Você está na página 1de 2

1) (UFPR) Duas esferas metlicas macias, uma com raio igual a 4 cm e a outra com raio de 8 cm,

so fundidas e moldadas em forma de um cilindro circular reto com altura igual a 12 cm. Determine,
em cm, o raio do cilindro.
Esfera 1
V = 4R
3
V = 44
3
V = 464
3
V = 256
3
Esfera 2

V = 48
3
V = 4512
3
V = 2048
3
Somando os volumes:
256+2048
3
3
2304
3

768
Como foram transformadas
em um cilindro, temos o
volume e a altura,
encontramos o raio:
Vcilindro = R.h
768 = R.12
768 = 12R
R=64
R=8

2) O volume de uma esfera A 1/8 do volume de uma esfera B. Se o raio da esfera B mede 10,
ento quanto mede o raio da esfera A?
Va = Vb/8
4R/3 = 4(10)/3(8)
4R = 4(10)/8
R = 10/2
R = 10/2 ---- R = 5
3) Uma seco feita numa esfera por um plano alfa um crculo de permetro 2 cm. A distncia
do centro da esfera ao plano alfa 2 raiz de 2 cm. Calcule a medida r do raio da esfera.
Se o comprimento (ou permetro do circulo) igual a 2 . , ento:
raio( r ) 2 . . r = 2 .
r = 1cm
Calculamos o raio da seco. Agora para calcular o raio ( R ) da esfera, devemos usar o teorema de
Pitgoras relacionando o raio da seco, raio da esfera e a distncia entre o centro da esfera e o plano
alfa que secciona a esfera.
R = 1 + (2 . raiz de 2)
R = 1 + 4 . 2
R = 9
R = 3 cm
4) Um plano alfa secciona uma esfera de raio 20cm. A distncia do centro da esfera ao plano alfa
12cm. Calcule a rea da seco obtida.
Igualmente ao exerccio acima, devemos aplicar a frmula de Pitgoras:
20 = 12 + r
r + 144 = 400
r = 256
r = 16 cm
O exerccio pede a rea da seco, que um circulo. Logo temos:
16 . = 256 . cm

5) (U. S. Judas Tadeu - SP) Um plano intercepta uma esfera de 15 cm de raio segundo um crculo de
rea de rea 144 cm. A distncia do centro da esfera ao plano mede quanto?

7) Calcule a capacidade de uma esfera cuja superfcie esfrica tem rea igual a 144 m2.

A 4R 2
144
4R 2 144 R 2
36 R 36 6m

4
A 144
4R 3 4 (6) 3 4 (216)
V

4 (72) 288cm 3
3
3
3