Você está na página 1de 7

Cinemtica do Movimento Circular

TEORIA - AULA A13


Fsica I - EFB205
2015

Movimento Circular
O movimento circular uma categoria de
movimento de grande importncia prtica,
haja visto os inmeros sistemas mecnicos
caracterizados por este tipo de movimento.
Por

exemplo,

um

brao

mecnico

executando um movimento de rotao, uma


plataforma que gira em torno de seu eixo
central, um automvel executando uma curva
etc.

Aplicaes

Carro em uma curva plana


Roda gigante

GRANDEZAS CINEMTICAS
Relao entre ARCO e VARIAO ANGULAR
A variao angular definida como a razo entre o valor do arco s pelo raio r:

s = r .

Dividindo a expresso por t, temos que a taxa de


variao da posio est relacionada com a taxa de
variao da posio angular:

s
= r
t

= m Velocidade angular mdia


t

s
= v m Velocidade escalar mdia

t
No limite t0,

s
r

v = r

vm = r

Movimento Circular Uniforme - MCU


Quando uma partcula se move numa trajetria circular e o
mdulo da velocidade constante, define-se o MCU.
Neste movimento, a acelerao possui direo radial, ou
seja, perpendicular direo do vetor velocidade, e seu

sentido aponta para o centro da trajetria. O mdulo da


acelerao radial :

v2
ar =
r
Lembrando que

v =

s
2 r
=
t
T

onde T o perodo do movimento, tem-se:

4 2 r
ar =
T2

Acelerao e velocidade no Movimento


Circular Uniforme
Velocidade tangente trajetria
Acelerao, radial.

Young e Freedman, p. 87

Acelerao radial
no Movimento
Circular

Young e Freedman, p. 86.

Exemplos
EXEMPLO 3.11 p. 87

EXEMPLO 3.12 p. 87

ACELERAO CENTRPETA EM

ACELERAO CENTRPETA EM

ESTRADA CURVA

UM PARQUE DE DIVERSES

Cinemtica

Definio

Movimento
Circular Uniforme:
- Velocidade
-Acelerao

Movimento Circular no uniforme


Velocidade tangente
trajetria
Acelerao, radial
Acelerao
tangencial

10

Young e Freedman, p. 88

Movimento Circular no uniforme

11

Young e Freedman, p. 86

Movimento Circular no uniforme


Acelerao, radial

v2
ar =
r

Acelerao tangencial
at =

dv
dt

12

Movimento Circular Uniformemente


Variado - MCUV
Grandeza angular

Posio:

Equao horria com acelerao angular constante

( t ) = ( t )dt + C

Velocidade:

( t ) =

d
dt

1
2

( t ) = 0 + 0 t + t 2

( t ) = ( t )dt + C

( t ) = 0 + t

= ( t )

2 = 02 + 2

Acelerao:

( t ) =

d
dt

As equaes horrias do MC so anlogas as obtidas para o movimento


retilneo (MUV).
O quadro ilustra o caso particular no qual a acelerao angular constante e
igual a .

13

Exemplos
Exemplo 9.3 p. 290
Exerccio 9.13 p. 308
Exerccio 9.4 p. 307

14