Você está na página 1de 2

O AGIR DO ESPIRITO SANTO EM NOSSA VIDA

Existem trs formas para nos encher do Esprito Santo:


1. Ler muito a Palavra e ouvir muito a Palavra. Sal. 14: 23; Sl. 119: 105;
Sl. 119: 11; Ec. 9: 7 e 8.
2. Muita orao, pois crente que muito ora, passa muito tempo na sala
do trono. Heb. 4: 16; Ef. 5: 17.
3. ter uma vida de muito jejum, o Esprito Santo tem cime Tiago 4: 5,
O Esprito Santo no vai atuar na nossa vida se estivermos degustando as
delicias da carne, portanto o jejum e a melhor maneira de destruir a
carne,, e dar lugar ao Esprito Santo, para Ele poder agir em nossas vidas:
Joo 3 : 14 ao 16; Joo 4: 1 e 2;
Jesus j cheio do Esprito Santo j fazia a obra. Joo 4: 223 ao 25.
MORADA: Quando somos cheios do Esprito Santo nos sentimos que
somos uma casa e que o Esprito Santo, ora em ns. Na nossa casa temos
liberdade para agir, assim o Esprito Santo dentro de ns tem que ter
liberdade para agir. Joo 14: 23; Sal. 8: 9; II Cor. 3:17.
GUIADOS: Assim como ns conduzimos nosso carro, ou seja, ns o
guiamos, ele vai a onde ns queremos. Assim somos ns na mo do
Esprito Santo, somos guiados, Ele nos leva para onde quer.Gal. 5 : 18;
Rom 8: 14; Joo 16: 13; Joo 3: 6 ao 8.
ENSINADOS: Assim como ns precisamos de mestres para nos ensinar as
coisas do mundo, o Esprito Santo o Mestre do crente cheio do Esprito
Santo. Joo 6: 45; Joo 14: 26; Is. 48: 17.
SEPARANDO: O Esprito Santo quando est atuando totalmente nas
nossas vidas Ele nos separa para fazermos a obra de Deus. A obra de
Deus para os homens cheio do Esprito Santo. Atos 13: 1 ao 4; Joo 14:
12ao 17.
USADOS: Se somos separados pelo Espirito, somos separados para
sermos usados. Somos na verdade os vasos que Deus separa para usar
quando quiser. Ex. 16: 32,33.Jer. 18: 1 ao 4; Rom. 9: 23 e 24.; II Cor. 4:.
REPREENDIDOS: Assim como o pai repreende o filho, assim o Esprito
Santo nos repreende. Pois s os que esto cheio do Esprito Santo tem
bem mais condio de entender a repreenso pessoal do Esprito Santo.
Prov. 3: 11 e 12; Sal. 141: 5 J 5: 17 e 18.

PROTEGIDOS: O Esprito Santo cuida de ns como se fossemos uma


criana, guia os nossos passos para que no caiamos, como um pai cuida
do filho para que no tropece nas prprias pernas. Is. 48: 17; I Reis 3: 5
ao 12; Mat 18: 1 ao 6; Sal. 8:2.