P. 1
Adm Financeira I Final Grafica

Adm Financeira I Final Grafica

|Views: 8.550|Likes:
Publicado porgatinhoaru

More info:

Published by: gatinhoaru on Mar 21, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/29/2013

pdf

text

original

O modelo do Lote Econômico de Compra (LEC) é um dos mo-
delos mais utilizados na gestão financeira dos estoques. Segundo Assaf
Neto e Silva (2002) o Lote Econômico de Compra procura a melhor
estratégia para determinar qual será a quantidade que deve ser mantida
em estoques e em quanto tempo deverá fazer um novo pedido.

Dessa forma, o LEC ajuda a encontrar a quantidade
ótima de cada pedido, de modo que os custos totais,
compreendidos pelo custo do pedido e o custo de
estocagem, sejam os menores possíveis.

Então, vamos aprender como calcular o Lote Econômico de
Compra (LEC) com a equação a seguir.

Onde,

D = Demanda do item no período
Cp = Custo de pedir, por pedido
Cun = Custo de manter o estoque, por unidade por período

Antes de aplicar o LEC, Sanvicente (1987) alerta sobre as su-

posições desse modelo.

O tempo necessário para receber ou produzir é nulo, ou
seja, o recebimento e a produção, depois de efetuado um
pedido de compra ou emitida uma ordem de fabricação,
são instantâneos.
Os custos de manutenção são todos diretamente proporci-
onais ao estoque médio. Entretanto, em geral, isso só ocor-
re com o retorno mínimo desejado, enquanto o espaço e as
atividades de manejo também variam com o peso e o volu-
me do material envolvido.
Os custos de pedido ou ordem são constantes por transação.

117

Período 5

UNIDADE

5

Não há descontos por quantidade nas compras; quando
existem, devem ser associados à redução dos custos de
pedido (inversamente proporcional), visando compensar o
aumento dos outros custos, que ocorre com encomendas
maiores.
A procura do produto final e a taxa de utilização da maté-
ria-prima são conhecidas com precisão e são constantes,
o que está em conflito com situações de sazonalidade evi-
dente e com a natureza estocástica da procura de produtos
de uma empresa.

Você sabe como calcular o LEC de uma empresa?
Está preparado? Acompanhe o raciocínio a seguir!

Suponha que a empresa Buzina's S.A., montadora de automó-
veis, utilize 1.600 unidades de pneus por ano. Há um custo de
R$ 50,00 por pedido e o custo de manter cada pneu é de R$ 1,00 por
ano. Substituindo os valores para D = 1.600, Cp = R$ 50,00 e Cun =
R$ 1,00, na equação do LEC, temos:

Agora já sabemos que a empresa Buzina’s S.A.,
para minimizar o seu custo de estoque, deverá pe-
dir 400 unidades por pedido. Porém, você deve
estar se perguntando, quando ela deverá pedir?
Então, vamos continuar nosso entendimento!

Aplicando a fórmula, obteremos a resposta a seguir:

Onde,

NP = Número de pedido
D = Demanda do item no período
LEC = Lote Econômico de Compra

118

Curso de Graduação em Administração, modalidade a distância

UNIDADE

5

Voltando ao exemplo em que a demanda era de 1.600 pneus e
o LEC de 400 unidades, encontramos:

ou seja, a empresa deverá fazer quatro pedidos de 400 unida-
des durante o ano. Além disso, podemos calcular o intervalo entre cada
pedido;

Agora já temos as informações completas: A empresa Buzina's,
para minimizar os seus custos de estoque, necessita realizar quatro
pedidos de 400 pneus com intervalos de 90 dias entre os pedidos.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->