Você está na página 1de 1

A luta de lugares.

Vincent Gaulejac, Isabel Taboada Leonetti Frederic Blondel


e-Marie Dominique Boullier
A luta de lugares. Vicente de Gaulejac, Isabel Taboada Leonetti Frederic
Blondel e-Marie Dominique Boullier
ed. PPE 150 F

Alternativas Econmicas No. 126 - abril 1995


Em nossa sociedade, onde o trabalho tende a ser raro, alguns no tm mais
espao: eles se tornam "inteis para o mundo", nas palavras de B. Geremek
sobre os pobres vagabundos. Enquanto esta , alm de a rejeio social de
desagregao familiar, isolamento e, em seguida, comea a "desinsero
social", um conceito chave deste livro fascinante. A desinsero social no
se reduz a pobreza: os pobres, sempre soube como ficar juntos. Pobreza
aproxima os vnculos, enquanto a desinsero social distende. No reduz a
despromoo, o exlio nestes bairros surgem formas de solidariedade e
ao: podemos lidar, enquanto vtimas de desinsero j no tem este
recurso.

A anlise sublinha que desinsero nascido a partir da reunio de duas


abordagens: uma lgica colectiva - a de uma sociedade que deixa em seu
caminho aqueles que no precisa - e uma lgica individual. Para todos os
desempregados no cair na avulso. Os atores tm capacidade de resposta,
mesmo que as instituies responsveis por ajud-los tendem a negar.
Devem, portanto, ser um ator dessas estratgias, dizem os autores, saber
reconhecer e valor para cessar excludos para ser objetos. Isso envolve a
escuta, acolhimento, construo de relacionamentos: aqui para dimenses
individuais. Dimenso mo coletiva, ele deve terminar com uma sociedade
onde todos s est calibre til ao seu trabalho, sua carreira ou sua renda.
Um livro que nos encoraja a mudar o nosso ponto de vista sobre excludas
ea sociedade.

A luta de lugares. Vicente de Gaulejac, Isabel Taboada Leonetti Frederic


Blondel e-Marie Dominique Boullier
ed. PPE 150 F