Você está na página 1de 3

Celebrao com Santa

Teresa DAvila
Belssimo Esposo:
Beijo a Tua paixo que me liberta das minhas paixes
Beijo a Tua cruz que condena e esmaga o pecado em mim
Beijo Teus cravos, Tuas mos que apagam o castigo do mal
Beijo Tua ferida que curou a ferida do meu corao
Eu Te beijo Senhor e a Tua paixo o Meu Tudo!
s Meu Tudo, Jesus, Amado de minh'alma
Oh Belssimo Esposo!
Mais belo que todos os homens!
Santo, santo s Tu!
Belssimo Esposo!
Esconde-me em Teu lado aberto!
Em Tua chaga de Amor... de Amor!
Beijo a lana que abriu a fonte do Amor imortal,
A fonte do Amor sem fim, Que pagou o que eu no poderia pagar
Beijo o Teu lado aberto jorrando rios de vida e de paz
Fazendo brotar em mim, Um canto novo, um hino esponsal
Beijo Tuas vestes que esconderam minhas misrias
Vergonha no h, Me adornas com Amor!
Oh Belssimo Esposo...
Beijo os lenis que envolveram, o Teu corpo ferido de Amor
E cobriram meu corao, Revestiram-me de realeza
Beijo o Teu Santo Sepulcro, Testemunha da Ressurreio
Quero ressuscitar tambm, E encerrar-me dentro de Ti
Quero em Ti mergulhar, E ento renascer na Tua chaga criadora
Descansar a minh'alma em Teu corao!
Oh Belssimo Esposo...

Deus te Bastar:
Nada te perturbe, nada te espante
Tudo passa, Deus no muda
Venha o que vier, Sim, o seu amor
sempre me sustentar (bis)
Eleva ao cu teu pensar
Transpe as barreiras que h
A paz s encontrars em Deus
Assim nada te faltar
Recolhe do cho tua cruz
Carrega sem desanimar
Seja o Deus de amor, teu tudo
No temas, Deus que te bastar
Deus quem te bastar

Formosura
Formosura que excedeis
a todas formosuras!
sem ferir, dor fazeis,
e sem dor, desfazeis
o amor das criaturas.
Oh lao que assim juntais
duas coisas desiguais
no desateis o que atais,
pois atando fora dais
a ter por bem todos os males,
Juntais aquela que no ,
com a plenitude acabada,

sem acabar, acabais,


sem ter que amar amais
engradeceis o nosso nada (2x)