Você está na página 1de 1

Justa causa objetiva e justa

causa subjetiva
De acordo com o 338 do CT, proibido o despedimento sem justa causa. A
CRP no seu art.53, pretendeu para alem da proibio de certas motivaes
abusivas no que concerne ao despedimento, pretendeu eliminar o sistema
de despedimento discricionrio sem qualquer motivo justificativo, em que
era possvel a perda arbitraria do lugar. No entender de Jorge leite a crp
acolheu o chamado principio da coercibilidade do vinculo contratual, em que
o contrato de trabalho pode subsistir mesmo contra a vontade do
trabalhador, proibindo os despedimentos arbitrrios.
O conceito de justa causa deve ser determinado atendendo aos princpios,
normas e e direitos consagrados na CRP: direito segurana do emprego
-53, direito ao trabalho 59 1 a) e organizao do trabalho 60 n1 d.
No art.351 aparecem elencados comportamentos do trabalhador que
constituem justa causa do despedimento.
A justa causa tem duas vertentes:
-Justa causa subjetiva aquela que deriva do comportamento culposo do
trabalhador (ex. despedimento por fato imputvel ao trabalhador).
-Justa causa objetiva em que no existe comportamento culposo do
trabalhador (por exemplo despedimento extino do posto de trabalho).