P. 1
aula 07 - escolas antropológicas

aula 07 - escolas antropológicas

|Views: 6.987|Likes:
Publicado porwesley sa

More info:

Published by: wesley sa on Mar 30, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPTX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/05/2013

pdf

text

original

Escolas Antropológica s

Principais Escolas ‡ Evolucionismo ‡ Funcionalismo ‡ Estruturalismo

Teoria Evolucionista De simples à complexas
Caçadores -coletores Agricultura pastoreio Tecnologia avançada

Evolucionismo
‡ Teoria:
± Há uma espécie humana idêntica mas que se desenvolve (tanto em forma tecnológica como nos aspectos sociais e culturais) em ritmo desiguais. ± Todas as sociedades passarão pelas mesmas etapas para alcançar o nível final que é o da civilização. ± O atraso das outras civilizações era medidos pelo progresso técnico e econômico da sociedade européia.

Evolucionismo
‡ Representante mais famoso do evolucionismo foi Charles Darwin
‡ Criou a teoria que diz ser a humanidade composta de diferentes espécies humanas em diferentes etapas de desenvolvimento de processo evolutivo.

Evolucionismo
‡ Classificava as sociedades:
± Atrasadas, ± Simples; ± Adiantadas e complexa

‡ Positivistas e evolucionistas acreditavam que as culturas passavam pelos mesmos estágios numa mesma linha de evolução social

‡ Africanos, sul americanos e os asiáticos foram vistos como essencialmente diferentes dos europeus. ‡ Hoje faz-se a distinção entre as sociedades tribais /simples (ou ³não complexas´) e ³complexas´

Evolucionismo
‡ Idéia evolucionista:
± A cultura se desenvolve de maneira uniforme; por isso, acreditava-se que CADA sociedade percorresse as etapas que já tinham sido percorridas pelas sociedades mais avançadas.

‡ Estabelecia-se uma escala evolutiva; totalmente discriminatória ± as diferentes sociedades humanas eram classificadas hierarquicamente, o ideal típica era a sociedade européia. ‡ O etnocentrismo e ciência andavam juntos.

‡ Taylor, Frazer e Morgan Evolucionismo ± não conhecem o trabalho de campo; ‡ No processo de ‡ Colecionaram milhares classificação, de fatos etnográficos do separavam o foto do mundo inteiro, contexto onde ele construindo uma surgiu. verdadeira história da humanidade; ‡ Visto pelos prismas dos deuses, dos rituais, dos sacrifícios, das magias e da religião.

Evolucionismo
‡ Taylor ± é da época em que a Europa sofria o impacto da Origem das espécies (Charles Darwim), a antropologia que estava nascendo, foi dominada pela perspectiva evolucionista.

‡ A partir dos anos 60 do Séc. XIX, uma série de estudiosos tentou analisar, sob o prisma evolucionista, o desenvolvimento das instituições sociais:
± Buscava-se na passado as explicações para os procedimentos sociais atuais.

Reação ao evolucionismo
± Começa com Franz Boas (1858-1949) ± Nascido na Alemanha, estudante de física e geografia em Heidelberg e Bonn; ± Numa expedição geográfica a Beffin Land (18831884) o colocou em contado com os esquimós, mudou o curso de sua vida, transformando-o em antropólogo; ± Esse fato provocou sua mudança para os Estados Unidos, e lá foi responsável por toda uma geração de antropólogos. ± Aposentou-se, em 1936, pela Universidade de Columbia, da cadeira que hoje tem o seu nome.

Boas ‡ Atribuiu a antropologia duas tarefas: ± Reconstrução da história de povos ou regiões particulares; ± A comparação da vida social de diferentes povos, cujo desenvolvimento segue as mesmas leis. ‡ O particularismo histórico (Escola Cultural Americana) ± Segundo a qual cada cultura segue os seus próprios caminhos em função dos diferentes eventos históricos que enfrentou. ± ³São as investigações históricas que vão apontar a origem deste ou daquele traço cultural e ajudar a interpretar como eles tomam lugar num dado conjunto sociocultutal´ ‡ Boas derruba o argumento evolucionista.

Funcionalism o

Funcionalismo - Início do séc. XX
‡ Crítica ao evolucionismo pelo seu eurocentrismo e etnocentrismo. ‡ Eurocentrismo ± interpretação das outras sociedades nãoeuropéias a partir dos valores e princípios europeus.
± a sociedade européia é o modelo e padrão para julgamento das outras sociedades.

‡ Etnocentrismo ± considera uma raça como padrão e modelo, ponto mais elevado atingido pela espécie humana.

Funcionalismo
‡ Malinowiski ± 1884-1942 e Radcliffe-Brown ± 1881-1995
± Fundadores do funcionalismo

‡ Teoria que estuda a sociedade como uma totalidade integrada e constituída de partes interdependentes e complementares.

‡ Criou um a verdadeira revolução na investigação antropológica, ‡ O centro de referencia do investigador é sempre a sociedade estudada. ‡ O ponto focal não é mais a Europa e seus costumes. Isto é, não mais a sociedade do observador, situada na mais alta escala civilizatória.

Funcionalismo
‡ Malinoswski criou a metodologia da investigação participante, ensinou a olhar o ³outro´, deu exemplo do que deve ser a pesquisa de campo.

Funcionalismo
‡ As sociedade tribais não são consideradas arcaicas ou primitivas.
± São organizações sociais ± São contemporâneas. O que o evolucionismo considerou ³arcaico´ o funcionalismo considerou formas de expressão da cultura. ± A função segundo Malinowiski é a resposta de cada cultura a uma necessidade básica. ± Sua função:
‡ Satisfazer as necessidades essenciais dos seus integrantes.

± Ex. a função das relações conjugais e da paternidade é o processo de reprodução culturalmente definidos.

Funcionalismo
‡ Deixou grande legado para o estudo da humanidade. Muito de seus conceitos foram incorporados à diversas ciências como os conceitos de ³Função´ e ³Sistema´. ‡ Dentre eles o de Sistema Social é muito utilizado.

O que é o sistema social
‡ Conceito utilizado em todas as ciências.
± Indica a organização dos fenômenos que se queira observar em partes interdependentes e ordenadas. ± O sistema é perceptível na sociedade por intermédio das relações constantes e repetitivas.

‡ O sistema é composto de interrelações das diversas relações sociais formando um todo coerente e organizado.

‡

‡ ‡ ‡

Sistema X Estrutura Estrutura ± correspondem às relações básicas a partir das quais uma sociedade se define como tal e se organiza. A partir da estrutura as demais relações sociais se organizam. Ex. estrutura piramidal Exemplo: ± A uma determinada estrutura de parentesco corresponde determinado sistema de prestação de serviços e obrigações.

Criticas ao funcionalismo
‡ Criaram os conceitos de aculturação e choque cultural.
± Ao estudar o intercâmbio de traços culturais das diversas culturas, deixaram de revelar as desigualdades que existiam nesse contato, especificamente as da política colonialista. ‡ Não deu importância aos conflitos sociais, ‡ Exageradamente sincrônicos em suas análises (não consegue explicar os processos de transformações históricas e mudanças sociais, ± Foram omissos quando essas transformações ocorreram destruindo as formas tradicionais de vida na África e na Ásia.

Teoria Estruturalista

Estruturalismo
‡ Século XX ‡ Estudo de aspectos subjetivos e ligados à linguagem e ao imaginário dos indivíduos e dos grupos sociais. ‡ Foi empregado especificamente: ± Psicanálise ± resgata o sentido e a racionalidade dos sonhos. (sonhos era irracionais ± manifestações do sobrenatural)- sonhos= símbolos. O inconsciente do ser humano se manifesta - revela (mais íntimos e profundos) os desejos, instintos e frustrações ± coisas que você não teria coragem de pensar no seu estado consciente.

‡ Semiótica ± (Saussure
Séc. XX) ± ciência dos signos ± descobrir sentidos contidos na linguagem do ser humano (gestos, sons, língua falada e escrita) ± estrutura.

Teoria Estruturalista

Estruturalismo
‡ Marxismo. Ideologia ±
estudando os interesse subjacentes ao discurso com o qual os indivíduos defendem os seus interesses. ± Ex. a manifestação artística ± explicativo da sociedade. (há discursos contidos nas artes)

‡ Claude Lève-Strauss desenvolveu na antropologia o estruturalismo que passou a ser, no século XX o novo método de investigação do ser humano.

Estruturalismo
‡ As estruturas ‡ O conceito básico é elementares de ESTRUTURA permanecem em SOCIAL. todas as sociedades ‡ Estrutura elementares em razão de uma lei ± àqueles elementos geral válida em presentes nas mais diferentes culturas: diversas sociedades, ± Ex. a proibição do incesto, que resulta na como os laços de exogamia, parentesco.
± As relações com o sagrado.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->