Você está na página 1de 3

53

Universidade do Estado do Rio de Janeiro


Instituto de Fsica Armando Dias Tavares
Departamento de Fsica Aplicada e Termodinmica
Oficina de Fsica
2011/2
Professora Jorgina Rosete Teixeira
Circuito paralelo e Circuito srie.
Noes iniciais
Circuito de resistores em paralelo
1) Caractersticas:
Em relao corrente: A intensidade da corrente em uma associao de resistores em
paralelo a soma das intensidades das correntes dos resistores associados.
Em relao a ddp, os resistores em paralelo ficam submetidos mesma ddp.
Em relao resistncia equivalente, o inverso da resistncia equivalente igual a soma
dos inversos das resistncias da associao.
2) Esquema:

Fonte: ALVES FILHO, Avelino; OLIVEIRA,Edson Ferreira de; ROBORTELLLA, Jos


Luis de Campos. Fsica:2 grau. So Paulo: tica, 1984. p.79.

3) Deduo da equao para o clculo da resistncia equivalente:


Sabe-se que I = i1 + i2 + i3 onde:
U
i1 =
,
R1
U
i2 =
,
R2
U
i3 =
,
R3
U
I=
. Ento:
Req

54

U
U
U
+
+
ou
R1 R2
R3
U
U
U
U
=
+
+
ou
Req
R1 R2
R3

I=

1
U
1
1
. Simplificando, vem:
= U

Req
R1 R2 R3
1
1
1
1
.

Req R1 R2 R3

Circuito de resistores em srie.


1) Caractersticas:
Em relao corrente: A intensidade da corrente em uma associao de resistores em srie
a mesma em todos os resistores associados.
Em relao a ddp da fonte, corresponde soma das ddp dos resistores da associao.
Em relao resistncia equivalente, a resistncia equivalente igual a soma das
resistncias da associao.
2) Esquema:

Fonte: ALVES FILHO, Avelino; OLIVEIRA,Edson Ferreira de; ROBORTELLLA, Jos


Luis de Campos. Fsica:2 grau. So Paulo: tica, 1984. p.74.
3) Deduo da equao para o clculo da resistncia equivalente:
Sabe-se que: U = U1 + U2 + U3 onde:
U1 = i . R1,
U2 = i . R2,
U3 = i . R3,
U = i . Req Ento:
U = i . R1 + i . R2 + i. R3 ou
U = i (R1 + R2 + R3) ou
i . Req = i (R1 + R2 + R3).Simplificando, vem:
Req = R1 + R2 + R3

55

Referncias:
ALVES FILHO, Avelino; OLIVEIRA,Edson Ferreira de; ROBORTELLLA, Jos Luis de
Campos. Fsica:2 grau. So Paulo: tica, 1984. v.3.