Você está na página 1de 1

Bilhete da ousada donzela

Adlia Prado

Jonathan, h nazistas desconfiados. Pe aquela sua camisa que eu


detesto - comprada no Bazar Marrocos - e venha como se fosse pra
consertar meu chuveiro. Aproveita na tera que meu pai vai com
minha me visitar tia Quita no Lajeado. Se mudarem de idia, mando
novo bilhete. Venha sem guarda-chuva - mesmo se estiver chovendo No agento mais tio Emlio que sabe e finge no saber que te
namoro escondido e vive te pondo apelidos. O que voc disse outro
dia na festa dos pecuaristas at hoje soa igual msica tocando no
meu ouvido: "No paro de pensar em voc." Eu tambm, Natinho,
nem um minuto. Na tera, s duas da tarde, hora em que se o mundo
acabar eu nem vejo. Com aflio, Antnia.