Você está na página 1de 1

INVESTIGAES CRIMINAIS PRESIDIDAS PELO MINISTRIO PBLICO

Argumentos Contrrios

1. Viola o sistema acusattio; fere o princpio da pariedade de armas cria um


desequilibrio entre a acusao e defesa.
2. A Constituio Federal concedeu ao Ministrio Pblico o poder de requisitar
deligncias ou a instaurao de inqurito policial, mas no de realizar
investigaes.
3. Faltar previso legal e instrumentos para investigao.

Argumentos Favorveis

1. Teoria dos poderes implictos: quando a constituio Federal concedeu a um


rgo ou intruio a incumbncia da realizao de uma atividade fim (ao
penal), implicitamente e simultaneamente tambm concedeu todos os meios
necessrios para atingir esse objetivo.
2. No h violao ao sistema acusatrio, pois os elementos colhidos pelo MP
tero o mesmo valor daqueles colhidos no inqurito policial, sob a presidncia
do delegado de policia.
3. Procedimento investigatrio criminal (PIC) o instrumento utilizado pelo MP
de natureza administrativa e inquisitorial, para apurar a ocorrncia de infraes
penais de natureza publica (resoluo n 13/06,CNMP).

TRIBUNAIS SUPERIORES

STJ Sumula 234: Posiciona-se favorvel quanto as investigaes realizadas


pelo MP.
STF HC 91661 e HC 89837: Posiciona-se favorvel quanto as investigaes
realizadas pelo MP.