P. 1
Do ENIAC ao GNU/Linux

Do ENIAC ao GNU/Linux

|Views: 1.543|Likes:
Publicado porvictorpepy
Uma história de como o GNU/Linux surgui!
Uma história de como o GNU/Linux surgui!

More info:

Published by: victorpepy on Feb 26, 2010
Direitos Autorais:Public Domain

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as ODT, PDF or read online from Scribd
See more
See less

08/14/2013

pdf

original

O núcleo possui acesso completo a memória do sistema e deve permitir que
processos acessema memória com segurança conforme a sua necessidade.
Frequentemente o primeiro passo para isso é o endereçamento virtual,
geralmente alcançado através da paginação e/ou segmentação. Endereçamento
virtual permite ao núcleo fazer com que um dado endereço físico pareça ser
outro endereço, o endereço virtual. Espaços de endereço virtual podem ser
diferentes para diferentes processos; a memória que um processos acessa em um
endereço (virtual) particular pode ser diferente da que um outro processo acessa
pelo mesmo endereço. Isto permite a todos programas funcionar como se ele
fosse o único em execução, além do núcleo, e por isso evita que aplicativos
travem uns aos outros.23
Em vários sistemas, o endereço virtual de um programa pode se referir a dados
que não estão na memória atualmente. A cama de indireção oferecida pelo
endereçamento virtual permite que o sistema utilize meios de armazenagem de
dados, como um disco rígido, para armazenar o que de outro modo teria que
permanecer na memória (RAM(em inglês)). Como resultado. sistemas operativos
podem permitir que programas usem mais memória do que está fisicamente
disponível. Quando um programa precisa de dados que não estão na RAM, a CPU
avisa o núcleo que isto ocorre, e o núcleo responde escrevendo o conteúdo de um
bloco de memória inativo para o disco (se necessário), e substituindo-o na
memória com os dados requisitados pelo programa. O programa pode então
continuar sua execução do ponto em que foi suspenso. Este esquema é
geralmente conhecido como paginação por demanda.
Endereçamento virtual também permite a criação de partições virtuais de
memória em duas áreas separadas, uma sedo reservada para o núcleo (espaço de
núcleo) e o outro para os aplicativos (espaço de usuário). Os aplicativos não tem
permissão do processador para acessar a memória do núcleo, portanto
prevenindo que um aplicativo possa danificar o núcleo em execução. Esta
partição fundamental de espaço de memória contribuiu muito para os projetos de
núcleos realmente de propósito geral e é quase universal em tais sistemas,
embora algumas núcleos de pesquisa (ex. Singularity) usarem outros métodos.

23

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->