P. 1
01- O Gestor Organizacional e as Demandas da Empresa Contemporânea

01- O Gestor Organizacional e as Demandas da Empresa Contemporânea

|Views: 2.743|Likes:
Publicado porferpad17

More info:

Categories:Types, Brochures
Published by: ferpad17 on Mar 03, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/17/2012

pdf

text

original

TECNOLOGIAS DE GESTÃO ORGANIZACIONAL (TGO

)

Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

O Gestor Organizacional e as Demandas da Empresa Contemporânea

Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

Quem é o consultor organizacional?
• É um agente (externo) de mudanças; • É quem aconselha nas decisões organizacionais; • É quem assume a responsabilidade por estudar a organização e diagnosticar seus problemas; • É quem trabalha de forma interativa com a empresa que contrata seus serviços; e • É quem se envolve com os processos empresariais em suas atividades de diagnóstico.

Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

Consultor e Gestor/Executivo da Organização
• O consultor não se confunde com o gestor ou executivo da empresa, muito embora as atividades que desempenham guardem alguma semelhança. • Vejamos as diferenças e semelhanças existentes:
Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

Consultor X Gestor/Executivo
• O gestor/executivo não é um agente externo de mudanças, e sim interno; • O gestor/executivo não baseia seu trabalho apenas nos processos organizacionais. Envolve-se, ao contrário, com toda a sorte de atividades do cotidiano da empresa; e • O gestor/executivo não auxilia apenas nas tomadas de decisão, e sim é parte dos processos de tomada de decisão.

Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

Consultor = Gestor/Executivo
• Ambos precisam agir de forma interativa na empresa; e • Ambos assumem responsabilidades dentro da empresa. Sendo que ao gestor/executivo, em função de sua presença diária, é esperada a execução de pequenos ajustes diários.

Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

Por que contratar uma consultoria?
• Visão externa; • Neutralidade; • Concentração da atenção (nos problemas); • Alavancagem direcionada à ação; e • Temporariedade (dos serviços na empresa).

Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

Características do Gestor Organizacional
Características Comportamentais a) atitude interativa; b) atitude racional; c) possuir ampla e sólida cultura geral; d) ter adequado relacionamento com as pessoas; e) ter uma atuação que enfatize as pessoas; f) saber desenvolver clima de confiança;
Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

Características do Gestor Organizacional (2)
Características Comportamentais g) saber obter comprometimento das pessoas; h) ter diálogo otimizado; i) ter alma de negociador; j) “vestir a camisa” da empresa-cliente; e k) saber trabalhar com erros.
Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

Características do Gestor Organizacional (3)
Características de habilidade 1) abraçar a inovação; 2) prestar auxílio adequado no estabelecimento de prioridades e na tomada de decisão empresarial; 3) possuir pensamento estratégico, ser um agente de mudanças e ser intuitivo; 4) saber trabalhar em equipe; 5) trabalhar com otimismo e realismo;
Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

Características do Gestor Organizacional (4)
Características de habilidade 6) domínio sobre aspectos quantitativos e qualitativos; 7) assumir a responsabilidade; 8) capacidade de resolução de conflitos; 9) visão abrangente com focos corretos de ataque; e 10) saber trabalhar com o elemento surpresa.
Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

Características do Gestor Organizacional (5)
Características de conhecimento 1) possuir elevado conhecimento em consultoria; 2) possuir conhecimento tecnológico de gestão organizacional; 3) ser um generalista com especialização; 4) possuir visão de longo e curto prazo; 5) estar voltado para as necessidades do mercado; e 6) possuir conhecimento de economia e política internacional.
Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

O que estuda o Gestor Organizacional
• A estrutura formal; • As pessoas; • Os relacionamentos interpessoais ou relações grupais; • A alta administração; e • Os processos.
Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

Escolha da Diretriz e do Método de Trabalho
A diretriz deve envolver questões como: 1) Escolher o que e quando observar em colaboração da empresa-cliente; 2) A diretriz deve sempre alcançar os níveis mais elevados da organização; 3) A diretriz escolhida deve ser tal que permita uma fácil observação dos procedimentos interpessoais e grupais; e 4) A diretriz deve ser tal que envolva situações reais de trabalho.

Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

Escolha da Diretriz e Método de Trabalho da Consultoria (2)
O método de trabalho e a tecnologia empregada devem envolver questões como: a) O consultor não possui as respostas certas ou soluções padronizadas; e b) O consultor deve estar disponível para perguntas e diálogos, tanto o quanto necessário; e, para encerrar, Schein recomenda: trabalhar de forma congruente com os valores de uma consultoria ética.

Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

A Ética do Consultor
O consultor que trabalha com ética: • Capacitação do consultor; • Essência do serviço de consultoria; • Relação entre consultor e empresa-cliente, em função do contrato; • Sigilo profissional; • Interação com empresas concorrentes;

Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

A Ética do Consultor (2)
O consultor que trabalha com ética: • Cultura da empresa; • Vontades do consultor; • Independência; • Participação de outras consultorias; • Conflito de Interesses; e • Honorários.

Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

O Gestor Organizacional e as Demandas da Empresa Contemporânea
... E PARA TERMINAR:

Fonte: ARAUJO, Luis César G. de. Tecnologias de gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2001.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->