Você está na página 1de 8

Região Sul

A região Sul é uma das cinco grandes regiões em que é dividido o Brasil.[4] Compreende os
estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina,[5] que juntos totalizam uma superfície
de 576.300,8 km². A região Sul é a menor das regiões brasileiras[6] e faz parte da região
geoeconômica Centro-Sul.[7] É um grande polo turístico, econômico e cultural, abrangendo
grande influência européia, principalmente de origem italiana[8] e germânica.[9]A região Sul
apresenta altos índices sociais em vários aspectos: possui o maior IDH doBrasil, 0,831,[10] e o
segundo maior PIB per capita do país, 13.208,00 reais, atrás apenas da região Sudeste. A
região é também a mais alfabetizada, 94,8% da população.

Faz fronteiras com o Uruguai ao sul, com a Argentina e com o Paraguai ao oeste, com aregião
Centro-Oeste e com a região Sudeste do Brasil ao norte e com o oceano Atlânticoao leste.

Sua história é marcada pela grande imigração européia,[11] pela Guerra dos Farrapos,[12]também
chamada de Revolução Farroupilha[13] e mais recentemente pela Revolução Federalista,[14] com
seu principal evento o Cerco da Lapa.[15] Outra revolta ocorrida na história da região foi
a Guerra do Contestado,[16] de caráter religioso.

Relevo
O relevo da região Sul é dominado, na maior parte de seu território, por duas divisões
do planalto Brasileiro: o planalto Atlântico (serras e planaltos do Leste e Sudeste) e o planalto
Meridional. Nessa região, o planalto Atlântico é também denominado planalto Cristalino, e
oMeridional é subdividido em duas partes: planalto Arenito-basáltico e Depressão Periférica. A
região apresenta ainda algumas planícies. O ponto mais elevado da região sul é o Pico Paraná,
com 1922 metros de altitude, localizado no estado do Paraná. Porém o Morro da Igreja está
situado a 1.822 metros de altitude, sendo o ponto habitado mais alto da região Sul e onde foi
registrada, não oficialmente, a temperatura mais baixa do Brasil: -17,8°C, em 29 de junho de
1996.[20]

Os principais aspectos primários do relevo sulista são:

 Planície Costeira ou Litorânea;


 Campanha Gaúcha ou Pampa;
 Planalto Atlântico;
 Planalto Meridional.
Clima

Mapa climático da região Sul do Brasil.

No Brasil, país predominantemente tropical, somente a região Sul é dominada pelo


clima subtropical (um clima de transição entre o tropical predominante no Brasil e o temperado,
predominante na Argentina), ou seja, o clima típico desta região é mais frio em comparação ao
clima tropical, e é onde são registradas as mais baixas temperaturas do país. Nesse clima, as
médias variam de 16°C a 20°C, mas o inverno costuma ser bastante frio para os padrões
brasileiros, com geadas frequentes em quase todas as áreas, e em locais de altitudes mais
elevadas, queda de neve. As estações do ano apresentam-se bastante diferenciadas e a
amplitude térmica anual é relativamente alta. As chuvas, em quase toda a região, distribuem-se
com relativa regularidade pelo ano inteiro, mas no norte do Paraná — transição para a zona
intertropical — concentram-se nos meses de verão.

Podem-se encontrar também características de tropicalidade nas baixadas


litorâneas do Paraná e Santa Catarina, onde as médias térmicas são superiores a 20°C e as
chuvas caem principalmente no verão.

Os ventos também afetam as temperaturas. No verão, sopram os ventos alísios vindos


do sudeste, que por serem quentes e úmidos, provocam altas temperaturas, seguidas de
fortes chuvas. No inverno, as frentes frias, que são geralmente seguidas de massas de ar
vindas do Pólo Sul, causam resfriamentos e geadas. Os habitantes do Sul chamam
esse vento frio de minuano ou pampeiro.
É importante ressalvar, que as características contidas no clima da região Sul do Brasil, têm
grande influência graças à Massa Polar Atlântica (MPA) que é fria e úmida. A mesma origina-
se no anticiclone situado ao sul da Patagônia. Sua atuação é mais intensa no inverno, com
presença marcante nas regiões Sul e Sudeste. Pode atingir outras regiões como a Amazônia,
onde a mesma se enfraquecerá.

Vegetação da região Sul do Brasil

Quando muitos geógrafos brasileiros se referem ao sul do Brasil, é comum se lembrar da Mata
de Araucárias ou Floresta dos Pinhais e do grande pampa gaúcho, formações vegetais típicas
da região, embora não sejam as únicas.

A Mata de Araucárias é a paisagem típica da vegetação de planalto da região Sul.

Folhas de erva-mate: a erva-mate é um dos principais produtos agrícolas da região Sul.

A Mata de Araucárias, bastante devastada e da qual só restam alguns trechos, aparece nas
partes mais elevadas dos planaltos do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, na forma
de manchas entre outras formações vegetais. AAraucaria angustifolia (pinheiro-do-paraná)
adapta-se mais facilmente às baixas temperaturas, comuns nas partes mais altas do relevo, e
ao solo de rocha mista, arenito e basalto, que se concentra no Planalto Arenito-basáltico, no
interior daregião.

Desta mata são extraídos principalmente o pinheiro-do-paranáe a imbuia, utilizados


em marcenaria, e a erva-mate, cujasfolhas são empregadas no preparo do chimarrão.

Além dessa mata, a Serra do Mar, muito úmida devido à proximidade com o Oceano Atlântico,
favorece o desenvolvimento da mata tropical úmida da encosta, ou Mata Atlântica, muito densa
e com grande variedade de espécies, inicia-se no Nordeste e continua pelo Sudeste até chegar
ao Sul.

A Mata de Araucárias, que foi o panorama vegetal típico da região, aparece atualmente apenas
em trechos. A devastação iniciou-se no final doImpério, devido a concessões feitas
pelo governo à abertura de estradas de ferro, e agravou-se com a atividade madeireira.No
norte e oste do Paraná, as poucas manchas de floresta tropical estão praticamente destruídas,
devida à expansão agrícola. Nos últimos anos, tem-se tentado implantar uma política
de reflorestamento.

A Região Sul é ocupada também por vastas extensões de terra de campos limpos, conhecidos
pelo nome de campos meridionais, divididos em duas áreas distintas. A primeira corresponde
aos campos dos planaltos, que ocorrem em manchas desde o Paraná até o norte do Rio
Grande do Sul. A segunda área — os campos da campanha — é mais extensa e localiza-se
inteiramente no Rio Grande do Sul, em uma região conhecida como Campanha
Gaúcha ou pampa. É a vegetação natural das coxilhas e aparece como uma camada de ervas
rasteiras que assim constitui a melhor paisagem natural do Brasil.

Finalmente, junto ao litoral, merece destaque a vegetação costeira


de mangues, praias e restingas, que se assemelham às de outras regiões do Brasil.

Cultura
A cultura artística da região Sul do Brasil é muito rica, justamente por ter recebido influência de
diversas colônias de imigrantes, como os alemães, os italianos, os poloneses e os ucranianos.
Os colonizadoresforam os primeiros a chegar na região anteriormente habitada pelos povos
ameríndios.

As missões jesuíticas foram fundadas no oeste do Paraná no século XVI antes dos
bandeirantes expulsarem para a região do Rio Grande do Sul e Argentina, levando a cultura
do chimarrão para estas regiões. Se chamava República Real del Guairá e sua capital era
Ontiveros (atual Guaíra-PR), a terceira maior cidade da América do Sul na época depois
de Assunção e Buenos Aires.

A cultura gaúcha é muito forte e influencia toda a região. As principais manifestações estão
na culinária, naliteratura e na dança.

Curitiba foi eleita em 2003 a "Capital da Cultura das Américas" pela entidade CAC-ACC e
sediou o evento COP 8 MOP 3 da ONU de 20 a 31 de março de 2006.

Turismo
Turismo ecológico
Praia de Naufragados, em Florianópolis

O Parque Nacional do Iguaçu, onde se localizam as Cataratas do Iguaçu, atrai turistas do


mundo inteiro. Está localizado no extremo-oeste do estado do Paraná. Sua área total é de
185.262,2 hectares e em 1986 recebeu o título, concedido pela UNESCO, de Patrimônio
Mundial.

Praias
Durante os dias quentes de verão, as praias de Santa Catarina são procuradas e freqüentadas
por turistas de todo o Brasil e de outros países estrangeiros (sobretudo da Argentina e
do Uruguai). Florianópolis é uma das cidades mais procuradas. Toda a região apresenta boa
infra-estrutura para receber os turistas, com destaque para as praias de Balneário
Camboriú, Canasvieiras, Barra Velha, etc.

As praias do Rio Grande do Sul também são procuradas pelos turistas locais, com destaque
para a Praia de Torres.

Turismo histórico
São pontos turísticos os patrimônios da humanidade: as Ruínas Jesuítico-Guarani de São
Miguel Arcanjo, em São Miguel das Missões, no Rio Grande do Sul. Fundada em 1632 pelos
jesuítas da Companhia de Jesus, congregou milhares de indígenas guaranis que foram
catequizados. Hoje em dia, após quase 400 anos de sua fundação, as ruínas podem ser
visitadas pelos turistas.

Turismo de inverno
A região Sul é a única região brasileira a apresentar clima temperado e possuir estações bem
definidas. O turismo de inverno é um grande atrativo na região. A serra Catarinense apresenta
as temperatuas mais baixas, com uma média anual de 13°C e podendo alcançar
10° Celsius negativos, não sendo raro a ocorrência de neve, sobretudo em São Joaquim.

As serras gaúchas também apresentam temperaturas abaixo de 0°C e possuem ótima infra-
estrutura em cidades como Gramado e Canela. Em Cambará do Sul (RS), localiza-se o Parque
Nacional de Aparados da Serra, onde fica o cânion do Itaimbezinho.

Turismo urbano
A região sul do Brasil também é composta de grandes centros urbanos, como:

Paraná

 Curitiba: Capital do estado do Paraná, Curitiba é a maior cidade do sul do Brasil e sede
da segunda maior região metropolitana do sul do país. É uma das cidades mais
desenvolvidas do Brasil, sendo considerada uma cidade modelo. Conta com uma extensa
área urbana, a qual abriga diversas formas de lazer e entretenimento
como: parques, museus, referências arquitetônicas, restaurantes e muito outras.
 Londrina: É a segunda cidade mais populosa do Paraná e terceira do sul brasileiro.
Cidade desenvolvida, possui uma boa qualidade de vida e é um dos destinos mais
procurados no estado.

 Maringá: Terceira maior cidade paranaense, com boa qualidade de vida. Abriga
a igreja mais alta do Brasil, a Catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Glória, seu
principal cartão-postal e turístico. É uma das cidades mais arborizadas do país.

 Foz do Iguaçu: Famosa pelas Cataratas do Iguaçu e lar da maior usina hidrelétrica do
mundo, Itaipu. É um dos destinos mais procurados do Brasil, sendo conhecida
internacionalmente.

 Ponta Grossa: É um dos principais centros industriais de interior do estado, assim


como uma das maiores cidades.

 Cascavel: Cidade moderna e desenvolvidade, Cascavel é conhecida como a Capital do


Oeste do paranaense, sendo um dos seus principais centros econômicos.

Santa Catarina

 Joinville: É a cidade mais populosa do estado, apesar de não ser a capital. Conta com
diversos áreas de lazer e principalmente de cultura. Suas construções são inspiradas nas
homônimas européias, e atraem milhares de visitantes. Possui a única filial da Escola do
Teatro Bolshoi fora da Rússia.

 Florianópolis: Capital catarinense, conta com diversos pontos turísticos em seu


território, sendo um dos destinos mais procurados nacionalmente. Suas principais atrações
são: a Ponte Hercílio Luz, seu principal cart

 Blumenau: Terceira cidade mais populosa e uma das mais tradicionais e visitadas
localidades catarinenses. Suas principais atrações são:Oktoberfest de Blumenau, o turismo
ecológico da região, diversas opções de lazer, com parques, museus, referências
arquitetônicas e decultura.
Rio Grande do Sul

 Porto Alegre: Sede da maior metrópole da região sul, segunda maior cidade do sul
brasileiro, Porto Alegre é uma das principais cidades do país, contando com uma grande
diversidade de lazer e entretenimento.

Porto Alegre, sede da maior metrópole do sul do Brasil.

 Caxias do Sul: Segunda maior cidade do estado, é o segundo pólo metal-mecânico do


país e um dos maiores da América Latina. Está localizada no interior do estado, sendo uma
cidade desenvolvida, com verticalização, IDH elevado e uma forte economia, tendo o 34º
maiorPIB do país. Possui diversos atrativos como as belezas naturais, arquitetura histórica,
a culinária típica local, a tradicional Festa da Uva e diversas opções de lazer.

 Pelotas: Terceira maior cidade é uma das mais procuradas no estado. Conta com
diversas opções de lazer e de entretenimento, como a tradicional Fenadoce (Feira Nacional
do Doce), muitos edifícios e monumentos históricos, cultura e hotéis.

 Canoas: É a quarta cidade mais populosa do estado. Abriga muitos pontos turísticos
que atraem diversos turistas para a região, como: aPraça do Avião, Praça Getúlio
Vargas, Catedral de São Luiz Gonzaga, Igreja Luterana do Brasil, Fundação Cultural de
Canoas, Villa Mimosa, Base Aérea de Canoas, Canoas Shopping, Praia da
Paquetá, Guajuviras, Largo da Inconfidência, Jardim do Lago, Balneário do Sol e as Taças
da Corsan.

Culinária
O barreado é o prato caboclo típico do litoral paranaense,[51] preparado com carne
bovina, toucinho e temperos.[52][53][54][55] A iguaria é colocada em uma panela de barro, que é
enterrada e sobre a qual se acende uma fogueira. O prato é assim lentamente cozido por 12
horas, até que a carne se desfaça.[56] Muitos restaurantes de Morretes oferecem este delicioso
prato gastronômico.

Na culinária catarinense são tradicionais o pirão de peixe no sul e a marrecada no norte. Na


capital, o destaque é a seqüência de camarão, uma série de vários pratos preparados com
o crustáceo.[57]