Você está na página 1de 7

Guia Definitivo para Cerimonial de Debutantes

©IMAGEM7 PRODUCOES ARTISTICAS – SÃO PAULO

A cerimônia de debut, é a cerimônia de passagem mais celebrada nestas ultimas


décadas.
Toda a cerimônia de passagem, tem a finalidade de conduzir a condição humana de
uma situação à outra, e neste caso, a apresentação do celebrado à sociedade,
ingressando no mundo adulto, colocando a infância como algo a ser lembrado com
alegria e nostalgia.
Neste caso, o motivo circundante, aquele que conta a historia da infância, assume o
tom da celebração. Assim, na maioria das vezes, podemos organizar o evento com o
tal aspecto. Então com freqüência temos os seguintes modelos:

- Cinderela;
- Branca de Neve;
- Mogli;
- Barbie;
- Cavaleiro e a princesa;
- Outros modelos nacionais e internacionais.

Todos estes modelos fazem parte do ideário da fantasia infantil, proporcionada


mediante a divulgação da mídia, em sua maioria, baseada no cinema norte-
americano. Faz parte da fantasia apresentada nos contos e filmes, assistido em
televisão ou cinema, já que neste país, a cultura do teatro ainda não tem parte nos
hábitos da maioria dos brasileiros. Ir ao teatro ainda é um problema!
No futuro, acreditamos que este tipo de celebração terá um aspecto diferente, pois
hoje, as crianças têm uma experiência diversa. Devido ao impacto dos canais de TV a
cabo, internet, entre outros veículos de comunicação, os padrões antigos do lúdico
infantil, estão desaparecendo. Hoje, já vemos os debutantes escolherem como motivo
principal da festa, algo como a lembrança dos anos 60, anos 70, festas a fantasia –
aonde cada convidado vai com a fantasia que quiser, entre outros motivos mais high
tec, e futuristas.

A seqüência tradicional segue como abaixo:

a)Recepção de convidados – com coquetel/jantar e som do tipo lounge;


b)Troca do vestido – troca-se para o vestido a ser usado na entrada da debutante;
c)O evento – na seqüência - abertura com leitura de texto e iluminação
adequada/entrada da família/entrada dos cavalheiros e damas(15 casais)/entrada do
príncipe/entrada das daminhas de honra/entrada da aniversariante/entrega do
presente ou jóia pelos pais ou avos/troca do sapato/troca do brinquedo que mais
apreciava na infância (normalmente uma boneca)/retrospectiva com texto e vídeo ou
somente texto;
d)Valsas – na seqüência – com o pai/com o avo/com o príncipe;
e)Parabéns com corte de bolo – parabéns/fotos/corte do bolo/brinde com guaraná ou
champagne;
f)Homenagens – flores para pais/avos/madrinhas/mãe do namorado ou
príncipe/amigos...
g)Entrega de lembranças – para os quinze casais, depois para parentes e amigos;
h)Som e iluminação – balada até o último convidado!
Muito embora os motivos possam variar, o tempo passar, o núcleo da celebração
será o mesmo e tem normalmente os seguintes modelos:

MODELO 1 – CONTO DE FADAS


(este exemplo pode ser diferente do “conto de fadas”, bastando adaptar o motivo,
substituindo as roupas e adereços, mas, a seqüência de momentos continua da
mesma forma).

Local: clube ou salão de festas

a) Recepção – As amigas (para celebrado feminina) ou amigos (celebrado


masculino) que farão parte da valsa, formam um corredor, recepcionando e
agradecendo os convidados a presença na festa. Neste momento estão vestidos com
roupa social ou esporte fino. Ficam aproximadamente cerca de 40 minutos alem do
tempo da previsão do inicio da festividade.
No hall, ou fim do corredor, temos o debutante finalizando os agradecimentos e
abraçando os convidados. Fica importante ressaltar que nesta celebração não
existem despedidas, sendo por isso que o debutante agradece no inicio, a presença
dos convidados. Da mesma forma, o debutante está vestindo esporte fino ou social.
Os pais e irmãos ficam logo atrás do debutante, da mesma forma, agradecendo o
comparecimento dos presentes. Os pais e irmãos entregam os convidados a um
acompanhante (pessoa com o lay-out das mesas numeradas) para orientar quanto ao
local para assentarem (Pais e irmãos ficam com traje esporte fino ou social ate o fim
do evento);
Detalhes – No hall podemos colocar iluminação suave, um quarteto de violinos ou
um simples violão que acompanha os convidados até as mesas. Também um
acompanhante que tem a marcação das mesas ou assentos, com os nomes dos
convidados, orienta os convidados e os aloja no local adequado.
Um ator vestido de bailarina, ou Charlie Chaplin, ou estátua viva, ou
arlequim, faz gestos como se estivesse apaixonado, mostrando a foto do debutante, a
todos os presentes, já assentados. A musica de fundo suave acompanha o motivo ex.
Charlie Chaplin – luzes da arribalta.
Telão ou televisor de 29 polegadas exibem continuamente as fotos do
aniversariante, intercaladas com cenas de filmes que fazem referencia ao motivo –
arlequim, Charlie Chaplin, etc.
Feita a recepção todos os amigos e amigas que vão dançar a valsa se retiram da
recepção, juntamente com o aniversariante.

b) Entre atos – Neste momento, só ficam no salão de festas, os pais e irmãos do


celebrado, recebendo a todos, de mesa em mesa. Uma apresentação musical,
declamação de poesia ou outro tipo de exibição pode preencher este tempo, que não
deve durar no total mais que 40 minutos.

c) Inicio da cerimônia – parte 1 - segue a seqüência:


- rufar de tambores;
- texto do mestre de cerimônia;
- O mestre de cerimônia afirma o motivo da festa e solicita para que todos acendam
as velas – velas pequenas colocadas nas mesas – segue texto sobre a importância
das velas e seu significado;
- Dois Arlequins acrobatas, entram e exibem-se no salão. Depois, trazem uma grande
caixa-de-música até o centro da pista de dança, de onde sai, assim que os Arlequins
a abrem, uma Bailarina clássica dançando. O Carlitos, que ainda estava no salão,
observando, vai se aproximando da Bailarina. Acaba a corda da caixa-de-música, a
Bailarina pára. O Carlitos dá vida à Bailarina através de um sopro, entrega uma flor a
ela e a ajuda a sair da caixa. Ela dança com os Arlequins, que passam a conduzir os
quinze rapazes, que estavam espalhados pelo salão, para se colocarem na escadaria
do palco. Para dar seqüência, novamente rufam-se os tambores. Primeiro, surgem as
quinze garotas no palco, com velas nas mãos, e se colocam ao lado de seus pares na
escadaria. Depois, surge a Aniversariante num maravilhoso vestido. Os Arlequins
buscam a Aniversariante no alto da escada e a conduzem até aos Pais e o Irmão, que
a aguardam no pé da escada ou local previamente acordado.
Como variante aos arlequins, dois atores fantasiados com qualquer tipo de fantasia
podem adaptar uma pequena apresentação, onde buscam os casais já formados
situados em outra sala. O mestre de cerimônias chama o primeiro casal contando
então a historia destes, em relação a aniversariante; intimidades e lembranças
agradáveis do casal em relação ao aniversariante, para na seqüência solicitar palmas
e falar o nome dos mesmos. Enquanto isso, este casal vai dirigir-se ao centro do
salão, e assim sucessivamente, para cada casal, até formar uma roda, sempre
animada na presença dos atores.
O texto deve ter cerca de um minuto para cada casal, e a entrada do casal ate o
centro da roda, também não mais que um minuto.) – Como são quinze casais (CADA
CASAL REPRESENTA UM ANO DE VIDA DA ANIVERSARIANTE), a duração
estimada deste ato será de 30 minutos em média.

d) cerimônia – parte 2 –
- O presente - Os Pais presenteiam a Aniversariante com uma jóia para o pescoço. A
jóia é colocada na aniversariante pelos Pais. A Aniversariante agradece aos Pais e ao
Irmão. O texto dos pais pode ser previamente preparado e lido pelo mestre de
cerimônias ou, no momento, declamado pelos pais.

- A homenagem – a aniversariante convida a Avó e o Padrinho de Batismo para


receber uma homenagem. Pode ser uma flor ou outro tipo de adereço. Novamente,
texto do aniversariante pode ser previamente preparado e lido pelo mestre de
cerimônias ou, no momento, declamado pelo aniversariante.

- A surpresa - Neste momento, uma amiga, liderando um grupo de amigos, faz uma
homenagem surpresa para a aniversariante. Entra uma musica suave.Este momento
será microfonado

- A primeira valsa – O mestre-de-cerimônias convida os casais para a valsa. Ao iniciar


a 1ª valsa, o Pai, convida a Aniversariante para dançar. Antes que a música termine,
o Pai concede ao Padrinho de Batismo o direito de terminar a 1ª valsa com ela.

- Apresentação dos casais – (deve ser dispensada esta apresentação se foi


adotada a roda com a apresentação dos casais) Agora, o Mestre-de-cerimônias
apresenta cada um dos quinze casais. A cada um deles, ele relaciona fatos
destacáveis referentes a um ano da vida da Aniversariante e narra o vínculo de
amizade entre o Casal e a Aniversariante.

- A segunda valsa - ela dança com o “Padrinho de Valsa” (o Namorado ou príncipe).


O príncipe (ou princesa) ou namorado (ou namorada) fica oculto até este momento.
Este é chamado e apresentado pelo mestre-de-cerimônias, que mais uma vez solicita
o reforço nas palmas, pois este é o ladrão do coração da jovem.
Dançando, ela passa a apagar as velas nas mãos dos quinze casais. Ao ter sua vela
apagada, cada casal sai valsando pelo salão.

- A terceira valsa - Antes de começar a terceira valsa, o Carlitos ou ator faz um


discurso e, depois, sai acenando um lenço branco.

- O Mestre-de-cerimônias convida a todos para dançar, o que a Aniversariante faz


acompanhada pelo seu irmão. Depois, ele encerra a cerimônia e convida a todos para
os acepipes.

e) Cerimônia - parte 3
- Comes e bebes – O jantar é regado à musica fina e dançante, não demorando mais
que 30 minutos. Apresentações, poesias e dedicatórias são indicadas neste
momento.

- Corte do bolo – após os salgados ou jantar - Terminado o jantar, os garçons trazem


a mesa com o bolo, enquanto os convidados cantam o tradicional "Parabéns a você".
A Aniversariante fez um pedido (desejo) ou oração em silêncio, e de olhos fechados.
Na sequencia corta o bolo e oferece o 1º pedaço à sua mãe, que levanta um brinde à
filha aniversariante. Enquanto a mãe solicita o brinde, os garçons distribuem
champagne a todos os convidados para que eles possam acompanhá-la nesta
homenagem.

f) Cerimônia - parte 4
- Após o corte do bolo, opcionalmente o aniversariante, juntamente com as amigas e
amigos fazem a troca de roupa, voltando para esporte fino ou jeans convencional.
Neste momento dá-se inicio à musica executada por banda ou DJ que toca os
sucessos, começando por anos 60 até a data atual.

g) Saída
Recomenda-se servir água e café. Não há entrega de lembranças.

MODELO 2 – ANOS 60

Local: residência ou salão de festas

a) Recepção – As amigas (para celebrado feminina) ou amigos (celebrado


masculino) que farão parte da valsa, formam um corredor, recepcionando e
agradecendo os convidados a presença na festa. Neste momento estão vestidos com
roupa anos 60. Ficam aproximadamente cerca de 40 minutos alem do tempo da
previsão do inicio da festividade.
No hall, ou fim do corredor, temos o debutante finalizando os agradecimentos e
abraçando os convidados. Fica importante ressaltar que nesta celebração não
existem despedidas, sendo por isso que o debutante agradece no inicio, a presença
dos convidados. Da mesma forma, o debutante está vestindo esporte fino ou social.
Os pais e irmãos ficam logo atrás do debutante, da mesma forma, agradecendo o
comparecimento dos presentes. Os pais e irmãos entregam os convidados a um
acompanhante (pessoa com o lay-out das mesas numeradas) para orientar quanto ao
local para assentarem (Pais e irmãos ficam com traje anos 60 ate o fim do evento);
Detalhes – No hall podemos colocar iluminação suave, uma guitarra que
acompanha os convidados ate as mesas. Também um acompanhante que tem a
marcação das mesas ou assentos, com os nomes dos convidados, orienta os
convidados e os aloja no local adequado.
Um ator vestido de anos 60 (Grease), faz gestos como se estivesse
apaixonado, mostrando a foto do debutante, a todos os presentes, já assentados. A
musica de fundo anos 60 romântico acompanha o motivo.
Telão ou televisor de 29 polegadas exibem continuamente as fotos do
aniversariante, intercaladas com cenas dos filmes anos 60.
Feita a recepção todos os amigos e amigas que vão dançar a valsa se retiram da
recepção, juntamente com o aniversariante.
b) Entre atos – Neste momento, só ficam no salão de festas, os pais e irmãos do
celebrado, recebendo a todos, de mesa em mesa. Uma apresentação musical,
declamação de poesia ou outro tipo de exibição pode preencher este tempo, que não
deve durar no total mais que 40 minutos.

c) Inicio da cerimônia – parte 1 - segue a seqüência :


- toque de bateria;
- texto do mestre-de-cerimônia;
- O mestre de cerimônia afirma o motivo da festa e solicita para que todos acendam
as velas – velas pequenas colocadas nas mesas – segue texto sobre a importância
das velas e seu significado;
- Dois atores anos 60 entram e exibem-se no salão. Depois, trazem uma moto anos
60, uma Bailarina desmonta a moto e segue dançando. Para dar seqüência,
novamente rufam-se os tambores da bateria. Primeiro, surgem as quinze Garotas no
palco, com velas nas mãos, e se colocam ao lado de seus pares na escadaria.
Depois, surge a Aniversariante num maravilhoso vestido rodado de bolinha. Os
rapazes buscam a Aniversariante no alto da escada e a conduzem até aos Pais e
Irmão, que a aguardam no pé da escada ou local previamente acordado.
O mestre-de-cerimônias chama o primeiro casal contando então a historia destes, em
relação a aniversariante; intimidades e lembranças agradáveis do casal em relação
ao aniversariante, para na seqüência solicitar palmas e falar o nome dos mesmos.
Enquanto isso, este casal vai dirigir-se ao centro do salão, e assim sucessivamente,
para cada casal, até formar uma roda, sempre animada na presença dos atores.
O texto deve ter cerca de um minuto para cada casal, e a entrada do casal ate o
centro da roda, também não mais que um minuto.) – Como são quinze casais, a
duração estimada deste ato será de 30 minutos em média.

d) cerimônia – parte 2 –
- O presente - Os Pais presenteiam a Aniversariante com uma jóia para o pescoço. A
jóia é colocada na aniversariante pelos Pais. A Aniversariante agradece aos Pais e ao
Irmão. O texto dos pais pode ser previamente preparado e lido pelo mestre de
cerimônias ou, no momento, declamado pelos pais.

- A homenagem – a aniversariante convida a Avó e o Padrinho de Batismo para


receber uma homenagem. Pode ser uma flor ou outro tipo de adereço. Novamente,
texto do aniversariante pode ser previamente preparado e lido pelo mestre de
cerimônias ou, no momento, declamado pelo aniversariante.

- A surpresa - Neste momento, uma amiga, liderando um grupo de amigos, faz uma
homenagem surpresa para a aniversariante. Entra uma musica suave.Este momento
será microfonado

- A primeira valsa – O mestre-de-cerimônias convida os casais para a valsa. Ao iniciar


a 1ª valsa, o Pai, convida a Aniversariante para dançar. Antes que a música termine,
o Pai concede ao Padrinho de Batismo o direito de terminar a 1ª valsa com ela.

- Apresentação dos casais – (deve ser dispensada esta apresentação se foi


adotada a roda com a apresentação dos casais) Agora, o Mestre-de-cerimônias
apresenta cada um dos quinze casais. A cada um deles, ele relaciona fatos
destacáveis referentes a um ano da vida da Aniversariante e narra o vínculo de
amizade entre o Casal e a Aniversariante.

- A segunda valsa - ela dança com o “Padrinho de Valsa” (o Namorado ou príncipe).


O príncipe (ou princesa) ou namorado (ou namorada) fica oculto até este momento.
Este é chamado e apresentado pelo mestre-de-cerimônias, que mais uma vez solicita
o reforço nas palmas, pois este é o ladrão do coração da jovem.
Dançando, ela passa a apagar as velas nas mãos dos quinze casais. Ao ter sua vela
apagada, cada casal sai valsando pelo salão.

- A terceira valsa - Antes de começar a terceira valsa, o ator faz um discurso e,


depois, sai acenando um lenço branco.

- O Mestre-de-cerimônias convida a todos para dançar, o que a Aniversariante faz


acompanhada pelo seu irmão. Depois, ele encerra a cerimônia e convida a todos para
os acepipes.

e) Cerimônia - parte 3
- Comes e bebes – O jantar é regado à musica fina e dançante, não demorando mais
que 30 minutos. Apresentações, poesias e dedicatórias são indicadas neste
momento.

- Corte do bolo – após os salgados ou jantar - Terminado o jantar, os garçons trazem


a mesa com o bolo, enquanto os convidados cantam o tradicional "Parabéns a você".
A Aniversariante fez um pedido (desejo) ou oração em silêncio, e de olhos fechados.
Na sequencia corta o bolo e oferece o 1º pedaço à sua mãe, que levanta um brinde à
filha aniversariante. Enquanto a mãe solicita o brinde, os garçons distribuem
champagne a todos os convidados para que eles possam acompanhá-la nesta
homenagem.

f) Cerimônia - parte 4
- Após o corte do bolo, da-se inicio a musica executada por banda ou DJ que toca os
sucessos, começando por anos 60 ate a data atual.

g) Saída
Recomenda-se servir água e café e entregar a lembrança anos 60

DECORAÇÃO

Em decorrência de diversas duvidas quanto a decoração, podemos afirmar que em


algumas situações, a decoração torna-se inútil. Caso o local de recepção seja
decorado naturalmente, um pequeno arranjo de flores em cada mesa no local da
recepção, é a melhor saída. Observe muito bem a quantidade de luz que é aplicada
no local. Caso a debutante queira uma festa do tipo “balada”, todos ornamentos e
demais arranjos desaparecem devido a baixa iluminação ou iluminação de festa que
é aplicada no local. Não fique fantasiando muito, pois sua decoração pode passar
despercebida! Isto depende das sequintes variáveis: espaço-quantidade de luz-cor
das paredes e piso-tipo de mesas instaladas-quantidade de convidados-....Excesso
de decoração pode parecer “brega”. Pouca decoração deixa uma ar mais elegante.
Pense muito bem, pois você irá se deparar com iluminação de velas, fumaça e outros
tipos de obstrução visual.

Os itens mais solicitados em nossa empresa são:


Pista de dança techno ou rave, alimentação com mesa de frios ou baguete de
quatro tipos diferentes, balas-pirulitos-doces diversos, na pista de dança - colares e
pulseiras de néon – óculos color – apitos – piscas de led – plumas e enfeites anos 70
(serão entregues na hora de executar as musicas anos 70), fotografos e filmagem
com muita animação e vestidos a caráter, garçons e bartenders malabaristas, fogo –
cuspidores de fogo e malabaristas com fogo, divisão em ambientes – um com musica
animada e outro local com musica suave para beijar muuuuiiiito!
IMAGEM7
ILUMINAÇÃO, DJs, CERIMONIAL, MÚSICOS, PRODUCÕES DE
EVENTOS ESPECIAIS, SONORIZAÇÃO PARA PALESTRAS,
PRODUÇÃO DE VÍDEO PARA EVENTOS EM GERAL, BALADAS,
RAVE, TUDO PARA SEU EVENTO – CASAMENTOS,
ANIVERSARIOS, DEBUT !!! CONSULTE
TEL. (11) 9669-6910 SÃO PAULO