Você está na página 1de 2

Problema de Aplicao do Lanamento Oblquo:

1) Um corpo lanado, do solo para cima, segundo um ngulo de 60 com a horizontal


com velocidade de 400 m/s. Admitindo-se g = 10 m/s e 3 = 1,7, pedem-se:
a)
b)
c)
d)
e)
f)

O tempo que o corpo leva para atingir a altura mxima em relao ao solo;
A altura mxima;
O tempo gasto para atingir o solo;
O alcance;
A velocidade do corpo no instante 8 segundos;
A equao da trajetria do corpo.

Resoluo: O movimento pode ser decomposto em dois eixos, x que representa o


alcance do projtil e y que representa a altura do projtil, sendo que x e y
perpendiculares entre si. Segundo x, o movimento uniforme e, segundo y, o
movimento uniformemente variado. Conforme o grfico da figura anterior.
Inicialmente vamos determinar as componentes horizontal e vertical da velocidade
inicial.
Componente segundo x:

componente segundo y:

vox = vo . cos 60

voy = vo . sen 60

vox = 400 . (1/2) = 200 m/s

voy = 400 . (3/2) = 200 . 1,7

vox = 200 m/s (constante)

voy = 340 m/s

Vamos achar agora as funes que regem o movimento:


Segundo x, como MU: s = so + v.t

Segundo y, como MUV: s = so + vot + (1/2)gt

x = xo + vox.t

y = yo + voy.t + (1/2)g.t

x = 0 + 200.t

y = 0 + 340t + (1/2)(-10).t

x = 200.t

y = 340t 5t
funo velocidade vy, (v = vo + g.t)
vy = voy + g.t vy = 340 10t

a) Na altura mxima vy = 0
vy = 340 10t

0 = 340 10t

t = 34s (segundos)

b) Substituindo t = 34s em y = 340t 5t para achar a altura mxima em funo do


tempo;
y = 340(34) 5(34)

y = 11560 5780

y = 5780 m (altura mxima)

c) Quando o corpo toca o solo, y = 0:


y = 340t 5t

0 = 340t 5t

0 = 5t (68 t)

ou t = 0 (instante de lanamento) ou t = 68 s (o tempo gasto para atingir o solo)


d) para acharmos o alcance, substitumos o tempo gasto para atingir o solo (t = 68s) em
x = 200t, que a equao onde nos informa o alcance (componente horizontal).
x = 200 . 68

x = 13600m

e) para acharmos a velocidade (v) do corpo no instante 8 segundos, temos que saber a
velocidade resultante do corpo. Para isso precisamos calcular vy no instante de 8s. E a
componente vx = 200 m/s em qualquer instante, pois seu movimento uniforme.
vy = 340 10t

vy = 340 10(8)

v = (260) + (200)

vy = 260 m/s

portanto
v = vy + vx

v = 107600
v = 328 m/s
f) a equao da trajetria do corpo a que relaciona y em funo de x:
temos duas equaes do movimento em funo do tempo:
uma para a componente x:

x = 200t (MU) (i)

uma para a componente y:

y = 340t 5t (MUV) (ii)

de (i) temos: x = 200t

t = x/200

substituindo em t = x/200 em (ii) temos:


y = 340(x/200) 5(x/200)
y = (17/10)x (1/8000)x
Exerccio: Um corpo lanado do solo para cima, segundo um ngulo de 30 com a
horizontal e com velocidade de 300 m/s. Admitindo g = 10 m/s e 3 = 1,7 calcule
conforme o que se pede do exemplo anterior.