Você está na página 1de 2

Lisboa, 14 de Fevereiro de 2010

Meu amor:

Está a nevar em Nova York.

Quando vejo a neve a cair lá fora lembro-me da tua


imagem no momento da despedida no aeroporto.

Neste nosso dia lembro-me de ti e dos carinhos que me dás


todos os dia. E esses carinhos são a única forma de aquecer
as minhas mãos geladas.

Todos os dias acordo às 6:30,


saio de casa às 7:00 e apanho o
comboio às 7:15 para chegar à
Universidade às 8:00. Almoço
sozinha na cantina às 12:30 e
entro novamente às 14:00. Nos
tempos livres da hora do almoço
aproveito para te escrever as
cartas que tu lês todos os dias pois nunca me esqueço de ti.
Depois das aulas acabarem às 17:30 fico ainda na
Universidade a estudar ou a fazer trabalhos de grupo. Só
saio da Universidade às 19:00 para chegar a casa às 20:00.
E quando dou por isso já estou outra vez sozinha deitada na
cama a falar para as paredes e a dizer-lhes o quanto sinto a
tua falta.

Hoje tenho uma boa notícia para te dar. Vou a casa no


Sábado, pois são as minhas férias após exames. Estou
ansiosa por te abraçar e sentir os teus lábios rosados.

Agora vou dormir e sonhar com esse momentos e muitos


outros que juntos vamos viver.

Um GRANDE beijo

Ana

PS: Amo-te