Você está na página 1de 1

Quase Michelngelo

Horas em frente a prpria obra.


A expresso congelada.
Olhos vidrados.
Meio sorriso.
O tique retorna; um olho pisca.
O corpo imvel.
Uma mo se move lentamente e inconsciente at a obra.
O toque da vida no funcionou.
Frustrou-se.
Os quatro olhos vidrados se tocaram, sublimes
-Fala comigo! Fala!!!
As duas mos se beijaram.
Uma janela se abriu; a luz entrou.
Um dedo se movimentou.
Mas o artista nem se deu conta de que foi com a batida do cinzel.
A felicidade o atingiu bruscamente, o sorriso se abriu por inteiro, e ento o
artista e a escultura danaram uma linda valsa mgica!!
Foi quando, no fim da tarde, o sol se pondo, a pedra errou o passo e
escorregou, e os pedaos se espalharam pelo cho.
Raquel Fernandes . 2012