P. 1
CUBISMO - Picasso, Braque, Tarsila e Rego Monteiro

CUBISMO - Picasso, Braque, Tarsila e Rego Monteiro

|Views: 1.836|Likes:
Publicado porwagnerboamorte6160

More info:

Published by: wagnerboamorte6160 on Mar 11, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPTX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/03/2012

pdf

text

original

Principais artistas: Picasso, Braque, Joan Grés, Léger, Lhote, Severini, Picabia, Fresnay, Villon, Marcel Duchamp e outros

.

Pablo Diego José Santiago Francisco de Paula Juan Nepomuceno Crispin Crispiniano de los Remedios Cipriano de la Santíssima Trindad Ruiz Picasso (1881-1973) (0:51)

Fase azul 1901-04
• • •

Fase muito sentimental; Composições monocromáticas. Temas: Miséria e o desespero humanos;

Fase rosa 1905-06

O EQUILIBRISTA DA BOLA

Com a paixão de Picasso pelo circo, iniciam-se os ciclos dos saltimbancos e do arlequim.

Desenvolveu uma verdadeira revolução na arte. Em 1907, começa a elaborar a estética cubista, que se fundamenta na destruição da harmonia clássica das figuras e na decomposição da realidade;

P i c a s s o

P i c a s s o

P i c a s s o

P i c a s s o

P i c a s s o

P i c a s s o

Podemos destacar o mural Guernica, que representa, com veemente indignação, o bombardeio da cidade espanhola de Guernicapelos aliados alemães de Franco, em abril de 1937, responsável pela morte de grande parte da população civil formada por crianças, mulheres e trabalhadores.

Guernica em 3D 3’28”

Georges Braque (1882-1963 - 81 anos)
• Pintor e escultor francês juntamente com Pablo Picasso inventaram o Cubismo. • A maior parte da sua adolescência foi passada em Le Havre, mas no ano de 1889, mudou-se para Paris onde, em 1906, no Salão dos Independentes, expôs as suas primeiras obras no estilo de formas simples e cores puras (fovismo). •

Braque

NATUREZA MORTA OU LE JOUR

Tarsila do Amaral (1886 - 1973)
• Apesar de não ter exposto na Semana de 22, colaborou decisivamente para o desenvolvimento da arte moderna brasileira, pois produziu um conjunto de obras indicadoras de novos rumos. • Em 1928, deu início a uma fase chamada Antropofágica. • “Abaporu” - segundo a artista é de origem indígena e significa “Antropófago”.

Também usou de temática social nos seus quadros como na tela Operários.

Tarsila do Amaral

Rego Monteiro (1899-1970) • Um dos primeiros artistas brasileiros a realizar uma obra dentro da estética cubista. • Estudou em Paris, depois da Semana de Arte Moderna, sua vida alternouse entre a França e o Brasil. •

Rego Monteiro

O significado da obra GUERNICA
Proporções: 3,5 x 7,8 m. Material: Óleo sobre tela. Cores: Não existe cor. Apenas: preto, branco e tonalidades de cinza, exprimindo assim angústia, terror e destruição. Local da ação: em uma cozinha. Pode-se ver claramente uma mesa.

O CONTEXTO EM QUE FOI CRIADA A OBRA GUERNICA

Homem de Braços Levantados
• No lado direito superior destacase a figura de um homem com os braços levantados, e boca aberta. Esta figura pode simbolizar duas coisas: o homem, está apavorado, e parece tentar deter as bombas que são lançadas sobre a cidade - uma analogia a obra de Goya.

Mulher que sai da Escuridão

A direita, pode-se ver a figura de uma mulher que parece sair da escuridão para dentro de um cone de luz. Sua expressão é de completo esgotamento, como se carregasse um grande fardo, e seu rosto erguido na direção da luz pode ter uma certa semelhança com as imagens de Jesus Cristo a carregar a cruz. Essa imagem pode ser uma tentativa de exprimir o sofrimento humano, mas sem simbolizar explicitamente o cristianismo.

Rosto Boquiaberto

Na parte direita superior e ao centro, ao lado da figura do homem com os braços levantados, aparece uma figura que parece surgir, por debaixo das telhas. Essa figura, de rosto dominador, olha horrorizada para o cavalo ferido. Repare que está boquiaberta, como se não acreditasse no que estava a ver.

• •

Mão disforme segura um candeeiro

No centro superior da tela, próximo à cabeça do cavalo, existe um braço, que parece uma nuvem. Na mão disforme segura um candeeiro, muito comum nas casas dos camponeses. Esse candeeiro liberta uma luz suave, que poderia simbolizar a luz da consciência.

Olho de Deus

Ao lado do candeeiro, sobre a cabeça do cavalo, está um candeeiro elétrico. Devido ao seu formato de sol, essa figura pode sugerir o "olho de Deus", que vê tudo.

Cavalo em Agonia
• Na parte central do quadro, vemos um cavalo em agonia, este está caído de joelhos, como se estivesse a sentir as dores provocadas por uma enorme ferida aberta. A cabeça do cavalo está voltada para o touro. Da boca do cavalo parece sair um rugido feroz, de ira e dor. Esse rugido parece estar direcionado para a figura do touro, ao lado. O cavalo pode representar a angústia do povo espanhol. No entanto, alguns críticos de arte, defendem que devido aos traços rígidos, quase patéticos, representam o general Franco.

Touro

•No lado esquerdo da tela encontra-se o touro. Outra figura ambígua, pois pode estar representada a resistência do povo espanhol, mas o touro, que representa brutalidade, pode simbolizar o general Franco. •Repare-se que o touro está parado, a abanar a cauda, como se, após um ataque bem-sucedido, recuasse para ver os "estragos feitos no adversário" e se preparasse para o próximo ataque. A presença do touro deve-se também ao fascínio que Picasso sempre teve por touradas, e que aparece frequentemente nas suas obras.

Mãe, que carrega uma criança morta nos braços

A mãe, que carrega uma criança morta nos braços, talvez seja a de mais fácil interpretação. Nessa imagem percebe-se claramente a dor que sente uma mãe quando perde um filho. 

Figura Mutilada e Espada Partida


Toda a lateral inferior esquerda é ocupada por uma figura totalmente mutilada, que pode ser um guerreiro. Repare que, apesar de ter a cabeça e os braços cortados, o guerreiro está agarrado a uma espada partida, simbolizando assim a resistência do povo espanhol. Próximo da sua mão, encontra-se uma flor, símbolo da esperança de uma nova era. A flor, unida à espada, símboliza a resistência, e podem transmitir uma mensagem do tipo: "enquanto houver resistência haverá esperança".

CONCLUSÃO
• “A obra Guernica de Pablo Picasso, apesar de estar baseada em um fato teoricamente isolado, é uma espécie de reação contra a eterna crueldade do homem. Isso porque Ela nos faz relembrar não só as atrocidades cometidas contra o povo de Guernica, mas também qualquer ato de opressão cometido contra liberdade do individuo. Assim, entender Guernica é, além de compartilhar como o povo espanhol todo o sofrimento vivido na época, uma forma de jamais se esquecer de todas as atrocidades causadas por regimes repressivos semelhantes e manter-se atendo para que fatos como este não voltem a ocorrer.”

ATIVIDADE Uma nova leitura de Guernica
• Associar os significados da obra a uma releitura. • Poderá utilizar como linguagens:
       

- Desenho - Pintura - Escultura - Arte eletrônica - Instalação - Cena teatral

• O projete vai gerar uma menção – Formal prática.

• Referências: Sites educação, Graça Proença, História da Arte. • http://www.mundocultural.com.br/index.asp?url=http://www.mundocultural • • Aula elaborada pelo Arte-educador  Wagner Bôa Morte – Brasília, DF.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->