P. 1
CLISTER OPACO.

CLISTER OPACO.

3.0

|Views: 9.730|Likes:
Publicado porjoabpessoa

More info:

Published by: joabpessoa on Mar 05, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/07/2014

pdf

text

original

TGI BAIXO INTESTINO GROSSO

(CISTER OPACO)

1

ANATOMIA.
COLON TRANSVERSO . FLEXURA HEPÁTICA. FLEXURA ESPLÊNDICA.

COLON ASCENDENTE ..

COLON DESCENDENTE ..

RETO.

COLON SIGMÓIDE.

2

DISTRIBUIÇÃO DE AR E BÁRIO.

CLISTER OPACO.
 DEFINIÇÃO É O EXAME CONTRASTADO DO INTESTINO GROSSO.  OBJETIVO ESTUDAR A FORMA E A FUNÇÃO DO INTESTINO GROSSO.

INDICAÇÕES.
  COLITE. COLITE ULCERATIVA.  DIVERTÍCULO.  PÓLIPOS.  VOLVO.  INTUSSUSCEPÇÃO.  MEGA COLON CONGENITO  FÍSTULA RETO VESICAL  FÍSTULA RETO VAGINAL  NEOPLASIA (C.A) 3

 OBS:
Para pesquisa de megacolo congênito, não se utiliza contraste negativo (AR).  É muito importante que o paciente seja orientado acerca do ressecamento provocado pelo sulfato de bário. ELIMINAÇÃO INTESTINAL APÓS O EXAME. Orientar o paciente para beber bastante líquidos, fazer uso de laxantes (óleo mineral).

CONTRA-INDICAÇÕES.
 SUSPEITA DE PERFURAÇÃO DE VÍSCERA OCA E PACIENTES PRÉ CIRÚRGICOS.  POSSÍVEL OBSTRUÇÃO DO INTESTINO GROSSO.  RETOSIGMOIDOSCOPIA OU COLONOSCOPIA + BIÓPSIA.  GRAVIDEZ.  HIPERSENSIBILIDADE AO CONTRASTE USADO.

PREPARO DO PACIENTE.
    DIETA POBRE EM RESÍDUOS 48H ANTES. BEBER BASTANTE LÍQUIDO. LAXANTES (DUCOLAX, LAXOL) LAVAGEM INTESTINAL, PELA MANHÃ.

CONTRA-INDICAÇÕES AOS LAXANTES.
SANGRAMENTO MACIÇO DIARREIA GRAVE OBSTRUÇÃO CONDIÇÕES INFLAMATÓRIAS (APENDICITE)

   

PREPARO DO PACIENTE.
 RETIRAR TODOS OS OBJETOS METÁLICOS E A ROUPA (VESTIR AVENTAL).  EXPLICAR O EXAME.  ANAMNESE

MATERIAL UTILIZADO.
       LUVAS CONTRASTE (BÁRIO) SORO FISIOLOGICO SONDA DE FOLEY CERINGAS DE 20 E 50 ML LUBRIFICANTE (XILOCAINA) GASES ESTEREIS. 4

 PINÇA KELLY.  CUBA RIN ESTEREL.  OUTROS.

EQUIPAMENTOS E SUPORTES. SISTEMA FECHADO

BICO DA SONDA BÁRIO DILUÍDO.

BICOS DE ENEMA.

CONTRASTES UTILIZADO.
 POSITIVO BÁRIO + SORO FISIOLOGICO. NEGATIVO 5

AR.

FATORES RADIOGRAFICOS.  kVp 100 A 125 (SIMPLES) E 80 A 90 (DUPLO)  TEMPO CURTO  TEMPO DE EXAME De 30’ a 1 h.

METODOLOGIA DO EXAME.
  REALIZAR A ANAMNESE. FAZER RADIOGRAFIA PANORÂMICA, Para verificar o preparo intestinal, Posicionamento e técnica. (Fatores radiológico.)

INTRODUÇÃO DA SONDA.
 PARA A COLOCAÇÃO DA SONDA, COLOCAR O PACIENTE NA POSIÇÃO DE SIMS.

APÓS A INTRODUÇÃO DO BICO DA SONDA, ORIENTAR O PACIENTE PARA:  Manter o esfíncter contraído. 6

 

Relaxar os músculos abdominais Respirar pela boca.

DEPOIS DA INTRODUÇÃO DA SONDA. Contrastar o reto-sigmóide e realizar radiografias com contraste simples localizadas do reto-sigmóide em PA com angulação caudal, ou AP com angulação cefálica e um perfil do Reto, em filme 24 x 30 transversal dividido em 2. Altura de 1,00m.

AP, COM ANGULAÇAO CEFÁLICA.

PERFIL DO RETO.

 Preencher todo o intestino grosso com contraste acompanhando através de radioscopia.  Retirar o excesso de contraste.  Introduzir ar. Decúbito dorsal (AP), filme de 35 x 43 longitudinal, altura de 1,15m ou 1,30m dependendo do tamanho do paciente.

7

 OAD e OAE para visualizar os ângulos esplênico e hepático, em filme de 35 x 43 (14) longitudinal altura de 1,15m ou 1,30m dependendo do tamanho do paciente.  Podem ser feitas em OPD e OPE o importante é mostrar bem os ângulos.

OPD.

OPE.

ENEMA BARITADO NA COLOSTOMIA.
OSTOMIA (definição) Ostomia é a abertura da parede cólica e exteriorizada através da parede abdominal, por onde passa a ser eliminados os gases e as fezes.

Complicações.
8

Embora as colostomias sejam procedimentos cirúrgicos relativamente simples, apresentam várias complicações, desde simples irritações cutâneas até problemas potencialmente letais. Irritação cutânea - evitada pelo uso de bolsas e pomadas protetoras, que evitam o contato entre o contato fecal e a pele.

Fechamento da colostomia.
Indica-se o fechamento da colostomia temporária quando cessam as condições que determinaram sua abertura. É fundamental comprovar-se esse fato antes que se realize o fechamento, lançando-se mão de exames radiológicos contrastados, proctológicos, endoscópico etc.

INDICAÇÕES.
    AVALIAR A CICATRIZAÇÃO DA ANASTOMOSE. OBSTRUÇÃO FÍSTULA AVALIAÇÃO PRÉ-CIRÚRGICA(para fechamento)

OBJETIVO.
O objetivo do enema baritado por colostomia são: Avaliar a própria cicatrização da anastomose, obstrução, vazamento ou realizar uma avaliação pré-cirurgica.

BOLSA PARA COLOSTOMIA.

CONTRASTE UTILIZADO.
 POSITIVO BÁRIO. OBS: Não se utiliza contraste negativo (ar), em pacientes colostomizados.

RESUMO DO PROCEDIMENTO DE ENEMA BARITADO NA COLOSTOMIA.
Prepare a sala, abra a bandeja e disponha seu conteúdo. Misture o contraste de acordo com as especificações do serviço. Realize uma radiografia panorâmica. 9

Calce as luvas. Fazer primeiro o coto retal ( em perfil e AP) Depois de fazer o coto, fazer através da colostomia( o restante do intestino grosso). Introduzir a sonda foley, na colostomia e injetar o contraste. Fazer radiografias em AP, OBL. Direita e OBL. Esquerda Ajude o paciente na limpeza e na proteção da bolsa sobre o estoma.

10

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->