Você está na página 1de 38

Membranas

• • •

Flexíveis

Autosselantes

Seletivamente solúveis a solutos polares

5 a 8 nm Trilaminar

MEMBRANAS BIOLÓGICAS : MODELOS PROPOSTOS

MEMBRANAS BIOLÓGICAS : MODELOS PROPOSTOS

Tipos mais comuns de lipídeos de membrana

Tipos mais comuns de lipídeos de membrana

Modelo do mosaico fluido

Modelo do mosaico fluido Lateralização

Lateralização

Proteínas integrais, periféricas e anfitrópicas

• Proteínas integrais, periféricas e anfitrópicas Integrais: reações hidrofóbicas Periféricas: interações

Integrais: reações hidrofóbicas

Periféricas: interações eletrostáticas ligações de hidrogênio

Anfitrópicas: ligação não covalentes ou covalentes

Proteínas integrais de membrana

• Proteínas integrais de membrana
• Proteínas integrais de membrana

Hélice e barril

• Hélice e barril

Aminoácidos de interfase Trp (vermelho) Tyr (amarelo)

Aminoácidos de interfase Trp (vermelho) Tyr (amarelo) Regra do positivo-dentro

Regra do positivo-dentro

Extremos da bicamada lipídica

• Extremos da bicamada lipídica

Movimento de um fosfolipídeo

Movimento de um fosfolipídeo

Difusão lateral

Difusão lateral

Balsas lipídicas

Balsas lipídicas

Restrição de movimento – trocador cloreto-bicarbonato

Restrição de movimento – trocador cloreto-bicarbonato

CAVÉOLAS NA MEMBRANA PLASMÁTICA

CAVÉOLAS NA MEMBRANA PLASMÁTICA

Fusão e curvatura da membrana

Fusão e curvatura da membrana
Fusão e curvatura da membrana

Exocitose

Exocitose

Transporte através da membrana

Movimento de solutos

Movimento de solutos

TIPOS DE TRANSPORTE

TIPOS DE TRANSPORTE
Concentração Iônica em uma Célula Típica de Mamíferos Componentes Concentração Intracelular Concentração
Concentração Iônica em uma Célula Típica de Mamíferos
Componentes
Concentração Intracelular
Concentração Extracelular
(mM)
(mM)
Sódio
5
- 15
145
Potássio
140
5
Magnésio
0.5
1 - 2
-4
Cálcio
10
1 - 2
Hidrogênio
7 x 10 -5
4 x 10 -5
Cloreto
5
- 15
110

Variação de energia

Variação de energia

Estrutura do Glut1

Estrutura do Glut1

Glicose pelo Glut1

Glicose pelo Glut1

Transporte de glicose pelo Glut4

Transporte de glicose pelo Glut4

Trocador de cloreto-bicarbonato

Trocador de cloreto-bicarbonato

Dois tipos de transporte ativo

Dois tipos de transporte ativo

ATPases do tipo P

ATPases do tipo P

Potencial de membrana

Potencial de membrana

ATPases do tipo F

ATPases do tipo F

Transporte de glicose no intestino

Transporte de glicose no intestino
• O cérebro humano possui entre 10 e 100 bilhões de neurônios. • Cada neurônio
• O cérebro humano possui entre 10 e 100 bilhões de neurônios. • Cada neurônio

O cérebro humano possui entre 10 e 100 bilhões de neurônios.

Cada neurônio do cérebro humano está ligado a centenas ou milhares de outros neurônios. Estima-se que existe 100.000.000.000.000 e

1.000.000.000.000.000 de conexões entre eles.

PROTEÍNAS SE MOVIMENTAM NO PLANO DA MEMBRANA E TEM LOCALIZAÇÃO DISTINTA

PROTEÍNAS SE MOVIMENTAM NO PLANO DA MEMBRANA E TEM LOCALIZAÇÃO DISTINTA

PROTEÍNAS SE MOVIMENTAM NO PLANO DA MEMBRANA E TEM LOCALIZAÇÃO DISTINTA
PROTEÍNAS SE MOVIMENTAM NO PLANO DA MEMBRANA E TEM LOCALIZAÇÃO DISTINTA

ENDOCITOSE MEDIADA POR RECEPTOR

ENDOCITOSE MEDIADA POR RECEPTOR
ENDOCITOSE MEDIADA POR RECEPTOR
ENDOCITOSE MEDIADA POR RECEPTOR
ENDOCITOSE MEDIADA POR RECEPTOR
ENDOCITOSE MEDIADA POR RECEPTOR