P. 1
Determinação Da Resistência à Compressão

Determinação Da Resistência à Compressão

|Views: 2.147|Likes:
Publicado porNion
Ensaio: Determinação da Resistência à Compressão
Norma de ensaio: NBR 7215: 1996
Norma de especificação: NBR 12989: 1993
Nion Maron Dransfeld
Ensaio: Determinação da Resistência à Compressão
Norma de ensaio: NBR 7215: 1996
Norma de especificação: NBR 12989: 1993
Nion Maron Dransfeld

More info:

Published by: Nion on Mar 24, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/29/2013

pdf

text

original

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA – UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS – CCT

. i e xe

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL – DEC

LABORATÓRIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO - I Professora: Lígia Vieira Maia Siqueira Disciplina: Materiais de Construção I – MCC-I Turma: B Equipe: B-2 Débora Tavares da Silva Romagnoli Helen Feuser Fernandes Nion Maron Dransfeld Data do ensaio: 10 de Agosto de 2009 Ensaio: Determinação da Resistência à Compressão Norma de ensaio: NBR 7215: 1996 Norma de especificação: NBR 12989: 1993 1.Especificação do Material: (Tipo, depósito) Equipamentos e Materiais • • • • • • • • • • • Balança com capacidade mínima de 1000g e precisão de 0,1; 624,0g de Cimento Portland Branco – 40 (25kg) ; 299,9g de água; 468,0g de areia normal fração fina (#0,15); 468,1g de areia normal fração média fina (#0,30); 468,2g de areia normal fração média grossa (#0,60); 468,2g de areia normal fração grossa (#1,18); Misturador mecânico; Moldes cilíndricos, colarinho e soquete; Prensa Universal; Régua e espátula metálica;

Acadêmicos: Anderson Conzatti

• •

Placa de vidro e copo de becker; Óleo mineral, pano limpo e úmido; Teórica: (Definição das propriedades e

2.Contextualização

conceitos envolvidos, importância e metodologia do ensaio) O objetivo do ensaio é determinar a resistência mecânica do cimento Portland à compressão, que é obtida pela ruptura dos corpos de prova através da prensa hidráulica universal. Nesta experiência, o cimento utilizado foi o CPB-40, estrutural. Após a pesagem de cada material (cimento, água e os quatro tipos de diâmetros de grãos de areia), os moldes dos corpos de prova foram “untados” com vaselina. A argamassa foi preparada em um misturador mecânico no qual todos os agregados são devidamente misturados seguindo rigorosamente as especificações do manual, tomou-se cuidado principalmente com o tempo de mistura de cada item e da velocidade assim especificada. Após isso 06 corpos de prova são moldados em moldes cilíndricos de 5x10cm. Passadas um pouco menos de 24h, pois o ensaio começou as 15:20h e foram desmoldados as 13:30h do dia posterior, os corpos de prova foram desmoldados e imersos em água durante um tempo de 07 dias para cura. No dia 17 de agosto às 15:30h, uma semana depois, 03 desses corpos de prova foram submetidos à ruptura na prensa universal com capacidade de força de 200 toneladas. “Na compressão, os esforços externos tendem a esmagar as partículas. Quando tomamos um cubo de material e submetemo-lo à compressão, também haverá um período elástico em que as deformações não são permanentes, seguido de um período plástico e posterior ruptura.” (pág.16, Materiais de Construção. Verçosa, Enio José). Os outros 03 restantes serão submetidos à ruptura após um período de 28 dias. 3.Resultados e discussões: (Conforme formulário de dados,

apresentar os resultados finais, discutindo possíveis distorções e/ou fatos relevantes na obtenção dos resultados)

Como o previsto pela NBR12989 (Cimento Portland Branco), para o cimento escolhido era previsto os seguintes resultados: Características e Propriedades Resistência à 3 dias compressão 7 dias 28 dias Unidade MPa CPB-40 ≥ 15,0 ≥ 25,0 ≥ 40,0

Após a ruptura, obtivemos o resultado médio de 37,25 MPa. Foi uma surpresa esse resultado, pois o esperado era que fosse abaixo do especificado pela tabela acima. Como o pacote de 25kg de Cimento Portland Branco utilizado tinha data de fabricação de 04 de abril de 2009, a expectativa de acerto nesse ensaio era pequena, fora os demais fatores que deve-se levar em consideração em qualquer experiência. Por exemplo: medições erradas, precisão da balança, extravio de material na passagem de uma vasilha a outra, diferentes formas de compactação dentro dos moldes, armazenamento dos materiais em laboratório. Considerando inclusive os fatores climáticos envolvidos, como: a temperatura ambiente, umidade do local. Mas da mesma forma que utilizaríamos esses fatores para explicar possíveis erros, usaremos os mesmos argumentos para os resultados obtidos. 4.Considerações Finais: (Apresentar as conclusões obtidas,

comparando os resultados finais com as especificações de norma) No nosso ensaio obtivemos uma tensão média de 37,25 MPa, porém, de acordo com a norma NBR 12989: 1993, o resultado deveria ser maior ou igual a 25 MPa. Como os resultados obtidos foram muito melhores que o esperado, então, calculou-se o D.R.M. (a maior diferença entre a tensão média e cada uma das tensões em MPa divido pela tensão média e multiplicado por cem).

D.R.M. =
D.R.M. = D.R.M. = D.R.M. =

maior das diferenças ×100 % tensão média

37,25 - 31,14 ×100 % = 16 ,4% 37,25 38,24 - 37,25 ×100 % = 2,7% 37,25 42,35 - 37,25 ×100 % = 13,7% 37,25

Logo, D.R.M. ≤ 6% - Série aceita. D.R.M. ≥ 6% - Série rejeitada. Dos 3 corpos de prova, 2 foram rejeitados pelos seus valores discrepantes. Parecer Série rejeitada 2 2,7 Série aceita 3 13,7 Série rejeitada Obs: Os resultados estarão anexos ao relatório. 5.Bibliografias bibliografias): 1. FALCÃO BAUER, L.A. Materiais de Construção. Vol. 1, 5ª edição revisada São Paulo. Editora LTC 2. VERÇOSA, Enio José. Materiais de Construção.Vol. 1, 2ª edição. Porto Alegre, Editora SAGRA, 1984. 3. http://www.abcp.org.br/basico_sobre_cimento/tipos.shtml#8 <acesso em 19.08.09 6.Observações: (Apresentar sugestões e/ou curiosidades em relação ao tema para serem abordados nas próximas aulas). Não temos nenhuma sugestão. Consultadas (Apresentar pelo menos 3 CP 1 D.R.M. (%) 16,4

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->