculos dos sécudos.l\rném!

::)
~

:) :)
~ ~

:)

:)
~

'j
~ ~ ~ ~ ~

858

BtNÇÃO DA ÁGUA

A água benta A água benta é símbolo de vida e de purificação. Para o cristão ela lembra o batismo, início de nossa vida em Cristo. É sinal da nossa redenção, pois do lado ferido de Jesus na cruz saíram sangue e atua (1019,34). É o símbolo da força do cristão, segundo a promessa de Cristo: "Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crê em mim, como diz a Escritura, de seu seio jorrarão rios de água viva" (10 7,37-38). Dir.: A nossa proteção está no nome do Senhor. T. Que fez o céu e a terra. Dir.: O Senhor esteja convosco. T. Ele está no meio de nós. Oremos: Deus, cuja palavra santifica todas as coisas, lançai sobre esta água a vossa bênção. Concedei que todos aqueles que a usarem, de acordo com vossa lei e vontade, pela invocação do vosso santíssimo nome e pela intercessão de Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos e de Santo Inácio, recebam de vós a saúde do corpo e a proteção da alma. Por Cristo, nosso Senhor.
T.Amém.

:)
~ ~

':)

!'
~

':,r)
~ ~ ~ ':)

':) :) ':)
~

Dir.: A nossa proteção está no nome do Senhor. T.: Que fez o céu e a terra. Dir.: O Senhor esteja convosco. T.: Ele está no meio de nós. Leitura Bíblica 2 Cor 1,3-4: Bendito seja Deus e Pai de nosso

859

BtNÇÃO DOS DOENTES

:"
~

:)

::}

:J
~ ~

168

Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e Deus de toda consolação. Ele nos conforta em todas as tribulações, para podermos consolar todos os atribulados com o consolo com que somos por Deus consolados. Mt 11,28-29: Vinde a mím todos vós cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tornai sobre os ombros meu jogo e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração. E achareis descanso para vossas almas. Oremos: 6 Deus eterno e todo-poderoso, Senhor da vida, pela intercessão de Maria Rainha dos Apóstolos e de santo Inácio, nós vos pedimos que manifesteis o poder de vosso socorro a estes dentes. Com a mesma fé daqueles que na vossa vida mortal encontrastes e curastes nos caminhos da Palestina, invocamos o conforto da vossa misericórdia. Estendei a vossa mão para todos os que estão doentes, a fim de que, purificados pelo sofrimento, logo se sintam restabelecidos por vossa bondade Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. O Senhor Jesus Cristo esteja ao vosso lado, para vos defender; dentro de vós, para vos conduzir; atrás de vós, para vos guardar; acima de vós, para vos abençoar. Ele que é Deus pelos séculos dos séculos. Desça sobre vós a bênção de Deus todo-poderoso, Pai, Filho + e Espírito Santo e permaneça para sempre.
T.Amém. T.Amém.

A humildade e a obediência, E todas as virtudes. Defenda-me eficazmente contra as ciladas dos uurmgos, Tanto visíveis como invisíveis. Pacifique inteiramente todas as minhas paixões, Unindo-me fmnemente a vós, Deus uno e verdadeiro, Feliz consumação de meu destino. E peço que vos digneis conduzir-me a mim pecador Àquele inefável convívio em que vós, Com vosso Filho e o Espírito Santo, Sois para os vossos Santos a luz verdadeira, A plena saciedade e a eterna alegria, A ventura completa e a felicidade perfeita. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

Eu vos dou graças, 6 Senhor, Pai santo, Deus eterno e todopoderoso, Porque, sem mérito algum de minha parte, Mas somente pela condescendência de vossa misericórdia, Vosdignastes saciar-me, a mím pecador, Vosso indigno servo, Com o sagrado Corpo e o precioso Sangue do vosso Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo. E peço que esta santa comunhão Não me seja motivo de castigo, Mas salutar garantia de perdão. Seja para mim armadura da fé, escudo de boa vontade E libertação dos meus vícios. Extinga em mim a concupiscência e os maus desejos, Aumente a caridade e a paciência,

860-A - DE SANTO TOMAS DE AQUINO

ORAÇÕES GRAÇAS

DE AÇÃO DE

AImade Cristo, santificai-me. Corpo de Cristo, salvai-me. Sangue de Cristo, inebriai-me. Água do lado de Cristo, lavai-me. Paixão de Cristo, confortai-me 6 bom Jesus, ouvi-me. Dentro de vossas chagas, escondei-me. Não permitais que me separe de vós. Do espírito maligno, defendei-me. Na hora da morte, chamai-me. Não permitais que me separe de vós. Do espírito maligno, defendei-me. Na hora da morte, chamai-me E mandai-me ir para vós, Para que com vossos Santos vos louve Por todos os séculos dos séculos. Amém.
~-~DESMFNOO

860-B - ALMA DE CRISTO

Recebei, Senhor, minha liberdade inteira. Recebei minha memória, minha inteligência e toda a minha vontade. Tudo que tenho ou possuo de vós me veio; tudo vos devolvo e entrego sem reserva para que a vossa vontade tudo governe. Dai-me somente vosso amor e vossa graça e nada mais vos peço, pois já serei bastante rico.

860-D - ORAÇÃO A N. S. J. CRISTO CRUCIFICADO
Eis-me aqui, bom e dulcíssimo Jesus! De joelhos me prostro em vossa presença e vos suplico com todo o fervor de minha alma que vos digneis gravar no meu coração os mais vivos
ó

169

sentimentos de fé, esperança e caridade, verdadeiro arrependimento de meus pecados e firme propósito de emenda, enquanto vou considerando, com vivo afeto e dor, as vossas cinco chagas, tendo diante dos olhos aquilo que o profeta Davi já vos fazia dizer, ó bom Jesus: Traspassaram minhas mãos e meus pés, e contaram todos os meus ossos(SI21,17).

860-E ~ ORAÇÃO

UNIVERSAL ATRIBUÍDA A PAPA CLEMENTE XI

modéstia de costumes, um procedimento exemplar e uma vida reta. Que eu me aplique sempre em vencer a natureza, colaborar com a graça, guardar os mandamento e merecer a salvação. Aprenda de vós como é pequeno o que é da terra, como é grande o que é divino, breve o que é desta vida e duradouro o que é eterno. Dai-me preparar-me para a morte, temer o dia do juízo, fugir do inferno e alcançar o paraíso. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

='
~ ~

:)
:)
~ ~ ~ ~ ~ ~

Meu Deus, eu creio em vós, mas fortificai a minha fé; espero em vós, mas tornai mais confiante a minha esperança; eu vos amo, mas afervorai o meu amor; arrependo-me de ter pecado, mas aumentai o meu arrependimento. Eu vos adoro como primeiro princípio, eu vos desejo como fim último; eu vos louvo com benfeitor perpétuo, eu vos invoco como benévolo defensor. Que vossa sabedoria me dirija, vossa justiça me contenha, vossa clemência me console, vosso poder me proteja. Meu Deus, eu vos ofereço meus pensamentos, para que só pense em vós; minhas palavras, para que só fale em vós; minhas ações, para sejam do vosso agrado; meus sofrimentos, para que sejam por vosso amor. Quero o que quiserdes,porque o quereis, e enquanto o quereis. Senhor, eu vos peço: iluminai minha inteligência, inflamai minha vontade, purificai meu coração e santificai minha alma. Dai-me chorar os pecados passados, repelir as tentações futuras, corrigir as más inclinações e praticar as virtudes do meu estado. Concedei-me, Deus de bondade, ardente amor por vós e aversão por meus defeitos, zelo pelo próximo e desapego do mundo. Que eu me esforce para obedecer aos meus superiores, auxiliar os que dependem de mim, dedicar-me aos amigos e perdoar os inimigos. Que eu vença a sensualidade pela austeridade, a avareza pela generosidade, a cólera pela mansidão e a tibieza pelo fervor. Tornai-me prudente nas decisões, corajoso nos perigos, paciente na adversidades e humilde na prosperidade. Fazei, Senhor, que eu seja atento na oração, sóbrio nos alimentos, diligente no trabalho e firme nas resoluções. Que eu procure possuir pureza de coração e
ó

861- ORAÇÃO A NOSSA SENHORA Ó Maria, Virgem e Mãe santíssima, eis que recebi
o vosso amado Filho, que concebestes em vosso seio imaculado e destes à luz, amamentastes e estreitastes com ternura em vossos braços. Eis que humildemente e com todo o amor vos apresento e ofereço de novo aquele mesmo cuja face vos alegrava e enchia de delícias, para que, tomando-o em vossos braços e amando-o de todo o coração, o apresenteis à Santíssima Trindade em supremo culto de adoração, para vossa honra e glória, por minhas necessidades e pelas de todo o mundo. Peço-vos pois, Mãe compassiva, que imploreis a Deus o perdão dos meus pecados, graças abundantes para servi-lo mais fielmente e a perseverança final, para que convosco possa louva-lo para sempre. Amém.
ó

:)

='
~

:>
':)
~

':)
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ :)

No tempo pascal - RAINHA DO

ctu

Rainha do céu, alegrai-vos, aleluia, pois o Senhor que merecestes trazer em vosso puríssimo seio, aleluia. Ressuscitou, como disse, aleluia. Rogai a Deus por nós, aleluia. Alegrai-vos e exultai, Virgem Maria, aleluia. Porque o Senhor ressuscitou verdadeiramente, aleluia.
ó

:J
:) ~

Oremos: Ó Deus, que pela Ressurreição de vosso Filho, nosso Senhor Jesus Cristo, fizestes brilhar no mundo a alegria, fazei que, pela intercessão da Virgem Maria, sua Mãe, cheguemos às alegrias da vida eterna. Por Cristo nosso Senhor. Amém.

:)
~ ~

:)
~ ~

170

IPENOICE·2001
MISSA: ACOLHENDO A PALAVRA CD 000415 - Acolhendo a Palavra - Paulus
(L.: Casimiro Nogueira I M.: Jose Raimundo Brandão)

862 -TU ÉS, SENHOR, A VERDADE (Entr.) Abre, Senhor, nossos lábios I pra que nossa boca te cante I eternamente os teus louvores I em tons e acordes vibrantes. 1. Tu és, Senhor, o caminho / que os nossos passos conduz. / Queremos que a tua Palavra / nas trevas pra nós seja luz. 2. Tu és, Senhor, a verdade / em quem professamos a crença. / Queremos que a tua Palavra / do teu grande amor nos convença. 3. Tu és, Senhor, plena vida / a qual nós devemos viver. ; Queremos que a tua Palavra / em nós possa permanecer. 863 -PERDÃO, SENHOR (Ato Penitencial) I. Perdão, Senhor, pelas vezes que sufocamos / a vossa Palavra com nossas preocupações. Queremos pedir vosso perdão. li: Senhor, tende piedade de nós! :11 2. Perdão, Jesus, quando vossa luz ofuscamos; fazendo de vossa doutrina apenas lei. Queremos pedir vosso perdão. li: Jesus, tende piedade de nós! tli 3. Perdão, Senhor, quando nós nos desesperamos / e não mais buscamos a vossa misericórdia. Queremos pedir vossoperdão. li: Senhor, tende piedade de nós! :11 864 - CANTEMOS ALEGRES (Procissão Bíblia) 1. Cantemos alegres, vibrantes, ; ergamos a Deus nossa voz.I Acolhamos a sua Palavra, / que passa no meio de nós. li: Cantai, cantai, irmãos! I Cantai com amor e fé! I A Palavra de vida I aclamemos depé! :11 2. A Bíblia é o Livro Sagrado / e que muitos livros contém. / Ela é a verdade inspirada, / é nosso viver, nosso amém. 3. Ergamos bem alto a Bíblia, / que a temos em nossas mãos./ Com um beijo firmemos a crença / em Deus que abençoa, irmãos! 4. Presente se faz na história / por sua Palavra e ação. / Nosso Deus que caminha com o povo, / presente se faz no irmão. 865 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR(Sl) li: Os mandamentos do Senhor são preciosos, I seus preceitos igualmente verdadeiros ..-11 1. A Palavra do Senhor criou os céus. / Terras e mares sua Palavra os formou. / Astros e estrelas fixou no firmamento. / Formou a luz e da treva a separou.

2. A Palavra de Deus é sabedoria. / Mulher e homem sua Palavra os criou. / Animais e vegetais de toda espécie. / O que era caos em vida se transformou. 3. A Palavra do Senhor é Lei firmada. ; Ela é bálsamo, prá vida é alimento. / É esperança, é promessa, é aliança.! É fortaleza, é rocha viva, é sustento. 866 -ALELUIA! COM ALEGRIA (Aclamação) Aleluia! Aleluia! Aleluia! I Com alegria, aclamemos I a Palavra do Senhor! 1. Fala, Senhor, que teu servo te escuta. ; Tua PaIavra fortalece a nossa luta. 2. Só tu tens Palavras eternas de vida. / Luz pra guiar e iluminar nossa lida. 867 -NOSSA VIDA EM MISSÃO (Ofertas) Com o pão e com o vinho I nossa oferta apresentamos. I Nossa vida e missão I em tua Palavra renovamos. 1. Ofertamos os nossos ouvidos / e abrimos o nosso coração.? Pra acolhermos a tua Palavra / e sentirmos a transformação. 2. Ofertamos as nossas famílias, / onde tua Palavra é luz. / Juventude, infância, velhice, / todo aquele que abraça a cruz. 3. Ofertamos as lutas do povo, / seus anseios, amor, doação. / Que a tua Palavra, Senhor, ; firme sempre a nossa união. 868 -EIS QUE SOU O PÃO DA VIDA (Com.) 1. Todo aquele que comer / do meu corpo que é doado, / todo aquele que beber / do meu sangue derramado, / e crê nas minhas palavras / que são plenas de vida, / nunca mais sentirá fome / e nem sede em sua lida. Eis que sou o Pão da vida. I Eis que sou o Pão do céu. I Faço-me vossa comida; I eu sou mais que leite e mel: 2. O meu Corpo e meu Sangue / são sublimes alimentos. / Do fraco e indigente é vigor. / Do faminto é o sustento. / Do aflito é consolo. / Do enfermo é a unção. / Do pequeno e ex.cluído / rocha viva e proteção. 3. Eu sou o caminho, a vida, / água viva e a verdade. / Sou a paz e a luz do mundo, / sou a própria liberdade. ! Sou a Palavra do Pai! que entre vós habitou, / para que vós habiteis / na Trindade onde estou. 4. Eu sou a Palavra viva I que sai da boca de Deus. / Sou a lâmpada para guiar / vossos passos, irmãos meus. I Sou o rio, sou a ponte. / Sou a brisa que afaga, / sou a água, sou a fonte. / Fogo que não se apaga.

171

869 -ABÍBLIAÉ COMUNICAÇÃO (Final) 1. Agora que a missa termina, I começa então nossa missão. I A Palavra de Deus nos ensina I e nos aponta a direção: I Sejamos comuni-cadores; I a Bíblia é comunicação! li: Vamos, vamos comunicar I que o amor de Deus é revelação; I Vamos, vamos testemunhar I que a Bíblia écomunicação. :/1 2. Repletos do amor do Senhor, I de sua Palavra e seu Pão, I fiéis comuniquemos o amor, / pois Deus se faz comunicação. I Testemunharemos com ardor, I pois essa é a nossa missão. 870 -INFINITA BONDADE (opcional) Esperei confiante em ti, ; mais aflito que o vigia; espera a aurora chegar. I Tua bondade é infinita.r Não nos punes pelas nossas culpas. ; O meu canto é de glória / e louvor a ti, Senhor. li: Quando fraquejei e na dor caí, / o inimigo riu de mim, desisti. I Mas, então, o Senhor, por seu amor, / fez-me viver. I E é feliz quem se compraz ; nos serviços do Senhor. / É como árvore plantada I às margens do rio que não secou. / Florescerá a seu tempo I e não morrerá jamais. / Quem nele espera repousa tranqüilo; e acorda na paz. :/1 MISSA MISSIONÁRIA: VENHAM TRABALHAR NA VINHA CD 004987 - O Espíritoda Missão- Paulus
(Dom Pedro Brito Guimarães)

873 -O EVANGELlIO DA VIDA
li: A/dl/ia, aleluia! Aleluia, aleluia! I Aleluia, aleluia! Alcluiu, aleluia! :!! li: No J:ge1ho da vida / que nos traz a

salvacà. .II:SUS Cristo nos convida I e nos guia na nussâo . Ii 874- VAMOS PREPARARA CEIA I. Nosso Deus fez um mundo tão perfeito, I coloeou em nosso peito a semente do amor. 1 E, por isso, aqui somos seus convivas, / e fonnamos hóstias vivas nesta casa do Senhor. Vamos preparar a ceia, vamos repartir o pão! I Quero ver a mesa cheia dos sinais da salvação. I Vamospreparar a ceia, vamos repartir o vinho, I Quero ver a casa cheia de ternura e de carinho. 2. Nosso Deus fez de nós uma família, I numa Igreja que partilha e se oferta em oblação, 1 para que ofertemos pão e vinho / que dão força no caminho e nos levam à doação. 3. Nosso Deus sabe ouvir nosso clamor. / E, com todo sofredor, faz a nova aliança. I Também nós, o que temos partilhamos, loque somos ofertamos, pra gerar mais esperança. 4. Nosso Deus chama toda a humanidade I a viver em liberdade / a oferta e a paixão. 1 Tudo é d'Ele e nós somos seu rebanho. I Nele pomos nossos sonhos: toda a vida e vocação. 875 - SANTO, DEUS DO UNIVERSO! Santo, santo, santo, I Senhor Deus do universo. / O céu e a terra proclamam I a vossa glória! li: Hosana nas alturas, hosanas! :11 - li: Bendito aquele que vem em nome do Senhor. :// - li: Hosananas alturas, hosana! :/1 876 -É COMUNHÃO, É COMUNHÃO! É comunhão, é comunhão,! em Jesus Cristo por inteiro neste pão. I É comunhão, é comunhão, I com sua Igreja Missionária em ação. 1. É comunhão com o Deus vivo e verdadeiro, / que dia-a-dia vcm em nossa direção. I Com Ele vamos revelar ao mundo inteiro I os horizontes da evangelização. 2. É comunhão com o projeto de Jesus, 1 a boa nova que Ele veio revelar, I que por amor aceitou morrer na cruz I para o seu povo oprimido resgatar. 3. É comunhão com o Espírito de amor, I protagonista da evangelização. I Ele revela os segredos do Senhor, 1 e guia a Igreja nos caminhos da missão. 4. É comunhão com a Igreja Missionária, I que nos acolhe, nos convoca, nos envia. / Como Maria segue sempre solidária, / alimentada pela santa eucaristia. 5. É comunhão com a história do meu povo, I que

871- VENHAM TRABALHAR NA VINHA I. "Venham trabalhar na minha vinha", ; dilatar meu reino entre as nações, I convidar meu povo ao banquete./ Quero habitar nos corações. Unidos pela força da oração, ! ungidos pelo espírito da missão, I vamos juntos construir I uma Igreja em ação. 2. "Venham trabalhar na minha vinha",; espalhar na terra o meu amor. / Muitos não conhecem a Boa Nova, I vivem como ovelhas sem pastor. 3. "Venham trabalhar na minha vinha", I com fervor meu nome proclamar. I Que ninguém se queixe ao fim do dia: I "Ninguém me chamou a trabalhar". 872 -SENHOR, TENDE PIEDADE I. 11: Senhor, tende piedade de nós! :11 -11: Pelo irmão que não amei, I pelo mal que lhe causei, piedade! :/1 2./1: Ó Cristo, tende piedade de nós! :/1- li: Pelo bem que cu não fiz, I pela paz que cu não quis, piedade! :1/ 3. li: Senhor, tende piedade de nós! ://-11: Pelo amor que sufoquei, I pela vida que matei, piedade! :/1

172

sofre, chora e não cansa de esperar. / Da velha terra vai nascer um mundo novo. / Nesta esperança vamos juntos comungar.

877 -FAMíLIA, VIVE TUA MISSÃO Sagrada Família de Nazaré, I Maria, Jesus e José, I modelo perfeito de doação, I ajude as famílias em sua missão. 1. A minha missão é gerar nova vida, / viver o perdão e amar sem medida, / partilhar a vida e repartir o pão: / um par de alianças num só coração. 2. Do ventre matemo por amor nasci. / Nos braços paternos andei e cresci. / No beijo e abraços e no aperto de mão, / revivo a origem da minha missão. 3. Família é festa, comunhão e amor, / imagem humana de Deus criador. I Recriando a vida e vivendo a paixão, I unida pra sempre na mesma missão. 4. Há vidas morrendo antes de nascer! I Mulheres e homens precisam saber. I Brincar de criança, de jovem e velho, / servindo à vida, à luz do evangelho. 5. Família é a fonte de fraternidade, I é porta aberta ao amor de verdade. I No berço da vida se aprende a lição: I amores de todos na mesma missão! 6. Ao pai que a vida por amor me deu, I à mãe que em dores já me concebeu; I ao filho que trago no meu coração, I oferto contente a minha oração!
878-MARIA,MISSIONÁRIADEDEUS! I. Um dia em Nazaré, I sonhou contigo José. / E o anjo anunciou: I "Serás mãe do Salvador!" I E hoje esta é a nossa missão: li: Fazer feliz nosso irmão! :/1 Maria Imaculada, Senhora da Conceição, I nas lutas da caminhada, é nosso teu coração. 2. Um dia lá em Belém, / sinal pra Jerusalém, I nasceu Jesus, Deus-Menino. I E o humano se toma divino. I E assim esta é a nossa missão: 1/: Fazer feliz nosso irmão! :11 3. Um dia, lá em Caná, / a Mãe vê o vinho faltar ... I Revela o caminho da fé: / "Fazer o que Jesus disser". I E ainda esta é a nossa missão: 11: Fazer feliz nosso irmão! :11 4. Um dia em Jerusalém,/ a força de Deus que nos vem, I no Espírito Santo desceu I e o mundo se converteu. I E, enfim, esta é a nossa missão: li: Fazer feliz nosso irmão! :/I MISSA: FESTA DA PARTILHA CD AA0003000 - A Partilha - Aristides L. Madurcira

li: Pai, eis aqui tua família, I recebe minha irmã, meu irmão. I Efaz-me entender que a partilha. I É a fome que morre no pão. :11-I É teu reino de paz na minha mão. 2. Trouxemos aqui, Senhor, I a nossa dor I e nossa alegria. I Viemos para aprender como viver, I na tua harmonia. 3. Queremos aqui, Senhor, I viver o amor / que tu vivias. I Ser luz para cada irmão, a tua mão I seja nossa guia.

880 - REI DOS REIS (Hinode Louvor) 1. Como é linda, / a criação de Deus. I Em tudo o seu amor está, I assim também sou eu. I Como é
lindo, / o louvor da criação. / Faz do Senhor, seu rei, / assim devo ser eu. li: Te Glorifico, Rei dos Reis. I Te Glorifico, Rei dos Reis,! Senhor da Glória. :11 2. Glória ao Pai, / que de tudo é o Senhor. I Honra e Glória ao Deus que é, / de tudo o criador. ; Glória ao Filho, / nosso mestre e redentor. I Honra e Glória ao Santo Espírito, I que a nós revela o amor.

881- DEUS HABITA NO LOUVORES
Transforma o meu querer, e o meu viver.,' Que eu reconheça, neste mundo a tua voz. / Que o teu espírito, me leve à luz. ; Que eu possa ver, I que e possa sentir, / a tua presença aqui. I E louvores, vou cantar e render graças ao Senhor. (4v) lEu vou cantar. I declarar meu amor, I declarar meu amor. I Por ele que é I o Senhor dos Senhores. I Por ele que é I o amor dos amores. I Por ele que está aqui, I está aqui, I está. •• (Aqui)

882 -AMAJESTADEOREISALMO 92-93 li: A majestade o rei é o Senhor, I que desde sempre existe. :11 - I Mesmo que as águas dos rios, elevem sua voz, I a terra é firme. I Mesmo que as ondas, I queiram se transpor, I teu trono é firme. li: A majestade o rei é o Senhor, I que desde sempre existe. :11- / Tua casa é santa, em tuas promessas posso crer. ; pois é eterno o teu trono e o teu poder. 883 -AALELUIA li: AAleluia, a aleluia, a aleluia, aleluia. :11 Que tua palavra; seja para nós, I força e alimento, consolo de Pai. ; Na tua Palavra; encontramos paz, I ânimo pra vida, que nos satisfaz. 884 - RECEBE Ó PAI (Ofertas)
1. Estou aqui, / pra lhe entregar / meu coração. / E oferecer, minha vida inteira, ; neste altar de amor. ; Escola, amigos, I pais, irmãos, ; avós e tios, também / Minhas tristezas, I alegrias, I vocação. Recebe, ó Pai I minha oferenda e me abençoa, e então, I caminharei contigo em mim, I por onde Eu for. I Recebe, ó Pai I minha oferenda e me

879 - QUERO SER FELIZ (Entrada)
1. Estamos aqui, Senhor, ; pro teu louvor I e nossa alegria. I Viemos de todos os lugares, I dos campos das cidades, / viemos pra tua festa.

173

abençoa e então, I te levarei I comigo em meio à multidão.
eu sabia / amar a todos sem olhar a cor. / Se pobre ou rico seja como for. ; Oferecer-me neste altar, ; como Jesus o faz. / Por puro amor, / eu quero agora me entregar.

2. Que

2. Viemos de todos os lados, / do campo e da cidade. ; Temos no peito a mesma fé, / cantamos de felicidade. ; Nossa terra tem fartura, I nossos

braços tem vigor. I Presentes que Tu nos destes I Muito obrigado ao Senhor. .•
3. Foi com grande alegria, / que estivemos a trabalhar. ; Plantamos e colhemos, ; hoje viemos celebrar. / Nossa presença é sinal, I de nossa fidelidade. / Agradecemos a Ti Senhor, / por nossa comunidade.

885 - COMUNHÃO PERFEITA Corno é bom, / poder estar, / mais urna vez a
caminho / do teu altar. / E receber, / teu corpo Santo, / sentir o calor presente, ; no vinho e no Pão.

889 - HOJE TEM FESTA
1. Hoje tem festa na comunidade, ; viemos à colheita mostrar. / Corno gesto de fidelidade Senhor, / vamos por o Dízimo no altar. / Nosso Deus é rico em bondade, ; não podemos calados ficar. / Não viemos fazer pagamento, / o Senhor nos salva por nos amar. / É nosso reconhecimento a vida celebrar.

Faz de mim, lo teu Templo Santo, e que em mim só tu, Senhor. I Reine sobre minha pequena fé, I quero estar contigo, Senhor. I Faz de mim, I uma obra nova, I pra agir em teu favor. I Permita que eu possa ser uml soldado pronto pra luta. I (Que eu leve ao mundo carente, I Teu infinito amor.)
Como é bom, / poder estar, / mais uma vez a caminho I do teu altar. ; E partilhar, I Teu Corpo Santo, ; sentir o amor presente, / na vida do irmão.

886 - PARTILHA E COMUNHÃO Este trigo multiplicado, ; este feixe de vida e luz./ Venceu a morte e o pecado este é, / este é o teu corpo Jesus. ; Esta uva sacrificada, sofrida, / verteu na cruz. / Venceu a morte e o pecado este é, / este é o teu sangue Jesus. Sobre este altar eu sei, I Jesus está. / Inteiro e vivo a nos chamar. I Na comunhão eu sei, I Jesus está. I Épartilha viva neste altar. Somos esta uva, este trigo sofrido, I carregando a
cruz./Na procissão da partilha vivida, /pornós e o Santo Jesus. / É a comunhão neste Santo Altar.,' entre nós e Jesus. ; A grande esperança do mundo que, / que necessita de luz.

II:Eu canto ao meu Deus sim, I Vou cantar, I e o meu coração I vou ofertar. :11 Porque o Senhor nos salva por amar.
2. A comunidade se reuniu, / para fazer um louvor, uma prece. / Amamos o Deus que nos conduziu. I E contente cada um agradece. / Até quem o Dízimo não traz. ; Recebe dos céus todo bem. / Distinção nosso Deus não faz. / Cante conosco também.

890 -PELA INDIFEREN ÇA
1. Afaste Senhor, / o motivo do pecado. I Tu me acolhes em teus braços, J eu não posso mais pecar. I Tu, Senhor, / estás sempre ao meu lado, / me ampare por favor, I porque eu não quero mais errar. / Tu, Senhor, ; é o caminho, é a verdade, / é a vida, é a bondade, ; e a ti peço perdão. / Perdão Senhor, / por minha ausência, I por minha indiferença ao teu sofrimento na cruz. I Perdão Senhor, / por minha falta de amor, / perdão porque não estendi minhas mãos, II: a quem procura uma luz. :// - Tu, Senhor, I é o caminho ... 2. Perdão Senhor, /se o Dízimo eu nego, / quando me faço de cego, e ; não quero enxergar. / Perdão Senhor, / por minha indiferença, li' perdão pela falta de amor que carrego I em meu coração. ://

887 - FESTADABOANOVA Que bom que você veio e está aqui. J Que bom que você veio eu'tô tão feliz. / A festa é do Senhor, / abra seu coração. / Tirando os pés do chão.,' batendo as mãos.r virando a cabeça. Solta o coração feito um balão pro céu, e bum!!! / Uma oração no ar uma oração a Deus. I Solta o coração feito um balão pro céu, e Bum!!! / Uma oração no ar / urna oração que diz: / Guia-me Senhor, / nos caminho da paz.v' Livra-me Senhor, ; dos males que o mundo traz. MISSACANTOS DE ALEGRIA: DÍZIMO
AAOOO I 000 - Prodízimo L: Joel Leal Valentim (M.: Denise De Leon

891- PELA OMISSÃO
1. Se calados omitimos, / se tua voz não ouvimos, I se tua dor não sentimos. / Perdão, Senhor, nós pedimos. / Quando o Dízimo negamos, / quando a fome não aplacamos, I quando o pobre ignoramos. /Perdão Senhor, nós rogamos.

co

888 - SENHOR AQUI ESTAMOS

(Entrada)

1. Senhor aqui estamos, / atendendo ao teu chamado. ; Pedimos que nosso Dízimo, ; por ti seja abençoado.r Queremos com nosso dízimo, ; que teu nome seja louvado. ; Agradecemos a ti Senhor..' por nossa comunidade.

li: Pelo mal que fazemos, I pela fé que não temos, I pela luz que não acendemos. I Perdão, Senhor, I nós queremos. I Quanto tempo perdido, I quanto pão não repartido, I quanto irmão ofendido. I Perdão Senhor. (Pai querido.) :11

174

892

-EI-LAQUE

SURGE

li: Ei-la que surge, I oh/ Gente I a Escritura Sagrada I Faz crescer a nossa fé I Dá força pra caminhada. I Esta lá escrito eu li I Dê o Dízimo no altar I Este preceito eu segui I E vivo feliz a cantar. :11 Bíblia é Deus falando I Nos tocando o coração I
Ele esta nos chamando; Nos propondo uma missão.,' É a fonte pura do saber; E mostra novo caminho; Na Bíblia você vai ver I Que nunca está sozinho. 893 - A TI MEU PAI 1. A Ti meu Pai, ; nosso louvor, I Te adoramos./ E obedecemos com amor. / Nos teus passos, ; nós andamos, / fidelidade, I com o dízimo que entregamos. li: Louvamos, I pelo dia que amanhece. I Pelo sol da manhã, I que nos aquece. I Pela tarde que a noite anuncia. I Pela noite que espera novo dia. I Louvamos, I pelo ventre que gera. I Por todo tempo de espera. I Pelo choro de um novo ser. I Pela esperança

mal, Deus tem a cura I Quem conhece o seu Evangelho 1 tem sempre vida de muita alegria. :11 897-ESTÁNAHORA

li: Está na hora de mostrar fidelidade. I ao Senhor que nunca nos deixa a sós. I Venha da roça ou venha da cidade. I Cante conosco, mostre a suavoz: :11 1. Vim da roça eu sou lavrador. 1 Minha lida é no
cabo da enxada. I Parte do meu trabalho, meu suor, ; trago com a fé renovada. 1 Vim da cidade sou operário. ; É dia e noite, noite e dia no trabalho. ; E trago com muita alegria, 1 parte deste meu salário. 2. Eu em breve vou me aposentar. 1 Mas não quero ficar parado. 1 E com o Dizimo que apresento, I digo a Deus muito obrigado. 3. Sou uma pessoa sem trabalho. / A procura de um ofício. lOque eu trago é a minha vida. ; Entrego a Deus meu sacrifício. 898-DEVOLUÇÃO 1. Ofertamos a natureza, I com seus campos a florir. 1 Ofertamos o trabalho, / muito havemos de construir. / Ofertamos as pessoas, 1que sabem retribuir, 1 Ofertamos ao Senhor, lo mundo novo que há de vir. 2. Não fazemos pagamento, / nem ajuda estamos dando. ; Não é fruto de campanha, loque estamos apresentando. I Não trazemos esmola, 1 nem é contribuição. 1 Devolvemos ao Senhor, 1 o que ele pôs em nossas mãos. Tudo vem de Deus, I Ele é o Nosso Criador. I Temos liberdade, Ipara mostrar o nosso amor. I

renascer. I Louvamos teu nome, Jesus. :11
894 - VIEMOS TE ADORAR 1. Pai, viemos te adorar./ Jesus, viemos te louvar. / Espírito Santo, ó, Trindade Santa, / queremos te amar. 6 Senhor, I de amor infinito. I Eu te louvo de

todo meu ser. I Tu és luz, Tu és sempre bendito. I 6 Senhor, I de eterna verdade. I Eu te louvo por me dar o orvalho da noite és afonte da bondade.
2. Ó Senhor, / de piedade sem fim. / Eu te louvo por lealdade. / O Dízimo não é tudo de mim. / Leve-me todo se for Tua vontade, Pai de amor sem fim. - Ó Senhor,! de amor infinito ... 895 - FIQUEMOS DE PÉ

A bens materiais, não podemos ser apegados. I Temos um Pai, nãoficaremos, / desamparados.
4. Não estamos colaborando, ! nem tendo gesto de piedade. / A salvação não compramos, ; nem fazemos caridade. 1 Também não é prenda, 1 o que em nossas mãos trazemos. / Devolvemos a Deus.z uma parte do que temos. 899 - CHEGOU A HORA

li: Aleluia, aleluia, aleluia. :11- li; Fiquemos de pé. aleluia. I O Senhor vai falar. aleluia. /Ouçamos com fé, aleluia 1Ele quer /lOS salvar. aleluia. :lI -I Ó, Senhor, nós queremos Te ouvir. /
Tua Palavra vai nos incomodar. / Teus passos queremos seguir. IN ossa vida, vai ter que mudar. Aleluia! I Sua mensagem é uma proposta de amor. ; Precisamos ouvir com atenção. / Não podemos ficar sem reposta. I Tem que provocar a reação. Aleluia! 896 - O RECADO li: O Senhor está ao nosso lado / Nós nunca estamos a sós / Chegou à hora de ouvir a Palavra; Que Jesus Cristo tem para nós. :/; 1 /1: São palavras que ensinam a viver / Deus é Pai tudo pode ser mudado; Quem não sabe que assim deve ser / Tem sempre vida de muito pecado. :11 2 1/: Deus tem para nós um conselho. I Para todo

Chegou à hora de comungar com alegria, I vamos fortalecer nossa unidade. / Jesus Cristo está presente na Eucaristia, I chegou aquele momento tão esperado. I Somos templo do Senhor, lobrigado por teu amor. I Chegou a hora e seremos todos renovados.
1. Nossa vida ganha um novo sentido, / quando pomos tudo em comunhão.! Os frutos que temos colhido, / nossa fé, nossa luta e o pão.,' O Senhor que se parte na mesa, I deu seu Corpo e seu Sangue por nós. ; A comunhão nos mostra a certeza, / de que nunca estamos a sós. 2. O Dízimo que todos trazemos, / é comunhão na comunidade. / É divino quando assim

175

entendemos, I um sinal de fé com maturidade. I Comungando tudo o que temos, I fica mais forte a nossa união. I Os inimigos não teremos, I Deus é nossa comunhão.

I. Nada me faltai em meu caminhar 11: O Senhor abençoa, a quem aprendeu a partilhar./ I 2. Vem ser dizimista I na comunidade. 11: Caminho seguro de verdadeira fraternidade. :/1 CANTOS DIVERSOS

900 - O BANQUETE lI: Está posto o banquete, da comunhão. I Jesus Cristo está presente, no altar. I J-énham todos
parll mese, dll união INoss« comunidade vai se Irllnsformar. :11 1. Seremos agora renovados, I nossos braços terão mais força e vigor, I nossas vidas ficam cheias de luz, I quando nos entregamos 11: ao Senhor. :11 2. Ao comungarmos nós crescemos I na amizade, justiça e no amor, I brota a paz em nossos corações, I quando nos entregamos 11 ao Senhor. 11 3. Nosso Dízimo damos com humildade I cresce raízes em nossa comunidade I sempre juntos nunca estamos sós I nosso canto será a uma só voz ao Senhor. 11: Ao Senhor. :11 11: Obrigado,

905 - GLÓRIA, GLÓRIA,ALELUIA! Glórill, glórill, aleluia! (3v) I Louvemos ao Senhor! 1. Na beleza do que vemos, I Deus nos fala ao coração. I Tudo canta, Deus é grande, I Deus é bom e Deus é Pai. I É seu Filho, Jesus Cristo, / que nos une por amor. I Louvemos ao Senhor! 2. Deus nos fez comunidade I pra vivermos como irmãos. I Braços dados, todos juntos, I caminhemos sem parar. I Jesus Cristo vai conosco, I Ele é jovem como nós. I Louvemos ao
Senhor. 3. Jesus Cristo é alegria, I Jesus Cristo é o Senhor. I Da vitória sobre a morte I deu a todos o penhor. I Venceremos as tristezas, / venceremos o temor. / Louvemos ao Senhor.

901-VAMOSEMBORA Senhor, lobrigado, Senhor. I Agradecemos, pelo dom da vida I Breve 906 - SALVE A BíBLlA SAGRADA voltaremos para ouvir a tua palavra loque 1. Salve a Bíblia Sagrada. / Alimento cristão, I aprendemos, I vamos aplicar na vida. :// relatando a história, de toda criação. I Ela fala da 1. Com alegria estamos nos despedindo, I vida,! fala da salvação: IN os indica o caminho o celebramos com muita felicidade. I Fiquem com . caminho, que nos leva a conversão. Deus nós já estamos indo, I sentiremos uma Vivas! Batendo palmas! / Recebendo o grande saudade. . "Tesouro". I nosso Livro Sagrado, Ipara todos 2. Somos dizimistas com grande alegria, I ao vale ouro. I Ele dita os profetas, grandes juízes. Senhor provamos nossa lealdade. I Para onde vamos Deus é nossa companhia, I estamos em fiéis reis, I e Jesus mensageiro cumprindo todas/eis. paz somos mais comunidade. 2. Inspirado por Deus, I a Sagrada Escritura, I em (Missa do Dízimo I Celeb. da Partilha I pág. 124) todos livros seus, mostra a nós, criaturas, I 902 -VÓS SOIS O CAMINHO (Ato Penitencial) profecias de outrora; falando de Jesus, I nos 1. Senhor, vós sois o caminho, I guiai-nos ao Pai trazendo por "agora" uma mensagem de Luz. com carinho. I De nós tende piedade, I Senhor, 907 - SANTO PAI DO UNIVERSO tende piedade! 2. Ó Cristo, sois a verdade, I enche i-nos de Santo é o Pai do universo. Santo é o Senhor. I Santas são todas as obras do seu amor. I Céus e caridade. I De nós tende piedade, I Cristo, tende terra se ajoelham em oração, I Nós também piedade! acompanhamos nesta canção. I Mil louvores 3. Senhor, vós sois nossa vida, I buscais a ovelha sejam dados ao Criador, I por todas as perdida. I De nós tende piedade, I Senhor. tende maravilhas do seu amor! I Toda a terra canta piedade! hosana, cada vez mais. lI: Quem se sente filho 903 - SANTO É O SENHOR Dele não se cansa nunca de anunciar a paz! :// li: Santo, santo, santo é o Senhor. :11 -11: Nosso Santo, santo é Jesus Cristo, libertador. / Que Deus e nosso criador. :11 -11: Céus e terra cantam ensinou que tudo isto, vem do amor. I Nenhum seu louvor. :11 - li: Hosana ao nosso Deus libertador. :/1-//: Bendito o que vem em nome do filho foi mais filho do que Jesus. / Deus de Deus, Verbo encarnado e luz da luz! I Bendigamos este Senhor. :/1-11 Hosana, hosana ao nosso salvador'!l nome sem hesitar, I repetindo a todo instante e a 904-ÉODíZIMO,SENHOR(Final) 11: É o dízimo, Senhor. I que nos mostra com louvar. I Celebrai batendo palmas cada vez mais. I I: Glória ao Deus por todo o canto, nosso Deus é certeza. I Gratidão ao Criador, / compromisso santo, Deus é nossa paz! :/1 na Igreja. ://
ó

176

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful