Você está na página 1de 1

Direito Penal I

Casos Concreto

1) Maria, funcionria de uma empresa de telecomunicaes, uma semana aps comunicar


seu empregador que estava grvida com o respectivo laudo demitida por ordem direta
do dono da empresa, o Sr Ricardo. Considerando que Ricardo praticou um ilcito,
violando o art. 391-A da CLT (decreto lei 5.452/43) possvel afirmar que ele praticou
um crime, uma vez que ser sancionado? Assim, possvel afirmar que todo ilcito
configura crime? Responda de forma justificada com base nos estudos realizados sobre as
misses do Direito Penal no Estado Democrtico de Direito.

Resposta: Na tela em questo deve se perceber quem nem todo o ilcito o incio do Penal.
Como o Direito Penal a ltima Ratio s deve intervir quando os outros ramos de Direito no
tenham mais respostas satisfatria para a sociedade. Ricardo no praticou um crime e sim uma
infrao No Art. 1 do C.P primeira parte, diz que, No h crime sem lei anterior
que o defina. Portanto no atende ao principio da legalidade, pois no uma norma penal.

2) Em abril de 2014 Jos flagrado por autoridades de fiscalizao com um molinete e anzol
pescando numa rea interditada, de preservao ambiental. Em depoimento ele afirma que estava
pescando apenas para distrair e levar um peixinho para almoo, no fazendo de tal pratica seu
meio de vida. Ocorre que ele preso e denunciado pela pratica de crime previsto no art. 34 da lei
9.605/98.Uma vez condenado, havendo recurso da defesa o TRF o absolveu alegando que no
ocorreu dano e nem grave risco ao bem jurdico tutelado que o meio ambiente.
Ante o exposto, correto afirmar que a deciso do magistrado teve por fundamento qual (is)
princpio(s) norteador (es)de Direito Penal? Responda de forma fundamentada.

Resposta: Agiu bem o magistrado, aplicando no caso concreto o princpio da Interveno Mnima
do Direito Penal que determina sua utilizao somente quando os outros ramos de direito no
forem capazes de solucionar tal demanda.