Você está na página 1de 4

FICHA DE AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL

6º Ano Avaliação __________________________________


O Prof. ____________________________________
Janeiro 2010
O Enc. de Educ. _____________________________

Aluno __________________________________________________________ Nº ______ Turma ______

Observa a figura “Lisboa,


1 de Novembro de 1755”:

1. Identifica o acontecimento
representado na figura.
____________________________ 3
____________________________
____________________________

2. Assinala as frases com V de verdadeiro ou F de falso:

- Ao terramoto seguiu-se um maremoto e um incêndio. ___


- Depois do terramoto, D. João V mandou elaborar um plano de reconstrução de 7,5
Lisboa. ___
- As ruas da baixa pombalina são geométricas, paralelas e perpendiculares. ___
- As casas têm segurança anti-sísmica e corta-fogos. ___
- Os nobres reconstruíram livremente as suas casas. ___

3. Preenche o crucigrama:

L As novas ruas eram…


I O Terreiro do Paço passou a chamar-se Praça do …
S As ruas também tinham …
7,5
B A reconstrução foi orientada pelo Marquês de …
O A cidade passou a ter sistema de …
P O M B A L I N A
4. Completa o seguinte texto sobre as reformas pombalinas:

D. José nomeou para seu ministro Sebastião José de Carvalho e Melo, mais
conhecido por ________________________________. Este, para desenvolver o
Reino, tomou as seguintes medidas:
1. Criou companhias monopolistas de comércio, como a Companhia
_________________________________________________, à qual se deve um
grande desenvolvimento do vinho do Porto.
9
2. Criou fábricas de _______________, _______________, ________________,
_____________, etc.
3. Para desenvolver o ensino criou escolas __________________ e o
__________ Colégio ______ _____________. Além disso, reformou a
_______________ ____ __________________.

Lê os seguintes versos populares:

Que vem a ser a entrada “Deixem-se estar


dias antes do Natal, sossegados”
de tropa estranha em As proclamações diziam.
Portugal, Pilhavam tudo o que
mal calçada e mal vestida, viam,
esfomeada e entorpecida, Com sistema de terror;
de cansaço ou de fraqueza? mas este grande favor,
É protecção à francesa. feito à gente portuguesa,
é protecção à francesa.

5. A que “tropa estranha” se referem os versos?


3
______________________________________________________________________

6. Por que razão é que esses tropas invadiram Portugal?


______________________________________________________________________ 10

______________________________________________________________________

7. Transcreve uma queixa dos portugueses contra as tropas mencionada no texto.


3
______________________________________________________________________

8. Indica outros motivos que provocaram a revolta dos portugueses.


5
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

9. A que anos se referem os acontecimentos dos versos? 4


______________________________________________________________________
10. Liga com uma seta cada uma das afirmações da coluna A ao correspondente da
coluna B:
Saída do rei para o Brasil
Junot 8
Massena 1ª Invasão
Soult
Desastre da Ponte das Barcas 2ª Invasão
Batalha do Buçaco
Linhas de Torres Vedras 3ª Invasão
Entrada por Trás-os-Montes

Lê o seguinte texto:
“Portugal, condenado à situação de colónia de uma colónia,
encontrava-se numa situação muito difícil. Em um só desejo
se uniam todos os bons cidadãos – o de uma nova ordem de
coisas que salvasse o país do lamentável naufrágio em que
ia perder-se.”
Mário Soares, Dicionário de História de Portugal (adaptado)

11. Assinala as seguintes frases com V ou F conforme sejam verdadeiras ou falsas:


6
Em 1820 Portugal era governado pelos franceses
Portugal ficou semi-destruído após as Invasões Francesas
O rei voltou a Lisboa logo que as invasões Francesas terminaram
Em 1820 iniciou-se no Porto uma revolução
Metade do País não aderiu à Revolução
Em 1820 realizaram-se pela primeira vez eleições em Portugal

12. “Portugal encontrava-se numa situação muito difícil”.


Explica a situação em que Portugal se encontrava. 10
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
Lê o seguinte
documento:

As Cortes Extraordinárias e Constituintes da Nação


Portuguesa… decretam a seguinte Constituição Política:
O Governo da Nação Portuguesa é a Monarquia
constitucional hereditária, com leis fundamentais, que
regulem o exercício dos três poderes políticos.
Estes poderes são legislativo, executivo, e judicial…
Cada um destes poderes é de tal maneira independente, que
um não poderá arrogar a si as atribuições do outro.
Constituição de 1822

13. Completa o esquema sobre a divisão dos poderes na Monarquia Liberal:


Poder Legislativo Poder ________________ Poder ________________
Consiste em ____________ Consiste em fazer cumprir Consiste em ____________
______________________ as leis ______________________ 14
______________________ ______________________

Pertencia ______________ Pertencia ______________ Pertencia ______________


______________________ ______________________ ______________________

Mas as lutas entre liberais e absolutistas prolongaram-se muitos anos.


14. Faz corresponder os nomes às expressões que lhes correspondem:
10
Morre em 1826
Chefe dos absolutistas
D. Pedro Imperador do Brasil
D. Maria da Glória Governa a partir de 1834
D. Miguel 1832-34
Guerra Civil Chefe dos liberais
D. João VI Proclamou-se rei absoluto
Abdicou a favor de sua filha
Terminou com a vitória dos liberais
Partiu para o exílio

FIM

Bom trabalho!
MPereira