Você está na página 1de 1

Pré-candidata já

é alvo do fogo-amigo
Alapetistateme confrontonasaúde
ED FERREIRA/AE
portas fecha-

A das, longe dos


holofotes e do
discurso eleito-
ral, os petistas
que tratam dos problemas
da saúde temem o confron-
to entre a candidata Dilma
Rousseff e o tucano José
Serra, governador de São
Paulo. Menos de uma hora
depois de o 4º Congresso
Nacional do PT ter aprova-
do o projeto de governo pa-
ra a candidata à Presidên-
cia, na sexta-feira, a reporta- DILMA – Criticada por petistas
gem do estadao.com.br fla-
grou uma reunião em que Dilma! Ela vai ser questiona-
um grupo de petistas reve- da e vai ter de falar sobre o
lou temor pela fragilidade assunto a partir de abril.”
com que Dilma discute o O ex-ministro adotou um
tema e pela “vulnerabilida- discurso mais conciliador.
de” como estão entrando no “Precisamos nos organizar
debate eleitoral. O progra- para influenciar nesse pro-
ma aprovado, diziam, “não cesso. Temos de ganhar a
vale quase nada”. nossa candidata, que não
Reunidos em uma sala tem o que o nosso presiden-
do segundo andar do Cen- te tem”, afirmou.
tro de Convenções Ulysses A capacidade administra-
Guimarães, em Brasília, tiva da ministra na área foi
membros do grupo setorial muito questionada. “O José
de saúde do PT queixaram- Temporão (ministro da Saú-
se da gestão da área no go- de) já ficou quatro horas
verno Luiz Inácio Lula da conversando sobre saúde
Silva e fizeram uma série com a Dilma”, disse um dos
de comentários críticos à participantes.
ministra-chefe da Casa Ci- Nem o plano de governo
vil. Uma das militantes foi poupado. “Acho que não
questionou: “Quem é a Dil- preciso dizer para todo
ma para nós, do ponto de mundo aqui que isso que
vista da militância? Não po- aprovaram há pouco não
demos entrar na campanha vale nada. Esse programa
vulneráveis como a gente só vai ficar pronto mesmo
está na saúde.” lá por agosto. Esse encon-
Participaram do encon- tro é para agradar à militân-
tro, que foi gravado pela re- cia”, criticou outro petista.
portagem, o ex-ministro da Indagado sobre a insatis-
Saúde Humberto Costa fação em relação à falta de
(PE), o secretário de Gestão propostas específicas do
Estratégica e Participativa programa e quanto à condu-
da atual equipe do ministé- ção do assunto pelo partido,
rio, Antônio Alves de Sou- o novo presidente do PT,
za, e outros dirigentes. José Eduardo Dutra, negou
Uma dirigente disse que qualquer problema. “Isso
ficou espantada com a falta não procede. É comum que
de habilidade da pré-candi- alguns termos não sejam
data, em um debate. “Ela especificados e fiquem de
entrou recuada para discu- fora. Tivemos reclamações
tir política social na saúde. de todos os setoriais.”●
Foi um horror. Se o nosso
presidente era muito verde Rodrigo Alvares
quando entrou, imagina a BRASÍLIA