Você está na página 1de 6

A DIMENSO DISCURSIVA DO TRABALHO

FILOSFICO

Introduo:
J sabemos que a filosofia uma actividade
reflexiva e crtica, porque visa pensar criticamente
sobre uma conjunto de problemas que nos leva a
uma melhor compreenso da realidade e, por outro
lado, contribui para o nosso auto-aperfeioamento.
Esta actividade reflexiva e crtica implica a produo
de um discurso.

O QUE O DISCURSO FILOSFICO ?

Conjunto organizado de argumentos que tm


como objectivo apresentar uma resposta/tese
devidamente justificada para um problema.

QUAIS AS COMPETNCIAS DO
DISCURSO FILOSFICO?
PROBLEMATIZAR colocar questes que
desafiem a nossa reflexo, ultrapassando a leitura
superficial ou imediata da realidade.
CONCETUALIZAR elaborar conceitos, isto ,
noes gerais organizadores da pluralidade da
experincia humana.
ARGUMENTAR construir uma conjunto de
proposies logicamente organizadas de modo a
justificar uma posio ou tese

QUAIS OS INSTRUMENTOS DO
DISCURSO FILOSFICO?
CONCEITOS epresentao intelectual,
abstracta e geral das caractersticas comuns a
um conjunto de coisas = noo geral
Exemplo: o conceito de mesa uma sntese que
rene as caractersticas comuns a todos as mesas e
traduz a ideia de mesa.

TERMO expresso verbal/lingustica do


conceito (ex: conjunto de letras que formam a
palavra m-e-s-a)

Cont.
JUIZOS operao mental que permite
estabelecer uma relao de afirmao ou de
negao entre conceitos, podendo tal relao ser
considerada verdadeira ou falsa. Exprime-se em
frases declarativas.
Exemplo: Todas as mesas so brancas.
PROPOSIO Expresso verbal/lgica do juzo

Cont.

RACIOCNIO Sequncia de proposies


organizadas de tal modo que a concluso a que
chegamos tem por base outra ou outras
proposies a que chamamos premissas.
ARGUMENTO expresso verbal/lgica do
raciocnio.

Exemplo:

Todos os portugueses so europeus


Todos os lisboetas so portugueses

PREMISSAS
OU
ANTECEDENTES

Logo, Todos os lisboetas so europeus

CONCLUSO
OU
CONSEQUENTE