P. 1
BEM AVENTURADOS OS QUE TÊM OS OLHOS FECHADOS

BEM AVENTURADOS OS QUE TÊM OS OLHOS FECHADOS

|Views: 958|Likes:
Palestra
Palestra

More info:

Categories:Types, Brochures
Published by: Adailton Barreira moura on Feb 19, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/28/2013

pdf

text

original

BEM AVENTURADOS OS QUE TÊM OS OLHOS FECHADOS. EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO. CAPÍTULO ± VIII.

ITEM 20

³ Eu sou a porta: Se alguém entrar por mim, salvar-se-á.´
(JO ± 10-09)

tem olhos de ver que veja; quem tem ouvidos de ouvir que ouça.´

³Quem

³O Espiritismo não institui nenhuma nova moral; apenas facilita aos homens a inteligência e a prática da moral do Cristo, facultando fé inabalável, esclarecida e raciocinada aos que duvidam ou vacilam.´

Jesus e Kardec, portanto, apontamapontamnos a senda da fartura, abundância e plenitude, bem como a felicidade sem mescla e da segurança sem limite. Jesus é a porta. Kardec é a chave. O Espiritismo é a chave com o auxílio da qual tudo se explica de modo fácil.

Meus bons amigos, para que me chamastes? Terá sido para que eu imponha as mãos sobre a pobre sofredora que está aqui e a cure? Ah! que sofrimento, bom Deus! Ela perdeu a vista e as trevas a envolveram. Pobre filha! Que ore e espere.

Não percebem, contudo, que as jóias do bem estar, da fraternidade e também da cura ou saúde que buscam estão justamente nas ponderações claras trazidas pelos expositores que estudam para oferecer ao público o melhor de seus esforços.

Ouvir a palestra com atenção, raciocinar em seus fundamentos e seqüência de argumentações já predispõe o ouvinte a mudar a maneira de pensar, a ver a vida com mais alegria e disposição, a entender a proposta cristã, a compreender os princípios do Espiritismo, e isto tudo lhe abrirá horizontes novos para nortear o próprio caminho, evitando as causas de perturbações.

É muitas vezes, nas palestras que entenderemos as razões e os porquês da existência, do sofrimento, das dificuldades. É também nas palestras que encontraremos roteiro de trabalho que pode mudar nossos passos, radicalmente muitas vezes, da estagnação aflita para o trabalho vibrante que garante a paz!

É na palestra proferida antes do passe ou nesta proferida durante o tratamento espiritual que já vamos curando nossas enfermidades físicas e morais, no contato com um ambiente muito preparado para nos atender, posteriormente, com os magníficos recursos espirituais do passe em si..., e dos recursos terapêuticos por nós recebidos quando do tratamento.

Vinde a mim todos vós que andais cansados e oprimidos, eu vos aliviareis. Tomai sobre vós o meu julgo e aprendei de mim que sou manso e humilde de coração e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.

' Quem matou à espada, pela espada perecerá",

"A criatura é sempre punida por aquilo em que pecou." pecou."

"Se o teu olho for motivo de escândalo, arrancaarranca-o."

Para cada ação praticada corresponde uma em igual proporção. Os movimentos que executamos em nosso dia-a-dia caracterizam diaas nossas ações. Fazer ou deixar de fazer, escrever ou não escrever, obedecer ou mandar são atitudes corriqueiras em nossa ocupação diária.

´A cada um segundo suas obrasµ

´Deus não dá um fardo maior do que podemos carregarµ.

Como podemos definir os Espíritos?

Os Espíritos são os seres inteligentes da criação.

Qual é a finalidade da encarnação dos Espíritos? Deus a impõe com o fim de levá-los à perfeição. Para uns é prova, para outros uma expiação e ainda para outros uma missão. Para chegar à perfeição todos devem sofrer as vicissitudes da vida material ou corpórea.

Qual é a finalidade da Reencarnação?

Expiação ± melhoramento progressivo da Humanidade. Sem isso, onde estaria a justiça?

Qual é a diferença entre Provação e Expiação?

A provação é a luta que ensina ao discípulo rebelde e preguiçoso na estrada do trabalho e da edificação espiritual. A expiação é a pena imposta ao malfeitor que comete um crime.

A dor é o aguilhão que impele o homem, na
senda do bem Tendo o homem que progredir, os males a que se acha exposto são um estimulante para o exercício da sua inteligência, de todas as suas faculdades físicas e morais, inclusive, incitando-o a procurar os meios de evitá-los. Se ele nada houvesse de temer, nenhuma necessidade o induziria a procurar o melhor. O Espírito se entorpeceria na inatividade; nada inventaria, nem descobriria.

Deus, que é inteligência suprema e causa primária de todas as coisas, estabeleceu leis, chamadas de naturais ou divinas. Elas englobam todas as ações do homem: para consigo mesmo, para com o próximo e para com o meio ambiente.

Os males que atingem o ser humano podem ser analisados em três aspectos:

Os primeiros correspondem aos produzidos por acidentes, frutos de um despreparo vibratório. São as agressões, os crimes, os suicídios, pois a rigor, ninguém traz como programação a agressão a quem quer que seja e nem tão pouco a autodestruição.

O segundo aspecto ± trata-se tratado mal necessário ± o mal despertamento.

O terceiro aspecto é o mal cármico. É o que semeardes, colhereis.

³Apenas a caridade expressão máxima do amor, tem o poder de anular a multidão dos nossos pecados.´

³ Bem aventurados os aflitos, porque deles é o Reino dos Céus.´

Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu espírito; este o maior e o primeiro mandamento. E aqui tendes o segundo, semelhante a esse: Amarás o teu próximo, como a ti mesmo. - Toda a lei e os profetas se acham contidos nesses dois mandamentos." (S. MATEUS, cap. XXII, vv. 34 a
40.)

DEUS NUNCA ERRA

Há muito, muito tempo, num reino distante, havia um rei que não acreditava na bondade de DEUS. Havia, porém, um súdito que em todas as situações lhe dizia: Meu rei, não desanime porque tudo que Deus faz é perfeito

Ele não erra! Um dia eles saíram para caçar e uma fera atacou o rei. O súdito conseguiu matar o animal, mas não pôde evitar que sua majestade perdesse um dedo da mão.

Furioso e sem mostrar gratidão por ter sido salvo, o nobre disse: Deus é bom? Se Ele fosse bom eu não teria sido atacado e perdido o meu dedo.

Furioso e sem mostrar gratidão por ter sido salvo, o nobre disse: Deus é bom? Se Ele fosse bom eu não teria sido atacado e perdido o meu dedo.

O servo apenas respondeu: Meu Rei, apesar de todas essas coisas, só posso dizer-lhe que Deus é bom; é que mesmo perder um dedo é para o seu bem.

O que Deus faz é perfeito. Ele nunca erra! Indignado com a resposta, o rei mandou prender o súdito. Tempos depois, saiu para uma outra caçada e foi capturado por selvagens que faziam sacrifícios humanos.

Já no altar, prontos para sacrificar o nobre, os selvagens perceberam que a vítima não tinha um dos dedos e soltaram-no: ele não era perfeito para ser oferecido aos deuses.

Ao voltar para o palácio, mandou soltar o súdito e recebeu -o muito afetuosamente. Meu caro, Deus foi realmente bom comigo! Escapei de ser sacrificado pelos selvagens , justamente por não ter um dedo! Mas tenho uma dúvida: Se Deus é tão bom, por que permitiu que você, que tanto o defende, fosse preso?

Meu rei, se eu tivesse ido com o senhor nessa caçada, teria sido sacrificado em seu lugar, pois não me falta dedo algum. Por isso, lembre-se: tudo o que Deus faz é perfeito

Ele nunca erra! Muitas vezes nos queixamos da vida e das coisas aparentemente ruins que nos acontecem, esquecendo-nos que nada é por acaso e que tudo tem um propósito. Todas as manhãs, ofereça seu dia à Presença Divina que habita o seu coração

Peça-Lhe para inspirar os seus pensamentos, guiar os seus atos, apaziguar os seus sentimentos. E nada tema, pois DEUS NUNCA ERRA!!!

Lembre-se: Deus nunca Erra,

Realmente Deus nunca erra . O seu caminho é perfeito e a sua palavra sem impureza. Ele é o caminho de todos que nele confiam, como diz em 2º Samuel
² 22 ² 31.

Eu vim pra que tenham vida e a tenham em abundância.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->