Você está na página 1de 12

Balanço Patrimonial

Grupo de Contas

Quais são os Grupos de Contas.


Critérios de Classificação. Ciclo Operacional.

Capítulo 03

Prof. Renato Amador


Balanço Patrimonial
Grupo de Contas
 Análise em maior profundidade do
Ativo e do Passivo

Regras
Regras
Ativo
Ativo PP ++PL
PL

AC
AC PC
PC
A
A PP
RLP
RLP ELP
ELP

PL AP
AP PL
PL
PL

2 Prof. Renato Amador Cap 03


Grupos de Contas
 Contas do ativo
 São agrupadas de acordo com sua rapidez de
conversão em dinheiro, ou seja, de acordo com
seu grau de liquidez.
 Em 1º lugar
 Agrupam-se as contas que já são dinheiro com as que se
converterão em dinheiro rapidamente. Esse grupo de
contas denomina-se Ativo Circulante.
 Em 2º lugar
 Agrupam-se as contas que se transformarão em dinheiro
mais lentamente. Este grupo denomina-se Ativo
Realizável a Longo Prazo.
 Em 3º lugar
 Agrupam-se os itens que dificilmente serão transformados
em dinheiro, que normalmente não são vendidos.
Denomina-se de Ativo Permanente.
3 Prof. Renato Amador Cap 03
Circulante e o conceito
de Ciclo Operacional
 O primeiro grupo de contas é o circulante.
 No processo de industrialização, segue como
exemplo um gráfico representativo do ciclo que a
empresa percorre constante e ininterruptamente.
 Ciclo operacional
 É o período desde a aquisição da matéria-prima até o
recebimento das duplicatas.
 O ciclo operacional inicia-se no item 1 e termina no item 5.
 As constas do Circulante variam constantemente.
 Exemplo
 A conta Fornecedores aumenta por novas compras de matéria-
prima e diminui com o pagamento das duplicatas.

4 Prof. Renato Amador Cap 03


Circulante e o conceito
de Ciclo Operacional
 Gráfico das contas em Movimento Constante (Circulante)

INÍCIO
Compra
Comprade de
Matéria prima in gera
5 Matéria prima d u In Forne-
st íci Forne-
ria o cedores
Caixa
Caixaee 1 li z

cedores
Bancos Pag
Bancos am ão
ent
os
gera Recebimento Produção
Produçãoem
em Salários
Salários
4 2 andamento
andamento gera a pagar
a pagar
Emprés- Duplicata
Duplicata Pagamento gera

ri al i ces so
Emprés- AAreceber

ão
timos
timos receber De Dívidas

z aç
Bancários gera Contas
gera com Serve Contas

o
Bancários

ind e o pr
og aapagar
pagar
Impostos a ra
Impostos ntia Aluguel
Aluguel

u st
aa Vendas
3
u
Seg aapagar
pagar
recolher a prazo
recolher EEoutros
outros
Produtos
Produtos
acabados
acabados

5 Prof. Renato Amador Cap 03


Capital Circulante Líquido
 Ativo Circulante menos Passivo
Circulante evidencia o Capital
Circulante Líquido (CCL).
 Em certo sentido, o Capital Circulante
Líquido é conhecido como Capital de
Giro Próprio de Curto Prazo (CGP). Tal
denominação é utilizada em alguns
setores do mercado financeiro.
Portanto, CCL e CGP podem significar a
mesma coisa.

6 Prof. Renato Amador Cap 03


Ativo Fixo (Permanente)
 Pela denominação pode-se entender
seu conteúdo.
 São itens que não se destinam à venda;
 Seus valores não são alterados freqüentemente;
 Não há uma conotação de giro.
 O Permanente se divide em três
subgrupos:
 Investimentos
 Imobilizado
 Diferido
7 Prof. Renato Amador Cap 03
Curto vesus Longo Prazo
 Entende-se por Longo Prazo, período superiores a um
ano, ou superior ao ciclo operacional da empresa
quando este for maior que um ano.
 No Exigível a Longo Prazo, serão classificadas
obrigações com vencimento após os 12 meses
seguintes ao do encerramento do Balanço. Todavia, se
o Ciclo Operacional da empresa for de 24 meses, o
Longo Prazo será acima de dois anos.
 Aspectos do endividamento
 A opção de a empresa contrair dívidas a longo prazo é mais
confortável, uma vez que terá mais tempo para pagar a
obrigação e, conseqüentemente, terá mais tempo para gerar
recursos financeiros.
 É tradicional no mercado financeiro conseguir financiamento
para aquisição de bens permanentes, porém, já não é tão
simples para o Capital de Giro (Ativo Circulante).

8 Prof. Renato Amador Cap 03


Principais Deduções do Ativo
 Numa abordagem superficial
destacam-se as seguintes deduções:
 No Circulante
 Duplicatas a receber
 A parcela estimada pela empresa que não será
recebida em decorrência dos maus pagadores
deverá ser substituída de Duplicatas a Receber, com
o título de Provisão para Devedores Duvidosos.
 Parte de Duplicatas a Receber, negociadas com as
Instituições Financeiras com o objetivo de realização
financeira antecipada daqueles títulos, deverá ser
substituída de Duplicatas a Receber por Duplicatas
Descontadas.

9 Prof. Renato Amador Cap 03


Principais Deduções do Ativo
 Numa abordagem superficial destacam-
se as seguintes deduções:
 No Permanente
 Imobilizado
 Os bens, com o passar do tempo, pelo uso, vão
sofrendo deterioração física ou tecnológica. Dessa
forma, os bens vão perdendo sua eficiência funcional.
Essa perda vai sendo acumulada, de forma
aproximada, na conta “Depreciação Acumulada”, que
subtrairá o Imobilizado.
 Diferido
 A perda da capacidade dos gastos classificados no
Diferido em trazer benefícios futuros para a empresa
vai sendo acumulada, de forma aproximada, na conta
Amortização Acumulada, que subtrairá o Diferido.

10 Prof. Renato Amador Cap 03


Deduções do Patrimônio Líquido
 Principal dedução do Patrimônio Líquido
 Prejuízos acumulados

Os prejuízos têm efeito contrário aos lucros, reduzem
os investimentos dos proprietários, diminuindo o
Patrimônio Líquido.
 O Balanço Patrimonial se divide em grupos de
contas BALANÇO PATRIMONIAL
ATIVO PASSIVO E PATRIMÔNIO
LÍQUIDO
31-12-x1 31-12-x0 31-12-x1 21-12-x0
Ativo Circulante Passivo Circulante
Realizável a LP Exigível a LP
Ativo Permanente Patrimônio Líquido
Investimentos
Imobilizado
Diferido
Total Total
11 Prof. Renato Amador Cap 03
Grupos de contas do Balanço
Patrimonial
ATIVO PASSIVO E
PATRIMÔNIO LÍQUIDO
Ativo Circulante Passivo Circulante
São contas que estão constantemente em giro, São obrigações que
sendo que a conversão em dinheiro, será no serão liquidadas no
máximo, dentro do próximo exercício social próximo exercício
Realizável a LP social (nos próximos
365 dias após o
São bens e direitos que se transformarão em
levantamento do
dinheiro após um ano do levantamento do
balanço).
Balanço Patrimonial.
Ativo Permanente Exigível a LP
São bens e direitos que não se destinam a São obrigações
venda. exigíveis que serão
Investimentos liquidadas com prazo
superior a um ano
São inversões financeiras de caráter permanente que
(Dívidas a longo
geram rendimentos e não são necessários à
prazo).
manutenção da atividade fundamental da empresa.
Imobilizado Patrimônio Líquido
São itens de natureza permanente que serão São recursos dos
utilizados para a manutenção da atividade básica da proprietários, capital
12empresa Prof. Renato Amador + seu rendimento,
Cap 03

Você também pode gostar