Você está na página 1de 1

O captulo 5 o mais longo do livro e se prope a examinar o pensamento teolgico de Joo Calvino.

Logo de cara o leitor advertido para o


perigo de se adotar qualquer uma de duas posturas extremas: a calvinofobia e a calvinolatria. Em seguida, o autor faz uma breve exposio sobre
a preparao, converso e vocao de Calvino, sendo que nesse ltimo tpico h uma nfase merecida no processo de elaborao daquela que
considerada a maior obra da teologia protestante: As Institutas da Religio Crist uma sistematizao, poca, indita, do pensamento
protestante. O captulo segue seu desenvolvimento aprofundando-se na teologia de Calvino, seus escritos e sua perspectiva, com destaque para
sua bem elaborada cristologia, para a sua mal compreendida e, por isso, polmica doutrina da predestinao, e para a sua doutrina da ceia do
Senhor que procurou estabelecer um caminho intermedirio entre os pensamentos de Zunglio e Lutero. O captulo finaliza contando-nos o final
da vida de Calvino, a importncia de sua contribuio para a teologia contempornea e seus erros, como homem pecador que era.