Você está na página 1de 1

Do texto "Os

Dias da
Comuna", de
Bertold
Brecht,
traduo de
Fernando
Peixoto

Comuna de Paris
"Resoluo
Considerando nossa fraqueza os senhores forjaram
Suas leis, para nos escravizarem.
As leis no mais sero respeitadas
Considerando que no queremos mais ser escravos.
Considerando que os senhores nos ameaam
Com fuzis e com canhes
Ns decidimos: de agora em diante
Temeremos mais a misria do que a morte.
Considerando que ficaremos famintos
Se suportarmos que continuem nos roubando
Queremos deixar bem claro que so apenas vidraas
Que nos separam deste bom po que nos falta.
Considerando que os senhores nos ameaam
Com fuzis e canhes
Ns decidimos: de agora em diante
Temeremos mais a misria que a morte.
Considerando que existem grandes manses
Enquanto os senhores nos deixam sem teto
Ns decidimos: agora nelas nos instalaremos
Porque em nossos buracos no temos mais condies de ficar.
Considerando que os senhores nos ameaam
Com fuzis e canhes
Ns decidimos: de agora em diante
Temeremos mais a misria do que a morte.
Considerando que est sobrando carvo
Enquanto ns gelamos de frio por falta de carvo
Ns decidimos que vamos tom-lo
Considerando que ele nos aquecer
Considerando que os senhores nos ameaam
Com fuzis e canhes
Ns decidimos: de agora em diante
Temeremos mais a misria do que a morte.
Considerando que para os senhores no possvel
Nos pagarem um salrio justo
Tomaremos ns mesmos as fbricas
Considerando que sem os senhores, tudo ser melhor para ns.
Considerando que os senhores nos ameaam
Com fuzis e canhes
Ns decidimos: de agora em diante
Temeremos mais a misria que a morte.
Considerando que o que o governo nos promete sempre
Est muito longe de nos inspirar confiana
Ns decidimos tomar o poder
Para podermos levar uma vida melhor.
Considerando: vocs escutam os canhes
Outra linguagem no conseguem compreender Deveremos ento, sim, isso valer a pena
Apontar os canhes contra os senhores!