Você está na página 1de 1

1.

Considerando os princpios e diretrizes da Reforma Psiquitrica e da


Poltica Nacional de Sade Mental, como se concretiza o desafio de prestar
cuidado aos usurios de drogas? No cotidiano de trabalho, como se percebe
a influncia da Reforma Psiquitrica, na oferta de cuidado, na rea de lcool
e outras drogas?

2. Tendo em vista os fundamentos da Reforma Psiquitrica, que


consideraes podem ser feitas sobre a valorizao das internaes em
longo prazo (e fechadas), com o nico objetivo da abstinncia, como forma
de tratamento para usurios de drogas?

3. Que reflexes podemos fazer sobre o aumento do nmero de internaes


compulsrias, como forma de tratamento e suas implicaes no campo da
defesa dos direitos dos usurios?