P. 1
Como Montar um Salão de Beleza

Como Montar um Salão de Beleza

4.89

|Views: 195.236|Likes:
Publicado porGERALDO LEMOS
Material com informações técnicas do segmento de Salão de Beleza.

Precisa de MATERIAL GRÁFICO??
www.gbcgrafica.com
Material com informações técnicas do segmento de Salão de Beleza.

Precisa de MATERIAL GRÁFICO??
www.gbcgrafica.com

More info:

Published by: GERALDO LEMOS on May 03, 2008
Direitos Autorais:Public Domain

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

06/12/2013

pdf

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.

doc 4/03/2007, 20:22:42 Apresentação

04/03/2007, 20:22:42

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE SERGIPE -SEBRAE/SEESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL “SALÃO DE BELEZA” Aracaju – Sergipe Março/2004 ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA Diretor Superintendente do SEBRAE Sergipe José de Oliveira Guimarães Diretor Emanoel Silveira Sobral Diretor Paulo do Eirado Dias Filho Gerente da Unidade de Estratégias e Diretrizes Adeilson Graça Leite Gerente da Unidade de Orientação Empresarial Pedro Gomes Fiscina Filho Equipe Técnica Ana Lúcia Franco de Moura Aldeci Andrade Santos Estudos e Pesquisas - Sebrae/SE. Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Sergipe – SEBRAE/SE Rua Paulo Henrique Machado Pimentel, 170 – Quadra “C” – Distrito Industrial de Aracaju. 49.040-240 Aracaju/SE Tel.: (079) 216-7773 Fax.: (079) 216-7726 Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Sergipe – SEBRAE/SE Estudo de Atividade Empresarial “Salão de Beleza”. Unidade de Estratégias e Diretrizes / Unidade de Orientação Empresarial Financiamento e Crédito

Page: 1

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL - SALÃO DE BELEZA APRESENTAÇÃO

04/03/2007, 20:22:42

O presente trabalho foi desenvolvido pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE/SE, com vistas a oferecer a comunidade empresarial informações técnicas do segmento de Salão de Beleza. Este trabalho é resultado de uma pesquisa em 12 (doze) empresas atuantes no ramo de Beleza, com as mesmas características operacionais, sendo algumas voltadas também para o varejo de cosméticos e de perfumaria, com perfis semelhantes, na mesma região, com intuito de conhecer o funcionamento da atividade em estudo. As doze empresas pesquisadas são: 1) Belezoca Salão, 2) CRISBEL – Salão de Beleza Unissex, 3) S.G.C. – Empreendimentos Royal Centro de Beleza Unissex, 4) ESPSL – Centro de Beleza, 5) ITA – Centro de Beleza, 6) Anne Marie Cabeleireiros, 7) Essencial – Centro de Beleza Ltda., 8) Instituto de Beleza e Perfumaria Diplomata, 9) Marcita Maria Coutinho de Oliveira, 10) Maria Manúcia Monteiro Figueiredo – ME, 11) Shopping de Beleza Criscarine, 12) Silvia Beauty Center. O levantamento dos dados e informações deu-se através de algumas visitas a empresas do setor, sendo avaliados cada questionário, identificado os pontos fortes e pontos fracos do segmento e analisado suas causas. A partir de informações obtidas através de experiências vividas por empresários de Salão de Beleza no seu dia-a-dia, o Estudo de Atividade Empresarial servirá como elemento norteador de crescimento e conhecimento específico do negócio. O estudo está dimensionado em 16 capítulos, sendo que nos 4 (quatro) primeiros retratam sua delimitação e relevância, explicitação de seus objetivos e metodologia empregada. Nos demais capítulos, encontra-se o valor do investimento, aspectos econômico-financeiros, aspectos relacionados com o perfil empresarial e organizacional e, por fim, a conclusão do estudo.

Page: 2

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 2 - Objetivos 2.1 Objetivos Gerais

04/03/2007, 20:22:42

• Conhecer e analisar o perfil de Salões de Beleza em Aracaju; • Construir para o segmento empresarial, um sistema de informações que permita identificar a estrutura básica dessa atividade na região e suas transformações; • Fornecer as informações necessárias do segmento em estudo. 2.2 Objetivos Específicos • • • • • Identificar o perfil de salões; Avaliar a gestão estratégica das empresas; Avaliar a gestão mercadológica das empresas; Identificar os pontos críticos e dificuldades das empresas; Identificar as expectativas das empresas.

Page: 3

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 3 - Metodologias 3.1 Modelo da Investigação

04/03/2007, 20:22:42

Foi realizada uma pesquisa de caráter descritiva, expondo características dos empresários do setor, sendo utilizados os métodos de entrevista direta com os responsáveis pela gestão das empresas, através de formulários específicos e estruturados, de acordo com os objetivos do estudo. 3.2 Instrumentos de coleta Questionário para coleta de informações, aplicado em 12 (doze) empresas, de tamanho e porte diferentes na Capital, priorizando o atendimento à classe média. 3.3 Universo da Investigação O campo de ação do referido trabalho foi constituído de alguns estabelecimentos do setor de serviços, especificamente Salão de Beleza em Aracaju e de pesquisas aleatórias realizadas na Internet. 3.4 Plano Amostral A sistemática adotada para seleção da amostra não levou em consideração a população dos estabelecimentos, tomando-se por base uma amostragem aleatória simples, de conformidade com as conveniências do plano de análise, que prevê a obtenção de estimativa das informações referentes às variáveis investigadas para o estudo de Salão de Beleza. O tamanho da amostra foi de apenas 12 (doze) empresas, as quais forneceram informações necessárias para enriquecer o referido estudo, se fazendo desnecessário consultar mais empresas do ramo pela dificuldade de agendamento com seus proprietários e/ou gerentes e também por se tornar repetitivo e cansativo, haja vista tínhamos em mãos todos os tópicos do estudo: Lógica do negócio, tendências, focos, índices e indicadores, dentre outros. 3.5 Sujeitos da Investigação Os sujeitos da pesquisa foram os proprietários, administradores e/ou gerentes, responsáveis pela gestão dos estabelecimentos. 3.6 Formulários As perguntas foram formuladas, na sua maioria, com perguntas fechadas, de forma a permitir a construção de indicadores que revelem a identificação do Estudo de Atividade Empresarial de Salão de Beleza. 3.7 Tratamento dos dados e Limitações do método O tratamento qualitativa, Obtiveram-se apresentados dos dados e das informações foi feito de forma quantitativa e utilizando-se dos softwares SurveyWin, Excel e Word. os resultados através de procedimentos estatísticos, sendo de forma estruturada e com análise descritiva.

O método escolhido para desenvolvimento do trabalho demonstrou limitações quanto à coleta de dados, salientando-se o horário das investigações, sendo efetuadas em certas ocasiões em que os entrevistados se encontravam envolvidos no trabalho.

Page: 4

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 4 - Descrição da Atividade Salão de Beleza 4.1 A atividade Operacional

04/03/2007, 20:22:42

O salão de beleza é um empreendimento do setor de serviços, especificamente do ramo de serviços pessoais, que compreende as atividades de cabeleireiro, manicura e pedicuro, depilação, maquiagens, massagens, estética facial e corporal, podendo também diversificar sua atividade, vendendo produtos e cosméticos. Cada profissional possui tarefas determinadas e específicas que exigem um alto grau de responsabilidade na execução das técnicas de trabalho. Por ser uma atividade que está diretamente ligada ao mundo da moda, é importante que o cabeleireiro, bem como os demais profissionais da área, estejam constantemente se atualizando com as informações sobre os novos lançamentos de produtos capilares, cosméticos, cores da estação e demais inovações e tendências. 4.2 Número de Salões de Beleza existentes em Aracaju De acordo com os dados cadastrais levantados pelo SEBRAE/SE no ano de 2000, em Aracaju existiam 71 salões de beleza, na maioria oferecendo os serviços básicos de cabeleireiro, manicura e depilação, localizados nas mesmas proximidades (região), atendendo a mesma classe social. Por ser uma área de trabalho bastante dinâmica e inovadora, os serviços de beleza estão em constante mudança, agregando novos valores e diversificando o atendimento a clientela. 4.3 Tendências do Mercado Devido ao grande número de estabelecimentos em todo o Estado, principalmente na Capital, existe uma forte tendência para saturação no número de salões que oferecem apenas os serviços básicos de cabeleireiro, manicura e pedicuro. Estes tipos de salões são mais encontrados na periferia da cidade e no interior do Estado e atendem a clientela de baixo poder aquisitivo. Já aqueles com serviços especializados, se tornam em ascensão, por fazerem trabalhos diferenciados e inovadores, e atendendo a uma classe bastante exigente. 4.4 Ameaças e Oportunidades Ameaças O surgimento de clínicas especializadas em tratamento capilar, pedologia, massagens especiais, serviços de estética, e outros segmentos afins, constituem uma forte ameaça aos salões de beleza de porte maior, tendo em vista a necessidade de profissional com formação especial e em muitos casos de nível superior, como por exemplo, para tratamento de pele e massagens especiais. Logo, observou-se que, atualmente, toda atividade de um Salão exige formação, face a grande concorrência da atividade em estudo. Oportunidades Por sua natureza dinâmica, a atividade está em contínua renovação, tanto nos serviços de cabeleireiro (corte de cabelo, tintura, massagens capilar e penteados), como na variedade de produtos que são colocados no mercado de acordo com as tendências da moda e das estações do ano, visando à satisfação plena dos clientes. Page: 5

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 4.5 Cadeia Produtiva Fornecedores

04/03/2007, 20:22:42

Os empresários da área de beleza em Aracaju adquirem os produtos através de representantes de cosméticos, catálogos e no comércio local, não encontrando dificuldades na entrega. A aquisição de instrumentos e de mobiliário também é feita no comércio local. Os representantes dos produtos de beleza oferecem vantagens com o contato com os clientes, pela agilidade na entrega, flexibilidade de pagamento, representando conforto e comodidade para o cliente. No caso da manutenção de aparelhos elétricos nem sempre se encontra com facilidade pessoal especializado em assistência técnica, sendo às vezes mais viável a compra de novo aparelho mais moderno, do que a recuperação do antigo desgastado naturalmente pelo uso contínuo. Concorrentes Os concorrentes diretos são os salões que atendem o mesmo perfil de cliente, situados na mesma região, com mesmos serviços. Os concorrentes indiretos são os salões que atendem outro perfil de cliente. 4.6 Informações Adicionais Beleza não é tudo, mas é fundamental. Esta palavra reflete o crescimento do mercado de produtos e serviços destinados a cuidar da "beleza", expressão máxima da aparência pessoal. Um Salão de Beleza é um mix de diversos serviços da área num só local para facilitar a vida do cliente. Para a Beleza não existe crise e requer manutenções constantes, significando um mercado ativo e potencial. O mercado é grande e o segredo é trabalhar com determinação, capacidade e confiança, se dedicar à atividade, treinar, explorar sua vocação com qualidade e o sucesso virá por conseqüência. A vaidade está presente na vida de muitas pessoas, mas necessita de muita paciência, e, principalmente, de condição financeira. Muitos homens também já freqüentam os grandes salões de beleza, e os serviços especializados para homens têm tido uma grande procura. Todas as atividades ligadas ao ramo de beleza tiveram um crescimento nos últimos cinco anos. Antes este mercado estava muito restrito aos grandes salões, localizados nas grandes cidades, mas ultimamente, até em cidades menores, em bairros mais distantes e de nível social mais baixo, encontra-se este tipo de atividade. Para obter sucesso em qualquer atividade, é preciso excelência em produtos e serviços, e num Salão de Beleza, isto deve ser uma regra. Alguns Cuidados Especiais repassados pelos empresários do setor: O ambiente de trabalho deve ser sempre arejado e de fácil limpeza, pois, pela quantidade de pessoas que ali vão, pode facilitar processos infecciosos que vão de um simples resfriado até pneumonias ou outras viroses de igual valor. Quanto aos instrumentos utilizados, todos os objetos pérfuro-cortantes como: Page: 6

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

tesouras, alicates, espátulas, etc..., os mesmos podem ser transmissores de várias doenças, caso não tenham uma boa higiene. As espátulas e outros instrumentos de trabalho devem ser embalados um a um e abertos na frente do cliente. Por uma simples infecção na pele causada por bactérias, em alguns casos pode disseminar diversas patologias como: erisipela, septicemia, impetigos, dentre outras. O sangue nos instrumentos é o responsável pela contaminação por vírus como da hepatite, da Aids, do tétano, etc...O salão de beleza deve verificar se os instrumentos de manicura são bem esterilizados em estufas. A esterilização térmica previne qualquer tipo de contaminação e deve ser feita no mínimo por duas horas. Os equipamentos devem estar impecavelmente limpos e higienizados, os materiais que tem contato com o cliente devem ser descartáveis, e devem ser mostrados que são de seu uso exclusivo e que não estão sendo reutilizados. Os roupões ou capas e toalhas devem ser de preferência descartáveis, para assim promover a imagem de profissionalismo do Salão - possuem um maior custo, mas causam uma boa impressão e o retorno é sempre maior. Alguns Conselhos importantes também repassados pelos empresários do setor: - Os profissionais devem estar uniformizados ou com aventais durante o expediente e retirá-lo nas refeições ou intervalos para lanches, banheiros, etc...; - Os cabelos dos profissionais devem ser bem tratados, curtos ou estarem presos durante o trabalho; - Os profissionais nunca podem estar mal humorados e nem sorrir demais. “Extremos, nunca”. Tem que ser profissionais; - Nunca falar mal (criticar) do trabalho de outro profissional, principalmente no próprio recinto; - O profissional deve ser discreto e “algumas vezes” sincero quanto ao serviço, a depender do cliente; - O profissional deve estar sempre simpático e sorridente, porém sem intimidade com o cliente; - O profissional deve oferecer bom atendimento e ser talentoso; - Muitas vezes o profissional tem que ser um pouco de “psicólogo”; - Dar atenção aos seus clientes, pois o cliente quer ser ouvido; - Ser humilde e determinado. Observou-se que a incidência de empresa família nessa atividade é bastante intensa. A mão-de-obra temporária é utilizada por 33% dos entrevistados, mais em festas de Final de Ano, formaturas, etc..., contratados para auxiliar de limpeza, para escova/penteado, para lavagem de cabelo e para hidratação, sendo remunerados por comissão e essas comissões variam de 35 a 50%, a depender do serviço e da demanda. Os trabalhos terceirizados são utilizados por 83% das empresas em estudo, conforme pode observar as áreas mais solicitadas, por ordem de prioridade: 1 – Contabilidade; 2 – Informática; Page: 7

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 3 4 5 6 7 8 – – – – – – Corte; Manicura/Pedicuro; Depilação; Vigilância/Segurança; Advocacia; e... Psicologia.

04/03/2007, 20:22:42

Com relação ao preço, todos os entrevistados seguem a média do mercado e ganham na qualidade e atendimento, cobrando de acordo com o perfil de cliente que se pretende atender, dependendo também da localização do estabelecimento. O preço dos serviços é de grande importância e muitos clientes trocam de salão em busca de preços mais acessíveis. O referencial para a primeira visita do Salão é a boa impressão, decisiva para o sucesso do negócio. O visual do salão deverá ser agradável aos olhos do público, com uma fachada e decoração de acordo com a localização e o nível de clientes que irá atender, de preferência decoração leve e moderna. Os locais de trabalho visitados estavam bem iluminados e frescos seja natural ou artificial, com paredes e pisos claros e laváveis, passando a impressão de limpeza , com mobiliário adequado, itens estes responsáveis pela qualidade do serviço. As condições de um Salão devem ser sempre observadas para o bom atendimento dessa clientela. A metade das empresas investigadas funciona em imóvel próprio, com uma área média de cada salão de aproximadamente 140 m², e possuindo espaço para ampliação. Deve-se ter cuidado redobrado na escolha do ponto, levando-se em consideração a sua clientela e seus concorrentes. A localização de um salão é um aspecto que deve ser observado com muita atenção. A localização ideal para instalar esse empreendimento deverá ser em ruas movimentadas ou centros comerciais, distantes da concorrência, visto que são estas as principais dificuldades do setor. No local definido para instalação do salão deverá observar se as instalações elétricas e hidráulicas encontram-se em boas condições, bem como os serviços deverão ser distribuídos em espaços confortáveis. Convém salientar que o local é importante, mas a preferência do cliente destaca primeiro o profissional que o atende, para depois visualizar o salão. É importante enfatizar que o investimento em Shopping Center e Galerias é bem maior que em outra localidade, considerando o ponto, condomínio, decoração, layout e a própria divulgação. O fluxo de pessoas e de carros quanto à localização é considerada pelos entrevistados como primordial. Com relação a estacionamento, também é de fundamental importância a existência do mesmo na própria rua, de fácil acesso, ou até de propriedade do próprio Salão. Fazendo parte também da infra-estrutura da empresa, considera-se o de maior incidência, conforme tabela abaixo: INFRA-ESTRUTURA Sala p/corte de Cabelo Sala p/manicura/Pedicuro Sala de Depilação Banheiros Sala de Espera c/TV Copa / Cozinha Sala de Estética Sala de Massagens Page: 8

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 Sala de Apoio p/crianças Sala de Química Fumódromo Sala de Pedologia Sala Única FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003

04/03/2007, 20:22:42

O empreendedor deverá equipar o salão com cadeiras, secadores, lavatórios, vaporizadores, toalhas, tesouras e outros. Alguns profissionais contratados e/ou terceirizados possuem seus próprios equipamentos de trabalho, reduzindo assim o investimento inicial do negócio. Quando um vendedor de produtos de beleza vai num Salão, geralmente eles falam de toda a linha de produtos que ele representa/vende, sendo desnecessário, pois normalmente o profissional está com pouco tempo disponível para atendê-lo e muitas vezes não está interessado no produto demonstrado. As demonstrações dos produtos aos salões com alguma orientação e informação ao profissional sobre toda a linha da empresa, muitas vezes são cansativas e ineficazes, se tornando um grave problema para ambas. Atrapalha o atendimento do profissional do salão e o vendedor perde o seu tempo. É importante que essas empresas, distribuidoras de produtos, façam uma pesquisa sobre a preferência dos consumidores freqüentadores do salão, e daí ninguém sairá em desvantagem. Eles venderão mais e melhor e os consumidores terão o produto que desejam, com qualidade e agilidade no atendimento. Conhecendo o ponto de equilíbrio, o salão pode investir em estoques de produtos, sem exageros, com base no mercado consumidor. O planejamento para reposição dos produtos tem que ser levado em conta, para tornar fiel aquele cliente que adquire algum produto no salão. Dicas para vendas de produtos de beleza: - Conhecer e adquirir novidades para o atendimento e satisfação da sua clientela; - Contactar com promotores de vendas para que fiquem no salão promovendo seus produtos, dando sugestões, informando os benefícios (orientação geral sobre o produto); - Encontros, palestras (fora do local de trabalho), realizadas com apoio de profissionais de diversas especialidades, onde os mesmos tirarão dúvidas e fornecerão informações mais detalhadas do produto; - Dar comissões para os funcionários do salão que estão envolvidos na venda do produto, no sentido de estimulá-los; - É importante ouvir a opinião do cliente; - Efetuar a compra a partir da demanda. Este tipo de atividade é uma cadeia. Cliente satisfeito "aumento no faturamento" e estímulo aos funcionários com premiações.

Page: 9

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 5 - Investimento

04/03/2007, 20:22:42

Na análise deste segmento foram considerados dois tamanhos de atividades haja vista que existem diferenças tanto ao nível de exigência do consumidor quanto ao investimento inicial exigido. O quadro abaixo apresenta uma proposta de máquinas e equipamentos, instalações, móveis e utensílios necessários para o funcionamento de um empreendimento. 1. INVESTIMENTO INICIAL Quanto você precisa aplicar para abrir um Salão de Beleza VALORES EM R$ DISCRIMINAÇÃO Tamanho 1 Tamanho 2 INVESTIMENTO FIXO 1 - Máquinas e equipamentos, móveis e utensílios. 4.170,00 17.280,00 Subtotal 1 4.170,00 17.280,00 INVESTIMENTO FINANCEIRO 2 - Capital de Giro (*) 5.159,95 17.066,40 Subtotal 2 5.159,95 17.066,40 Total (1 + 2) 9.329,95 34.346,40 FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003 (*) Dimensionado para 1 mês de funcionamento.Os dados foram baseados em um Salão localizado em Aracaju (SE). O investimento para montar um Salão de Beleza varia conforme o leque de serviços oferecidos, a quantidade de pessoas a ser atendida e o padrão de conforto das instalações. Os valores apresentados referem-se a média das empresas pesquisadas em Aracaju. INVESTIMENTO FIXO TAMANHO 1 TAMANHO 2 DISCRIMINAÇÃO QUANT. VALOR QUANT. VALOR Ventilador 1 70,00 1 350,00 Aparelho de hidratação 1 600,00 1 600,00 Telefone 1 80,00 2 150,00 Cadeiras 5 430,00 8 1.600,00 Mesas, inclusive bancadas. 2 210,00 4 1.500,00 Secador manual 2 220,00 6 1.200,00 Bebedouro 1 200,00 1 500,00 Maca 1 250,00 2 1.000,00 Carrinho de apoio 2 230,00 3 750,00 Page: 10

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 Esterilizador/Estufa 1 300,00 1 400,00 Máquina de cortar cabelo 1 100,00 3 600,00 Lavatório 1 1.000,00 2 2.500,00 Prancha para alisamento 1 230,00 1 230,00 Espelhos 1 250,00 4 800,00 Ventilador - - 1 150,00 Ar condicionado - - 2 800,00 Computador - - 1 2.000,00 Secador de pé - - 1 600,00 Estante e Armários - - 1 600,00 Baby lis (cacheador) - - 1 250,00 Vaporizador - - 1 700,00 TOTAL 21 4.170,00 46 17.280,00 FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003 Quadro de Depreciação VALORES EM R$ DISCRIMINAÇÃO Tamanho 1 Tamanho 2 INVESTIMENTO FIXO Máquinas e equipamentos, móveis e utensílios. 34,75 144,00 Total 34,75 144,00 FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003

04/03/2007, 20:22:42

Considera-se 10% sobre o valor do imobilizado, o custo anual de depreciação.

Page: 11

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 6 - Aspectos Econômicos Financeiros

04/03/2007, 20:22:42

6.1 Estrutura de Receitas e Custos Totais (média entre as empresas pesquisadas) Receita Mensal de Serviços O quadro a seguir demonstra os principais serviços prestados e a média de atendimento mensal: RECEITA ANUAL DE SERVIÇOS TAMANHO 1 TAMANHO 2 DISCRIMINAÇÃO QUANT. VALOR QUANT. VALOR Corte 114 2.850,00 300 7.500,00 Tintura 50 2.200,00 150 7.500,00 Reflexo/Balayagem 28 1.600,00 60 3.200,00 Hidratação/Banho de creme 56 850,00 120 3.600,00 Alisamento/relaxamento 26 640,00 45 2.300,00 Permanente 2 70,00 4 300,00 Penteado 20 300,00 32 800,00 Maquiagem 19 300,00 30 900,00 Escova 138 1.300,00 500 7.500,00 Manicura 152 1.200,00 500 3.500,00 Pedicuro 140 1.200,00 500 3.500,00 Depilação 100 1.500,00 300 3.600,00 Limpeza de pele 24 1.200,00 70 3.500,00 Banho de lua 5 180,00 10 300,00 Hidratação com parafina p/ mãos 4 20,00 10 120,00 Pranchas 25 300,00 50 400,00 Massagem relaxante 7 180,00 11 330,00 Pedologia 8 160,00 17 260,00 Aplicação de produtos - - 45 990,00 Estética corporal - - 6 180,00 Estética facial - - 6 80,00 Bronzeamento Artificial - - 1 150,00 Dermosonic - - 6 1.500,00 TOTAL 16.050,00 52.010,00 FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003 Além dos serviços oferecidos, o Tamanho 2 comercializa mercadorias tais como Xampus, Cremes, Tinturas etc..., ampliando assim a receita da empresa, representando cerca de 6% da receita total mensal. A empresa deverá conhecer seus custos para efeito de fixação dos seus preços. Despesas Fixas TAMANHO 1 TAMANHO 2 Nº DE ORDEM DISCRIMINAÇÃO VALOR VALOR 1 Ordenados e Salários 1.760,00 7.120,00 2 Encargos Sociais e Trabalhistas 915,20 3.702,40 Page: 12

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 3 Pró-labore 1.200,00 2.500,00 4 Manutenção 60,00 120,00 5 Seguro - 200,00 6 Depreciação 34,75 144,00 7 Energia 220,00 460,00 8 Telefone 100,00 250,00 9 Água 120,00 380,00 10 Aluguel/Condomínio 400,00 1.600,00 11 Honorários do Contador 240,00 240,00 12 Material de Escritório 15,00 30,00 13 Material de Limpeza 30,00 80,00 14 Propaganda 15,00 120,00 15 Diversos 50,00 120,00 TOTAL 5.159,95 17.066,40 FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003

04/03/2007, 20:22:42

As despesas gerais de administração ou custos fixos variam de acordo com as características do empreendimento. São despesas administrativas o aluguel do imóvel, luz, telefone, honorários do Contador, despesas do escritório, retirada dos sócios, dentre outras. Os custos fixos nos tamanhos apresentados (1 e 2), representam cerca de 32% do faturamento, lembrando que estes custos são de grande relevância, pois ele interfere diretamente no nível de competitividade do empreendimento. Além dos custos fixos, existem ainda os custos variáveis, que são despesas que variam conforme o nível de faturamento, ou seja, ao ocorrer aumento ou redução de faturamento, os custos variáveis aumentarão ou reduzirão proporcionalmente, tais como, os impostos, comissões e outros. No Tamanho 1 analisado, os custos variáveis representam aproximadamente 50% do total da receita e no Tamanho 2 , 53% respectivamente. Para atender satisfatoriamente os serviços a que se propõem prestar, e considerando o empreendimento Tamanho 1 o qual deverá ter 5 funcionários, e o Tamanho 2 , para desenvolver suas atividades estimando 18 funcionários incluídos aí o proprietário, assim distribuídos: Mão-de-Obra Direta Mensal QUADRO DE MÃO DE OBRA TAMANHO 1 TAMANHO 2 DISCRIMINAÇÃO QUANT. VALOR QUANT. VALOR Cabeleireiros 1 800,00 4 3.200,00 Manicuras 2 480,00 4 600,00 Depilador 1 240,00 2 400,00 Ajudante de Cabeleireiro 1 240,00 1 240,00 Pedólogos - - 1 300,00 Esteticistas - - 1 600,00 Massagistas - - 1 500,00 Maquiador - - 1 400,00 Recepcionista - - 1 240,00 Segurança - - 1 400,00 Faxineira - - 1 240,00 TOTAL 5 1.760,00 18 7.120,00

Page: 13

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003

04/03/2007, 20:22:42

Além do salário, os funcionários trabalham por comissão o que representa também uma despesa em torno de 35% do faturamento. Resultados Operacionais Mensais Lucratividade Mensal Através dos dados apurados neste quadro o empresário poderá avaliar a saúde do empreendimento, pois a efetiva existência de lucro dependerá a continuidade do negócio. O empreendimento considerado no Tamanho 1 apresenta um lucro líquido mensal de R$2.890,05 ou aproximadamente 18% do total da Receita. O empreendimento do Tamanho 2 apresenta uma taxa de lucratividade em torno de 15,89% ao mês conforme quadro apresentado a seguir. 3. Resultados operacionais mensais Quanto você pode lucrar com um Salão de Beleza. VALORES EM R$ DISCRIMINAÇÃO Tamanho 1 Tamanho 2 1. Receita operacional (vendas dos serviços e produtos) 16.050,00 55.010,00 Venda de serviços 16.050,00 52.010,00 Venda de produtos 3.000,00 2. Custos variáveis 2.1 2.2 2.3 2.4 2.5 2.6 Material usado na prestação do serviço 1.280,00 4.400,80 Utensílios diversos 320,00 1.100,20 Comissão de Mão de Obra 5.600,00 19.253,50 Tributos (PIS, COFINS, SIMPLES) 800,00 2.750,50 Mercadorias para revenda 1.200,00 Impostos sobre revenda de mercadorias (ICMS) 500,00

2.7 Total (2.1 + 2.2 + 2.3 + 2.4 + 2.5 + 2.6) 8.000,00 29.205,00 3. Margem de contribuição (1 - 2.7) 8.050,00 25.805,00 4. Custos fixos (quadro 2) 5.159,95 17.066,40 5. Lucro líquido mensal (3 - 4) 2.890,05 8.738,60 6. Ponto de equilíbrio (4 ÷ 3) 64,10% 66,14% 7. Lucratividade (5 ÷ 1) 18,01% 15,89% 8. Taxa de retorno 69,31% 50,57% A receita bruta informada, em ambos os casos, levou em conta o critério de ano calendário para efeito de enquadramento na legislação do Simples, opção tributária dos dois níveis considerados. O ponto de equilíbrio indica o percentual da receita a ser alcançado para a empresa não operar no vermelho. A taxa de retorno, item 8, mede o percentual do retorno do capital investido e resulta da seguinte equação: lucro líquido (item 5) dividido pelo investimento. Os dados deste e dos demais quadros devem ser considerados apenas como exemplo. O interessado em entrar no ramo deve investigar detalhadamente as oportunidades e os riscos desse tipo de negócio.

Page: 14

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003 Margem de Contribuição

04/03/2007, 20:22:42

Observe que no Tamanho 1 , a margem de contribuição representa cerca de 50% do total do faturamento, e no Tamanho 2 , em torno de 47% do total do faturamento. Este indicador demonstra a viabilidade do empreendimento haja vista que o faturamento previsto, além de cobrir os custos variáveis, previstos em 50% do faturamento, cobre os custos fixos, previstos em 32% e 31% do faturamento, e ainda permite uma lucratividade de 18,01% e 15,89% respectivamente . Este resultado, além de remunerar o capital, proporcionará ao empreendedor investir na melhoria do seu negócio. Ponto de Equilíbrio O ponto de equilíbrio significa o percentual do faturamento que deve ser alcançado para a empresa não operar no vermelho. Nos modelos analisados, o ponto de equilíbrio é de R$ 10.288,05 , (64,10% do faturamento) no Tamanho 1 , e R$ 36.383,61 (66,14% do faturamento) no Tamanho 2, indicando que, a partir deste nível de faturamento o empreendimento se torna viável, cobrindo os custos fixos e variáveis, sem, contudo pagar os investimentos e despesas financeiras. Retorno do Investimento A taxa de retorno indica em quanto tempo o capital investido pode ser recuperado e resulta da seguinte equação: investimento inicial dividido pelo lucro líquido mensal. Este indicador revela que o empreendimento no Tamanho 1 em análise terá o retorno do que foi investido no prazo máximo de 1,44 meses, ou seja, com o lucro líquido obtido no mês o empreendedor paga 69,31% do seu investimento fixo e o empreendimento no Tamanho 2 em análise, terá o retorno do que foi investido no prazo máximo de 1,98 meses, ou seja, com o lucro líquido obtido no mês o empreendedor paga aproximadamente 50,57% do seu investimento fixo. O domínio do negócio é um índice que avalia se o investimento teve o retorno desejado (viabilidade do negócio).

Page: 15

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 7 - O Empresário

04/03/2007, 20:22:42

Neste ramo de atividade o profissional tem de se identificar, conhecer sua função, gostar do que faz, estar seguro em relação à atividade e, principalmente, estudar o local do negócio, se há mercado para seu produto / serviço, principais clientes e concorrentes. Identificada a atividade, os profissionais terão suas funções bastante definidas, sendo também considerados consultores de beleza e atendendo de preferência com excelência a sua clientela. Para o funcionamento de um Salão de Beleza, serão necessários profissionais especializados, tais como: massagistas, esteticistas, pedólogos, entretanto estes serviços não requerem medicamentos e/ou aparelhos e, por conseguinte, não exige a participação de profissional na área médica. Bom atendimento e talento (vocação), reconhecidos inicialmente por familiares e amigos, são essenciais no ramo e pesa na fidelidade com o cliente. Este ramo de atividade é delicado, requer paciência e habilidade para lidar com o público, capacidade de gerenciamento e disposição para trabalhar o dia todo no Salão. É importante, para a formação de uma clientela fiel, o atendimento rápido com qualidade e preço acessível. Outro fator importante do sucesso é a escolha de profissionais que deverão ser treinados e experientes, ter bom atendimento e, principalmente, mostrar confiança no que faz. Algumas dicas de postura e comportamento para quem trabalha num Salão: - Ser discreta(o), bem vestida(o), levemente maquiada e sóbria; - Não usar decotes ousados ou roupas transparentes; - Ouvir mais e falar menos, na maioria das vezes se mantendo imparcial; - Manter os cabelos limpos e de preferência presos; - Não usar perfumes fortes; - As toalhas devem estar limpas e cheirosas, os palitos de uso das manicuras devem ser novos e recipientes bem limpos. Estas dicas são recomendáveis para causar uma boa impressão. A forma de se portar, de se vestir e de atender o cliente é de fundamental importância. O atendimento deve ser profissional, mas sem perder o carinho, com atenção voltada para a ansiedade dos clientes. É necessário evoluir também em tecnologia e partir para equipamentos e produtos mais modernos. Devem-se sempre avaliar os clientes no final de cada serviço, quanto a sua satisfação, para assim evitar os erros e fazer com que o resultado final seja prazeroso, criterioso e diferenciado. O administrador normalmente é o próprio empresário, mas se este exercer alguma atividade fim no Salão, o mesmo deverá contar com um bom profissional para auxiliar na administração da sua empresa, suas contas, faturamento, e daí poder enfrentar o mercado bem competitivo. Com o aumento do desemprego, este setor da economia vem crescendo, mesmo para quem pouco conhece da atividade. Intensificam-se as especializações para um determinado profissional, sejam: cortes rápidos utilizando máquinas modernas, cabelos afros e penteados. O número de franquias também vem crescendo em áreas especializadas, não exigindo grande conhecimento do franqueado de Salões de Beleza, devendo ser o mesmo bom administrador de empresas. Ainda concentradas nas grandes cidades brasileiras, essas franquias desenvolvem planos de investimentos e expansão para os próximos anos. Page: 16

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

Caso o profissional deseje uma franquia, o mesmo deverá procurar a ABF ou Sebrae mais próximos para obter informações diversas, como por exemplo: Como abrir uma franquia de Salão de Beleza, quais as vantagens e desvantagens, suas exigências, valor inicial do investimento, local ideal, layout, royalties, linhas de financiamento, dentre outros. O sistema de franchising oferece qualidade, credibilidade, cujo negócio se encontra formatado, definindo tudo o que o empresário precisa saber. Pela falta de disponibilidade de capital ou de experiência, alguns salões oferecem parcerias para os próprios funcionários. A participação dos funcionários é uma grande opção a expansão da atividade. Outro motivo é que a parceria oferece mais estímulos que a relação patrão-empregado. O funcionário passa a gerenciar a própria empresa do qual é sócio. As empresas investem na formação técnica e administrativa dos empregados. Os mesmos também participam de palestras e workshops, ministrados por profissionais da área, para estarem preparados e prestarem serviço completo de beleza e se atualizarem com as novidades e tendências. Aprimoram-se no que mais interessa aos clientes, que poderá gerar retorno financeiro mais rapidamente. O segredo da manutenção da clientela é o constante aprimoramento profissional. A ssistir bons cursos e palestras é de fundamental importância para a qualificação exigida pela clientela do ramo. Todos os profissionais desenvolvem seus talentos de acordo com as suas especialidades e um Salão de Beleza oferece oportunidades de crescimento para profissionais de diversas áreas. O único órgão competente para formar profissionais da área, no Brasil, é o SENAC cujo treinamento não só procura orientar o profissional sobre a atividade que deverá exercer, como também sobre a rotina do Salão, a relação com os clientes e funcionários, controle de estoques a fim de evitar desperdícios (formação de mão-de-obra e aperfeiçoamento técnico – capacitação técnica e operacional), proporcionar o acompanhamento de novas tendências de mercado. O SENAC/SE possui um moderno Salão de Beleza – Escola, composto por salas específicas para a formação de profissionais de estética facial e corporal, cabeleireiros, manicura e depilação com diversos cursos de aperfeiçoamento com entender de forma global, o negócio. Ao término do curso, o aluno passa por um estágio ou vai diretamente para o mercado de trabalho onde com freqüência atua com segurança o aprendizado adquirido. Os empresários entrevistados dedicam diariamente a maioria do seu tempo na empresa, trabalhando uma média de 10 horas por dia, exercendo ou não a função de Gerente Geral. A grande maioria possui formação específica de Moda e Beleza nas áreas mais requisitadas A administração do negócio é muito importante. A responsabilidade é muito grande, e o profissional deve ter a preocupação constante em estar sempre atento e acompanhar revistas, ver filmes e entender a moda. O interesse do profissional é atender e satisfazer a sua clientela, deixando-a bonita e moderna, encontrando uma forma de fazer melhorar a realidade, ou seja, ultrapassar os limites do sonho. Realizá-lo! Outras formas para a leituras de revistas informativos da área revistas consultadas atualização das informações sobre a atividade são, e jornais especializados, acesso a Internet, de Moda e Beleza. A seguir, exemplos de livros e pelos profissionais da área, por ordem de prioridade:

FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003 LIVROS E REVISTAS

Page: 17

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 Cabelos e Cia. You Brasil Claudia Nova Beleza Beleza e Cia. Noivas Mundial Marie Claire Nouvelle Estètique H.C. Cosméticos e Toaletes Raça Jornais Específicos Caras Revistas Específicas de Cabelo

04/03/2007, 20:22:42

De acordo com estudos deste segmento realizados pelo Sebrae/SE, quase 70% das empresas existentes em Aracaju funcionam há mais de 10 anos, 25% possuem de 5 a 10 anos e o restante possui até 5 anos de trabalho com Salão de Beleza.

Page: 18

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 8 - Aspectos Organizacionais

04/03/2007, 20:22:42

Toda empresa, independentemente do seu porte, deverá ter um planejamento e controle dos serviços oferecidos, podendo ser manual ou eletrônico. Os dados registrados devem ser diários e com eles o empreendedor pode, além de manter um estoque com segurança e sem grandes riscos, traçar estratégias mais atrativas para a sua clientela. Leva-se em conta também que, grande parte dos produtos utilizados nos serviços prestados tem prazo de validade, sendo, portanto, aconselhável manter o estoque mínimo destes produtos em um nível de segurança razoável. É importante conhecer o perfil dos seus clientes, ou seja, onde residem, o que fazem, suas preferências, seus horários disponíveis, etc... Nas fichas de clientes se registram os seguintes dados: Tipos de serviço e endereço completo; Gosta de ser atendido por...; Cor da pintura utilizada; Tipo de cabelo; e... Tipo de corte de cabelo que mais gosta.

Para dar tratamento profissional ao negócio, todos os entrevistados comentaram que é fundamental trabalhar com hora marcada, oferecer facilidade para estacionar e ter sala de espera com direito a alguns serviços de copa gratuitos como: suco, água, café, refrigerante, chás, balas, biscoitos e também música ambiente e TV. São confortos indispensáveis para quem vai utilizar alguns serviços e que poderá se tornar um cliente potencial e fiel a partir deste diferencial. A promoção de alguns serviços no início da semana é uma forma de atrair a clientela na utilização dos seus serviços e manter um fluxo constante de pessoas no Salão. Para implantar um Salão de Beleza, deve-se fazer uma análise detalhada da região do salão (planejamento do negócio), avaliar o padrão de consumo da região indicando a classe social que irá atender, o tipo de produto mais consumido e o tipo de serviço mais solicitado (tendência), quais as carências e anseios da sua clientela e estilo de consumo. Se esta avaliação for bem feita e aproveitar o resultado da pesquisa, o empreendimento pode iniciar suas atividades com grande perspectiva de sucesso. Alguns aspectos foram sumariamente estudados, dentre os quais pode-se citar: se o imóvel é próprio ou alugado, custo de obras de instalação e mobiliário, estoque inicial, instrumentos de trabalho básicos, uniformes, máquinas e equipamentos, taxa de publicidade, capital de giro, etc... É importante lembrar que o Código de Proteção e Defesa do Consumidor, no setor de Produtos e Serviços, traz várias orientações para os clientes sobre o que fazer em caso de erros cometidos por profissionais nos salões de beleza. O empreendedor deverá ter o cuidado nos eventuais danos causados, podendo responder juridicamente por estas ações. É importante conhecer a Lei de Responsabilidade Civil antes de iniciar seu próprio negócio. Quanto aos turnos de funcionamento, os salões normalmente funcionam pela manhã e pela tarde. Eventualmente alguns salões podem funcionar à noite em determinados períodos, tais como festas de fim de ano e formaturas. Os dias de maior movimento informado pelos empresários são: sexta-feira e sábado. Os domingos e feriados, ficam reservados ao descanso, podendo funcionar em ocasiões especiais. As segundas-feiras, para o serviço de limpeza, organização do Salão e reposição do estoque.

Page: 19

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

A quantidade média de clientes atendidos por dia varia muito, como se pode observar: QUANT.DE PESSOAS ATENDIDAS POR DIA RESPONSE PERCENT Até 14 pessoas 4 34% De 15 a 29 pessoas 3 25% De 30 a 50 pessoas 3 25% Acima de 50 pessoas 2 16% TOTAL 12 100% FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003 Por se exigir inicialmente um baixo investimento, constata-se um crescimento neste segmento de atividade, causado também pelo aumento do desemprego no país. Mas o crescimento desordenado faz com que muitos profissionais trabalhem na informalidade, concorrendo com profissionais que trabalham com seriedade e que vêem o estabelecimento como um verdadeiro negócio, investindo por vezes toda a economia de uma vida. Para uma empresa funcionar, ela deverá ter pelo menos o alvará de funcionamento expedido pela Prefeitura local. Algumas empresas são autuadas por funcionarem sem o alvará, ou por não conhecerem a legislação ou por medo dos impostos. Para driblar a concorrência, a empresa dispõe de um diferencial de competitividade, seja no visual, na qualidade, no atendimento, preço, etc... A propaganda boca-a-boca é a mais utilizada, pois demonstra a satisfação do cliente com os serviços utilizados. Seus maiores concorrentes por ordem de importância são: 1) os Salões de Bairros, considerados por 67% dos entrevistados; 2) os Salões de Shopping, considerados por 42%; 3) os Salões do mesmo nível, com 33%, sendo estes os que utilizam mesmos serviços, produtos e atendem a mesma classe social. Existem alguns benefícios para atrair, manter e cativar os clientes, como: promoções, bom atendimento, serviços com qualidade, ofertas de brindes, preço, serviço de lanches, refrigerantes, mala-direta anunciando e divulgando seus produtos/serviços, propaganda em mídia falada e escrita, utilizações de cartões, sejam eles de lembrança de aniversário, Natal, Páscoa e outras datas comemorativas, e trabalhar com bons produtos. A competição é um fato nos dias de hoje e para aumentar a demanda e fidelizar o cliente algumas empresas adotam algumas estratégias tais como: funcionários treinados, estabelecer metas para toda a equipe, descontos para fregueses assíduos, dentre outras. Além disso, cadastram os clientes com informações bastante precisas e pessoais. Além de conhecer um pouco de organização e gerenciamento, o administrador de um salão tem que saber lidar com pessoas. Saber selecionar seus profissionais treiná-los e motiválos, assim como estar sempre bem informado dos problemas da empresa e de seus funcionários. Tomar decisões e principalmente trabalhar em equipe requer uma atitude de colaboração e integração dentro do grupo de trabalho, sendo essencial para enfrentar os problemas do dia a dia de um Salão de Beleza. A apresentação da tabela de preços dos serviços nos Salões de Beleza fica exposta no Balcão da recepção para melhor visualização da clientela.Como benefícios oferecidos aos empregados, as empresas informaram: Vale transporte – informado por 50% dessas empresas; Page: 20

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 Treinamento – informado por 42% dessas empresas; Alimentação – informado por 8% dessas empresas; e Nada oferecem – informado por 25% dessas empresas. SUGESTÃO DE UM REGULAMENTO DE UM SALÃO DE BELEZA

04/03/2007, 20:22:42

1. O Salão de Beleza tem por finalidade executar os serviços de cabeleireiro, manicura, esteticista, depilação, dentre outros serviços e se destina ao atendimento com qualidade e profissionalismo. 2. Horário de funcionamento do Salão (para o público externo): De 3ª feira a sábado - das 08 às 18 horas. 3. Dentro do horário normal de funcionamento, o atendimento deverá ser de preferência, com hora marcada. Para os serviços em que não há possibilidade de marcar hora, deverá ser rigorosamente respeitada a ordem de chegada desde que o usuário esteja presente no salão ao chegar a sua vez. A marcação de horas do serviço poderá ser feita por telefone ou pessoalmente. 4. Para o atendimento com hora marcada, haverá uma tolerância máxima de 5 minutos, passados os quais o cliente que marcou o horário perderá a sua vez. 5. A tabela de preços do Salão de Beleza deverá estar bem visível para a clientela. 6. Caso trabalhe aos domingos e feriados, os preços poderão sofrer algum acréscimo, a depender da Diretoria. 7. Todos os profissionais deverão estar devidamente uniformizados e em boas condições de higiene. 8. Não é permitido aos clientes o uso das dependências do salão, molhados ou em trajes de banho. 9. A empresa é obrigada a manter o bom atendimento aos seus clientes, bem como a limpeza e a higiene das dependências do salão e a conservação dos aparelhos, móveis e objetos, que estão sob a sua guarda. É também responsável pelo cumprimento deste Regulamento. 10. Os casos porventura omissos devem ser encaminhados à Direção. (O presente Regulamento deverá ser avaliado e aprovado pela Diretoria com data definida, de acordo com o perfil da empresa).

Page: 21

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 9 - Serviços Oferecidos

04/03/2007, 20:22:42

A depender da classe a ser atendida, o Salão de Beleza pode ser considerado “A”, “B” e “C” (conforme as classes sociais). Os salões que atendem preferencialmente clientes da classe “A” podem dispor de atendimento personalizado como garçons, boys, manobristas, ou serviços como estética, massagens, e espaço reservado à preparação de noivas, bem como outros serviços para quem os freqüenta. Estes serviços agregam valor ao atendimento, porém provocam um aumento no preço ao cliente. Com a mesma qualidade, mas com estrutura de loja mais simples adequada às necessidades do público da classe “B”, os salões não utilizam alguns serviços considerados “supérfluos” utilizados nos salões que atendem ao público da classe “A” tais como: garçons, boys, e outros. Os salões que atendem o grupo “C” conservam sua qualidade com preços mais baixos e atendimento rápido, seguindo o modelo tradicional dos salões de bairros. Relacionamos abaixo os serviços mais freqüentes, oferecidos por Salões de Beleza: Corte de Cabelo; Tingimento de cabelo ; Reflexo/balayagem; Hidratação; Alisamento/relaxamento; Permanente; Penteado; Maquiagem; Escova; Manicura/Pedicuro; Depilação; Limpezas de pele; Banhos de lua; Hidratação com parafina para as mãos; Aplicação de produtos; Massagens relaxantes; Serviços de Estética Facial e Corporal; Pedologia. Diversos representantes ou distribuidores de cosméticos visitam regularmente os salões fazendo demonstrações gratuitas de novos produtos ou técnicas de aplicações, fazendo as entregas no próprio local não havendo necessidade, portanto, de deslocamento, por parte do empresário, para aquisição dos referidos produtos. Assim, esses profissionais se mantêm atualizados quanto aos novos produtos e as técnicas e tendências de cortes e tinturas. Além dos serviços básicos de Salão de Beleza, uma outra forma diferenciada utilizada pelo empresário do setor é a venda de produtos e cosméticos diretamente aos seus clientes. Tal prática, além de orientar os freqüentadores dos serviços comuns do salão, contribui sensivelmente para o aumento do faturamento mensal da empresa, gerando um lucro de 30 a 40% nos produtos comercializados. Os serviços de maior retorno do cliente são: 1º 2º 3º 4º Corte; Escova; Manicura/Pedicuro; e Tintura.

Page: 22

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 Os serviços de menor retorno do cliente são: 1º 2º 3º 4º Permanente; Alisamento Massagem; e Penteado.

04/03/2007, 20:22:42

Existe alguma sazonalidade na atividade, sendo dezembro o mês considerado de maior freqüência de acordo com 90% dos entrevistados e janeiro o de menor, respondido por 50% dos mesmos, por ser período de férias e normalmente os clientes programam viagens. Os Salões sofrem uma queda brutal no movimento nos meses de férias e em épocas recessivas, por este motivo, algumas empresas utilizam promoções como descontos nos serviços, dentre outros, a fim de que não haja diminuição significativa no faturamento. Sazonalidade na Atividade 83% 17% Sim Não FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003 Pelo uso contínuo, a idade média dos instrumentos de trabalho (secadores, escovas, alicates), vai de 2 a 5 anos e a maioria possui menos de 2 anos, e o empresário está sempre atento para a manutenção e reposição dos mesmos. Idade Média dos Instrumentos 58% 42% 0% Menos de 2 anos Entre 2 e 5 anos Mais de 5 anos FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003 Os serviços de apoio à clientela, tais como: água mineral, café, chá, balas, refrigerantes, sucos e biscoitos complementam os serviços de beleza. Para conhecer a opinião dos clientes sobre a qualidade dos serviços, os empresários pesquisam, seja de forma verbal, via telefone, formulário apropriado, caixa de sugestão ou mala-direta, a fim de melhorar o atendimento e acrescentar novos serviços. Pesquisa de Qualidade dos Serviços 92% 8% Sim Não FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003 Para implantação de um Salão de Beleza, apenas 42% das empresas pesquisadas realizaram Pesquisas de Mercado, a fim de conhecer o potencial mercadológico do seu negócio. Outro fator de grande importância é a realização de controle de perda ou Page: 23

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 desperdício de produtos, como: 1 2 3 4 – – – –

04/03/2007, 20:22:42

Possuindo auxiliares para fiscalizar as possíveis perdas; Preparando o produto na quantidade certa; Controlando o material semanalmente, para não ocorrer perdas; e Acompanhando as comandas e fichas de clientes (cadastro).

Observe o gráfico abaixo o índice de controle de perda/desperdício informado: Controle de Perda/Desperdício 50% 50% Sim Não FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003

Page: 24

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 10 - Marketing e Comunicação

04/03/2007, 20:22:42

O aumento descontrolado da concorrência e os fatores sócio-econômicos desfavoráveis tornam cada dia mais difícil à vida desses profissionais de salão de beleza, fazendo com que quem dirige o negócio tenha que contar com todo o conhecimento para enfrentar e vencer os problemas da empresa. O marketing promocional é uma ferramenta fundamental para manter um salão sempre ativo e lucrativo. Por isso a importância de não só divulgá-lo internamente, atendendo com qualidade e presteza a sua clientela, mas divulgando a sua marca, profissionais, produtos e serviços externamente, seja através de TV, rádio, outdoor ou outros meios. A promoção de um salão de beleza envolve ações para: - Promover o nome ou a marca do salão na região em que atua, despertando uma imagem positiva; - Valorizar os profissionais do estabelecimento; - Fortalecer os vínculos com a população local, estabelecendo uma aproximação entre cliente e o profissional de um salão de beleza; - Aproximar o Cliente e o Prestador de Serviço; - Fazer com que a clientela, quando pensarem em serviços ou produtos de beleza, associem ao estabelecimento. Antes de iniciar uma promoção, é importante verificar se o salão possui condições de atendimento a demanda nesses períodos promocionais. Para atrair a clientela, são usados faixas na frente dos Salões com os preços e serviços oferecidos, levando em conta o local onde o mesmo se encontra e os produtos utilizados. Para se ter sucesso nesse trabalho promocional é necessário: - Atendimento com qualidade; - Profissionais treinados e capacitados; - Aparência do profissional; - Utilização de produtos e serviços que correspondam às expectativas da clientela; - Visual do salão. Realizar constantemente uma promoção é divulgar o estabelecimento, seus serviços e profissionais. Algumas dicas para realizar promoções eficientes que gerarão retorno ao estabelecimento (informações cedidas pelos empresários entrevistados): - Identificam a condição financeira da sua clientela, necessidades e gostos, oferecendo os serviços desejados, através de uma pesquisa direta aos possíveis clientes. É importante ouvi-los, pois eles são atraídos pelos serviços e produtos que o salão dispõe; - Encontram os meios de comunicação com melhor preço e que tragam retorno e divulguem o salão. Utilizam também panfletos, sendo estes bastante eficientes na divulgação e de baixo custo, sendo de boa aparência, informando de forma clara e objetiva os serviços e produtos da empresa. Os jornais de bairros, revistas especializadas, rádios, faixas, outdoors, etc... também funcionam como meios decomunicação; - Em contatos com distribuidores ou Empresas de Cosméticos, algumas investem nas promoções casadas, como: Compre um Shampoo e ganhe o Condicionador. Daí poderão dar descontos especiais em alguns serviços; - Presenteie sua clientela com brindes personalizados, como: toalhinhas, Page: 25

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

chaveiros, canetas, lixas de unhas, no sentido de recompensar pela fidelidade ou agradecer pela preferência; - Algumas empresas investem em “promoter”, ou seja, uma pessoa de boa aparência, bem articulada e bem vestida, comissionada para divulgar seus produtos e serviços em Órgãos e Entidades e empresas em geral, com serviços e horários direcionados a esse público; - Participam nas campanhas e gincanas do bairro, hospitais, asilos e igrejas, fazendo filantropia de alguns serviços da empresa para pessoas sem recursos e orientam com noções de higiene e limpeza, se tornando uma empresa respeitada e bem vista pela comunidade local, favorecendo a união entre os profissionais do estabelecimento; - Fazem convênios com Empresas e Instituições com preços diferenciados e convidativos. Definem o tipo de divulgação da sua empresa quanto ao gosto, valor, levando em consideração que a promoção de sua empresa é uma forma de investimento. Algumas promoções são oferecidas para tornar o cliente cativo e satisfeito. 92% dos entrevistados oferecem como promoção mais de um serviço o 2º ser gratuito, ou descontos em determinados dias da semana como estratégias de marketing. Os meios de comunicação mais utilizados para divulgação da Empresa, são: pelos próprios clientes, considerados por 75% dos entrevistados, 58% fazem promoções, 50% fazem maladireta, telemarketing, divulgação através de amigos/parentes, 42% através da mídia escrita (jornais/revistas), 33% utilizam faixas, propaganda em rádios e Internet, 25% utilizam painel eletrônico, outdoor, folders e 17% fazem propaganda em televisão. Apenas 1 empresa não utiliza nenhum meio de divulgação da sua empresa.

Page: 26

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 11 - Recursos Humanos

04/03/2007, 20:22:42

Um fator importante do sucesso é a escolha dos profissionais, os quais são treinados e experientes, oferecem bom atendimento e demonstram segurança, primando pela qualidade. É importante valorizar o trabalho em equipe, poder contar com profissionais experientes e treinados, com estilo próprio, proporcionando a modernidade e beleza, visando a satisfação do cliente. O recrutamento e seleção de pessoal para admissão na Empresa são feitos por 75% dos empresários através de entrevistas , com teste escrito ou prático, 42% aceitam indicação de terceiros , 17% utilizam a análise do Currículo , e 8% são ex-alunos encaminhados pelo SENAC . Como forma de estimular o trabalho, algumas empresas premiam seus funcionários através de brindes, sorteios e Kit de produtos. Outras formas para mantê-los motivados, são feitos alguns trabalhos junto aos mesmos, como: 1 – Bom tratamento e pagamento de comissão; 2 – Dedicação aos empregados; 3 – Reuniões e confraternizações (aniversário, Natal,...) reuniões de motivação, etc...; 4 – Oportunizar treinamento para motivação dos empregados; 5 – União entre empregador e empregados; 6 – Remuneração de acordo com o contrato de prestação de serviços. O número de pessoal que trabalha num Salão de Beleza varia muito pelo porte da empresa e pelo número de clientes atendidos. O controle da agenda de atendimento de cada profissional do salão fica por conta de um recepcionista que atende ao telefone e marca os horários, sendo importante fornecer todas as informações sobre os serviços oferecidos. Os profissionais ao chegarem, tomam ciência da agenda e se programam para atender com qualidade e rapidez. O cabeleireiro possui uma mistura de “ guru ” versus “ consultor de beleza ”, criando assim a fidelidade entre profissional e cliente. Um Salão de Beleza bem estruturado poderá contar com os serviços de pedólogos, ou seja, especialistas no tratamento e embelezamento dos pés, porém a maioria dos salões em Aracaju não utiliza este serviço. Para gerenciar uma empresa, antes de qualquer coisa este profissional deverá ser um líder, sabendo identificar as suas funções e dos seus subordinados. A violência está cada vez mais acentuada, necessitando de profissionais na área de segurança/vigilância. E este tipo de empreendimento, o qual costuma freqüentar mais pessoas do sexo feminino, torna-se conveniente proteger sua clientela, alguns empresários utilizam os serviços terceirizados de empresas de segurança, e 59% não consideram como prioridade. Todos os profissionais entrevistados, sem exceção, possuem cursos específicos de qualificação ou de aperfeiçoamento nas áreas em que atuam. 75% informaram serem treinados através do SENAC, 58% fizeram cursos de aprendizagem interna na própria empresa, 33% informaram fazer cursos externos e 17% informaram que são treinados através dos próprios fornecedores.

Page: 27

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 12 - Finanças e Estoques

04/03/2007, 20:22:42

Há um risco muito grande de se montar um salão sem possuir conhecimento específico na área. Alguns profissionais cobram cerca de 60% de comissão, e o empresário que não domina a técnica, fica a mercê de profissionais, algumas vezes inescrupulosos. Algumas pesquisas realizadas em grandes Salões de Beleza constatou que 70% da clientela brasileira confia no cabeleireiro e acaba mudando de salão junto com o profissional. A fidelidade ao profissional é maior que ao salão, por isso o risco do empresário não ser do ramo, apesar da boa rentabilidade que o negócio oferece. (¹) A maioria dos Salões de Beleza remuneram com comissão. A porcentagem de comissões sobre os serviços varia de 40 a 70%, a depender da demanda e do serviço solicitado. O controle do pagamento das comissões aos profissionais é feito através de comanda, com 82% das respostas dos entrevistados seguido do livro de comissão com 18%, semanalmente ou diariamente. Apesar de vivermos um momento econômico atual difícil, apenas 25% dos Salões possuem acordo para consulta de cheques, tipo tele-cheque, a fim de evitar sua devolução. Os recebimentos sobre os serviços são variáveis, podendo ser à vista , através de Cartões de Crédito ou cheque pré-datado para 30 dias . O atraso médio de pagamento pelos clientes vai de 1 semana a 45 dias, sendo que 42% dessas empresas informaram que seus clientes nunca atrasam o pagamento. Atraso médio de Pagamentos 42% 8% 25% 17% 8% Não atrasa 1semana 15 dias 30 dias Mais de 30 dias FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003 ___________________________ (¹) Jornal “O Estado de São Paulo” – 19/03/2002. ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA Os procedimentos de cobrança a serem adotados são diversos: 67% das empresas entrevistadas fazem via telefone, 33% o fazem diretamente nas residências, 22% através de contato pessoal, 11% esperam o cliente retornar para fazê-lo e 22% não opinaram. Algumas empresas oferecem descontos para clientes no sentido de dar um tratamento diferenciado, e dessas empresas, 75% confirmaram tal ação. As políticas de descontos oferecidas pelas empresas aos seus clientes são: - De Segunda a Quarta-feira, desconto de 10 a 20% nos serviços; - Fazendo uma tintura e/ou hidratação, tem 5% de desconto; Page: 28

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 Redução no preço do serviço executado; Oferecer mais um serviço; Estudantes pagam 50% a menos; Pacotes com descontos promocionais; 10 a 15% nos pagamentos à vista.

04/03/2007, 20:22:42

Apenas 8% das empresas investigadas pagam condomínio, por estarem localizadas num Shopping Center ou Galeria, variando o valor mensal a ser pago. Pela própria atividade, é grande o consumo de energia elétrica, mas devido o racionamento de energia, as empresas estão se adaptando ao novo momento, preocupando-se com o uso racional dos equipamentos e instalações. Quanto à conta de água/esgoto, este insumo também é indispensável para a atividade em estudo. Devido à crise financeira atual, as empresas sentiram necessidade de redução dos gastos. Todas as empresas visitadas fazem registro diário ou periódico do recebimento dos seus clientes, assim como possuem Cadastro de Fornecedores. O número atual de fornecedores varia muito de empresa para empresa, sendo que 58% possuem de 6 a 12 fornecedores, 26% das empresas investigadas possuem de 1 a 3 fornecedores e 16% possuem de 4 a 5 fornecedores de produtos de Salão de Beleza. O prazo de pagamento a fornecedores é variável, das quais, apenas 25% dessas empresas o fazem a vista e 75% o fazem com prazo médio de 30, 45 e 60 dias para pagamento. Para adquirir os produtos de Beleza, todas as empresas, sem exceção, compram através de representantes, através de catálogos ou via Internet. Dos produtos que mais apresentam escassez de fornecedores em Aracaju é mobiliário para cabeleireiro, alguns produtos para cabelo, apesar do grande número de representantes e de algumas lojas existentes. As maiores dificuldades para compra são: Identificação e seleção de fornecedores e transporte; Assistência Técnica; Prazos de entrega; Qualidade/quantidade; Preços dos produtos e serviços; Flexibilidade no prazo para pagamento.

Das empresas, 50% possuem dívidas com fornecedores com prazos para pagamento definidos, mas sempre pagos em dia, evitando assim empréstimos em Instituições Financeiras.

Page: 29

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 13 - Informática

04/03/2007, 20:22:42

Por meio de um Programa que poderá ser instalado até em Salões de pequeno porte, é possível que o empresário controle as atividades de um Salão, como estoque de produtos, cadastro de clientes, fornecedores, controle de faturamento, despesas, resultados financeiros, promoções e comissões de um Salão, dentre outros controles, solucionando assim alguns problemas inerentes à atividade. Qualquer Programa de controle dos serviços e produtos permite maior agilidade no controle das rotinas administrativas, substituindo as comandas de papel por cartões, permitindo o profissional registrar todos os serviços e produtos usados pelo cliente. Esse controle permite criar um histórico do cliente como: endereço, profissão, tipo de serviço mais solicitado, número e marca do produto, etc..., melhorando o atendimento, visando assim agilizar o trabalho dos profissionais do Salão. Estes Programas ajudam a profissionalizar o processo de trabalho de um Salão de Beleza. A situação atual das empresas pesquisadas com relação à informática é bastante diversa, das quais 50% não estão informatizadas, mas pretendem informatizar. Observe o gráfico abaixo: Informática 0% 25% 17% 50% 8% Totalmente informatizada Parcialmente informatizada Está em fase de informatização Não está informatizada, mas pretende informatizar Não está informatizada e nem pretende informatizar FONTE: Pesquisa de Mercado – Sebrae/SE – jan/2003 Das empresas que estão parcialmente informatizadas, todas possuem um Cadastro de Clientes e apenas uma empresa faz agendamento de serviços, folha de pagamento, controle de estoque e contas a pagar. Tipos de Serviço ResponsesPercent Agendamento de serviços 1 33 Folha de pagamento 1 33 Contabilidade 0 0 Cadastro de clientes 3 100 Controle de estoque 1 33 Contas a pagar 1 33 Contas a receber 0 0 Outra 0 0 Total 3 100 FONTE: Pesquisa de Mercado – Sebrae/SE – jan/2003 Page: 30

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 14 - Aspetos Institucionais / Associação de Classe

04/03/2007, 20:22:42

Como forma do Sebrae contribuir para a melhoria do setor a promoção de eventos, o mesmo poderá oferecer treinamentos e pesquisas de opinião, bem como elaborar Plano de Negócio, projeto/financiamento e apoio técnico/gerencial. Forma de Contribuição do SEBRAE Responses Percent Treinamento 5 42 Projeto/financiamento 4 33 Apoio Técnico/Gerencial 4 33 Promoção de eventos 7 58 Pesquisa de opinião 5 42 Outro 0 0 Total 12 100 FONTE: Pesquisa de Mercado – Sebrae/SE – jan/2003 De acordo com as necessidades, os treinamentos poderão ser na área Gerencial , Marketing, Atendimento a clientes , Finanças , Qualidade, Informática e Comportamental . Áreas de Treinamento Responses Percent Gerencial 5 42 Finanças 3 25 Qualidade 3 25 Contabilidade 0 0 Marketing 4 33 Atendimento 4 33 Informática 3 25 Outra 1 8 FONTE: Pesquisa de Mercado – Sebrae/SE – jan/2003 É importante que os Salões de Beleza, através de seus representantes, conheçam sua categoria, Associação ou Sindicato, para assim tirar todas as dúvidas, receber informativos quanto aos eventos e programas de melhoria.

Page: 31

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 15 - Expectativas / Investimentos / Financiamentos

04/03/2007, 20:22:42

Para efetuar a legalização de um Salão de Beleza, é necessário ir até a Junta Comercial de sua Cidade, Receita Federal, Secretaria da Fazenda e Prefeitura local, sendo esta última para adquirir o alvará de funcionamento. Pode-se também contratar um Contador e o mesmo agilizará todo esse processo de Registro da Empresa, ultrapassando as burocracias que são muitas. Pode-se iniciar a atividade com um investimento bastante baixo, num pequeno espaço, algumas vezes na própria casa, dispondo de cadeiras, bancada com espelho, lavatório, secador e equipamentos para manicura, pedólogo e depilador. Muitos profissionais, hoje bem sucedidos, começaram assim. É um lugar freqüentado por pessoas que desejam cuidar do visual ou simplesmente relaxar a mente. O investimento para montar um Salão de Beleza varia conforme a quantidade de serviços oferecidos, a quantidade de pessoas a ser atendida e do padrão de conforto das instalações. O retorno pode demorar e os custos fixos poderão aumentar. É necessário ter uma base financeira sólida, com capital de giro mensal calculado, caso contrário poderá gerar problemas muitas vezes irreversíveis e fracassar. Para que isso não ocorra, o empreendedor deverá se preparar financeiramente com recursos próprios ou recorrer a linhas acessíveis direcionadas as MPE. Das empresas investigadas, 83% investiram nos últimos três anos com recursos próprios, e apenas 17% consideraram não saberem ou desconhecerem se o retorno do investimento correspondeu às expectativas. Nos próximos três anos, 83% das empresas pretendem substituir equipamentos/aparelhos, 58% pretendem substituir utensílios, 17% pretendem ampliar o prédio ou construir novo prédio, e apenas 8% não opinou. As Empresas pretendem Responses Percent Substituir utensílios 7 58 Reformar o prédio 1 8 Ampliar o prédio 2 17 Construir novo prédio 2 17 Comprar novo prédio 0 0 Substituir equipamentos/aparelhos 10 83 Não opinou 1 8 Total 12 100 FONTE: Pesquisa de Mercado – Sebrae/SE – jan/2003 Conforme questionamento sobre a aceitação dos clientes dos produtos/serviços de Salão de Beleza, apesar da grande concorrência nos últimos anos, 92% consideraram como Ótimo e Bom e apenas 8% Regular . Aceitação dos Clientes 33% 59% 8% 0% 0% Ótimo Page: 32

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 Bom Regular Ruim Não opinou FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – janeiro/2003

04/03/2007, 20:22:42

Page: 33

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 16 - Visão Estratégica

04/03/2007, 20:22:42

Relacionamos as dificuldades atuais vividas pelas empresas em estudo: Falta de condições financeiras para investimento; Competitividade; Mão-de-obra especializada (qualificação); Preços dos serviços; Grande quantidade de Salões (concorrência elevada); Carência de linha de crédito própria para o setor; Carga tributária elevada; Baixa freqüência de clientes; Elevado custo dos produtos de beleza.

Relacionamos também as expectativas e tendências de mercado para os próximos meses, visto pelas empresas: Expansão do mercado; Diversificação da atividade, incluindo venda de produtos; Aumento da clientela; Crescimento; Melhoria da qualidade dos produtos; Estabilidade.

Consideramos Pontos fortes das empresas em estudo: - A presença e algumas vezes a participação ativa do empresário na atividade; - Bom atendimento ao Cliente; - Praticar preços justos; - Foco no cliente e no mercado; - Dedicação integral no negócio; - Satisfação do negócio; - Contato direto com clientes, fornecedores e funcionários; - Utilização de recursos próprios no início do negócio; - Retorno do investimento em curto prazo; - Conhecimento do negócio e da atividade; - Experiência anterior; - Competência em administrar; - Demanda crescente pelos produtos e serviços oferecidos; - A inadimplência é quase “zero”; - Qualidade dos serviços; - Qualidade dos produtos; - Boa localização; - Aspecto físico; - Marca da Empresa; - Facilidade nos pagamentos. Pontos fracos das empresas em estudo em relação à concorrência: - Concorrência acirrada; - Falta de condições para divulgação da empresa e dos serviços; - Aqueles que funcionam em imóvel alugado, trabalham em desvantagem com os que nada pagam; - Falta de espaço para futuras ampliações; - Relacionamento empregado/empregador; - Falta de união da classe, sendo muito fraca a Associação que representa o setor em Aracaju; - Elevado custo dos produtos importados; - Dificuldade em satisfazer 100% aos Clientes; - Preços abaixo do aplicado no mercado pela concorrência; Page: 34

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

- O custo do Shopping é muito elevado; - Dificuldades na aquisição de profissionais qualificados; - O próprio cabeleireiro tem de formar seus funcionários; - Mão-de-obra em domicílio; - Matéria-prima com custo alto; - Falta de divulgação junto aos fornecedores sobre os produtos exigidos pela clientela; - Nas empresas visitadas, todas, sem exceção, apresentaram problemas no fornecimento de dados, face a inexistência de alguns controles operacionais e administrativos.

Page: 35

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 17 - Conclusão Relacionamos algumas Sugestões para melhoria da atividade:

04/03/2007, 20:22:42

- Diversificação do atendimento ao cliente, oferecendo um serviço personalizado com atendimento em domicílio tanto para manicura/pedicuro como para cabelo, massagem e depilação; - Especialização dos profissionais de estética e massagem de Salão de Beleza para não perder espaço para Clínicas de Estética; - Atualização contínua dos serviços de Salão de Beleza, para que estes profissionais mantenham sua excelência como especialistas do segmento; - Participação de Missões, Feiras, Exposições, Workshops, Congressos, para estar atualizado com as tendências e inovações do Setor de Beleza; - Participação em Cursos de Liderança de Equipes e Relacionamento Interpessoal; - Formação de uma Central de Compras; - Fazer promoções em datas comemorativas para atrair a clientela; - Necessidade de uma Consultoria Especializada nas áreas de Gerenciamento de Negócios, Custos, Atendimento e outros; - Criar uma marca. Podemos afirmar que, montar um Salão de Beleza é bastante fácil. Apenas ter alguns conhecimentos técnicos, capital e mão-de-obra especializada. O difícil é mantê-lo no mercado, compensando seu investimento, dando lucro e satisfação ao seu empresário. O referido estudo reúne muitas informações que podem ajudar o Sebrae a conhecer melhor a atividade e oferecer orientações operacionais e estratégicas bastante objetivas aos futuros empreendedores de Salão de Beleza e até mesmo aqueles que já atuam no ramo, numa linguagem clara e de fácil compreensão. O Sebrae/SE concluindo o estudo de Salão de Beleza não poderia deixar de agradecer a todos os empresários que nos forneceram tais informações, de tão grande importância, e que sem eles nada teria sido feito, os quais sensibilizados, nos receberam em ambiente e horário de trabalho, se dispondo com delicadeza e simplicidade a contribuir no desenvolvimento do referido estudo, demonstrando também grande expectativa no desenrolar do trabalho. Agradecemos aos consultores do Sebrae/SP no repasse dessa completa metodologia, aos colegas do Sebrae/SE, que contribuíram de uma forma ou de outra na conclusão deste estudo e, também, ao colega Evandro Manzano, que, com suas críticas construtivas, fez com que concluíssemos o referido trabalho com mais conhecimento e curiosidade da metodologia. Aracaju (SE), março de 2004. Ana Lucia Franco de Moura Unidade de Estratégias e Diretrizes – SEBRAE/SE

Page: 36

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 18 - Resumo: Relatório Final

04/03/2007, 20:22:42

Após a escolha da atividade a ser estudada, foram coletadas algumas informações básicas utilizando várias fontes de informações tais como, revistas do segmento empresarial bem como a Internet. Após a ordenação destas informações, foram selecionadas as empresas do mesmo ramo de atividade, com as mesmas características operacionais, com perfis semelhantes e localizados na mesma região efetuando, posteriormente, reuniões com os empresários do ramo, com a finalidade de sensibilizá-los a participar do projeto a fim de que se possa colher dados confiáveis. Para o desenvolvimento desse estudo, elaborou-se inicialmente um planejamento contendo dados para aplicação do questionário da pesquisa primária no qual seriam colhidos os dados relativos ao dia a dia das empresas, e a pesquisa de dados paralelos (informações sobre a atividade na região, relevância do segmento, aspectos legais, trabalhistas, pesquisas bibliográficas e Internet). Após o levantamento de todas as informações e após a tabulação dos questionários aplicados, efetuou-se uma análise comparativa e situacional do segmento, surgindo, portanto, um documento cujos dados aqui apresentados serão disponibilizados aos empresários do segmento em estudo, na crença de que estes sejam relevantes na tomada de decisão, bem como na avaliação das necessidades individuais e as necessidades coletivas apresentadas, resultando em ações propostas para a resolução dos problemas. 1. Lógica e exploração de oportunidade de negócio: Perfil da Empresa • O Negócio Dos empresários entrevistados, aproximadamente 60% investiram no negócio porque gostava e conhecia a atividade , 30% estavam desempregados, aproximadamente 15% a família já possuía um salão , outros foram influenciados por amigos e parentes e outros diversos motivos não citados (convém salientar que esta questão admitia mais de uma opção). Os empresários informaram também que, uma das principais dificuldades vividas pelos Salões em Aracaju é a concorrência, a situação financeira das empresas com carência de linhas de crédito, carência de mão-de-obra especializada/qualificada, elevado custo dos produtos e baixa freqüência da clientela. • Infra-estrutura Apenas 25% das empresas entrevistadas informaram terem interesse e espaço para a ampliação, dispondo de, aproximadamente, 100 m² de área média, e 33% dessas empresas possuem condições de atendimento a deficientes com rampas de acesso e atendimento na própria bancada. A metade das empresas investigadas funciona em imóvel próprio, com uma área média total no Tamanho 1 de, aproximadamente, 45 m², e no Tamanho 2 de 204 m², todas possuindo espaço para ampliação. Deve-se ter cuidado redobrado na escolha do ponto, levando-se em consideração a sua clientela e seus concorrentes. No local definido para instalação do salão deverá observar se as instalações elétricas e hidráulicas encontram-se em boas condições, como também a distribuição dos serviços em espaços confortáveis. Com relação a estacionamento, também é de fundamental importância a existência do mesmo na própria rua, de fácil acesso, ou até de propriedade do próprio Salão. Fazendo parte também da infra-estrutura da empresa, de acordo com as Page: 37

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

respostas dos empresários do setor, considerados de maior incidência, observa-se na tabela abaixo: INFRA-ESTRUTURA Sala p/corte de Cabelo Sala p/manicura/Pedicuro Sala de Depilação Banheiros Sala de Espera c/TV Copa / Cozinha Sala de Estética Sala de Massagens Sala de Apoio p/crianças Sala de Química Fumódromo Sala de Pedologia Sala Única FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003 O empreendedor deverá equipar o salão com cadeiras, secadores, lavatórios, vaporizadores, toalhas, tesouras e outros. • Localização O referencial para a primeira visita do Salão é a boa impressão, decisiva para o sucesso do negócio. O visual do salão deverá ser agradável aos olhos do público, com uma fachada e decoração de acordo com a localização e o nível de clientes que irá atender, de preferência decoração leve e moderna. A maioria dos salões de beleza visitada está localizada em pontos comerciais de rua, ou seja, 86% e 14% em Shopping Center. Mas, esta atividade tem grande incidência em todos os bairros, pelo baixo custo de investimento inicial, tanto em móveis, equipamentos e instalações, como em mão-de-obra. Esta oportunidade de investimento, se bem trabalhada, com preços acessíveis e boa qualidade, tende a se manter no mercado. Não é o que acontece com os salões que oferecem apenas os serviços básicos de cabeleireiro, manicura e pedicuro. Os locais inicialmente escolhidos são as próprias residências, sendo adaptados à atividade. Quando divulgam seus serviços, passam a se localizar em pontos comerciais estratégicos, com maior fluxo de pessoas. O fluxo de pessoas e de carros quanto à localização é considerada pelos entrevistados como primordial. • Tempo de existência da atividade De acordo com estudos deste segmento realizado pelo Sebrae/SE, quase 70% das empresas existentes em Aracaju funcionam há mais de 10 anos, 25% possuem de 5 a 10 anos e o restante possui até 5 anos de trabalho com Salão de Beleza. Estes percentuais indicam que as empresas possuem uma certa estabilidade da atividade e conquistaram seu espaço num mercado tão competitivo. • Mercado De acordo com os dados cadastrais levantados pelo SEBRAE/SE no ano de 2000, em Aracaju existiam 71 salões de beleza, na maioria oferecendo os serviços básicos de cabeleireiro, manicura e depilação, localizados nas mesmas proximidades (região), atendendo a mesma classe social. Page: 38

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 • Visão quanto ao comportamento do mercado

04/03/2007, 20:22:42

Devido ao grande número de estabelecimentos em todo o Estado, principalmente na Capital, existe uma forte tendência para saturação no número de salões que oferecem apenas os serviços básicos de cabeleireiro, manicura e pedicuro. Estes tipos de salões são mais encontrados na periferia da cidade e no interior do Estado e atendem a clientela de baixo poder aquisitivo. Já aqueles com serviços especializados se tornam em ascensão, por fazerem trabalhos diferenciados e inovadores, e atendendo a uma classe bastante exigente. • Oportunidades Por sua natureza dinâmica, a atividade está em contínua renovação, tanto nos serviços de cabeleireiro (corte de cabelo, tintura, massagens capilar e penteados), como na variedade de produtos que são colocados no mercado de acordo com as tendências da moda e das estações do ano, visando à satisfação plena dos clientes. • Pontos Fortes e Pontos Fracos Pontos fortes das empresas em estudo: - A presença e algumas vezes a participação ativa do empresário na atividade; - Bom atendimento ao Cliente; - Praticar preços justos; - Foco no cliente e no mercado; - Dedicação integral no negócio; - Satisfação do negócio; - Contato direto com clientes, fornecedores e funcionários; - Utilização de recursos próprios no início do negócio; - Retorno do investimento em curto prazo; - Conhecimento do negócio e da atividade; - Experiência anterior; - Competência em administrar; - Demanda crescente pelos produtos e serviços oferecidos; - A inadimplência é quase “zero”; - Qualidade dos serviços; - Qualidade dos produtos; - Boa localização; - Aspecto físico; - Marca da Empresa; - Facilidade nos pagamentos. Pontos fracos das empresas em estudo em relação à concorrência: - Concorrência acirrada; - Falta de condições para divulgação da empresa e dos serviços; - Aqueles que funcionam em imóvel alugado, trabalham em desvantagem com os que nada pagam; - Falta de espaço para futuras ampliações; - Relacionamento empregado/empregador; - Falta de união da classe, sendo muito fraca a associação que representa o setor em Aracaju; - Elevado custo dos produtos importados; - Dificuldade em satisfazer 100% aos clientes; - Preços abaixo do aplicado no mercado pela concorrência; - O custo do Shopping é muito elevado; - Dificuldades na aquisição de profissionais qualificados; Page: 39

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 - O próprio cabeleireiro tem de formar seus funcionários; - Mão-de-obra em domicílio; - Matéria-prima com custo alto. • Problemas atuais ou dificuldades atuais

04/03/2007, 20:22:42

- Falta de condições financeiras para investimento; - Competitividade; - Mão-de-obra especializada (qualificação); - Preços dos serviços; - Grande quantidade de Salões (concorrência elevada); - Carência de linha de crédito própria para o setor; - Carga tributária elevada; - Baixa freqüência de clientes; - Elevado custo dos produtos de beleza; - Falta de divulgação junto aos fornecedores sobre os produtos exigidos pela clientela; - Nas empresas visitadas, todas, sem exceção, apresentaram problemas no fornecimento de dados, face a inexistência de alguns controles operacionais e administrativos. • Barreiras/obstáculos A única barreira/obstáculo ao desenvolvimento do empreendimento é o grande número de concorrentes com mesmo tipo de serviço, mesma qualidade e preço, existentes em Aracaju. 2. Competências e Valores Programa de Qualidade Dentre as empresas pesquisadas, ainda não existe nenhum programa de qualidade. No momento, elas seguem as orientações dos instrutores para a execução dos serviços, representantes de produtos e distribuidores. Os locais de trabalho visitados estavam bem iluminados e frescos seja natural ou artificial, com paredes e pisos claros e laváveis, passando a impressão de Limpeza , com mobiliário adequado, itens estes responsáveis pela qualidade do serviço. Para o funcionamento de um Salão de Beleza, serão necessários profissionais especializados, tais como: massagistas, esteticistas, pedólogos, entretanto estes serviços não requerem medicamentos e/ou aparelhos e, por conseguinte, não exige a participação de profissional na área médica. É necessário evoluir também em tecnologia e partir para equipamentos e produtos mais modernos. Devem-se sempre avaliar os clientes no final de cada serviço, quanto a sua satisfação, para assim evitar os erros e fazer com que o resultado final seja prazeroso, criterioso e diferenciado. As empresas investem na formação técnica e administrativa dos empregados. Os mesmos também participam de palestras e workshops ministrados por profissionais da área, para estarem preparados e prestarem serviço completo de beleza e se atualizarem com as novidades e tendências. Aprimoram-se no que mais interessa aos clientes, que poderá gerar retorno financeiro mais rapidamente. O segredo da manutenção da clientela é o constante aprimoramento profissional. A ssistir bons cursos e palestras é de fundamental importância para a qualificação exigida pela clientela do ramo. Mão-de-Obra O quadro de pessoal é diverso e o número de pessoal que trabalha num Salão Page: 40

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

de Beleza varia muito pelo porte da empresa e pelo número de clientes atendidos. Para atender satisfatoriamente os serviços a que se propõem prestar, e considerando o Tamanho 1 com 5 funcionários, dos quais 80% recebem 1 Salário Mínimo, não sendo necessário ter alto grau de escolaridade. Já o Tamanho 2 , para desenvolver suas atividades, estimando em 18 funcionários incluindo o proprietário, dos quais aproximadamente 55% recebem em média 1 Salário Mínimo, não exigindo também alto grau de escolaridade e 45% recebem de 2 até 4 Salários Mínimos cada um, e quase todos possuem certo grau de escolaridade e acumulam funções dentro da atividade. • Identificação dos funcionários e horário de atendimento Os profissionais terão suas funções bastante definidas, sendo também considerados consultores de beleza e atendendo de preferência com excelência a sua clientela. Quanto aos turnos de funcionamento, os salões normalmente funcionam pela manhã e pela tarde. O horário de atendimento é das 08:00 hs às 20:00 hs. Eventualmente alguns salões podem funcionar à noite em determinados períodos, tais como festas de fim de ano e formaturas. Os dias de maior movimento informado pelos empresários são: sexta-feira e sábado. Os domingos e feriados, ficam reservados ao descanso, podendo funcionar em ocasiões especiais. Nas segundas-feiras, a maioria dos Salões não atende sua clientela, apenas abrem para fazer os serviços de limpeza, organização do Salão e reposição do estoque. • Seleção de mão-de-obra, treinamento e motivação. É importante valorizar o trabalho em equipe, poder contar com profissionais experientes e treinados, com estilo próprio, proporcionando a modernidade e beleza, visando a satisfação do cliente. Através das empresas entrevistadas, verificamos que a seleção da mão-deobra é efetuada pelo proprietário e/ou gerente. O recrutamento e seleção de pessoal para admissão na Empresa são feitos por 75% dos empresários através de entrevistas , com teste escrito ou prático, 42% aceitam indicação de terceiros , 17% utilizam a análise do Currículo , e 8% são ex-alunos encaminhados pelo SENAC . Todos os profissionais entrevistados, sem exceção, possuem cursos específicos de qualificação ou de aperfeiçoamento nas áreas em que atuam. 75% informaram serem treinados através do SENAC, 58% fizeram cursos de aprendizagem interna na própria empresa, 33% informaram fazer cursos externos e 17% informaram que são treinados através dos próprios fornecedores. (A questão admitia mais de uma opção). Como forma do Sebrae contribuir para a melhoria do setor, o mesmo poderá oferecer treinamentos e pesquisas de opinião , bem como elaborar Plano de Negócio, projeto/financiamento e apoio técnico/gerencial . De acordo com as necessidades, os treinamentos poderão ser na área Gerencial , Marketing, Atendimento a clientes , Finanças , Qualidade, Informática e Comportamental. Áreas de Treinamento Responses Percent

Page: 41

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 Gerencial 5 42 Finanças 3 25 Qualidade 3 25 Contabilidade 0 0 Marketing 4 33 Atendimento 4 33 Informática 3 25 Outra 1 8 FONTE: Pesquisa de Mercado – Sebrae/SE – jan/2003

04/03/2007, 20:22:42

Como forma de estimular o trabalho, algumas empresas premiam seus funcionários através de brindes, sorteios e Kit de produtos. Outras formas para mantê-los motivados, são feitos alguns trabalhos junto aos mesmos, como: 1 – Bom tratamento e pagamento de comissão; 2 – Dedicação aos empregados; 3– Reuniões e confraternizações (aniversário, Natal,...) reuniões de motivação, etc...; 4 – Oportunizar treinamento para motivação dos empregados; 5 – União entre empregador e empregados; 6 – Remuneração de acordo com o contrato de prestação de serviços. • Remuneração A política salarial adotada nas empresas entrevistadas é o pagamento de salário fixo – salário mínimo – a seus funcionários e, além deste, trabalham também por comissão o que representa também uma despesa em torno de 35% do faturamento. Como benefícios oferecidos aos empregados, as empresas informaram: Vale transporte – informado por 50% dessas empresas; Treinamento – informado por 42% dessas empresas; Alimentação – informado por 8% dessas empresas; e Nada oferecem – informado por 25% dessas empresas. A mão-de-obra temporária é utilizada por 33% dos entrevistados, mais em festas de final de ano, formaturas, etc..., contratados para auxiliar de limpeza, para escova/penteado, para lavagem de cabelo e para hidratação, sendo remunerados por comissão, e essas comissões variam de 35 a 50%, a depender do serviço e da demanda. Os principais setores que empregam a mão-de-obra temporária são (por ordem de prioridade): 1 2 3 4 5 6 7 8 – – – – – – – – Contabilidade; Informática; Corte de Cabelo; Manicura / Pedicuro; Depilação; Vigilância / Segurança; Advocacia; e... Psicologia.

Os trabalhos terceirizados são utilizados por 83% das empresas em estudo. Serviços Oferecidos Relacionamos abaixo os principais serviços oferecidos pelos Salões de Beleza: Page: 42

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 o Corte de Cabelo; o Tingimento de cabelo ; o Reflexo / balayagem; o Hidratação; o Alisamento / relaxamento; o Permanente; o Penteado; o Maquiagem; o Escova; o Manicura / Pedicuro; o Depilação; o Limpezas de pele; o Banhos de lua; o Hidratação com parafina para as mãos; o Aplicação de produtos; o Massagens relaxantes; o Serviços de Estética Facial e Corporal; o Pedologia. Os serviços de maior retorno do cliente são: 1º 2º 3º 4º Corte; Escova; Manicura/Pedicuro; e Tintura.

04/03/2007, 20:22:42

Os serviços de menor retorno do cliente são: 1º 2º 3º 4º Permanente; Alisamento Massagem; e Penteado.

• Controle de Qualidade dos serviços Para conhecer a opinião dos clientes sobre a qualidade dos serviços, os empresários pesquisam, seja de forma verbal, via telefone, formulário apropriado, caixa de sugestão ou mala-direta, a fim de melhorar o atendimento e acrescentar novos serviços. Pesquisa de Qualidade dos Serviços 92% Page: 43

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 8% Sim Não FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003 • Sazonalidade

04/03/2007, 20:22:42

Existe alguma sazonalidade na atividade, sendo dezembro o mês considerado de maior freqüência de acordo com 90% dos entrevistados e janeiro o de menor, respondido por 50% dos mesmos, por ser período de férias e normalmente os clientes programam viagens. Os Salões sofrem uma queda brutal no movimento nos meses de férias e em épocas recessivas, por este motivo algumas empresas utilizam promoções como descontos nos serviços, dentre outros, a fim de que não haja diminuição significativa no faturamento. Sazonalidade na Atividade 83% 17% Sim Não FONTE: Pesquisa de Campo – Sebrae/SE – jan/2003 • Fornecedores Os empresários da área de beleza em Aracaju adquirem os produtos através de representantes de cosméticos, catálogos e no comércio local, não encontrando dificuldades na entrega. A aquisição de instrumentos e de mobiliário também é feita no comércio local. Os representantes dos produtos de beleza oferecem vantagens com o contato com os clientes, pela agilidade na entrega, flexibilidade de pagamento, representando conforto e comodidade para o cliente. Diversos representantes ou distribuidores de cosméticos visitam regularmente os salões fazendo demonstrações gratuitas de novos produtos ou técnicas de aplicações, fazendo as entregas no próprio local não havendo necessidade, portanto, de deslocamento, por parte do empresário, para aquisição dos referidos produtos. Assim, esses profissionais se mantêm atualizados quanto aos novos produtos e as técnicas e tendências de cortes e tinturas. • Precificação Com relação ao preço, todos os entrevistados seguem a média do mercado e ganham na qualidade e atendimento, cobrando de acordo com o perfil de cliente que se pretende atender, dependendo também da localização do estabelecimento. Convém salientar que os preços diferem mais em alguns serviços que demandam profissionais especializados, produtos muitas vezes importados e equipamentos sofisticados como Dermosonic e outros. Média de preços dos serviços mais solicitados: DISCRIMINAÇÃO TAMANHO 1 TAMANHO 2 Corte 10,00 20,00 Tintura 44,00 57,00 Page: 44

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 Hidratação / Banho de Creme 15,00 30,00 Alisamento / Relaxamento 25,00 62,00 Escova 9,50 16,00 Penteado 15,00 26,00 Maquiagem 16,00 26,00 Hidratação c/parafinas p/as mãos 5,00 13,00 Massagem relaxante 25,00 32,00 3. Estruturação

04/03/2007, 20:22:42

De acordo com a Legislação Brasileira, o salário pago a um funcionário de uma empresa não deverá ser menor que o Salário Mínimo vigente, ou seja, R$ 240,00 (duzentos e quarenta reais). (¹) O custo fixo mensal decorrente do quadro funcional é de aproximadamente R$ 1.760,00 no Tamanho 1 e R$ 7.120,00 no Tamanho 2. 4. Produtividade É produzir em maior quantidade, utilizando-se as mesmas pessoas e máquinas com menos recursos. O objetivo dessa medida é saber quanto se ganha. _____________________ (¹) Valor de maio/2003 ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA 4.1 Faturamento Bruto por Funcionário (FBF) -Este índice demonstra quanto cada funcionário gera, em termos de renda, para a empresa. Com referência às empresas pesquisadas, verificou-se que a média do FBF no Tamanho 1 foi de R$ 6.420,00 e no Tamanho 2 foi de R$ 6.112,00 por funcionário. 4.2 Faturamento Bruto por Cliente (FBC) - A média mensal do Faturamento Bruto por Cliente no Tamanho 1 foi de R$ 64,20/Cliente, constatando-se, portanto, que cada cliente contribui com 0,4% do faturamento bruto mensal. -A média mensal do Faturamento Bruto por Cliente no Tamanho 2 foi de R$ 148,68/Cliente, constatando-se, portanto, que cada cliente contribui com, aproximadamente, 0,3% do faturamento bruto mensal. 4.3 Faturamento Bruto por Área Total (FBAT) -Com relação ao aproveitamento da área destinada a produção, a área média ocupada no Tamanho 1 é de R$ 356,67/m² , representando 2,2% do faturamento bruto mensal e no Tamanho 2 , a área média ocupada, é de R$ 269,66/m² , representando 0,5% do faturamento bruto mensal. -Ser eficiente significa produzir mais com o espaço que se tem disponível. 5. Índices de Competitividade (Diferenciais competitivos) – Adequação ao Mercado -Índice que demonstra a capacidade da empresa gerar lucros (ou maior lucro) por maior período de tempo. No segmento em estudo, a concorrência é bastante acirrada, onde a qualidade o diferenciará dos outros, levando-se em consideração, também, o preço. 5.1 Dependência de Clientes – (DC) Page: 45

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

- Este índice demonstra que, tanto empresas do Tamanho 1 quanto empresas do Tamanho 2 , encontram-se em uma zona confortável, no que se refere ao grande fluxo de clientes. 5.2 Criatividade em Vendas – -Existem alguns benefícios para atrair, manter e cativar os clientes, como: promoções, bom atendimento, serviços com qualidade, ofertas de brindes, preço, serviço de lanches, refrigerantes, mala-direta anunciando e divulgando seus produtos/serviços, propaganda em mídia falada e escrita, utilizações de cartões, sejam eles de lembrança de aniversário, Natal, Páscoa e outras datas comemorativas, bem como a utilização de produtos de qualidade. Algumas empresas oferecem descontos para clientes no sentido de dar um tratamento diferenciado, e das empresas investigadas, 75% confirmaram tal ação. As políticas de descontos oferecidas pelas empresas aos seus clientes são: De Segunda a Quarta-feira, desconto de 10 a 20% nos serviços; Fazendo uma tintura e/ou hidratação, tem 5% de desconto; Redução no preço do serviço executado; Oferecer mais um serviço; Estudantes pagam 50% a menos; Pacotes com descontos promocionais; 10 a 15% nos pagamentos à vista.

5.3 Criatividade em Propaganda – -As empresas investigadas definem o tipo de divulgação quanto ao gosto, valor, levando em consideração que a promoção é uma forma de investimento. Para atrair a clientela, alguns salões usam faixas na frente dos mesmos, informando os preços e serviços promocionais oferecidos, levando-se em conta, porém, o local onde se encontram e os produtos utilizados. Algumas promoções são oferecidas para tornar o cliente cativo e satisfeito. Das empresas entrevistadas, 92% oferecem como promoção a gratuidade em um segundo serviço, ou descontos em determinados dias da semana como estratégias de marketing. A promoção de alguns serviços no início da semana é uma forma de atrair a clientela na utilização dos seus serviços e manter um fluxo constante de pessoas no Salão. O marketing promocional é uma ferramenta fundamental para manter um salão sempre ativo e lucrativo. Por isso a importância de não só divulgá-lo internamente, atendendo com qualidade e presteza a sua clientela, mas divulgando a sua marca, profissionais, produtos e serviços externamente, seja através de TV, rádio, outdoor ou outros meios. Entretanto, antes de iniciar uma promoção, é importante verificar se o salão possui condições de atendimento a demanda emergente nesses períodos promocionais. 5.4 Criatividade em Serviços Agregados – -Para dar tratamento profissional ao negócio, é fundamental trabalhar com hora marcada, oferecer facilidades para estacionar e ter sala de espera com direito a alguns serviços de copa gratuitos como: suco, água, café, refrigerante, chás, balas, biscoitos e também música ambiente e TV. São confortos indispensáveis para quem vai utilizar alguns serviços e que poderá Page: 46

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 fidelizar um cliente potencial a partir deste diferencial. 5.5 Criatividade em Relacionamento –

04/03/2007, 20:22:42

-Bom atendimento e talento (vocação), reconhecidos inicialmente por familiares e amigos, são essenciais no ramo e fundamental na fidelidade com o cliente. Este ramo de atividade é delicado, requer paciência e habilidade para lidar com o público, capacidade de gerenciamento e disposição para trabalhar o dia todo no Salão. É importante, para a formação de uma clientela fiel, o atendimento rápido com qualidade e preço acessível. Outro fator importante do sucesso é a escolha de profissionais experientes e treinados, ter bom atendimento e, principalmente, mostrar segurança no que faz. É de grande importância que todos os funcionários se reúnam, no mínimo 1 vez por mês, para discutirem sobre o funcionamento do salão como um todo, medindo o grau de satisfação do cliente interno e tentando solucionar os problemas e obstáculos que porventura existam. 6 – Controles Operacionais - Este índice permite que o empresário avalie a política de compra e venda da empresa. Índices e Relações Operacionais: 6.1 Prazo Médio de Recebimento de Clientes (PMRC) -Este índice indica o prazo médio que o empresário recebe o valor de suas vendas. O PMRC no Tamanho 1 é de aproximadamente 2 dias. No Tamanho 2 , não existe Prazo de Recebimento de Cliente (PMRC), ou seja, todo o recebimento dos clientes é efetuado a vista . 6.2 Prazo Médio de Pagamento a Fornecedores (PMPF) -Indica o prazo médio que o empresário obtém de seus fornecedores para pagamento da matéria-prima/produtos. É ideal que esse prazo seja superior ao PMRC e PMPE. O PMPF no Tamanho 1 é de aproximadamente 4 dias. As empresas investigadas no Tamanho 2 apresentam um prazo médio de pagamento a fornecedores de aproximadamente 1 dia, e com faturamento totalmente a vista, este segmento demonstra grande viabilidade, haja vista possuir prazo significativo para movimento do seu capital. O Prazo Médio de Pagamento a Fornecedores é superior ao Prazo Médio de Recebimento de Cliente. O resultado desse índice nos segmentos analisados é significativo, comparandose com o Prazo Médio de Recebimento de Clientes (PMRC). 6.3 Prazo Médio de Permanência dos Estoques (PMPE) - Indica o número de dias em que os estoques da empresa são renovados. É de grande importância que esse índice seja o menor possível, pois significa menor tempo de capital parado. Esse índice avalia as funções de controle de compras, produção e estocagem. O PMPE nas empresas do Tamanho 1 é de 6,5 dias. O PMPE nas empresas do Tamanho 2 é de 6 dias.

Page: 47

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

6.4 Prazo Médio de Rotação dos Estoques ou Giro dos Estoques (PMRE) -O PMRE é uma medida que informa quantas vezes uma empresa renova seus estoques durante um período de tempo. -Praticamente todas as empresas que utilizam ou vendem mercadorias, precisam manter estoques durante algum tempo, antes da venda aos clientes ou uso dos mesmos. Evidentemente, o período de permanência das mercadorias ou matéria-prima em estoque ou o prazo médio de renovação de estoques depende da empresa. Comparando-se o PMRE de várias empresas, é possível perceber se ela está em uma situação boa ou ruim(*). No caso de empresas do Tamanho 1 , o saldo final de estoques corresponde a 55 vezes a média do valor anual do custo dos produtos utilizados. No Tamanho 2 , corresponde, aproximadamente, a 60 vezes a média do valor anual, significando que o Tamanho 1 está demorando mais para vender seus produtos/serviços, exigindo um maior nível de produção. Em geral, o prazo médio de renovação de estoques não deve ser superior ao mínimo inevitável. Não ter estoques pode gerar a perda de clientes, e o ________________________________________ (*) MBA (Compacto)-Finanças – John A.Tracy Editora Campus – 2ª Edição inverso deste, seja a imobilização de capital, pode gerar dificuldades de caixa e perda de produtos. Os estoques estão sujeitos a vários riscos, como, obsolescência, roubo, danos ou perdas pela má conservação ou ação do tempo, e impõem diversos custos. Os produtos estocados geralmente devem estar segurados, às vezes exigem vigilância e aumentam as necessidades de capital de giro. Este índice pode ter duas interpretações: 1º) Quanto maior o giro dos estoques, mais eficiente a administração dos seus estoques; 2º) Aumentar o giro dos estoques poderá manter os estoques abaixo das necessidades, resultando em falta de estoques, prejudicando o desempenho da empresa. O ideal é que a empresa mantenha a quantidade suficiente de estoques para garantir o fluxo de produção e vendas de forma contínua e uniforme, evitandose interrupções. 6.5 Ciclo Operacional (CO) e Ciclo Financeiro (CF) O Ciclo Operacional compreende desde a compra dos insumos e matéria-prima até o recebimento dos serviços/produtos. A diferença do Ciclo Operacional e Prazo Médio de Pagamento a Fornecedores (PMPF), obtém-se o Ciclo Financeiro, o qual informará por quantos dias girará o seu capital de giro. CO = PMRC + PMPE CO = 2 + 6,5 = 8,5 dias (Tamanho 1) CO = 6 dias (Tamanho 2)

Page: 48

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

Este índice contribui para o cálculo do Ciclo Financeiro (CF), o qual indica o tempo decorrido entre o pagamento aos fornecedores pelas mercadorias adquiridas e o recebimento das vendas efetuadas. CF = (PMPE + PMRC) - PMPF CF = (6,5 + 2) - 4 = 4,5 dias (Tamanho 1) CF = 6 - 1 = 5 dias (Tamanho 2) Verificamos que as empresas no Tamanho 1 deverão obter recursos para complementar suas necessidades de capital de giro equivalentes a 4,5 dias que é o seu Ciclo Financeiro. E no Tamanho 2 , as empresas deverão obter os recursos equivalentes a 5 dias. Esses recursos poderão ser próprios ou de terceiros, sendo o mais comum os empréstimos bancários. 6.6 Índices de Endividamento (IE) - mostra o quanto do Faturamento Bruto está comprometido com as dívidas da empresa. O IE médio das empresas em estudo no Tamanho 1 situa-se na faixa de 0,93% e no Tamanho 2 de 4,91% do faturamento bruto (FB), ou seja, esses percentuais das vendas já estão comprometidos para pagamento de fornecedores e/ou Bancos. Essa medida serve para representar a capacidade de pagamento de uma empresa e para dimensionar seu risco. De acordo com esta afirmação, as empresas do Tamanho 1 tem um risco menor que as do Tamanho 2 . Uma empresa com um baixo índice de endividamento tem mais folga no caixa para pensar em melhorias futuras como também evitar empréstimos de curto prazo. 6.7 Viabilidade Atual do Negócio - este índice é utilizado para avaliar o funcionamento da empresa, sua rentabilidade, o retorno do investimento. a) Lucratividade (L) - é o desempenho de uma empresa. As empresas estudadas no Tamanho 1 são mais lucrativas que as do Tamanho 2, sendo que a média obtida foi de 18,01% ( Tamanho 1 ) e 15,89 ( Tamanho 2 ), respectivamente. b) Margem de Contribuição (MC) - representa o valor e percentual do faturamento após a empresa pagar suas despesas, devendo, este resultado, cobrir os custos fixos e ajudar na lucratividade, auxiliando o empresário a decidir que serviços/produtos merecem um esforço maior de venda. Este índice serve para saber se o preço de venda paga o custo variável do produto. Serve também para saber se o preço de venda é suficiente para cobrir o custo fixo da empresa e gerar lucro. Observe que no Tamanho 1 , a margem de contribuição representa cerca de 50% do total do faturamento, e no Tamanho 2 , em torno de 47% do total do faturamento. Este indicador demonstra a viabilidade do empreendimento em que o faturamento, além de cobrir os custos variáveis, previstos em 50% do faturamento, cobre os custos fixos, previstos em 32% e 31% do faturamento, e ainda permite uma lucratividade de 18,01% e 15,89%, respectivamente.

Page: 49

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

Este resultado, além de remunerar o capital, proporcionará ao empreendedor investir na melhoria do seu negócio. c) Ponto de Equilíbrio (PE) - representa o nível de produção que uma empresa deve operar para cobrir os seus custos (variáveis e fixos), onde o seu lucro iguala-se a zero . A média alcançada pelas empresas investigadas foi de 64,10% no Tamanho 1 e 66,14% no Tamanho 2. É o percentual que precisa vender para cobrir o custo fixo da empresa (sem lucro e sem prejuízo). Nos modelos analisados, o ponto de equilíbrio é de R$ 10.288,05, (64,10% do faturamento) no Tamanho 1 , e R$ 36.383,61 (66,14% do faturamento) no Tamanho 2 , indicando que, a partir deste nível de faturamento o empreendimento se torna viável, cobrindo os custos fixos e variáveis, sem, contudo pagar os investimentos e despesas financeiras. d) Despesas Fixas sobre o Faturamento Bruto (DFFB) - representa as despesas fixas da empresa sobre as vendas brutas mensais. Nas empresas investigadas, a média de DFFB no Tamanho 1 é de 32,15% e no Tamanho 2 é de 31,02%. Vale ressaltar que quanto maior o DFFB, maior o risco da empresa. e) Prazo de Retorno dos Investimentos (PRI) - representa a taxa de retorno; - mede a avaliação de desempenho a longo prazo; - indica em quanto tempo o empresário recuperará o capital investido. Este indicador revela que o empreendimento no Tamanho 1 em análise terá o retorno do que foi investido no prazo máximo de 1,44 meses, ou seja, com o lucro líquido obtido no mês o empreendedor paga 69,31% do seu investimento fixo e o empreendimento no Tamanho 2 em análise, terá o retorno do que foi investido no prazo máximo de 1,98 meses, ou seja, com o lucro líquido obtido no mês o empreendedor paga aproximadamente 50,57% do seu investimento fixo. Resumo dos dados referenciais dos Salões de Beleza em Aracaju: LEVANTADOS NO ESTUDO (MÉDIA) INDICES MÉDIOS TAMANHO 1 TAMANHO 2 Área Total 45 m² 204m² Investimento Inicial R$ 4.170,00 R$ 17.280,00 Estoque Médio R$ 3.530,00 R$ 11.000,00 Faturamento Bruto (FB) R$ 16.050,00 R$ 55.010,00 Clientes Atendidos 250 370 Número de Funcionários 5 18 Mão-de-Obra Direta R$ 1.760,00 R$ 7.120,00 Custos Fixos Mensais (CF) R$ 5.159,95 R$ 17.066,40 Custos Variáveis Mensais (CV) R$ 8.000,00 R$ 29.205,00 Faturamento Bruto por Funcionário (FBF) R$ 6.420,00 R$ 6.112,00 Faturamento Bruto por Cliente (FBC) R$ 64,20 R$ 148,68 Faturamento Bruto por

Page: 50

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 19 - Questionário - Questionário da Pesquisa. ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA Parceiro dos Brasileiros Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Sergipe ESTUDO DA ATIVIDADE EMPRESARIAL - SALÃO DE BELEZAI – DADOS CADASTRAIS

04/03/2007, 20:22:42

1.1- Nome da Empresa: _____________________________________________________ 1.2- Endereço: ____________________________________________________________ 1.3- Bairro: __________________________________________ 1.4- Cidade: ARACAJU 1.5- CEP: _________________1.6- Fone/Fax: ___________________________________ 1.7- E-mail: ______________________________________________________________ 1.8- Home Page: ___________________________________________________________ 1.9- Responsável pela Empresa: _______________________________________________ II – INSTALAÇÕES FÍSICAS 2.1- Pontue com (1) Bom, (2) Regular e (3) Ruim para: Espaço para trânsito dentro do Salão ( ) Presença de: - odores ( ) - limpeza e higiene ( ) - conservação ( ) - claridade e iluminação ( ) - ventilação ( ) - mobiliário adequado ( ) - funcionários aptos a prestarem informações sobre os serviços ( ) 2.2- Localização: ( ) Shopping Center ( ) Anexo Residência ( ) Ponto Comercial ( ) Galeria Comercial Page: 51

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

( ) Outro. Especifique: __________________________________________________ ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA 2.3- Responda quanto ao: FLUXO DE PESSOAS FLUXO DE CARRO VISUALIZAÇÃO ESTACIONAMENTO ( ) Alto ( ) Baixo ( ) Alto ( ) Baixo ( ) Boa ( ) Ruim ( ) Sim ( ) Não 2.4- O imóvel onde funciona a Empresa, é: ( ) Próprio ( ) Cedido ( ) Alugado 2.5- Qual a área aproximada do Salão? ____________m². Existe espaço para ampliação? ( ) Sim. Quantos metros? ____________m². ( ) Não. ( ) Não sabe, não opinou. 2.6- Qual o valor atual do investimento realizado? R$ _____________________________ 2.7- A Empresa tem música ambiente? ( ) Sim ( ) Não 2.8- Quais os móveis e equipamentos que possui na sua Empresa e seu valor estimado? MÓVEIS E EQUIPAMENTOS QUANTIDADE VALOR ( R$ 1,00) Televisão

Page: 52

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 Ventilador Ar Condicionado Central de Ar Condicionado Computador Aparelho de hidratação Sonorização Telefone Vídeo Cassete / DVD Cadeiras Mesas Secadores de Pé Secadores Manuais Estantes Fogão Geladeira Maca Carrinho de Apoio Esterilizador (Estufa) Máquina de Cortar cabelo ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA Outros, citar: 2.9- Qual a infra-estrutura (ambiente) que a empresa possui? ( ) Sala de estética ( ) Sala de espera com TV ( ) Sala de apoio p/crianças ( ) Sala de depilação ( ) Sala de massagens ( ) Sala para corte ( ) Sala para manicura/pedicuro ( ) Copa/cozinha ( ) Banheiros

04/03/2007, 20:22:42

Page: 53

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

( ) Outros, citar: ______________________________________________________ 2.10- Existem na Empresa infra-estrutura e equipamentos adaptados para deficientes físicos (rampas de acesso, cadeiras e banheiros apropriados)? ( ) Não ( ) Sim. Citar: ____________________________________ III – O EMPRESÁRIO 3.1- Nome: _______________________________________________________________ 3.2- O empresário dedica quantas horas na empresa (trabalhando)? ___________________ 3.3 - Quem exerce a função de Gerente Geral ? ( ) Funcionário contratado ( ) Proprietário ( ) Pessoa da família ( ) Outro, citar: _______________________________________________________ Possui formação específica na área de Moda e Beleza ? ( ) Sim ( ) Não Caso positivo, especifique qual área: ________________________________________ _________________________________________________________________________ 3.4- Possui conhecimento do ramo? ( ) Sim ( ) Não. Se SIM, como obteve o conhecimento da atividade: ( ) através de prática em família ( ) através de cursos em Instituições ( ) no dia-a-dia ( ) através de livros e revistas ( ) outros, citar: _______________________________________________________ 3.5- Faz consultas a revistas especializadas? ( ) Não ( ) Sim, quais: __________________________________________ ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA 3.6- Atualiza-se com informações sobre a atividade? ( ) Sim ( ) Não Se SIM, através de: ( ) Revistas e jornais ( ) Informativos ( ) Cursos profissionalizantes ( ) Não se atualiza ( ) Internet Page: 54

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

( ) Outros, quais? _____________________________________________________ 3.7- Tempo de atuação no ramo de atividade: _____________________ 3.8- Motivo da escolha do ramo de atividade: ( ) estava desempregado ( ) gostava da atividade e conhecia ( ) a família possuía um Salão ( ) influenciado por amigos/parentes ( ) outros, citar: _______________________________________________________ IV –ASPECTOS ORGANIZACIONAIS 4.1- Qual o número médio de clientes atendidos por dia? _____________ 4.2- Qual(is) o(s) dia(s) da semana de maior movimento? ( ) Segunda ( ) Terça ( ) Quarta ( ) Quinta ( ) Sexta ( ) Sábado ( ) Domingo 4.3- Quais os turnos de funcionamento da Empresa? ( ) Manhã ( ) Tarde ( ) Noite 4.4- Em qual(is) dia(s) da semana a Empresa não funciona? _________________________________________________________________________ 4.5- A Empresa possui alvará de funcionamento da Prefeitura ? ( ) Sim ( ) Não 4.6- Como é apresentada a tabela de preços dos serviços? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 4.7- Conhece os preços dos concorrentes? ( ) Sim ( ) Não Se SIM, como eles estão em relação aos seus preços? ( ) acima ( ) iguais ( ) abaixo 4.8- Quais são os maiores concorrentes? ( ) Salões do Bairro ( ) Salões localizados em Shopping ( ) Outros, citar: ______________________________________________________ ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA 4.9- O que é feito para atrair e cativar clientes? _______________________________________________________________________

Page: 55

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

_______________________________________________________________________ 4.10- O que é feito para manter clientes? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ V - SERVIÇOS OFERECIDOS 5.1- Existe planejamento e controle dos serviços? ( ) Sim ( ) Não 5.2- Identifique os tipos de serviços oferecidos aos seus clientes com o percentual de cada serviço: Linha de Serviços Descrição % Preço Descrição % Preço - Corte - Aplicação de Produtos - Tintura - Aplicação de Pranchas - Reflexo / Balaiagem - Massagem Relaxante - Hidratação / Banho de Creme - Alisamento / Relaxamento - Permanente - Penteado - Maquiagem - Escova . - Manicura - Pedicuro - Depilação - Limpeza de Pele - Banho de Lua - Hidratação c/parafina p/ mãos 5.3- Quais os três serviços de maior retorno do Cliente? a) ____________________ b) ___________________ c) ____________________ 5.4-Quais os três serviços de menor retorno do Cliente? a) ___________________ b) _____________________ c) ___________________

Page: 56

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 5.5- Existe alguma sazonalidade na atividade? ( ) Sim ( ) Não ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA

04/03/2007, 20:22:42

Se SIM, qual o período: Melhor = ________________________________________ Pior = ________________________________________ 5.6- Qual a idade média dos instrumentos de trabalho (secadores, escovas, alicates,...)? ( ) menos de 2 anos ( ) entre 2 e 5 anos ( ) mais de 5 anos 5.7- Quais desses serviços de apoio são oferecidos aos clientes? ( ) Café, chá ( ) Refrigerantes ( ) Sucos ( ) Lanches ( ) Balas ( ) Telefone ( ) Água Mineral ( ) Biscoitos ( ) Outros, citar: ______________________________________________________ 5.8- Qual a forma de controle de serviços? ( ) comanda eletrônica ( ) comanda de papel (manual) ( ) nenhuma ( ) outra, citar: __________________________ 5.9- A empresa costuma pesquisar sobre a qualidade dos seus serviços? ( ) Sim ( ) Não Caso positivo, através de qual instrumento? ( ) Telefone ( ) Uso de formulário ( ) De forma verbal, pessoalmente ( ) Outra, especifique: _________________________________________________ 5.10- Para implantação da sua empresa foi realizada Pesquisa de Mercado ? ( ) Sim ( ) Não 5.11- Realiza algum controle de perda ou desperdício (de produtos)?

Page: 57

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 ( ) Sim ( ) Não

04/03/2007, 20:22:42

Se SIM, quais os controles e qual o volume de perda/desperdício em relação ao total dos serviços? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ VI - MARKETING E COMUNICAÇÃO 6.1- Qual o meio de comunicação utilizado para divulgação da Empresa? (pode citar mais de uma opção) ( ) jornal ( ) telemarketing ( ) faixas ( ) revista ( ) out-door ( ) rádio ( ) folder ( ) televisão ( ) Internet ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA ( ) mala-direta ( ) promoção ( ) nenhum ( ) clientes ( ) amigos e parentes ( ) Outro, citar: _______________________________________________________ 6.2- Conhece o perfil do cliente? (Onde residem, o que fazem, suas preferências, seus horários,...) ( ) Sim ( ) Não 6.3- Qual o percentual de retorno de clientes: Semanal _________% Quinzenal __________% A cada 20 dias ___________% Mensal ___________% Outro, citar: ___________________% 6.4- A empresa utiliza ficha de registro de Clientes? ( ) Sim ( ) Não 6.5- Que dados dos clientes são registrados? ( ) Tipo de serviço (n.º da cor da tinta utilizada, marca, ...) ( ) Tipo do cabelo (forte ou fraco,...) ( ) Tipo de corte que mais gosta

Page: 58

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 ( ) Gosta de ser atendido pelo profissional “X” ( ) Endereço, telefone, dia do aniversário, etc...

04/03/2007, 20:22:42

( ) Outros, citar: ______________________________________________________ VII – RECURSOS HUMANOS 7.1-Qual a forma de recrutamento e seleção do pessoal? ( ) Indicação ( ) Entrevista ( ) Curriculum ( ) Outra, especifique: _________________________ 7.2- Seus funcionários trabalham uniformizados? ( ) Sim ( ) Não 7.3- Há alguma forma de premiação aos funcionários? ( ) Sim ( ) Não Se SIM, especifique: _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 7.4- Que tipo de trabalho faz junto aos funcionários para mantê-los motivados? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 7.5- Qual o número de pessoas que trabalham atualmente na Empresa, por área: ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA Estrutura Funcional Descrição Qtde Valor $ Recepcionista/Telefonista........................ .......... ............................. Cabeleireiro (a)....................................... .......... ............................. Manicura/Pedicuro.................................. ........... .............................. Massagista................................................ .......... ............................. Esteticista................................................. .......... ............................. Maquiador................................................ .......... ............................. Ajudante................................................... .......... ............................. Page: 59

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

Depiladora................................................ .......... ............................. Outros, citar:............................................ .......... ............................. ................................................................ .......... ............................. ................................................................ .......... ............................. ................................................................ .......... ............................. ................................................................ .......... ............................. ................................................................ .......... ............................. ................................................................ .......... ............................. 7.6- Quantas pessoas da família trabalham na empresa? __________ 7.7- Utiliza mão-de-obra temporária? ( ) Sim ( ) Não. Em caso positivo, quantas pessoas por setor? ( ) Corte ________ ( ) Maquiagem ________ ( ) Manicura/Pedicuro _______ ( ) Massagem _________ ( ) Limpeza de Pele _______ ( ) Escova/Penteado _______ ( ) Depilação _______ ( ) Outro(s). Citar: ____________________________________________________ 7.8- Período em que há maior número de pessoal temporário? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 7.9- Remunera os temporários por comissão? ( ) Sim ( ) Não Se SIM, especifique o percentual de comissão: __________________ 7.10-A Empresa utiliza trabalhos terceirizados? ( ) Sim ( ) Não Caso positivo, em que áreas?

Page: 60

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 ( ) Corte ( ) Manicura/Pedicuro ( ) Depilação ( ) Limpeza ( ) Contabilidade ( ) Vigilância ( ) Lavagem da Rouparia ( ) Informática ( ) Compras

04/03/2007, 20:22:42

( ) Outra(s ), citar: ___________________________________________________ ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA 7.11-Como são remunerados os profissionais que trabalham na sua empresa? ( ) Salário fixo ( ) Comissão ( ) Salário Fixo + Comissão Se COMISSÃO, qual a porcentagem sobre os serviços?___________________ E como controla o pagamento desta comissão aos profissionais? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 7.12- Quais benefícios são oferecidos aos empregados? ( ) Alimentação ( ) Treinamento ( ) Auxílio Farmácia ( ) Vale Transporte ( ) Moradia ( ) Outro(s), citar: ___________________________________________________ 7.13 - Os profissionais possuem cursos específicos de qualificação ou de aperfeiçoamento nas áreas em que atuam? ( ) Sim ( ) Não 7.14- Como os profissionais são treinados? ( a resposta admite mais de uma opção ) ( ) Treinamento no próprio ambiente de trabalho, aprendizagem interna ( ) Cursos, no local de trabalho, com instrutores externos ( ) Treinamento realizado por instituições, especializadas. Quais? _____________ ( ) Outro(s), citar: ____________________________________________________ 7.15- Houve contratação de pessoal neste ano? ( ) Sim ( ) Não Em caso afirmativo, quantas pessoas contratou? ___________________________ 7.16- Houve demissões? ( ) Sim ( ) Não Em caso afirmativo, quantas pessoas demitiu? ______________________________ 7.17- Qual a razão da flutuação do pessoal? _________________________________________________________________________

Page: 61

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

_________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 7.18- A Empresa possui sócios? ( ) Sim ( ) Não Se SIM, quantos? ____________________________ ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA VIII – FINANÇAS E ESTOQUES 8.1- Informe o preço e a quantidade média dos seus serviços: ITEM PREÇO (R$ 1,00) QUANTIDADE SEMANAL Corte Tintura Reflexo/Balaiagem Hidratação/Banho de Creme Alisamento/Relaxamento Permanente Penteado Maquiagem Escova Manicura Pedicuro Depilação Limpeza de Pele Banho de Lua Hidratação c/parafina p/mãos Aplicação de Produtos Aplicação de Pranchas Massagem Relaxante Page: 62

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 Outro(s). Citar:

04/03/2007, 20:22:42

8.2- A Empresa conhece com precisão seus custos, para efeito de fixação dos seus preços? ( ) Sim ( ) Não 8.3- Quais os parâmetros utilizados para definir preços? ( ) Planilha de custos ( ) Margem de lucro ( ) Preços praticados pela concorrência ( ) Outro. Citar: _____________________________________________________ ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA 8.4- A empresa possui acordo para consulta de Cheques? (tipo tele-cheque) ( ) Sim ( ) Não ( ) Não opinou 8.5- Quais as formas de recebimento utilizadas e seu percentual: ( ) À vista ______% ( ) Cartões de Crédito _______% ( ) Cheque pré-datado _______% Total: 100% 8.6- Qual o atraso médio de pagamento pelos clientes? ( ) Não atrasa ( ) 1 semana ( ) 15 dias ( ) 30 dias ( ) Mais de 30 dias, especifique: ______________________________________ 8.7- Qual o percentual de clientes inadimplentes? ___________________ 8.8- Quais os procedimentos de cobrança adotados? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 8.9- A empresa oferece descontos para clientes especiais? ( ) Sim ( ) Não Se SIM, qual a política de descontos oferecida pela empresa aos seus clientes? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________

Page: 63

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

_________________________________________________________________________ 8.10- Que tipo de promoção a empresa oferece ? ( ) Crianças até 6 anos, gratuito ( ) Utilização de mais de um serviço ( ) Terceira Idade (grátis o segundo) ( ) Nenhuma ( ) Outra. Citar: _____________________________________________________ 8.11- Qual a faixa de faturamento mensal que a empresa se enquadra? ( ) Até R$ 1.000,00 ( ) De R$ 1.001,00 a R$ 2.000,00 ( ) De R$ 2.001,00 à R$ 5.000,00 ( ) De R$ 5.001,00 à R$ 10.000,00 ( ) De R$ 10.001,00 à R$ 15.000,00 ( ) De R$ 15.001,00 à R$ 20.000,00 ( ) Acima de R$ 20.000,00 ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA 8.12- Custos Fixos Conta Valor/Mês Conta Valor/Mês Salários e Encargos Manutenção Retirada dos Sócios Higiene e Limpeza Gás Outros: Contador Material de Consumo Monitoramento / Alarme Aluguel Condomínio Seguros 8.13- Custos Variáveis Conta Valor/Mês Conta Valor/Mês Impostos Produtos de Beleza(Venda) Comissões s/Serviços Funcionários Terceirizados Energia Elétrica Page: 64

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 Água Telefone Propaganda Mercadorias 8.14- Faz registro diário ou periódico de recebimento ($)? ( ) Sim ( ) Não, por que? _____________________________________ 8.15- Possui Cadastro de Fornecedores? ( ) Sim ( ) Não

04/03/2007, 20:22:42

8.16- Qual o número atual de Fornecedores? _____________________ 8.17- Qual o prazo de pagamento a fornecedores? ( ) à vista ( ) 15 dias ( ) 30 dias ( ) 45 dias ( ) 60 dias ( ) 90 dias 8.18- Qual o valor total de compras no mês? ___________________________________ 8.19- Qual o valor total de contas a receber? ___________________________________ 8.20- Onde adquire os produtos ( admite mais de uma opção ): ( ) Fabricação Própria ( ) Através de representantes ( ) No mercado local ( ) Em outro estado, citar: ____________________________________________ ( ) Em outro país, citar: ______________________________________________ ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA ( ) Através de catálogos ( ) Via Internet ( ) Outra, citar: _____________________________________________________ 8.21- Quais os produtos/serviços que mais apresentam escassez de fornecedores? ( ) Manutenção e limpeza ( ) Produtos p/cabeleireiros ( ) Segurança ( ) Produtos p/manicura e pedicuro ( ) Mobiliário para cabeleireiro ( ) Produtos p/massagem corporal ( ) Produtos para estética ( ) Não tem escassez ( ) Outro(s), citar: ___________________________________________________ Page: 65

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 8.22- Quais as maiores dificuldades para compra? ( ) Identificação de fornecedores ( ) Preços ( ) Seleção de fornecedores ( ) Prazos de entrega ( ) Assistência Técnica ( ) Transporte

04/03/2007, 20:22:42

( ) Qualidade/Quantidade (Produtos/Serviços) ( ) Flexibilidade no prazo para ( ) Sem dificuldades pagamento ( ) Outra, citar: ______________________________________________________ 8.23- Existem dívidas? Quais os valores e prazo de amortização? A quem Valor (R$1,00) Prazo Fornecedores Bancos 8.24- Qual o valor atual dos estoques a preço de custo? __________________ IX – INFORMÁTICA 9.1- A empresa: ( ) Está totalmente informatizada ( ) Está parcialmente informatizada ( ) Está em fase de informatização ( ) Não está informatizada, mas pretende informatizar ( ) Não está informatizada e nem pretende informatizar 9.2- Se informatizada, em quais áreas? ( ) Agendamento de serviços ( ) Controle de Estoque ( ) Folha de pagamento ( ) Contas a Pagar ( ) Contas a Receber ( ) Cadastro de clientes ( ) Contabilidade ( ) Outra, citar: ________________________________________________________ ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA X – ASPECTOS INSTITUCIONAIS / ASSOCIAÇÃO DE CLASSE 10.1- Já utilizou os produtos/serviços do SEBRAE? ( ) Sim ( ) Não Caso positivo, quais?

Page: 66

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

( ) Informação (Balcão SEBRAE, CDI/Biblioteca, Publicações, Pesquisa ou Produtos Editoriais); ( ) Mercado (Feiras, Missões, Bolsa de Negócios ou Rodada de Negócios); ( ) Negócios Internacionais (Exportação e Importação); ( ) Consultoria Empresarial; ( ) Capacitação Gerencial (Treinamentos, Seminários, Palestras, Qualidade Total, SEBRAE IDEAL ou EMPRETEC); ( ) Tecnologia (SEBRAE/TEC, PATME, Propriedade Industrial, Conservação de Energia, Qualidade e Produtividade Industrial); ( ) Crédito/Financiamento; ( ) Estudos e Pesquisas ( Pesquisa de Opinião, Estudo de Mercado, Estudo Setorial); ( ) Outros, citar: ____________________________________________________ 10.2- Como obteve informação a respeito do SEBRAE? ( ) É cliente do SEBRAE ( ) Rádio/TV ( ) Jornal/Revista ( ) Amigos/Empresas ( ) Participou de algum evento promovido pelo SEBRAE ( ) Mala-direta ( ) Outro. Especifique: ______________________________________________ ( ) Desconhece 10.3- De que forma o SEBRAE poderia contribuir para melhoria de seu negócio? ( ) Treinamento empresarial voltado para o Setor ( ) Projeto/Financiamento ( ) Apoio Técnico/Gerencial, específico para o Setor ( ) Promoção de Seminários/Palestras/Eventos ( ) Pesquisa de opinião, estudos de Mercado ( ) Outro. Especifique: _______________________________________________ 10.4- Quais as áreas que sua empresa necessita de Treinamento Empresarial: ( ) Gerencial ( ) Qualidade ( ) Marketing ( ) Finanças ( ) Contabilidade ( ) Atendimento ao Cliente ( ) Informática ( ) Outras, citar: _____________________________________________________ Page: 67

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42 10.5-Você faz parte de alguma associação ou sindicato? ( ) Sim ( ) Não

04/03/2007, 20:22:42

Em caso afirmativo, qual(is)? ___________________________________________ Recebem informativos dessa Entidade, divulgando os eventos e programas de melhoria? ( ) Sim ( ) Não ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA XI – EXPECTATIVAS / INVESTIMENTOS / FINANCIAMENTOS 11.1- A empresa investiu nos últimos 3 anos? ( ) Sim ( ) Não 11.2- Em caso positivo, com: ( ) recursos próprios ( ) recursos de terceiros 11.3- O retorno do investimento correspondeu às expectativas? ( ) Sim ( ) Não ( ) Não sabe/Não opinou Se NÃO, por quê? _____________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 11.4- Nos próximos três anos, pretende: ( ) Substituir utensílios ( ) Reformar o prédio ( ) Ampliar o prédio ( ) Construir novo prédio ( ) Comprar novo prédio ( ) Substituir equipamentos/aparelhos ( ) Não opinou 11.5- Como avalia a aceitação dos clientes dos produtos/serviços de Salão de Beleza, apesar da grande concorrência, nos últimos anos? ( ) Ótimo ( ) Bom ( ) Regular ( ) Ruim XII – VISÃO ESTRATÉGICA 12.1-Quais as dificuldades atuais vividas pela empresa? Page: 68

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

_________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 12.2-Qual a tendência de mercado para os próximos meses? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 12.3- Existe programa de expansão e/ou modernização da empresa? ( ) Sim ( ) Não Se SIM, quais? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ ESTUDO DE ATIVIDADE EMPRESARIAL – SALÃO DE BELEZA _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 12.4- Quais são os três pontos fortes da empresa em relação a concorrência? 1) __________________________________________________________________ 2) __________________________________________________________________ 3) __________________________________________________________________ 12.5- Quais são os três pontos fracos da empresa em relação à concorrência? 1) __________________________________________________________________ 2) __________________________________________________________________ 3) __________________________________________________________________ XIII - COMENTÁRIOS: _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________

Page: 69

File: B:\Guia de Negócios\Salão de Beleza\Salão de Beleza.doc 4/03/2007, 20:22:42

04/03/2007, 20:22:42

_________________________________________________________________________ Data: ___/___/2003. Entrevistador: ________________________________________

Page: 70

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->